Menu

20 filmes sobre a África para inspirar sua viagem

Lista com 20 filmes sobre a África que vão inspirar a sua viagem pelo continente.

filmes sobre a África

Lista com 20 filmes sobre a África que vão inspirar a sua viagem pelo continente. 

Num ano em que não pudemos viajar tanto quanto gostaríamos, o cinema foi uma excelente válvula de escape - muitas vezes me vi viajando através de filmes e séries para lugares que um dia ainda quero ver com meus próprios olhos. 

Até já fiz uma lista aqui no blog (que precisa ser atualizada urgentemente) com 30 sugestões de filmes sobre viagens - os meus filmes favoritos para viajar no sofá:

30 filmes sobre viagens que você precisa assistir

A África, contudo, não é um continente muito explorado pelo cinema, mas existem sim alguns filmes que se passam em países africanos e, se você tem vontade de viajar ou está planejando uma viagem por lá, aqui vai uma lista com 20 filmes sobre a África que já assisti e adorei - tenho certeza que eles vão inspirar a sua viagem, assim como inspiraram a nossa recente jornada pela Tanzânia e Quênia!

E, no final da lista, ainda coloquei um bônus com 2 filmes passados na África que me recomendaram e ainda não vi! Se você tiver dicas de filmes bons sobre a África, por favor deixe o seu comentário - vou adorar assistir às suas indicações e acrescentar novos filmes passados na África aqui nesta lista!

Leia também:

Tarangire National Park: safari na Tanzânia parte 1

Filmes sobre a África

1 A Massai Branca: filme sobre o romance entre uma turista suíça e um guerreiro Massai, passado no Quênia. O filme de Hermine Huntgeburth é baseado no livro autobiográfico da suíça Corinne Hoffmann - a 'Massai Branca' do título - um grande best-seller. Visitamos um povoado Massai na nossa viagem por lá, e não consigo imaginar uma suíça, acostumada com tudo o que há de melhor no mundo, vivendo naquelas condições tão difíceis.  

2 Out of Africa (Entre Dois Amores): filme que ganhou 7 prêmios Oscar, inclusive o de melhor filme. Conta a história real de uma nobre dinamarquesa, Karen Blixen, uma mulher à frente do seu tempo, super independente, que dirige uma plantação de café no Quênia, lá pelos idos de 1914. Ela viaja à África com seu marido, um investidor de café. Visitamos, nos arredores de Nairobi, a casa onde eles viviam, em meio às plantações de café, que hoje é um museu. O filme é baseado no livro autobiográfico escrito pela dinamarquesa, e foi lançado em 1985. Dirigido por Sydney Pollack, com Robert Redford e Meryl Streep.

filmes sobre a África
Karen Blixen Museum, no Quênia

filmes sobre a África
no museu em Nairobi eles têm em exibição fotografias das filmagens

3 O Jardineiro Fiel: a história de um diplomata britânico que se muda para o Quênia com sua esposa, uma ativista por justiça social. Quando a ativista Tessa é encontrada morta, todas as circunstâncias apontam para o seu amigo, Arnold Bluhm, mas logo fica esclarecido que ele não é o assassino. Então o inglês Justin vai buscar a verdade por trás do assassinato de sua esposa e, no caminho, acaba descobrindo informações perturbadoras. Um filme de 2005 do brasileiro Fernando Meirelles, baseado no livro de mesmo nome de John Le Carré, que ganhou vários prêmios, inclusive o Oscar de melhor atriz coadjuvante. Daqueles filmes com imagens incríveis, que deixam a gente louco para embarcar no primeiro voo disponível para o Quênia!

4 África dos Meus Sonhos: filme americano de 2000 inspirado na história real de Kuki Gallmann. Conta a história de uma mulher corajosa que deixou para trás uma vida cômoda e monótona na Itália para começar uma vida nova na África com o filho Emanuele e o marido Paolo. Kuki, interpretada por Kim Basinger no filme, passa por grandes perigos e torna-se uma famosa conservacionista, aprendendo  que viver na África rural, no meio do Quênia, não é bem um conto de fadas. Leões, elefantes e nativos africanos estrelam o filme autobiográfico. 

5 Tiros em Ruanda: drama que se passa durante o genocídio de 1994, em Ruanda, quando um padre e um professor ingleses se esforçam para proteger refugiados Tutsi no conflito com os Hutus, depois da retirada das forças da ONU do país, enfrentando a difícil decisão entre ficar e ajudar a salvar alguns Tutsis ou abandonar Ruanda e voltar para casa na Europa. A história deste conflito é muito triste e longa: durante mais de 30 anos, a maioria Hutu, que detinha o poder, perseguiu a minoria Tutsi. O genocídio, que começou em abril de 94, matou quase um milhão de pessoas em 100 dias. E a pior parte da história é que Hutus e Tutsis são 2 etnias de um mesmo povo, que ninguém sabe diferenciar uma da outra, a não ser pelos documentos.

6 Infância Roubada: depois de uma briga de bar, Tsotsi, com 19 anos, rouba um carro, atira numa mulher e, no banco de trás, acaba descobrindo um bebê (filho da mulher em quem havia atirado). Sem saber o que fazer, leva a criança para o gueto de Johanesburgo em que vive, e convence Miriam a cuidar de "seu filho". Outro filme, de 2005, baseado em um romance e passado na África do Sul.

7 O Menino que Descobriu o Vento: filme de 2019 do Netflix baseado no livro autobiográfico de 2009 que conta a história de William Kamkwamba, um menino de 13 anos que não aguenta mais ver sua família e amigos passarem dificuldades, depois de uma grande seca, que assola a região do Malawi onde ele vive. As plantações não resistem à seca e estudar é a única oportunidade que Kamkwamba tem de mudar de vida e ajudar os pais, mas a família não tem dinheiro para pagar as mensalidades, já que a plantação está perdida, e então ele decide estudar sozinho na pequena biblioteca local, onde aprende sobre energia eólica e termina construindo um sistema de moinho e bomba de água que transforma a vida dos moradores de sua aldeia.

8 Hotel Ruanda: filme de 2004 cuja história real se passa em Kigali, capital de Ruanda, em 1994, naquilo que ficou conhecido como o genocídio de Ruanda, história triste que já mencionei acima. Paul Rusesabagina era gerente do Hotel des Mille Collines, da empresa belga Sabena, e abrigou no hotel mais de 1200 pessoas durante o conflito. Depois que todos os estrangeiros abandonaram o hotel, resgatados por tropas das Nações Unidas, Rusesabagina compra favores de militares e de milícias para proteger centenas de pessoas que procuravam abrigo no hotel. 

9 Beasts of No Nation: filme de 2015, disponível no Netflix, em que um menino africano é separado da família durante a guerra civil e obrigado a lutar do lado de mercenários, tornando-se mais uma criança-soldado da guerrilha.

10 Nas Montanhas dos Gorilas: filme de 1988 com a atriz Sigourney Weaver, adaptado da história real de Dian Fossey, uma antropóloga americana que dedicou sua vida à preservação dos gorilas das montanhas de Ruanda e da República Democrática do Congo, assassinada em 1985 em circunstâncias misteriosas. O seu trabalho de conservação de gorilas continua a inspirar pesquisadores até hoje. Assisti esse filme quando era criança e me apaixonei - lembrei tanto do filme quando fizemos nosso trekking safari atrás dos chimpanzés...um dia ainda faço o trekking dos gorilas!

Depois de ver o filme, veja também o NOSSO vídeo do safari trekking que fizemos na selva com os chimpanzés: Gombe, o parque dos chimpanzés na Tanzânia: vídeo de viagem

filmes sobre a África
a nossa versão de 'Nas Montanhas dos Gorilas' é 'Na Selva dos Chimpanzés'!

11 A Sombra e a Escuridão: filme de 1996 estrelado por Michael Douglas e Val Kilmer, inspirado em fatos reais ocorridos no final do século 19. Conta a história de John Patterson, um tenente-coronel britânico, engenheiro militar com a missão de construir uma ferrovia entre o Quênia e Uganda, na região de Tsavo, local que hoje é uma reserva de safari no Quênia, famosa por seus felinos. Passamos pela estrada que leva ao Tsavo na saída de Amboseli, a caminho de Nairobi, mas infelizmente não dava tempo de esticar nosso roteiro pelo Quênia. No filme, durante a construção da ferrovia, muitos operários passam a sofrer ataques de leões da região, um deles apelidado de Sombra e o outro de Escuridão. Essa é a parte real da história: os leões assassinos de Tsavo realmente existiram - em 1 ano, tiraram a vida de 140 homens - e existem várias teses que tentam explicar o fenômeno, pois ataques de leões a seres humanos são bastante incomuns, já que eles possuem à disposição tantos outros animais, como gazelas. Os operários acreditavam que os leões haviam encarnado espíritos de mortos, e que estavam lá para impedir o progresso. Para mim, a explicação científica mais plausível é a de que os leões de Tsavo possuem dentes mais fracos que outros leões, e por isso preferem a carne humana, mais macia do que a de outros animais com o couro mais duro. Uma outra explicação para o mistério é que os cientistas descobriram que os leões de Tsavo têm um nível superior do hormônio masculino, que inclusive faz com que eles percam os pelos longos, comuns em leões machos, dando a eles um forte comportamento territorial, que os torna mais agressivos. No filme, eles chamam um caçador, chamado Remington, para acabar com os animais. Só depois de enterrarem os leões a obra da ferrovia, que havia sido abandonada, foi concluída. O engenheiro Patterson escreveu um livro sobre a história, chamado The Man-Eaters of Tsavo, no qual se baseia este filme. 

12 Invictus: recentemente eleito presidente da África do Sul, Nelson Mandela, interpretado neste filme por Morgan Freeman, sabia que o país ainda tinha um longo caminho a percorrer para exterminar com o racismo do regime de Apartheid. Com a Copa do Mundo de Rugbi se aproximando, em 1995 - o evento seria realizado pela primeira vez na África do Sul - Mandela resolveu usar o esporte para unir a população, pedindo a ajuda de Francois Pienaar, interpretado por Matt Damon, que era então o capitão do time sul-africano. O plano era que a equipe do país fosse campeã, e deu certo: Mandela foi o primeiro presidente negro do país, e os sul-africanos se uniram neste jogo histórico depois de décadas de segregação racial. O filme de Clint Eastwood foi feito em 2009 no estádio Ellis Park, palco da vitória sul-africana. Outro cenário do filme é Robben Island, ilha em Cape Town que abriga a cela onde Mandela passou 18 anos preso (de um total de 27 anos de prisão).

filmes sobre a África
é impossível viajar pela África sem encontrar fotos do ícone Mandela

filmes sobre a África

13 Mandela - Longo Caminho para a Liberdade: outro filme, esse de 2013, que conta a história de Nelson Mandela, desde suas origens humildes em um povoado na zona rural, seu envolvimento na luta contra o Apartheid, já como revolucionário, a criação do African National Congress Youth League, seus 27 anos como prisioneiro em Robben Island e o momento em que se tornou o primeiro presidente democraticamente eleito da África do Sul. O filme se inspirou na autobiografia de Mandela, de 1994, que tem o mesmo nome. É impossível viajar pela África do Sul sem aprender um pouco sobre esse ícone mundial. 

14 Diamante de Sangue: filme de 2006 estrelado por Leonardo Di Caprio (interpretando um contrabandista de diamantes) que se passa em Serra Leoa, e mostra o horror das minas de diamantes ilegais durante a guerra civil no país, no final de década de 90. Serra Leoa vivia novos conflitos civis na época da produção do filme, que acabou sendo filmado em Moçambique (na capital Maputo) e em algumas cidades da África do Sul, como Cape Town. 

15 O Último Rei da Escócia: filme de 2006 passado na Uganda da década de 70, quando o país vivia sob o regime ditatorial de Idi Amin, famoso por sua brutalidade e megalomania. A maioria das cenas deste drama histórico e biográfico foi filmada em Kampala, capital de Uganda. O filme foi estrelado por Forest Whitaker, que aprendeu até a falar swahili para interpretar o polêmico personagem, um dos ditadores mais terríveis da África. 

16 Um Grito de Liberdade: drama que se passa no final da década de 70, durante o regime de Apartheid na África do Sul. O filme mostra episódios da vida real envolvendo o ativista negro Steve Biko, que militava contra a segregação racial, e seu amigo Donald Woods, editor do jornal liberal sul-africano Daily Dispatch. O filme é baseado nos livros do jornalista Woods, que criticava Biko - interpretado por Denzel Washington - e mudou de opinião depois de conhecer o militante pessoalmente. A amizade cresceu e, depois da morte de Biko na prisão, o jornalista escreveu a sua biografia, mas, para conseguir publicar o seu livro, tem que sair do país. 

17 Uma Lição de Vida: filme de 2014 que conta uma emocionante história de superação, baseado em acontecimentos reais - a luta de um senhor africano de 84 anos para receber educação básica e se alfabetizar. Ele é finalmente aceito em uma escola e, entre crianças de 6 anos de idade, com a ajuda de um professor dedicado, consegue vencer um passado difícil.

18 Um Reino Unido: drama biográfico de 2016 disponível no Netflix sobre o romance real entre Seretse Khama, herdeiro do trono de Bechuanalândia (na época, após a Segunda Guerra Mundial, um protetorado britânico, que viria a se tornar Botsuana, país do qual Seretse seria presidente), e sua esposa inglesa Ruth Williams Khama. Um filme lindo, que me deixou um pouco decepcionada com Churchill. 

19 Holiday in the Wild (em português, Resgate do Coração): uma comédia romântica americana de 2019, disponível no Netflix, estrelada por Rob Lowe e Kristin Davis. Filme leve, de sessão da tarde, com direito a muitos elefantes. 

filmes sobre a África
cenas lindas com elefantes e outros animais neste filminho romântico super leve e bonitinho

20 The Journey is the Destination: filme de 2016 que eu adorei, baseado na vida real (e no livro biográfico) de Dan Eldon, um jornalista e ativista de 22 anos que cresceu no Quênia e encarou o perigo na linha de frente para ajudar refugiados na Somália, morrendo assassinado por uma multidão furiosa em Mogadishu em 1993. Os livros baseados nos diários dele são maravilhosos - para saber mais sobre esse aventureiro fenomenal, veja o site criado pela mãe dele em homenagem ao filho.

filmes sobre a África
Gaugan in Africa, uma das páginas do diário de Dan Eldon

Update

Depois que publiquei este post, acabei vendo mais um filme "made in Africa" espetacular, passado no Sudão e na Etiópia, que não pode de jeito nenhum ficar de fora desta lista: 21 Missão no Mar Vermelho

'The Red Sea Diving Resort' (nome do filme em inglês) é um filme de espionagem e suspense de 2019 protagonizado por Chris Evans, que vive um agente israelense do Mossad chefiando uma operação secreta para ajudar refugiados judeus da Etiópia a fugirem para Israel.

Bônus

Rafiki: filme de 2018 que foi o primeiro longa queniano a ser exibido no Festival de Cannes. Apesar da rivalidade política entre as suas famílias, 2 meninas no Quênia se tornam muito amigas e começam um romance, num país onde a homossexualidade ainda é considerada crime, tendo que escolher entre a liberdade ou a segurança. 

Supa Modo: Jo é uma menina de 9 anos de idade que tem uma doença degenerativa. Seu maior sonho, inspirado por filmes de ação, é ser uma super-heroína. Sabendo que lhe restam poucos dias de vida, seus pais e a comunidade se mobilizam para realizar o sonho de Jo. O filme de 2018 foi escolhido para representar o Quênia na disputa de melhor filme estrangeiro no Oscar de 2019, mas não chegou a ser indicado, tendo contudo conquistado o prêmio no Festival Internacional de Cinema de Berlim, na categoria de melhor filme estrangeiro.

Tem algum filme sobre a África para nos indicar? Deixe as suas dicas nos comentários!

Para mais dicas da nossa viagem pela Tanzânia, Zanzibar e Quênia, veja #LipenaAfrica#PVnoQuenia e #PVnaTanzania nas redes sociais. 

Também fiz várias pastas de destaques desta viagem lá nos stories do Instagram, dê uma espiada lá!

Veja aqui nosso 1º vídeo desta viagem maravilhosa pela Tanzânia para despertar o seu apetite viajante:



Para ler mais sobre as nossas viagens pelo continente africano, clique em África.

Tarangire National Park: safari na Tanzânia parte 1


Não esqueça de curtir a nossa fan page no Facebook para acompanhar nossas aventuras!

Assista todos os nossos mini vídeos neste link do Facebook, e os vídeos completos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


20 filmes sobre a África

20 filmes sobre a África para inspirar sua viagem
20 filmes sobre a África para inspirar sua viagem

20 filmes sobre a África para inspirar sua viagem

Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: