16 de outubro de 2015

Ziptrek Ecotour - o circuito de tirolesas e arborismo para famílias mais radical de Whistler

No nosso primeiro dia em Whistler, fizemos alguns passeios sobre os quais já contei aqui - andamos na Peak 2 Peak Gondola, fomos à Family Adventure Zone e ao Squamish Lil´wat Cultural Centre, dentre outros. 

Mas foi no segundo dia na cidade que fizemos o passeio mais esperado pelo Lipe na viagem inteira: o circuito de tirolesas e arborismo Ziptrek Ecotour!

Desde a primeira vez que fizemos tirolesa com o Lipe (com o coração na mão!), no Alpen Park, em Canela, na Serra Gaúcha, ele pedia para repetir a dose - fazer o quê se o guri ama uma aventura radical tanto quanto os pais?!?

Então, quando planejamos as atrações que queríamos conhecer em Whistler, não tivemos nenhuma dúvida em incluir o circuito de tirolesas mais legal da cidade no nosso roteiro!

O vídeo da nossa aventura completa ainda não ficou pronto (reclamem com o Peg!), mas neste videozinho que eu gravei já dá para ter uma idéia da diversão que é! 

Whistler é o mais importante centro de ecoturismo e de atividades radicais na Costa Leste do Canadá, e muito se engana quem pensa que a cidade "funciona" apenas no inverno, como estação de esqui

No verão, seja pelo mountain bike, seja pelos eventos que ocorrem lá, a cidade bomba tanto quanto no inverno. 

E, no cardápio das "atividades radicais" disponíveis por lá, em especial dentre aquelas adequadas para crianças, as tirolesas e circuitos de arborismo são a número 1!

super compenetrado, prestando atenção nas instruções





Como são os tours

Eles disponibilizam 4 passeios diferentes: Bear Tour, Eagle Tour, Mammoth Tour ou Treetrek Canopy Walk

A Treetrek Canopy Walk é uma caminhada light de 2hs pelo topo das árvores - um passeio apenas de arborismo, para quem não quer fazer tirolesas. 

No Mammoth Tour são 10 tirolesas, 8 pontes de arborismo e a duração é de 4,5hs

Tanto no Bear Tour quanto no Eagle Tour, são 5 tirolesas, 4 pontes de arborismo e ambos têm a duração de 2,5 a 3hs. A diferença entre eles é que, no Eagle Tour, há uma tirolesa-monstro que te leva "voando" de volta à Whistler Village

As desvantagens do Eagle Tour são que você já tem que ter experiência prévia em tirolesas, eles não aceitam crianças e custa mais caro. 




Sendo assim, é claro que nós optamos pelo Bear Tour, que, para sorte do Lipe, aceita crianças a partir de 6 anos, com um peso mínimo de 30 quilos

É...ser gordinho tem que ter alguma vantagem...

Mas, se a criança pesa menos, também não tem problema! Tendo 6 anos pode ir, só que neste caso, nas 2 tirolesas mais longas do circuito, a criança vai pendurada no meio das pernas do instrutor, como o Lipe foi nesta aqui (clique para ver o vídeo). 

É o que eles chamam de "tandem zipping". Foi até um alívio...

peso máximo é 125 quilos. 


Preços

* Bear Tour (preço regular/reduzido) - adulto $ 119/99 - jovem ou senior $ 99/79

* Eagle Tour (preço regular/reduzido) - adulto $ 139/119 - jovem ou senior $ 119/99

* Mammoth Tour (apenas preço regular) adulto $ 199 - jovem ou senior $ 179

* Treetrek Canopy Walk (apenas preço regular) adulto $ 39 - jovem ou senior $ 29  

O preço reduzido está disponível apenas nos primeiros horários da manhã ou nos últimos horários da tarde - vale a pena conferir se há disponibilidade!

O Mammoth Tour inclui lanche. 

Jovens são considerados aqueles entre 6 e 14 anos, e seniors aqueles com mais de 65 anos. 

Atenção: eles oferecem pacotes combinados em que, se você compra o passe da Peak 2 Peak Gondola + o Ziptrek Ecotour junto, você ganha um bom desconto! Informe-se antes de comprar!

















A nossa experiência

Fizemos check-in as 9h45min para o nosso Bear Tour das 10AM na Skiers Plaza, em Whistler Village

É impossível não ver o toldo da Ziptrek Ecotour, que fica montado bem no meio da Skiers Plaza, praticamente ao lado do local onde você vai para pegar a Whistler Mountain Gondola


Na véspera, nós já tínhamos dado uma passadinha no escritório deles na Garbanzo Bike & Bean, no Carleton Lodge, que fica também na própria Skiers Plaza, então já sabíamos direitinho aonde ir.  



Fomos lá justamente para perguntar que roupas/sapatos deveríamos usar: roupas confortáveis/esportivas, e sapatos de caminhada/tênis fechados são obrigatórios. 

Os tours acontecem 365 dias por ano, mesmo no auge do inverno e abaixo de neve ou chuva, então vista-se de acordo com o clima. Claro que sempre é bom levar um casaquinho, mesmo no verão, mas lembre-se que você estará fazendo caminhadas e exercícios físicos, então não exagere na quantidade de roupa, ou logo estará suando! 

Outra coisa: você não pode fazer as tirolesas com mochila nas costas, então sua mochila ficará com eles - não leve dinheiro ou objetos de valor. 

E o principal: não dá pra levar muitos equipamentos de foto e vídeo, pois tudo o que você levar terá que voar com você na tirolesa - e ninguém vai arriscar perder o celular no meio da floresta, né?

Levei apenas a minha máquina fotográfica pequena, que cabia no bolso do meu colete, que é bem fechado com fecho. Nem pense em levar nada no bolso se o seu bolso não for fechado com fecho! 

O Peg também levou a GoPro Hero - se você tem uma, não deixe de levar! E não esqueça de levar baterias e um cartão de memória extra - acredita que o nosso cartão de memória acabou logo durante o passeio?!?



O tour acontece num lugar incrível: exatamente no vale entre as duas montanhas da cidade, Whistler e Blackcomb Mountains

Neste vale passa o (riacho) Fitzsimmons Creek, e a rede de tirolesas que faz parte do circuito fica suspensa sobre este riacho, no meio da floresta. 

Veja na ilustração abaixo o lugar para entender melhor:


A gente fez o check-in na Skiers Plaza, assinamos alguns documentos e colocamos o equipamento e recebemos as primeiras instruções dos nossos guias ali mesmo.  

São dois guias para cada grupo. 

O uso do capacete é obrigatório. 






cada um carrega o seu equipamento


Depois, eles nos levam em uma van até o local, já no meio da floresta de Blackcomb Mountain, onde começa o circuito do Bear Tour. São uns 10 minutos na van

No caminho, os guias vão dando explicações sobre o local, a fauna e a flora, o passeio - os nossos eram 2 australianos super queridos!

esperando a van



Como já referi, neste circuito são 5 tirolesas e 4 pontes de arborismo. Mais do que isso, é uma verdadeira rede de pontes suspensas, passarelas, plataformas de observação e trilhas pela floresta. 

Olhar a estrutura toda lá de cima é de arrepiar - a gente fica pensando como é que as pessoas não se batem umas nas outras, porque você está voando numa tirolesa lá em cima e quando vê há um outro turista voando numa tirolesa apenas alguns metros abaixo de você!

É uma teia de aranha de tirolesas kkkkk...






Mas, muito mais do que a adrenalina das tirolesas que fizemos (algumas delas chegaram a 370 metros de comprimento e 89 metros de altura!), o que nos encantou nesse passeio foi justamente o contato tão próximo com a natureza - quando percebemos, estávamos caminhando ao redor da copa de uma árvore de 800 anos de idade, a 50 metros de altura! 

Para o Felipe, foi simplesmente a aventura do ano!






Sobre o Bear Tour, especificamente, ainda tenho que dizer que é o passeio mais tradicional que eles oferecem - o primeiro que foi criado pela empresa e, até hoje, o mais popular

Além disso, é o mais recomendado para iniciantes e famílias. Recomendamos muito, de todos tours que eles oferecem, é o que tem a melhor relação custo-benefício!

No final do passeio, já estávamos tão craques que começamos até a experimentar algumas "artes" - eu, que comecei com o coração apertado de ver o meu filhotinho se atirando sozinho de 89 metros de altura, no final já estava achando o máximo ver ele fazendo altos truques e voando pendurado até de cabeça para baixo!!!



Para saber todos os detalhes sobre o Bear Tour e fazer a sua reserva (reservando online com antecedência tem descontão!), clique aqui

Olhe também em "perguntas e respostas" para tirar todas as suas dúvidas (em inglês).

Antes de voltar na van para Whistler Village, uma paradinha para tomar água e se gabar da aventura!




Observações importantes

Todas as informações que pus no post são relativas ao mês de julho de 2015, quando estivemos lá.

Na época, a cotação do dólar canadense era de R$ 2,49 = CAD$ 1.

No próximo post, continuamos viagem com o nosso diário de bordo - não saia daí! 

Você já esteve em Whistler? Fez algum circuito de tirolesas??? Conte para a gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários!

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas nossas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só clicar na # e ver tudo o que postamos sobre cada lugar:

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!

* Agradecemos aos órgãos oficiais de turismo de Banff & Lake LouiseJasperWhistlerVancouverVictoriaPort TownsendSeattleBC Ferries e Parks Canada pelos ingressos cortesia, passes, passagens, diárias de campings e todo apoio na organização da nossa viagem.

* Fizemos o circuito de tirolesas Ziptrek Ecotour a convite do Tourism Whistler





E aí, pronto para reservar a sua estadia em Whistler

Nós nos hospedamos no Riverside Resort - leia o post que escrevi sobre ele clicando aqui

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:

 

Nós recomendamos a Rentalcars para aluguel de carros:



Dicas gerais, planejamento e organização da viagem


Montanhas Rochosas
* de Jasper a Kamloops, com direito a River Safari (e ursos!) no caminho

Whistler




Todos os posts sobre os Estados Unidos.

Todos os posts sobre o Canadá.

Todos os posts sobre esta viagem estão em Pacific NorthWest, como é conhecida essa região do mundo!


Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:

4 comentários:

  1. Eu tô com o Lipe!!! Pra mim foi uma das coisas mais legais que fizemos nessa viagem (e olha que nunca antes na historia desse país tivemos uma viagem com tanta coisa legal!!). Eu lembro que vi qdo vc postou a foto deles na tirolesa e eu fui logo procurar pra ver como era, os preços.. Sou meio cagona pra essas coisas (hahaha confesso!) mas achei que era o tipo de atração que o meu marido ia adorar e pensei: "gente, o Lipe, uma criança de 6 anos foi e se divertiu... Eu consigo tb!!" hahaha

    Conseguimos logo no primeiro horário pro dia que a gente ia estar lá (que era preço reduzido, sempre bom, né?) e tivemos sorte de pegar um dia frio porém de céu azul... Foi muito divertido, a gente adorou!! Fizemos a Bear tb, mas saímos de lá morrendo de vontade de fazer a Eagle! Não sei se quando vocês foram já tinha inaugurado a gigaaaante de 2km (Sasquatch), acho que ainda não! Quando fomos ela tinha acabado de inaugurar e rolava um pânico de ver a galera passando por ela MUITO MUITO alta e rápida!! Parecia barulho de avião!
    Olha só: http://www.ziptrek.com/en/whistler-canada/tours/ziptrek-sasquatch

    Foi uma experiência ótima e só não repetimos a dose com a Eagle por que ia ser mesmo mto caro... Quem sabe um dia a gente não volta?!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcela, quando fomos eles ainda estavam testando a gigante! Vimos vários "profissas", os guias, passando por cima de nós voando nela!
      Eu fiquei loooouca para voltar a Whistler no inverno!
      Bjokas

      Excluir
  2. Claudia, que máximo!! Amo tirolesas e por tudo o que leio sobre Whistler, não há lugar melhor para fazé-las!
    Nosso problema é que um de nossos pequenos viajantes terá 4 anos na época da viagem (e mesmo se tivesse 6, acho que não se aventuraria). Será que tem uma opção de passeio mais rápido, tipo só uma ou duas tirolesas pra eu e marido nos revezarmos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah Erika, acho que não :(
      Todos os circuitos são com no mínimo 3 ou 4 tirolesas! Fora isso, só tem arborismo...
      Em Victoria a gente foi num outro circuito no Wildplay Victoria que o Lipe também amou, mas era só para crianças...acho que eles têm lá para adultos também, dá uma olhada no site...vocês vão até Victoria??? Tão lindoooooo lá...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...