7 de maio de 2015

Vancouver e região: 16 dicas imperdíveis da Mariana

Já contei que estamos planejando uma longa viagem de motorhome pelo Canadá nas nossas férias de julho, né? 

E, para comemorar a chegada dos nossos vistos canadenses, esta semana, nada melhor que um post com dicas incríveis para aproveitar Vancouver, principal cidade da costa oeste canadense, em British Columbia!

Quem escreve é a querida Mariana, que já é uma antiga colaboradora aqui do blog - não deixe de ler também o post que ela escreveu pra gente com excelentes dicas de Niterói, Rio das Ostras, Búzios e Petrópolis, no Rio de Janeiro

Não tem nada como receber dicas de alguém que já morou naquele lugar! Obrigada, Mariana - já anotei tudo :)

Com a palavra, Mariana Arantes Moreira:


A Claudia me pediu para voltar ao blog para compartilhar algumas das minhas dicas de Vancouver, eu claro, aceitei na hora! Mas, como eu disse para ela, sou totalmente parcial, morro de amores por essa cidade! Passei três meses lá no início de 2012, fazendo um curso de inglês. 19 anos recém-completados, primeira viagem internacional e primeira viagem longa sem papai e mamãe, tudo era novo e maravilhoso, por isso a parcialidade total. 

A cidade tem muitos méritos, não só pelas montanhas que a cercam, o mar e os vários parques, conjunto que dá uma paisagem linda pra onde se olha. O lugar também é um exemplo de limpeza e organização urbana, primeiríssimo mundo total. E sabe todas aquelas piadas sobre os canadenses serem extremamente bem educados e cordiais? Tudo verdade!

Em um país onde a maior parte da população é imigrante, tratar bem o turista é natural, não é à toa que é uma das cidades que mais recebe estudantes no mundo. Por isso “thank you”, “please” e “excuse me” é de regra. Assim como prestar atenção, tem regra para andar na rua, para subir escada, para andar de ônibus, na dúvida, faça igual todo mundo! 


Comida

Partindo logo para as dicas, vou começar pela minha parte preferida, comida!

1 Tim Hortons


A dica principal, claro, é o Tim Hortons. O Starbucks canadense, só que muito melhor. Sim, as piadas sobre o bom e velho Tim também são verdade. Nada deixa um canadense mais feliz do que um bom donuts recheado! 

O meu preferido é o de mapple, aquele melzinho que é outro vício dos canadenses, eles conseguem colocar mapple em tudo! A tradição é comprar logo uma caixa e provar todos os donuts!

2 Trees Coffee


Outro café que eu me apaixonei e sonho até hoje é o Trees Coffee. Na entrada já tinha uma placa avisando que ali era o lar do melhor cheesecake da cidade, e não é mentira, ele é divino! 

E o chocolate quente é dos deuses! E todos os ingredientes são orgânicos. Não é dos mais baratos, mas vale a pena! Fica no centro, perto do Harbour Centre e da Waterfront




3 The Wired Monk


Outro bem legal é o The Wired Monk. Várias opções de cafés e chás e um ambiente diferente, super aconchegante. Era ótimo para ir sexta-feira depois da última aula. Cheguei até a ter uma aula que acabou de ser dada lá! 




4 Old Spaghetti Factory 


Para almoçar, o Old Spaghetti Factory é uma ótima pedida. Tem em várias partes da cidade, inclusive em Gastown, a parte mais charmosa de Vancouver! 

O preço é bem justo, e a lasanha uma delícia! 




Parques

Passemos para os famosos parques, são muitos e todos lindos! 

5 Stanley Park


O Stanley Park é o principal, vale a pena alugar bicicletas (não se esqueça de alugar também capacetes, são obrigatórios por lei) para conhecer, porque é bem grande e tem vários caminhos próprios para isso. 

Aproveite para ver o pôr do sol na English Bay, a praia mais famosa da cidade. E para conhecer o Aquário, com os golfinhos, lontras e belugas. 

O parque tem vários pontos turísticos, e tem sempre atrações, como shows ou festivais. Dá pra ir andando da Waterfront, a estação principal de metrô, até o Stanley Park - é uma ótima caminhada. 











6 Queen Elizabeth


Outro parque bem famoso é o Queen Elizabeth. Como eu fui no inverno, deixou um pouco a desejar, sem as tulipas e as roseiras, mas pelas muitas fotos que eu já vi, no verão ou na primavera, deve ser um espetáculo. Mas mesmo assim, valeu a pena pela vista linda da cidade.





7 Charleson Park


Um parque que eu adorei é o Charleson Park, perto da Granville Island, pequeno e charmoso, perfeito para deitar na grama e admirar a baía.



Montanhas

Chegamos a elas, as montanhas, minha paixão! 

8 Grouse Mountain


Grouse Mountain, a minha preferida, tem uma estação de esqui que é o máximo. Fui lá duas vezes, uma com a família da casa onde eu estava morando e uma com os meus amigos, foram dois dias divertidíssimos. 

Mas vá preparado, não sei como é no resto do ano, mas no inverno, nos finais de semana, ela lota! É um passeio que não pode faltar! Mesmo no verão tem várias atividades. 

Para chegar lá é fácil, fica em North Vancouver, é só atravessar a baía no sea bus e pegar um ônibus do outro lado.






9 Whistler


E tem Whistler, uma cidadezinha vizinha a Vancouver, cerca de 125km, que tem uma das melhores estações de esqui da América e sediou a maior parte dos jogos olímpicos de inverno de 2010. 

Além da estação de esqui, a montanha tem ainda uma vila super charmosa e paisagens lindas. Apesar de não cobrar entrada, os preços lá são salgados – é a montanha dos ricos. 

Para chegar lá, desça na Broadway station no metrô e pegue um ônibus intermunicipal no terminal. Certifique-se do horário do último ônibus de volta a Vancouver, e se possível já compre logo sua passagem de volta. Eu quase tive que passar a noite lá...meu maior momento perrengue da viagem!





10 Seymour Mountain


Eu conheci ainda a Seymour Mountain. É a mais próxima ao centro da cidade, e a mais simples. Aprendi uma lição valiosa lá: não importa o quão equipada a montanha seja para passeios noturnos, esquiar à noite é adrenalina demais para quem nasceu em um país tropical! Brincadeiras à parte, acredito que só valha a visita se você realmente estiver com tempo sobrando. 

Tem ainda a Rocky Mountain, que eu acabei não conhecendo – sempre sobra alguma coisa – mas parece ser muito bonita, fica a dica.


Passeios

11 Capilano Bridge


A Capilano Bridge é um passeio que não pode faltar! Com 140 metros de comprimento e a 70 metros de altura, sobre o rio Capilano, é para quem não tem medo de altura! Mas garanto que a vista é maravilhosa, com as árvores gigantes e as montanhas lá no fundo. 

Além da ponte principal, o parque tem várias trilhas suspensas ligando as árvores. É um passeio divertido e diferente.



12 Lynn Canyon Park


Eu lembro da minha “host family” dizendo que era besteira pagar para entrar na Capilano se eu poderia ir de graça no Lynn Canyon Park, que é um outro parque próximo e com a mesma proposta de trilhas suspensas, com uma diferença: esse é de graça. 

Fui mesmo assim, eu precisava ver aquela ponte enorme de perto! E eu digo que valeu muito a pena, eu não acho que o Lynn substitua a Capilano. Se o seu tempo disponível é pequeno, eu acho que vale a pena optar pela Capilano sim, apesar dos 30 dólares canadenses desembolsados. Mas, tendo tempo, conheça os dois, não vai se arrepender. 

13 Science World = Telus World of Science


Outro programa que eu recomendo muito, principalmente para quem vai com os seus pequenos viajantes, é o outrora conhecido como Science World, e que hoje se chama Telus World of Science

É um museu totalmente interativo, para ensinar ciência de um jeito divertido. Ele é bem grande e tem várias alas, sobre tecnologia, corpo humano, energias renováveis, física, e muitas outras. Tem vários experimentos que as crianças podem fazer e vários brinquedos educativos. É muito bem pensado e muito bem feito, e não são só as crianças que aproveitam, eu já era bem grandinha! 

O Science World fica dentro daquele famoso globo que se vê nas fotos típicas de Vancouver, bem pertinho da Rogers Arena

14 Rogers Arena


A Rogers Arena é lar de nada mais, nada menos que os Canucks! Eles, que em três meses aprendi a amar e idolatrar, já que a paixão dos canadenses por hockey é contagiante. 

Se você acha que nada é igual à paixão dos brasileiros pelo futebol, sabe de nada, inocente! É possível fazer uma visita guiada pela arena, mas elas ocorrem em dias específicos do mês, e não são muitos, então é bom se informar no site oficial.





15 BC Sports


Ainda sobre esportes, há o BC Sports, uma arena multiesportiva que conta com o Hall of Fame, uma espécie de museu do esporte. 

Apesar de ter achado bem legal, só vale a pena se você tiver um tempo sobrando ou realmente for fã de esportes, porque não é grandes coisas. Mas pode ser um passeio legal para fazer com as crianças, porque também é bem interativo, com vários brinquedos.



16 Granville Island


Para fechar, outro lugar super charmoso de Vancouver – depois de Gastown – é a Granville Island. Com seus artistas de rua e artesãos, a região é para se apaixonar. 

Visite o Public Market e prove todo tipo de “berries” e outras delícias típicas. E leve seu pequeno no Kids Market, uma loja de brinquedos linda que tem lá. 




Acho que é isso, já escrevi bastante! 

Vancouver é uma cidade moderna, cercada de natureza, com uma população feita de estrangeiros, que viram ali uma oportunidade e aprenderam a chamar aquele país de lar, e provam para o resto do mundo que é possível conviver com as diferenças, cada um fazendo questão de manter sua cultura natal, mas ao mesmo tempo criando uma cultura nova. 

Na parte mais ensolarada do Canadá (que fez essa carioca congelar até a alma), as atividades ao ar livre são incentivadas e praticadas ao máximo, o meio ambiente é levado a sério, aprendi com eles a prestar atenção no meu lixo...é daqueles lugares que vão ficar para sempre no coração!



Você conhece Vancouver? E Whistler?? Tem dicas? Conte tudo pra gente! As operações #‎LipenoCanada e #‎LipeinNorthAmerica vêm aí, precisamos de todas as suas dicas!!!

Vai viajar para o Canadá 






Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a nossa fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebooke os vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Você também nos encontra aqui:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...