Menu

Squamish Lil´wat Cultural Centre - o museu indígena que as crianças adoram em Whistler

Um dos passeios mais bacanas de Whistler é uma visita a este centro de cultura indígena, uma atração inesperadamente deliciosa para quem viaja com crianças!

Logo que comecei a pesquisar sobre os passeios disponíveis na cidade, li sobre este museu e imediatamente o coloquei na nossa lista de atrações "obrigatórias". 

Afinal, seria uma das melhores oportunidades na nossa viagem de aprendermos um pouco sobre a cultura das First Nations - as primeiras nações que habitaram a costa oeste do Canadá, e não poderíamos voltar de viagem sem aprender um pouco sobre os indígenas canadenses. 


Horário de funcionamento:Squamish Lil´wat Cultural Centre funciona das 9:30AM às 5PM

Nós chegamos lá por volta das 3PM, pois eu pensei que seria uma "visita rápida", já que, com o Lipe acordado, dificilmente conseguimos nos deter por muito tempo em museus. 

Ledo engano. 

Saímos de lá às 5:10PM, praticamente "expulsos" pelos nativos da região que mantêm o local. Conclusão: deveríamos ter ido um pouco mais cedo.  

placas indicam o caminho

uma das entradas


a fachada do museu

Localização: o centro cultural não fica no "miolinho" da Vila de Whistler mas, ainda assim, é bem central, tanto que, sem carrinho, saímos da Family Adventure Zone, que fica na Upper Village, na base da Blackcomb Mountain, e fomos caminhando até lá tranquilamente em poucos minutos. 

Fica bem pertinho do Fairmont Chateau Whistler, caso você tenha a sorte de se hospedar lá ;) 


Endereço: 4584 Blackcomb Way, na esquina com a Lorimer Road.

Estacionamento: se você estiver de carro (ou motorhome), o lugar mais próximo para estacionar o seu veículo é o Skiers Lot #4.

muito vidro e madeira

Como é a visita: além de arquitetonicamente lindo e super interessante, o museu é altamente childfriendly

Logo na chegada o Lipe avistou uma área kids e lá se instalou. Fez um amigo canadense, e adorou se fantasiar de índio e batucar nos instrumentos musicais à disposição das crianças. 

Como ele estava super distraído, e o museu bem vazio, aproveitei e fui fazer a "minha" visita!

o Lipe se vestiu de índio

batucou

e se distraiu muito

A-do-rei as histórias e a arquitetura do lugar, em madeira e vidro, super moderna e, ao mesmo tempo, integrada à paisagem!

O centro é mantido pelos nativos de British Columbia, dois grupos indígenas distintos - Squamish e Lil´wat - que nos lembram, a todo instante, que toda a beleza das montanhas, rios, florestas e paisagens de Whistler é parte do território ancestral das suas tribos. 

Também, British Columbia é linda de morrer, e não é infundado o orgulho que eles sentem da terra deles!

Em exposição, muitas obras de artistas e artesões locais. 










Você também pode assistir a um filme sobre as First Nations, de 15 minutos. 

Infelizmente, com o Lipe a tiracolo, não foi possível participar dos workshops temáticos que eles oferecem - você pode aprender a fazer uma canoa, dançar ou até descobrir as diversas utilidades das plantas e frutas da região. 


O ingresso inclui a visita guiada - eu peguei apenas um pedaço das explicações do guia e achei muito boas! Se você tiver tempo e não estiver com crianças, vale muito a pena acompanhar o tour

No local, você ainda encontra uma lojinha (excepcionalmente boa!), um café super agradável e banheiros :)


Preços: adultos CAD$ 18, maiores de 65 anos, deficientes e estudantes CAD$ 13,50, crianças de 6 a 12 anos CAD$ 8, passe familiar para 2 adultos e 2 filhos de 6 a 18 anos CAD$ 49. 

Saiba mais no site oficial


Observações importantes

Todas as informações que pus no post são relativas ao mês de julho de 2015, quando estivemos lá.

Na época, a cotação do dólar canadense era de R$ 2,49 = CAD$ 1.

No próximo post, continuamos viagem com o nosso diário de bordo - não saia daí! 

Você já esteve em Whistler? Conheceu o centro cultural??? Conte para a gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários!

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas nossas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só clicar na # e ver tudo o que postamos sobre cada lugar:

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!

* Agradecemos aos órgãos oficiais de turismo de Banff & Lake LouiseJasperWhistlerVancouverVictoriaPort TownsendSeattleBC Ferries e Parks Canada pelos ingressos cortesia, passes, passagens, diárias de campings e todo apoio na organização da nossa viagem.

* Visitamos o centro cultural a convite do Tourism Whistler


E aí, pronto para reservar a sua estadia em Whistler

Nós nos hospedamos no Riverside Resort - leia o post que escrevi sobre ele clicando aqui

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:

 

Nós recomendamos a Rentalcars para aluguel de carros:



Dicas gerais, planejamento e organização da viagem


Montanhas Rochosas

Todos os posts sobre o Canadá.

Todos os posts sobre esta viagem estão em Pacific NorthWest, como é conhecida essa região do mundo!



Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!


Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Pegoraro - FPV

Comente este Post:

1 comentários:

  1. Opa, os posts voltaram a aparecer no feedly!!
    :)

    Eu não tive tempo de ir no museu mas achei tão legal como a cultura dos povos nativos é inserida naquela região da British Columbia! Todas as placas da Sea to sky nas duas línguas, todas as explicações dos lugares com significado pra eles... Bem legal mesmo!

    ResponderExcluir