Menu

Ferrovia do Trigo: roteiro de carro

Dicas para você percorrer os principais pontos turísticos da Ferrovia do Trigo de carro: Viadutos 13, Pesseguinho, Mula Preta e o Túnel das Janelas.

Ferrovia do Trigo

Dicas para você percorrer os principais pontos turísticos da Ferrovia do Trigo de carro: Viadutos 13, Pesseguinho, Mula Preta e o Túnel das Janelas

Antes de fazer o passeio de trem chamado Trem dos Vales, roteiro turístico que percorre 46Km entre os municípios de Guaporé e Muçum, na Serra Gaúcha, passando por Dois Lajeados e Vespasiano Corrêa, fomos de carro conhecer os principais pontos turísticos da Ferrovia do Trigo.

Neste post eu explico em detalhes o roteiro de carro que você pode fazer para conhecer, dentre outros lugares incríveis ao longo da Ferrovia do Trigo, os Viadutos 13, Pesseguinho, Mula Preta e o Túnel das Janelas.

Leia mais sobre o passeio de trem aqui: 

Trem dos Vales: como é o passeio de trem na Ferrovia do Trigo, entre Muçum e Guaporé

E veja também:


Ferrovia do Trigo
Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
Cascata Bem Estar embaixo do Viaduto Pesseguinho

Ferrovia do Trigo
Túnel das Janelas na Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
os viadutos vazados da Ferrovia do Trigo são os mais assustadores

Ferrovia do Trigo
trilha até a Cascata Bem Estar

Ferrovia do Trigo
um dos famosos viadutos da Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo: roteiro de carro e trekking

Ferrovia do Trigo é uma ferrovia situada aqui no Rio Grande do Sul, cuja construção foi concluída na década de 1970, entre os municípios de Muçum e Guaporé. Essa ferrovia ainda hoje é usada para transporte de cargas - 2 trens de cargas passam por ali diariamente, transportando combustível.

Embora essa ferrovia tenha no total 158Km, entre Passo Fundo e Roca Sales, o trecho que passa por Muçum, Vespasiano Corrêa, Dois Lajeados e Guaporé é o que ficou mais famoso ao longo da Ferrovia do Trigo, por ser cheio de túneis e viadutos, além da linda paisagem serrana e muita natureza. 

A construção da Ferrovia do Trigo levou 67 anos para ser concluída, e ficou conhecida na época como a "obra do século", pois o ambicioso projeto pretendia unir Porto Alegre a Passo Fundo através da linha férrea, facilitando o escoamento da produção até o porto. A construção da ferrovia diminuiria em centenas de quilômetros a distância entre Passo Fundo e a capital gaúcha. 

Para se ter uma ideia das dificuldades envolvidas na construção da Ferrovia do Trigo, basta dizer que eram necessários 32 túneis e 23 viadutos em locais de difícil acesso para tornar a obra possível!

Muita gente faz a caminhada pela Ferrovia do Trigo, um dos trekkings mais conhecidos do Rio Grande do Sul. 

São mais de 50Km pelos trilhos dos municípios de Guaporé, Dois Lajeados, Vespasiano Corrêa e Muçum - mas atenção: para fazer esta caminhada, você precisa de uma autorização especial, pois é proibido fazer o trekking pelos trilhos da ferrovia sem autorização, justamente em razão da passagem dos trens!

Nós não fizemos a trilha, mas fomos de carro conhecer os 3 principais viadutos da Ferrovia do Trigo:

  • Viaduto 13
  • Viaduto Pesseguinho
  • Viaduto Mula Preta
Ferrovia do Trigo
Viaduto 13, o mais famoso da Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
cascata embaixo do Viaduto Pesseguinho

Não é necessário ir num carro 4x4, pois as estradas de terra estão em boas condições. 

Começamos o nosso roteiro de carro pela Ferrovia do Trigo indo de Bento Gonçalves até Dois Lajeados, seguimos até o Viaduto Pesseguinho, fizemos a trilha até a cascata, e fomos até o Viaduto Mula Preta

Depois, voltamos a Dois Lajeados, seguimos até Vespasiano Corrêa, continuamos para Muçum, onde fomos conhecer a Ponte Rodoferroviária Brochado da Rocha, sobre o Rio Taquari, almoçamos no @kiosquedapraca_, e depois continuamos até o Viaduto 13

De lá, voltamos até Muçum, passando na Pinguela da Barra do Zeferino no caminho de volta (uma ponte suspensa bem divertida). 

Para saber todas as quilometragens entre esses pontos de referência que eu citei acima, é só colocar esses nomes de lugares no Google Maps - ele conhece todos esses nomes e calcula a rota direitinho!

Além de fazer o roteiro de carro pelos principais pontos turísticos da Ferrovia do Trigo, também fizemos o lindo passeio de trem chamado Trem dos Vales, um roteiro turístico que percorre 46Km entre os municípios de Guaporé e Muçum, na Serra Gaúcha, passando por Dois Lajeados e Vespasiano Corrêa, com belas paisagens da Ferrovia do Trigo. 

Leia mais sobre este passeio de trem aqui: 

Trem dos Vales: como é o passeio de trem na Ferrovia do Trigo, entre Muçum e Guaporé

Ferrovia do Trigo
roteiro de carro para conhecer os principais pontos turísticos da Ferrovia do Trigo - é só colocar o destino no Google Maps e ir!

Ferrovia do Trigo
igreja de Muçum

Ferrovia do Trigo
prédio histórico no centro de Muçum
 
Ferrovia do Trigo
Viaduto Pesseguinho em Dois Lajeados

Ferrovia do Trigo
fazendo a trilha até a cascata, você vê o Viaduto Pesseguinho por baixo também

Ferrovia do Trigo
mas a trilha é só para quem realmente gosta de mato!

Ferrovia do Trigo
a recompensa é esta cascata incrível

Lugares para conhecer entre Guaporé e Muçum

Além do incrível passeio no Trem dos Vales, também vale a pena fazer o passeio de carro que eu mencionei acima, para conhecer os pontos turísticos mais famosos da região entre Guaporé e Muçum.

No passeio de trem, você consegue visualizar todas as paisagens incríveis do Vale do Taquari de cima, mas tenho certeza que vai ficar um gostinho de quero mais - e aí a dica é justamente fazer o passeio de carro para ver os viadutos por baixo também! 

As vistas de baixo são espetaculares, e dá para ver toda a imponência do Viaduto 13!

Abaixo vou registrar dicas dos lugares que mais gostei de visitar no nosso passeio de carro pela região:

Ferrovia do Trigo
passeio com o Trem dos Vales pela Ferrovia do Trigo

Viaduto Pesseguinho

Este viaduto possui 87,8m de altura e 268m de comprimento. Assim como o Mula Preta, é vazado e sem proteção lateral, apenas com os dormentes e os trilhos por onde passam os trens. 

Os viadutos 'vazados' são chamados assim porque neles a ferrovia fica suspensa sobre uma estrutura metálica, sem fundo. A construção deles foi feita sobre uma estrutura de concreto e metal, e há um pequeno vão, de cerca de 15cm, entre os dormentes de madeira, onde são fixados os trilhos, não havendo uma base de concreto ou de pedras abaixo da ferrovia para sustentá-la, como ocorre nos outros viadutos. É bem assustador!

Embaixo do lindo Viaduto Pesseguinho, em Dois Lajeados, há um camping e um bar chamado @casarecantodaferrovia, onde tem início uma trilha linda até a Cascata Bem Estar

O proprietário do local é super atencioso, mantém a trilha, cobra apenas 5 reais por pessoa, crianças não pagam e ele ainda explica tudo sobre a trilha e o que fazer em caso de picada de jararaca ou cascavel 🐉 

É, eu sei que o papo dele sobre cobras venenosas assusta um pouco, mas a trilha e a cascata valem a pena. 

São menos de 2Km entre ida e volta, mas com um desnível de mais de 320m, um pouco de escalaminhada e trechos escorregadios (especialmente depois de chuva), então a trilha fica um pouco puxadinha...ainda mais com o Lipe junto! 

Como ficamos com medo das cobras, fizemos a trilha super rápido, e terminamos de língua de fora!

Na volta, ali no bar, eles têm lanches, bebidas, banheiros limpos e estacionamento. 

A torrada com ovo e as batatas-fritas são maravilhosas 🍟🥪

Não esqueça de levar água para a trilha e repelente! 

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
Viaduto Pesseguinho em Dois Lajeados

Ferrovia do Trigo
o Viaduto Pesseguinho tem 87,8m de altura e 268m de comprimento - é vazado e sem proteção lateral, apenas com os dormentes e os trilhos por onde passam os trens

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
debaixo do Viaduto Pesseguinho

Ferrovia do Trigo
o proprietário do bar explica direitinho o que fazer em caso de picada de jararaca ou cascavel kkk... 🐉

Ferrovia do Trigo
trilha até a Cascata Bem Estar

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
a conversa sobre cobras venenosas assusta um pouco, mas a trilha e a cascata valem a pena

Ferrovia do Trigo
são menos de 2Km entre ida e volta, mas com um desnível de mais de 320m, um pouco de escalaminhada e trechos escorregadios, especialmente depois de chuva

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
chegamos ao final da trilha de língua de fora, mas o visual da cascata compensou!

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
Cascata Bem Estar

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
camping e bar @casarecantodaferrovia

Viaduto Pesseguinho em Dois Lajeados

Viaduto Mula Preta

Viaduto Mula Preta é um viaduto em curva, com dormentes que parecem flutuar no ar, dezenas de metros acima da vegetação abaixo.

O viaduto fica a 16Km do centro da cidade de Dois Lajeados, na divisa com Guaporé. Você deve sair da RS 129 na altura das ruas Balduíno Brezolim e Sílvio Ortolan. Depois, siga por aproximadamente 4Km na estrada de terra em bom estado. 

Haverá um final de estrada ao lado de uma propriedade particular, e ali você pode deixar o carro. É ali que começa uma trilha de 700m a pé até o outro lado do viaduto. 

Nessa caminhada você sobe e desce um morro, e passa por debaixo do viaduto. No final, passa ao lado de um potreiro com alguns animais, e a Ferrovia do Trigo vai estar ao seu lado. 

O Viaduto Mula Preta é um dos grandes ícones da Ferrovia do Trigo, construído pelo Exército Brasileiro entre os anos 60 e 70. Sua altura máxima é de 98m no pilar central, e seu comprimento é de 360m. 

O viaduto é fantástico, todo curvado, sem mureta de proteção lateral e todo vazado (sem piso de concreto). 

A estrutura de metal é que sustenta os dormentes de madeira, distantes um do outro. De cima do viaduto, você enxerga o mato, quase 100m abaixo! 

Lá embaixo passa um arroio, também chamado de Mula Preta. 

A cada 50m existem refúgios, para as pessoas que estão sobre os trilhos se protegerem, caso o trem apareça - mas não é nada recomendado ficar passeando pelos trilhos sem uma autorização especial!

Ferrovia do Trigo
estrada de chão até o Viaduto Mula Preta

Ferrovia do Trigo
estacionamos o carro neste local para ir até o Viaduto Mula Preta

Viaduto 13 e o Túnel das Janelas

Viaduto 13, conhecido também como Viaduto do Exército, é um dos viadutos ferroviários existentes na Ferrovia do Trigo, no trecho entre os municípios de Vespasiano Corrêa e Muçum.

Ele é bem famoso, por ser o maior viaduto ferroviário da América do Sul, com 143m de altura e 509m de comprimento, e o 3º maior viaduto do mundo!

Pelo que pesquisei, atualmente ele é o 3º viaduto ferroviário mais alto do mundo, perdendo apenas para um viaduto de Montenegro e outro na China. 

O Viaduto 13 é chamado assim por ser o 13º de uma sequência de viadutos que se inicia no centro da cidade de Muçum. 

Foi construído pelo 1º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro, na década de 1970. 

Indo por uma estrada de terra em boas condições desde Muçum, chega-se ao local por baixo do viaduto, ao lado do Rio Guaporé - uma visão impressionante, de um viaduto altíssimo! É até difícil acreditar que o trem realmente passe lá em cima! 😳

Depois de passearmos ali por baixo, subimos de carro por uma estradinha de aproximadamente 1,5Km até a parte superior do viaduto. 

Nossa camionete é 4x4, mas qualquer carro sem tração chega lá em cima tranquilamente. 

A estrada vai até um ponto onde, para o lado direito, começa o Viaduto 13 e, para o lado esquerdo, começa o túnel incrível da foto abaixo, conhecido como Túnel das Janelas

Ferrovia do Trigo
Túnel das Janelas

Ferrovia do Trigo
o Viaduto 13 é o maior viaduto ferroviário da América do Sul, com 143m de altura e 509m de comprimento, e o 3º maior viaduto do mundo!

Ferrovia do Trigo
túnel localizado ao lado do Viaduto 13

Ferrovia do Trigo
Túnel das Janelas, ao lado do Viaduto 13

Ferrovia do Trigo
indo por uma estrada de terra em boas condições desde Muçum, chega-se ao local por baixo do viaduto, ao lado do Rio Guaporé

Ferrovia do Trigo
o Viaduto 13 é chamado assim por ser o 13º de uma sequência de viadutos que se inicia no centro da cidade de Muçum

Ferrovia do Trigo
o Viaduto 13 fica situado entre os municípios de Vespasiano Corrêa e Muçum

Ferrovia do Trigo
uma visão impressionante, de um viaduto altíssimo - é até difícil acreditar que o trem realmente passe lá em cima!

O Viaduto 13 não é tão assustador quanto o Pesseguinho, pois ele tem uma mureta de proteção, mas a altura assusta. 

Depois de tirar algumas fotos rápidas, caminhamos uns 500m por dentro do Túnel das Janelas, numa baita escuridão, para chegar até o ponto onde existem algumas aberturas em uma de suas laterais, que formam arcos no meio do túnel. 

O Peg jura que estava cheio de morcegos lá dentro do túnel, mas eu não acredito que, com tantos turistas fazendo barulho e apontando lanternas pra todos os lados, os morcegos realmente façam casa lá! 🦇

Não deixe de levar seu celular com lanterninha

Na metade do túnel, depois de uns 500m de caminhada, a gente chega a estas 'janelas' das fotos abaixos, um local onde o túnel é aberto de um dos lados, e depois continua fechado.

É um passeio incrível, todo gaúcho tem que colocar na sua wishlist!

Ferrovia do Trigo
de um lado, o Túnel das Janelas; do outro lado, o Viaduto 13

Ferrovia do Trigo
você caminha uns 500m por dentro do Túnel das Janelas, numa baita escuridão, para chegar até o ponto onde existem algumas aberturas em uma das laterais do túnel, que formam arcos 

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo
não esqueça de levar o seu celular com lanterninha

Ferrovia do Trigo
o Peg jura que estava cheio de morcegos lá dentro do túnel - eu preferi não acreditar hehehe...

Ferrovia do Trigo
Viaduto 13

Ferrovia do Trigo
o Viaduto 13 não é tão assustador quanto o Pesseguinho, pois ele tem uma mureta de proteção, mas a altura assusta

Pinguela da Barra do Zeferino

Pinguela da Barra do Zeferino fica situada na Estrada Linha Bonita, em Doutor Ricardo, Vespasiano Corrêa. 

É possível cruzar pela pinguela sobre o Rio Guaporé, depois de andar dentro de uma plantação de milho. 

A pinguela é uma obra de engenharia que já tem uma certa idade e, portanto, dá um certo medinho de atravessá-la heheheeh....

Do outro lado da pinguela, é possível conhecer um pequeno povoado, com direito à igrejinha e criação de porcos. 

Moinho Colonial

Moinho Colonial fica localizado na rodovia RS 129, em Vespasiano Corrêa, na linha Vitorino Monteiro.

Na entrada da propriedade, há um capitel dedicado a Santa Catarina, que é a protetora dos trabalhadores que lidam com rodas, como os moinhos. 

Lá você pode experimentar uma polenta brustolada deliciosa e aprender como é produzida a farinha de milho no moinho, que usa a força da água para se movimentar. 

Nos fundos da propriedade ainda tem uma cascata que rende boas fotos.

Ponte Rodoferroviária Brochado da Rocha

Essa ponte rodoferroviária que liga os municípios de Muçum e Roca Sales fica situada sobre o Rio Taquari, em Muçum. 

Pela sua beleza arquitetônica, a cidade de Muçum ficou conhecida como Princesa das Pontes

São 289m de comprimento, por onde passam tanto a rodovia RS 129, quanto a Ferrovia do Trigo.

Ferrovia do Trigo
atravessando de carro a Ponte Rodoferroviária Brochado da Rocha em Muçum

Ferrovia do Trigo
a cidade de Muçum é conhecida como Princesa das Pontes

Santa Tereza

No caminho de volta para Bento Gonçalves, ainda passamos em Santa Tereza, uma cidadezinha fofa cheia de coisas legais para fazer, que eu preciso compartilhar mais com vocês - Santa Tereza certamente vai merecer um post exclusivo aqui no blog em breve!

Adoro, especialmente, a Cachaçaria Velho Alambique, a travessia do Rio Taquari com o Álvaro, atleta olímpico natural de lá, a linda Pousada do Valle (@pousada_do_valle no Instagram), com seu restaurante maravilhoso de comida típica colonial (almoço por R$ 60,00), os casarões históricos, o campanário da igreja e a Ponte Metálica! 

Cachaçaria Velho Alambique
Cachaçaria Velho Alambique

Cachaçaria Velho Alambique
visitando a Cachaçaria Velho Alambique em Santa Tereza

Cachaçaria Velho Alambique
quando visitar a Cachaçaria Velho Alambique, em Santa Tereza, não deixe de experimentar o 'nozin', nosso favorito

Santa Tereza
travessia do Rio Taquari com o Álvaro, atleta olímpico natural de Santa Tereza

Cachaçaria Velho Alambique
vista do Rio Taquari a partir do deck da Cachaçaria Velho Alambique

Santa Tereza RS
Ponte Metálica de Santa Tereza

Santa Tereza RS
a linda Pousada do Valle em Santa Tereza - procure @pousada_do_valle no Instagram

Santa Tereza RS
campanário da igreja em Santa Tereza

Santa Tereza RS
toda a beleza do Rio Taquari, visto a partir de Santa Tereza

Santa Tereza RS
uma das igrejinhas do interior de Santa Tereza

Santa Tereza RS
paisagens do interior de Santa Tereza

Santa Tereza
um lugar maravilhoso para passear, seja de carro, de bike ou mesmo à pé!

Lugares para conhecer entre Santa Tereza e Muçum

Já que estamos falando sobre essa região, não posso deixar de mencionar também as belezas do interior de Muçum!

Os lugares que eu mencionei acima - os viadutos e túneis famosos - ficam ao longo da Ferrovia do Trigo, entre Guaporé e Muçum.

Mas, já que você estará na região, não custa lembrar que o trecho entre Santa Tereza e Muçum é lindíssimo e também merece um passeio, seja de carro, de bicicleta ou mesmo à pé!

No último final de semana, eu e algumas amigas fizemos um trecho de caminhada de 24Km entre Santa Tereza e Muçum, costeando o Rio Taquari, e posso afirmar que valeu cada quilômetro!

A paisagem é linda e eles fizeram um roteiro de cicloturismo (que também serve para caminhantes) bem sinalizado e o melhor: bem plano!

Esse circuito passa por casarões históricos, igrejinhas, campos de trigo, pontes centenárias de madeira e as paisagens lindíssimas do Rio Taquari!

Uma beleza intocada, autêntica da colônia na Serra Gaúcha, onde o turismo de massas (ainda bem!) não chegou!

Vou colocar muitas fotos aqui abaixo para vocês verem que beleza de lugar e sentirem vontade de ir também:

Muçum RS
roteiro entre Santa Tereza e Muçum no Wikiloc

Muçum RS
roteiro entre Santa Tereza e Muçum no Strava

Muçum RS
circuito de cicloturismo de Muçum

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Muçum RS

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Ferrovia do Trigo

Você já fez algum destes passeios? Conta pra gente como foi! Deixe a sua dica nos comentários!

Para mais dicas da Serra Gaúcha, veja #LipeemBento e #LipenaSerra no Instagram.

Também tenho várias pastas de destaques de Bento Gonçalves nos stories do Instagram, dê uma espiada lá!

Onde ficar hospedado na região

Minha dica de hospedagem na região são os Airbnbs mais charmosos de Bento Gonçalves:
Bento Gonçalves fica situada a apenas 1h de distância tanto de Muçum, quanto de Guaporé, e foi de Bento que nós saímos para fazer este roteiro de carro pela Ferrovia do Trigo. 


Como é o passeio com o trem Maria Fumaça na Serra Gaúcha
Roteiro de final de semana em Garibaldi
Wine Run Brasil Vale dos Vinhedos: a corrida de rua mais bonita da Serra Gaúcha
Wine Movie Peterlongo: uma sessão de cinema ao ar livre na vinícola
Carnaval Retrô em Garibaldi, na Serra Gaúcha: uma festa de Carnaval de rua à moda antiga
Como é a experiência Taça e Trufa na Cooperativa Vinícola Garibaldi
Osteria della Colombina: uma experiência completa na Estrada do Sabor de Garibaldi
Hostaria Casacurta em Garibaldi: restaurante na região dos vinhedos
Como é a visita à Vinícola Peterlongo e o Wine Movie
Cela da Cave, a nova experiência de enoturismo da Vinícola Courmayeur, em Garibaldi
Vinícola Vaccaro: vindima, pisa da uva e almoço colonial na Estrada do Sabor em Garibaldi
Hotel Casacurta em Garibaldi: perfeito para romance e também para famílias
Como é o Hotel Dall'Onder Ski Garibaldi
Natal Mágico Peterlongo em Garibaldi: como é a linda festa de Natal da Vinícola Peterlongo
Piquenique Orgânico da Família Mariani na Serra Gaúcha
Onde participar da Vindima na Serra Gaúcha: lugares para participar da colheita e pisa das uvas
Vindima na Serra Gaúcha: programação de Garibaldi
Garibaldi Vintage: o evento de rua mais charmoso da Serra Gaúcha
Parque da Ovelha nos Caminhos de Pedra: melhor passeio para crianças na Serra Gaúcha
Vinícola Cainelli em Bento Gonçalves: uma vinícola para famílias na Serra Gaúcha
Vinícola Dal Pizzol em Bento Gonçalves: o Ecomuseu da Cultura do Vinho e o Vinhedo do Mundo
Como é o tour Vinho e Paisagem da Vinícola Cristofoli em Bento Gonçalves
Epopeia Italiana: o parque temático de Bento Gonçalves
Sud Birrificio Artigianale: a cerveja artesanal de Bento Gonçalves
Vinícola Don Giovanni: enoturismo, o novo Restaurante Nature, pousada e muito mais
Cave Geisse: uma vinícola que você precisa conhecer em Pinto Bandeira
Degustação às cegas e outras experiências na Vinícola Dal Pizzol em Bento Gonçalves
Vinícola Cave do Sol: aula de Yoga e meditação, degustações e outras experiências enoturísticas
Edredom nos parreirais e almoço harmonizado ao ar livre na Vinícola Cristofoli
Vinícola Lidio Carraro no Vale dos Vinhedos: visita imperdível para quem gosta de bons vinhos
Cobo Wine Bar: o bar de vinhos de Bento Gonçalves
Vinícola Miolo em Bento Gonçalves: atrações oferecidas pela vinícola no Vale dos Vinhedos
Entardecer de Vindima na Vinícola Cristofoli: colheita e pisa da uva na Serra Gaúcha
Festival Sabores da Vindima na Rota Vale do Rio das Antas em Bento Gonçalves
Jantar sob as Estrelas em Bento Gonçalves
Fenavinho e ExpoBento: como é a Festa Nacional do Vinho em Bento Gonçalves

Para ler mais sobre as nossas viagens aqui pelo Estado, clique em Rio Grande do Sul.


Não esqueça de curtir a nossa fan page no Facebook para acompanhar nossas aventuras!

Assista todos os nossos mini vídeos neste link do Facebook, e os vídeos completos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


Share
Próximo
Este é o post mais recente.
Anterior
Postagem mais antiga

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: