13 de agosto de 2016

Denali National Park, no Alasca - como é o passeio de ônibus pelo parque nacional

denali_national_park_alaskaEste post é parte de uma série sobre a nossa viagem ao Alaska - para ler todos, clique aqui.

Existem várias maneiras de conhecer o Denali, parque nacional mais famoso do Alaska, com uma beleza de tirar o fôlego, e nós vamos contar neste post sobre a mais clássica e popular delas: o tour de ônibus de 92 milhas que atravessa todo o parque nacional e leva de 12 a 13hs, entre ida e volta. 

Também há vários outros tours mais curtos - inclusive nós acabamos "encurtando" o nosso passeio devido ao mau tempo - mas podemos garantir que esta é a melhor maneira de conhecer o Denali

Já falei sobre esse tour aqui no blog, quando escrevi sobre 6 passeios pagos que valem a pena no Alaska, mas agora vou contar pra vocês todos os detalhes deste passeio emocionante!!! 


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

Informações básicas

O nome deste passeio é Denali Tour - Kantishna Shuttle Bus

O tour é realizado no Denali National Park, cuja entrada fica na milha 237 da George Parks Highway (rodovia que corta o Alaska de sul a norte). A saída do passeio é do Wilderness Access Center, na milha 1 da Denali National Park Road.

Para reservar o passeio e ter mais informações, clique aqui: Kantishna Shuttle

Esse tour acontece apenas de 8 de junho até 15 de setembro em cada ano (a temporada dura apenas 3 meses!). O passeio tem só 2 saídas diárias, às 7:45 e 8:45am. 


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

Quanto custa

Ingresso: U$ 61 para adultos (já incluída a taxa de entrada no parque nacional).

Pagamos U$ 122 por 2 adultos, pois menores de 15 anos não pagam, e portanto o Lipe não pagou. 

É fundamental fazer reservas com antecedência aqui

Eu fiz as nossas reservas nKantishna Shuttle com vários meses de antecedência (reservei em maio para agosto) para garantir o nosso passeio, como expliquei nestes posts:

* como organizar uma viagem independente ao Alaska, EUA e Canadá
* roteiro de 8 dias pelo Alaska

Note que são apenas 2 passeios por dia durante somente 3 meses por ano para o mundo inteiro conhecer o Denali - imagine a briga que acontece por estas reservas! Para vocês terem uma ideia, esse parque nacional recebe mais de um milhão de visitantes a cada ano, apenas neste curto período do ano!


denali_national_park_alaska
ingressos 

denali_national_park_alaska

Como chegar lá 

No domingo do dia dos pais, depois de um super café da manhã no Embassy Suites Anchorage by Hilton, hotel bacanoso onde estávamos hospedados, abastecemos o nosso carro alugado em Anchorage e seguimos viagem para o Denali National Park às 10:30am, com o tempo totalmente nublado e até uma chuvinha fina caindo. 

Leia mais:

Guia de Anchorage - onde ficar, comer, comprar, roteiro e dicas



denali_national_park_alaska
paisagens espetaculares no caminho

denali_national_park_alaska
caribus na estrada!

De Anchorage ao Denali são 390Km

No caminho, paramos nos mirantes sul e norte do Denali e só se via nuvens carregadas. 

Depois, parou de chover e o tempo melhorou um pouco, já quase na chegada ao nosso hotel, por volta das 2pm. 

As estradas são ótimas nos quase 400km de viagem, e passamos por pouquíssimos carros no caminho. 


denali_national_park_alaska
se o tempo estiver bom, vale muito a pena parar no caminho nestes mirantes do Denali

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska
estradas boas, bonitas, baratas (sem pedágio) e vazias :)

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

Onde ficar

Nós tínhamos reservado 2 noites de estadia no Denali Park Village

Esse hotel fica na milha 231 da George Parks Highway, que, como já mencionei, é a rodovia que corta o Alaska de sul a norte. Ele fica a apenas 6 milhas ao sul do portão de entrada do parque nacional, 10 minutos de carro. 

Eu acredito que o Park Village é o maior hotel da área do parque nacional

A empresa que o administra é a mesma que detém a concessão para operar os serviços turísticos dentro do parque nacional, como por exemplo os shuttle buses. Não é por nada que o local é chamado "Denali Park Village" - é realmente a "Vila do Denali". 

Já escrevi em detalhes sobre o hotel, e portanto não vou repetir tudo neste post

Clique aqui para ler:

Denali Park Village e Cabin Nite Dinner Theater - onde dormir e comer bem no Denali

denali_national_park_alaska

Onde jantar na véspera

Dentro do complexo do hotel, na Park Village, existe a Miners Plaza, uma área onde ficam a lojinha de conveniência (tudo bem carinho - leve provisões de Anchorage), sorveteria, museu, lojinhas de souvenirs e a sede do Alaska Cabin Nite Dinner Theater, um jantar-show super legal com duas apresentações diárias.

Escrevi um post completinho sobre esse ótimo jantar-show aqui

É uma oportunidade única de ver como eram as coisas no "bom e velho Alaska", além de experimentar a maravilhosa cozinha local. 

denali_national_park_alaska

A nossa estratégia

No dia seguinte, fizemos o passeio de ônibus pelo Denali, saindo do Wilderness Access Center (WAC), localizado na milha 1 da Denali Park Road, às 8:45am. Chegamos de volta às 4:45pm (foram 8hs de passeio no total). 

Todos os transportes dentro do parque nacional saem do WAC, que é o "transportation hub" do Denali. 

Na reserva, que você faz pela internet, já diz: 

Pickup Location - Wilderness Access Center (8:45 AM)
The Wilderness Access Center is located at mile 1 on the Denali National Park Road. 
The "WAC" is the hub for transportation into Denali. 

Essa é a maneira mais comum de se conhecer o parque nacional, que só tem uma estrada de terra de 92 milhas e não permite a entrada de veículos particulares a partir da milha 15

O máximo que você pode ir com o seu próprio carro ou motorhome parque adentro é até a milha 15, em Savage River, onde há um estacionamento e você pode fazer o Loop Trail, uma trilha curtinha, de 15 minutos. 

Depois disso, só pode rodar pelo parque a pé ou de bicicleta. 


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska
Wilderness Access Center

Wilderness Access Center
outras possibilidades de passeios a partir do Wilderness Access Center

Wilderness Access Center
o Wilderness Access Center é o 'hub' de transportes do parque nacional

Wilderness Access Center
lojinha no Wilderness Access Center

Wilderness Access Center
Wilderness Access Center - onde tudo acontece!

Wilderness Access Center alaska

Wilderness Access Center

Wilderness Access Center denali
no começo do passeio os ônibus ainda estão limpinhos...

Existe também uma loteria em setembro para alguns poucos sortudos sorteados rodarem pelo parque com veículos particulares, mas não era o nosso caso. Se você estiver planejando ir ao Denali nessa época, informe-se no site sobre essa loteria e inscreva-se o mais cedo possível - deve ser espetacular poder passear pelo parque no seu próprio carro, sem depender de um ônibus!! 

Além dos shuttle buses (passeio que nós fizemos, mais populares), que são do tipo hop on hop off, também existem ônibus que oferecem tours guiados

Esse esquema hop on hop off realmente funciona: vimos o nosso ônibus parar e pegar algumas pessoas que haviam desembarcado de seus próprios ônibus para fazer trilhas, e nós mesmos pegamos para voltar do Eielson Visitor Center um ônibus que não era o nosso, mas isso depende da disponibilidade de assentos no ônibus, e pode ser meio assustador você descer, fazer uma trilha e depois ficar lá, todo molhado no frio, ou embaixo de neve, torcendo que tenha lugar num ônibus!!! Esteja ciente disso, antes de decidir desembarcar do seu próprio ônibus. 

E outra coisa importante: vimos 11 ursos no nosso passeio pelo parque! Então as chances de você encontrar um urso numa trilha são bem altas, e posso dizer, por experiência da nossa própria família, que esse não é um encontro agradável! 



denali_national_park_alaska
essa foto retrata exatamente a cena que estou tentando descrever: um ônibus com uma placa "sorry - full bus" passando e lá, do outro lado da estrada, um urso pardo enorme, consegue ver??? #desespero

denali_national_park_alaska
ônibus para Kantishna, última parada dentro do parque

Leia mais: 

* encontro com urso pardo no Canadá

Esteja preparado com spray e saiba como reagir no caso de um encontrinho desses (nós não estávamos). 

A nossa ideia inicial era ir de ônibus até o fim da estrada de 92 milhas que corta o parque nacional, em Kantishna, e voltar de avião teco-teco. 

O passeio de ida e volta de ônibus dura mais de 12hs - demais para uma criança, né? Eu teria feito essas 12hs de bus tranquilamente, ainda mais considerando que haviam inúmeras paradas e atrações pelo caminho, mas com o Lipe era um pouco demais! 

Como a Juliana me alertou que era melhor fazer reserva para esse voo, já que é só uma empresa que faz (a Katair), e que eles mandam os aviões para lá de acordo com o número de reservas, resolvi telefonar para lá na véspera para reservar. 

O preço seria U$ 280 por pessoa (mesmo preço para crianças e adultos), num total salgadíssimo de U$ 840 para nós 3. Mas aí o cara simpático que nos atendeu no telefone explicou que poderia fazer a nossa reserva, mediante o fornecimento do número do meu cartão de crédito (só para garantir a reserva, pois o pagamento poderia ser em dinheiro na hora do voo), mas não poderia garantir o voo, pois a previsão do tempo era desanimadora. Nesse caso, o único plano B seria voltarmos de Kantishna de ônibus (12hs). 

Ou seja, poderíamos fazer a reserva, mas só descobriríamos se eles voariam quando chegássemos em Kantishna, depois de 6hs no bus, e o voo era muito improvável com aquele tempo horrível. 

Se não voassem, teríamos que voltar mais 6hs de bus :(

Então decidimos mudar os planos: se o tempo melhorasse, seguiríamos até Kantishna; se não, voltaríamos do Eielson Visitor Center, o que encurtaria o passeio de bus ida e volta em 4hs - o passeio de ida e volta até Eielson é de 8hs, ao invés das 12hs até Kantishna

Como o tempo não melhorou nada, resolvemos voltar do Eielson mesmo. 

Duas coisas importantes: se estivéssemos sem uma criança a tiracolo, teríamos ido até Kantishna mesmo com tempo ruim - acho que vale a pena! 

Mesmo sem ver nem a sombra do Denali e com um dia horroroso de feio, nublado, chuvoso, em que até nevou, achei que valeu muito a pena o passeio - nem tanto pelas paisagens, que pouco conseguimos ver, mas pelos animais, que vimos aos montes!

É sempre emocionante ver ursos selvagens - mesmo depois de tantos que já tínhamos visto no Canadá, é uma cena com a qual a gente não se acostuma e que não deixa de emocionar nunca! 

Ver um urso pardo atravessando a estrada seguido pelos filhotes bem na frente do nosso ônibus, como vemos cavalos aqui no RS ou como víamos ovelhas na Nova Zelândia, é de arrepiar!

E a segunda coisa é que, com um dia bonito, em que desse para ver o Monte Denali, os U$ 840 dos voos de volta de Kantishna seriam os dólares mais bem gastos do mundo!

Foi realmente uma pena termos pego um dia tão feio lá! 


denali_national_park_alaska
lá vem a mamãe!

denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska
família urso reunida!

O que comer no passeio

Você precisa levar toda a comida e bebidas que for consumir durante o passeio - no parque nacional só tem água potável num bebedor do Eielson Visitor Center, mais nada. 

O melhor é já trazer alguns lanchinhos de Anchorage, onde as coisas são mais baratas, e pegar um sanduíche fresquinho de manhã cedo, antes de seguir para o parque, no Subway 24hs que fica na vila, localizado praticamente na frente da entrada pro parque nacional (a entrada do parque é à esquerda de quem vai na direção sul - norte, na placa que diz "Denali Park Road"). 

Compramos 4 sanduíches e 3 bebidas e pagamos U$ 33 no Subway


um Subway 24hs na 'porta' do parque nacional

Alguns hotéis já providenciam esses lanches para os hóspedes, mediante encomenda na véspera, inclusive o nosso (Denali Park Village), mas o Lipe estava meio chatinho para comer, e preferimos fazer um sanduíche "customizado" pro gosto dele no Subway

Ali pertinho do Subway também tem um mercadinho, onde você pode comprar batatinhas Pringles, muffins, chocolates, salgadinhos, maçãs, bananas e bebidas. 

denali_national_park_alaska
essa é a pequena "cidade" na frente do parque nacional

denali_national_park_alaska
ali você encontra todo tipo de serviços, inclusive gasolina caríssima

Dentro do parque tem o Mercantile, mercadinho de provisões para campistas ao lado do camping que fica na entrada do parque nacional, com uma seleção bem limitada de lanchinhos, e no próprio WAC, onde você pega os ônibus de passeios, tem alguns lanchinhos para vender, mas é tudo super caro e limitado - melhor comprar comida antes de chegar no parque mesmo!!!


denali_national_park_alaska
lanchinhos à venda no WAC

denali_national_park_alaska
melhor levar tudo o que você pretende consumir!

Sobre a roupa adequada 

É imprescindível levar jaquetas impermeáveis para chuva e se vestir em camadas e com sapatos fortes e confortáveis, mesmo num dia bonito de sol. 

O tempo pode mudar a qualquer minuto - o Denali é famoso justamente pelas mudanças abruptas no tempo e na temperatura! 

Nós pegamos até neve lá, no começo de agosto - auge do verão - acredita???


neve no passo de montanha


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

Curiosidade

Talvez vocês não saibam ainda, mas o Denali, também conhecido como McKinley, tem 6194 metros de altitude, e é a maior montanha da América do Norte. 

Ele só perde, no continente americano, para o Aconcágua, que fica na Argentina, América do Sul, e mede 6962 metros. Aliás, fomos até o Aconcágua em janeiro deste ano (2016) - veja aqui:

Mendoza, Argentina - passeio até o Parque Provincial Aconcágua

denali_national_park_alaska
Denali significa 'The Great One' na língua indígena atabascana local

Mapas para entender o parque




E o passeio, afinal?

Como falei, saímos do Wilderness Access Center (WAC), localizado na milha 1 da Denali Park Road, às 8:45am.

A primeira parada de 10 minutos do ônibus foi em Teklanika River Rest Stop, na milha 29 do parque. 


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska

Um tempo depois, vimos 3 ursos pardos marrons, uma mamãe e 2 filhotes que nasceram na primavera, há poucos meses!!! 

Cruzaram da direita para a esquerda na frente do ônibus e ficaram do lado esquerdo da estrada, a poucos metros de nós, um tempão, procurando comida. 

Imaginem a excitação do povo dentro do ônibus! 

Quase saímos pelas janelas!


denali_national_park_alaska
olha lá os ursos subindo na estrada!

denali_national_park_alaska
e lá vai a família completa!!!

denali_national_park_alaska
filmando e fotografando enlouquecidamente!

denali_national_park_alaska

"stoppppppppp!"

Nova parada de 10min em Polychrome overlook, onde começou a nevar muito! 

A paisagem ali era espetacular mesmo abaixo de neve, fico imaginando como não será num dia ensolarado! 


denali_national_park_alaska
Polychrome overlook

Polychrome overlook

Polychrome overlook

Pouco antes de Toklat River, que fica na milha 53, vimos mais 2 ursos (não sei se eram pretos ou pardos) à distância, se alimentando. 

A estas alturas, nossos coleguinhas de tour já estavam com os olhos treinados - podíamos ver ursos a 400 metros de distância, no meio da floresta kkkkk... 

Vocês conseguem identificar os ursos nas fotos abaixo?

Polychrome overlook

Polychrome overlook

Parada em Toklat River Rest Stop, onde existem banheiros, livraria, limpadores de vidros e chifres para fotos. 

A estas alturas do tour, os limpadores de vidros das paradas são utilíssimos: o barro começa a tapar os vidros e cada passageiro pega o limpador e aproveita para limpar o seu respectivo vidro a cada parada!


Toklat River Rest Stop
uma livraria no meio do parque nacional!

Peg aproveitando para faxinar os vidros :) 

Toklat River Rest Stop
Toklat River Rest Stop

Toklat River Rest Stop
o troço é tão pesado que tive que apoiar para a foto!

Toklat River Rest Stop
todo mundo feliz da vida tirando fotos-jacú!

Toklat River Rest Stop

Toklat River Rest Stop

Definitivamente não entendo como os mooses aguentam esses chifres peso-morto na cabeça!! 

Mal consegui levantar um para a foto nessa parada, onde todo mundo aproveita para tirar fotos-jacú kkkkk...

P
ouco depois, mais um urso marrom, a uns 50 metros de nós! Foi o 6° do dia!!! 

E logo depois, outro urso marrom (7°) correndo numa colina pertinho também, o primeiro que vimos do lado direito do ônibus! 

E neve de novo!! 


Toklat River Rest Stop
neve de novo, mesmo no auge do verão!

Toklat River Rest Stop bear

Toklat River Rest Stop
olha o urso lá em cima!

O ônibus é até bem confortável

É daqueles ônibus escolares americanos e os assentos não reclinam nem um centímetro, mas são estofados e bem fofinhos. 

O Peg sentou numa janela do lado direito e eu numa janela do lado esquerdo e quase todos animais apareceram do lado esquerdo. 

Também achei a paisagem mais bonita do lado esquerdo. Se tivesse que escolher, iria de novo do lado esquerdo

O ônibus estava bem cheio, mas por pura sorte não sentou ninguém ao meu lado, e o Lipe ficou pra lá e pra cá, um pouco do lado de cada um de nós. 

Como havia bastante espaço para as pernas/joelhos no ônibus, ficamos bem confortáveis. 

Também tem espaço para as mochilas acima da cabeça. 


denali_national_park_alaska
todos de cinto!

Logo depois, caribou deitado 9 o'clock. Com muita neve. E depois outro caribou 3 o'clock caminhando. 2 caribus!!!! 

O motorista e os passageiros usam horários para dizer onde estão avistando animais

Como o motorista tem que prestar muita atenção na estradinha estreita de terra, a maior parte dos animais são apontados pelos passageiros, que gritam "stoooooop! bear 9 o'clock!", por exemplo. E o motorista para imediatamente! 

É clarrrrrrro que o Lipe adorou gritar "stop!!!!!!" pro motorista a cada vez que víamos animais kkkkkk... 

Aliás, é bom salientar que, desde o início do passeio, o motorista do ônibus deixa bem claro que este não é um tour guiado - como falei, esse é o passeio de shuttle bus, do tipo hop on hop off. Também existem outros ônibus que oferecem tours guiados, mas são passeios bem mais curtos, por partes mais específicas do parque, que não cobrem uma área tão grande.  

Sendo assim, ele explica que, sempre que avistar um animal, é óbvio que vai parar e apontar para que o vejamos - é óbvio que os olhos dele são muito mais treinados que os nossos! - mas também adverte que ele não tem "obrigação" de ser nosso guia, e que nós é que temos "obrigação" de ficarmos com os olhos bem abertos para apontarmos os animais para ele parar!


denali_national_park_alaska

denali_national_park_alaska
pode abrir os vidros e colocar as lentes para fora :)

denali_national_park_alaska
caribu

denali_national_park_alaska

Eielson Visitor Center

A parada seguinte foi no Eielson Visitor Center às 12:30. 

Esta é a principal parada dentro do parque nacional, destino final da grande maioria dos turistas. 

Tem um filme lá de 17min exibido continuamente sobre escaladas no Denali (bem legal!), banheiros, exposições, carimbos, peles de bichos, água potável e limpadores de vidro. 

Como já contei lá no começo, optamos por voltar de lá, no ônibus da 1:05pm, pois o tempo só piorava e era certo que não poderíamos voltar de avião de Kantishna

O Lipe se comportou suuuuuper bem nas 8hs do passeio de ônibus, mas não dava para exagerar com ele, né??? 


denali_national_park_alaska
Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center
Lipe ficou encantado com as peles de lobos no Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center
"como é macio!"

Eielson Visitor Center
maquete do parque nacional no Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center
dá até para carimbar o passaporte no Eielson Visitor Center!

Eielson Visitor Center
cadê o Denali que deveria estar ali no nevoeiro???

Eielson Visitor Center

Eielson Visitor Center
"vem mamãe! tem lugar pra nós nesse ônibus!"

Sobre os banheiros

Recomendo que você garanta as idas aos banheiros em TODAS as paradas! Mesmo que não esteja com muita vontade de fazer xixi, faça um esforço e vá - e, principalmente, leve as crianças! 

As paradas para banheiros não são tão frequentes, e você pode passar por um bom aperto se não seguir essa dica :) 

Aliás, achei todos surpreendentemente limpos!


Eielson Visitor Center
banheiros numa 'rest stop'

A volta

O motorista desse segundo ônibus que pegamos para voltar era bem antipático - o primeiro motorista, do ônibus de Kantishna, era bem melhor, mas também não era grannnnnde coisa em simpatia. 

Na volta, primeiro vimos um urso marrom nas pedras do lado esquerdo, bem pertinho, bem agitado; depois, um caribou de bunda branca correndo também do lado esquerdo, um pouco mais longe; e depois outro urso marrom à direita, bem mais longe. 

O motorista apressadinho só queria ir embora. 

O pessoal desse segundo ônibus era ainda mais agitado quando viam animais que os nossos "companheiros" do primeiro ônibus! Todo mundo correndo para as janelas do mesmo lado do ônibus para fotografar. 

Chegava a ser engraçado. 


Eielson Visitor Center

denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska
víamos caribus até abaixo de muita neve!

Uma coisa que eles frisam muito é fazer silêncio nas paradas de observação de animais, a uma, para não espantá-los, e a duas, para que os animais não se acostumem com as vozes de seres humanos. 

Também frisam que devemos comer no ônibus e não nas 'rest areas' - imagine o que aconteceria com milhares de turistas todos os dias deixando migalhas de comidas nas rest areas??? 

Nem preciso explicar, né?? 

E, por último, pedem que a gente use o saco de lixo que tem dentro do ônibus para descartar o nosso lixo, e não as lixeiras que você encontra nas rest stops do parque - quanto menos lixo você deixar dentro do parque nacional, melhor! 

Nova parada em Toklat River Rest Stop na volta, para que a gente pudesse usar os banheiros. 


denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska

Vimos mais 2 ursos marrons longe do bus, no mesmo lugar onde o pessoal daquele ônibus já os havia visto pela manhã. Continuavam lá, no mesmo lugar, comendo e correndo kkkkk...(foram o 10° e 11° ursos do dia) 

3 caribus! 11 ursos! E ainda vimos um bando grande de Dall sheep nas encostas de uma montanha mais distante - na foto só apareceram os pontinhos brancos! 

Falando nisso, é muito importante levar uma boa máquina fotográfica

Para fotografar os ursos que estavam mais distantes, usamos uma câmera Nikon D5000 com uma lente AF-S Nikkor 28-300mm. Não há zoom que chegue! Se você não tiver um bom equipamento à disposição, pode acabar ficando um pouco frustrado, porque não vai conseguir fotos boas dos animais que estiverem mais longe do ônibus :(


Se você tiver um binóculos, também deve levar. 

Veja nas fotos abaixo como alguns dos animais que vimos estavam longe:


denali_national_park_and_preserve_alaska
quem vê 2 ursos na foto?

denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska
se você consegue detectar os ursos nesta foto, está 'prontinho' pro Alaska!

Depois, ainda fizemos as últimas paradas em Polychrome overlook (para fotos nubladas) e em Teklanika River Rest Stop (para banheiros). 

Na volta, todo mundo já vinha meio sonolento, e não é tão comum avistar muitos animais. 

Chegamos de volta ao WAC às 4:45pm (foram 8hs de passeio no total).

Estávamos simplesmente loucos por um chocolate quente, café e pipoca (eles vendem tudo isso lá). 

E depois ainda fomos assistir o filme de 17 minutos que eles apresentam lá, chamado Time and Tundra

É um filme muito legal, com cenas e fotos antigas, sobre a criação e os primórdios do parque nacional. 

Vale a pena assistir, muito interessante!

Assim como no passeio de barco pelo Kenai Fjords National Park, que tínhamos feito dias antes, tivemos azar neste dia porque o tempo estava muito feio e fechado, não se via muito da paisagem, e muito menos o Denali - fico só imaginando que coisa maravilhosa deve ser aquele cenário num dia de sol e céu azul - pelo pouco que conseguimos ver, deu para perceber que deve ser algo espetacular. 

De qualquer forma, recomendo muito esse tour mesmo se você estiver lá num dia feio, porque o ponto alto não são apenas as paisagens, e sim a vida selvagem que você terá oportunidade de ver lá. 

Vimos nada mais, nada menos que 3 caribus, 11 ursos, um bando enorme de Dall sheep (carneiro selvagem) e muitos pássaros. 

Honestamente, foi muito mais do que nós esperávamos, com aquele tempo horroroso! 

denali_national_park_and_preserve_alaska

denali_national_park_and_preserve_alaska

Visitor Center

Após, fomos de carro até o Visitor Center do parque nacional, que fica um pouquinho mais adiante do WAC, também na Denali Park Road

Os 2 centros têm grandes estacionamentos e banheiros e pegam sinal de telefone (no resto do parque não tem sinal). 

No Visitor Center, existem muitas atividades que você pode fazer - ele é super childfriendly - como, aliás, são todos os centros de visitantes de parques nacionais norte-americanos! 


Visitor Center
Visitor Center

Visitor Center

Fiz uma listinha de atividades disponíveis lá aqui abaixo, para não esquecer de nada:

* ver exibições no subsolo (ótimas para crianças também)

* assistir o ótimo filme sobre o parque nacional de 18 minutos que passa a cada 30 minutos (o Lipe gostou de ver), chamado Heartbeats of Alaska

* comer no Morino Grill

* visitar a bookshop (livraria)

* seguir a trilha de pegadinhas até o Murie Science Learning Center - já viu como as crianças adoram seguir trilhas de pegadas??? kkkk... 

* pegar o Junior Ranger Activity Book

Visitor Center
o Visitor Center é praticamente um museu!

Denali Visitor Center

Denali Visitor Center

Denali Visitor Center

Denali Visitor Center

Sim, parques nacionais também podem ser childfriendly

O programa Junior Ranger que vários parques americanos oferecem para as crianças é fantástico. 

Quando visitar um parque nacional nos EUA, não deixe de se informar sobre o programa e pedir o livrinho! O Denali é um deles.


Junior Ranger Activity Book
não esqueça de pegar o 'Junior Ranger Activity Book'!

Onde comer e comprar depois do tour

Saímos do parque nacional e fomos jantar no Salmon Bake, fazer compras na lojinha de souvenirs e no mercado que ficam praticamente na "porta" de entrada do Denali, perto do Subway sobre o qual falei antes. 

Nas lojinhas e no mercado é tudo bem caro. Adorei o material para scrapbook que eles têm à venda lá - para quem ainda costuma montar álbuns de fotografias é um amor! 

Nós compramos só 2 ímãs de geladeira (U$ 11) e barras de chocolate para a viagem de volta. 


alaska
material para 'scrapbook'


mesmo com desconto e promoção, é tudo caro!

Em Denali, do lado de fora do parque nacional, são recomendados para jantar o Lynx Creek Pizza e Pub, e o Black Bear Coffee House

Em Healy, outra cidadezinha ali perto, mais ao norte, experimente a 49th State Brewery, que produz a mais famosa cerveja local.

No Restaurante Salmon Bake pagamos U$ 65 (com gorjeta e cerveja local incluídos) - caro também, mas comemos bem, sem contar que é um lugar muito típico, "obrigatório" para quem vai ao Denali!

Comi tacos de halibut, o Peg comeu king salmon e o Lipe se esbaldou no purê de batatas kkkk...tudo estava bom! 


Restaurante Salmon Bake
Restaurante Salmon Bake


todo mundo aproveitando o wifi do Salmon Bake!

Restaurante Salmon Bake
um típico restaurante do Alaska



Fairbanks

No dia seguinte, de acordo com o nosso roteiro, pretendíamos seguir viagem para o norte, rumo a Fairbanks, à caça da aurora boreal que não vimos em Anchorage. 

* roteiro de 8 dias pelo Alaska

Mas a previsão do tempo para lá era desanimadora - nada de o céu abrir e, com céus encobertos, não há aurora boreal a ser vista! 

Como não havíamos feito nenhuma reserva para aquela noite, justamente porque a nossa intenção era subir para Fairbanks apenas se houvesse previsão de ver as luzes do norte, desistimos de ir para o norte e voltamos para o sul. 

Do Denali até Fairbanks são 195Km e, se tivéssemos subido, teríamos rodado mais 400Km, entre ida e volta.

Fairbanks foi fundada em 1901 e chegou a ter 18 mil habitantes durante a corrida do ouro, em 1908, mas nos anos 1920 já contava com apenas 1000 habitantes, depois que passou o período da febre do ouro. 

No meu roteiro de Fairbanks, eu tinha anotado para visitarmos:

* University of Alaska Fairbanks - enorme, dizem que vale a visita para conhecer o campus e ver imagens lindas pelo caminho; 

* Museum of the North - 9am - 9pm;

* North Pole - a cidadezinha simpática do Papai Noel (101 St Nicholas Dr, North Pole);

* Trans Alaska Oil Pipeline na Steese Hwy.



Voltando para Anchorage

Tomamos café da manhã, abastecemos nosso Corolla alugado com a gasolina mais cara da viagem em Denali e pegamos a estrada para começar nosso caminho de volta bem quando as nuvens começaram a abrir! #sorte

Finalmente vimos o Denali, ainda meio encoberto, pouco antes de chegarmos ao viewpoint Norte!!! 

A paisagem estava maravilhosa na estrada, com um sol e céu azul lindíssimos! 

Quando paramos nos viewpoints Norte e Sul não deu para ver o Denali, mas vimos outras montanhas e o dia foi lindo. 

Seguimos então nosso caminho de volta para Anchorage, com uma parada para almoço em Talkeetna, que fica 182Km antes de Anchorage. 

Já em Wassila, paramos num centro de compras e fomos ao Target, Walgreens e Sports Authority

Já que não teve Fairbanks e aurora boreal no nosso roteiro, resolvemos aproveitar e fazer umas comprinhas hehehe...


george_parks_highway
 
george_parks_highway

muitas paradas para fotos no caminho





finalmente um dia lindo de céu azul para podermos ver as montanhas!




Denali viewpoint

olha o hidroavião ali!


paramos em todos os mirantes do caminho :)

paradinha para compras

quase em Anchorage!

Talkeetna

Como contei acima, nossa parada para almoço foi em Talkeetna, 182Km antes de Anchorage, num desvio da estrada principal.

Para comer lá, os lugares mais indicados são o Fairview Inn Saloon (que tem uma parede-memorial com fotos dos alpinistas mortos na região) ou o Roadhouse (comemos um quiche delicioso lá, acompanhado de uma cerveja Alaskan White). 

Esse restaurante Roadhouse é muito legal, adorei. 

Ele é um ponto de encontro de alpinistas se preparando para escalar o McKinley, e cheio de lembranças das expedições nas paredes também! 


Talkeetna

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Talkeetna é uma cidadezinha fofinha, e eu adoraria ter pernoitado lá se tivéssemos mais tempo! 

A cidade surgiu lá pelo início dos 1900 como um centro de suprimentos para os mineradores de ouro, mas, desde os anos 1950, ela se tornou mais famosa como um quartel-general para os alpinistas que partem de lá para expedições à montanha mais alta da América do Norte.


Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Na cidade, não deixe de visitar o cemitério dos alpinistas, que é, na verdade, um pequeno e simples - mas comovente - memorial àqueles que perderam a vida vencidos pelas montanhas da região. 


Talkeetna_Alaska
memorial dos alpinistas

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska

Talkeetna_Alaska



Clique abaixo para assistir ao vídeo dos melhores momentos da nossa viagem ao Alaska:


Observações importantes

Não deixe de confirmar todas as informações antes da sua viagem. 

Os preços mudam (para cima, infelizmente!), e os horários de funcionamento variam muito dependendo da época do ano - todas as informações que pus no post são relativas ao mês de agosto de 2015, quando estivemos lá. 

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas nossas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só clicar na # e ver tudo o que postamos sobre cada lugar:

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!

Você já esteve no DenaliConte para a gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários!


Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!



Nosso snapchat é @pequenoviajante!


Nós recomendamos a Rentalcars para aluguel de carros:



8 comentários:

  1. Oi Claudia!!
    Que post mais maravilhoso!!!!!
    :)

    Já nem sei onde colocar tanta ansiedade, acho que os últimos dias antes de uma viagem demoram umas 72hs pra passar... Ainda mais DESSA viagem!! hahaha
    Acho que comentei com vc, vamos ficar hospedados no Savage River Campground, o que fica na milha 13 dentro do parque. Vamos ficar por 3 noites e fizemos a reserva muitos meses atrás! Td acaba muito rápido por lá mesmo!
    Reservamos tb shuttle pra dois dias: um até Kantishna e o outro até o Eielson. A ideia é conseguir descer e fazer algumas trilhas, principalmente no segundo dia. Torcendo por dias de clima bom, mas preparada pro pior... Aparentemente esse é o lema de lá, né?
    Depois dessas 3 noites no Denali temos 2 noites programadas pra Fairbanks, torcendo pra ter sorte, pra ter atividade da aurora, pro dia estar limpo!
    Acho que a viagem de vocês ficou muito legal! Em uma semana vocês conseguiram sentir bem o gostinho do Alaska, né?! Deu pra fazer um pouco de cada coisa!
    Obrigada pelos posts!!
    :)

    Beijão!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, esse post deu uma trabalheira hehehe, ficou mega comprido, né? Mas tem bastante dicas para quem vai!
      Levem bastante provisões de Anchorage, lá é tudo bem mais caro! E se acharem comprem bear spray para as trilhas também!
      Vou torcer muito para vocês terem tempo bom, principalmente para verem a aurora! E tu vê se torce por nós na Islândia! Acho que desta vez nós 2 conseguiremos!
      Aproveitem cada minuto! Me marca nas fotos do IG, por favor!
      Beijocas

      Excluir
    2. Pode deixar que vou te marcar nas fotos!!
      :)
      Sim, a ideia é fazer uma boa compra em Anchorage quando a gente chegar, imagino que nas cidades menores tudo deve ser bem mais caro mesmo.

      Vcs vão pra Islândia quando mesmo? Outubro?!
      Vai dar tudo certo sim, vamos conseguir!!! hahaha

      Beijão!

      Excluir
    3. Sim, sim, em outubro! Contando os dias! Logo vou estar contando as horas hahahaha

      Excluir
  2. Oi, Claudia! Estou no Alasca neste exato momento, e aproveitei muitas das tuas dicas para organizar meus passeios por aqui. Vim te agradecer pelos teus ótimos posts. Grande beijo! =)
    PS.: Um update... o valor do passeio no Kantishna Shuttle está custando atualmente U$ 230 para adultos. Carinho, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, invejaaaaaaa...também quero estar no Alaska neste exato momento!

      Mas que roubo esse passeio, hein?? Porque será que aumentou tanto?? Não deve ser o mesmo!

      Excluir
  3. oi família! tudo bem?
    estou organizando uma viagem pra Anchorage e achei o blog de vcs!
    estou adorando ler sobre as aventuras!
    preciso de uma ajuda.
    Ficarei hospedada em Anchorage e irei de carro até o Denali.
    vcs saíram as 10:30 am de Anchorage e chegaram que horas no Denali?
    Fizeram alguma coisa nesse dia que chegaram?
    No sia seguinte, pelo que entendi, fizeram o passei de bus no parque, correto?
    Durou 8h (das 8:45am - 4:00pm), ok? Então vcs ficaram novamente em Denali e no dia seguinte voltaram para Anchorage (em ver de ir ao norte), correto?
    Estou perguntando tudo isso pq minha ideia (por causa do tempo) é:
    Anchorage sai as 1:00pm ----- Denali chega 5:00pm
    dorme
    dia seguinte --- passei bus Denali até as 4:00 e volta para Anchorage no mesmo dia. Será que é possível?
    obrigada!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...