6 de agosto de 2016

Anchorage, Alasca - onde ficar, comer, comprar, o que fazer lá, roteiro, como se locomover e as nossas dicas práticas, inclusive sobre a aurora boreal que não vimos

anchorage_alaskaEste post é parte de uma série sobre a nossa viagem ao Alaska - para ler todos, clique aqui.

A capital do Alaska é Juneau, mas - sorry, Juneau - o coração econômico e político do estado é Anchorage, onde vive quase a metade da população do Alaska. 

Eles têm uma brincadeira por lá: dizem que "Anchorage está a apenas 30 minutos do Alaska" - isso porque, se você dirigir por menos de 30 minutos para fora da cidade grande, estará em plena natureza selvagem. 

A cidade foi fundada em 1914 como um campo de trabalho da Alaska Railroad, e destruída por um terremoto em 1964. Renasceu como quartel-general da indústria que construiu o oleoduto de Prudhoe Bay

Como chegar 

A chegada em Anchorage, no Alaska, é muito simples, como expliquei no post anterior.

Veja aqui: como chegar ao Alaska - com direito a perrengue que veio para o bem

Como já tínhamos feito a imigração americana em Calgary, no Canadá (que coisa estranha, né?!?), fomos direto para as esteiras recolher as nossas bagagens e estávamos prontos para desbravar a última fronteira!


anchorage_alaska

anchorage_alaska

Como se locomover

Pegamos nosso carro alugado no Aeroporto de Anchorage na lojinha da Hertz (endereço: 4555 International Airport Road). Era um Toyota Corolla que incluía um tanque de gasolina gratuito e condutor adicional. 

É só descer um andar e o escritório da Hertz fica ali. Tínhamos pago antecipadamente com o cartão de crédito do Peg e eles não complicaram que a gente usasse o meu cartão para o depósito de segurança. Nos deram um mapa local, estava aberto às 23hs quando chegamos e não tentaram nos empurrar seguros extras. 100% aprovado! 

Leia tudo sobre esse aluguel de carro no Alaska neste postviajando de carro alugado pelo Alaska - o que você precisa saber


Para se locomover no Alaska, mesmo que você pretenda viajar alguns trechos de trem (eu adoraria ter feito isso!), logo vai perceber que as distâncias são enormes, e que você vai precisar do seu próprio conjunto de pneus - seja uma moto, carro ou motorhome alugados :) 

Colocamos o booster do Lipe no carro e o GPS com mapa do Alaska que havíamos baixado - e ainda o Waze para garantir, já que, com os chips de celular e planos de dados da Red Pocket/Travel Mobile que nós tínhamos, não precisávamos economizar na internet

Leia sobre a internet que usamos nesta viagem aqui: Travel Mobile - o melhor chip de celular para usar nos Estados Unidos

De um Ford E350 com uma casa nas costas, passamos para um Toyota Corolla. Depois de 23 dias pilotando um motorhome, nosso carrinho parecia uma pena de tão leve...

No caminho, vimos muitos motorhomes pernoitando no Walmart.

No final, rodamos mais de 900 milhas (903 milhas, para ser exata!), sem pagar nada a mais por isso - bem diferente do motorhome, que você paga sempre por milhas rodadas. 

Claro que sentimos saudades do nosso motorhome, mas uma roadtrip de carro também tem o seu valor e, no nosso caso, saiu beeeem mais em conta!


anchorage_alaska
só não pode beber e dirigir!

anchorage_alaska
já imaginou viajar pelo Alaska numa destas??

Onde ficar

Seguimos direto para o nosso hotel em Anchorage: Bent Prop Inn Midtown, onde chegamos bem depois das 23hs. 

Já contei em detalhes sobre essa opção de hospedagem em Anchorage, que nós recomendamos demais. Leia tudo em detalhes aqui: Bent Prop Inn Midtown - hospedagem BBB


Apaixonei pela nossa "casinha" em Anchorage, com preço de albergue e charme de bed and breakfast!! 

Bent Prop Inn tem 2 sedes em Anchorage, e nós ficamos nesta que é mais família, com apartamentos completos para 4 pessoas, super mobiliados, com tudo de uma casa de verdade, inclusive uma geladeira abastecida! Só uma mãe que chega de um voo de dia inteiro sabe o valor de uma geladeira abastecida!

E o melhor: a simpatia dos proprietários! O John é o que há de querido, e só as dicas dele já valem a hospedagem!!

Quando voltamos do Denali, ficamos lá de novo. Chegamos tarde da noite, podres de cansados, e o John e a esposa me vêm com uma cestinha e forram a geladeira do nosso apartamento com leite, suco de laranja, bagels, muffins...nunca vi um albergue desses, gente!! Eles são uns amores, os apartamentos são maravilhosos para famílias de 3 a 5 pessoas e é uma delícia se sentir "em casa" no Alaska! Quero muito voltar lá no inverno! 

anchorage_alaska

O dia em que não vi a aurora boreal

Achei que o céu estava estranho naquela noite, meio esverdeado, e que eu estava tão desnorteada com o fuso + cansaço que ia começar a ver duendes...eis que então soa um alerta no celular...de AURORA BOREAL!!! Mas como assim??? Acabamos de chegar!!! Calmaaaaaaaa! 

anchorage_alaska
site de previsão de aurora boreal
Acho que essa foi a nossa maior cagada equívoco da viagem: estávamos mega exaustos e, como era recém nossa primeira noite lá, decidimos descansar e deixar para "caçar" aurora boreal noutras noites, já que estávamos indo mais para o norte, no Denali.  

Pois acredita que, nas noites seguintes, o céu estava sempre nublado e o alarme nunca mais tocou?!? Que raiva!

Assim que, no que tange à aurora boreal, a nossa dica é: nunca deixe para amanhã o que você pode caçar hoje! Pode ser, como aconteceu conosco, que nas noites seguintes o espetáculo nunca mais se repita! 

Don´t take it for granted! 

O melhor lugar para ver aurora boreal em Anchorage, segundo o John, é Flattop Mountain. Nós estivemos lá e eu conto mais sobre este lugar abaixo. 

No dia seguinte, saímos de Anchorage as 10AM, depois de um bom café da manhã no Bent Prop Inn Midtown, com um dia lindo pela frente, rumo ao sul, pela Seward Highway

Claro que eu vou contar nos mínimos detalhes esse trecho da viagem, que foi espetaculoso, mas no próximo post, ok? Porque este é sobre Anchorage, lembra???

Outra opção de hospedagem

No outro dia, chegamos de volta a Anchorage por volta das 5PM, direto no nosso novo hotel na cidade, o Embassy Suites Anchorage by Hilton.

Sim, como eu já disse, nós amamos o Bent Prop Inn, e inclusive ficamos lá de novo quando voltamos do Denali, mas neste dia era dia dos pais e, para comemorar, resolvemos ficar uma noite num hotel "chique" em Anchorage, o Embassy Suites Anchorage by Hilton

A cama era daquelas que abraça, o quarto era daqueles com direito à salinha acoplada (o Lipe amou!), piscina aquecida, drink de boas vindas, e todos os luxos possíveis, mas adivinha o que a #gordinha aqui nunca, nunca, nunca vai esquecer??? Os ovos Benedict do café da manhã! 

Os melhores que eu já experimentei!!

Leia tudo em detalhes aqui: Embassy Suites Anchorage by Hilton - hospedagem bacana no Alaska

anchorage_alaska

Onde comer

Anchorage tem dezenas de opções de lugares para comer. 

Todas as principais redes de restaurantes americanas estão lá, como Taco Bell, Mac, Wendy's, Arby's, Denny's, Subway, Starbucks, Applebee's e Outback.

Destas, gosto muito do Denny´s e do Applebee's, uma rede de restaurantes "família", que tem filiais espalhadas por todos EUA, com preços ok. 

Estivemos no Applebee's em Anchorage e pagamos U$ 36. 


anchorage_alaska




Claro que também tivemos que ir ao Mac, porque eles têm algo que nenhum outro restaurante tem: playground!




Mas, se você quer algo com um sabor mais "local", não pode perder estes 2 lugares, que nós adoramos:

Bear Tooth Theatrepub 

Fica no 1230 W 27th Avenue. 

Pagamos U$ 32 e pedimos taco salad, AK chowder e maccaroni and cheese, com limonade ice teas. 

Uma delícia e super recomendado, um clássico do Alaska. 


anchorage_alaska







Moose´s Tooth

Outro clássico local, cuja especialidade são as pizzas. 

Fica no 3300 Old Seward Highway, e abre das 11 às 23h.


anchorage_alaska

Abastecendo

Quando abastecemos o carro para seguir viagem para o Denali National Park, tivemos um episódio engraçado: paguei para colocar U$ 60 e o atendente fez uma cara estranha, daí enchemos o tanque com U$ 33 (10 galões) e fui pedir o troco e o guri me disse "bem que eu estranhei, mesmo nos maiores tanques cabem no máximo 40 dólares e tu chegou pedindo pra colocar U$ 60!"

Kkkkkk tive que explicar pra ele que, primeiro, eu tinha me acostumado nos últimos dias no Canadá a abastecer um motorhome, onde facilmente colocávamos U$ 100 a cada abastecida, e segundo, no Brasil U$ 33 não faz nem cócegas no tanque do meu carro! 

Depois de 3 dias incríveis passados na região do parque nacional, voltamos para Anchorage, para finalmente ver um pouco mais da grande cidade. Leia no link a seguir um pouco da nossa experiência no Denali:




Onde comprar 

O primeiro lugar - e o mais incrível - para compras em Anchorage é a REI

Aliás, essa rede de lojas de roupas e material esportivo é tão animal que você deve visitá-la onde quer que veja uma filial!

A REI de Anchorage fica no 1200 W Northern Lights Blvd, e abre das 10AM às 9PM. 

É até perigoso entrar nas lojas da REI, porque elas têm o dom de despertar os instintos aventureiros até no mais sedentário dos seres! Quem já conhece uma REI? Onde você foi? Uma loucura, né??? 


anchorage_alaska

anchorage_alaska

Além da REI, em Anchorage você vai encontrar todas as lojas boas de comprar nos EUA: Target, Walmart, Walgreens, Best Buy, Famous Footwear, Sports Authority, J.C.Penney...

Quem falou que no Alaska não dá para fazer compras??? Realmente, os hotéis e restaurantes são mais caros lá do que nos EUA continental (restaurantes nem tanto...), mas as compras em Walgreens, Target, Sports Authority, Walmart, etc têm exatamente os mesmos preços que no resto dos EUA - o único problema de fazer compras no Alaska é que, com toda aquela natureza exuberante lá fora, dói o coração de perder tempo em lojas (é bom reservar o programa para um dia chuvoso)!!

Nós acabamos fazendo algumas boas compras de roupas de inverno, como por exemplo uma ótima jaqueta da Columbia pro Lipe por menos de U$50. 








Um outro lugar que é uma loja e também quase que um "ponto turístico" da cidade é a Alaska Wild Berry Products

Fica no 5525 Juneau Street, e abre das 10AM às 11PM. 

É a maior loja de souvenirs da cidade. Segundo eles afirmam, ela possui a maior fonte de chocolate do mundo

Não fizemos grandes compras, mas vale a pena uma passadinha lá para ver produtos típicos (eu sempre acho interessantes!). 


anchorage_alaska

anchorage_alaska
anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska



O que fazer - passeios

No nosso último dia inteiro no Alaska, que seria o primeiro dia em que efetivamente ficaríamos em Anchorage, fizemos um roteiro com a ajuda do John para ver tudo de mais legal na cidade e arredores que ainda não havíamos visto na ida para Seward

A primeira parada foi em Point Woronzof, um viewpoint com vista panorâmica para a Baía Cook e até, num dia claro, para o Mt. McKinley!

As vistas estavam incríveis naquele dia :)

O melhor lugar para ver o por do sol em Anchorage, segundo o John, é Woronzof Point


anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

Depois fomos a Lake Hood Floatplane Base

Esse é o "aeroporto" de hidroaviões mais movimentado do mundo, acredita??? Sim, porque hidroaviões são a forma de transporte mais comum no Alaska, onde não é possível chegar por terra em muitos lugares. 

Ficamos muito tempo no Spenard Beach Park assistindo pousos e decolagens de hidroaviões, um programão! 

Tinha balanço e banheiros químicos. Há também uma boa trilha para caminhadas ao redor do lago. 


anchorage_alaska


anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

De lá, seguimos para Flattop Mountain, do outro lado da cidade. 

Esta é a montanha mais escalada do Alaska, que tem uma vista linda de Anchorage. Dá para subir de carro até o topo, onde há um estacionamento de onde partem algumas trilhas curtinhas pelo topo da montanha, muito boas para fazer com crianças.  

Como já mencionei, de acordo com o John, este é o melhor lugar para ver aurora boreal em Anchorage.


anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska


anchorage_alaska

Na volta, fomos na Alaska Wild Berry Products, sobre a qual já contei acima e, por último, fomos fazer os passeios que ficam bem no centro da cidade, que finalmente encontramos!!!

Eu já estava achando que Anchorage não tinha uma área central...a cidade é bem estranha, meio cinza, com uns caixotes meio "soviéticos", silenciosa...não se vê muita gente na rua (embora seja verão!!!), imagino que o inverno seja meio deprimente...

Outra coisa que estranhamos foi que praticamente não se anda por dentro da "cidade" - qualquer lugar que tu vais ir, quando vê, estás numa autoestrada! As autoestradas passam bem no meio da cidade e a gente só se locomove por elas. 

Por isso eu já comecei o post avisando que você  logo perceberá que vai precisar do seu próprio conjunto de pneus para se locomover no Alaska. 

Fomos à Town Square, praça central de Anchorage, toda florida, ao Alaska Statehood Monument, que também me lembrou das estátuas soviéticas, ao Resolution Point + Capt Cook Monument, que também é um mirante. 


anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

Depois seguimos para o Ship Creek Salmon Viewing, que é uma ponte para pedestres onde você estaciona (ao lado do hotel que fica ali) para ver uma cena inusitada que nunca na vida pensei ver: centenas de salmões subindo o riacho, contra a correnteza, para pôr as ovas no rio! Daí eles esperam um bom tempo lá para depois voltar ao mar. 

Da série "coisas que você só vê no Alaska".

Impressionante ver os peixes fazendo um esforço descomunal para subir o rio contra a força da água! Ficamos um bom tempo lá assistindo esse espetáculo da natureza :)


anchorage_alaska

anchorage_alaska

anchorage_alaska

Após, fomos ao Anchorage Museum, onde estacionamos com parquímetro baratinho na frente da J.C.Penney. 

Esse museu é super kids friendly! Nunca pensei encontrar um museu tão completo, bacana, childfriendly e "primeiro mundo" num lugar tão remoto! Quer ver uma criança se divertir de verdade??? É só levar no Museu de Anchorage

Saímos do museu só na hora que fechou, porque o Lipe não queria ir embora de jeito nenhum!

Fiquei tão encantada que escrevi sobre esse museu na #MuseumWeek deste ano. Leia este post para saber de todos os detalhes: Museu de Anchorage

anchorage_alaska
este estacionamento na frente do museu é pago, então acabamos indo para outra vaga com parquímetro bem mais barata!

Fomos então para o Elderberry Park, que é um parque "familiar" na cidade, onde fica a entrada para o Tony Knowles Coastal Trail

Esta trilha pela costa da cidade tem 12 milhas super cênicas. O Peg foi correr na trilha e eu e o Lipe ficamos na pracinha que tem no parque. 

É uma pracinha simples, mas foi a única que encontramos. O Peg depois falou que, durante a corrida, viu outra melhor, mas não sei indicar onde! 



anchorage_alaska

anchorage_alaska

Para mais dicas, leia também: 


Clique abaixo para assistir ao vídeo dos melhores momentos da nossa viagem ao Alaska:


Observações importantes

Não deixe de confirmar todas as informações antes da sua viagem. 

Os preços mudam (para cima, infelizmente!), e os horários de funcionamento variam muito dependendo da época do ano - todas as informações que pus no post são relativas ao mês de agosto de 2015, quando estivemos lá. 

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas nossas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só clicar na # e ver tudo o que postamos sobre cada lugar:

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!

Você já esteve no AlaskaConte para a gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários!


anchorage_alaska
de porteirinha no Alaska!


Precisa reservar também um hotel em Seattle?

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Nosso snapchat é @pequenoviajante!

Você também nos encontra aqui:


Nós recomendamos a Rentalcars para aluguel de carros:





2 comentários:

  1. Eeeba, os posts do Alaska tão saindo bem a tempo!!!
    Em duas semanas estamos indoo!! Mal posso acreditar...
    :)

    Uma das coisas que achei legal sobre a empresa que aluguei o RV lá é que tem a opção de km livre, como em carros alugados... Fizemos as contas e acho que pelo nosso roteiro vai compensar bastante... Aliás, por enquanto não tenho do que reclamar sobre a Great Alaskan Holidays... Eles cobram $500 pra reservar o RV e depois vc ttem duas opções: ou você pagua o total qdo for retirar o RV ou você pode ir fazendo pré pagamentos quando quiser... Foi isso que fizemos e acabamos conseguindo pagar "parcelado", o que ajudou mto!! Acho que a Cruise America/Cruise Canada não permitem fazer assim, né?

    Beijão, Clau!!

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu acredito que vocês já estão indo! O tempo está voando! Contando os dias para a operação #PVnaIslandia também hehehehe...
      Tenho certeza que essa Great Alaskan Holidays é show, vimos muitos RVs deles lá - e vi no site deles quando pesquisei que tinham essa opção de km livre - coisa boa poder rodar sem saber que cada km rodado a mais terá que ser pago kkkkk!
      Na Cruise America/Canada não tem nem a opção de km livre e nem de fazer pré-pagamentos, parcelar. Eles são meio limitados :(
      Vamos nos falando, quero acompanhar tudo!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...