Menu

Normandia e o Dia D: 5 lugares da 2ª Guerra Mundial para conhecer

Roteiro pelas atrações turísticas da Normandia relativas à 2ª Guerra Mundial e ao Dia D, visitando as praias do desembarque, o Cemitério Americano e muito mais.
Normandia e o Dia D: 5 lugares da 2ª Guerra Mundial para conhecer

A Operação Overlord, que ficou conhecida pelos desembarques do Dia D nas praias da Normandia, foi a maior operação militar da história, e os locais que foram importantes na Batalha da Normandia, passados mais de 75 anos, se transformaram em pontos turísticos que hoje são um prato cheio para viajantes interessados na história da 2ª Guerra Mundial.

Há muito tempo eu sabia que queria conhecer de perto esses lugares históricos e aprender mais sobre a 2ª Guerra Mundial e o Dia D, mas, quando decidimos fazer um roteiro pela Normandia, eu não sabia exatamente o que visitar por lá, quais eram as praias do desembarque, memoriais, vilarejos, museus e cemitérios mais interessantes para conhecer e entender melhor o que foi a Operação Overlord.

Se você tem interesse em fazer um roteiro pelas atrações turísticas relativas à 2ª Guerra Mundial e pelas praias do desembarque na Normandia, veio ao lugar certo!

Neste post eu conto tudo o que você precisa saber sobre o Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer, Omaha Beach, o Pointe du Hoc Ranger Memorial e também sobre Bayeux, um vilarejo normando que é o melhor ponto de partida para explorar a região e as praias do Dia D.

Esse é realmente um roteiro imperdível para viajantes que se interessam pela temática de guerra, e aqui vocês encontram um resumo de tudo o que eu gostaria de ter lido e sabido antes de fazer esta viagem, e uma lista dos lugares mais emblemáticos da 2ª Guerra Mundial para conhecer na Normandia 😏

Vamos?

Leia mais sobre a França aqui no blog:

Viagens dos nossos amigos pela França

Relato de viagem pela Rota dos Contos de Fadas na Alemanha e Alsácia Francesa

Normandia - Praias do Dia D
praias do desembarque no Dia D na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
Memorial no Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer na Normandia

Normandia e o Dia D: um pouco de história

Se você tem interesse nesse roteiro pelo circuito da 2ª Guerra Mundial na Normandia, provavelmente já conhece bastante sobre a história da Operação Overlord e sobre os desembarques do Dia D.

Mas sei muito bem que tem muita gente por aí que é como eu: tem mais curiosidade do que propriamente conhecimento! 😓

Antes de fazer esta viagem e de visitar os lugares que visitamos no norte da França, tudo o que eu sabia sobre o Dia D e a Batalha da Normandia foi o que aprendi nas aulas da escola e nos muitos filmes sobre a 2ª Guerra Mundial que assisti - um conhecimento muito limitado, como vocês podem ver...

Aliás, antes de ir às praias do desembarque na Normandia, assista sem falta o filme "O Resgate do Soldado Ryan", que se passa em Omaha Beach! Quem não viu ainda, tem que assistir obrigatoriamente antes de viajar!

A verdade é que eu sequer lembrava que o desembarque no Dia D nas praias da Normandia ficou conhecido como Operação Overlord! Foi o Felipe (10 anos), que é super interessado em tudo que é relativo à 2ª Guerra Mundial, quem me explicou muita coisa, por incrível que pareça!

Para quem, como eu, não sabe muito sobre o desembarque Aliado na Normandia, recomendo dar uma lida mais aprofundada antes de fazer essa viagem, para aproveitar ao máximo o passeio! 

Vai ser uma oportunidade incrível de ver de perto tantos cenários onde batalhas reais aconteceram. 

Normandia - Praias do Dia D
visitando Omaha Beach e vendo de perto cenários onde terríveis batalhas aconteceram
Então não custa nada fazer aqui um mini-resumo histórico, né??

O Dia D foi uma ação coordenada entre os países aliados - EUA, Canadá, França e Inglaterra - que tinha por objetivo exterminar as tropas nazistas de Hitler. O plano era libertar a França e depois ir pra cima da Alemanha nazista. 

A Batalha da Normandia, que durou 76 dias, começou simultaneamente em vários pontos do litoral, ao norte de Bayeux, em praias que receberam os codinomes Sword, Juno, Gold, Omaha e Utah Beach (de leste a oeste). 

Foi o maior ataque anfíbio da história mundial. 

Normandia - Praias do Dia D
ao fim e ao cabo, a missão era escapar daquelas praias

Porquê a Normandia

Muita gente se pergunta porque os Aliados escolheram o litoral da Normandia para o desembarque no Dia D, já que a parte mais estreita do Canal da Mancha fica entre Dover e Calais. 

Ocorre que esta escolha seria a mais óbvia, e o efeito-surpresa era fundamental para o sucesso da invasão. Além disso, essa parte da costa era a mais defendida pelos nazistas, que haviam construído uma verdadeira "Muralha do Atlântico" para guardar esta posição. 

A Normandia, por outro lado, tinha praias onde os Aliados poderiam desembarcar tanques e armamento pesado, estava dentro da área de cobertura aérea dos Aliados (para lançar os para-quedistas) e, uma vez libertado, o Porto de Cherbourg seria um acesso vital para que eles pudessem desembarcar mais suprimentos posteriormente, como realmente aconteceu. 

Por todas estas razões, a Normandia foi escolhida como o lugar ideal para um ataque-surpresa. 

Normandia - Praias do Dia D
Normandia - Praias do Dia D

Normandia - Praias do Dia D
os para-quedistas foram os 1ºs a chegar à Normandia

Operação Overlord

Era uma manhã fria e cinzenta, em 6 de junho de 1944, quando teve início a Operação Overlord, que viria a terminar com a 2ª Guerra Mundial na Europa. 

Ao longo de uma extensa faixa litorânea de mais de 80Km na Normandia, ao norte da França, entre a cidade de Cherbourg-Octeville e a foz do Rio Sena, uma frota de mais de 6 mil embarcações e 100 mil soldados americanos, ingleses e canadenses desembarcaram em solo francês naquela manhã para lutar na Campanha da Normandia, no que ficou conhecido como o Dia D. 

Os americanos desembarcaram nas praias Utah e Omaha, enquanto que os soldados britânicos lutaram nas praias Gold e Sword, e os canadenses desembarcaram em Juno Beach. 

Normandia - Praias do Dia D
praias do desembarque Aliado na Normandia
Durante quase 3 meses, os Aliados combateram as tropas nazistas alemãs através da Normandia - britânicos e canadenses libertaram Caen, enquantos os soldados americanos seguiam para Cherbourg e St. Lô. Com a ajuda de unidades francesas e polonesas, conseguiram aniquilar as tropas alemãs e, finalmente, avançar em direção a Paris e à Alemanha. 

Foi uma longa batalha, até que as tropas aliadas conseguissem derrotar o exército nazista e libertar a França em 25 de agosto de 1944 e os outros países invadidos na Europa - essa a grande importância histórica desse lugar: foi ali, no Dia D, após o desembarque naquelas praias da Normandia, que os Aliados começaram a vencer a 2ª Guerra Mundial, livrando a Europa do domínio nazista. 

Os historiadores afirmam que a vitória dos Aliados na Batalha da Normandia foi fundamental para o fim da 2ª Guerra Mundial, pois foi a partir daí que outros países começaram a ser libertados do domínio alemão. 

Por toda a Normandia a gente vê casas e estabelecimentos com as bandeiras dos países aliados, em um tributo à vitória. 

Normandia - Praias do Dia D
Normandia - Praias do Dia D

Normandia - Praias do Dia D

Lugares da 2ª Guerra Mundial para conhecer na Normandia

Como comentei antes, quando eu comecei a pesquisar o nosso roteiro pela Normandia e os lugares da 2ª Guerra Mundial para conhecer, não consegui encontrar um post que me informasse, de um jeito bem mastigadinho, o que valia a pena visitar, quais as praias do desembarque mais acessíveis, quais os memoriais, museus e cemitérios mais interessantes para conhecer e qual o melhor lugar para servir de base às nossas explorações pela Normandia. 

Então é isso que eu pretendo fazer aqui: ajudar a vocês a traçarem um roteirinho bem legal pelos pontos turísticos mais interessantes da Normandia para quem busca entender melhor os acontecimentos do Dia D. 

Para tanto, segue uma lista de 5 lugares imperdíveis da 2ª Guerra Mundial para conhecer na Normandia, lugares que testemunharam a chegada dos Aliados em 6 de junho de 1944.

Normandia - Praias do Dia D
a luta mais sangrenta ocorreu em Omaha Beach, onde mais de 3 mil soldados morreram no Dia D
Saiba, contudo, que esta lista é apenas uma pequena parte do que há para ver por lá, pois vários pequenos vilarejos próximos às praias do desembarque e dos campos de batalha espalhados por toda a região possuem seus próprios museus, memoriais e cemitérios. É possível ver tanques de guerra, canhões e outros artefatos que lembram os combates travados no Dia D espalhados por estradas e vários pequenos povoados da Normandia. 

Nós visitamos apenas alguns dos pontos turísticos mais importantes relacionados ao desembarque aliado na Normandia, mas um dia eu ainda volto lá com os aficcionados em 2ª Guerra Mundial aqui de casa (Peg e Lipe) para conhecer o resto, como é o caso de Arromanches, onde é possível visitar o Museu do Desembarque, inaugurado em 5 de junho de 1954 e 1º museu construído em homenagem à Batalha da Normandia.

Também em Arromanches, na praia do desembarque Gold Beach, é possível ver ainda hoje as ruínas do porto artificial pre-fabricado Port Winston (em homenagem a Churchill), o único sobrevivente dos Portos Mulberry construídos pelos Aliados para desembarcar rapidamente nas praias da Normandia toda a carga necessária à manutenção das tropas e ao sucesso da Operação Overlord durante a invasão aliada em junho de 1944.

Também quero visitar Longues-sur-Mer, onde foi filmado o clássico "O mais longo dos dias", para ver as casamatas e canhões que ainda sobrevivem lá.

Normandia - Praias do Dia D
foto histórica do Porto Mulberry em Arromanches, do site da Encyclopædia Britannica, Inc.

1 Memorial de Caen

Uma viagem pelo coração da 2ª Guerra Mundial, 3Km a nordeste do centro da cidade de Caen. 

Esse museu/memorial se utiliza de vídeos, fotos, animações e testemunhos, além de objetos e artefatos da época para contar a história da Batalha da Normandia, a realidade da guerra, da ocupação nazista e a felicidade pela libertação.

Criado em 1988, o Memorial de Caen narra a história da Europa desde a 1ª Guerra Mundial até a Guerra Fria. 

A cidade de Caen foi quase que completamente destruída durante a 2ª Guerra Mundial. 

Normandia - Praias do Dia D
na 1ª imagem, à direita, a cidade de Caen, que teve mais de 80% de seus prédios destruídos durante a 2ª Guerra Mundial

2 Bayeux

Bayeux é o lugar ideal para montar a sua base em meio a um roteiro pela Normandia se você quiser explorar muitos lugares da 2ª Guerra Mundial. É um excelente ponto de partida para passeios bate e volta e explorações pela região, pois fica a poucos quilômetros de todos os pontos de interesse e tem uma boa estrutura de lugares onde comer e dormir, que funciona o ano inteiro.

Eu diria que em 1 dia conseguimos ver quase tudo o que pretendíamos relativo à 2ª Guerra Mundial na Normandia, mas o ideal, para quem quer fazer uma imersão no assunto Dia D, seria ter 2 dias para conseguir visitar com calma outras praias do desembarque e museus.

Em resumo: em 1 dia você consegue ver o básico, e em 2 dias dá para se saturar com todo esse turismo de guerra 😕

Bayeux - Normandia
centro histórico de Bayeux, a base mais central para explorar as praias do Dia D na Normandia
A cidade é famosa pela Tapeçaria de Bayeux, do século 11, o tapete bordado mais famoso do mundo, com mais de 68m de comprimento e 58 cenas que contam toda a história da invasão e conquista da Inglaterra pelos normandos (os homens do norte) em 1066 - eu adoro saber tudo sobre os Vikings, então estava louca para ver essa tapeçaria!

Acredita que até o Cometa Halley (quem lembra dele??) - que cálculos astronômicos mais recentes afirmam ter cruzado os céus em 1066 - figura na cena 32 do tapete???

A disposição dos desenhos é muito diferente para a época, e faz com que esse tapete seja também muito importante para a história da arte - alguns historiadores dizem que a Tapeçaria de Bayeux foi a precursora das histórias em quadrinhos!

O museu oferece um audio-guia incluído no valor do ingresso (disponível em português), que explica cena por cena da tapeçaria, e ainda um filminho com mais informações. Para crianças de 7 a 12 anos, tem um audio-guia especial, mas aí infelizmente é só em inglês e francês.

Tapeçaria de Bayeux
Tapeçaria de Bayeux, o bordado mais famoso do mundo
A cidade de Bayeux também é conhecida por ser a 1ª a ser libertada após o Dia D, em 7 de junho de 1944, justamente devido à sua proximidade com as praias do desembarque, e escapou praticamente ilesa aos bombardeios da 2ª Guerra Mundial.

O centrinho é bem lindo, com lojinhas de souvenirs (onde a minha mãe e a minha irmã se lavaram comprando gravuras), edifícios dos séculos 13 a 18, prédios de madeira em estilo normando e uma catedral gótica linda.

A única parte chata é encontrar vagas para estacionar ali no centrinho, próximo à catedral, e os preços das tarifas de parquímetro são bem carinhos!

Bayeux - Normandia
arquitetura em estilo normando em Bayeux

Bayeux - Normandia
centro histórico de Bayeux, na Normandia

Bayeux - Normandia
a cidade de Bayeux é uma boa base para explorar os arredores

Bayeux - Normandia
Bayeux, França

Bayeux - Normandia
o único ponto negativo de Bayeux é que os preços das tarifas de parquímetro são caros e é difícil estacionar no centrinho

Bayeux - Normandia
de qualquer ponto da cidade é possível ver as torres da Catedral de Bayeux
A Catedral de Notre-Dame de Bayeux foi construída entre os séculos 11 e 19, e por isso tem uma incrível mistura de estilos arquitetônicos, que vai do românico ao gótico normando. É bem impressionante entrar numa catedral sabendo que a sua inauguração foi no ano 1077, né?

Sobre a 2ª Guerra Mundial, o lugar mais interessante em Bayeux é o Museu Memorial da Batalha da Normandia, que oferece uma boa introdução à Batalha da Normandia e aos eventos do Dia D, com um filme exibido em inglês e francês, fotografias e depoimentos pessoais. Dá para ver até os tanques usados nas batalhas e objetos dos soldados.

Para dormir em Bayeux, eu havia selecionado estas 2 opções:

ibis budget Bayeux
Hotel Reine Mathilde

Bayeux - Normandia
a Catedral de Notre-Dame de Bayeux foi inaugurada no ano 1077

Bayeux - Normandia
Catedral de Bayeux

Bayeux - Normandia
Bayeux - Normandia

Bayeux - Normandia
interior da Catedral de Notre-Dame de Bayeux

Bayeux - Normandia
vitral da Catedral de Bayeux

3 Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer

A menos de 10Km da Praia de Omaha e a 17Km de Bayeux, ficam localizados o Museu Overlord e o Cemitério Americano, de 1956, numa escarpa sobre a praia.

Esse é o passeio mais imperdível - na minha opinião - para entender a história do desembarque dos Aliados na Normandia.

Normandia - Praias do Dia D
Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer - centro de visitantes

Normandia - Praias do Dia D
mapa do Cemitério Americano na Normandia
Além do cemitério em si, há no local um maravilhoso museu e memorial/centro de visitantes, com ótimas apresentações multimídia, fotos, vídeos e filmes onde é contada a história dos desembarques nas praias da Normandia, relembradas as histórias pessoais de alguns soldados e exibidos artefatos de guerra.

É impossível não se emocionar vendo de perto objetos pessoais que os soldados carregavam nos bolsos, cartas, fotos de família, capacetes usados em combate ou maços de cigarro...

Haviam tropas Aliadas destacadas especialmente para fazer enterros temporários, registrando o exato local onde os corpos haviam sido enterrados e as identidades dos soldados. Estas tropas recolhiam os objetos pessoais encontrados junto aos cadáveres e colocavam tudo em sacos como este da foto abaixo, para entregá-los às famílias 😢

Normandia - Praias do Dia D
objetos pessoais de soldado morto na Batalha da Normandia

Normandia - Praias do Dia D
todos os veículos foram trazidos pelos Aliados através do Canal da Mancha e desembarcados nas praias da Normandia

Normandia - Praias do Dia D
muitos soldados aliados morreram afogados pois não suportaram o peso do próprio equipamento no desembarque na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
rações de combate

Normandia - Praias do Dia D
ótimas exposições no memorial do Cemitério Americano em Omaha Beach

Normandia - Praias do Dia D
o Cemitério Americano na Normandia é um lugar comovente - vá com o espírito preparado
O cemitério é impressionante também pelo seu tamanho - é o maior cemitério americano na Europa: são 70ha salpicados de milhares de túmulos de mármore branco, onde estão enterrados mais de 9 mil soldados americanos mortos em combate nas praias da Normandia.

A França cedeu as terras onde está situado o cemitério em caráter perpétuo aos EUA, que bancam toda a manutenção do local - até os funcionários que trabalham ali, a revista de segurança, enfim, tudo muito no estilo americano - parecia até que tínhamos saído da França e entrado nos EUA enquanto estávamos lá!

As 9.238 cruzes brancas e as 149 estrelas de Davi se estendem em fileiras intermináveis num gramado verde muito bem cuidado - é um lugar muito comovente - vá com o espírito preparado.

Esse local, para quem não lembra, foi cenário das cenas iniciais do filme "O Resgate do Soldado Ryan". Entre os 9.387 túmulos, estão enterrados lá 45 duplas de irmãos, e existe um memorial muito bonito em homenagem aos 1.557 soldados cujos corpos nunca foram encontrados.

Normandia - Praias do Dia D
Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer

Normandia - Praias do Dia D
memorial em homenagem aos 1.557 soldados cujos corpos nunca foram encontrados na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
Cemitério Americano na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
nesta foto é possível ver, bem à esquerda, uma das 149 estrelas de Davi no Cemitério Americano na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
neste cemitério estão enterrados mais de 9 mil soldados americanos mortos em combate nas praias da Normandia
No Dia D, o avanço em Omaha Beach foi muito lento e a invasão quase terminou em fracasso. Para alcançarem o 'plateau' onde hoje está situado o cemitério, as tropas lutaram por muitas horas numa área aberta e, somente no final do dia, conseguiram um frágil controle sobre a Praia Omaha.

O grande número de mortes, contudo, não se deve somente aos combates travados, pois na verdade o exército alemão ofereceu pouca resistência (não tinham certeza do local onde se dariam os desembarques e seu poder bélico já estava reduzido). Pelo que entendi, de tudo o que vimos por lá, muitas mortes do lado dos Aliados se deram em razão de erros no planejamento da Operação Overlord, não correu exatamente conforme os planos: houve muito caos no desembarque do Dia D, o que custou a vida de milhares de soldados (são contabilizados mais de 3 mil mortos somente no 1º dia).

Muitos homens se afogaram em função do peso dos seus próprios uniformes, outros ficaram enjoados no mar e indefesos contra o fogo dos nazistas, as rampas de desembarque das embarcações se abriram antes da hora, tanques afundaram no mar antes de alcançar as praias, onde reforçariam a infantaria...milhares de soldados morreram nas primeiras horas.

No cemitério tem também um mirante, que oferece uma boa vista de Omaha Beach e do Canal da Mancha.

Reserve no mínimo 2hs para essa visita. O local tem banheiros, ingresso e estacionamento grátis. Não é permitido comer no local (muito menos fazer piquenique no cemitério, obviamente!).

Normandia - Praias do Dia D
mapa das praias do desembarque no Dia D na Normandia

Normandia - Praias do Dia D
mirante no Cemitério Americano que oferece uma boa vista de Omaha Beach e do Canal da Mancha

Normandia - Praias do Dia D
"aconteceu aqui, e aqui eles são lembrados"

Normandia - Praias do Dia D
Cemitério Americano na Normandia

4 Omaha Beach

Como falei antes, o desembarque no Dia D aconteceu simultaneamente em várias praias, ao longo de uma extensa faixa litorânea de mais de 80Km na Normandia. As praias, que tinham nomes franceses, ganharam codinomes pelos quais são conhecidas até hoje, durante o planejamento da Operação Overlord, justamente a fim de confundir os nazistas em caso de espionagem alemã.

De leste a oeste, as Praias do Desembarque aliado foram denominadas:
  • Sword (de Saint-Aubin-sur-Mer a Ouistreham), 
  • Juno (de Courseulles-sur-Mer a Saint-Aubin-sur-Mer), 
  • Gold (Arromanches-les-Bains), 
  • Omaha (entre Sainte-Honorine-des-Pertes, Colleville-sur-Mer, St-Laurent-sur-Mer e Vierville-sur-Mer) e
  • Utah (entre Pouppeville e La Madeleine).

Normandia - Praias do Dia D
mapa das praias do desembarque na Normandia
Como não tínhamos tempo para conhecer todas as praias onde se deram os desembarques aliados no Dia D, escolhemos visitar a mais famosa delas, o local que mais simboliza o confronto catastrófico: a Praia Omaha, em Saint-Laurent-sur-Mer.

Omaha Beach foi o lugar onde aconteceram os combates mais brutais e sangrentos do Dia D, nos 7Km de litoral entre Vierville-sur-Mer, St-Laurent-sur-Mer e Colleville-sur-Mer, apenas 15Km a noroeste de Bayeux.

Vários obstáculos - como os 'Czech Hedgehogs' (Ouriços Tchecos) - impediam a chegada dos soldados às praias, e milhares de vidas se perderam ali em poucos horas, como contei acima.

Os ouriço (veja foto abaixo) eram colocados aos milhares no mar pelos nazistas, para impedir que as embarcações alcançassem as praias, perfurando seus cascos.

Também serviam como obstáculos contra os tanques.

Normandia - Praias do Dia D
Ouriços Tchecos em Omaha Beach no Dia D
Não existem lá resquícios da carnificina que houve no Dia D, mas você vai ver o Omaha Beach Memorial, uma grande escultura memorial na beira da praia, intitulada 'Les Braves', que homenageia a coragem dos combatentes.

A beleza natural da extensa praia não consegue disfarçar que aquele lugar tem uma história triste e muito sangue foi derramado ali em 06 de junho de 1944 - o lugar tem uma energia pesada que a gente sente no ar, assim como quando se visita um campo de concentração, por exemplo.

Dizem que ainda hoje é possível encontrar vestígios de armamentos e objetos pessoais de soldados que desembarcaram ali - todos os verões, as crianças, que brincam na areia da praia, encontram novos artefatos.

Normandia - Praias do Dia D
escultura memorial na beira da Praia Omaha, intitulada 'Les Braves'

Omaha Beach - Normandia
Omaha Beach tem uma energia pesada no ar

Omaha Beach - Normandia
Omaha Beach - as bandeiras homenageiam os milhares de mortos ali
Os dois principais museus da região são o Museu Memorial de Omaha Beach (bem pertinho da praia em St-Laurent-sur-Mer) e o Overlord Museum (um dos mais novos, com vários veículos de guerra, inclusive do lado de fora - bem pertinho do cemitério).

Numa próxima viagem, quero visitar a Praia Utah, que tem memoriais às divisões que desembarcaram lá e o Museu do Desembarque.

Normandia - Praias do Dia D
Overlord Museum em Omaha Beach

5 Memorial aos Rangers de Pointe du Hoc 

Este memorial fica situado entre a Praia de Omaha e a Praia de Utah - no local, existem antigos 'bunkers' de concreto alemães, ainda com buracos de balas e marcas dos lança-chamas, onde eram armazenadas armas e canhões, e também um campo cheio de crateras criadas por bombas aéreas jogadas durante a 2ª Guerra Mundial.

O posto de comando alemão está fechado ao público porque fica perto da borda do penhasco, comida pela erosão, o que torna o local perigoso por risco de desmoronamento.

Além das informações sobre o Dia D, eles passam cenas do filme  "O Resgate do Soldado Ryan" - muito interessante assistir àquelas cenas naquele local - onde tudo de fato aconteceu 😡

Os Rangers eram uma tropa de elite do exército americano. No dia 6 de junho de 1944, 225 'rangers' escalaram os penhascos de 30m de altura em Pointe du Hoc, onde os alemães tinham artilharia voltada para as praias Utah e Omaha. Os canhões já não estavam mais lá, mas os 'rangers' passaram 2 dias combatendo os contra-ataques alemães até serem socorridos - 58 deles foram feridos e 81 morreram.

Se você vai lá sem saber desta história, o lugar não tem tanta graça - agora que eu te contei, a tua visita vai ficar muito mais interessante...só pra vocês verem como sou querida! 😜

A visita é grátis.

Normandia - Praias do Dia D
"eles não lutam para conquistar; eles lutam para liberar"

Roteiro pela Normandia

Comecei esta série de posts sobre o nosso Roteiro pela Normandia com a visita à Casa e aos Jardins de Monet em Giverny, bem pertinho de Paris. 

De lá, seguimos viagem para Rouen, passando pelo lindinho vilarejo de Vernon no caminho. 

Depois de conhecermos as belezas da capital da Normandia (Rouen), e nos encantarmos com esta cidade mundialmente conhecida por ser o local onde Joana d'Arc foi queimada viva na fogueira, seguimos viagem para Étretat e Le Havre, porque a França não é só arte, cultura, história e gastronomia, mas também beleza natural.

Após, continuamos nossa viagem em Honfleur, o vilarejo mais charmoso da Normandia, destino imperdível em qualquer roteiro pela região.

A Barbara também foi até Étretat e Honfleur, num bate e volta desde Paris com a família, e contou tudo aqui: 6 dias em Paris e Normandia

De Honfleur, seguimos para as praias chiquérrimas de Deauville e Trouville-sur-Mer, os lugares mais glamourosos do litoral da Normandia.

Depois, fomos conhecer os lugares relacionados à 2ª Guerra Mundial na Normandia - o Cemitério Americano de Colleville-sur-Mer e a Praia do Desembarque no Dia D Omaha - além de Bayeux, sobre os quais eu conto tudo neste post.

Omaha Beach - Normandia
memorial aos soldados mortos na Normandia

Omaha Beach - Normandia
Cemitério Americano

Omaha Beach - Normandia
Omaha Beach
Na minha opinião, o roteiro ideal pela Normandia seria sair bem cedinho de Paris no 1º dia, ir a Giverny pela manhã e passar a tarde em Rouen

Pernoite em Rouen e, no 2º dia, siga viagem para ÉtretatLe Havre e Honfleur, com novo pernoite em Honfleur.

No 3º dia, vá conhecer Deauville e Trouville-sur-Mer. Se der tempo, continue viagem no mesmo dia em direção a Bayeux e às praias do desembarque no Dia D.

Omaha Beach - Normandia
uma das praias do desembarque na Normandia

Omaha Beach - Normandia
escultura em homenagem aos soldados mortos na Batalha da Normandia
Se você escolher a estrada pedagiada, que é mais rápida, serão 146Km de Paris a Rouen, incluindo a parada em Giverny no meio do caminho, 2h30min.

De Rouen até Étretat, pela rota mais rápida (com pedágio), são 83Km - 1h20min.

Entre Étretat e Le Havre são apenas 28Km - 30min de carro. 

De Le Havre a Honfleur são 25Km - 35min. Para cruzar a Ponte da Normandia sobre o Rio Sena, entre Le Havre e Honfleur, tem que pagar um pedágio de € 5,40.

Continuando viagem, de Honfleur para as praias de Deauville e Trouville-sur-Mer são apenas 17Km, pouco mais de 20min de viagem.

Aos poucos eu vou detalhando aqui no blog todo o nosso Roteiro pela Normandia, que se estendeu até além do Monte Saint Michel.

Normandia - Praias do Dia D
o Cemitério Americano é um dos lugares mais interessantes da 2ª Guerra Mundial para conhecer na Normandia

Como chegar aos lugares da 2ª Guerra Mundial na Normandia 

Como já comentei, nós fizemos esta viagem pela Normandia de carro, e foi assim que visitamos todos os lugares relacionados à 2ª Guerra Mundial e ao Dia D.

Viajando pela Normandia de carro alugado como nós, é só colocar os destinos no GPS ou no Google Maps, que não tem erro. 

Como viajamos com um chip de celular da EasySim4U no plano 4G Europa, tínhamos internet ilimitada o tempo todo, e usamos o Google Maps como nosso guia de viagens!

A melhor forma de viajar pela Normandia é mesmo o carro alugado (e, estando entre 3 ou mais pessoas, é também a maneira mais econômica), pois os deslocamentos são mais rápidos e flexíveis, você não fica dependendo dos horários dos transportes públicos, sempre pode mudar o seu roteiro, e a gente ainda consegue visitar outras cidadezinhas nos arredores.

Normandia - Praias do Dia D
Normandia - Praias do Dia D
Além disso, as estradas na Normandia são ótimas, não pegamos muito trânsito em nenhum lugar, todos os lugares relativos à 2ª Guerra Mundial que nós visitamos tinham estacionamento fácil e as atrações turísticas são super bem sinalizadas.

Mas, se você quiser visitar estes lugares usando transportes públicos, é possível, embora mais chatinho. 

Para ir a Caen e Bayeux, saindo de Paris, é possível pegar o trem na estação Saint-Lazare. 

A viagem Paris - Caen leva pouco mais de 2hs, e Paris - Bayeux leva 2h30min. De Caen para Bayeux, o trajeto é de pouco mais de 20min. 

Para ir a Arromanches e Omaha Beach, existem ônibus circulares a partir de Bayeux - veja todas as informações no site da Bus Verts

Normandia - Praias do Dia D
as estradas e atrações turísticas são bem sinalizadas na Normandia

Chip de celular para usar na França

Durante a nossa viagem pela França, Inglaterra, País de Gales e Holanda, usamos o chip de celular da EasySim4U no plano 4G Europa o tempo todo, e funcionou super bem - vocês viram a quantidade de stories que eu fiz, né!!

Recebi o chip em casa pelo correio (levou uns 4 dias para chegar), coloquei no celular dentro do avião, ativei os dados móveis e já chegamos na Europa conectadíssimas, usando o Google Maps desde o aeroporto!

Nós não vendemos chips de celular através do blog - nem nenhum outro produto ou serviço, pois o pequeno viajante é um blog que não visa lucro, é apenas um passatempo nosso mesmo - então dê uma olhada direto lá no site deles - EasySim4U - para ver como comprar esses simcards e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar. 

No site tu encontras os preços dos planos que eles oferecem de acordo com o destino e com os planos de dados e voz que forem mais apropriados para a tua viagem.

Normandia - Praias do Dia D
cemitério da 2ª Guerra Mundial na Normandia
Você conheceu o interior da França? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Durante a nossa viagem, usamos a hashtag #PVnaEuropa nas nossas redes sociais 😊

Fiz várias pastas de "destaques" desta viagem lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis da França!

Veja também esse vídeo das nossas aventuras numa viagem anterior a Paris:


Deauville e Trouville-sur-Mer, na Normandia: tudo o que você precisa saber
Honfleur, França: o vilarejo mais charmoso da Normandia
Étretat e Le Havre, na Normandia: o que fazer
Rouen, França: o que fazer na capital da Normandia
Giverny: como visitar a Casa e os Jardins de Monet
Como voar grátis de Amsterdam para Londres e Paris
Como é voar na classe econômica da Air France
Estrasburgo: viajando de motorhome pela França
11 lindas aldeias francesas na Alsácia: viajando de motorhome pela França

França: o que você precisa saber antes de ir
Como é um passeio bate e volta de Paris ao Vale do Loire, na França

Roteiro para uma viagem de motorhome de 30 dias pela Europa
Mercados de Natal na Europa

Guia de bolso de Paris: do tamanho certo para levar na sua mochila
Os 10 museus mais populares do mundo
Filminhos que inspiram viagens para os pequenos viajantes

Viagens dos nossos amigos pela França

Paris com crianças: guia e dicas
Roteiro de 7 dias pelo norte da França: Vale do Loire, Saint Malo e Mont Saint Michel
Vale do Loire na França: roteiro de 4 dias

6 dias em Paris e Normandia
Relato de viagem de motorhome de 2 semanas pela França, Suíça e Itália
Relato de viagem de motorhome pela França, Bélgica e Suíca, com todos os custos e perrengues
Relato de viagem pela Rota dos Contos de Fadas na Alemanha e Alsácia Francesa


Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos vídeos no YouTube - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!


Veja fotografias e dicas das nossas viagens no Instagram.


Você também nos encontra aqui: Facebook / Twitter / Instagram / Pinterest / YouTube

Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: