17 de novembro de 2014

Mundo Gelado, em Canela: uma opção para conhecer o frio polar na Serra Gaúcha

* Post atualizado em julho/2016. 

Desde que li este post, fiquei louca para levar o Lipe ao Mundo Gelado, em Canela, o primeiro parque temático de gelo da América Latina. 

E, poder levar nosso pequeno viajante lá junto com o Dodô, que nos inspirou a ir no parque, foi melhor ainda!

Encontramos a família da Francine, amiga autora do blog Viagens que Sonhamos, em Gramado, e nossa primeira parada foi nos bondinhos aéreos da Cascata do Caracol

Mas Lipe e Dodô ainda nem cogitavam de se separar quando o nosso passeio por lá terminou, e então logo pensamos em ir a outro lugar juntos, e logo veio a ideia de visitarmos o Mundo Gelado, que fica bem ali pertinho!

Ainda mais porque o dia estava feio, neblinando, e esse é um passeio perfeito para um dia assim, ou mesmo para um dia de sol rachando e muito calor - nesse caso, o friozinho do parque será muito bem vindo!



Localização e roteiro do dia

Para ajudar a organizar o seu roteiro com os passeios do dia, é importante que você saiba que, em Canela, para o mesmo lado do Mundo Gelado, que fica na Estrada do Caracol, nº 3915, existem várias outras atrações legais: (clique nos links em vermelho para ler sobre cada uma delas)

Parque Terra Mágica Florybal
* Casa do Capitão Jack
* Castelinho do Caracol
* Parque do Caracol (6km do centro) 

O parque Mundo Gelado fica ao lado do Castelinho do Caracol, e no mesmo prédio da Casa do Capitão Jack

A fachada é inconfundível, então não há risco de você passar por lá sem vê-la!

A nossa dica de ouro, portanto, é se programar para fazer os passeios escolhidos ali na Estrada do Caracol e aproveitar para almoçar no Estação Canela, um restaurante temático de trem ma-ra-vi-lho-so que fica localizado na Rua José Pedro Piva, 423, também no caminho, e abre até as 16hs, o que é praticamente um milagre por lá!

Leia mais sobre esse restaurante aqui

Se for um sábado, entre os meses de maio e agosto, você também pode aproveitar para experimentar a deliciosa feijoada do Laje de Pedra, uma tradição local - ela é servida entre as 12:30 e 15hs no restaurante panorâmico do hotel, e aberta ao público em geral. 

Leia sobre a feijoada do Laje



Horários

O parque funciona diariamente, das 9 às 18hs, com exceção das quartas-feiras.    

O passeio é bem rápido, você não levará mais do que 40 minutos para ver tudo! 

Dentro da caverna de gelo, por segurança, eles recomendam que você fique, no máximo, 15 minutos!

Telefone para informações: (54) 3278-3085.

Ingressos e estacionamento

Os ingressos custam R$ 27,00 (adultos) ou R$ 18,00 (crianças de 6 a 12 anos).  

Até os 5 anos a entrada é gratuita, e idosos pagam metade. 

estacionamento no parque é grátis.



bilheteria

Estratégia

Nesse passeio definitivamente não vale a pena nem descer o carrinho das crianças do carro, porque o trajeto é realmente bem curtinho - e nem sei dizer se poderia entrar no Mundo Gelado com carrinho!

A dica é ir com uma roupa quentinha, meias e sapatos fechados, pelo menos. 

Quanto à roupa, não se preocupe: eles emprestam o casacão adequado para o frio polar que você enfrentará lá dentro, com capuz, e também luvas. 

Eu, super despreparada, fui de bermudas e sapato aberto, aí é claro que passei um friozão, né?!?

Mas olha, embora a ideia do parque seja simular o clima do polo sul em Canela, não é nada insuportável, viu? 

Pode fotografar e filmar tudo lá dentro, mas não se empolgue: você não deve ficar na caverna polar mais do que 15 minutos, pois as temperaturas giram em torno dos -10ºC, podendo baixar até -15ºC!

É importante ressaltar que esta atração não tem nada a ver com um outro parque temático que existe em Gramado, chamado Snowland, onde você pode ver neve o ano inteiro - aqui, o negócio é GELO, e não neve ;)

Leia sobre esse outro parque aqui: Snowland - dicas para aproveitar o parque de neve de Gramado




O Parque

Eu achei o parque bem legal, especialmente para quem não conhece, ainda, a sensação de frio intenso

Nos últimos anos, muita gente tem visitado a Serra Gaúcha no verão, para ver as atrações do Natal Luz em Gramado e do Sonho de Natal, em Canela, e pode acabar indo pra casa um pouco decepcionado, sem ter conhecido o famoso frio da região, que, é óbvio, só dá seu show no inverno (aproximadamente de maio a setembro). 

E, mesmo nós, que moramos em um lugar com um forte inverno (sul do RS), achamos interessante poder mostrar pro Lipe como é a vida num lugar com temperaturas verdadeiramente polares!

Como o passeio é feito em grupo, que vai acompanhado por um monitor, você chega lá e precisa aguardar uns minutinhos até a saída do próximo grupo. 

Nós aguardamos menos de 5 minutos, e logo o guia nos chamou para nos "vestirmos". 

Os casacões são arrumados em cabides por tamanho e eles têm tamanhos infantis também. 




Depois de colocarmos casacão com capuz e luvas, assistimos a um filminho de uns 5 minutos sobre a história do Floc, bichinho que é uma mistura de urso polar, esquilo e castor que foi parar em Canela, na Serra Gaúcha, depois de uma nevasca que aconteceu em 1994, noticiada em todos os jornais.


O Floc foi encontrado em uma fenda, no lugar onde hoje é o parque, e lá ele construiu a sua caverna de gelo, pois é um exímio escultor. 

Impossível não lembrar do filme Era do Gelo, que o Lipe adora!

Então, depois desta "introdução", fomos convidados a finalmente adentrar a casinha do Floc, que é a própria caverna, onde encontramos mesa, cadeiras, cama, trono, televisão, trenó, árvore de Natal, sofá e até um vaso de gelo!






Na casa do Floc também há algumas esculturas, que são feitas no próprio local, como um Kikito e um Cristo Redentor.  

Você pode sentar nos bancos, deitar na cama, brincar no trenó...mas cuidado: sei que as pessoas têm um impulso quase irresistível de colocar a língua no gelo - não faça isso! 

A língua gruda lá e pode ser dolorido para desgrudar kkkkkkkk...




   
O parque tem uma unidade de resfriamento que simula um ambiente polar, praticamente sem umidade. 

O gelo cristal é produzido no próprio local com o objetivo de evitar desperdício e reaproveitar parte da água descartada pelo sistema.

Depois do passeio na caverna do Floc, você devolve o casacão e as luvas emprestadas e pode visitar a lojinha e a cafeteria e sorveteria artesanal chamada Estação Pinguim, que é bem bonitinha!





Na loja temática você pode tirar uma foto todo paramentado para levar de recordação e ainda ver a fenda por onde o Floc chegou do polo sul :)

Veja abaixo mais sobre a foto profissional que nós tiramos na nossa 2ª visita ao parque. 


as crianças procurando o Floc na fenda! kkkkk...

estúdio profissional de fotografia

as fotos são uma ótima recordação

loja temática


Nossa segunda visita

Em junho de 2016 nós voltamos ao parque temático Mundo Gelado com uma grande turma de amigos, e foi uma super diversão, tanto para as crianças quanto para os adultos. 

Aliás, tive a impressão de que, nesta segunda oportunidade, senti mais frio do que na primeira, embora estivesse mais bem agasalhada - não sei se foi só impressão minha ou se é a velhice que está me pegando mesmo hehehe...


gente que viaja em família

as meninas paramentadas para encarar o frio polar


Nesta última visita, estávamos junto com outras 6 famílias de blogueiros que também escrevem sobre viagens com as suas famílias: As PasseadeirasCafé ViagemVou ViajarViagens que sonhamosViagem Simplesmente e Malas e Panelas.

E, de novo, o Lipe estava bem acompanhado do seu grande amigo Dodô! Imagina a bagunça!!!

O lugar permanece bacana, com algumas estátuas de gelo novinhas em folha - as crianças adoraram tirar fotos com o Olaf

  




e as mamães também fizeram as suas selfies, é claro!



Outra coisa bacana que fizemos nesta nova visita ao Mundo Gelado foi tirar uma foto no estúdio profissional com o cenário "polar" - é uma recordação muito legal, mais ainda se você estiver com uma turma! 

Só tem que tomar cuidado para que todo mundo apareça direitinho kkkkk...nesta foto a Su está quase sumida ali no cantinho esquerdo!


A conclusão é que a visita ao Mundo Gelado continua valendo a pena e, se você estiver com uma turma divertida, vai ser ainda mais legal! 

As oportunidades para tirar fotos jacú por lá são infinitas! 

Mas há ainda uma outra novidade ali que torna esse passeio ainda mais conveniente: se você ou o seu pequeno viajante curtem piratas, réplicas de navios, naufrágios e todas as coisas relativas às Forças Armadas, saiba que, exatamente ao lado do parque Mundo Gelado, no mesmo prédio, abriu um outro parque temático, com tema de piratas, chamado de Casa do Capitão Jack

Contarei mais sobre esse parque vizinho em outro post, mas fica a dica para aproveitar que você já está lá e fazer os 2 passeios de uma só vez - não precisa nem tirar o carro do estacionamento! 


galerinha gelada

E aí, deu vontade de conhecer o Mundo GeladoJá conhece? Gostou? Conte pra gente! 

Deixe as suas dicas nos comentários! 

No próximo post, mais sobre Gramado & Canela! Não perca!

* Visitamos o Mundo Gelado a convite do parque temático, e agradecemos a gentileza. 

Veja mais fotografias das nossas viagens à Serra Gaúcha em #LipenaSerra no Instagram


Flashback Aparados da Serra (Cambará do Sul)
Feijoada do Hotel Laje de Pedra, em Canela
Estação Canela - restaurante temático de trens em Canela
Hotel Alpestre em Gramado


Leia todos os nossos posts sobre a Serra Gaúcha :)

Para ler sobre as nossas viagens aqui pelo Estado, clique em Rio Grande do Sul      


Em dúvida sobre onde se hospedar na Serra Gaúcha? 

Veja os nossos posts sobre o Hotel Cercano Gramado, sobre o Hotel Alpestre (Gramado) e sobre a Pousada Volta ao Mundo em Canela!

Mais dicas de hotéis que já experimentamos em Gramado e Canela aqui

Nossas dicas de hospedagem em Cambará do Sul:


Veja algumas outras opções de hospedagem por lá:

       


Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Nosso snapchat é @pequenoviajante. 

Você também nos encontra aqui:


3 comentários:

  1. Claudia, podia postar as datas de cada postagem. Acho que ficaria bom, não? Fiquei vários dias sem internet e agora fico meio perdido entre tantas postagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada post vem com a data de postagem bem em cima do título e também o mês e o ano no link :)

      Excluir
  2. Hahaha, eu sou a mais pequenininha, por isso quase não apareci.kkkk. Adorei o post. Beijo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...