Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Onde encontrar murais do Eduardo Kobra em New York

Kobra em New York: onde encontrar os murais do street artist brasileiro na Big Apple
murais do Eduardo Kobra em New York

Adoro o trabalho colorido e cheio de significados do artista brasileiro Eduardo Kobra. Já vimos murais dele espalhados em diversas cidades do mundo - sendo que alguns dos mais bonitos são aqueles do Rio de Janeiro, né! 

Vocês também gostam dos murais do Kobra? Estão indo viajar para New York e querem aproveitar para conhecer alguns murais do Eduardo Kobra na Big Apple? Querem um roteiro "Kobra em New York"?

Pois neste post vocês vão descobrir onde encontrar os murais do street artist brasileiro Eduardo Kobra em New York, cidade que sempre foi um dos lugares favoritos dele para trabalhar 🍎🗽 (e eu entendo bem o porquê)!

Não chegamos a ver todos os muitos murais que o Kobra já pintou em NYC, mas fiz uma pesquisa antes de viajarmos e conseguimos ver várias obras do mais famoso  street artist brasileiro em New York!

Como sou muito querida 😂, nesse post eu selecionei algumas das principais imagens do Kobra para vocês conhecerem e fotografarem quando forem a New York, e vou entregar tudo mastigadinho aqui - vem comigo!

murais do Eduardo Kobra em New York
mural do Eduardo Kobra em NYC

Onde encontrar murais do Eduardo Kobra em New York

O street artist paulista começou seu trabalho em New York no bairro de Williamsburg, Brooklyn, e não parou mais - hoje New York está cheia de murais do Kobra e nós, como brasileiros, não podíamos deixar de ir conferir alguns deles.

Os grafites altamente coloridos do artista brasileiro Eduardo Kobra estão espalhados atualmente em 16 paredes de pequenos prédios de New York - até onde eu consegui descobrir - mas a cada dia ele está inaugurando novos murais e outros, antigos, vão sendo apagados também, infelizmente. 

Personalidades mundiais ou anônimas e até alguns famosos pontos turísticos, como o Cristo Redentor e a Estátua da Liberdade, além de deixar o ambiente urbano bem mais bonito, trazem mensagens cheias de história e de significados políticos e sociais, propondo reflexões sobre temas importantes como imigração, paz, tolerância e desarmamento, dentre outros.

É a arte como política, e eu não preciso necessariamente concordar com as posições políticas do artista para admirar a sua obra 😏

Aliás, não custa lembrar que NYC é uma cidade cheia de arte - não só nos inúmeros museus, alguns dos mais importantes do mundo - mas principamente de street art.

Se você, assim como eu, ama conhecer e fotografar esses incríveis murais, faça uma pesquisa antes de viajar! Adoro este da foto abaixo, por exemplo, dos também brasileiros OsGemeos, que fica em Manhattan, na 2nd Avenue, entre as ruas 1st e 2nd.

mural de OsGemeos em New York, em homenagem ao hip hop

1. Tolerance - Highline - Chelsea

Mural do Kobra de 2018 no Chelsea, com os perfis combinados dos 2 queridões Mahatma Gandhi e Madre Teresa ❤

Pintada na lateral de um prédio na 18th Street e 10th Avenue, em Chelsea, a imagem de 3 andares trás os perfis de Madre Teresa e Mahatma Gandhi, encarando um ao outro, em homenagem aos seus papéis de 2 dos maiores líderes humanitários do mundo, símbolos da paz mundial.

Gandhi é o indiano (hindu) que liderou a Índia na sua busca pela independência do domínio britânico, com uma campanha de não-violência que mais tarde foi imitada pelo reverendo Dr. Martin Luther King, durante o movimento dos Direitos Civis nos EUA.

Vocês sabiam que Gandhi viveu na África do Sul, numa casa pertinho do Arcebispo Desmond Tutu, em Soweto, Joburg? Nós estivemos lá!

Madre Teresa é a albanesa naturalizada indiana (católica) que ganhou o Prêmio Nobel da Paz e recebeu a santidade pela Igreja Católica pelo trabalho feito com os pobres de Calcutá, que nós fomos conhecer quando estivemos lá!

Sim, é possível visitar a fundação da Madre Teresa em Calcutá, e o lugar é emocionante!

Mahatma Gandhi e Madre Teresa de Calcutá são apenas algumas das muitas personalidades famosas da história e da cultura pop que o brasileiro Kobra imortalizou em murais ao redor do mundo, numa lista que inclui Anne Frank (em Amsterdam), Nelson Mandela, Mário Quintana e Bob Dylan.

O mural Tolerance é um apelo à paz e à tolerância entre as religiões: Gandhi e Madre Teresa são 2 ícones de diferentes religiões que sempre pregaram a paz, o amor, a solidariedade e a união, independentemente de crenças religiosas.

Religiões distintas não devem ser uma barreira, mas sim uma ponte e um convite ao diálogo, já que todas têm os mesmos objetivos. O mural do Kobra em NYC lembra que religiões e crenças diferentes têm o mesmo objetivo: amor e solidariedade.

A imagem pode ser vista do alto do Highline Park.

Local: 130 10th Avenue com 18th Street, Manhattan

murais do Eduardo Kobra em New York
Tolerance - mural do Kobra em New York

2. Mount Rushmore - Highline - Chelsea

Ainda caminhando pelo Highline (aquele parque linear que foi construído numa linha férrea elevada desativada, que vai de Hudson Yards até o Meatpacking District), avistamos, entre 2 prédios residenciais, o mural Mount Rushmore, criado pelo Eduardo Kobra. 

A imagem retrata a famosa montanha americana onde foram esculpidos os rostos de 4 Presidentes dos Estados Unidos - mas, aqui, ela é composta pelas faces dos artistas plásticos Andy Warhol, Frida Kahlo, Keith Haring and Jean-Michel Basquiat.

Pelo jeito, esses 4 artistas são as maiores referências do Kobra, e foram retratados também em outros murais de New York, como o Fight for street art, que homenageia Andy Warhol e Jean-Michel Basquiat (veja mais abaixo).

Assim como o mural Tolerance, da Madre Teresa e do Gandhi, esta imagem também pode ser vista do alto do Highline Park, mas apenas parcialmente, como você vê na foto abaixo. 

Local: 10th Avenue e 22nd Street, Manhattan

murais do Eduardo Kobra em New York
Mount Rushmore - mural do Kobra em New York

3. War is hell - Brooklyn

No bairro de Williamsburg, no Brooklyn, bem pertinho da Brooklyn Brewery, está o soldado Elvis Presley, com seu capacete balístico com a inscrição “a guerra é um inferno”.

A mensagem do mural de 2018 é óbvia: um manifesto contra as guerras e conflitos armados que acontecem pelo mundo todo.

Eduardo Kobra representou Elvis como um militar - a mensagem "War is hell" era comum entre os soldados que serviram na Guerra do Vietnam.

Elvis Presley de fato serviu ao exército americano (eu não sabia disso!), e a intenção do street artist Kobra com este mural é plantar a semente da paz, com a ajuda de um dos maiores ícones da música norte-americana.

Este mural do Kobra em NYC fica bem pertinho do mural "Fight for Street Art", em homenagem a Andy Warhol e Jean-Michel Basquiat (veja mais abaixo).

Local: 219 Bedford Avenue, Brooklyn

murais do Eduardo Kobra em New York
War is hell - mural do Kobra em New York

4. The braves of 9/11 - Midtown East

Um bombeiro ajoelhado de 7 andares, feito em homenagem às vidas perdidas em 11 de setembro, diante de uma bandeira americana.

O mural é chamado “The braves of 9/11” (os corajosos do 11 de setembro), e transformou totalmente uma parede em branco na 780 3rd Avenue, em Midtown East.

A obra é uma homenagem aos bombeiros que lutaram bravamente naquele dia, arriscando suas vidas no resgate das vítimas da queda das Torres Gêmeas, e também um lamento por todas as vidas que foram roubadas.

O mural tem detalhes que lembram da tragédia: no capacete, o número 343 é uma referência ao número de bombeiros mortos naquele dia. Há também uma representação das Torres Gêmeas e a bandeira dos Estados Unidos. As estrelas representam todas as vidas que foram perdidas na tragédia - quase 3 mil mortos. Por fim, as cores têm um objetivo: transmitir uma mensagem de vida, de recomeço, de reconstrução.

A imagem é uma releitura de uma fotografia de Matthew Mandermontt.

É talvez o trabalho mais emocionante do Eduardo Kobra em New York. 

Fica bem pertinho do mural do Einstein de bicicleta (veja mais abaixo).

Local: 780 3rd Avenue, Manhattan (entre as ruas 48th e 49th com a 3rd Avenue)

murais do Eduardo Kobra em New York
The braves of 9/11 - mural do Kobra em New York

5. Black or white - East Village

O mural com os rostos divididos de um Michael Jackson criança e outro adulto fica em um prédio de 5 andares na esquina da East 11th Street com a 1st Avenue, no East Village.

Kobra pintou de um lado a fisionomia de Michael Jackson ainda criança e, do outro, o rosto de Michael Jackson em seus últimos dias. A intenção é gerar uma reflexão sobre discriminação racial.

É um dos murais mais recentes do Kobra em NYC.

O mural foi feito em homenagem aos 60 anos do rei do pop, e faz refletir sobre as grandes transformações que Michael Jackson vivenciou ao longo de sua curta vida, mostrando 2 fases bem diferentes da sua carreira musical: uma quando era criança e integrava o grupo Jackson 5, e a outra já adulto, na fase final da sua vida - do jovem negro ao adulto branco.

Minha fotografia ficou ruim, porque tirei de dentro do busão vermelho hop-on, hop-off da @citysightseeingworldwide, mas o painel do Kobra está espetacular - acho que é um dos mais bonitos dele que eu já vi. 

Neste mural é fácil "detectar" os losangos nas cores do arco-íris, marca registrada das artes do Kobra. 

Recomendo muito que você vá lá conhecer, mesmo que não seja um super fã do cantor.

Esse mural fica no East Village, região da contracultura novaiorquina.

Local: 400 E 11th Street ou 180 1st Avenue, Manhattan

murais do Eduardo Kobra em New York
Black or white - mural do Kobra em New York

6. The kiss - mural apagado

Esse mural foi apagado há alguns anos atrás (pintado de cinza 😓) pelo proprietário do imóvel, depois que teve seu prédio tombado pela Prefeitura de New York.

Conseguimos conhecê-lo antes que isso acontecesse, numa viagem a New York em 2015, passeando pelo Highline Park.

Era um dos murais mais famosos do Kobra, chamado “O Beijo”, em que ele reproduziu a imagem feita pelo jornalista Alfred Eisenstaedt em agosto de 1945 do célebre momento em que o marinheiro George Mendonsa beijou a enfermeira Greta Friedman quando do seu retorno à América em meio às comemorações da vitória dos Estados Unidos sobre o Japão na Segunda Guerra Mundial.

Esse mural ficava em um dos prédios próximos ao parque Highline e a obra do Kobra, feita em 2012, era um dos lugares mais fotografados de New York - aí a Prefeitura foi lá e tombou o prédio. Ocorre que, provavelmente, o dono do imóvel não ficou muito feliz em ver seu prédio tombado e, após receber a notificação do tombamento, pintou de cinza a parede do mural, acabando assim com uma das principais obras de streetart de NYC.

Parece que o Kobra pretende reproduzir esse mural em outro lugar - tomara!

murais do Eduardo Kobra em New York
The kiss - mural do Kobra em New York

Outros murais do Kobra em New York

Infelizmente, como falei lá no início, não conseguimos ver todos os murais do Kobra em New York City - mas, antes de viajar, eu havia feito uma super pesquisa com todos os que eu consegui descobrir, e agora vou passar as informações que apurei pra vocês, e para que elas fiquem registradas aqui para mim mesma, pois com certeza voltaremos em breve a New York, e aí pretendo riscar os murais que faltarm da minha lista!

We love NY² - Chelsea

Um mural de Albert Einstein pintando um mural - nesta obra do Kobra no Chelsea, o genial cientista e o pintor declaram seu amor por New York através de um grafite.

São 2 gênios nas suas respectivas áreas, não?

A famosa Teoria da Relatividade de Einstein é relembrada na expressão "We love NY²".

Albert Einstein é alemão, mas foi naturalizado cidadão norte-americano. O cientista, que aparentemente é um dos ídolos do Kobra, foi homenageado também em outro mural em New York, desta vez andando de bicicleta (veja abaixo), e é representado nesta imagem como um grafiteiro, que usa uma lata de spray para declarar seu amor a New York.

O coração tem o estilo de Keith Haring, um dos principais nomes da street art, que atuou muito em New York na década de 80, e que também já foi retratado por Kobra em outro mural (veja o mural Mount Rushmore acima).

Local: 298/200 W 21st Street com 212 8th Avenue

Stop wars - West Village

Esse mural do Kobra no West Village é um manifesto contra as guerras, e lembra a série de filmes Star Wars, com o personagem C3PO segurando uma placa onde se lê "Stop Wars".

Local: 391 Christopher Street, Manhattan

Ellis Island Mural - West Village

Este mural trata de um assunto que, na Era Trump, não sai das manchetes americanas: a imigração.

Pintado na City-As-School, uma escola pública em West Village, ele apresenta os rostos de 5 homens e mulheres que passaram pela inspeção imigratória em Ellis Island - principal ponto de entrada de imigrantes que iam para os EUA - há cerca de 100 anos.

A idéia é lembrar a todos da história americana, um país feito de imigrantes.

Criado em homenagem aos milhares de imigrantes que, por vontade ou necessidade, acabam se mudando para outros países em busca de vidas melhores, a pintura dos imigrantes reais que aportaram em New York por Ellis Island é emocionante.

Local: 16 Clarkson Street, Manhattan

Fight for street art - Williamsburg

Fight for street art é um grafite em homenagem a 2 dos mais conhecidos artistas americanos, Andy Warhol e Jean-Michel Basquiat, que são apresentados neste mural usando luvas de boxe - uma referência a um famoso cartaz de 1985.

Basquiat é uma das maiores influências do paulista Kobra, e também uma grande referência para a street art.

Andy Warhol é a figura mais importante do movimento artístico que ficou conhecido como pop art.

Ambos foram retratados pelo Kobra também no mural Mount Rushmore (veja acima).

Fica bem pertinho do mural do Elvis em Williamsburg, War is hell.

Local: 147 Bedford Avenue, Brooklyn

Christ - Brooklyn

Este mural apresenta um dos principais símbolos do Brasil e uma das maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor do Rio de Janeiro, que, de braços abertos, acolhe a todos.

A intenção deste grafite foi a de passar uma ideia mais positiva do Brasil e dos brasileiros - não é por nada que ele foi pintado na parede do "Petisco Brazuca", onde são vendidas as coxinhas mais famosas de New York.

O Cristo Redentor é o maior símbolo do Rio de Janeiro e, além de ser considerado uma das maravilhas do mundo moderno, é um ícone brasileiro, que representa paz, justiça e liberdade.

Os braços abertos passam a ideia de acolhimento, que caracteriza o povo brasileiro.

Local: 833 Dekalb Avenue, Brooklyn

Frida e Diego - Brooklyn

Neste painel, Kobra amalgamou os rostos dos pintores mexicanos Frida Kahlo e seu companheiro, Diego Rivera. 

Os rostos dos 2 formam um só, neste mural localizado no Brooklyn.

Como vocês sabem, o casal de artistas mexicanos viveu uma história de amor intensa e complicada, e são, até hoje, ícones da cultura mexicana.

Acredito que Kobra é fã da Frida, que ele retratou também no painel Mount Rushmore (veja acima). Além disso, ele, que é autodidata, também já disse que aprendeu muito no início da sua carreira com os métodos de Diego Rivera.

Local: 360 Prospect Place, Brooklyn

Genius is to bike ride - Midtown East

Genius is to bike ride é uma releitura de uma foto famosa do cientista Albert Einstein andando de bicicleta em Santa Barbara, nos EUA, em 1933, e acabou se tornando um dos murais mais conhecidos do Kobra.

Na bicicleta, tem uma placa que apresenta uma nova versão da Teoria da Relatividade: Paz = Amor ao quadrado. 

A primeira versão deste mural foi pintada na Rua Oscar Freire, em São Paulo, e posteriormente apagada, infelizmente.

Como eu disse antes, o cientista aparentemente é um dos maiores ídolos do Kobra, que também o homenageou em New York no mural We love NY², no Chelsea (veja acima). 

Fica em Midtown East, pertinho do mural do bombeiro (leia sobre ele acima). 

Local: 171 E 48th Street, entre as ruas 48th e 49th com a 3rd Avenue

Peace - Midtown

Neste mural em Midtown, Kobra pintou o pop artist Roy Lichtenstein, famoso pelas obras inspiradas em histórias em quadrinhos. 

O painel apresenta uma mistura entre o estilo do próprio Kobra e elementos da arte pop, com um apelo de paz, em referência a uma das obras mais conhecidas de Roy Lichtenstein, "Peace Through Chemistry".

Local: 221/225 E 44th Street

Colors of Liberty - Lower East Side

Neste mural localizado no Lower East Side, Kobra retratou a Estátua da Liberdade de um jeito bem diferente: muito colorida, com um grande chapéu mexicano e uma pomba branca no lugar da chama. 

A intenção é relembrar o significado do monumento mais famoso de New York: a liberdade e o acolhimento aos imigrantes que chegam de outros países. 

Local: 49 Thompson Street/519 Broome St, Soho

Stop guns - Lower East Side

Pintado na escola Cascades High School, no Lower East Side, este painel é um dos mais impactantes do grafiteiro. 

Ele retrata um menino segurando uma arma, enquanto tira uma selfie em uma sala de aula. 

O objetivo deste mural é alertar as pessoas quanto ao perigo representado pelas armas de fogo (especialmente em mãos erradas). 

Local: 231/233 Eldridge Street

The 27 Club - Lower East Side

The 27 Club é um mural que retrata alguns dos artistas mais famosos do mundo que morreram exatamente aos 27 anos de idade, em decorrência do consumo abusivo de álcool e/ou drogas, vício e depressão. 

Neste painel são lembrados Janis Joplin, Jimi Hendrix, Kurt Cobain, Jim Morrison e Amy Winehouse - todos grandes músicos que infelizmente se foram cedo demais - 5 grandes nomes da música e uma trágica coincidência.

Kobra escolheu o Lower East Side para fazer este mural, uma região de intensa vida noturna.

É uma releitura de um outro mural que o próprio Kobra pintou em Pinheiros, São Paulo.

Local: 36/46 Rivington Street

Kobra no Rio de Janeiro

murais do Eduardo Kobra

PS. Eu sei que o post é sobre onde encontrar murais do Eduardo Kobra em New York, mas não resisto a publicar aqui também as fotos que tirei de imagens dele no Rio de Janeiro.

Pra mim, esse mural do RJ, chamado Etnias - todos somos um, é o mais lindo de todos que ele já pintou - e tão gigantesco que não cabe em uma única foto! 💓

O mural tem 15m de altura e 170m de comprimento, e entrou para o Livro Guinness dos Recordes como o maior grafite do mundo.

O painel Etnias foi pintado na fachada de um antigo armazém para as Olimpíadas de 2016. 

O tema principal do mural é a união dos povos e a diversidade dos grupos étnicos dos 5 continentes, pois esse mural do Kobra retrata uma tribo de cada continente: os huli, da Nova Guiné (Oceania); os mursi, da Etiópia (África); os kayin, do Myanmar e da Tailândia (Ásia); os supi, da Lapônia (Europa); e os tapajós, do Brasil (América).
   
murais do Eduardo Kobra

murais do Eduardo Kobra
   
murais do Eduardo Kobra

E você, já viu algum mural do Kobra pelo mundo? Tem algum favorito? Conta pra gente!

Acompanhe tudo no nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #‎PVemNYC. Já tem um monte de dicas e fotos lá das nossas viagens à Big Apple!

Mostrei muito mais dos nossos passeios em New York lá nos stories do Instagram - espia lá que está tudo salvo em várias pastas de destaques de New York!

murais do Eduardo Kobra

Chip de celular para usar internet em NYC

Durante a nossa viagem a New York, usamos o tempo todo chips de celular da Easysim4u.

Com os chips da Easysim4u nos nossos telefones, quando pousamos no Aeroporto JFK recebemos mensagens nos celulares nos dando as "boas vindas", e já estávamos automaticamente conectados à internet, inclusive para usar o Google Maps e conseguir chegar ao hotel. 

Já usamos os chips da Easysim4u em uns 30 países, e foram raras as vezes em que não tivemos cobertura - apenas em alguns lugares bemmmm remotos, ou em países onde eles mesmos avisam que não existe conexão.

Recebemos os chips de telefone em casa, antes de sair do Brasil, colocamos eles nos nossos celulares ainda no avião, e já chegamos em New York com internet funcionando nos telefones!

Nós não vendemos esses chips através do blog - nem nenhum outro produto ou serviço, pois o pequeno viajante não visa lucro, é um blog só para compartilhar dicas de viagem mesmo - então dê uma olhada direto lá no site deles - Easysim4u - para ver como comprar esses chips e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar.

Chip de celular para usar internet em NYC
chip de celular para usar internet em NYC

Chip de celular para usar internet em NYC


Se quiser muito mais dicas de NYC, é só clicar neste link, onde estão nossos muitos posts de New York no blog: New York City



Vai para New York


Clique aqui para comparar tarifas de hotéis e fazer a sua reserva!


Não esqueça de curtir a nossa fan page no Facebook e de nos seguir no Instagram para acompanhar nossas aventuras!

Assista todos os nossos mini vídeos neste link do Facebook, e os vídeos completos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: