Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Conhecendo Rabat, no Marrocos: um belo passeio entre Casablanca, Meknès e Fèz

Rabat, Marrocos: dicas de viagem
Rabat, no Marrocos: um belo passeio entre Casablanca, Meknès e Fèz
Rabat, no Marrocos: um bom passeio entre Casablanca, Meknès e Fèz

Depois de passar o dia anterior desbravando Casablanca, tomamos um bom café da manhã no hotel La Petite Ferme e pegamos a estrada por 115Km até Rabat.

Rabat é uma cidade na beira da água, super agradável, que rende bons passeios de bate e volta a partir de Casablanca, Meknès ou Fèz. 

Como ela estava localizada no nosso trajeto entre Casablanca e Fèz, aproveitamos para conhecê-la no caminho.

A estrada entre Casablanca, Rabat e Fèz é muito boa e muito linda (veja as fotos abaixo), e o pedágio no trecho de 115Km entre Casablanca e Rabat não custou caro: MAD 33.

Para começar esta viagem pelo Marrocos junto conosco, recomendo que você veja primeiro estes posts que já publicamos sobre o país:


Rabat, no Marrocos
não disse que as estradas são lindas nesta região?

Rabat, no Marrocos

Passeando em Rabat, no Marrocos


Em Rabat, estacionamos ao lado da Kasbah des Oudayas, grande atração turística da cidade, classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Pagamos € 3 para os guardadores que estavam ali cuidando os carros, para não nos incomodarmos com eles.

A melhor atração de Rabat é justamente a Kasbah des Oudayas, toda azul e branca, com muralhas de 'pisé' (o material de construção mais usado no Marrocos, que é uma argila ou lama seca ao sol). 

Construída em 1150 pelos Almóadas (dinastia berbere que dominou o Norte de África e parte da Península Ibérica de 1147 a 1269), essa fortificação está ligada ao resto da cidade pela porta Bab el Kebi, que estava sendo restaurada quando estivemos lá. 

As portas das casas dentro da 'kasbah' são incríveis. 

Rabat é a capital imperial do Marrocos e fica localizada nas margens do Rio Bu Regregue e do Oceano Atlântico - a Kasbah des Oudayas, em português "Casbá dos Udaias", é um forte real da era berbere, e está rodeado de jardins formais projetados pelos franceses, com vistas lindas sobre o Oceano Atlântico.

Além de ser a capital formal do Marrocos - embora a capital turística, Marrakesh, seja infinitamente mais conhecida - Rabat é também o centro político e diplomático do país. 

Passeamos pela Kasbah e também pela Medina de Rabat, tudo a pé. 

Também achamos muito impressionante o enorme cemitério na beira do mar.

Vimos ainda a imensa Torre Hassan (minarete do século XII) e o Mausoléu de Maomé V, mas de longe, não entramos.  

Como achamos tudo muito civilizado e estávamos ansiosos por algo um pouco mais exótico, resolvemos riscar Meknès do nosso roteiro (eu já conhecia a cidade de uma outra viagem anterior ao Marrocos), e seguir direto para Fèz, a 200Km de Rabat. 

Rabat, no Marrocos
do lado de fora da cidadela fortificada, Rabat é uma cidade bem comum

Rabat, no Marrocos
fortificação à beira mar em Rabat, Marrocos

Rabat, no Marrocos
muralhas da Kasbah des Oudayas

Rabat, no Marrocos
Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
as muralhas externas da Kasbah des Oudayas são de 'pisé'

Rabat, no Marrocos
lá do alto da Kasbah, lindas vistas do mar

Rabat, no Marrocos
um cemitério impressionante na beira do mar

Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
e, por dentro da Kasbah, é tudo azul e branco

Rabat, no MarrocosRabat, no Marrocos


Rabat, no Marrocos
ruelas estreitas com todas as casas pintadas de azul e branco na Kasbah de Rabat

Rabat, no Marrocos
Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
a Medina de Rabat, pertinho da Kasbah, é super civilizada

Rabat, no Marrocos
se não fosse pelos produtos peculiares à venda, eu diria que parece até um shopping center...

Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
a Medina de Rabat é realmente bem tranquila para passear

Rabat, no Marrocos
a Medina de Rabat tem um estilo mais "mediterrâneo" do que aquele caos árabe das Medinas de Fèz e Marrakesh

Dica de roteiro no Marrocos


É bom avisar que, se você ainda é principiante nessas viagens para lugares "exóticos", pode ser uma ótima idéia começar o seu roteiro exatamente como nós fizemos: chegue em Marrakesh e pegue logo a estrada para Casablanca, Rabat e Mèknes, que são lugares mais "civilizados" e tranquilos para começar a entrar no clima!

A mesma dica vale se você vier de ferry da Espanha e chegar em Tânger; ou se voar direto para Casablanca: comece o seu roteiro desbravando o Marrocos por estas cidades mais 'light'.

Deixe para enfrentar as labirínticas Medinas de Fèz e Marrakesh e a aridez do deserto, dos desfiladeiros e das montanhas no interior do país quando já tiver "entrado no clima" - assim o choque cultural será menor.

Rabat, no Marrocos
uma medina tranquila assim é um ótimo lugar para começar a desbravar o Marrocos

Continuando viagem pelo Marrocos


Saímos em direção a Fèz às 2pm e levamos 2hs até chegar lá, às 4 da tarde.

Alguns trechos da estrada foram excepcionalmente bonitos e incrivelmente verdes.

Neste trecho de estrada de 200Km entre Rabat e Fèz, o pedágio custou MAD 50. 

Rabat, no Marrocos
ticket de pedágio no Marrocos

Rabat, no Marrocos
estradas incrivelmente bonitas entre Rabat e Fèz

Rabat, no Marrocos


Diário do Peg


Como disse a vocês, na medida do possível, vou colocar nestes posts do Marrocos também as impressões do Peg durante a viagem, e não só as minhas. Por sorte minha, casei com um homem que gosta de emoções fortes, assim como eu hehehehe...olha o que ele escreveu sobre Rabat:

A cena é corriqueira.

Medina de Rabat. Comparando com outras que visitamos (Fèz e Marrakesh, especialmente), nitidamente é a mais 'mansa'.

Estava quase vazia, sem gritos, sem bate-bocas, sem turistas passando por apertos.

Decidimos seguir direto para Fez, em busca de mais 'emoção'...

Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
quem não ama essas portas marroquinas?

Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
Medina de Rabat, no Marrocos

Rabat, no Marrocos
Conhecendo Rabat, no Marrocos: um belo passeio entre Casablanca, Meknès e Fèz

Vídeo de Casablanca, Rabat e Fèz


Neste vídeo, você verá os melhores momentos dos primeiros dias da nossa viagem pelo Marrocos, que passamos entre as cidades de Casablanca, Rabat e Fèz.


 

Já esteve no Marrocos? Deixe a sua dica na nossa caixa de comentários! Adoramos as contribuições de vocês!

Durante esta viagem, nós usamos a hashtag #LipenoMarrocos nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só ir na # e ver todas as muitas dicas que já postamos!

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!

Na época em que estivemos no Marrocos (fevereiro de 2017), a cotação da moeda era em torno de MAD 10 = € 1.


Precisa reservar um hotel para a sua viagem ao Marrocos?

Em Casablanca, nós ficamos no La Petite Ferme.

Em Fèz, ficamos num riad lindo, o Toyour Fez, muito recomendado!

Em Marrakesh ficamos em 2 riads diferentes, e gostamos muito de ambos: o Le Bel Oranger e o El Wiam. Recomendamos os 2!

No Deserto do Saara, escolhemos ficar em Hassilabied, que é o vilarejo mais próximo das dunas, a "porta de entrada" do deserto. Nos decidimos pela Casa Hassan e não poderíamos ter feito escolha mais feliz!

No nosso acampamento no Saara, ficamos no Moda Camp Merzouga, um luxo no meio do deserto!

Na Garganta do Dadès, passamos a cidade de Boulmalne du Dadès e continuamos até o povoado de Tamellalt, onde nos hospedamos no Auberge Miguirne "Chez Ali", que fica no Km 14 da rota do Gorge de Dadès.

Em Ouarzazate, ficamos no Maison d'Hote Ecolodge l'île de Ouarzazate, que tinha nota excelente na avaliação do Booking e custava MAD 428 com café da manhã e estacionamento.

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Pegoraro - FPV

Comente este Post:

0 comentários: