Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Roteiros Vikings na Noruega: onde encontrar atrações da Era Viking em terras norueguesas

Quer conhecer atrações Vikings na Noruega? Tem interesse num roteiro Viking na Noruega e saber um pouco mais sobre a Era Viking? Saiba onde encontrar lugares relacionados aos Vikings na Noruega.
Roteiros Vikings na Noruega
Roteiros Vikings na Noruega

Quer conhecer algumas atrações Vikings na Noruega? Tem interesse em saber um pouco mais sobre a Era Viking?

Quando fomos à Islândia, eu já tinha me interessado pela cultura Viking e tido um gostinho das coisas relacionadas a esses povos nórdicos, mas se, assim como nós, você assistiu à série Vikings no Netflix e se apaixonou por tudo o que tem a ver com a temática, o lugar certo para você visitar é mesmo a Noruega, onde vai encontrar uma infinidade de lugares e atrações - mais ou menos autênticas - relacionadas à Era Viking

Roteiros Vikings na Noruega
Roteiros Vikings na Noruega

artefatos Vikings em museu de Oslo

Quem foram os Vikings

Poucos povos na história mundial são tão interessantes quanto os Vikings, que eram considerados os predadores mais assustadores e temidos da Europa no seu tempo, e foram imortalizados até mesmo nas histórias em quadrinhos com Asterix e Hägar.

Eles eram comerciantes, fazendeiros, exploradores, piratas nórdicos e guerreiros marítimos escandinavos que invadiram, exploraram e colonizaram diversas regiões. 

Viveram durante a Era Viking, entre os anos 790 e 1066 d.C. A Era Viking faz parte da pré-história - no fim da Idade do Ferro - e foi seguida pelo início da Idade Média.

A população da Escandinávia estava aumentando muito na época, e as terras disponíveis para a agricultura eram insuficientes para fornecer a alimentação necessária para todos. Ao mesmo tempo, as técnicas de construção dos navios Vikings atravessava uma época de desenvolvimento incrível, o que acabou estimulando que eles se lançassem ao mar em busca de novas terras para plantar. 

As terras natais dos Vikings eram Noruega, Suécia e Dinamarca. Aliás, também não é difícil encontrar lugares relacionados à Era Viking na Suécia e na Dinamarca, assim como na Islândia, que eu mencionei antes. 

Os Vikings costumavam usar lanças (como o deus Odin) e machados e, na verdade, seus capacetes não possuíam chifres (como são retratados hoje em dia). Viajavam em barcos rápidos de madeira chamados drácares - "dragão" - porque tinham cabeças do animal mítico esculpidas nas proas. A velocidade desses barcos facilitava ataques-surpresa e fugas quando necessário. 


na verdade, não há nenhuma evidência histórica de que os capacetes dos Vikings possuíam chifres, como costumam ser retratados


os barcos Vikings eram muito avançados para a época - feitos de madeira, eram super rápidos

navio Viking original - com mais de 1000 anos - em museu de Oslo

Os Vikings fizeram a primeira investida no oeste no final do século 8. 

Os povos nórdicos já haviam estado em terras britânicas desde os anos 780, mas os primeiros relatos de invasões Viking datam de 793, quando piratas nórdicos atacaram e saquearam o famoso Mosteiro de St Cuthbert, na ilha de Lindisfarne, na costa leste da Inglaterra, em Northumberland - quem assistiu a série 'Vikings', disponível no Netflix, já sabe de tudo isso! 

Os Vikings saquearam rapidamente o mosteiro, mataram os monges que resistiram, destruíram comunidades cristãs, carregaram seus navios com todos os objetos de valor que encontraram por lá e escravos ('thrall') e voltaram à Escandinávia. 

Nos 200 anos seguintes, a história européia é repleta de contos sobre os Vikings e suas pilhagens. O maior impacto que a Escandinávia teve na história mundial aconteceu justamente durante a Era Viking.

O tamanho e a frequência das incursões contra a Inglaterra, Irlanda, França e Alemanha aumentaram a ponto de se tornarem invasões. Eles saquearam cidades importantes como Hamburgo, Utrecht e Rouen. Criaram colônias que serviriam como bases para futuras incursões. 

As colônias no noroeste da França ficaram conhecidas como 'Normandia' (nome que vem de 'homens do norte'), e os residentes eram chamados de 'normandos'. 

Esse período, entre as primeiras invasões Vikings na década de 790, até a conquista normanda da Inglaterra, em 1066, ficou conhecido como a Era Viking da história escandinava, que chegou ao fim quando o Cristianismo e a civilização europeia chegaram à Escandinávia. 

As expedições militares dos reinos da Dinamarca, Noruega e Suécia acabaram substituindo as expedições de pirataria dos Vikings, que já estavam enfraquecidos pelas disputas domésticas. Além disso, os europeus haviam aprendido, depois de tantas perdas, como resistir aos ataques nórdicos e se defender, através da construção de fortificações.

Deve ter sido incrível viver nessa época de descobertas, em que eles sequer sabiam se havia mesmo um mundo a oeste, e saíam destemidos do litoral norueguês a explorar os mares, sem ao menos poder imaginar o que enfrentariam!

Se vocês pudessem escolher um período na história para fazer uma viagem no tempo, para que época iriam? Eu certamente escolheria a Era Viking!

Os Vikings podem ter desaparecido na história, mas certamente foram os precursores da moderna Noruega.


artefato da Era Viking em museu na Noruega

Roteiros Vikings na Noruega
museu Viking em Lofoten

Roteiros Vikings na Noruega

A energia Viking na Noruega é muito forte, assim como na Suécia, Dinamarca e Islândia.

Não é difícil encontrar 'Viking vibes' viajando pela Noruega, embora você não deva ir para lá esperando cruzar com um autêntico Viking norueguês no meio da rua. 😏

Existem museus, parques temáticos, festivais e sítios arqueológicos espalhados pelos 4 cantos do país, que você pode visitar - mas é certo que o mais provável é que você vá sentir a energia Viking na Noruega onde menos espera - seja admirando um fiorde lá do alto, navegando num ferry ao atravessar um desses braços de mar, ou fazendo uma trilha pelas montanhas...vibrações Vikings estão por todo lado em terras norueguesas. 

Abaixo, uma lista de atrações turísticas Vikings e lugares mais específicos onde encontrar o legado Viking na Noruega, como prometido no título do post:

Roteiros Vikings na Noruega
você encontrará Vikings até nas decorações dos prédios

Museu do Navio Viking em Oslo

Museu fabuloso em Oslo, um dos mais populares da Noruega, visitado por meio milhão de visitantes todos os anos.

Todos os navios no Museu do Navio Viking (Viking Ship Museum) eram embarcações oceânicas antes de serem transportadas para terra firme, cerca de 1100 anos atrás, para serem usadas ​​em rituais funerários de seus ricos proprietários, provavelmente nobres. Quando Vikings importantes morriam, eles eram colocados em navios-túmulos.

Nos navios-túmulos, os arqueólogos desenterraram esqueletos e itens que os Vikings acreditavam que seriam úteis na vida após a morte (os quais eram enterrados junto com eles): comida, bebida, jóias, roupas, móveis, esculturas de madeira, carruagens, armas e até mesmo alguns cães de estimação!

Não deixe de assistir o filme 'The Vikings Alive', uma viagem visual para a Era Viking. Um navio Viking é construído, navega ao longo dos fiordes noruegueses no oceano, e termina seus dias como navio funerário para um rei. 

O filme é projetado no teto abobadado do museu, e permite que a gente sinta um pouquinho como eram as coisas na Era Viking.

filme projetado no teto do museu em Oslo

urna funerária enterrada com os pertences de um nobre Viking

Descobertos no Oslofjord no final do século 19, os navios e artefatos do museu foram restaurados e oferecem uma visão emocionante da Era Viking. 

Há 3 navios no total, todos nomeados pelos seus lugares de descoberta: Oseberg, Gokstad e Tune. 

O mais impressionante dos 3 é o Oseberg. A câmara funerária dele tinha a maior coleção de artefatos da Era Viking já descoberta na Escandinávia, embora as jóias tivessem sido saqueadas. Por mais intimidador que ele pareça, contudo, provavelmente foi usado apenas como embarcação real de passeio. 

O navio mais robusto e o melhor exemplo de um navio Viking é o Gokstad, de 24m de comprimento, construído por volta do ano 890. 

Infelizmente, quando foi desenterrado, sua câmara funerária já havia sido saqueada, e poucos artefatos foram encontrados. 

Há também o 3º barco, o menor, chamado Tune, que não está completo - mas o que restou é incrivelmente bem preservado.

Tem que deixar as mochilas num guarda-volumes (grátis) para poder entrar no Museu do Navio Viking. A lojinha de souvenirs do museu é super completa, com um monte de lembrancinhas legais para quem curte a temática 'Viking'! Um audio guide gratuito está disponível para download como aplicativo de smartphone.

Abre das 9 às 18hs no verão.

Veja mais no post O que fazer em Oslo

um dos 3 navios Vikings do museu em Oslo

artesanato Viking em madeira

Roteiros Vikings na Noruega

mapa que mostra as rotas marítimas traçadas pelos Vikings na sua era

Kaupang

Ruínas arqueológicas com vestígios de uma cidade Viking do século 9. 

Eles acreditam que mais de 1000 Vikings viviam lá!

Ilha de Karmoy

Imagina participar de um Festival Viking na Noruega

Todos os anos, na primeira semana de junho, é realizado um divertido festival na Fazenda Viking de Avaldsnes!

O Festival Viking de Avaldsnes se tornou o maior festival Viking da Costa Oeste da Noruega. A Fazenda Viking fica lotada com mais de 200 Vikings de toda a Europa, vivendo em suas tendas. Eles têm venda de artesanato e comida Viking, e Vikings furiosos lutam no teatro para um público super empolgado. 

Também tem contadores de histórias, música Viking e você e seu pequeno viajante podem participar de atividades de tiro com arco, passeios a cavalo, oficinas, etc.

Fotos: Divulgação

Festival Viking de Avaldsnes

Balestrand

Terra de fiordes com impressionantes sítios arqueológicos da Era Viking, onde foram escavados barcos, esqueletos, jóias e várias armas.

Eidfjord

Cemitério Viking sobre o fiorde, com 350 túmulos. 

Esse é o maior sítio da Idade do Ferro na Noruega, e data dos anos 400 a 1000 d.C. Tem uma trilha para caminhadas de 1h30min. 

Gudvangen

Gudvangen fica localizada no Fiorde de Nærøy (Naeroyfjorden), um dos braços do Fiorde de Sogn,  famoso pela natureza selvagem e paisagens deslumbrantes, que lhe deram o título de Patrimônio da Humanidade

O povoado de Gudvangen, localizado na cabeceira do Naeroyfjorden, é selvagem, cheio de cachoeiras despencando dos penhascos gigantescos. 

A mais bonita destas cachoeiras é a Kjelsfossen, que despenca de um dos paredões do Vale Nærøydalen, acima da aldeia de Gudvangen.

Tem um barco Viking no porto, loja de souvenirs bem legal, uma aldeia Viking onde você pode experimentar atirar machados e arco e flecha (achei caro o ingresso por 200 coroas), uma ponte peatonal e lugares para estacionar motorhomes perto do posto de gasolina, onde acredito que seja possível pernoitar.



Fiorde de Nærøy em Gudvangen

a aldeia Viking de Njardarheimr

Em Gudvangen, é possível pegar passeios turísticos de barco pelo Naeroyfjorden, conhecido como o fiorde mais lindo do mundo, e também ferries regulares até Flam. Mas eu não recomendaria reservar um passeio de barco com antecedência, porque, num dia como o que estivemos lá, por exemplo, abaixo de garoa, seria um desperdício de coroas norueguesas fazer um passeio assim.

Se você nunca fez um passeio de barco num fiorde antes, aproveite a oportunidade e conheça este, que, na minha opinião, é o mais selvagem 💓

Não deixe de ir pela margem esquerda do fiorde até a cachoeira Tuftefossen, no Naeroyfjorden.

Entre Gudvangen e Flam, passamos por 2 túneis intermináveis, um de 11Km e outro de 5Km.

Roteiros Vikings na Noruega
meu pequeno Viking em Gudvangen, Nærøyfjorden 👹

Salão do Rei Håkon em Bergen

Os fãs dos Vikings vão amar um impressionante salão cerimonial construído pelo Rei Håkon Håkonsson em 1247 para o casamento e a coroação de seu filho, o King Håkon's Hall.

Espalhados por 3 andares bem restaurados, o grande destaque é a sala de banquetes do último andar, onde banquetes luxuosos eram realizados.

Abre às 10hs.

Veja mais no post O que fazer em Bergen

Roteiros Vikings na Noruega
salão cerimonial de banquetes do Rei Håkon em Bergen

Tonsberg

Cidade mais antiga ainda habitada da Noruega, fundada no sul do país por volta do ano 871, com túmulos e ruínas da Era Viking.

Lindesnes

Centro histórico, um canal escavado pelos Vikings ao longo da península e pinturas rupestres.

Stiklestad

Local de uma batalha épica no século 11 que mudou para sempre a história Viking, com a morte do Rei Olav II, em 1030.

A entrada no local da batalha é grátis e o lugar parece um grande parque temático, com exibições sobre a famosa batalha, um museu folclórico ao ar livre e uma igreja do século 12.

Trondheim

Trondheim é a 3ª maior cidade da Noruega e já foi capital do país.

Cidade universitária, tem uma longa história medieval, tendo sido fundada, na margem do Rio Nidelva, em 997 pelo Rei Viking Olav Tryggvason, que trocou o culto aos deuses nórdicos em favor do Cristianismo.

A Catedral de Nidaros - Nidaros Domkirke - é a catedral medieval de Trondheim, e foi construída sobre o túmulo de São Olavo - que foi o Rei Viking Olav até sua morte, na batalha de Stiklestad, em 1030.

O túmulo de São Olavo tornou-se ponto de referência religioso do norte para os peregrinos europeus, com Roma ao sul, Jerusalém a leste e Santiago de Compostela a oeste. Em Nidaros, completei todas as minhas peregrinações europeias (Roma, Jerusalém, Compostela e Trondheim)!

É o maior edifício medieval da Escandinávia, e lá ocorrem as cerimônias de coroação dos reis noruegueses.

O caminho de peregrinação até Trondheim continua ativo - é o Caminho de São Olavo. Na Noruega, tem início em Oslo e vai até a Catedral Nidaros em Trondheim. Tem os pontos de pernoite, assim como o passaporte de participação, exatamente como no Caminho de Santiago de Compostela.

Teremos que voltar para fazer! Informações aqui.

No cemitério que fica no entorno da Catedral, você verá que os nomes nos túmulos de pessoas falecidas mais recentemente são os mesmos nomes usados pelos Vikings há mais de 1000 anos: Sigurd, Harald ou Gunhild são alguns dos nomes Vikings mais comuns, usados até hoje na Noruega. 

Estava acontecendo na cidade, justamente quando estivemos lá, o festival de São Olavo, e todo o centrinho estava atolado de palcos de apresentações musicais e barracas vendendo comida.

Roteiros Vikings na Noruega

estátua de São Olavo na praça central de Trondheim

Museu Viking de Lofotr

Museu incrível em Lofoten num sítio arqueológico com muita atmosfera Viking, com funcionários vestidos a caráter, artesãos e até cavalos 'Vikings', como diria o Lipe (na verdade, cavalos islandeses levados para o Arquipélago de Lofoten). 

Já tínhamos conhecido e nos encantado com essa raça de cavalos uns anos antes, quando estivemos na Islândia, e foi muito legal "reencontrá-los"! 

Essa raça de cavalos, que você poderá encontrar no Viking Museum de Lofoten, foi desenvolvida na Islândia e, por lei, é proibida a importação de outras raças de cavalos para o país (para manter a pureza da raça e evitar doenças), e os animais islandeses exportados, como este, que encontramos pastando em Lofotr, no arquipélago norueguês de Lofoten, nunca mais poderão retornar ao país de origem - um verdadeiro 'expat'.

O Museu Viking de Lofotr fica localizado nas margens da E 10, a estrada que atravessa as Ilhas Lofoten de um lado a outro. Funciona das 10 às 19h.

A história conta que em 1981 um fazendeiro descobriu as ruínas de uma moradia de 83m de comprimento de um poderoso chefe Viking, e esta foi a maior habitação Viking jamais descoberta na Escandinávia. 

O museu oferece uma boa visão de como era a vida nos tempos Vikings. Existem várias trilhas ao redor do prédio que é uma réplica da moradia ('longhouse'), que mais parece um barco virado de cabeça pra baixo, e as trilhas levam até uma réplica de um barco Viking.

De todos os legados Viking que vimos na Noruega, esse é o mais legal para crianças.

Lofotr Viking Museum no Arquipélago de Lofoten

Roteiros Vikings na Noruega



réplica de uma 'longhouse' Viking em Lofoten

Roteiros Vikings na Noruega
Roteiros Vikings na Noruega

no Museu Viking de Lofotr

10 curiosidades sobre os Vikings noruegueses

  • Você sabia...que a palavra Viking vem de Vík, do antigo idioma nórdico, que significa baía? Isso se deve provavelmente aos lugares - pequenas baías - onde os Vikings ancoravam seus barcos ao desembarcarem em novas terras para fazer suas pilhagens.
  • Você sabia que...os primeiros Vikings desembarcaram na Islândia por volta do ano 850? Eles chamaram a ilha de Terra da Neve = Snaeland. 
  • Você sabia que...existem evidências arqueológicas de que os Vikings chegaram até Bagdá, que era o centro do Império Islâmico? Eles também tentaram invadir Constantinopla 6 vezes, mas a cidade era muito bem defendida e os Vikings nunca chegaram a tomar a atual Istambul. 
representação dos Vikings chegando ao Oriente Médio no Museu do Navio Viking de Oslo

mapa que mostra por onde se alastraram os Vikings - Fonte: Wikipedia
  • Você sabia que...a bebida Viking mais famosa é o hidromel ('mjød', em norueguês), uma cerveja alcoólica adoçada com mel?
  • Você sabia que...os Vikings foram os primeiros europeus a chegar na Groenlândia e na América do Norte? O explorador Viking Leifur Eiríksson navegou até a costa leste do continente americano por volta do ano 1.000 d.C., ou seja, 500 anos antes de Cristóvão Colombo!
  • Você sabia que...os Vikings cultuavam os 'Aesir', antigos deuses nórdicos? Os principais deuses cultuados na Escandinávia eram Óðinn, Þór (Thor) e Freyr que, nos templos, se sentavam sobre um trono triplo. Thor, que era "o mais poderoso", sentava-se sobre o trono central, enquanto Odin, o deus da guerra e da poesia, e Freyr, sentavam-se a seu lado. Freyr era retratado com um imenso pênis ereto, Odin usava uma armadura e tinha uma presença intimidante, e Thor segurava uma clava. Os deuses eram homens, e se tornaram imortais devido aos seus atos heróicos. Eles costumavam oferecer sacrifícios aos deuses. Em caso de uma fome ou praga, o sacrifício era dedicado a Thor; se ocorresse uma guerra, um sacrifício era feito para Odin; e, em caso de casamento, sacrifícios eram feitos para Freyr. Thor era o deus das pessoas comuns, tinha o cabelo vermelho e controlava os trovões, ventos, tempestades e desastres naturais; era, por isso, uma divindade vital para os fazendeiros e pescadores, que queriam sempre tê-lo ao seu lado. Freyr representava a fertilidade e sexualidade, trazia a primavera, e estava a cargo da perpetuação de todas as espécies (humana e animais).
deuses nórdicos
  • Você sabia que...os Vikings acreditavam que, se eles morressem durante uma batalha, o todo-poderoso Odin os levaria para o paraíso, chamado 'Valhalla'? Lá, poderiam lutar os dias inteiros e beber à noite com lindas mulheres.
  • Você sabia que...os Vikings eram tão ferozes e destemidos nas batalhas que a palavra 'berserk' (furioso) vem de 'bare shirt', se referindo à maneira como eles lutavam, de peito aberto, sem armaduras?
  • Você sabia que...os deuses Vikings deram seus nomes aos dias da semana em inglês? 'Tuesday' vem de Tyr´s Day, 'Wednesday' vem de Odin´s Day, 'Thursday' vem de Thor´s Day, e 'Friday' vem de Freyr´s Day. 
  • Você sabia que...na sociedade Viking, as mulheres tinham uma posição mais importante do que as mulheres no resto da Europa na mesma época? As Vikings tinham direito ao divórcio e mantinham as propriedades da família quando os maridos morriam. Quando os homens Vikings viajavam para as pilhagens - o que era frequente - elas ficavam de chefes das fazendas. 
Roteiros Vikings na Noruega


Roteiros Vikings na Noruega
as mulheres eram mais respeitadas na sociedade Viking do que em alguns países hoje em dia

Roteiros Vikings na Suécia

Como falei, a cultura Viking é forte em toda a Escandinávia, e não apenas na Noruega. 

Achei que não custava incluir aqui 3 lugares legais onde você poderá encontrar mais coisas sobre a temática Viking também na Suécia

Em Estocolmo, o Museu de História - Historiska Museet é super recomendado para quem tem interesse nos Vikings. 

O áudio-guia pode ser acessado gratuitamente usando seu smartphone (o museu tem wi-fi). A entrada é grátis com o Stockholm Pass.

O Museu de História da capital sueca abrange mais de 10.000 anos de cultura e história da Suécia, exibindo desde artefatos da Idade do Ferro e um barco Viking, até obras medievais e trípticos da Renascença.

A exposição mais famosa é sobre a Batalha de Gotland em 1361. No subsolo, o Gold Room é cheio de pilhagens da Era Viking e outros tesouros preciosos.

Para almoçar, a recomendação é um restaurante Viking em Gamla Stan, a na Cidade Velha de Estocolmo: Aifur Restaurante and Bar.

Uppsala é outra importante cidade Viking na Suécia, 70Km ao norte de Estocolmo. Surgiu no século 6, e é uma das cidades mais antigas do país. 

Gamla Uppsala, a cidade velha, 4Km ao norte da cidade atual, era o centro pagão da Suécia, e era lá que ficava o Templo de Uppsala, um templo Viking onde eram idolatrados os principais deuses nórdicos. 

Para quem assistiu a série Vikings, não precisa nem dizer 2 vezes: Uppsala aparece na série, como um lugar de peregrinação onde foram Ragnar e sua turma, e é óbvio que queríamos muito conhecer esse lugar tão importante desde a Era Viking!

Mas este post é sobre os Vikings na Noruega, então vou deixar para contar a vocês sobre a nossa visita ao templo pagão Viking de Uppsala quando escrever outro post sobre essa linda cidade sueca!

Gamla Uppsala




museu em Gamla Uppsala, importante sítio Viking na Suécia


túmulos em Gamla Uppsala

Para lembrar do seu roteiro Viking na Noruega

Certamente não faltarão oportunidades neste roteiro para você comprar todo tipo de badulaque Viking de recordação da sua viagem pelas atrações Vikings da Noruega.

Fiz uma pequena seleção de fotos abaixo do tipo de souvenirs que vocês vão encontrar por lá: de camisetas para crianças e adultos a pequenas lembrancinhas, de enormes couros/peles de renas a todo tipo de artesanato - prepare o bolso!

Veja:

Roteiros Vikings na Noruega
de couros de animais a machados Viking, tem de tudo!




Roteiros Vikings na Noruega

souvenirs Vikings na Noruega

Você já esteve na Escandinávia? Viu algum legado Viking na Noruega? Tem dicas de lugares relacionados à Era Viking na Noruega? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Durante a nossa viagem pela Noruega, nós usamos a hashtag #LipenaNoruega nas nossas redes sociais 😊

Fiz várias pastas de "destaques" da Noruega lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis!


Você também nos encontra aqui:

Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: