Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Trilha Preikestolen com crianças: um guia completo com tudo o que você precisa saber para completar a trilha mais famosa da Noruega com seu pequeno viajante!
Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Este post é sobre a Trilha Preikestolen com crianças: um guia completo com tudo o que você precisa saber para completar a trilha mais famosa da Noruega com o seu pequeno viajante!

Preikestolen é a trilha mais conhecida da Noruega, a Pedra do Púlpito que enfeita milhões de cartões postais do país, e o mesmo número de fotos no Instagram.

Pois aqui neste post vai a nossa contribuição para o aumento destes números!

A Trilha Preikestolen era o ponto turístico número 1 na imensa lista de atrações que queríamos conhecer na Noruega, mas tínhamos sérias dúvidas sobre como seria fazer a Trilha Preikestolen com crianças.

Não encontrei nenhuma matéria sobre famílias que tivessem ido a Preikestolen com crianças, mas estava confiante por ter visto muitas fotos de crianças em Preikestolen.

Também conhecida como 'Pulpit Rock', no Lysefjorden, Preikestolen é considerada uma trilha relativamente fácil para os padrões noruegueses, com 8Km de comprimento, e leva em torno de 4hs.

O destino é uma formação rochosa impressionante, de 25m2 no topo, debruçada sobre o Fiorde de Lyse, com 604m de altura sobre a água e penhascos de 3 lados.

Sobre nossas dicas de viagem à Noruega, leia também:


Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Veja aqui o vídeo sobre a Trilha Preikestolen com crianças na Noruega que já está publicado lá no nosso canal YouTube:

Onde pernoitar perto de Preikestolen

Mesmo cheio de motorhomes, e tendo chegado quase meia noite lá, encontramos vaga para estacionar. O lugar é perfeito para pernoitar na véspera de fazer a Trilha de Preikestolen, e a vista do Lysefjorden é linda!

Trata-se de uma 'rest area' gratuita na boca do Fiorde de Lyse - coordenadas N58.9105,E6.07761 - a 17min/17Km do estacionamento de Preikestolen, bem pertinho do ferry Lauvvik - Oanes.

De Oslo até essa área de descanso são 7:15hs/431Km.

Dormindo lá, grátis, no dia seguinte você acorda e só precisa andar mais 17Km até o estacionamento de Preikestolen.







Estratégia de roteiro para a Trilha Preikestolen

Neste dia, um domingo, pretendíamos fazer a Trilha Preikestolen e depois dirigir o máximo possível no caminho para Bergen, passando pelas Rotas Ryfylke e Hardanger.

De Preikestolen até Bergen são 343Km/7hs no Google Maps, e já sabíamos que não conseguiríamos dirigir tudo isso depois de fazer a trilha, mas fizemos ainda menos do que o esperado, porque só saímos de Preikestolen quando já eram quase 17hs, e estava caindo uma chuvarada!

As estradinhas norueguesas começavam a nos mostrar que são realmenteeeee lentas e que não adiantava ter pressa, porque queríamos parar a todo instante para ver todas as belezas do caminho.

Se eu tivesse mais um dia extra de férias para encaixar no nosso roteiro, seria exatamente aqui, entre Preikestolen e Bergen.  

Fica a dica, portanto: não planeje fazer muita coisa no mesmo dia, depois de fazer a caminhada até a Pedra do Púlpito - especialmente se você for fazer a Trilha Preikestolen com crianças! 😜


Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen com crianças

Onde estacionar em Preikestolen

Acordamos às 7hs e, depois de um café da manhã reforçado, seguimos para o estacionamento da trilha de Preikestolen, 17Km adiante do local onde havíamos pernoitado grátis.

O estacionamento no upper parking custou 250 coroas norueguesas por tempo ilimitado durante o dia, mas é proibido pernoitar lá. Paga-se com cartão de crédito no parquímetro.

Achamos super caro esse estacionamento, mas, se você considerar que a trilha é super bem cuidada e sinalizada, que tem um monte de garotos lá trabalhando para manter a organização destes estacionamentos e tal, e que obviamente não se paga nada para visitar esse local e fazer a trilha até Preikestolen, é justo para pelo estacionamento.

Tem um camping perto do estacionamento (uns 2,5Km), onde dá para pernoitar na véspera, mas deixando seu motorhome lá nesse camping vai aumentar pelo menos uns 5Km na sua trilha. Não vejo vantagem - ainda acho mais negócio pernoitar na nossa 'rest area' grátis a 17Km do estacionamento e pagar estacionamento na cabeceira da trilha no dia seguinte.

upper parking deixa a trilha 400m mais longa, mas bem menos íngreme no início - um bom negócio com crianças.



Trilha Preikestolen com crianças na Noruega



Ficha técnica da Trilha Preikestolen


Temporada: abril a setembro
Distância: 8Km (desde o upper parking)
Ganho de elevação: 350m
Tempo aproximado: 4 horas, entre ida e volta

Detalhe importante: é proibido voar drones sobre Preikestolen - não perca seu tempo (e esforço físico) carregando a mochila com o bichinho montanha acima!



é proibido voar drones sobre a Pedra do Púlpito na Noruega

Como é a Trilha Preikestolen na Noruega


Começamos a subida às 9hs e chegamos em Preikestolen às 11hs. Descemos às 13hs e chegamos no motorhome às 14:30hs. 

Assim, levamos 3:30hs na trilha, e mais 2hs curtindo o visual lá em cima. 

Sem o Lipe, teríamos feito um pouquinho mais rápido, especialmente na descida, quando o pequeno já estava cansado e queria parar com mais frequência para descansar. 

Eu canso muito mais na subida, por falta de fôlego, mas na descida ando 30Km dando risada! 

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Lipe descansando na descida da Trilha Preikestolen

Como falei antes, Preikestolen fica no Lysefjorden, um fiorde com 42Km de comprimento, e as paisagens lá de cima são de tirar o fôlego. A imagem de pessoas com as pernas penduradas balançando no abismo nessa incrível formação rochosa de granito é uma das mais emblemáticas do país. 

A famosa Pulpit Rock recebe quase 300 mil visitantes por ano e, justamente por ser tão popular, a área tem uma ótima infraestrutura para turistas: estacionamento grande, banheiros e restaurante pertinho da trilha. 

Se quiser se hospedar por ali, tem hotel também - veja o Preikestolen fjellstue and Hostel - e camping. 

No dia em que fizemos essa trilha, que só abre de abril a setembro justamente por causa das condições climáticas, o tempo estava maravilhoso, com céu azul e temperatura super agradável. Tivemos sombra na subida e muito sol lá em cima - clima simplesmente perfeito, tudo o que eu havia combinado com São Pedro!

Para quem costuma fazer atividades físicas, a trilha é tranquila (não é por nada que está sempre lotada).

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
bastante gente na Trilha Preikestolen

Começamos relativamente cedo para evitar a muvuca e conseguir tirar boas fotos/curtir a vista sem as multidões mas, mesmo chegando cedo na Pedra do Púlpito, tinha bastante fila para fotos na beira do penhasco - fico me perguntando...como as pessoas ainda têm paciência para isso?!

Como começamos no 'upper parking', a trilha não começou tão inclinada, mas logo vieram várias partes com escadas de pedra mais cansativas. Mas, mais adiante, a subida realmente não é muito íngreme. 

As partes mais íngrimes são justamente no início e no meio da trilha, e esses trechos podem ser um pouquinho mais desafiadores para quem está fora de forma, mas não se assuste, porque o final é mais fácil.

Não vá inventar de desistir no meio do caminho, depois de já ter ultrapassado a parte mais difícil!

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
o começo, vindo do 'lower cark', é bem tranquilo...

mas logo começam as escadarias...

no começo da trilha, a gente ainda consegue ver o 'lower carpark', lá embaixo - neste ponto, a trilha se torna uma só, para quem vem do upper e do lower carparks

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
sem vistas ao longo da trilha, mas cercados de muita natureza!

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
nos últimos metros da Trilha Preikestolen, o terreno é praticamente plano - um platô de montanha

A trilha é bem demarcada e sinalizada.

Não existem banheiros na trilha. Como o Lipe não conseguiu segurar o xixi, teve que ir no matinho.

A maior parte do trajeto não tem vistas, mas o percurso é lindo, com um cenário perfeito de lagos e muitas árvores. 

Na descida, nós vimos várias famílias norueguesas nadando na água gelada dos lagos da trilha, felizes da vida, como se estivessem numa praia do Caribe!

muitas árvores e verde na Trilha Preikestolen

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
noruegueses nadando felizes que nem pinto no lixo num dia de sol e calor

Nos últimos 300m, o fiorde começa a aparecer lá embaixo, e aí é uma overdose visual.

Chegue o mais cedo possível para evitar muvuca. Você não vai se arrepender. Mas, ao mesmo tempo, vale frisar o seguinte: eu normalmente fico incomodada com muvuca de gente, detesto. Ocorre que, em Preikestolen, mesmo com bastante gente - eu não tenho a mínima noção, mas o Peg calculou umas 500 pessoas lá - o número de pessoas não tirou a beleza do lugar.

Acho que eu estava tão encantada com a lindeza daquele lugar que nada poderia atrapalhar o meu deslumbramento hehehe...

Aliás, vale lembrar que lá no Instagram eu fiz várias pastas de destaques dos stories da Noruega - tem "Noruega 1", "Noruega 2", "Noruega 3" e assim por diante - assista aos stories em ordem para não se perder hehehe...


Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
a felicidade de completar a Trilha Preikestolen em família na Noruega

o jeito mais seguro de espiar o abismo

lá embaixo, o espetacular Lysefjorden

Trilha Preikestolen com crianças

Antes da viagem, essa trilha era o que estava me deixando mais ansiosa, não por mim, porque eu subo me arrastando, mas subo; mas sim pelo Lipe. Ele só tem feito as aulinhas básicas de futsal, mas acho que ele anda muito sedentário, então estava um pouco preocupada que talvez ele não conseguisse completar a trilha, cansasse muito, ficasse choramingando pelo caminho.

Preparei ele psicologicamente, prometi Robux (sim, vale chantagem também!) e, nas 3 semanas antes da viagem, eu e ele treinamos feito 2 loucos subindo e descendo os 14 andares de escadas do nosso prédio 5 vezes por dia 😝

Pode parecer maluquice, mas deu certo!

Tinha muita gente com bebês e crianças na trilha (e idosos, e gente com cachorros também) - a maioria pais e mães noruegueses com cara de atletas olímpicos carregando as crianças em mochilas nas costas. Mas também tinha "gente como a gente", passando perrengue e empurrando os filhos montanha acima.

Nossa estratégia foi escolher uma mãe com filho norueguês do tamanho do Lipe que pareciam pessoas "normais", mas acostumadas a fazer trilhas, e seguir o ritmo deles. Cada vez que eles davam uma paradinha para descansar, parávamos também. Quando eles continuavam, continuávamos também.

O menino tinha o cabelo bem ruivinho e o Lipe me dizia "alerta laranja, mamãe!", cada vez que eles levantavam para continuar, e lá íamos nós atrás!

Nosso truque deu certo: logo o Lipe entrou no ritmo deles, íamos nos distraindo com a nossa brincadeira de 'perseguição' aos gringos e, quando vimos, já estávamos no platô no alto das montanhas, onde não havia mais subidas até a Rocha do Púlpito. 

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
segure a mão do seu pequeno viajante!

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
o pequeno viajante tirou até uma soneca enquanto tirávamos 1001 fotos em Preikestolen

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
muitas paradinhas para descanso ao longo da Trilha Preikestolen

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
e muitas crianças na Trilha Preikestolen!


Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
nosso pequeno escalador ficou feliz de poder "escalar" Preikestolen!

O que levar na Trilha Preikestolen com crianças

O básico que você levaria em qualquer trilha:
  • Água
  • Repelente
  • Boné, óculos de sol e protetor solar
  • Lanche (almoçamos sanduíches, bananas, castanhas e chocolates lá em cima, curtindo o visual)
  • Jaqueta impermeável
  • Botas de trilha impermeáveis
  • Máquina fotográfica e baterias extras ou powerbank
Quanto à agua, levamos só 1 litro por pessoa, e foi pouco. Na descida, tivemos que pegar água nas fontes naturais da trilha, que tem água limpíssima e é super tranquilo. Mas...se você tem drama para tomar água de fontes naturais, o ideal é levar pelo menos 1,5l de água por pessoa.

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Segurança na Trilha Preikestolen com crianças

Há alguns dias postei uma foto de Preikestolen no Instagram e várias pessoas perguntaram "mas não tem nenhuma cerca ou tela de proteção??", e a resposta é não - nem cerca, nem sequer um cartazinho com aviso de "cuidado", primeiro, porque para qualquer pessoa minimamente educada, é óbvio que num lugar assim é necessário ter cuidado e desnecessária uma plaquinha com fotinho de caveira para estragar o cenário, e segundo porque na Noruega a natureza fica o mais intocada possível nesse tipo de atrativo turístico (embora eles AINDA matem baleias) e o Estado não é babá de ninguém.

Os pais cuidam dos filhos e...bom, cada um cuida (ou não) de si mesmo. Aos brasileiros (mal) acostumados com um estado protetor, fica o aviso: em Preikestolen, como em todas as outras atrações naturais da Noruega, não existem cercas ou muretas de proteção, então todo cuidado é pouco, mais ainda se estiver com crianças. 

NÃO TEM CERCA, CUIDE DO SEU FILHO (como se precisasse avisar)!

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

o único trecho em que há uma "mãozinha" do homem para deixar a trilha mais segura é nesta parte da foto acima - é uma parte bem estreita, em que há um paredão de um lado e o abismo de outro, então aqui eles construíram esta passarela

nas partes mais largas, onde há espaço para transitar em segurança, não há nenhum tipo de proteção

Dito isso, vale acrescentar que essa formação rochosa recebe quase 300 mil visitantes/ano, e houve apenas um acidente fatal, em 2013.

Mas o comentário unânime entre todo mundo que visita Preikestolen é que dá para passar mal só assistindo o que algumas pessoas sem noção são capazes de fazer por uma foto. 

Se você têm problema com altitude, evite ficar cuidando  os outros, porque dá pra ficar se sentindo mal mesmo, só de olhar a inconsequência do povo! 

Se a mãe deles sonha...😈

precisa?

precisa nº 2?

precisa nº 3?

E uma outra curiosidade: vista de cima, dá para ver que tem uma baita fresta=fenda=rachadura no meio da Pedra do Púlpito, mas não se preocupe, pois os geólogos dizem que aquilo está ali há alguns milhares de anos e que Preikestolen ainda vai ficar ali, intacta, por outros muitos milhares de anos! 

Não vai ser justamente no dia da sua visita que o troço vai despencar! 

É mais fácil cair um raio...

alguém consegue me encontrar nesta foto? dica: estou atrás da fenda - se a Pedra do Púlpito resolve rachar, eu já era!

Onde está o Wally, digo, o pequeno viajante?! Alguém consegue nos encontrar em Preikestolen na foto abaixo? 

Para tirar essas fotos, o Peg deu uma de cabrito montês e escalou um paredão de pedra para ir bem acima da Pedra do Púlpito e nos ver láaaaa de cima:

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega


"Vou ali em cima rapidinho tirar umas fotos", me disse ele. "Tá, vai com cuidado", eu respondi.

Aí, quando cheguei em casa, descobri essas fotos abaixo no cartão de memória da GoPro 😱

"Mas tu não disse que tinha ido com tooooda segurança??" - "Sim, tava super seguro aí!"

E então tu constatas que os conceitos de "cuidado" e "segurança" têm um abismo de pessoa para pessoa! E o pior é que eu sei que o Peg não é de se meter em fria mesmo - ele é muitoooo mais cuidadoso do que eu, por exemplo - mas as fotos desse lugar ajudam na ilusão de ótica mesmo!

precisa nº 4?

precisa nº 5?

Um parênteses sobre as fotos fake do Instagram

Falando neste assunto de fotografias, quero trazer para cá um comentário que fiz lá no Instagram:

Sou eu que estou de mau humor com o Instagram ou tem mais alguém aí de saco cheio e cansado desse comportamento ridículo e fake de grande parte dos perfis de viagem que eu amava seguir?

Eu acho meio óbvio que ninguém tem que ficar comparando sua vida com os 'lifestyles' de Instagrammers profissionais, até porque o Instagram é feito para você postar suas fotos mais bonitas e momentos felizes - não é um lugar pra ficar postando desgraça, que acontece na vida de todo mundo, mas, daí a ficar vendo fotos de mulheres quase peladas em vestidos brancos esvoaçantes e transparentes com balões coloridos no céu naquele frio que faz no amanhecer em Goreme (na Capadócia)...vocês não acham muitooo apelativo?

Nem quero começar a comentar sobre os filtros e photoshops exagerados e fakes, mas vi, há uns dias, num dos perfis noruegueses que eu mais gosto de seguir, um post sobre CAMPING e TRILHA com uma dessas ninfas de vestido branco esvoaçante e pernas de 1,5m de comprimento ao lado de uma barraca pendurada num penhasco no alto de uma trilha que o governo não recomenda que ninguém faça no momento porque é super perigosa e eles contrataram sherpas para melhorar as condições (Reinebringen)...não seria mais adequado postar uma foto de uma atleta de botas GoreTex e jaqueta impermeável?!

Eu acho ótimo ver fotos que me fazem sonhar e desejar novos destinos, mas esse comportamento fantasioso desses perfis cria imagens completamente falsas e ilusórias (sem falar na desinformação e no perigo) que só vão decepcionar as pessoas "normais" quando chegarem lá e perceberem que aquela cachoeira filipina "paradisíaca" está cheia de lixo e com 347 turistas se acotovelando numa fila para tirar aquela foto "dos sonhos"...um pouquinho mais de realidade, por favor!

A vida real, sem tantos filtros, pode ser bonita e 'Instagramável' também 😉

Sou eu que estou de mau humor?? Me digam: que perfis de viagens legais e verdadeiros vocês andam seguindo?

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
foto "vida real" em Preikestolen - com o povo todo na fila lá atrás, porque não adianta querer esconder que tinha uma baita fila para fotos lá na ponta da pedra!

Diário de Preikestolen da Claudia

Conseguimos! 

Vencemos Preikestolen, a trilha mais difícil que o Lipe fez até hoje, 8Km montanha acima, montanha abaixo. 

E foi tomando água de fontes naturais nas trilhas, chupando pirulitos nas dezenas de decolagens e aterrisagens e comendo miojo nas emergências que esse gurizinho viajou conosco por 62 países nos últimos 10 anos, enfrentando ursos no Canadá e cheetahs na Namíbia, conhecendo tribos nativas, experimentando comida oferecida pelos indianos nos trens locais e, hoje, subindo no alto da Pedra do Púlpito, a trilha mais famosa da Noruega. 

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen com crianças na Noruega

Os problemas de saúde mais graves que ele já enfrentou? Joelhos ralados e um dedo quase arrancado andando de bicicleta nas Gili Islands, Indonésia. 

Exames de sangue, urina e fezes feitos mês passado? Perfeitos. 

Nunca tive um termômetro em casa, ele nunca tomou antibióticos e o único nome de remédio de criança que eu conheço é Alivium. 

Na minha opinião, férias é fugir da rotina. Arroz, feijão, carne e brócolis a gente tem em casa. 

Se você tem uma opinião totalmente diferente, não tem problema, não é pra ti que eu estou falando aqui. 

Não estou aqui cutucando as mães perfeitas, não se ofenda. 

Eu estou contando a minha experiência de mãe imperfeita (culpada! 👐) às futuras mães, àquelas que têm medo que os futuros filhos possam interromper uma vida de viagens e aventuras.

Estou falando com as mães que não são perfeitas e que têm medo de viajar com os filhos porque pode ser que não tenha a comida preferida dos pequenos na viagem. Na minha experiência, nenhuma criança morre de fome tendo comida à disposição - quando bater a fome, vai comer até alcachofra. 

O Lipe é a criança mais saudável que eu conheço, e chupa pirulito, toma Sprite e come miojo, se precisar. 

Se tiver que dormir de madrugada e madrugar para fazer trilha, vai fazer conosco sim, porque foi assim que ele cresceu, e as crianças aprendem o que vivem. 

Se você criar seu filho fora da bolha, não faltarão anticorpos para protegê-lo. 

Levamos o Lipe ao Nepal e à Índia quando bebê e ele adquiriu todos os anticorpos do mundo lá. E não tem maior herança que eu possa deixar ao meu filho do que um espólio de anticorpos. 💗

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
conseguimos, Lipe!

Diário de Preikestolen do Peg

Preikestolen, Noruega - Segurança: Zero - Beleza Natural: 1000!

A trilha que nos leva até o topo da Rocha do Púlpito (como Preikestolen também é chamada), tem uma extensão de 4Km. Entre degraus de rochas e rochas cruas, o percurso nada tem de segurança, nem de muito brilho também, mas, quando chegamos ao ponto crucial da atração, aí é que a coisa preteia!! São 604 metros de altura que separam os ávidos turistas das águas do fiorde. E nada, absolutamente nada deixa esse pessoal em segurança, senão seus próprios juízos.

Não há barreiras, não há corrimão, não há defesas, nada. Um simples esbarrar de mochilas (o que não é nada impossível, pois hoje havia não menos de 500 pessoas lá no topo), e o cara estará apto a fazer seu 'base jump' sem páraquedas.

O curioso é que, anualmente, Preikestolen recebe quase 300 mil turistas e, em todos os registros, só há um incidente com morte, ocorrido em 2013. Mas eu confesso que, observando o comportamento da "turistalha", era para ter bem mais mortes ao longo dos anos.

Sobre a beleza do lugar - não vejo necessidade de comentários!

Trilha Preikestolen com crianças na Noruega
Trilha Preikestolen, Noruega

Saímos às 16:40hs de Preikestolen, para continuar nossa roadtrip de motorhome pela Noruega. Mas isso já é assunto para outro post! 

Você já esteve na Noruega? Foi a Preikestolen? Tem dicas da Trilha Preikestolen com crianças? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Durante a nossa viagem pela Noruega, nós usamos a hashtag #LipenaNoruega nas nossas redes sociais 😊

Fiz várias pastas de "destaques" da Noruega lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis!


Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: