Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país

Dicas práticas para sua viagem a Omã: descubra como chegar em Mascate, como planejar sua viagem, trocar dinheiro, fuso horário, aluguel de carro, como é dirigir no país, a melhor época para visitar, como tirar visto, como é o aeroporto, onde se hospedar, o que comer, qual chip de celular usar, compras e tudo mais que você precisa saber
Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país
dicas práticas de viagem para Omã

* Dicas práticas para sua viagem a Omã: descubra como chegar em Mascate, como planejar sua viagem, trocar dinheiro, fuso horário, aluguel de carro, como é dirigir no país, a melhor época para visitar, como tirar visto, como é o aeroporto, onde se hospedar, o que comer, qual chip de celular usar, compras e tudo mais que você precisa saber para aproveitar com tranquilidade a sua viagem pelo Sultanato.

Tasharrafna, Omã!

Omã foi meu 80° país! Se eu estava empolgada? Mais do que nunca! Sou viciada nesse frio na barriga que a gente sente antes de desembarcar num lugar novo, sempre que partimos rumo ao desconhecido!

É o meu vício ❤ 

Tínhamos estado nos Emirados Árabes, ali pertinho, no ano anterior, e na época fiquei salivando para conhecer Omã - agora finalmente tinha chegado a hora!

Foi uma viagem de apenas 5 dias por uma pequena parte do país - sei que os destinos da nossa volta ao mundo foram ficando cada vez mais "exóticos" (e ainda vai "piorar" bastante kkkk) - espero não espantar vocês daqui! Venham conosco! Vai ser divertido, eu prometo 😂

É sabido que 99% dos brasileiros que eventualmente chegam a Omã fazem apenas uma paradinha rápida de cruzeiro em Mascate, a linda capital do Sultanato - que é ponto de parada de muitos navios de cruzeiros que passam também por Dubai e Abu Dhabi.

Mas, se tiver oportunidade de conhecer um pouquinho mais, saiba que Omã tem muito mais a oferecer: tem lugares autênticos como Nizwa, por exemplo, onde você ainda consegue ver como eles realmente vivem nessa região há séculos.

Como é um país (ainda) pouco explorado por turistas - especialmente fora da capital - mantém-se o "clima" de lugar das 1001 noites, que você não consegue sentir nos Emirados vizinhos: bem diferente de Dubai e Abu Dhabi, mesmo a capital Mascate não se "vendeu" completamente ao turismo, e o Sultão que governa o país impôs leis rígidas para manter vivas e vibrantes as tradições árabes, seja na gastronomia, arquitetura, cultura e costumes.

É como uma viagem ao passado!

Já publiquei outros posts sobre a nossa viagem a Omã:

Roteiro de 5 dias em Omã e as pincipais atrações turísticas de Mascate
Quanto custa viajar para Omã
Omã: o que vestir, mulheres viajando sozinhas e como é o povo omani
Onde ficar em Omã: dicas de hospedagem em Mascate e Nizwa

Vem ver as nossas dicas práticas para esta viagem no tempo 😏

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país

Para saber mais sobre Omã

Omã, oficialmente conhecida como Sultanato de Omã, é um país árabe na Península Arábe, no Oriente Médio, com capital em Mascate, que você verá escrito também como Muskat ou Muscat.

O país tem uma posição estratégica no Golfo Pérsico, porque 60% do petróleo das arábias passa por lá, e faz fronteira com os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e o Iêmen.

O estreito de Ormuz divide o Golfo Pérsico e o Golfo de Omã. Do outro lado do mar estão Irã e Paquistão.

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país
localização de Mascate, a capital de Omã

Mascate é a maior cidade do país, e fica localizada na costa do Golfo de Omã, rodeada por montanhas. A maioria das construções são brancas (devem ser pintadas de bege ou branco por lei), e com apenas 2 ou 3 andares (também por lei, não podem ter mais de 6 andares).

Ao contrário dos moderníssimos e gigantescos arranha-céus dos Emirados Árabes, em Omã são proibidos prédios que fujam do estilo arquitetônico árabe.

A capital Mascate era um importante entreposto comercial de Portugal na época dos grandes descobrimentos, e até hoje é possível encontrar heranças portuguesas, como fortificações, espalhadas pelo litoral de Omã.

construções típicas em Mascate, Omã

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país
a linda Corniche de Mascate

em Omã, as construções não fogem ao estilo arquitetônico árabe

A religião oficial de Omã é o islã e a moeda é o rial omanense, que eles abreviam como OMR. 

Omã é uma monarquia absoluta. O Sultão Qaboos bin Said Al Said é o líder do país desde 1970, e aparentemente muito amado pela população - não deve ser difícil quando se tem petróleo jorrando por todos os lados, né?

Ele é o governante mais antigo no Oriente Médio, e um dos 10 monarcas com reinado mais longo do mundo.

Como as reservas de petróleo não são intermináveis, eles se preocuparam em diversificar a economia e, assim como nos Emirados Árabes, têm hoje no turismo uma parcela grande da sua economia, assim como na indústria pesqueira.

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país
o Sultão Qaboos bin Said Al Said é aparentemente idolatrado pela população em Omã

fotos dele estão espalhadas pelo país inteiro, até nos mercados

em murais nos prédios...

Como chegar em Omã

Até onde eu sei, não existem vôos diretos para Omã, o que não faz muita difderença, porque o ideal é  justamente "conjuminar" uma passagem por Omã com uma viagem pelos Emirados Árabes (Dubai e Abu Dhabi), ou com as Maldivas, por exemplo - os voos de lá para as Maldivas tinham preços tentadores!

Nós voamos de Istambul, na Turquia, para Mascate, em Omã, num excelente voo da Turkish Airlines, sobre o qual eu já contei mais detalhes aqui

Eu adoro voar com a Turkish - não poderia recomendar mais! Este foi um voo de apenas 5hs, e nos deram necessàire com presentinhos e serviram uma janta ótima com direito a cerveja e vinho turcos! Nunca na vida eu imaginei que num voo tão curto eles serviriam tanta comida (sem cobrar)!  

O avião era daqueles com fileiras de 6 assentos (3 de cada lado do corredor). 

A programação de bordo era excelente, com monitores individuais, cheia de filmes recém lançados. 

Nosso voo foi o seguinte: 

TK774 Turkish Airlines 
Istambul IST Aeroporto Ataturk 19:35 
1:30AM Muskat MCT Aeroporto Internacional Seeb

Duração do voo: 4h55min e mais 1h de fuso horário. 

A única coisa que desaprovamos foi que este avião não tinha entradas USB para carregar nossas baterias! 

No banheiro da aeronave, creminhos tão cheirosos que aproveitei para fazer AQUELA hidratação - há quanto tempo eu não via creminhos gostosos em banheiros de aviões!? 

Uma curiosidade deste voo de Istambul para Omã é que contornamos o Iraque, ao invés de sobrevoar o país, que seria o trajeto natural. 

Não foi a primeira vez que percebemos isso - num voo da Emirates Airlines ano passado, para Dubai, notamos a mesma coisa. Nunca pesquisei sobre isso, então não sei dizer se é proibido sobrevoar o espaço aéreo iraquiano, ou se as companhias aéreas contornam as fronteiras do país por uma precaução de segurança. Se alguém souber o motivo da medida, nos conte! 

Foi legal sobrevoar todo o Irã - dava direitinho para ver todas as cidades iranianas iluminadas lá do alto, até fotografamos! Só aumentou minha vontade de décadas de conhecer esse país que está encantado na minha wishlist! 

E também sobrevoamos Dubai - que lugar mega iluminado! O Lipe ficou super empolgado de rever o Burj Khalifa da janelinha do avião! 

Chegamos em Mascate 1:30AM, numa quarta-feira, 19/12. 

Aliás, falando em Emirates Airlines, vale dizer que esta é a companhia aérea que provavelmente voa com maior frequência de/para Mascate. Os voos entre Mascate e Dubai têm duração de apenas 1h. 

Nosso voo de saída de Omã foi com a Emirates, via Dubai: Mascate - Dubai - Colombo, Sri Lanka. 

Leia mais:


Outra maneira muito fácil de chegar a Omã é via Emirados Árabes: saindo de Dubai ou Abu Dhabi, é possível ir de carro alugado, ônibus, avião (vôos super baratos) ou num cruzeiro.

encontramos vários brasileiros passando a tarde em Mascate numa paradinha de cruzeiro,
mas garanto que Omã merece bem mais tempo do que apenas uma escala rápida de navio

Omã: dicas práticas para a sua viagem ao país
embarcando para Mascate com a Turkish Airlines em Istambul
 


já chegando em Dubai, uma vista surreal da Palmeira Jumeirah no meio do mar

Fuso horário em Omã

Em Omã, o fuso horário era de 6hs a mais que no Brasil.

Como planejar a sua viagem para Omã

Não encontrei praticamente nada em blogs brasileiros, muito pouca coisa em português.

Acabei planejando nossa viagem com base em dicas de blogs gringos e, como sempre, com as dicas do guia da Lonely Planet, que já listava Omã como destino imperdível desde 2009:

oma roteiro de viagem


Trocando dinheiro em Omã

Já escrevi um post específico sobre a moeda usada em Omã, as cotações, os melhores lugares para trocar euros e dólares, os custos das coisas no país, etc.

Está tudo bem explicadinho aqui: Quanto custa viajar para Omã

cotações de moedas no Banco de Mascate

Alugando carro e dirigindo em Omã

Pegamos o carro que havíamos reservado pela internet com antecedência no aeroporto às 2:30 da manhã na Europcar (tínhamos feito reserva um mês antes). A devolução, ao final da nossa viagem pelo país, também foi no aeroporto, pouco antes de embarcarmos, sem nenhum problema.

Desta forma, tivemos nosso próprio meio de transporte durante toda a nossa estadia em Omã e não precisamos pegar nenhum táxi no país - os táxis em Omã são bem carinhos, mesmo porque as distâncias dentro de Mascate são sempre grandes, pois é uma cidade bem "espalhada".

Como os transportes públicos são bem ruinzinhos em Omã (lembre que todo mundo tem carro e a gasolina é baratíssima), e é bem difícil depender deles para os deslocamentos, alugar um carro para viajar pelo país é super recomendado, e a maneira mais econômica de passear e se deslocar dentro das cidades e entre as cidades.

O balcão da locadora fica no próprio saguão de desembarque do aeroporto, e eles falam inglês. Não tentaram nos empurrar seguros extras. Tudo resolvido em 20min, com bom atendimento, mesmo sendo de madrugada.

o balcão da locadora fica no próprio saguão de desembarque do aeroporto de Mascate

carro que alugamos no aeroporto de Omã

Pegamos um Mazda 2 bem novinho.

Eles só pedem passaporte, cartão e CNH. Não pediram PID - Permissão International para Dirigir, mas sempre levo as nossas.

A locação custou OMR 82 por 5 dias (pagamos no local, no cartão de crédito, no momento da retirada do veículo). Em dólares, deu U$ 213.

As estradas em Omã, na região do país onde circulamos (foram 915Km rodados no país), parecem um tapete, tão limpas que brilham! E completamente vazias!

No caminho para Nizwa, havia um radar atrás do outro, mas isso não é problema em Omã (a grande quantidade de radares), porque o limite de velocidade era quase sempre 120Km/h.

O preço do litro de gasolina era OMR 0.211, equivalente a mais ou menos R$ 2,11. Assim dá gosto de rodar, né!?

Mascate é uma cidade bem "espalhada"

as estradas de Omã parecem um tapete

a limpeza das ruas e estradas em Omâ impressiona

o preço do litro de gasolina em Omã é OMR 0.211, equivalente a R$ 2,11

paisagem desértica linda e muito diferente em Omã

o dinheiro do petróleo em Omã é empregado em construções cheias de características locais
 
a sinalização de trânsito em Omã vem sempre em árabe e também em inglês

carro alugado é a forma mais prática de viajar em Omã

Ficamos 5 noites em Omã, rodamos 915Km pelas estradas omani e não vimos nenhum pedágio em todo o país! Acho que dá pra dizer que eles desconhecem a palavra pedágio por lá!

O único lugar onde foi complicado estacionar em Omã foi na Corniche de Mascate, porque nos horários em que o mercado está aberto precisa pagar parquímetro, e o pagamento é feito através de um app que não conseguimos baixar/nos registrar porque não tínhamos um número de telefone omani. Em outras palavras: para se registrar nesse aplicativo, que é imprescindível para pagar o parquímetro, tem que ter um número de telefone local, que nós não tínhamos, porque estávamos usando o simcard da Easysim4u para internet.

A solução é estacionar na Corniche para passear fora dos horários de mercado (quando o estacionamento é grátis) ou estacionar nas ruas de trás, onde não têm parquímetros, no horário de mercado. Foi o que nós fizemos.

No resto do país, todos os lugares tinham estacionamento grátis e fácil de encontrar vagas.

Leia mais:

Roteiro de 5 dias em Omã
Quanto custa viajar em O

ok, entendido, mas cadê o parquímetro? não tem, em Mascate é tudo feito via app!

Melhor época para visitar Omã

De novembro a fevereiro, para evitar as monções.

Fomos em dezembro e pegamos dias quentes e bem secos (pegamos máximas de 30°C em Mascate), com céu muito azul, e noites super frescas.

No verão, o calor deve ser in-su-por-tá-vel!

Também fomos para os Emirados, ali ao lado, em dezembro (no ano anterior), e também pegamos dias lindíssimos. Acho uma época ótima para viajar nesta região. 

Atencão: tudo em Omã funciona das 8hs até as 11hs e fecha, só reabrindo depois das 16hs, quando o sol começa a cair. O sol, em dezembro, se põe entre 17:30 e 18hs.

previsão do tempo em Nizwa, no deserto de Omã

Como obter visto para visitar Omã

Como escrevi lá no início, Omã foi o 80° carimbo no meu passaporte - só isso já seria motivo suficiente para essa viagem ser inesquecível 😁

Brasileiros (e a maioria das nacionalidades) precisam de vistos de turismo para visitar o país, o qual compra-se na chegada, no próprio aeroporto. 

A moça era uma simpatia (como todos que nos atenderam em Omã), e fez nossos vistos em 3 minutos - era madrugada e o Lipe ficou dormindo numa cadeira - ela nem pediu para ver o rosto dele. 

Apenas apresentamos nossos passaportes e pagamos U$ 51 (U$ 17 por pessoa) para o visto de 10 dias

A outra opção é o visto de 30 dias, mas não sei qual o valor nesse caso.

Eles aceitam cartão Visa também, além de euros e dólares.

Tudo muito simples e rápido.

Leia mais:

Vistos para uma viagem de volta ao mundo: a nossa experiência
Quanto custa viajar em Omã

visto que compramos no aeroporto de Mascate, na chegada a Omã

Como é o Aeroporto de Mascate

O Aeroporto de Mascate, conhecido como Aeroporto Internacional Seeb, e também pela sigla MCT, tem o mesmo estilo do Aeroporto de Dubai - um aeroporto de primeiro mundo, lindo, cheio de mármore e granito, com atendentes educadíssimos falando excelente inglês.

Simpatizei de primeira.

Uma limpeza de ofuscar! 

Como já mencionei antes, eles têm uma casa de câmbio no aeroporto, ao lado da locadora Europcar, bem no saguão de chegadas, mas, se for possível, recomendo não trocar dinheiro no aeroporto - a cotação era super desfavorável (nós trocamos no banco, no dia seguinte). 

No dia de ir embora, o embarque para Dubai, com a Emirates Airlines, foi super tranquilo.

Não tinha fila na imigração, no detector de metais, em lugar nenhum.

O aeroporto tem free shop, eles emprestam carrinhos de bebê, tem área kids e praça de alimentação.



limpeza e modernidade que brilham, no aeroporto de Mascate, em Omã

carro alugado no aeroporto de Mascate

Onde ficar em Mascate e Nizwa

Veja o post que já publicamos específico sobre as nossas escolhas de hospedagem em Omã:


ficamos no Al Ferdous Hotel, que é a opção baratex, mas, se você puder esbanjar, recomendo o The Chedi, ali ao lado

O que comer em Omã

Quem viaja com crianças - ou quem simplesmente é chato para comer - sempre se preocupa se haverá comida boa nesses "países exóticos", se não passarão fome durante a viagem. 

Cheguei ao ponto de ler um relato de uma pessoa que disse que não encontrou "nada para comer" em Omã, e que "por sorte" estava viajando de navio, então comia no navio e, por isso, não passou fome. 

Bom, tem gente louca para tudo nesse mundo, né?

Não consigo imaginar não encontrar comida em um país árabe - a comida deles nem é excessivamente apimentada ou temperada que não exista nada que não vá te agradar e, de qualquer forma, eles têm muitos restaurantes que servem comida "ocidental", redes de fast food e tal. É fácil encontrar McDonald´s e Starbucks em Mascate, por exemplo. 

Em Mascate também existem muitas lojinhas de conveniência em postos de gasolina que vendem todo tipo de porcaria que se encontra num 7 Eleven nos EUA, por exemplo. 

Nós comemos praticamente só comida local, e amamos tudo o que experimentamos da culinária de Omã!

Já publiquei um post quanto custa viajar em Omã, em que detalhei os custos das nossas refeições no país, e lá vocês encontram fotos que tirei de vários cardápios de restaurantes e botequinhos, mas aqui seguem alguns exemplos:

Almoço em Mascate no Silver City Burger - 6 OMR
Janta em Mascate - 5.5 OMR
Almoço em Mascate no Juice World - 7.5 OMR
Janta em Nizwa - 4.5 OMR
Almoço em Nizwa - 5 OMR
Big Mac meal no McDonald's - OMR 1.6
Refri lata - OMR 0.2
Garrafa de água de 600ml - OMR 0.1
Picolé - OMR 0.2
Copo grande de suco de fruta natural - 1 OMR
Cappuccino grande no Starbucks - OMR 1.7
Chicken Burger + Sprite no Wadi Shab - OMR 0.8

meus companheiros de viagem passaram bem em Omã!

lanchonete Juice World em Mascate, Omã


  

delícias árabes com batatas-fritas no City Burger, na Corniche de Mascate, em Omã

menu de restaurante em Omã
  
espetinhos assados no mercado noturno de Nizwa, Omã

restaurante popular em Nizwa, só para turistas que não são da espécie "Nutella"

experimentando a street food de Nizwa

docinhos à venda nos mercados de Omã

é muito comum encontrar comida indiana e srilanquesa em Omã
  
doces típicos de Omã

Chip de celular para usar internet em Omã

Durante a nossa viagem em Omã, usamos o tempo todo um chip de celular da Easysim4u, que apoiou a nossa volta ao mundo.

Com o chip da Easysim4u no telefone durante a nossa viagem de volta ao mundo, cada vez que o avião pousava num novo país, eu recebia uma mensagem no celular me dando as "boas vindas", o que significava que eu já estava automaticamente conectada à internet, inclusive para usar o GPS.

Já usamos os chips da Easysim4u em uns 30 países, e foram raras as vezes em que não tivemos cobertura - apenas em alguns lugares bemmmm remotos, ou em países onde eles mesmos avisam que não existe conexão.

Recebemos o chip em casa, antes de sair do Brasil, colocamos ele no celular ainda no avião, e já chegamos no Oriente Médio com internet funcionando no telefone!

Para quem vai viajar por vários países como nós fizemos, a facilidade e comodidade que esse simcard oferece é imbatível 😏

Nós não vendemos esses chips através do blog (nem nenhum outro produto, pois o pequeno viajante não visa lucro, é um blog só para compartilhar dicas de viagem mesmo) - então dê uma olhada direto lá no site deles - Easysim4u - para ver como comprar esses chips e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar.

usamos o chip de celular da Easysim4u em Omã

Compras em Omã

Já contei em outro post que é super tranquilo barganhar nos souqs de Omã - lá vocês encontram muitas fotos dos mercados que visitamos na nossa viagem pelo país.

Leia aqui: Omã: o que vestir, mulheres viajando sozinhas e como é o povo omani

Nós não compramos nada porque numa viagem de volta ao mundo não dá para ficar fazendo comprinhas - imagina se vou comprar uma coisinha em cada lugar...ao final de 2 meses de viagem vou ter que deixar um rim lá para pagar a bagagem excedente!

Mas isso não significa que não tenha ficado tentada - os souqs omanis são cavernas de Ali Babá, cheias de 1001 maravilhas - e não só os souqs, mas também os shoppings, que têm todas as marcas internacionais que vocês possam imaginar.

Sim...pensou que a mulherada de lá só usava 'abaya'??? Nananinanão...por baixo daqueles vestidões pretos, elas são super-hiper-mega-fashion!

Fomos ao Oman Avenues Mall e fiquei impressionada com o que vi nas vitrines! Veja algumas fotos abaixo:

o Oman Avenues Mall é um dos grandes shopping centers de Mascate

os shopping centers de Omã têm todas as lojas de marcas internacionais que você pode imaginar

shopping center de primeiro mundo em Mascate, Omã
shopping center de primeiro mundo em Mascate, Omã

shopping center de primeiro mundo em Mascate, Omã
os preços, resumindo, são melhores do que no Brasil e bem piores do que nos EUA

ótimas lojas de brinquedos no shopping de Omã

delícias árabes na praça de alimentação

e até parque de diversões no Oman Avenues Mall

Oman Avenues Mall em Mascate, Omã

ímãs de geladeira à venda em souk de Omã

mercado em Omã

uma rua inteira cheinha de joalherias em Nizwa!

mercado em Mascate

Em Omã, não deixe de experimentar

Frankincense

O olíbano, também conhecido como franquincenso, é uma resina aromática muito usada na perfumaria e na fabricação de incensos.

Ele é obtido de árvores africanas e asiáticas do gênero Boswellia, de onde se extrai o incenso, uma seiva seca resinosa.

É nativo da Península Arábica, mais especificamente do Iêmen e de Omã, e do nordeste da África, e pode ser encontrado em qualquer souq de Omã.


Harees

É um prato popular nos países árabes do Golfo Pérsico, feito de trigo cozido misturado com carne, muito consumido no mês do Ramadã.

Parece um mingau ou, dependendo da consistência, um bolinho de massa.

Fiz uma pasta de "destaques" de Omã lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis!

Leia também o post que o Lipe (nosso pequeno viajante de 9 anos) escreveu sobre esta viagem:


Para ver os melhores momentos desta viagem de volta ao mundo, assista este vídeo - se quiser, pode ir direto à parte sobre Omã, clicando no minuto 5:05:


Você já esteve em Omã? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Nos próximos posts, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí!

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook/Twitter/Instagram - é só procurar na # e ver todas as muitas dicas que já postamos: #Lipeem Israel #LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - muitas dicas desta viagem por lá!


Precisa reservar hospedagem para a sua viagem a Omã?

Nossas sugestões são o Mutrah Hotel, o Al Ferdous Hotel Apartments e, se você tiver cacife, o The Chedi Hotel, em Mascate, e o Nizwa Residence Hotel Apartement em Nizwa.

Para ler mais sobre as nossas escolhas de hotel em Omã:


Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: