Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Roteiro de 5 dias em Omã e as principais atrações turísticas da capital Mascate

Veja uma sugestão de roteiro de 5 dias em Omã, com dicas dos principais pontos turísticos da capital Mascate
Roteiro de 5 dias em Omã
sugestão de roteiro de 5 dias em Omã, com dicas dos principais pontos turísticos da capital Mascate

Nesse post vocês encontrarão nossa sugestão de roteiro de 5 dias em Omã e dicas dos principais pontos turísticos da linda capital do país, Mascate.

Sobre esta viagem por Omã, já publicamos:

Roteiro de 5 dias em Omã

Abaixo, segue detalhado nosso roteiro de 5 dias em Omã.

roteiro de 5 dias em Oma

Dia 1 Mascate

No nosso primeiro dia no país, ficamos em Mascate o dia inteiro e passeamos muito pela cidade - conhecemos quase tudo o que queríamos e, com a facilidade de ter um carro para rodar, vimos muito mais do que esperávamos.

Abaixo vou explicar diretinho quais são os principais pontos de interesse em Mascate, que você não pode perder.


Roteiro de 5 dias em Omã

Dia 2 Nizwa

No dia seguinte, pegamos a estrada e fomos da capital Mascate até Nizwa, no interior do país, no meio do deserto.

O trajeto até Nizwa é pelo meio das montanhas, muito "exótico", diferente de outros desertos que já tínhamos conhecido. 

Contei tudo sobre as estradas e sobre como é viajar de carro alugado em Omã aqui:

Omã: dicas práticas para sua viagem

Em Nizwa, visitamos o Forte/Castelo e o Souq.

Os ingressos para entrar no forte são caros (pagamos 13 OMR), mas vale a pena fazer essa visita, principalmente com crianças. O forte é cheio de "armadilhas" para os inimigos que tentassem invadir, as crianças adoram! E as vistas dos arredores, lá de cima, são lindas. 

Nizwa já foi capital de Omã, e é conhecida como capital da cultura islâmica.

Roteiro de 5 dias em Omã





Roteiro de 5 dias em Omã

Roteiro de 5 dias em Omã

Dia 3

Dormimos em Nizwa e, no dia seguinte, bem cedinho, fomos conhecer o famoso Mercado de Cabras de Nizwa, um dos pontos altos de uma visita ao país.

Mercado de Cabras de Nizwa

O mercado acontece das 6 até as 10hs da manhã, apenas nas sextas-feiras, e vale a pena organizar o seu roteiro em torno desta visita.

Parecia que tínhamos entrado numa máquina do tempo e desembarcado ali!

Mercado de Cabras de Nizwa
sim, sou eu ali agachadinha, tentando fotografar as cabras kkkk...
 
Mercado de Cabras de Nizwa

Mercado de Cabras de Nizwa

Mercado de Cabras de Nizwa

Depois da visita ao mercado e de uma ótima refeição, voltamos para Mascate e fomos direto conhecer as praias da cidade.

Estivemos em 2 praias: a Shati Qantab e a Shati al Qurum.

Shati Qantab

Uma praia distante do centro da cidade, cercada por montanhas, muito bonita.

O banho é bom, mas não chega a ter água cristalina, e a areia não é branca. Vale pelo passeio até lá, pela paisagem, para conhecer uma praia em Omã e para fazer um passeio de barco.

Aliás, você mal chega na praia e eles já vêm oferecer passeios de barco.

O povoado onde fica essa praia - Qantab - é bem pitoresco, e é fácil estacionar ali na praia.

É uma praia pública e gratuita, sem nenhuma estrutura. Se você quer estrutura de praia, pode ir passar o dia numa das praias particulares dos hotéis por ali, como os Shangri-La da vida - o ingresso custa em torno de OMR 10 por pessoa.

Para saber o que vestir nas praias de Omã, veja este post:


Shati Qantab



Shati Qantab


Shati Qantab




Shati al Qurum

Fomos parar nessa praia meio sem querer, e adorei esse passeio.

Recomendo muito se você tem curiosidade de ver como vivem os nativos omanis mais jovens e moderninhos: eles vão passear no fim de tarde na beira da Qurum Beach.

Se você quer ver um por do sol laranja-pink tomando um cappuccino de frente para o mar e vendo a vida omani passar na frente dos seus olhos, reserve seu assento nesse Starbucks e divirta-se!

Shati al Qurum


Shati al Qurum

Shati al Qurum


Dia 4

Saímos cedo de Mascate, pois era dia de explorar as belezas naturais de Omã: praias, montanhas, wadis e sinkholes.

Quem vai a Omã e não mergulha num wadi ou sinkhole não pode dizer que conheceu verdadeiramente o país, porque grande parte do orgulho que eles têm das belezas do país está nessas paisagens que mais parecem oásis no meio do deserto.

Veja nos mapas abaixo a rota que fizemos, saindo e voltando para Mascate:

roteiro de 5 dias em Oma

roteiro de 5 dias em Oma

Bimmah Sinkhole

Nossa primeira parada foi em Bimmah Sinkhole, uma dolina inundada por uma lagoa de água salgada que fica bem pertinho de uma praia linda, dentro de um parque todo ajardinado com banheiros, e ingresso grátis, a uns 120Km da capital Mascate.

A água do 'sinkhole' tem uma temperatura ótima - nem gelada, nem morna - perfeita para espantar o calor.

O lugar é mais ou menos como os cenotes da Riviera Maya no México, com a diferença que em Omã não existe toda a vegetação, afinal, estamos no deserto! Mas até os peixinhos que ficam beliscando teus pés são iguais! 'Fish massage' grátis!

Adorei esse passeio!

Para saber o que vestir nesses lugares, leia este post:



Bimmah Sinkhole


Bimmah Sinkhole
Bimmah Sinkhole


Fins Beach

A praia não é grande coisa, porque não tem areia, só pedras, mas o povoado ali é bem autêntico, com umas casas em estilo bem tradicional.

Vale a pena dar uma voltinha pela cidadezinha!


Wadi Shab

A nossa última parada foi em Wadi Shab, a 1h30min (150Km) de Mascate, na cidade de Tiwi - um dos wadis + famosos do país, considerado um dos cartões postais de Omã!

Você chega de carro, estaciona, pega um barquinho por OMR 1 (preço de ida e volta por adulto/crianças grátis) e ele te deixa do outro lado do rio, onde você faz uma trilha de uns 45/50 minutos (ida e volta leva no mínimo 1h30min).

A trilha toda é linda, com um verde esmeralda surreal nas águas, a vegetação surpreendente dentro dos cânions e as montanhas ao redor, mas não é muito fácil para crianças, porque tem vários trechos com bastante pedras.

Vá com tênis, boné, protetor solar e leve bastante água.

No caminho tem piscininhas naturais, quedas de água e até uma caverna por onde se entra mergulhando!

O programa completo com ida, volta, banho e barquinho leva pelo menos 2hs (no mínimo!)! 

Se você sair bem cedo de Mascate, tipo 8hs da manhã, disposto a um dia bem cheio, e a voltar tarde para o hotel, ainda daria tempo de fazer mais 2 paradas com pequenos desvios nesse trajeto, no Wadi Arbaeen e em Quriyat, onde há um antigo forte português.

Como nesse dia estávamos em 'slow travel mode', ficamos apenas nas 3 paradas que descrevi acima.

Veja também:

Quanto custa viajar em Omã
Omã: o que vestir, mulheres viajando sozinhas e como é o povo omani


Wadi Shab



Wadi Shab

Wadi Shab

Wadi Shab

Wadi Shab

Dia 5 Aeroporto de Mascate

Era nosso último dia em Omã e, depois de fazermos check-out no hotel, e de um bom café da manhã, fomos direto para o Muscat International Airport, onde devolvemos o carro que havíamos alugado para desbravar o país e embarcamos num voo da Emirates para Dubai.

Para ver como chegar em Omã e quanto custa essa viagem, leia aqui:


Veja neste post os hotéis econômicos que escolhemos para nossa hospedagem em Omã:


Aeroporto de Mascate



Aeroporto de Mascate



Principais pontos turísticos de Mascate

Aposto que você nunca "sonhou" conhecer Mascate, e nem imagina quais são as atrações turísticas da capital de Omã.

Embora o Sultanato não tenha muitos pontos de interesse mundialmente conhecidos, como uma Estátua da Liberdade ou uma Torre Eiffel, por exemplo, posso garantir que não vão faltar lugares lindos e super interessantes para conhecer durante a sua viagem pelo país!

Principais pontos turísticos de Mascate

1 Palácio Real Al Alam do Sultão Qaboos

O Palácio Real Al Alam, residência oficial do Sultão Qaboos, é uma visita obrigatória em Mascate.

Estacionamos ali pertinho, entre o Palácio e o Museu Nacional, e fomos a pé até o Palácio, uma construção bem exótica azul e amarela (o azul representa o mar e o céu de Omã, enquanto o amarelo representa o sol), mas que não deixa de celebrar a tradicional arquitetura islâmica.

Ele fica localizado no fim de uma avenida e não é possível visitá-lo por dentro, mas os prédios ali nos arredores e os jardins floridos compensam o fato de que a gente só consegue ver o palácio por detrás das grades.

O mar fica logo atrás do Palácio - valeu a pena dar uma volta ali atrás para ver as torres e fortalezas portuguesas que ficam ali na beira do mar - e ao lado do palácio ficam as residências de hóspedes, onde eles acomodam autoridades que visitam o país.

Palácio Real Al Alam do Sultão Qaboos


Palácio Real Al Alam do Sultão Qaboos

Palácio Real Al Alam do Sultão Qaboos
o Palácio Real de Mascate visto pelo lado de trás, na beira do mar

e ali pelo lado de trás do Palácio também se tem uma vista linda dos fortes ao redor

2 Museu Nacional de Omã

Na frente do Palácio Real fica o Museu Nacional de Omã, que é o ponto de partida perfeito para entender um pouco mais sobre a história e cultura do Sultanato.

Museu Nacional de Omã

3 Mutrah Souq

De frente para o mar, no calçadão à beira-mar chamado Corniche, fica o Muttrah Souk, um verdadeiro souq árabe tradicional (souk = mercado), com todas as quinquilharias possíveis, bem organizado num prédio moderno e limpo, com lojinhas suficientes para enlouquecer qualquer turista minimamente consumista.

Lá você vai encontrar desde sapatos bordados e franquincenso até todos os tipos imagináveis de especiarias, jóias de ouro, cashmeres carérrimos, roupas e chapéus típicos, ímãs de geladeira, luminárias e todas as bugigangas que você puder carregar.

O Souk abre das 8hs até as 13hs e fecha, só reabrindo depois das 16h30min - como quase tudo em Omã.

Recomendo que você deixe para visitar o mercado no fim da tarde, depois das 18hs, quando os turistas dos cruzeiros já picaram a mula e o souq está cheio de nativos passeando.  

O Peg entrou no espírito e acabou de turbante e vestidão típico omani, mas quem mais se divertiu na função no Mutrah Souq foi mesmo o Lipe! 

Já nos confundiram com colombianos e italianos mundo afora; o Peg já foi confundido com indiano várias vezes, na Índia pensavam que ele era meu guia! Chegaram a pedir autógrafo uma vez, quando acharam que ele era um famoso jogador de críquete kkkk...mas se passar por omani hoje foi novidade!

Escrevi um post contando Como é o povo omani, onde eu explico como foi tranquilo passear pelos souqs (mercados) em Omã.

Mutrah Souq


Mutrah Souq
na caverna de Ali Babá, ou melhor, "Alauddin City", no famoso Mutrah Souq, me sentindo num conto de 'As 1001 noites'!

Mutrah Souq
só faltou encontrar o Sinbad, mas diz que ele é de Omã mesmo, então quem sabe você não o encontra por lá!?

Mutrah Souq
no fim da tarde, depois que os bandos de turistas de navios já se foram, apenas os locais lotam o souq

Mutrah Souq
experimentando as vestimentas locais no souk de Mascate

4 Corniche de Mascate

A Corniche é a avenida à beira-mar de Mascate, o cartão-postal da cidade, linda!

A área principal da Corniche vai do Forte de Mascate até o Mercado de Peixes, passando pelo Mutrah Souk e pela mesquita ali ao lado, mas todo o caminho até o Palácio Al Alam é lindo.

No fim da tarde, quando o sol começa a cair, as cores ficam um espetáculo.

Aliás, o entardecer é lindo no país inteiro - como eu sempre digo, quem já assistiu a um entardecer no deserto sabe do que estou falando. E, se esse deserto ficar de frente para o mar, será um crepúsculo dos deuses. 


Corniche de Mascate
Corniche de Mascate

Corniche de Mascate

Corniche de Mascate

Corniche de Mascate

5 Forte de Mascate na Corniche

O Forte de Mascate é lindo quando visto da Corniche e, lá de cima, as vistas são esplêndidas.

Vale a visita!

oma roteiro de viagem

6 Ópera Real de Mascate

A Ópera Real de Mascate é um desbunde, fiquei impressionada com as proporções e simetria.

Não fomos lá de dia - apenas passamos de carro por ali - mas à noite ela tem uma iluminação espetacular, então recomendo muito uma visita noturna!

Se você puder comprar ingressos para assistir a algum espetáculo que esteja acontecendo durante a sua visita, li que vale muito a pena - ela é lindíssima por dento também!

Veja nas fotos abaixo: de dia, apenas mais um mastodonte de uma brancura impressionante; à noite, um espetáculo:


Ópera Real de Mascate

Ópera Real de Mascate

Ópera Real de Mascate

7 Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Localizada em Mascate, é a mesquita mais grandiosa de Omã, e certamente está entre as mesquitas mais top do mundo.

Ela não tem o fator UAU da brancura da Grande Mesquita do Sheikh Zayed em Abu Dhabi, mas é lindíssima também, e tão enorme quanto a prima mais famosa.

Preste atenção às roupas que você irá usar para não ser barrado na entrada (veja abaixo o que vestir), e ao horário de visitação, pois a mesquita fica aberta ao público apenas das 8 às 11hs da manhã de sábado a quinta-feira, como a maioria dos lugares em Omã.

Sexta-feira é o dia sagrado de descanso. 

A Grande Mesquita do Sultão Qaboos é a principal atração de Mascate.

O Sultão Qaboos bin Said Al Said está no trono desde 1970 e, pra comemorar os 30 anos do seu Sultanato, ele construiu essa Mesquita como um presente ao país, sem economizar em detalhes e grandiosidade.

Ele é descendente de outros sultões que já governam o país há mais de 200 anos (desde que Omã foi reconquistada dos portugueses pelo Império Otomano) de forma neutra e pacífica, sem se envolver nos conflitos típicos de outros países ali do Oriente Médio. 

O interior da Masjid é todo trabalhado, super luxuoso, e o ponto alto fica por conta do imenso lustre de cristal na principal sala de orações.

Outro destaque da visita é o imenso tapete que cobre o seu interior, que demorou 4 anos para ser feito por mais de 600 mulheres e que era, até pouco tempo atrás, o maior tapete persa do mundo (agora o maior está na mesquita Sheikh Zayed em Abu Dhabi).

Para saber direitinho o que vestir para visitar as mesquitas de Omã, leia aqui:

Omã: o que vestir, mulheres viajando sozinhas e como é o povo omani

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

Grande Mesquita do Sultão Qaboos

50 cartões postais de Omã

Algumas pessoas dizem que 'viajar é bom, mas voltar pra casa é melhor'. Eu discordo totalmente de tudo o que vem depois da vírgula 😂

Para mim, as únicas partes boas de voltar para casa são poder passar colorante no cabelo (durante a viagem nunca dá para fazer) e descobrir o que tem nos cartões de memória das nossas máquinas fotográficas...

Durante as viagens, a gente posta quase que só fotos da GoPro e do celular e, quando voltamos, eu começo a descobrir as surpresas guardadas nas nossas câmeras e quase posso me teletransportar de volta ao mercado de cabras de Nizwa...

Olhando essa série de fotos abaixo, vocês não conseguem quase sentir o cheiro de 💩 de cabra?? 🐐




















 



























Estar no interior de Omã é como viajar a um outro tempo...vocês conseguem perceber essa sensação nas fotografias acima?

Conseguem entender o porquê da nossa paixão por conhecer esses lugares?

Fiz uma pasta de "destaques" de Omã lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis!

Leia também o post que o Lipe (nosso pequeno viajante de 9 anos) escreveu sobre esta viagem:


Para ver os melhores momentos desta viagem de volta ao mundo, assista este vídeo - se quiser, pode ir direto à parte sobre Omã, clicando no minuto 5:05:


Você já esteve em Omã? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Nos próximos posts, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí!

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook/Twitter/Instagram - é só procurar na # e ver todas as muitas dicas que já postamos: #Lipeem Israel #LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - muitas dicas desta viagem por lá!


Precisa reservar hospedagem para a sua viagem a Omã?

Nossas sugestões são o Mutrah Hotel, o Al Ferdous Hotel Apartments e, se você tiver cacife, o The Chedi Hotel, em Mascate, e o Nizwa Residence Hotel Apartement em Nizwa.

Para ler mais sobre as nossas escolhas de hotel em Omã:


Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: