Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Omã: um povo árabe 'diferente' - com dicas do que vestir e mulheres que viajam sozinhas

Omã: o que vestir, dicas para mulheres viajando sozinhas e nossas impressões do povo omani
viagem Omã
como é o povo em Omã: nossas impressões sobre os omanis em uma viagem pelo país

Sim, diferente.

Talvez seja um pouco de pré-conceito, assim como temos esse pré-conceito também dos brasileiros em geral, mas, em todas as nossas andanças pelo mundo árabe, sempre teve alguém querendo nos enrolar.

Sempre há um taxista que não quer usar parquímetro no Cairo ou em Jerusalém, ou um vendedor de souq cobrando 10x mais que o valor verdadeiro de alguma coisa em Dubai ou Istambul, ou um "guia" fajuto enchendo o saco para nos "guiar" pela Medina de Marrakesh, Petra ou em Belém na Palestina.

A vida de muitos desses safadinhos consiste em se dar bem em cima de turistas desavisados.

Relaxe.

Em Omã não é assim.

que alegria poder olhar as mercadorias em um mercado em Omã sem ser constantemente assediada pelos vendedores!

viagem Omã
experimentando roupas típicas em um mercado omani sem stress

Como é o povo em Omã


Sim, você ainda terá que barganhar no souq, porque ir ao mercado sem barganhar é uma conduta aparentemente antiética por aquelas redondezas kkkk...mas todas as pessoas com quem nos relacionamos de alguma forma em Omã nos pareceram bem honestas e confiáveis, e ninguém tentou nos lograr - o que, convenhamos, também está cada vez mais difícil, porque já conhecemos a maioria dos truques e, sendo brasileiros, nascemos "safos".

De uma forma geral, em Omã eles não parecem desesperados pelos dólares e euros dos turistas, não ficam tentando te atrair à força para as lojas e negócios, não ficam te pegando, te puxando...enfim, o povo omani não é "pegajoso".

Ganharam o meu coração no primeiro dia.

Leia também: Quanto custa viajar para Omã

Como disse o Peg: 

Já passamos por alguns (vários) países árabes.

Alguns, que poderia citar aqui (mas não vou), com um povinho pra lá de pegajoso e mal educado. Mas esse daqui é diferente demais!

Um país onde as atendentes do aeroporto já te recepcionam com um sorriso estampado no rosto, onde o vendedor de uma banquinha te dá 20 tipos de provas diferentes de doces e nuts que está a vender, ou então, onde o garçom pede teu Facebook para ser teu amigo e ainda "rouba" uma selfie com a família viajante aqui.

Bem, nem preciso falar na preocupação em ser passado para trás em alguma negociação ou de te furtarem algo - simplesmente inexiste.

Omã, até então, ficou acima de todas as nossas expectativas no mundo árabe!

Leia também:


viagem Omã
os omanis são tranquilos e sorridentes

viagem Omã

viagem Omãviagem Omã

viagem Omã

viagem Omã

viagem Omã
viagem Omã

viagem Omã

viagem Omã

viagem Omã

viagem Omã

passeando tranquilamente pelos mercados omanis, sem abordagens dos vendedores 
quando o garçom do botequinho vira amigo no Facebook 

até o Lipe se empolgou nas lojas dos mercados em Omã hehehe... 



eles estão mais preocupados em negociar entre si do que em perturbar os turistas



em Nizwa, o "tourist rest place" estava tomado por locais buscando uma sombra no meio da tarde 

Como é viajar sozinha em Omã sendo mulher


O único país árabe onde estive sozinha foi o Marrocos, então é difícil para mim fazer uma avaliação de como seria viajar completamente sozinha para um país de maioria árabe/muçulmana. Minha avaliação fica meio prejudicada pelo fato de que ando a maior parte do tempo com o Peg, ou pelo menos com o Lipe, então não sou uma "mulher viajando sozinha".

Mas, ao mesmo tempo, durante as nossas viagens, eu circulo bastante sozinha, porque quando a energia do Peg e do Lipe se esgota, a minha está recém começando a diminuir hehehe...é bem comum eles ficarem em um parque ou restaurante descansando e eu ir a algum lugar sozinha, ou eles irem pro hotel mais cedo e eu ir pro mercado, por exemplo. 

Sendo assim, posso dizer que, dentre todos os países árabes por onde já andei, acho que Omã ainda é o mais tranquilo para mulheres que viajam sozinhas - mais ainda do que os Emirados Árabes, embora toda a modernidade que se vê por lá. 

Tive a sensação de que, em Omã, os homens são bem respeitosos com as mulheres. Mesmo com a minha avaliação relativamente prejudicada, posso dizer que vi muitas mulheres gringas viajando sozinhas por lá, e pareciam super tranquilas. 

Vou deixar algumas dicas - não só para mulheres que querem viajar sozinhas, e não só para quem vai ao Oriente Médio - mas para qualquer viajante que ande sozinho, em qualquer parte do mundo, já que o perigo pode estar em qualquer lugar, inclusive na sua cidade:

  1. Não saia sozinha com pessoas que você não conhece, e das quais não tem referências;
  2. Se alguém estiver te incomodando, deixe claro que não está agradando - chame a atenção de outras pessoas e deixe o constrangedor constrangido - se for preciso, grite;
  3. Ande sempre com a bateria do celular bem carregada - leve um powerbank na mochila;
  4. Anote o telefone do hotel ou de alguém que possa te ajudar numa emergência;
  5. Não aceite tirar fotografias com homens;
  6. Peça ajuda, especialmente de mulheres, idosos ou trabalhadores (pessoas que estejam ocupadas, e não outros desocupados);
  7. Não beba álcool sozinha em público;
  8. Evite pegar táxis, prefira sempre usar transportes públicos;
  9. Vista-se de acordo com os costumes locais;
  10. Lembre sempre: prevenir é melhor do que remediar. 

Vou postar algumas fotos abaixo de mulheres que eu vi viajando sozinhas em Omã - notem as roupas que elas estão usando: largas, discretas e super 'decentes', sem decotes ou transparências. 
#ficaadica

Leia também os seguintes posts que encontrei sobre o assunto em outros blogs:

Sozinha no Oriente Médio, no blog Viajante Solo
Dicas para viajar sozinha pelos Emirados Árabes, no blog Brasileiras pelo Mundo




O que vestir em Omã


Já que estamos no assunto, vou acrescentar aqui um tópico sobre o que vestir em Omã.

Já escrevi sobre esse assunto nos posts sobre Istambul e Israel, veja nos links abaixo:

Israel: 10 coisas que você precisa saber antes de ir
Istambul, Turquia: dicas para você aproveitar uma das cidades mais incríveis do mundo

Muita gente me perguntou, durante a nossa viagem, o que vestir para visitar as mesquitas, wadis, sinkholes e praias de Omã. 

Os únicos lugares em Omã onde de fato existe um 'dress code' são justamente as mesquitas - nos outros locais a gente vê até turistas de short (saídas dos navios).

Recomendo usar bermudas e blusas "decentes", se você não quiser atrair olhares enviesados, como em qualquer país árabe muçulmano. 

Nas mesquitas, é necessário tirar os sapatos (lembre de não usar aquela meia com um furo no dedão) e as mulheres têm que cobrir a cabeça e todos (homens e crianças) têm que usar roupas "tapadas", calças ou saias longas e mangas compridas (nada de shorts, bermudas ou braços de fora).

No inverno, é um pouco mais fácil, pois qualquer lenço na cabeça das mulheres faz o serviço. Em dezembro, no dia em que visitei a Mesquita de Mascate, fazia 'aceitáveis' 29°C.

Já no verão, Omã deve ser um inferno de quente, e nem imagino como usar calças e mangas longas...sim, a blusa tem que ser de mangas compridas. Use uma camisa leve, tipo de linho - foi o que eu fiz, veja nas fotos abaixo.  

Nas praias, wadis e sinkholes de Omã, eu usei sempre maiôs.

Recomendo evitar biquines e usar maiôs discretos. Discrição é a chave para ser feliz em países de maioria árabe/islâmica.

Além disso, não é legal ficar circulando para lá e para cá de maiô, já que as mulheres locais não usam esse tipo de roupa de banho - não vi uma mulher sequer tomando banho na praia ou em sinkholes e wadis. Elas estavam lá visitando, mas permanecem com a 'abaya' (vestidão preto, usado por cima da roupa) e a 'shayla' (lenço usado para cobrir os cabelos).

Minha dica é levar uma saída de banho comportada, ou sair da água e se enrolar imediatamente numa toalha - foi a solução que eu encontrei, já que não tinha levado saída de banho.

Se você ficar em dúvida sobre o que usar, verifique se há alguma indicação no site do local que vai visitar, ou ligue antes e pergunte qual é a política - dress code - deles.

É a regrinha universal: em dúvida, pergunte antes, para não ofender os costumes locais e religiosos 😏

Veja também: Quanto custa viajar para Omã

viagem Omã
sinkhole em Omã: já saí da água enrolada em uma toalha!

O que vestir em Omã
veja como as pessoas ficam todas vestidas, mesmo em lugares próprios para banho em Omã

O que vestir em Omã
as mulheres não tiram as abayas!

O que vestir em Omã
na Mesquita de Mascate, improvisei com calças, camisa de manga comprida e lenço cobrindo os cabelos

O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
é necessário ficar com os cabelos cobertos mesmo do lado de fora da mesquita!

O que vestir em Omã
veja como se vestem as mulheres em Omã (ao fundo, à esquerda, uma turista)

O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
o que eu nunca entendi é porque as abayas são pretas, com aquele calorão - podiam usar roupas brancas, como os homens...

O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
a regra é homens de branco e mulheres de preto

O que vestir em Omã
roupas típicas omanis à venda em mercado - estas túnicas se chamam 'jelabeeya' e são usadas por baixo das abayas

O que vestir em Omã
em Nizwa vimos mulheres usando roupas típicas de Omã super coloridas, o que não se vê em Mascate

O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
o 'kumma' é o chapéu tradicional usado pelos homens em Omã

O que vestir em Omã
O que vestir em Omã

O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
O que vestir em Omã

O que vestir em Omã
mas muitos homens em Omã preferem usar o típico turbante 'mussar'

Fiz uma pasta de "destaques" de Omã lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis! 

Leia também o post que o Lipe (nosso pequeno viajante de 9 anos) escreveu sobre esta viagem:


Para ver os melhores momentos desta viagem de volta ao mundo, assista este vídeo - se quiser, pode ir direto à parte sobre Omã, clicando no minuto 5:05:


Você já esteve em Omã? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Nos próximos posts, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí!

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook/Twitter/Instagram - é só procurar na # e ver todas as muitas dicas que já postamos: #Lipeem Israel #LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - muitas dicas desta viagem por lá!


Precisa reservar hospedagem para a sua viagem a Omã?

Nossas sugestões são o Mutrah Hotel, o Al Ferdous Hotel Apartments e, se você tiver cacife, o The Chedi Hotel, em Mascate, e o Nizwa Residence Hotel Apartement em Nizwa.

Para ler mais sobre as nossas escolhas de hotel em Omã:


Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: