6 de junho de 2017

Castelo de Himeji no Japão - uma paradinha estratégica num dos maiores pontos turísticos do país

O Castelo de Himeji, no Japão, é Patrimônio da Humanidade, tombado pela UNESCO, e é uma daquelas razões que, por si só, já justificariam uma viagem ao país.

Ele é uma das 30 razões para ir ao Japão que listei aqui

É possível visitá-lo em um bate e volta desde Quioto, Nara, Osaka ou Hiroshima mas, pelo que pesquisei, devido à distância (ele fica praticamente entre Quioto e Hiroshima), o ideal é fazer um pit-stop em Himeji no caminho entre Quioto e Hiroshima.
 
Foi o que fizemos, uma paradinha super estratégica para conhecer um dos mais importantes pontos turísticos do Japão. 

Depois de trocar nossos vouchers comprados no Brasil, pegamos nossos JR passes e inauguramos os benditos numa incrível viagem de shinkansen (trem-bala japonês) entre a Kyoto Station e Himeji. 

o primeiro bilhete de shinkansen

e a primeira viagem de trem-bala - a gente nunca esquece

Chegando em Himeji, vimos que os guarda-volumes da estação custavam ¥ 700 cada um, e precisaríamos de 4 deles para alojar toda a nossa tralha, já que não são muito grandes e tínhamos 4 volumes entre mochilões e mochilinhas, ou seja, seriam quase 30 doletas para deixar as mochilas no guarda-volumes por algumas horas! 

Então resolvemos nos revezar: enquanto o Peg e o Lipe ficaram num restaurante da estação de trens de Himeji almoçando e cuidando das nossas malas, eu fui até o castelo, e eles foram depois. 

É tudo uma questão de estratégia, escolha a sua 😉

uma opção boa e barata para almoçar na estação de Himeji

essa rede de restaurantes japonesa oferece vários tipos diferentes de pratos-feitos

Atenção para o fato de que, para entrar e sair das estações de trem, especialmente nas áreas de embarque, você sempre precisa ter em mãos o seu passaporte e JR pass - não vá esquecer deles no guarda-volumes! 

A estação de trens de Himeji é super bem sinalizada - devo ter visto pelo menos umas 10 placas lá indicando a direção do Castelo, você vai descer do trem e não vai nem precisar perguntar para que lado é o dito cujo!


 



E, sobre o Japão, veja também: 


Aliás, o pessoal da estação parece saber que todos turistas chegam lá loucos para ver o Castelo e, já na estação, há uma maquete e lugares para os pequenos viajantes tirarem fotos - o Lipe adorou 😜



O castelo da cidade é tão imponente e grandioso que já dava para enxergá-lo quando estávamos chegando a Himeji, de dentro do trem, a mais de 2km de distância. 

Saindo da Himeji Station, ele estará imediatamente à sua frente, a 1.1km de distância. 

As ruas da cidade são bem bonitas, com esculturas pelas calçadas, mas é inegável que o grande apelo turístico de Himeji é mesmo o lindo castelo branco da cidade. 

veja como a estação fica exatamente de frente para o Castelo - é só seguir reto pela avenida mais larga no meio do mapa

o Castelo de Himeji já pode ser avistado desde muito longe, de dentro do trem (atrás da antena, viu?)

a moderna estação de trens de Himeji

tirei esta foto parada na frente da estação de trens de Himeji
 
se quiser, você pode alugar uma bici para rodar pela cidade

mapas da cidade espalhados pelas calçadas de Himeji

esculturas pelas ruas

Em 15min de caminhada eu já havia ultrapassado o fosso e as muralhas e estava dentro do pátio do famoso castelo. 

Ele ainda está sendo restaurado, mas o tapume é pequeno e não atrapalha em nada a grandiosidade do monumento. 

Não tínhamos a intenção de visitá-lo por dentro - nossa vontade era de vê-lo por fora mesmo. A visita autoguiada, seguindo as flechas por dentro do castelo, segundo eu li, leva quase 2hs!

Muitas fotos e 15min depois eu já estava de volta à estação de trens de Himeji - era a vez dos meninos se impressionarem com o maior e mais suntuoso castelo do Japão. 

cruzando o fosso para chegar ao castelo, impossível não ficar esperando ver jacarés ali no fosso hehehe


o castelo é cercado por muralhas e por um fosso

entrada principal para o Castelo de Himeji




Em japonês, ele se chama Himeji-jo, ou shirasagi (garça branca), e é um dos poucos castelos originais do Japão, de 1580 - pois a maioria dos castelos japoneses, como por exemplo o de Hiroshima, são reconstruções modernas, depois de terem sido destruídos por incêndios, terremotos ou guerras. 

Ele tem uma fortaleza principal de 5 andares e 3 pisos menores, todo circundado por muralhas e fossos. Segundo a lenda, pelas aberturas da muralha, eles despejavam óleo fervendo em quem tentava se aproximar sem ter sido convidado kkkk...

Em resumo: visite o castelo branco no caminho entre Quioto e Hiroshima - num pit-stop de 1h30min já dá para curtir bastante. 

Se quiser fazer o tour completo, reserve no mínimo 3hs para o passeio.

Ah, e vale dizer que é proibido voar o drone lá na área do castelo - o Peg ficou bem decepcionado (nem lembrou de tirar fotos!)! 😒

viu o tapume ali do lado esquerdo da foto? ele nem atrapalha 

artistas de rua prontos para uma foto



 
muitos turistas - a grande maioria japoneses - mesmo no auge do inverno

Vídeos do Japão

Veja algumas imagens dos nossos melhores momentos viajando pelo Japão - não esqueça de selecionar a opção para assistir em HD (alta definição)! As imagens ficam incomparavelmente melhores!

Clique abaixo no play e aumente o som:

      

      


As edições dos vídeos foram feitas com o software Sony Vegas Pro 12.

Escolha outros videoclipes para assistir no nosso canal no YouTube!

Ainda não se inscreveu lá?? Faça isso já ❤

Assista também os vários vídeos que já estão lá no nosso canal no Vimeo

Participe do pequeno viajante

Já foi ao Japão? Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários! Nós adoraríamos ter as contribuições de vocês aqui no blog

No próximo post, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí! 

Na nossa viagem ao Japão, usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só ir na # para ver todas as dicas que já postamos: 

#LipenoJapão
#LipeVoltaaoMundo

Acompanhe nossos Instagrams @claudiarodriguespegoraro @marlonpegoraro - já tem muitas dicas da nossa viagem ao Japão por lá!

a felicidade de chegar a um lugar muito sonhado!


Japão - dicas para acompanhar a floração das cerejeiras no país
Japão - dicas gerais de viagem pelo país
dicas de culinária japonesa (10 pratos que você precisa experimentar)
como tirar o visto para viajar ao Japão

* Sobre o Japão
* Sobre a Coréia do Sul
* Todos os posts sobre a nossa viagem de volta ao mundo


Precisa reservar hotéis bons e baratos para a sua viagem ao Japão?

Leia nosso postJapão - hotéis bons e baratos em Quioto, Hiroshima, Takayama e Tóquio (e quanto custam)

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Mais fotografias das nossas viagens nos Instagrams @claudiarodriguespegoraro @marlonpegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


4 comentários:

  1. olá amigos!

    Também visitamos o castelo Himeji. Superou as minhas expectativas, e achei que é uma atração turística top, comparável aos mais bonitos castelos da Europa!

    O que impressionou, além do tamanho, foi que o Himeji fica no alto de uma colina, em posição bastante destacada na cidade. Dá pra passar quase um dia inteiro por lá, fora a visita dos jardins, ao lado do castelo! A cidade também é agradável e nem parece tão pequena, pois dá pra perceber que concentra prédios mais bonitos e modernos bem na avenida que conduz ao castelo.

    Nossos planos eram de visitar o Himeji na ida de Hiroshima (nossa primeira parada no Japão) para Kyoto. Mas prolongamos nossa permanência no segundo e último dia em Hiroshima, pois também é uma cidade bem agradável e com coisas para ver (além do parque da paz e museu da bomba, fomos ao castelo de Hiroshima e no Shukkeien Garden, que valeram muito a pena!). Fomos direto para Kyoto. Deixamos o Himeji para fazer de bate-e-volta a partir de Kyoto, no mesmo dia em que também fomos para Osaka para visitar o castelo de lá (esse foi o dia dos castelos!) e mais a Dontonbori. Foi pouco tempo que tivemos em Osaka, mas foi o que deu para fazer. Tiramos até mais fotos em Himeji, impressionados com a grandiosidade do castelo, que também visitamos.

    Como fomos no início de abril, as cerejeiras ao redor do castelo estavam começando a abrir, e muitas famílias faziam piqueniques debaixo delas. Eu fico imaginando isso aí se a floração já estivesse plena.... Himeji, realmente, é um dos lugares imperdíveis do Japão, nem que seja por poucas horas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, não sei como te contatar, mas espero que tu vejas por aqui o convite para escrever um post pra gente publicar no blog! Teus comentários são excepcionais! Quero muito um relato completo teu para publicarmos no blog sobre a tua viagem ao Japão! Se topar é só me mandar o texto por email! E as fotos pode me mandar pelo Face mesmo! Tu tens Facebook?

      Excluir
    2. ei Claudia! Tenho sim! Da última vez acho que falei com o Marlon lá no face sobre o inversor para ter tomadas elétricas no carro. Eu e minha esposa nos identificamos muito com vocês e somos fãs do blog. E, por coincidência, temos feito viagens parecidas. Canadá e Japão foram uns poucos meses depois. E agora em outubro será a vez da Nova Zelândia, a nossa estreia de motorhome! Quando tiver mais tempo espero poder contribuir mais com vocês! Vamos manter contato! Um abraço pra vcs!

      Excluir
    3. Vocês vão se apaixonar pela Nova Zelândia! Já viu nosso roteiro de lá?? Foi perfeito!
      Realmente Hiroshima tem muita coisa para fazer, ficamos 3 dias lá!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...