29 de maio de 2017

Japão - hotéis bons e baratos em Quioto, Hiroshima, Takayama e Tóquio (e quanto eles custam)

hotel ryokan takayamaNa nossa viagem ao Japão, estando com o pequeno viajante na bagagem, decidimos que queríamos passear sem correria, sem stress, do tipo slow travel, ficando no mínimo 3 noites em cada lugar.

Acabou que não foi bem slow travel, porque cada lugar que fomos tinha tantas atrações que acabávamos enchendo nossos dias por lá de passeios, mas ficamos bem satisfeitos com a formatação do nosso roteiro, porque conseguimos de fato ficar entre 3 e 7 dias em cada cidade, o que evitou toda a função de faz mala, desfaz mala, faz check-in, faz check-out, carrega mala pro metrô, carrega mala do trem pro hotel - esses pequenos detalhes que podem acabar tornando qualquer viagem estressante e cansativa, especialmente com crianças. 

No Japão, com o eficientíssimo sistema de trens e transporte público, fica fácil fazer vários bate-e-volta, então esta foi a nossa opção: nos hospedamos em apenas 4 cidades japonesas diferentes durante a viagem (Quioto, Hiroshima, Takayama e Tóquio), mas conhecemos mais de 10 cidades diferentes no total, só fazendo "esticadinhas". 

Recomendo muito essa estratégia, não em qualquer lugar, mas especialmente no Japão, e principalmente se você viaja com pequenos viajantes a tiracolo.


arrastando mochilas na neve

Gastos

No total, gastamos ¥ 178.510 em 18 noites de hotel, o que, pela cotação da época (janeiro de 2017), resultou numa média de ¥ 9.917 (U$ 88 por noite). 

Na nossa experiência, considerando que viajamos com um pequeno viajante de 7 anos e que já não é tão fácil encontrar hotéis que não cobrem por ele, fizemos uma média excelente. 

Pelo que vejo por aí, todo mundo comenta que um dos maiores gastos em viagens pelo Japão é com hospedagem no país, e acredito que gastamos bem menos do que a média dos viajantes brasileiros gastam por lá 😏

Note que, em algumas noites, ficamos em quartos triplos com banheiro e, noutras, ficamos em quartos duplos sem banheiro. Experimentamos todos os tipos de acomodações baratas disponíveis, desde hotelzão meio decadente em promoção sem café da manhã (Hiroshima), até albergue em estilo ryokan com banheiro compartilhado (Takayama). 

Escolhemos pelo preço, localização, possibilidade de cancelamento gratuito e boas avaliações no Booking. Os nossos pré-requisitos eram que o lugar fosse limpo e tivesse boa internet wifi

Detalhe: não reservamos nenhum deles com muita antecedência, no máximo uns 10 dias antes, e acho que isso contribuiu para que conseguíssemos preços bons, "last minute". 

Aquela regra de reservar com antecedência para conseguir preços melhores definitivamente não se confirma conosco, sinto informar. Quando vi o preço de alguns destes mesmos hotéis com 2 meses de antecedência, os preços eram maiores do que os que conseguimos "de última hora".  


gastos com hospedagem encarecem a viagem ao Japão






arredores do nosso hotel em Quioto

A lista

Segue a lista dos 4 hotéis em que ficamos no Japão - mais adiante conto detalhes de cada um deles:

1 Kyoto (5 noites, com café bem simples) - Hotel Eco and Tec Kyoto (エコアンドテック京都) U$ 424 = ¥ 49.680 = R$ 1.369,00

2 Hiroshima (3 noites, sem café) - Hotel Century 21 Hiroshima (ホテルセンチュリー21広島) R$ 636 = ¥ 22.830

3 Takayama (3 noites, com café bonzinho) - The Takayama Station Hostel (高山駅前簡易宿舎) ¥ 21.400 + 9.000 pelo Felipe

4 Tokyo (7 noites, com café da manhã muito bom) - Hotel the b Ochanomizu (ザ・ビー お茶の水) ¥ 84.600 (R$ 2.357,00) 


o ótimo café da manhã do hotel de Tóquio

Em comum

Características comuns a todos os hotéis em que ficamos: os banheiros e chuveiros eram sempre excelentes, com muita água quente e os produtos eram sempre da ótima marca japonesa Shiseido

A limpeza era sempre impecável. 

A arrumação do quarto e troca de lençóis e toalhas dependia sempre do seu pedido - se você não pedir psra trocarem, ou não deixar as toalhas jogadas no chão da banheira, eles não trocam mesmo. 

A lavanderia self-service era sempre disponível para os hóspedes, ou de forma gratuita ou mediante um custo muito baixo, o que não é tão comum em outros países.

A recepção em TODOS eles era simpática e eficiente como tudo no Japão. Cada vez que íamos sair eu perguntava qual a melhor maneira de chegar a um determinado lugar e eles já sacavam um mapa para me mostrar as melhores conexões, chegando ao ponto de imprimir os trajetos de metrô do Google Maps para me entregar tudo explicadinho. 

Uma coisa!!!! 


banheiro impecável do hotel de Hiroshima


Olha que incríveis esses banheiros de hotéis japoneses onde ficamos: o que aparece primeiro no videozinho é do hotel de Quioto e, na sequência, toda a sabedoria japonesa em vasos sanitários no albergue de Takayama:




Kyoto (5 noites, com café bem simples) - Hotel Eco and Tec Kyoto (エコアンドテック京都) U$ 424 = ¥ 49.680 = R$ 1.369,00

Em Kyoto a localização do hotel era boa, perto do metrô, mas poderia ser um pouco mais perto do ponto de ônibus, já que em Kyoto a gente acaba usando mais ônibus do que metrô para os pontos turísticos. 

O ponto alto é o riacho que passa logo ali ao lado, cercado por lindos salsos chorões. 😚

O tamanho do quarto era bom, para os padrões japoneses. 

O quarto era no estilo ryokan, com tatame no chão e colchões em cima do piso. As camas nesse estilo são muito mais confortáveis do que eu pensei. 

O quarto tinha uma sacada, o que eu adorei. 

O banheiro era ótimo. 

A lavanderia (máquinas de lavar e secar) era grátis e nós só pagamos pelo saquinho de detergente. 

O café da manhã se resumia a um saquinho com 3 pãezinhos por pessoa, mas havia café e chá grátis na recepção o dia todo (adoro). Tinha também uma máquina automática de venda de cervejas e refrigerantes. 

Na área comum, havia 3 cadeiras de massagem maravilhosas e gratuitas! Todos os dias chegávamos no hotel à noite e íamos direto fazer massagem, da cabeça aos pés. 

O Lipe viciou!





vista da nossa sacada





arredores do hotel




café da manhã super simples do hotel de Quioto


cada quarto tinha a sua cestinha de pães




usando o Google Tradutor para aprender a usar o vaso hahaha





caminhas em estilo japonês super confortáveis







Hiroshima (3 noites, sem café) - Hotel Century 21 Hiroshima (ホテルセンチュリー21広島) R$ 636 = ¥ 22.830

Este hotel é um daqueles hotelzões que já viram melhores dias (provavelmente nos anos 80) e agora ficou um pouco datado e decadente, mas não tenho nada a dizer contra ele, pelo contrário - essa é só uma 'definição' para vocês entenderem o 'tipo' de hotel que ele é. 

Foi o maior quarto em que ficamos no Japão, com 2 camas de solteiro e uma terceira cama que colocaram pro Lipe. 

Foi, também, o único que não tinha café da manhã incluído na diária e, como era super caro o café da manhã no hotel, nem experimentamos - tomávamos café na rua mesmo! 

O único 'porém' é que, mesmo num andar para não fumantes, havia cheiro nos corredores. 

A localização era excelente, a poucos metros da estação de trens da cidade - bastava atravessar uma ponte! 


todo cuidado é pouco para não se esparramar no gelo a caminho do hotel em Hiroshima


trajes típicos em Hiroshima
do outro lado do canal, nosso hotel (visto a partir do McDonald's do shopping)

recepção grandiosa de um hotel que já viu melhores dias










todos os vasos vêm com manual de instruções kkkk

adoro pias fora do banheiro



Takayama (3 noites, com café bonzinho) - The Takayama Station Hostel (高山駅前簡易宿舎) ¥ 21.400 + 9.000 pelo Felipe

Localização excelente também, a poucos metros da estação de trens da cidade, o que foi uma bênção, considerando que nevou a cântaros durante a nossa estadia na região! 

Se arrastar a mala pelos sulcos na neve da estação ao hotel foi um porre por poucos metros, imagino o perrengue de quem se hospeda longe da estação de trem, na parte histórica da cidade...aí só apelando para táxi mesmo! 

O albergue era bem bom, com uma cozinha coletiva que usamos muito - só almoçávamos na rua, pois o café da manhã incluído na diária era bonzinho (sopa, pão, manteiga, geleia, ovo cozido, café, chá) e fazíamos a janta na cozinha com coisas que comprávamos no super. 

Isso dá uma boa economia, porque fazer 3 refeições por dia em restaurantes no Japão estoura o orçamento! 

muita neve e gelo em Takayama


prédio do albergue em Takayama

entrada do albergue

vista do nosso quarto privativo no albergue de Takayama

café da manhã em Takayama

comprávamos produtos locais e fazíamos nosso jantar na cozinha coletiva do albergue

A parte ruim é que crianças de 7 anos não ficam lá de graça

Fiz a reserva num quarto duplo e avisei que estaríamos com um filho de 7 anos, aí ela me respondeu dizendo que, além dos ¥ 21.400 da nossa reserva de quarto duplo, teríamos que pagar mais ¥ 9.000 pelas 3 noites do Felipe, o que dá quase U$ 30 por dia para uma criança de 7 anos poder dormir na nossa cama! 

Sim, embora você pague os ¥ 9.000 extras, isso não dá direito a uma cama extra para a criança 😕

Mantive a reserva assim mesmo pela localização, pelas boas avaliações do albergue no Booking e também porque, mesmo considerando a cobrança extra pelo Lipe, o preço ainda compensava - estava tudo caríssimo em Takayama! 

E não me arrependi: a estadia lá foi perfeita e divertida! O Lipe adorou as caminhas no chão estilo 'ryokan dos pobres' - foi como estar num acampamento kkkk...

O tamanho do quarto era suficiente. 

Os banheiros eram no corredor, a poucos passos do quarto, mas era como se fossem privativos: sempre brilhando de limpeza e nunca encontrei ninguém lá. 

O atendimento e a simpatia do pessoal na recepção também são incríveis - não adianta: atendimento em hostel, como regra, é sempre muito melhor e mais simpático do que em hotel! 


não esqueça de tirar os seus calçados e deixar na prateleira adequada na portaria!


nosso quarto privativo no albergue estilo japonês em Takayama



adivinha se o Lipe não a-do-rou o quarto-acampamento?!

compramos o tour para Shirakawa-go no próprio albergue com desconto







vista do nosso quarto em Takayama



Tokyo (7 noites, com café da manhã muito bom) - Hotel the b Ochanomizu (ザ・ビー お茶の水) ¥ 84.600 (R$ 2.357,00) 

Esse hotel em Tóquio tem, na minha opinião, uma ótima relação custo-benefício para quem viaja com crianças. Foi um dos poucos que encontramos no Booking com possibilidade de reservas canceláveis que não cobrava nada a mais pelas crianças

Mas também tenho que anotar o seguinte: eles não cobram a mais pelas crianças, mas também não oferecem nada a mais para crianças: o Lipe dormiu na cama conosco (não havia nem espaço para uma cama extra) e não fornecem nem toalha nem travesseiro a mais para a criança, muito menos café da manhã! 

No café da manhã - que é muito bom, um verdadeiro almoço - tem que entregar um voucher e nós só tínhamos direito a 2 vouchers

No primeiro dia, a senhora - muito estressada - que atendia no café da manhã, ficou cobrando o voucher do Lipe e eu tive que ir na recepção explicar que não ia pagar a mais pelo café da manhã dele simplesmente porque o guri não come nada no café. Eles disseram ok e ainda vieram com um ursinho de 'consolo' pro Lipe kkkk...

Ou seja: é um bom hotel para quem está acostumado a dormir com o filho na cama durante as viagens e quer economizar (porque hospedagem em Tóquio é coisa cara mesmo!)! 


café da manhã do hotel de Tóquio






O quarto é minúsculo, mas tem tudo o que é necessário, e o banheiro tem uma banheira onde o Lipe 'relaxava' todos os dias à noite! 

Lavamos roupa lá - tem uma máquina de lavar e outra de secar roupas no 9° andar - por ¥ 300 (menos de U$ 3). 

Tem café grátis na recepção o dia todo. 

A localização é muito boa. Se você encontrar alguma barbada em Shibuya, recomendo se abraçar - é como encontrar uma barbada em Time Square, entende? Mas, assim como em NYC, em Tóquio não há "UM bom lugar" para ficar, porque é uma cidade imensa, com atrações completamente espalhadas por todos os lados, então, independente de onde você se hospedar, vai ter que usar bastante transporte público todos os dias. Coloque na conta pelo menos uns 3 deslocamentos de metrô por dia. 

Dito isso, em Tóquio o importante é se hospedar num hotel que fique perto de uma estação de metrô com boas conexões. E, nesse aspecto, o Hotel the b Ochanomizu é excelente: a uma quadra de distância há uma estação que é um cruzamento de 3 das principais linhas de metrô da cidade, e ainda fica pertinho de Kanda, que tem estação de outra linha de metrô, e de Akihabara que, além de ter uma estação de metrô e de JR, é um ponto turístico por si só.



vista do nosso quarto de hotel em Tóquio

tem que dormir abraçadinho de conchinha

não falei que era minúsculo??





Chip de celular

No Japão - e em todo o resto da nossa viagem de volta ao mundo, com exceção do Marrocos - usamos um chip de celular da Easysim4u, que apoiou a nossa viagem. 

Recebemos o chip em casa, antes de sair do Brasil, colocamos ele no telefone celular ainda no avião e já chegamos na Europa e depois na Coréia do Sul e no Japão com internet funcionando no telefone! 

Para quem vai viajar por vários países (e continentes!), a facilidade e comodidade que esses chips da T-Mobile (revendidos no Brasil pela Easysim4u) oferecem são imbatíveis ☺

Nós não vendemos esses chips através do blog (nem nenhum outro produto ou serviço, pois o pequeno viajante é um blog que não visa lucro, é apenas um passatempo nosso mesmo) - então dê uma olhada direto lá no site deles - Easysim4u - para ver como comprar esses chips e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar.


já chegamos ao Japão conectados com o chip da Easysim4u

Vídeos do Japão

Veja algumas imagens dos nossos melhores momentos viajando pelo Japão - não esqueça de selecionar a opção para assistir em HD (alta definição)! As imagens ficam incomparavelmente melhores!

Clique abaixo no play e aumente o som:

      

      

As edições dos vídeos foram feitas com o software Sony Vegas Pro 12.

Escolha outros videoclipes para assistir no nosso canal no YouTube!

Ainda não se inscreveu lá?? Faça isso já 😍

Assista também os vários vídeos que já estão lá no nosso canal no Vimeo!

Participe do pequeno viajante

Já foi ao Japão? Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários! Nós adoraríamos ter as contribuições de vocês aqui no blog

No próximo post, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí! 

Na nossa viagem ao Japão, usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só ir na # para ver todas as dicas que já postamos: 

#LipenoJapão
#LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - já tem muitas dicas da nossa viagem ao Japão por lá!

teve gente que adorou fazer massagem grátis depois de longos dias turistando em Quioto!


* Japão - dicas para acompanhar a floração das cerejeiras no país
* Japão - dicas gerais de viagem pelo país
* dicas de culinária japonesa (10 pratos que você precisa experimentar)
* como tirar o visto para viajar ao Japão

* Sobre o Japão
* Sobre a Coréia do Sul
* Todos os posts sobre a nossa viagem de volta ao mundo


Precisa reservar um hotel para a sua viagem ao Japão?

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...