8 de março de 2017

Japão - as dicas da Akiko para uma viagem inesquecível

"Conheci" a Akiko virtualmente quando estávamos viajando pelo Japão. Ela, que morou 15 anos na Terra do Sol Nascente, hoje vive aqui no Rio Grande do Sul, e me deu algumas das melhores dicas de viagem pelo Japão

Me empolguei tanto com as recomendações dela que não resisti a pedir que ela compartilhasse algumas dessas ótimas dicas também com vocês aqui no blog


Como todo bom japonês, a Akiko foi eficientíssima e, mal chegamos de viagem, ela já tinha me enviado 2 posts incríveis para dividir com vocês. 


Este, com dicas gerais de viagem pelo Japão, é o primeiro, e amanhã sai outro post, sobre a maravilhosa culinária japonesa - foi ela quem me ensinou tudinho sobre o assunto, não perde!


Akiko, 1000 vezes obrigada! A nossa viagem foi muito mais completa e interessante graças às tuas dicas!


Leia também: como tirar o visto para viajar ao Japão
Com vocês, Akiko Kawashima:

A famosa Terra do Sol Nascente, onde tradições milenares caminham de mãos dadas com a modernidade, onde a natureza nos presenteia com paisagens exuberantes em qualquer estação do ano, onde a educação e a hospitalidade vem em primeiro lugar! Esse é o Japão! País dos meus avós, que me acolheu por 15 anos e que me proporcionou as melhores experiências da vida!

Compartilho com vocês algumas dicas de pontos turísticos interessantes para que sua viagem seja proveitosa e inesquecível!


olha que fofura as filhotas da Akiko usando roupas típicas japonesas!

Cidades para incluir no seu roteiro

Tokyo – capital do Japão, repleta de arranha-céus, com o cruzamento mais movimento do mundo (localizado em Shibuya), onde se pode comer o sushi mais fresco da vida (no maior mercado de peixes do mundo: Tsukiji), se “perder” no paraíso dos eletrônicos (em Akihabara), se sentir “diferente” no famoso bairro da moda, localizado em Harajuku (muitos se fantasiam de cosplayers de seus personagens preferidos de animes ou mangás), relaxar nos jardins do Palácio Imperial, conhecer os inúmeros museus espalhados pela capital ou até mesmo curtir Parques Temáticos como o da Hello Kitty, a Tokyo Disneyland ou a Disney Sea.


Yokohama cidade portuária linda e bem próxima de Tokyo (40 minutos de trem). 

O bairro mais famoso fica em Minato Mirai, repleto de pontos turísticos, entretenimento, restaurantes e com uma visão noturna de encher os olhos! 


Vale a pena conhecer o Rámen Museum, o Cup Noodle Museum e o bairro Chukagai onde está a Chinatown.




Kyoto – antiga capital do Japão, cidade das gueixas (que circulam pelo bairro Gion) e dos samurais, dos castelos, templos e palácios, das casas de banho de águas termais (os famosos onsens) e da tradicional culinária japonesa.

Kyoto é uma volta ao passado, repleta de história e tradição.


Shirakawa-Go – localizada no estado de Gifu, está a famosa aldeia Ogimachi, tombada pelo Patrimônio Mundial da Unesco, com as 59 casas no estilo gassho-zukuri (feitas de madeiras e caracterizadas por íngremes telhados triangulares de palha). 

O cenário fica incrível principalmente no inverno, com as casas cobertas de muita neve.


Veja mais em Shirakawa-Go.


Península de Ise –  localizada no estado de Mie, é formada por 3 cidades: Ise, Toba e Shima, designadas como Parque Nacional, por sua beleza natural e importância cultural.

Nesta península se localiza o Ise Jingu, o santuário mais nobre do Japão. 

A Ilha de Mikimoto (que fica em Toba), é onde se cultiva as famosas pérolas japonesas recolhidas por mergulhadoras, denominadas Ama-san, e existem ótimas praias em Shima.


Veja mais aqui

E é nesse mesmo estado, na cidade de Iga, que se localiza também o Museu dos Ninjas, onde você conhce a casa dos ninjas, a sala de técnicas ninjas e o show de ninjas. 

Vale muito a pena a visita!


Hiroshima e Ilha de Miyajima – a cidade que renasceu das cinzas é parada obrigatória para os turistas que visitam o Japão. 

No Parque Memorial da Paz se localiza a Cúpula da Bomba Atômica, o Cenotáfio das Vítimas da Bomba, o Hall Memorial da Paz e o Museu Memorial da Paz. 

Além disso, vale a visita ao Castelo de Hiroshima e ao Jardim Shukkeien.


Veja mais em Visit Hiroshima

E, a menos de 1 hora de distância de Hiroshima, está a Ilha de Miyajima, onde se localiza o mais famoso Portal Japonês, denomidado Torii, que literalmente “flutua” no mar.

Mais informações em Visit Miyajima.



Caso permaneça por mais tempo no Japão, vale muito a pena conhecer essas 2 ilhas:

Hokkaido – ilha localizada ao norte do Japão, com uma natureza exuberante. 

É em Hokkaido que acontece o tradicional Festival de Neve, no início de fevereiro, na capital Sapporo, onde enormes esculturas de gelo e neve encantam turistas do mundo inteiro.
E nesta Ilha também se localiza o famoso Zoológico de Asahiyama.

Links interessantes: 




Okinawa – é um conjunto de ilhas localizadas ao sul do Japão. 

Considerado o paraíso tropical do país, com praias cristalinas de tirar o fôlego e clima agradável o ano todo.


O povo alegre, a língua, a comida, a dança, a música e os costumes tradicionais desde o Reinado Ryukyu ainda se fazem muito presentes e, por isso, Okinawa parece até um outro país.

Em Okinawa também se localiza o maior Aquário do Japão, o Churaumi Aquarium.

Veja mais aqui.



Coisas que você tem que fazer no Japão

E, para que sua experiência seja completa, listo algumas coisas que você não pode deixar de fazer quando estiver visitando o Japão:

1. Andar de trem-bala (Shinkansen) e apreciar o Monte Fuji da janela (o maior vulcão do Japão).

2. Se banhar num Onsen, que são paraísos de águas termais, naturais e medicinais.

* Atenção: para aqueles que possuem tatuagem, ainda há muitas restrições.

3. Comprar algo nas inúmeras máquinas de venda automáticas espalhadas em cada esquina do Japão. 

Os famosos Jidou Hanbaikis, onde se vende desde sucos, cigarros, chocolates até óculos.

4. Dormir em um Hotel Cápsula.

* Atenção: existem Hotéis Cápsulas somente para homens, mulheres e mistos.

5. Se hospedar num Ryokan.

São hospedagens tradicionais japonesas, que oferecem jantar tipíco e onde se dorme nos tatames.

6. Visitar um templo, fazer um pedido, jogar uma moeda de 5 ienes e tentar tirar a “sorte” nos milhares de templos espalhados pelo Japão. 

Vale muito a experiência!

7. Se visitar o Japão na época da primavera, não deixe de fazer um piquenique (hanami) debaixo das flores de cerejeiras (sakurás), ou se estiver a passeio em pleno outono, visitar parques para contemplar o colorido das folhas (koyo), que vão do amarelo, vermelho até o marrom.

_____________________________

 
Créditos das fotos, com exceção das 2 primeiras que são da Akiko: Creative Commons

Aqui, alguns vídeos de nossa viagem ao Japão:
      

      

Na nossa viagem ao Japão, usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só ir na # para ver todas as dicas que postamos: 

#LipenoJapão
#LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas da nossa viagem ao Japão por lá!

Já foi ao Japão? Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários!


Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Nosso snapchat é @pequenoviajante.

Você também nos encontra aqui:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...