26 de agosto de 2016

passaporte para crianças - o que você precisa saber para evitar perrengues

O primeiro post que eu escrevi aqui no blog, em janeiro de 2010, foi, por razões óbvias, sobre como fazer passaporte para um bebê: primeira providência - o passaporte.

O blog estava nascendo, praticamente junto com o pequeno viajante, e nós precisávamos começar pelo começo, não é?

Em 2013, escrevi um outro post sobre o assunto, com o título 3 aninhos, 3 passaportes

Naquele ano, no 3º ano de vida, o Lipe teve que fazer o seu 3º passaporte, por mais absurdo que isso possa parecer. 

Agora (2016), com 7 anos há pouco completados, tivemos que fazer o 4º passaporte do Felipe, que ficou pronto esta semana. 

Como já estamos craques no assunto, quero deixar aqui algumas dicas e considerações que fomos aprendendo no caminho, para que vocês não passem perrengue por não saber. 


1 Fazer o passaporte é fácil

Basta preencher um formulário pela internet, no site da PF, fazer o agendamento, imprimir a Darf para pagamento da taxa no banco (que é bem salgada, mesmo preço de adulto: R$ 257,25), e ir a alguma Delegacia de Polícia Federal levando os documentos necessários (veja quais são estes documentos no site da PF) que, para crianças, são bem menos numerosos do que para um adulto. 

A criança precisa estar presente tanto no momento do requerimento do passaporte (para colher as impressões digitais), quanto na hora da entrega do documento, mesmo que seja um bebê. 

O Lipe, agora com 7 anos, teve até que assinar o passaporte dele lá na sede da DPF :)

Verifique na Delegacia onde você for fazer o passaporte se lá eles tiram fotos de bebês - em algumas, eles preferem que você já leve a foto do bebê, e só tiram de crianças maiores de 3 anos de idade. 

Não é necessária a apresentação de carteira de identidade para menores de 12 anos, bastando a certidão de nascimento

Providencie o passaporte do seu filhote com bastante antecedência antes da sua viagem marcada. Há pouco tempo, houve um problema na emissão dos documentos e estava demorando mais de um mês para novos passaportes ficarem prontos. 


2 Vistos 

Se o seu filhote tiver vistos válidos, como o americano, por exemplo, no passaporte anterior, você não precisa entregá-lo na Polícia Federal. 

Tem que levar o passaporte velho, eles vão cancelar as páginas não utilizadas com um carimbo e devolver o livrinho para você. 

Isso acontece porque alguns vistos, principalmente o americano, têm validade maior do que a validade do passaporte, que é curtíssima para crianças - nesses casos, você precisará carregar os 2 passaportes quando for viajar (o vencido com visto e o válido sem visto). 

Exemplo: o Felipe renovou o visto americano dele em 2015 e esse visto é válido até 2025, só que está no passaporte que vence em março de 2017. Se viajarmos com ele aos EUA em abril de 2017, teremos que levar o passaporte vencido que tem o visto americano válido e o passaporte atual, que está válido mas não tem o visto, entendeu?


3 O problema da validade

Passaportes de crianças têm validade muito curta - o 1º que fizemos pro Lipe valia por 1 ano, o 2º valeu por 2 anos, o 3º valeu por 4 anos e este 4º é válido por 5 anos. 

O problema é que, mesmo sendo válidos por muito menos tempo, eles custam a mesma coisa que os de adultos, carérrimos! :(

Pior que isso: como expliquei acima, o 3º passaporte do Lipe era válido até março de 2017. Então porque já estamos providenciando um passaporte novo pro Lipe agora, em agosto de 2016? 

Ocorre que muitos países exigem, para dar o visto de entrada, que você tenha um passaporte com validade mínima de 6 meses

Como temos planos muito sérios de viajar com o Lipe para vários países em dezembro, quando o passaporte dele só teria validade de mais 3 meses, decidimos já renovar o passaporte logo, para não corrermos o risco de empatar algum visto porque o passaporte do Lipe não tinha a validade mínima de 6 meses, entendeu? 

Várias 'variáveis' que precisam ser consideradas...imagina não conseguir um visto por causa disso?!?

Foi por esse mesmo motivo que tivemos que fazer o 2º passaporte do Lipe: o 1º passaporte ainda era válido quando íamos viajar (validade de apenas 1 ano), mas, no 7º mês daquele passaporte, ele já não tinha mais a validade mínima de 6 meses exigida por muitos países - ou seja, o 1º passaporte valeu por apenas 6 meses, e depois disso já não servia mais! 

Absurdo, né? 


4 Acabaram-se os perrengues

Já comentei em outros posts que os passaportes antigos estavam dando muita incomodação, pois não continham os nomes dos pais da criança por extenso e eles nunca tinham leitores de códigos de barras nos aeroportos para conseguir ler os documentos. 

Se a pessoa não tivesse um outro documento da criança, como certidão de nascimento ou RG, na hora do embarque, não conseguia provar que aquela criança era seu filho e quase sempre passava perrengue no aeroporto, tendo que torcer para que a Polícia Federal verificasse rapidamente a paternidade da criança no sistema informatizado de consultas. 


Agora esse problema acabou, porque os novos passaportes, como o que nós recebemos nesta semana, já vêm com os nomes dos pais por extenso

E mais: tivemos a possibilidade de fazer constar do próprio passaporte uma autorização para que o pequeno viajante possa viajar desacompanhado ao exterior

Não que eu esteja planejando mandar o Lipe numa viagem sozinho hehehe (nem morta!), mas nós vamos com muita frequência ao Uruguai, por exemplo, e é muito bom que ele já tenha no próprio passaporte essa autorização para poder viajar com uma das avós para lá - de outro modo, teríamos que fazer uma autorização judicial, uma função! Facilitou bastante! 

Para fazer esta autorização, ambos os pais têm que comparecer na Polícia Federal para confirmar, com o formulário padrão preenchido (que você encontra no site). 


Você já providenciou o passaporte do seu filhote? Teve alguma experiência diferente das nossas? 

Conte pra gente, queremos saber!


como renovar o visto americano
como tirar o visto online para o Canadá
os vistos da nossa viagem ao redor do mundo
a resposta certa: brasileiro não precisa de visto russo
como planejar uma viagem econômica e independente à Disney
vistos & bebês/crianças
quando tudo dá errado: a epopéia dos vistos
visto para a Austrália: erramos o timing



Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Nosso snapchat é @pequenoviajante.

Você também nos encontra aqui:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...