3 de março de 2016

do Paso de Jama até San Pedro, algumas das atrações mais incríveis do Deserto do Atacama, incluindo o Salar de Tara


No último post, expliquei como ir da Argentina para o Chile pelo Paso de Jama, descrevendo as atrações do caminho entre a Quebrada de Humahuaca e a fronteira com o Chile. 

Como prometido, neste segundo post vou mostrar as atrações que ficam do lado chileno da fronteira, já no Deserto do Atacamano caminho entre o Paso de Jama e San Pedro. 

De Tilcara, na Argentina, até San Pedro do Atacama, no Chile, pelo Paso de Jama, percorremos, neste dia, no total, 436Km que, de acordo com o Google Maps, faríamos em 4h40.


Saímos de Tilcara 8:30am e chegamos a San Pedro de Atacama 8pm, ou seja, levamos quase 12hs no trajeto, com 647 paradas para fotos, vídeos e muito embasbacamento numa das estradas mais bonitas das nossas vidas.



Quer nos acompanhar no nosso primeiro passeio pelo Deserto do Atacama? Vamos lá!


Estradas


O Paso de Jama fica a 4320m de altitude, na denominada puna 

São 157Km de Jama a San Pedro de Atacama, pela Ruta 27 chilena, sempre por estradas pavimentadas bem boas. 




estradas bem boas e paisagens grandiosas


a típica vegetação da puna


Animais


Neste trecho do caminho, vimos muitos animais selvagens nas margens da estrada. 

A região é cheia de imensos salares - o Salar de Jama, o Salar de Quisquiro, o Salar de Pujsa e o Salar de Aguas Calientes são apenas alguns dos quais a gente vai passando pelo caminho. 



Mas, sem dúvida, o mais famoso de todos é o Salar de Tara, que veremos a seguir. 

Eu fico simplesmente deslumbrada com cenas assim:





Salar de Tara

A nossa primeira parada, em território chileno, foi no Salar de Tara, onde vimos alguns dos "monges de Tara" - rochas imensas no meio do deserto, esculpidas pelo vento, também conhecidos como Monjes de la Pacana

Algumas destas rochas acabam adquirindo formatos estranhos, quase que inacreditáveis, e ganham nomes como Catedrales

Uma delas parecia muito com uma coruja!

olha o tamanhinho do Peg ao lado esquerdo da rocha!


veja o salar lá no fundo da foto, à direita da formação rochosa

coruja ou gavião?


Laguna de Tara

Alguns kms adiante, e algumas montanhas lindas depois, chegamos à Laguna de Tara, um salar bem branquinho.

Como já havíamos visitado as Salinas Grandes de Jujuy, ainda na Argentina, no mesmo dia, poucas horas antes, estávamos confiantes para nos embrenhar salar adentro no nosso carro, que não é 4x4!

Muita gente me pergunta se é fácil se orientar no Deserto do Atacama, fazer os passeios por conta própria, sem excursões e guias. 

Vou explicar isso melhor nos próximos posts, mas vejam nas fotos abaixo um bom exemplo: as estradas são boas e sempre sinalizadas com grandes placas turísticas, como esta da foto abaixo (que o vento tinha levado um pedaço!). 

Note na fotografia que o salar fica imediatamente ao lado da estrada. É só reunir um pouquinho de coragem e sair da estrada e seguir em frente, até onde você quiser ou até onde seu carro permitir!





pulos de felicidade kkkk

selfie no salar


olha os trilhos deixados pelos pneus da nossa Tucson no salar





Mais adiante, mais "monges", ainda mais incríveis. 

Neste ponto, resolvemos sair da estrada principal e fazer uma parte do trajeto off road, para chegar mais perto dos Monjes de la Pacana, e deu medo de atolar, aí seguimos a pé até a formação mais bonita. 

A única desvantagem é o fato de que a altitude, nesse lugar, fica acima dos 4300m, então tem que fazer tudo com calma, respirando, e tomar bastante água para se hidratar. 

Do local onde estão esses monges, se vê a laguna ao longe, branquíssima, parece uma miragem. 


olha quanta gente faz off road por aqui!

abandonamos o carro no meio do deserto e seguimos a pé :)






pegadinhas que eu e o Lipe descobrimos por lá - alguém sabe de que animal são?

Um pouco acima na estrada, a gente olha para trás vê os "monges" na planície e a laguna de sal ao fundo, uma visão fantástica! 

Tem um mirante ali. 



Por conta própria ou por agência?

Dá tranquilo para ir sem guia, sem 4x4 e sem excursões. O que se perde em informações, se ganha em tempo e liberdade. 

Se vocês, como nós, ficarem com medo de atolar, é só sair do carro e seguir a pé - a paisagem é deslumbrante, vale o passeio!

Aliás, tenho que comentar que esse é um dos principais passeios do Atacama, vendidos pelas agências de turismo de San Pedro! 

O passeio é vendido com o nome de "Salar de Tara", e é também um dos mais caros, pois é um passeio de dia inteiro. 

Pelo que vi nas agências de San Pedro, ele custa em torno de 55.000 pesos chilenos e dura, em média, das 7am as 3pm, incluindo café da manhã e almoço, assim como o passeio chamado "Piedras Rojas y Salar Talar", que vai em direção ao Paso Sico. 

Mas se você, como nós, vai no seu próprio carro ao Atacama, porque pagar uma agência para te levar, se você pode fazer o passeio por conta própria, com mais tempo, liberdade e flexibilidade???

E mais: se você vêm da Argentina, como nós, vai obrigatoriamente passar pelo Salar de Tara no caminho de Jama a San Pedro - aproveite e já faça o passeio, por conta própria! 

Como as atrações ficam perto da fronteira, e longe do povoado de San Pedro, não vale a pena voltar lá outro dia - é muito mais negócio já aproveitar para ver tudo no caminho para San Pedro! 





Salar de Pujsa

Mais adiante, ao lado esquerdo da estrada, vimos o Salar de Pujsa - uma lagoa com flamingos - tem mirante ali. 

Algumas partes dessa estrada estão acima dos 4.800m de altitude, tome bastante água. 

Fronteira com a Bolívia

Mais adiante no caminho, vimos uma lagoa azul pro lado direito da estrada, na fronteira com a Bolívia, chamada de Laguna Verde

Passamos também por Hito Cajón - posto de fronteira do Chile com a Bolívia.

Ali fica ainda o Vulcão Licancabur (5916m). 

Como num outro dia nós fomos até a Bolívia, vou deixar para falar sobre esse trecho do passeio no post específico sobre a Bolívia, ok?





Logo adiante, uma abordagem da polícia chilena. O policial pediu apenas a 'licencia de conducir' (carteira de motorista). Mais nada. 

Vimos um pôr do sol incrível na estrada por volta de 8pm e logo depois chegamos a San Pedro, para 5 noites e 6 dias de maravilhamento no Atacama. 




Já fez o passeio ao Salar de Tara

Conte para a gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários!


Veja como foi nosso passeio:








Todos os posts sobre esta viagem estão em Atacama e Norte da Argentina - se você quiser ler todos em sequência (do último para o primeiro), é só clicar!

Leia o nosso roteiro e orçamento para uma viagem de carro de 28 dias ao Atacama e Norte da Argentina, com passagens pelo Uruguai e Bolívia



Não foi a nossa primeira vez em nenhum destes países - já conhecíamos inclusive o Atacama e a Bolívia - então, se você quiser saber sobre as nossas viagens anteriores a estes países, é só clicar em UruguaiArgentinaChile Bolívia

Veja nosso roteiro de um mochilão de 30 dias pelo Peru, Bolívia e Chile

Também fizemos uma viagem incrível pelas Patagônias argentina e chilena

Leia sobre mal da montanha ou soroche

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só procurar as ## e ver tudo o que postamos sobre cada lugar:

#‎LipenoUruguai
#LipenaArgentina
#LipenoChile
#LipenaBolivia

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!


Se você quiser reservar um hotel ou pousada e ter a garantia do menor preço, nós indicamos o Booking, que é o site de reservas de hospedagem que nós usamos a vida inteira :)

Leia as resenhas sobre os hotéis que usamos nesta viagem e reserve o seu:

Hotel de Las Nubes, em San Antonio de Los Cobres, Argentina

Apartamentos Lo de Lili, em Tilcara, Argentina 

Hotel La Merced del Alto, em Cachi, Argentina

Hotel Alejandro 1º em Salta, no norte da Argentina 




Para reservar um carro, recomendamos a Rentalcars, que a gente usa (e gosta muito) há séculos!


Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!


Você também nos encontra aqui:




2 comentários:

  1. A CNH vale no Chile para dirigir ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, dá uma olhada neste post também que eu explico tudo direitinho aqui: http://www.felipeopequenoviajante.com/2016/01/como-planejar-uma-viagem-atacama-e-norte-da-argentina.html

      Boa viagem!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...