Menu

Trilha do Acatenango na Guatemala: escalando vulcões com um adolescente

Descubra como é a escalada ao Vulcão Acatenango na Guatemala, para ver de perto o Vulcão Fuego em erupção, com um adolescente a tiracolo

Vulcão Acatenango Guatemala

Descubra como é a escalada ao Vulcão Acatenango na Guatemala, para ver de perto o Vulcão Fuego em erupção, com um adolescente a tiracolo

Eu sonhava em conhecer a Guatemala há pelo menos uns 15 anos, já tinha até roteiros planejados pela Guatemala e, nos meus sonhos guatemaltecos, eu tinha em mente 3 lugares em especial: a lindíssima cidade colonial de Antígua, o parque arqueológico de Tikal e a subida ao Vulcão Acatenango.

Essas eram as minhas prioridades no nosso roteiro pela Guatemala e, por isso, já publiquei um post específico sobre a nossa visita a Tikal, e agora vou contar neste post como foi a escalada ao Vulcão Acatenango, de onde vimos de pertinho o Vulcão Fuego em plena erupção, com um adolescente a tiracolo.

No post que já publiquei aqui no blog sobre o Parque Nacional Tikal na Guatemala, contei quais estratégias nós temos usado para viajar com um adolescente - não é fácil! Se você não tem interesse em ler sobre Tikal e quer saber apenas das nossas "estratégias", vá direto ao final do post, no capítulo Tikal com crianças ou adolescentes

Parque Nacional Tikal na Guatemala: o sítio arqueológico Maia mais lindo que já conhecemos

Veja também:
vulcao_acatenango_guatemala
Vulcão Fuego em erupção visto do nosso acampamento nas encostas do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
curtindo um fim de tarde maravilhoso no acampamento-base do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
um céu mega-estrelado e um vulcão em erupção vistos de dentro da minha barraca no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
Acatenango Hike na Guatemala: escalando vulcões com um adolescente

Conhecendo vulcões na Guatemala

A Guatemala é um país de vulcões. Isso é indiscutível. E vários deles permanecem ativos. 

É difícil escolher qual vulcão visitar numa viagem à Guatemala, mas, se tiver que ficar com apenas alguns deles, escolha entre os seguintes, que são alguns dos mais impressionantes e, ao mesmo tempo, mais acessíveis:

  • Acatenango
  • Fuego
  • Pacaya

Para escalar o Vulcão Acatenango e chegar próximo ao Vulcão Fuego (em constante erupção), é preciso estar em boa forma física, pois a subida pode levar até 7hs. 

Você terá que acampar lá em cima, na altitude, e descer no dia seguinte. É díficil sim, mas foi uma das experiências mais gratificantes das nossas vidas!

Várias agências de Antígua organizam excursões de ida e volta de 2 dias, com direito a vistas espetaculares do Vulcão Fuego em plena atividade. 

O legal de ficar acampado lá em cima à noite é que somente depois que anoitece é que você consegue ver a lava escorrendo pelas encostas do vulcão - durante o dia, embora ele esteja em plena e constante atividade, o fogo não fica visível - você enxerga apenas os impressionantes cogumelos de fumaça que ele cospe de tempos em tempos!

Aliás, num dia claro, já é possível ver os cogumelos de fumaça expelidos pelo Vulcão Fuego desde o centro histórico de Antígua! 

No nosso 1º dia em Antígua, estávamos passeando na praça principal, no alto da escadaria da igreja, quando olhei na direção do Vulcão Fuego e ele estava cuspindo fumaça - o Peg até tirou algumas fotos, veja abaixo!

Mas, se você não se sente apto - fisicamente - para uma escalada tão difícil (não vou dourar a pílula, é difícil mesmo!) como é o Acatenango Hike, e quiser algo mais fácil, experimente subir ao Vulcão Pacaya, cuja escalada é bem mais tranquila, e pode ser feita em apenas 1 dia.

vulcao_acatenango_guatemala
opções de tours em vulcões que as agências de Antígua oferecem

vulcao_acatenango_guatemala
do centro histórico de Antígua já podíamos ver o Vulcão Fuego dando o seu show

vulcao_acatenango_guatemala
a Guatemala é um país de vulcões - na foto, o Vulcão Água, visto do centro de Antígua

vulcao_acatenango_guatemala
logo que chegamos no acampamento-base do Vulcão Acatenango já começamos a presenciar as primeiras explosões do Vulcão de Fogo

vulcao_acatenango_guatemala
durante o dia, embora o Vulcão Fuego esteja em plena e constante atividade, o fogo não fica visível - você enxerga apenas os impressionantes cogumelos de fumaça que ele cospe de tempos em tempos!

vulcao_acatenango_guatemala
somente depois que anoitece é que você consegue ver a lava jorrando da cratera do Vulcão Fuego

vulcao_acatenango_guatemala
para ter a experiência única na vida de ver a lava escorrendo pelas encostas do Vulcão Fuego, você precisa pernoitar no acampamento-base no Vulcão Acatenango

Preparativos para o Acatenango Hike na Guatemala

Com o problema que tivemos nos nossos voos da Copa Airlines na Cidade do Panamá (que atrasou em vários dias a nossa chegada na Guatemala), acabamos chegando em Antígua sem reservas para escalar o Vulcão Acatenango com nenhuma agência, e já queríamos fazer a escalada no dia seguinte!

Então, mal chegamos, largamos as malas no Hotel Maya Ik' e já saímos atrás de uma agência que tivesse vagas para fazermos o trekking ao Acatenango no dia seguinte. 

Tínhamos a indicação de 2 agências:

  • Ox Expeditions, aberta até às 17:30hs
  • Wicho & Charlie´s, aberta até às 16hs
Como a Wicho & Charlie´s fechava antes, fomos lá 1º, mas eles estavam lotados, pois janeiro é a altíssima temporada para fazer este trekking, pois é quando o clima está perfeito na Guatemala. 

Então seguimos para a Ox Expeditions, e eles também não tinham vagas para as cabanas, mas nos ofereceram a possibilidade de acamparmos em barracas, o que nos pareceu ótimo - fiquei com medo de passarmos frio, mas depois constatei que ficar em barraca é muito melhor - mais adiante vocês entenderão porquê!

Fechamos o Acatenango Hike para 3 pessoas (eu, Peg e Lipe) com a Ox Expeditions no fim da manhã e ficamos de retornar lá às 17hs do mesmo dia para o briefing do trekking com o guia, quando também faríamos o pagamento, já que sairíamos para a trilha no dia seguinte de manhã cedo. 

No briefing, que sempre acontece na véspera do trekking, acertamos o pagamento total, preenchemos os formulários da agência e deixamos um documento pessoal como "depósito de segurança" pelas roupas que pegamos emprestadas deles.

vulcao_acatenango_guatemala
para pegar roupas emprestadas gratuitamente da agência, você tem que deixar apenas um documento pessoal como "depósito de segurança"

vulcao_acatenango_guatemala
no briefing, que sempre acontece na véspera do trekking Acatenango, você tem que preencher os formulários da agência 

vulcao_acatenango_guatemala
o briefing - que é uma reunião realizada na véspera do trekking Acatenango na sede da agência em Antígua - é o momento adequado para você tirar todas as suas dúvidas sobre o trekking, conhecer o guia e as outras pessoas que farão a escalada com você, preencher a papelada e fazer os pagamentos

Desta forma, na manhã seguinte, antes de começarmos o trekking, só tínhamos que escolher as roupas que pegaríamos emprestadas (touca, luvas, jaqueta, fleece, lanterna e uma mochila pro nosso carregador levar). 

Claro que o ideal é você levar os seus próprios equipamentos, mas estávamos no meio de uma loooonga viagem pela América Central no auge do verão, e não fazia nenhum sentido carregarmos nas nossas malas toucas, luvas, jaquetas, fleeces, etc, para usarmos apenas 1 noite da viagem - e é justamente por já saberem disso que quase todas as agências de Antígua oferecem esse "empréstimo" de roupas e equipamentos de frio.

As agências que não oferecem o 'empréstimo' de roupas (você deixa apenas um documento como garantia de devolução das roupas à agência) oferecem pelo menos um aluguel, então realmente não precisa se preocupar em levar esses itens na sua mala. 

Leve na sua mala apenas uma camiseta manga longa térmica, uma calça de trekking, um buff de pescoço e meias grossas de trekking, porque essas roupas que vão direto em cima da pele dão um certo 'nojinho' de usar emprestadas da agência, já que você nem sabe se foram lavadas 😉

Atenção: não deixe de pegar emprestados touca, luvas, jaqueta, fleece e lanterna - esses itens são realmente indispensáveis, pois, mesmo que em Antígua esteja MUITO calor, no alto do Vulcão Acatenango estará MUITO frio, inclusive temperaturas abaixo de 0ºC!!

vulcao_acatenango_guatemala
escolhendo rapidamente as roupas, equipamentos e mochilão que pegaríamos emprestados da agência na manhã antes de partirmos para a escalada

Outros itens que você terá que pegar na agência na manhã do trekking são as garrafas de água filtrada (que eles fornecem gratuitamente) e as comidas do trekking que nós tínhamos que carregar - cada um tem que levar o saquinho com o seu próprio almoço de trilha e o tupperware do jantar. 

Os sacos de dormir eles já têm lá no acampamento da agência, então não precisam ser carregados (o que também significa que não são lavados com frequência, 'teje' ciente). 

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango na Guatemala

Nós arrumamos uma mochila para cada um de nós apenas com os itens que precisaríamos para o dia de trekking - óculos, boné, protetor solar, snacks, almoço de trilha (providenciado pela agência), 2L de água para cada um, celular, máquina fotográfica, baterias, powerbanks, cabos, drone, etc - e arrumamos um mochilão (emprestado da agência) para entregar pro carregador que contratamos (à parte) com as roupas de frio, água extra, as comidas do jantar e coisas que precisaríamos à noite, como escova e pasta de dentes, lenços umedecidos, etc. 

Levamos 4L de água para cada um (subimos carregando 2L cada um e mandamos 6L pelo carregador). 

Como falei, eles oferecem água filtrada gratuitamente na sede da agência Ox Expeditions - mas recomendo que você leve a sua própria garrafa para facilitar, pois eles não têm garrafas suficientes para fornecer 4L por pessoa. 

vulcao_acatenango_guatemala
arrumamos uma mochila para cada um de nós apenas com os itens que precisaríamos para o dia de trekking, e arrumamos um mochilão - emprestado da agência - para entregar pro carregador que contratamos (à parte)

vulcao_acatenango_guatemala
você terá que pegar na agência na manhã do trekking as garrafas de água filtrada, que eles fornecem gratuitamente

vulcao_acatenango_guatemala
cada um tem que carregar na sua mochila o saco com o seu próprio almoço de trilha e o tupperware do jantar

Recomendo muito contratar um carregador para te ajudar com o peso da tua mochila, ainda mais se você estiver, como nós, entre 2 ou mais pessoas: fica barato, você dá trabalho para um local que precisa deste trabalho, e ajuda muito se você não tiver que carregar o peso-morto que são as garrafas de água na altitude! 

Na descida não precisa de carregador - você mesmo pode levar montanha abaixo as roupas de frio que pegou emprestadas, pois já terá consumido o peso da água e das comidas, sendo que na descida é muito mais fácil carregar peso. Mas, na subida, recomendo demais que você pague pelo carregador. 

Veja aqui neste card da agência Ox Expeditions algumas informações básicas sobre o trekking no Acatenango:

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango na Guatemala

Depois do briefing do trekking Acatenango na sede da agência Ox Expeditions às 17hs, ainda fomos em um supermercado fazer compras de lanchinhos para levar na expedição.

Em Antígua existem mercadinhos espalhados por toda a cidade, mas esses mercadinhos são tipo lojinhas de conveniência, que cobram muito mais caro por tudo, de cervejas a refrigerantes, de sabonetes a pasta de dentes, de chocolates a bolachinhas recheadas. Tudo "preço para turista".  

Então fica a dica: embora seja um pouquinho mais longe, o melhor lugar em Antígua para fazer esse tipo de compras é o Supermercado La Bodegona.

vulcao_acatenango_guatemala
o melhor lugar em Antígua para fazer compras de mercado é o Supermercado La Bodegona

vulcao_acatenango_guatemala
Supermercado La Bodegona em Antígua

vulcao_acatenango_guatemala
compramos chocolates, nozes, castanhas e Gatorade para levar no Acatenango Hike

Por último, uma dica importante, que você vai seguir ou não por sua conta e risco: eu não recomendo reservar o Acatenango Tour online - note que nem coloquei os links das agências indicadas aqui. 

Na minha opinião, é muito mais negócio deixar para reservar o seu trekking ao Vulcão Acatenango quando você chegar em Antígua. 

Mas note que essa sou EU, uma pessoa que detesta ficar amarrada a reservas inflexíveis, que gosta de ter o máximo de liberdade e flexibilidade em qualquer roteiro e que tem sangue frio para deixar todo o tipo de reservas - de hotéis a passeios - para a última hora. 

Qual a desvantagem disso? Você corre o risco de chegar lá e não ter disponibilidade na data ou na agência que você escolheu. Como contei acima, nós fomos na altíssima temporada, em janeiro, e corremos esse risco, mas deu tudo certo, e acabamos ficando em barraca, o que foi muito mais legal do que ficar em cabanas (explico abaixo)!

Qual a vantagem disso? Na alta temporada, você certamente vai pagar mais barato reservando pessoalmente na agência do que reservando online com antecedência. Deixando para reservar pessoalmente, você pode escolher ir com a agência que simpatizar mais (visite pelo menos 2 ou 3 antes de se decidir) e tem mais flexibilidade para escolher o dia certo para ir de acordo com a previsão do tempo - se você reserva uma data com antecedência, não terá flexibilidade para desmarcar se houver qualquer imprevisto com o seu voo, por exemplo (como nós tivemos), ou se a previsão for de chuva ou tempo ruim no vulcão 💁

Abaixo vou colocar os custos de tudo 👇

vulcao_acatenango_guatemala
vista do acampamento-base do Vulcão Acatenango na Guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
não poderíamos ter escolhido um dia mais perfeito para fazer esta escalada ao Vulcão Acatenango

Quanto custa o Acatenango Tour 

Nós pagamos U$ 99 por pessoa, com tudo o que mencionei acima incluído. 

Como éramos 3 pessoas, deu U$ 297 no total = 790 quetzales x 3 = 2370 quetzales. 

Nós pagamos o trekking em U$ porque ficava melhor a cotação pra nós, mas eles também aceitam pagamentos em quetzales. 

Importante dizer que neste valor também estão incluídas as 4 refeições: um café da manhã feito em um restaurante de Antígua, um almoço de trilha que comemos durante a subida, o jantar (que levamos nas nossas mochilas) e o café da manhã do dia seguinte. 

O que não estava incluído no pacote da agência Ox Expeditions era o seguinte:

  • 50 quetzales - ingresso no Parque Nacional Vista 3 Volcanes (cada um)
  • 200 quetzales - custo para contratar carregador (máximo 15Kg por carregador)
  • 5 quetzales - aluguel de bastões de caminhada de madeira no início da trilha (não alugamos)
  • Gorjeta
vulcao_acatenango_guatemala
almoço de trilha que comemos durante a subida, providenciado pela agência e carregado nas nossas mochilas

vulcao_acatenango_guatemala
senhora que aluga bastões de caminhada de madeira no início da trilha

vulcao_acatenango_guatemala
Parque Nacional Vista 3 Volcanes

vulcao_acatenango_guatemala
o ingresso para o Parque Nacional Vista 3 Volcanes é pago separado, no meio da trilha de subida

Melhor época para fazer o Trekking ao Vulcão Acatenango

Como mencionei antes, não há nenhuma discussão quanto a isso: a melhor época para escalar o Vulcão Acatenango é o mês de janeiro, quando o clima está mais seco, com céu muito azul, bastante sol e poucas chuvas. 

Não é por nada que o mês de janeiro é de altíssima temporada em Antígua, com  pousadas mais cheias, e eles inclusive recomendam que você faça reservas com antecedência para o trekking ao Vulcão Acatenango - nós reservamos na véspera e, como já contei acima, foi um certo stress, porque quase não conseguimos vagas nos grupos que sairiam nos dias seguintes 😜

A melhor época do ano para viajar para Antígua é de dezembro a março, já que, neste período, não chove muito e o clima geralmente é o melhor. 

Nos demais meses, vai haver mais umidade e chuva, mas, se você for viajar para Antígua em julho, também não encontrará furacões por lá.

vulcao_acatenango_guatemala
no dia em que escalamos o Acatenango, o clima estava simplesmente perfeito

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango na Guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
São Pedro realmente caprichou neste dia maravilhoso!

A subida no Vulcão Acatenango

Fizemos o Acatenango Hike no dia 12 de janeiro de 2024, num dia de clima simplesmente perfeito.

No dia do trekking, acordamos às 5:30hs e chegamos na agência Ox Expeditions às 6:25hs (o combinado era chegar às 6:30hs). 

Deixamos as nossas malas de viagem no depósito de bagagens do nosso hotel em Antígua, o Hotel Maya Ik', pois voltaríamos para lá no dia seguinte, depois do trekking, mas, para quem precisar, a agência Ox Expeditions também tem um depósito de bagagens (gratuito). 

A van chegou na sede da agência às 7:15hs para nos pegar e então fomos direto para um restaurante, ainda em Antígua, onde tomamos café da manhã (incluído no tour): o cardápio era café, plátanos fritos, feijão, tortillas e omelete. 

Às 8:20hs finalmente começamos o trajeto de van de Antígua até Aldea La Soledad, vilarejo onde começa a trilha. 

vulcao_acatenango_guatemala
a agência Ox Expeditions oferece um depósito de bagagens gratuito aos clientes que fazem o Acatenango Hike

vulcao_acatenango_guatemala
o café da manhã é tomado em um restaurante em Antígua

vulcao_acatenango_guatemala
o cardápio do café da manhã incluído no tour Acatenango é café, plátanos fritos, feijão, tortillas e omelete

vulcao_acatenango_guatemala
van que nos levou de Antígua até Aldea La Soledad, vilarejo onde começa a trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
todos empolgados e nervosos no trajeto de van até Aldea La Soledad 

Chegando em Aldea La Soledad, paramos em um local onde pudemos usar os banheiros e havia a possibilidade de alugarmos, por 5 quetzales, bastões de caminhada de madeira - nós não alugamos porque não gostamos de usar e, na minha opinião, eles só teriam me atrapalhado. Mas, para quem gosta de usar bastões de caminhada, fica a dica. 

Nosso guia era o Miguel.

Iniciamos a caminhada vulcão acima às 9:25hs. 

Levamos, no total, 6h30min para escalar o vulcão até o acampamento-base da agência Ox Expeditions. 

  • Distância: 7,64Km
  • Ganho de elevação: 1.161m
  • Altitude na saída: 2.407m
  • Altitude máxima: 3.538m
  • Temperatura média: 10°C
Vou postar abaixo muitas fotos que mostram os principais momentos da subida até o acampamento-base no Vulcão Acatenango:

vulcao_acatenango_guatemala
trilha de subida do Vulcão Acatenango no meu aplicativo Strava

vulcao_acatenango_guatemala
em Aldea La Soledad paramos em um local onde havia a possibilidade de alugar bastões de caminhada

vulcao_acatenango_guatemala
meninas debulhando milho em Aldea La Soledad 

vulcao_acatenango_guatemala
ponto de parada no início da trilha em Aldea La Soledad

vulcao_acatenango_guatemala
placa no início da trilha do Vulcão Acatenango em Aldea La Soledad

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
na 1ª hora de trilha no Vulcão Acatenango ainda era possível encontrar quiosques vendendo bebidas

vulcao_acatenango_guatemala
paradas ao longo da trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
quiosques na trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
a trilha do Vulcão Acatenango já começa bem íngrime e cansativa desde o início!

vulcao_acatenango_guatemala
são feitas várias paradas para descanso ao longo da trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
engarrafamento na trilha do Vulcão Acatenango: em alguns momentos, a trilha fica bem estreita e tem gente descendo e outros querendo subir ao mesmo tempo, daí a trilha fica bem congestionada

vulcao_acatenango_guatemala
em parte da trilha do Vulcão Acatenango existem degraus

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
os banheiros ao longo da trilha do Vulcão Acatenango são bem precários - leve lenços umedecidos

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
e dê-lhe subir pela trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
a parada para almoço na trilha do Vulcão Acatenango durou uns 45min, e teve gente que preferiu dormir e descansar do que comer!

vulcao_acatenango_guatemala
esses eram os dados do meu aplicativo Wikiloc no momento da parada para almoço na trilha do Vulcão Acatenango - já havíamos subido 912m - a partir daí, a trilha deixou de ser tão íngrime, mas continuou bem difícil, pois todos já estavam bem cansados

vulcao_acatenango_guatemala
trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
o fim do caminho é fake - depois deste ponto, ainda faltava um bocado de trilha para chegarmos ao acampamento-base da agência Ox Expeditions no Vulcão Acatenango

A descida do Vulcão Acatenango

Começamos a trilha de descida do Vulcão Acatenango às 8:30hs e terminamos 3hs depois.

Fizemos uns atalhos alternativos na trilha na descida e a distância total do percurso downhill foi de 7,1Km.

Você vai chegar de volta a Antígua exausto, não programe seguir viagem neste dia! Até porque a agência não garante o horário de chegada de volta em Antígua. Você pode chegar à cidade às 12:30hs ou às 14:30hs, tudo depende da agilidade (ou não) do seu grupo. 

Importante: você vai chegar em Antígua podre - de cansaço e de sujeira - depois do trekking Acatenango, então não recomendo agendar nenhuma viagem ou passeio para o dia seguinte, mesmo porque o horário de chegada de volta a Antígua é incerto. Reserve um hotel para ficar, tome um bommmm banho e relaxe!

Registrei toda a trilha de subida e descida do Vulcão Acatenango no meu aplicativo Strava - se você quiser ver todos os detalhes da trilha, é só clicar nos links abaixo:

vulcao_acatenango_guatemala
trilha de descida do Vulcão Acatenango no meu aplicativo Strava

vulcao_acatenango_guatemala
na descida da trilha do Vulcão Acatenango, todo mundo vai arrastando os pés e escorregando, e levanta muita poeira de terra vulcânica preta 

vulcao_acatenango_guatemala
é altamente recomendável levar um buff desses de pescoço que o Lipe está usando na foto na trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
se já teve congestionamento na trilha do Vulcão Acatenango para subir, na descida o congestionamento foi maior ainda!

vulcao_acatenango_guatemala
os congestionamentos acontecem sempre neste ponto da trilha do Vulcão Acatenango, que é onde o pessoal que está descendo cruza pelos que estão subindo

vulcao_acatenango_guatemala
chegando à base do Vulcão Acatenango, é hora de devolver os bastões de madeira alugados

O trekking no Vulcão Acatenango é difícil? 

Sim, achamos muito difícil, mesmo para quem tem um preparo físico mediano como eu e está acostumado com trilhas. 

Para quem não está acostumado, é BEM difícil. 

A altitude de mais de 3.500m não é problema, não nos incomodou em nada. Vimos algumas pessoas vomitando e sentindo dores de cabeça - leve Tylenol - mas, de um modo geral, acho que a altitude no Acatenango Hike não é um problema, a menos que você seja muito sensível a isso. 

O que é mais difícil é o fato de que a trilha é bem íngreme - você ganha mais de 1.100m de altitude em pouco mais de 7Km, o que é muita coisa! E, mais do que isso, pelo tipo de terreno da trilha, que, em alguns trechos, é super escorregadio

Eu tive 2 problemas principais: 

1 Meu tênis, embora fosse de trilha, estava muito velho e 'liso' embaixo - use um tênis com um "grip" bom, com agarradeiras embaixo, que te dê bastante estabilidade, pois, na descida, TODO MUNDO acaba caindo vários tombos. 

Em alguns trechos, eu tinha vontade de sentar e escorregar de bunda mesmo 🙈

Vimos muita gente caindo tombos feios, torcendo o pé e se machucando. O Lipe caiu uns 6 tombos, achei que ia chegar lá embaixo com o guri todo estropiado, mas adolescente cai e não se machuca, diferente da quarentona aqui kkkkk...

Muita gente usa bastões de madeira - como já falei, tem uma senhora lá no início da trilha que aluga cada um por 5 quetzales. Para quem gosta e sabe usar, é recomendado, porque eles supostamente ajudam a dar estabilidade na descida, mas eu detesto bastões, nunca uso, porque eles me fazem bolhas nas mãos e me atrapalham, ao invés de ajudar.

nesta escala de diversão ao ar livre, pode-se dizer que o Acatenango é do tipo II

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

2 Nosso 2° problema - e principal - na trilha do Acatenango foi a preocupação com o Lipe. 

Se fôssemos só eu e o Peg, não teria stress nenhum, porque a gente sabe que vamos conseguir. Nem que a gente chegue lá em cima nos arrastando, de 4, sabemos que temos preparo físico e psicológico forte o suficiente para conseguir chegar, não vamos sentar no meio da trilha chorando e desistir. Nem que demore, que sejamos os últimos, sabemos que chegaremos. Tenho problema de fôlego, mas não de resistência - devagar eu vou até o inferno. 

Mas, com o Lipe, tudo é diferente. 

Ele já fez várias trilhas conosco sim, de Preikestolen na NoruegaTraelanípa Hike, nas Ilhas Faroé. Mas esse seria o 1º trekking dele, de 2 dias, passando a noite em barraca conosco e continuando no dia seguinte, e a 1ª trilha na altitude (eu não sabia se a altitude incomodaria ele, e não incomodou em nada). 

Além disso, quando você faz caminhadas com uma criança, você vai levando tudo na brincadeira e, se precisar, carrega a criança nas costas. Com um adolescente, é totalmente diferente: não dá para carregar nas costas e o psicológico de um aborrescente de má vontade pode ser uma bomba-relógio. 

Se viajar com um adolescente em Paris é difícil, imagine num vulcão na Guatemala. Leve doses cavalares de paciência de Jó! 

Sim, teve momentos de sentar e fazer DR. Sim, teve momentos que eu precisei empurrar o gordinho pela lombar, por que ele "achava" que não aguentava mais. Teve momentos em que o Peg teve que puxar ele pela alça da mochila - o que acabou rendendo cãibras terríveis na parte interna da coxa do Peg pelo esforço excessivo. 

Eu também tive cãibras na parte de dentro da coxa à noite, deitada na barraca - que dor absurda. 

Pense fazer uma trilha difícil com uma pessoa que não faz questão nenhuma de estar ali, que preferia 1000 vezes estar em casa jogando videogame?! 😳 

Tudo fica 10x mais difícil quando a má vontade não colabora - assim como tudo fica muito mais fácil quando você tem uma vontade avassaladora e quer muito chegar ao seu objetivo, não é verdade?!

Tínhamos muito medo que o Lipe de fato não conseguisse subir - tanto pelo físico, quanto pelo psicológico - e, obviamente, esse medo/ansiedade foi a parte mais difícil da trilha pra mim e pro Peg. 

E se realmente não desse certo? O que faríamos? Desistiríamos e desceríamos de volta? Não tínhamos sequer combinado um plano B com a Ox Expeditions! Achamos melhor nem falar nisso para não atrair kkkkk...com certeza eles têm um plano B, porque não são poucos os clientes que desistem - mas o Lipe não poderia descer sozinho, e nós não queríamos desistir dessa aventura! 

Sei que existe a opção de ir de camionete 4x4 grande parte do caminho até o alto do Vulcão Acatenango, mas é BEM caro! Cavalos e burros eu não vi lá - acho que só existem para resgates.

Enfim, foi difícil, foi puxado, mas, no fim das contas, chegamos lá em cima com um adolescente mega-orgulhoso por ter conseguido e 2 pais ainda mais orgulhosos do filho que a gente tem! 

O difícil agora é ter um adolescente em casa se exibindo "viu, vocês acharam que eu não ia conseguir, eu falei que ia conseguir, viu, eu disse!"🙄

Se você está em dúvida se o seu filho vai conseguir, saiba que nós também tínhamos essa dúvida. O Lipe tem 14 anos hoje, faz musculação 2 ou 3x por semana na academia e vai para a escola a pé, mas, fora isso, é aquele adolescente padrão que reclama de caminhar 3 ou 4 quadras!

No post que eu já publiquei no blog sobre o Parque Nacional Tikal na Guatemala, contei quais estratégias nós temos usado para viajar com um adolescente (não é fácil!). Se você não tem interesse em ler sobre Tikal e quer saber apenas das nossas "estratégias", vá direto ao final do post, no capítulo "Tikal com crianças ou adolescentes": 

Parque Nacional Tikal na Guatemala: o sítio arqueológico Maia mais lindo que já conhecemos

Lembre que sim, é beeem difícil viajar com um adolescente. Mas vale cada segundo de esforço e suor. 

É mais ou menos como escalar um vulcão: a vista lá de cima sempre vale a pena, no final a gente sempre conclui que valeu todo o esforço investido, assim como ver o mundo com a companhia do Lipe continua valendo a pena; a felicidade dos pequenos bons momentos continua se sobrepondo aos momentos de rabugice.

Como eu já escrevi antes, as brigas, os "eu te odeio" 😭, os "porque tu faz isso comigo" 🤣 passam, mas esses momentos que vivemos juntos na estrada ficam. As aventuras ficam, as risadas ficam, o amor fica. As fotografias e os vídeos ficam. 

As memórias construídas juntos é o que você deve guardar pra sempre no coração, e não os xingamentos hehehehe...

Em resumo, o que eu posso dizer é que o padrão de dificuldade desse dia de trekking é no nível da Laguna 69 em Huaraz ou da subida a Namche Bazar no Trekking do Everest: razoavelmente alto, mas plenamente alcançável por pessoas com médio preparo físico e bom preparo psicológico. 

Mais um aviso: eu, que tenho mais dificuldade com o fôlego na subida e muita facilidade com os joelhos nas descidas, senti bastante dificuldade também na descida desta vez, porque o terreno escorregadio no Acatenango é ok para subir, mas beeem difícil de descer! 

Achei que a descida seria fácil, como sempre é pra mim, e não  foi!! 

Cheguei a ficar com dores nos braços, de tanto esforço que tive de fazer me agarrando em galhos de árvores e pedaços de cipó para me segurar e não me esborrachar no chão, escorregando em alguns trechos na descida! 

Para quem normalmente tem mais dificuldades nas descidas, prepare-se!

vulcao_acatenango_guatemala
muitas paradas para descanso e DR na trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
mas as paisagens compensavam todo o esforço!

vulcao_acatenango_guatemala
e, ao final, a alegria de ver o adolescente se exibindo "viu, vocês acharam que eu não ia conseguir, eu falei que ia conseguir, viu, eu disse!"

vulcao_acatenango_guatemala
a vista lá de cima vale a pena, assim como ver o mundo com a companhia do Lipe continua valendo muito a pena

vulcao_acatenango_guatemala
conforme as horas vão passando no alto do vulcão, a paisagem muda de cor

vulcao_acatenango_guatemala
e assim são nossos filhos: em cada fase, um ajuste diferente é necessário

vulcao_acatenango_guatemala
mas, no final, a gente sempre conclui que valeu todo o esforço investido!

Se você gosta de cachorros...

Se você for cachorreiro, leve na mochila da trilha do Vulcão Acatenango petiscos para cachorros e um recipiente para dar água a eles! 

Nós levamos petiscos e, chegando lá em cima, morremos de fofura ao encontrar uma cadela com 4 filhotinhos!!! 

Nessas trilhas sempre existem vários cachorros famintos (no Peru também é assim), e é muito triste não ter nada de comida para compartilhar com eles! 

Mas o pior é a água: não tem água lá no alto do vulcão, e os bichos estão sedentos! Foi uma luta achar um potinho para poder dar água pra eles! 

Se você tiver um canivete, pode cortar uma das suas garrafas plásticas de água usadas. 

vulcao_acatenango_guatemala
cachorros se aquecendo na fogueira do acampamento-base do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
encontramos vários doguinhos na trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
cachorros mimosos na trilha do Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
no nosso acampamento no Vulcão Acatenango havia até uma mãezinha com vários filhotes

vulcao_acatenango_guatemala
morri de fofura com este filhotinho no acampamento-base no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
se você for cachorreiro, leve na trilha do Vulcão Acatenango petiscos para cachorros e um recipiente para dar água a eles

Hospedagem em barraca ou nas cabanas no Acatenango

Quando você faz esse trekking com a agência Ox Expeditions, a regra é se hospedar nas cabanas com capacidade para 6 pessoas que a agência tem disponíveis no alto do Vulcão Acatenango - que não são no cume do vulcão, mas sim perto do cume, a 3.538m de altitude.

Como eles estavam com um grupo completo e não tinham mais espaço nas cabanas, nos ofereceram a possibilidade de ficarmos em uma barraca que eles ainda tinham disponível lá no acampamento, ao lado das cabanas - e nós topamos a ideia, mesmo achando que passaríamos mais frio - porque era o único jeito de irmos no dia seguinte. 

A agência Wicho & Charlie´s não nos ofereceu essa possibilidade de ficarmos em barraca - eles oferecem hospedagem apenas em cabanas. 

E porque nós curtimos tanto ficar em uma barraca, ao invés de ficar nas cabanas?

2 razões: 

1º, porque na barraca ficaríamos apenas nós 3, teríamos mais privacidade e não teríamos que compartilhar a 'hospedagem' com outras pessoas, que roncam, peidam e fazem barulhos estranhos durante a noite hehehe...sim, as cabanas são todas compartilhadas entre 6 pessoas, a menos que você vá num grupo grande o suficiente para ocupar uma cabana inteira apenas com a sua turma;

2º, e principalmente, porque nas cabanas a parte envidraçada fica alta do chão, então, durante toda a madrugada, sempre que você ouve o estrondo do Vulcão Fuego, para ver o espetáculo da lava escorrendo pelas encostas do vulcão, você precisa sair do seu saco de dormir e levantar do seu colchão para ir até a janela e ver o show - você não imagina a preguiça que dá fazer isso de madrugada, estando exausto do trekking e morrendo de frio.

Já em uma barraca, é só abrir o fecho e assistir o show deitado no seu saco de dormir 😜

Importante: as cabanas não têm banheiro! Eles dispõem de 2 banheiros no acampamento, e os 2 ficam meio mal-localizados, um pouco distantes das cabanas - fica bem ruim para ir ao banheiro no meio da noite, leve uma lanterna!😒

Ah, e o acampamento também possui um refeitório aberto, com mesas e bancos, onde eles esquentam a comida do jantar, que vem semi-pronta nos tupperwares que carregamos nas nossas mochilas. Ali eles também fazem café, chocolate-quente, etc.

vulcao_acatenango_guatemala
chegando ao acampamento-base da agência Ox Expeditions no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
a agência Ox Expeditions hospeda seus clientes nestas cabanas situadas perto do cume do Vulcão Acatenango, a 3.538m de altitude

vulcao_acatenango_guatemala
cabanas da agência Ox Expeditions no acampamento do Vulcão Acatenango - note que a parte envidraçada da cabana fica alta do chão

vulcao_acatenango_guatemala
as cabanas da agência Ox Expeditions no acampamento do Vulcão Acatenango têm capacidade para 6 pessoas

vulcao_acatenango_guatemala
cabanas em acampamento-base de outra agência no Vulcão Acatenango, situado logo acima do nosso

vulcao_acatenango_guatemala
este deck ficava situado bem na frente da nossa barraca no acampamento no Vulcão Acatenango, com vista para o Vulcão Fuego

vulcao_acatenango_guatemala
refeitório do acampamento-base da agência Ox Expeditions no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
amanhecer no acampamento-base da agência Ox Expeditions no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
a nossa barraca tinha os mesmos colchões e sacos de dormir das cabanas

vulcao_acatenango_guatemala
as cabanas certamente são mais quentinhas do que uma barraca, mas você vai dividir o espaço com outras 5 pessoas e terá que levantar da cama para poder olhar pra fora cada vez que ouvir um estrondo

vulcao_acatenango_guatemala
esta era a fogueira do acampamento, ao lado do refeitório - dá para ver o Peg mexendo na nossa barraca no fundo da foto, e as cabanas ficam logo atrás

Ir até o Vulcão Fuego ou não ir, eis a questão

A maioria das agências que organizam esses trekkings ao Vulcão Acatenango oferecem uma "extensão", que é a possibilidade de você chegar ao acampamento da agência no Vulcão Acatenango, dar uma descansada, e então continuar na trilha até bem próximo do cume do Vucão Fuego, que é o vulcão ativo onde de fato ocorrem as explosões. 

Nesse caso, você fica lá na encosta do Vulcão Fuego até anoitecer, para ver as explosões bem de pertinho, e depois volta para domir no mesmo acampamento que todo mundo, no Vulcão Acatenango. 

Fazer isso é BEM difícil, porque, para subir o Vulcão Fuego, você tem que encarar outra bela descida na encosta do Vulcão Acatenango e outra bela subida nas encostas do Vulcão Fuego - ida e volta. 

É realmente exaustivo. 

Eu nem cogitei, porque, do lugar onde fica o acampamento da Ox Expeditions no Vulcão Acatenango, a vista era MARAVILHOSA, e víamos todas as explosões do Vulcão Fuego de perto o suficiente (e sem correr riscos). 

Eu queria simplesmente sentar lá, curtir o fim de tarde com aquele por do sol espetacular, tomar um vinho (sim, a agência levou vinho), jantar e aproveitar aquela paisagem maravilhosa. 

Cheguei lá em cima bem cansada e não queria nem pensar em continuar fazendo trilha, e muito menos deixar o Lipe lá sozinho!

vulcao_acatenango_guatemala
eu só queria sentar no deck e curtir o fim de tarde

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
precisa chegar mais perto do que isso? não precisa!

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
o Lipe provavelmente me esganaria se eu sugerisse de continuarmos na trilha até o Vulcão Fuego 😜

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
com esse fim de tarde maravilhoso, eu não queria mais nada!

Eu costumo ser fominha e querer aproveitar TUDO, mas, lá, não senti a menor necessidade de continuar adiante - acredito que a minha noite foi muito mais bem aproveitada curtindo aquele fim de tarde maravilhoso do que se estivesse numa trilha no meio da mata fechada. 

No caso deste trekking, o lado bom é que você não precisa decidir antes: você pode ir até o acampamento no Vulcão Acatenango e lá, dependendo das suas condições físicas, decidir se quer continuar até o Vulcão Fuego (e pagar o $$$ pelo opcional) ou não.

Neste gráfico abaixo você consegue ver direitinho como é a trilha (vermelha) até o ponto de observação na encosta do Vulcão Fuego.

Note que a trilha amarela é a trilha básica que todos fazem até o acampamento no Vulcão Acatenango: 

vulcao_acatenango_guatemala
gráfico que mostra as trilhas existentes nas encostas dos Vulcões Acatenango e Fuego

vulcao_acatenango_guatemala
do acampamento-base no Vulcão Acatenango, aonde estávamos, conseguíamos ver ao longe a silhueta do pessoal que escalou o Vulcão Fuego

vulcao_acatenango_guatemala
nesta sequência de fotos, você consegue ver o pessoal que resolveu escalar o Vulcão Fuego descendo com suas lanternas pelas encostas do vulcão

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala
do lugar aonde estávamos, no acampamento da Ox Expeditions no Vulcão Acatenango, a vista era espetacular, e víamos todas as explosões do Vulcão Fuego suficientemente de perto

Ver o sol nascer no cume do Vulcão Acatenango

Outro "opcional" que as agências normalmente oferecem no Acatenango Tour é a subida até o cume do Vulcão Acatenango para ver o nascer do sol lá de cima. 

Esta extensão do trekking, diferente da ida até o Vulcão Fuego, é incluída no pacote, ou seja, você não precisa pagar nenhum $$$ extra.

No gráfico que postei acima, você consegue ver a trilha (azul) até o summit do Vulcão Acatenango. 

O nascer do sol deve ser bem bonito lá de cima do cume do Vulcão Acatenango, mas era perfeitamente possível ver o sol nascer de dentro da minha barraca no acampamento, e eu não senti a menor necessidade de sair do meu saco de dormir quentinho às 4:30hs da manhã para enfrentar temperaturas de -5ºC no topo do vulcão 💁

vulcao_acatenango_guatemala
quando abri o fecho da minha barraca ao amanhecer, esta era a vista que nós tínhamos

vulcao_acatenango_guatemala
sunrise visto do acampamento-base no Vulcão Acatenango

vulcao_acatenango_guatemala
o nascer do sol visto do acampamento-base do Vulcão Acatenango é um espetáculo

vulcao_acatenango_guatemala
o nascer do sol deve ser bem bonito lá de cima do cume do Vulcão Acatenango, mas era perfeitamente possível ver o sol nascendo de dentro da minha barraca no acampamento

vulcao_acatenango_guatemala
não senti a menor necessidade de sair do meu saco de dormir quentinho às 4:30hs da manhã para enfrentar temperaturas de -5ºC no topo do vulcão 

vulcao_acatenango_guatemala
acho preferível curtir o amanhecer tomando um café quentinho sentada na beira da fogeira no acampamento-base no Vulcão Acatenango

Diário de bordo do Peg no Vulcão Acatenango

Está atualizada a minha lista TOP 5 das coisas mais impressionantes que já assisti na vida!

Por aproximadamente 30hs, fizemos um EXAUSTIVO trekking até o base camp do Vulcão Acatenango na Guatemala. 

Foram pouco mais de 7Km cada trecho, quase 15Km no total, 6:30hs para subir, 3hs para descer e 1.160m de ascensão para chegarmos aos 3.538m de altitude! 

Um negócio extremamente cansativo e altamente desafiador, em especial por estarmos, literalmente, rebocando um adolescente vulcão acima, que só se daria conta que estava vivenciando uma das coisas mais incríveis da sua vida depois de horas de ladainhas, choros, lamúrias e lamentações...

Chegando no acampamento-base do Vulcão Acatenango - cada qual de nós 3 com ao menos um sintoma do tipo cãimbra, bolhas ou exaustão generalizada - já ouvimos o 1º estouro do Vulcão Fuego, a apenas 3Km de distância, e aquele gigante cogumelo de fumaça ganhando altura...

É aí que começa o show do Vulcão Fuego que, até a manhã do dia seguinte, em intervalos curtos ou mais longos, vai te proporcionar algumas das imagens - especialmente à noite - mais impressionantes que verás na tua vida! 

Para mim, foi assim!

E digo mais: eu, sabendo das dificuldades que todos enfrentam - muita gente desiste e volta para trás já na primeira 1:30h de subida - em função de todas as características dos trekkings na altitude, com as quais o Felipe não está acostumado, cheguei a duvidar que ele conseguiria chegar ao nosso acampamento no alto do Vulcão Acatenango. 

O guri me surpreendeu forte! PQP, que orgulho!!

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

Drone no Vucão Acatenango

Uma das dúvidas que tínhamos antes de viajar era se seria possível voar o drone no Vulcão Acatenango - o Peg queria chegar pertinho da cratera do Vulcão Fuego com o drone, porque é muitooo legal ver um vulcão de cima.

Eu, da minha parte, estava louca de medo que o Vulcão Fuego resolvesse fazer a sua mágica bem quando o drone estivesse ali em cima da cratera 😜

No final, deu tudo certo: a agência confirmou que não há nenhuma regulamentação proibindo o voo de drones no parque nacional onde estão situados os vulcões - como já imaginávamos, pois tínhamos visto no YouTube muitos vídeos de drones lá - e o Peg conseguiu voar o drone com segurança e fez umas fotos e vídeos lindos, sem que o bichinho fosse atingido por uma baforada furiosa do Vulcão Fuego!

Um cuidado que você precisa ter é de manter as baterias bem aquecidas durante a noite, se quiser ainda ter bateria para um voo na manhã seguinte, pois, com o frio que faz no alto do Vulcão Acatenango durante a noite, as baterias do drone descarregam muito rápido! 

E o mesmo ocorre com as baterias de máquinas fotográficas e de telefones celulares: leve uma bateria portátil para recarregar os seus aparelhos à noite!

Seguem algumas fotos - foram 2 voos de drone, um ao entardecer e outro ao amanhecer:

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

Dica de roteiro na Guatemala

Se você pretende fazer o Acatenango Hike E também conhecer Tikal durante o seu roteiro na Guatemala, eu recomendaria fazer 1º Tikal e DEPOIS a subida ao Vulcão Acatenango!

Mesmo que você seja um atletinha, o Acatenango vai te deixar dolorido e muito, muito sujo kkkk...

Por isso, talvez seja uma boa ideia deixar para viver essa aventura no vulcão no final da sua viagem pela Guatemala, às vésperas de voltar para casa ou, pelo menos, depois de ir a Tikal. 

Aliás, as longas caminhadas e escadarias de Tikal serão um bom "treino" para o Acatenango. 

Como nós fomos a Tikal DEPOIS de subir o Acatenango, sofremos horrores - um verdadeiro #perrenguechique - nas caminhadas e escadarias de Tikal, pois estávamos com a musculatura das coxas e panturrilhas mega-dolorida depois de fazer a trilha no Acatenango. 

Tivemos dores fortes nas pernas e exaustão muscular por uns 4 dias depois da trilha no Acatenango, não foi pouca coisa! 

Veja mais: Parque Nacional Tikal na Guatemala - o sítio arqueológico Maia mais lindo

Então, se eu fosse fazer uma mudança no meu roteiro da Guatemala, seria esta: faria Tikal 1º e deixaria o trekking no vulcão para o final da viagem - é melhor ter dor muscular no avião, voltando para casa, do que durante a viagem! 

Isso sem falar que a trilha no Vulcão Acatenango te deixará imundo daquela terra preta. Tudo fica sujo: teus tênis, roupas, mochila, unhas, orelhas, cabelos, rosto, etc kkkkk...

Então é mais eficiente deixar a trilha pro final da viagem, quando você já está prestes a voltar pra casa e jogar tudo na máquina de lavar roupas - para não ter que continuar viagem com um tênis e mochila imundos.

#FicaaDica

vulcao_acatenango_guatemala
sim, eu tenho melasmas, mas a maior parte das manchas que vocês veem no meu rosto são de sujeira mesmo hehehe...

vulcao_acatenango_guatemala
essa lava vulcânica que o Vulcão Fuego cospe com frequência deixa tudo imundooo

Conclusões sobre o Trekking Acatenango

Pensa num espetáculo da natureza! 

Aurora boreal, blocos de gelo se desprendendo, um vulcão em plena erupção...coisas que você precisa presenciar 1x na vida 🤩

Sem falar que São Pedro fez a sua parte com louvor, né?! 

Vimos tantos vídeos no YouTube de pessoas subindo o Vulcão Acatenango debaixo de chuva, chegando lá em cima sem ver um palmo à frente do nariz, e nós ganhamos o sunset e o amanhecer mais lindos da vida lá em cima, com um vulcão explodindo na nossa frente a noite inteira sem trégua. 

Fala em ter sorte!

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

vulcao_acatenango_guatemala

Onde ficar em Antígua

A cidade-base para fazer os trekkings aos Vulcões Acatenango e Fuego é a maravilhosa Antígua, que posso dizer com certeza está entre as minhas 10 cidades favoritas no mundo!

Antígua é o tipo de lugar com tantas opções de hospedagem que a gente fica sem saber o que escolher. 

Vou publicar um post específico sobre a Gautemala, Antígua e os hotéis em que nos hospedamos lá, com todos os detalhes e muitas fotos, mas não custa adiantar aqui - resumidamente - pra vocês quais foram as nossas 2 opções de hotéis em Antígua.

Ficamos em 2 hotéis diferentes nas nossas estadias em Antígua - não porque não tenhamos gostado do 1º em que nos hospedamos, mas sim porque, quando voltamos a Antígua no final do nosso roteiro pela Guatemala, tinha outro hotel no Booking com melhor custo-benefício. 

Esta é uma das vantagens de deixar para fazer reservas de hotel na última hora: além de ganhar flexibilidade no roteiro, pois não estamos amarrados a reservas e podemos mudar de idéia a qualquer momento, ainda podemos escolher o hotel que está com melhor custo-benefício naquele dia, e quase sempre conseguimos bons descontos de último minuto, mesmo na altíssima temporada de janeiro

Nossas 2 opções de hotéis em Antígua foram:

  1. Hotel Maya Ik'
  2. Hotel Panchoy by AHS

Nosso preferido entre os 2 foi o Hotel Panchoy: embora a localização do Hotel Maya Ik' seja imbatível, enquanto que o Panchoy fica umas quadras mais distante, as instalações do Panchoy são perfeitas!

Mas, como já mencionei, Antígua tem inúmeras outras opções de hospedagem, para os mais diversos orçamentos, e vou deixar aqui uma listinha de todos os hotéis e pousadas em Antígua que eu pesquisei e gostei - os meus favoritos. 

Só depende de quanto você quer gastar em hospedagem!

Se vocês forem lá e se hospedarem em algum deles, não esqueçam de voltar aqui nos comentários e me contar como foi:

Hotel Posada de Don Rodrigo Antigua
Hotel Posada de Don Rodrigo Antigua

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Maya Ik'

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Maya Ik'

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Panchoy by AHS

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Panchoy by AHS

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Museo Spa Casa Santo Domingo

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Museo Spa Casa Santo Domingo

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Convento Santa Catalina

onde ficar em Antígua Guatemala
Hotel Convento Santa Catalina

Está planejando uma viagem para a Guatemala? Conta aí se este post ajudou a tirar as tuas dúvidas!

Já esteve na Guatemala? Deixe as suas dicas nos comentários abaixo aqui no blog!

Acompanhe nosso Instagram para ver muitas fotos e dicas das nossas viagens! Nesta viagem pelo Caribe e América Central, usamos nas redes sociais a hashtag #LipenoCaribe, espia lá!

Sobre a Guatemala:

Leia mais sobre o Caribe e a América Central aqui no blog:


Veja mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os nossos vídeos no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal.

Você também nos encontra aqui:


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: