Menu

Onde ficar no Irã: dicas de hotéis maravilhosos para você se hospedar nos principais destinos turísticos do Irã - Shiraz, Yazd, Esfahan e Teerã

Onde ficar no Irã: dicas de hotéis maravilhosos para você se hospedar nos principais destinos turísticos do Irã - Shiraz, Yazd, Esfahan e Teerã

Onde ficar no Irã: dicas de hotéis

Onde ficar no Irã: dicas de hotéis maravilhosos para você se hospedar nos principais destinos turísticos do Irã - Shiraz, Yazd, Esfahan e Teerã

Uma das minhas maiores dúvidas quando comecei a planejar a nossa viagem ao Irã era onde ficaríamos hospedados. Eu não tinha nem ideia de como fazer para reservar um hotel no Irã!

Depois de desbravar o mundo das reservas de hotel no Irã por conta própria, agora já posso explicar a vocês como reservar um hotel no Irã e tenho ótimas dicas de onde ficar no Irã - alguns hotéis maravilhosos para você se hospedar nos principais destinos turísticos do país - Shiraz, Yazd, Esfahan e Teerã.

Eu ia escrever apenas um post rápido com dicas de onde se hospedar no Irã, mas a pessoa aqui, que não sabe ser objetiva, acabou escrevendo também sobre as peculiaridades de se reservar um hotel num lugar onde não existe Visa ou Booking, perrengues, Ramadã, gastronomia, arquitetura, tradições iranianas, Marco Polo, Caravanserais, decoração, o Pahlevani, plugs de tomadas, coletores de vento, sistemas de irrigação, regras de vestimenta, objetos utilizados nas orações dos muçulmanos e até sobre queijo! 

Mesmo se você nunca cogitou viajar ao Irã, poderá se interessar por um monte de curiosidades que reuni aqui 😂

Veja todas as fotos e dicas que publiquei na #PVnoIra no Instagram! E mostrei tudo nos stories também, tem várias pastas de destaques do Irã lá! ❤

Leia mais sobre o Irã

onde ficar no Irã
café da manhã delicioso no IranMehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã
detalhes da decoração do IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
Fahadan Museum Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
Kianpour Historical House em Esfahan

onde ficar no Irã
Orient Traditional Hotel em Yazd

Como reservar hotel no Irã

O Irã, sendo um país que sofre embargos internacionais, tem algumas peculiaridades, coisas que são diferentes de todas as outras viagens que você já fez ou fará. 

Por exemplo, você já viajou para algum lugar onde não fosse possível usar cartões de crédito VISA ou Mastercard? Já esteve em algum lugar onde não fosse possível fazer um seguro de viagem da AssistCard, por exemplo? Já foi para algum país onde tivesse que usar um lenço cobrindo seus cabelos, calças até os tornozelos e blusas compridas e largas com mangas até o antebraço mesmo no auge do verão? Ou já visitou algum país onde não fosse possível reservar um hotel através do site de reservas Booking?

Pois é. No Irã, todas essas "excentricidades" são uma realidade. 

Sim, no Irã não é possível pesquisar e reservar hotéis através do Booking.com, site mundial de reservas de hotelaria que a gente usa para pesquisar, comparar tarifas de hotéis e fazer reservas de hospedagem desde sempre, pelo mundo todo.

Sendo assim, reservar hotéis para uma viagem ao Irã pode virar uma gincana, se você não souber sequer por onde começar. 

Como eu sou uma querida, vou entregar tudo mastigadinho para vocês aqui.

onde ficar no Irã
no Irã, faça como os locais e deixe os seus sapatos do lado de fora dos quartos nos hotéis - assim você ajuda a manter mais limpos os maravilhosos tapetes persas

onde ficar no Irã
Fahadan Museum Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
Kianpour Boutique Hotel em Esfahan

Não me leve a mal: eu sei que antigamente, no século 20, não existia Booking, ou sequer internet, e a gente viajava mesmo assim! Reservávamos albergues por telefone em ligações internacionais caríssimas ou andávamos de hotel em hotel com as mochilas nas costas procurando uma cama disponível quando chegávamos aos nossos destinos. 

Sim, eu sou desta época, quase na Idade da Pedra. Lascada. 

Veja mais aqui: Como as viagens mudaram nos últimos 20 anos

Mas, hoje em dia, quem cogitaria não poder fazer uma reserva via Booking antes de uma viagem? Complicado, né?

E tem mais: para solicitar os vistos iranianos, você precisa enviar o seu itinerário detalhado, informando que dias você estará em cada cidade no Irã e onde ficará hospedado - ou seja, para solicitar os vistos, precisa informar os nomes dos hotéis onde pretende se hospedar. E, pelo que dizem, é bom inclusive levar algumas reservas impressas, pelo menos para os primeiros dias da sua viagem, para apresentar na imigração na chegada ao país, pois eles podem solicitar.

Veja todos os nossos posts sobre a viagem ao Irã clicando aqui

Então realmente é necessário reservar algumas noites de hospedagem antes de embarcar numa viagem ao Irã.

onde ficar no Irã
Orient Traditional Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
Fahadan Museum Hotel

Inicialmente, eu pensava que teria que sair pesquisando "Iran hotels" no Google. Pesquisa daqui, pesquisa dali, acabei descobrindo que realmente os sites de reservas que a gente costuma usar no mundo inteiro não funcionam no Irã - mas, justamente em função disso, para driblar esses embargos internacionais, eles acabaram criando os próprios sites de reservas de hospedagem, exclusivos para o Irã, a maioria deles vinculados a agências de viagens, pelo que entendi, e que funcionam de forma muito parecida com o Booking.

Normalmente esses sites são vinculados a agências de viagens sediadas em outros países, ou que possuem contas bancárias em outros países e, desta forma, eles conseguem receber pagamentos via cartão de crédito ou até via PayPal.

Depois de testar vários destes sites de reservas de hospedagem iranianos, posso indicar pra vocês os meus 2 favoritos:

  • 1st Quest - vinculado à agência 1st Quest, que nós usamos para fazer os nossos seguros-viagem (obrigatórios) e para nos ajudar com a aprovação dos vistos
  • Apochi - vinculado à agência Apochi

Ambos possuem sites em inglês que funcionam de forma muito simples, bem parecida com o Booking, onde basta você colocar o nome da cidade destino e as datas da sua viagem que aparecerão inúmeras sugestões de hotel, com preço e todas as informações necessárias para comparar as diferentes opções e fazer a sua reserva de hotel. 

Vou contar a vocês o que eu fiz: pesquisei os hotéis que mais me agradavam em cada cidade que iríamos visitar no nosso roteiro pelo Irã, comparei tarifas, vi os que cabiam no nosso orçamento, peguei os emails e WhatsApps deles no Google e então mandei vários emails e mensagens de WhatsApp para eles.

Valeu a pena fazer isso, pois pude barganhar alguns descontos e as tarifas que pagamos acabaram ficando melhores do que aquelas que apareciam nos sites de reservas. Além disso, sempre é possível barganhar um café da manhã, um early check-in ou um late check-out, então vale a incomodação de ficar mandando e respondendo um monte de emails.

Mas vale anotar aí que esse processo de mandar email pra lá e pra cá, toda essa negociação, pode levar alguns dias - ainda mais considerando que o "fim de semana" deles é na sexta-feira, diferente do nosso, e a diferença de fuso horário do Irã para o Brasil era de 7h30min (no Irã são 7h30min a mais que no Brasil) - então é bom se organizar com uma certa antecedência, não deixar tudo para a última hora, como eu costumo fazer 😜, que daí você pode conseguir bons negócios.

Aliás, também vale dizer que acabei fazendo todas as nossas reservas de hotel na base da confiança

Pois é - como nossos cartões de crédito não funcionam lá mesmo, nenhum hotel exigiu cartão de crédito para garantir as reservas de hospedagem, foi tudo no fio do bigode.

onde ficar no Irã
Abbasi Hotel em Esfahan

onde ficar no Irã
Kianpour Boutique Hotel em Esfahan

Onde ficar no Irã

Bom, feita toda essa introdução para explicar a vocês COMO reservar hotel no Irã, vamos finalmente às nossas dicas de hotéis maravilhosos para se hospedar nos principais destinos turísticos do Irã?

Para início de conversa, é bom esclarecer que, quando falo em "principais destinos turísticos do Irã", estou falando nas 4 cidades iranianas que recebem a maioria dos turistas que visitam o país: 

  • Shiraz
  • Yazd
  • Esfahan
  • Teerã

Nenhum roteiro pelo Irã fica completo sem visitas a estes 4 destinos. Ficamos 3 noites em cada uma destas 4 cidades, totalizando 12 noites no Irã 💓

Foi um roteiro perfeito pelo país, passando por várias outras cidades, vilarejos e pontos turísticos nos arredores e no caminho entre Shiraz, Yazd, Esfahan e Teerã, e prometo detalhar este roteiro num post em breve aqui no blog!

Veja também: Alugar carro no Irã: tudo que você precisa saber para viajar de carro pelo país

onde ficar no Irã
vista maravilhosa do terraço do Orient Traditional Hotel no centro histórico de Yazd

onde ficar no Irã
IranMehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã
Fahadan Museum Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
Kianpour Boutique Hotel em Esfahan

1 IranMehr Boutique Hotel em Shiraz

Em Shiraz, ficamos hospedados naquele que foi o meu hotel favorito da viagem, o IranMehr Boutique Hotel.

Pagamos 60 euros por dia com um super café da manhã incluído, em pleno Ramadã! Ficamos 3 noites lá. 

Eles têm quartos duplos, triplos, quádruplos, quíntuplos e até para 7 pessoas!

A localização, na rua Taleghani, exatamente atrás do Vakil Bazaar, não poderia ser melhor! No começo, é meio difícil de encontrar o hotel, pois ele fica no meio de umas ruelas onde quase não chegam táxis, em pleno centro histórico de Shiraz, mas, depois que você se orienta e entende como ir a pé de lá direto para o Bazaar, percebe que a localização é simplesmente a MELHOR da cidade!

O táxi do Aeroporto de Shiraz até o hotel custou apenas U$ 3,70 (100,000 rials). Uma corrida de 11Km!!!

Claaaaro que o senhorzinho taxista não falava uma palavra em inglês e não tinha a menor ideia de onde era o nosso hotel - o Peg foi quem guiou ele até lá usando o Google Maps e muitos gestos e mímicas - ainda bem que eu já tinha baixado o mapa de Shiraz offline, pois no aeroporto, de madrugada, quando aterrisamos no Irã, não tinha nenhum local aberto para comprar simcards, então não tínhamos acesso à internet. 

Leia também: Irã - como comprar chip de celular e usar internet no país dos aiatolás

Claroooo que não tinha como o táxi chegar ao hotel sem conhecer o caminho pelas vielas estreitas ao redor do bazar, então desembarcamos e seguimos a pé com nossas malas só no faro, porque até o GPS se perdia nos becos da cidade velha 🙈

Cidade às moscas as 6AM.

Finalmente encontramos uma alma perdida por ali, mostrei a ele o nome do nosso hotel em Farsi (sempre tenha o nome do seu hotel escrito em Farsi!) e, por sorte, ele era guarda do bazar e conhecia o hotel, cuja porta estava a menos de 100m de onde estávamos perdidos!

Chegada ao Irã com emoção 🤪

onde ficar no Irã
logo na chegada ao Irã, um pequeno perrengue para encontrar o IranMehr Boutique Hotel no meio do centro histórico de Shiraz

Mas o engraçado para nós foi perceber que esse tipo de perrengue, hoje em dia, não nos gera nem stress, nem discussão: a gente só ri da nossa situação desastrosa, sabendo que logo logo vai acabar dando tudo certo kkkk...

Depois que finalmente conseguimos acordar o moço da portaria e entrar no IranMehr Boutique Hotel, fiquei simplesmente en-can-ta-da com esse nosso hotel em Shiraz - ele vale a viagem até lá! 

O tradicional IranMehr Boutique Hotel, com seu jeitinho de antigamente e aparência de museu, é um dos monumentos deixados pela dinastia Qajar em Shiraz - dinastia que governou o Irã por cerca de 133 anos (entre 1174-1304) no calendário solar. 

Os moradores desse local eram descendentes de Forsat'Al'Dawlah Shirazi, que foi um dos mais proeminentes poetas e pintores de Shiraz, e o edifício histórico agora funciona como um hotel, recebendo hóspedes de todo o mundo. 

Como falei acima, uma das principais características do hotel é que ele está localizado no coração do distrito histórico de Shiraz, pertinho do centro da cidade, e exatamente atrás do Vakil Bazaar 🤩

Nas fotos, vocês vão perceber que ficamos em 2 quartos diferentes, pois chegamos lá podres de maldormidos as 6hs da manhã, depois de toda confusão para conseguir encontrar o hotel, e o nosso quarto definitivo ainda não estava pronto para fazermos check-in (normalmente o check-in é as 14hs). Então eles nos convidaram para tomar um café da manhã (por conta da casa) e nos ofereceram um quarto provisório para descansarmos até que o nosso quarto reservado ficasse pronto. 

Amamos a oferta de café da manhã, até porque estávamos chegando ao Irã em pleno Ramadã, época do ano em que os muçulmanos não podem ingerir nada - nem comida, nem água - entre o nascer e o por do sol. Até então, não sabíamos se encontraríamos algo de comer durante o dia, e não pensamos 2 vezes em nos jogar naquele café da manhã maravilhoso oferecido gratuitamente no check-in!

Foi só uma pequena amostra da excepcional hospitalidade iraniana, que recebemos menos de 1h depois de aterrisar no país!

onde ficar no Irã
meu hotel favorito da viagem, IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
o IranMehr Boutique Hotel vale a viagem até Shiraz

onde ficar no Irã
banheiro do nosso quarto provisório no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
pantufas, produtinhos de banheiro e secador de cabelos no hotel em Shiraz, no Irã

onde ficar no Irã
quase todos os hotéis que ficamos no Irã tinham frigobar, e todos, sem exceção, têm ar condicionado, item fundamental de sobrevivência no Irã na primavera/verão

onde ficar no Irã
uma delícia de lugar!

onde ficar no Irã
o IranMehr Boutique Hotel tem um café da manhã tipicamente iraniano maravilhoso

onde ficar no Irã
o salão onde é servido o café da manhã no IranMehr Boutique Hotel mais parece uma galeria de arte

onde ficar no Irã
um hotel que é quase uma galeria de arte

onde ficar no Irã
bommmm dia de Shiraz com esse autêntico café da manhã iraniano!

onde ficar no Irã
comida fresca e deliciosa em pleno Ramadã no Irã!

onde ficar no Irã
IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
salão onde é servido o café da manhã no IranMehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã
delícias do café da manhã no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
que delícia acordar e tomar um belo café da manhã num lugar desses!

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
nosso quarto "definitivo" no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
banheiro ocidental no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
todos os quartos no IranMehr Boutique Hotel são lindamente decorados com muitos vitrais coloridos, típicos de Shiraz

Além de ter uma área linda, super agradável e descontraída, para convivência dos hóspedes, o hotel ainda oferece outras comodidades, como um restaurante excelente e uma galeria.

Num dos dias em que estávamos hospedados lá, almoçamos no IranMehr Boutique Hotel e pagamos IR 300,000 (U$ 11) por um almoço maravilhoso para 2 pessoas. 

Todos os quartos estão localizados ao redor de um pátio com uma piscina e uma palmeira - um lugar fresco de onde eu não tinha vontade de sair! 

Como eles dizem, a intenção é que os hóspedes possam ter a oportunidade de se familiarizar com as tradições, costumes e culinária do Irã - uma experiência única.

Mostrei + desse hotel lindo lá nos stories no Instagram, espia lá!

onde ficar no Irã
esses "bolos" de arroz, em que o arroz fica macio por dentro, com uma crosta durinha por fora, são deliciosos, ainda mais o prato que vem com carne de cordeiro 😛

onde ficar no Irã
almoçamos no excelente restaurante do IranMehr Boutique Hotel e pagamos U$ 11 por um almoço maravilhoso para 2 pessoas

onde ficar no Irã
pátio interno do IranMehr Hotel 

onde ficar no Irã
detalhes da decoração do IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
os quartos ficam situados ao redor desse lindo pátio interno no IranMehr Hotel

onde ficar no Irã
detalhes da decoração do IranMehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã
todos os quartos estão localizados ao redor de um pátio com uma piscina e uma palmeira

onde ficar no Irã
outro pátio interno do IranMehr Hotel

onde ficar no Irã
caminho para o terraço no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
à noite, o IranMehr Boutique Hotel ganha uma iluminação que o deixa ainda mais especial

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
na sua viagem ao Irã, lembre de levar um pequeno cadeado, pois a maioria dos quartos de hotéis não possuem chaves - eles têm essas tramelas nas portas e você precisa ter seu próprio cadeado!

onde ficar no Irã
você também pode tomar café da manhã na área externa

onde ficar no Irã
detalhes da decoração no IranMehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã
não é de morrer de amores?!

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
Iranmehr Boutique Hotel

Saímos do @iranmehrhotel com o coração apertado e lágrimas nos olhos depois de uma despedida emocionante que prepararam para nós.

Tradicionalmente, para se despedir de alguém, os muçulmanos fazem com que a gente passe debaixo de um Alcorão, para garantir que Allah cuide da tua viagem e, depois que tu passas debaixo do livro sagrado do Islã, eles jogam água no chão por onde tu vais passar, para limpar o teu caminho ❤️

Essa moça querida, que trabalha na recepção do IranMehr Boutique Hotel, nos contou que esse é um costume muçulmano em que todos acreditam e observam no Irã, até mesmo as gerações mais jovens. 

Eu achei tãoooo bonito que fiquei até emocionada!

Quem já ganhou uma despedida assim em um hotel?

onde ficar no Irã
saímos do Iranmehr Hotel em Shiraz com o coração apertado e lágrimas nos olhos depois de uma despedida emocionante que eles prepararam para nós

onde ficar no Irã
recepção do Iranmehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã

café da manhã no pátio interno do Iranmehr Boutique Hotel em Shiraz

onde ficar no Irã
quarto provisório no Iranmehr Boutique Hotel

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
decoração linda do IranMehr Boutique Hotel

2 Orient Traditional Hotel em Yazd

Em Yazd nos hospedamos no Orient Traditional Hotel, que tem uma localização imbatível no centro histórico, ao lado da Masjed'e Jaame, principal ponto turístico da cidade. 

O proprietário do Orient Traditional Hotel se chama Hasan Jafari e, quando enviei o e-mail para fazer a reserva, eles nos explicou que eles estavam reformando o famoso Restaurante Marco Polo, no terraço do hotel, mas que sim, poderiam nos receber. 

Esse restaurante é bem conhecido em Yazd, por conta das vistas incríveis do centro histórico da cidade, mas, mesmo em reformas, pudemos subir ao terraço e aproveitar a vista estupenda da Masjed'e Jaame ali ao lado, toda iluminada à noite!

O nome do restaurante - Marco Polo - é uma homenagem ao grande aventureiro veneziano, cujas viagens foram registradas no livro As Viagens de Marco Polo, que descreve para os europeus as maravilhas que ele encontrou nas suas andanças pela Ásia no século 13, quando passou por Yazd e a descreveu como uma 'cidade esplêndida'. 

Yazd foi poupada da destruição por Genghis Khan e Tamerlane e floresceu nos séculos 14 e 15 com a produção de seda, têxteis e tapetes. 

Com esse bocado de história - de acordo com a UNESCO, Yazd é um dos assentamentos mais antigos do planeta, com 2000 casas da época da dinastia Qajar - eu garanto a vocês que, no Irã, só fica em hotel sem-graça quem quiser, porque o que tem de casas históricas restauradas lá, que hoje funcionam como hotéis, não está no gibi!

onde ficar no Irã
Orient Traditional Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
o Orient Traditional Hotel tem uma localização imbatível no centro histórico de Yazd, ao lado da Masjed'e Jaame, principal ponto turístico da cidade

onde ficar no Irã
o nome do restaurante do hotel - Marco Polo - é uma homenagem ao grande aventureiro veneziano, que passou por Yazd no século 13

onde ficar no Irã
em Yazd, não deixe de aproveitar a vista estupenda da Masjed'e Jaame toda iluminada à noite

Vou registrar aqui as informações necessárias para que vocês possam entrar em contato com o Hasan Jafari:

  • Endereço: 6th alley, Masjed'e Jaame Alley Imam Khomeini Street
  • Telefone: +98-35-36267783
  • WhatsApp/Telegram: +98-9377556264
  • Email: shargh.hotel@gmail.com

Além da proximidade com todos os principais pontos turísticos de Yazd, o Orient Traditional Hotel tem preços excelentes, quartos com banheiro privativo (com vasos em estilo ocidental) e com ar condicionado, o que é fundamental no calor inclemente de Yazd, cidade situada no deserto iraniano.

Os quartos ficam situados no piso térreo, em 4 pátios diferentes. Os funcionários falam inglês.

onde ficar no Irã
os quartos do Orient Traditional Hotel ficam situados no piso térreo, em 4 pátios diferentes

onde ficar no Irã
Caravanserai feelings em Yazd

onde ficar no Irã
em muitos lugares você vai encontrar esses "cabides" de lãs usadas para a confecção de tapetes persas

onde ficar no Irã
detalhes da decoração no Orient Traditional Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
esses sofás-cama típicos iranianos dão um charme especial aos pátios internos das mansões históricas de Yazd

onde ficar no Irã
Yazd é um dos assentamentos mais antigos do planeta, com 2000 casas da época da dinastia Qajar

onde ficar no Irã
o ar condicionado é fundamental no calor inclemente de Yazd, cidade situada no deserto iraniano

onde ficar no Irã
o Orient Traditional Hotel tem preços excelentes, e quartos com banheiro privativo

onde ficar no Irã
vaso em estilo ocidental no banheiro do hotel de Yazd

onde ficar no Irã
 no Irã, só fica em hotel sem-graça quem quiser, porque o que tem de casas históricas restauradas lá, que hoje funcionam como hotéis, não está no gibi!

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
vista do terraço do Orient Traditional Hotel

onde ficar no Irã
as casas históricas restauradas de Yazd são uma verdadeira viagem no tempo

onde ficar no Irã
fachada do Orient Traditional Hotel, no centro histórico de Yazd

um dos pátios internos do Orient Traditional Hotel em Yazd

onde ficar no Irã
pátio interno principal do Orient Traditional Hotel

Silk Road Hotel and Restaurant em Yazd

Logo depois de fazer check-in no Orient Traditional Hotel em Yazd, fomos jantar no Restaurante Silk Road, que é outro prédio histórico que também funciona como hotel e restaurante, mas ambos, em qualquer outro lugar, poderiam ser museus, assim como o hotel que ficamos em Shiraz!

Aliás, o Silk Road Restaurant é dos mesmos proprietários do Orient Traditional Hotel, e era lá que tomávamos o café da manhã (incluído na diária) todos os dias. 

O garçom que nos atendia lá era um menino indiano de apenas 13 anos (a idade do Lipe)! Ele - por ser indiano - falava inglês muito bem, e gostamos tanto dele que voltamos lá para outras refeições (além do café da manhã)! 

As refeições para nós 2 no Silk Road Restaurant custavam entre IR 315,000 e IR 365,000 (entre U$ 11 e U$ 14).

Os 2 hotéis ficam situados a apenas 180m de distância um do outro, e para nós esse arranjo foi excelente, já que, na frente do Silk Road, havia um grande estacionamento público, onde deixamos nosso carro alugado estacionado todo o tempo em que estivemos em Yazd - e não fomos os únicos: todos os dias havia alguns campers europeus estacionados lá, que, óbvio, me deixavam babando de inveja 😜

Mostrei os motorhomes europeus que encontramos em Yazd lá nos stories do Instagram - espia lá nas pastas de destaques do Irã!

Leia mais: Alugar carro no Irã: tudo que você precisa saber para viajar de carro pelo país

Em Yazd visitamos também o Fahadan Museum Hotel, sobre o qual contei mais abaixo, que é espetacular, assim como o Khan-e Lari e um outro restaurante onde almoçamos, Abulmaali.

Essas casas tradicionais restauradas e transformadas em hotéis em Yazd se chamam khan-e sonnati, e são algumas das acomodações mais bacanas e autênticas do Irã. 

Ficar hospedado em um desses edifícios históricos é uma verdadeira imersão cultural, simplesmente imperdível! 

Você passeia pelas vielas do centro histórico de Yazd e, quando o calor aperta, se refugia num dos takhts (mesas em estilo sofá-cama) do seu khan para tomar chá e desfrutar da comida local como os iranianos têm feito há vários séculos, aproveitando a brisa vinda dos coletores de vento!

Caravanserais, mansões históricas de muitos séculos passados, lugares por onde passou Marco Polo, isso tudo tem às patadas no Irã! Difícil é escolher ONDE se hospedar, dentre tantas opções!

A dica + importante é: com tantas opções nas quais você vai se sentir dentro de um livro de histórias, não seja bobo de escolher um hotel mais "comum" porque o banheiro é mais moderninho, ou porque não precisa subir escadas, ou porque é mais "garantido" 🙄

Posso garantir que essas aparentes "desvantagens" dos edifícios históricos - que, lembre-se, foram construídos há séculos, sem as modernidades que existem hoje em dia - serão plenamente compensadas pela beleza dos interiores, pelo charme das fontes com peixinhos nos pátios internos e pela sensação de estar revivendo a história em locais que têm recebido hóspedes com a tradicional hospitalidade persa desde os dias em que Yazd era uma parada na famosa Rota da Seda. 

Uma vez que você decidiu visitar a Pérsia, ouse, privilegie a história, nem que seja uma vez na vida.

onde ficar no Irã
Silk Road Hotel and Restaurant em Yazd

onde ficar no Irã
na frente do Silk Road, havia um grande estacionamento público, onde deixamos nosso carro alugado estacionado todo o tempo que estivemos em Yazd

onde ficar no Irã
quando o calor apertava, nos refugiávamos num dos takhts (mesas em estilo sofá-cama) do nosso khan em Yazd para tomar chá e desfrutar da comida local, como os iranianos têm feito há vários séculos

onde ficar no Irã
essas casas tradicionais restauradas e transformadas em hotéis em Yazd se chamam khan-e sonnati, e são algumas das acomodações mais bacanas e autênticas do Irã

onde ficar no Irã
o Silk Road Restaurant é dos mesmos proprietários do Orient Traditional Hotel, e era lá que tomávamos o café da manhã (incluído na diária) todos os dias

onde ficar no Irã
o Silk Road é um prédio histórico que funciona como hotel e restaurante

onde ficar no Irã
buffet livre de chá - só no Irã!

3 Kianpour Historical House em Esfahan

Uma mansão histórica da dinastia Qajar para chamar de sua por 49 euros a diária com café da manhã - se isso não te convencer que o Irã é demais, pode desistir agora. 

Em Esfahan, escolhemos nos hospedar na Kianpour Historical House, que, apesar de não ter uma localização tão boa quanto os hotéis que ficamos em Shiraz e Yazd, tem muita história. 

Não dá para ficar indo do hotel para todo lado a pé, pois ele fica situado a quase 2Km de distância do principal ponto turístico de Esfahan - a Praça Naqsh-e Jahn - mas, por outro lado, a Casa Kianpour tem muita história.

Aliás, sobre a questão da localização, vale dizer que Esfahan é uma cidade grande, que tem pontos turísticos bem espalhados e, mesmo que você se hospede nos arredores da Praça Naqsh-e Jahn, vai precisar de um meio de transporte para circular pela cidade - então, como não dá para andar por tudo a pé, ficar hospedado em um lugar muito central não faz tanta diferença (na minha opinião). 

Nós amamos ficar hospedados na Casa Kianpour e circulamos por Esfahan todo tempo no carro que alugamos para viajar pelo Irã

onde ficar no Irã
Kianpour Historical House em Esfahan

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
apesar de não ter uma localização tão boa quanto outros hotéis, a Casa Kianpour tem muita história

onde ficar no Irã

Além de história, também há muita tradição arquitetônica na Kianpour Historical House, e foi muito interessante aprender um pouco sobre o assunto com o proprietário, Mr. Kianpour, que é arquiteto e nos deu uma verdadeira aula de arquitetura iraniana, além de muitas dicas de lugares diferentes e arquitetonicamente relevantes para conhecer em Esfahan, que nunca teríamos conhecido se não fosse pelas indicações dele!

Vou contar a vocês um pouquinho do que aprendemos com ele.

Na arquitetura tradicional iraniana, as casas residenciais são projetadas e construídas com base em princípios que podem ser encontrados tanto em residências de famílias reais, nobres, quanto nas moradias de pessoas comuns, pois se trata de um modelo arquitetônico que é compatível com o estilo de vida iraniano - tanto da plebe, quanto da nobreza. 

Em 1º lugar, é um tipo de arquitetura voltada para dentro, em harmonia com a cultura iraniana.

Em 2º lugar, as variações de temperatura nesse modelo de construção são muito baixas, o que torna os edifícios frescos no verão e aquecidos no inverno.

Vocês vão encontrar elementos comuns a todas essas casas históricas: arcos, cúpulas e telhados simples de madeira chamados 'Asemaneh'. 

O modelo-padrão de 4 faces (Chefeteh) é o estilo básico de todas as casas iranianas. 

O tipo mais comum é uma casa com um grande pátio interno, chamado Miansara, que funciona como uma área aberta para a luz. Os quartos ficam situados nos 4 lados, ao redor do Miansara. Os lados que se abrem para o sul e sudeste-oeste são usados ​​no inverno e nas estações frias, porque são ensolarados, enquanto que os lados que se abrem para o norte são usados ​​durante o verão, porque ali bate menos sol.

onde ficar no Irã
em Esfahan, tivemos uma verdadeira aula de arquitetura iraniana

onde ficar no Irã
 muita tradição arquitetônica na Kianpour Historical House

onde ficar no Irã
detalhes da decoração na Kianpour Historical House em Esfahan

onde ficar no Irã
caso vocês ainda não tenham percebido, os iranianos amam usar espelhos na decoração, e isso tem várias razões, inclusive de fundo religioso, que vou explicar num outro post

onde ficar no Irã
e a gente aproveita a fissura deles por espelhos para satisfazer a fissura de todo turista por uma selfie 😜

onde ficar no Irã
alguns dos hotéis em que ficamos hospedados no Irã tinham os porretes de Pahlevani incorporados na decoração - num outro post contarei mais sobre esse esporte tipicamente iraniano que era originalmente usado para treinar guerreiros na Pérsia na Era Safávida

onde ficar no Irã
sofás-cama tradicionais, tapetes persas, vitrais coloridos e porretes de Pahlevani - um resumo da Pérsia em uma recepção de hotel

onde ficar no Irã
detalhes

onde ficar no Irã
o que são esses passarinhos pintados nas paredes?!

onde ficar no Irã
o modelo arquitetônico tradicional iraniano é compatível com o estilo de vida iraniano - tanto da plebe, quanto da nobreza

onde ficar no Irã
neste tipo de edifício, os lados que se abrem para o sul e sudeste-oeste são usados ​​no inverno e nas estações frias, porque são ensolarados, enquanto que os lados que se abrem para o norte são usados ​​durante o verão, porque ali bate menos sol

onde ficar no Irã
o modelo arquitetônico mais comum de casa histórica no Irã são aquelas construídas ao redor de um grande pátio interno, chamado Miansara

O Hotel Boutique Kianpour foi construído durante o início da Era Qajar, no estilo 'Isfahani'. 

Depois de passar por um processo minucioso de restauração e renovação, o hotel manteve a sua arquitetura e decoração originais, ao mesmo tempo em que criou serviços modernos - como banheiros privativos em quase todos os quartos, televisões de LCD, ar condicionado split, frigobar, cofre, secador de cabelos, etc - para que os hóspedes possam ter uma estadia memorável nesse túnel do tempo.

Nós ficamos lá 3 noites, e dividimos a nossa estadia em 2 quartos, um deles com banheiro privativo, e outro com banheiro compartilhado. Recomendo que você reserve um quarto com banheiro privativo - os preços são ótimos, vale a pena. 

Abaixo vocês poderão ver as fotos dos 2 quartos diferentes em que ficamos hospedados durante a nossa estadia no Hotel Boutique Kianpour, mas saiba que escolhemos os quartos mais baratos - eles têm outros quartos maravilhosos no piso térreo, ao redor do pátio interno. 

O hotel não tem estacionamento próprio, mas foi bem tranquilo encontrar uma vaga para estacionar ali pertinho - passando uns 150m do hotel, há um lugar com várias vagas públicas. 

onde ficar no Irã
quarto com banheiro privativo no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã
banheiro privativo no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã
nosso quarto no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
terraço do nosso quarto no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã
banheiro compartilhado no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã
adorooo quartos de hotel que têm essas réguas com diversas tomadas - não sobra uma!

aliás, vale lembrar que as tomadas no Irã são dos tipos C e F


onde ficar no Irã
nosso quarto com banheiro compartilhado no Hotel Boutique Kianpour

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
recepção da Casa Kianpour

O ponto alto desse hotel, na nossa opinião, é a sala onde é servido o café da manhã: simplesmente um espetáculo!

O café da manhã é bem bom - mas o salão onde o café é servido parece o salão de um palácio europeu - até as pinturas nas paredes e no teto imitam paisagens que parecem saídas de contos da Bavária, com muitos espelhos, vitrais coloridos e atenção a cada detalhe - talvez até um pouco 'over', mas eu curti cada minuto dos cafés da manhã que tomei ali 😜

Vai lá e depois me conta o que você achou! Ah, e não deixa de comer uma tâmara por mim!

Dá uma olhada nessa opulência e me diz se não é de cansar os olhos:

onde ficar no Irã
o ponto alto do Hotel Boutique Kianpour, na nossa opinião, é a sala onde é servido o café da manhã

onde ficar no Irã
suntuosidade e opulência definem

onde ficar no Irã
detalhes da decoração da Casa Kianpour em Esfahan

onde ficar no Irã
tudo por 49 euros a diária em quarto duplo (com café da manhã incluído!)

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
me apaixonei pelo queijo Lighvan, um dos queijos tradicionais iranianos mais populares, similar ao queijo Feta grego - é um queijo tipo coalho salgado e azedinho, feito de leite de ovelha em Lighvan, uma vila na região do Azerbaijão Oriental, no noroeste do Irã

onde ficar no Irã
espelho, espelho meu...

onde ficar no Irã
paisagens que parecem ter escapulido de um palácio barroco

onde ficar no Irã
muitos lustres de cristal e vitrais coloridos

onde ficar no Irã
paredes e teto decorados de alto a baixo

onde ficar no Irã
um café da manhã digno de um Xá da Pérsia kkkk...

onde ficar no Irã
prepare-se para tomar muito chá no café da manhã - tomar café no café da manhã é bem incomum no Irã - ainda bem que eu sempre levo na mala!

onde ficar no Irã
café da manhã na Kianpour Historical House em Esfahan, sempre com muito tomate, pepinos, queijo Lighvan e azeitonas 

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
salão do café da manhã na Casa Kianpour em Esfahan

onde ficar no Irã
é, teve overposting, porque eu não conseguia parar de fotografar!

4 Heritage Hostel em Tehran

Em Tehran, nos hospedamos no Heritage Hostel, um albergue que tem diárias de 30 euros em quartos duplos com banheiro privativo e café da manhã incluído. Ficamos lá 3 noites. 

O Tehran Heritage Hostel é um albergue-boutique novinho em folha no centro de Teerã, situado em um edifício histórico com boas instalações, atendimento impecável na recepção e a melhor localização da cidade, a apenas uma quadra do metrô Baharestan

De acordo com o site deles, é o albergue mais novo e também o maior da capital iraniana, e tem quartos privativos com banheiro e também dormitórios compartilhados.

Muita gente tem a ideia equivocada de que albergues só oferecem quartos compartilhados ou que são coisa para gurizada - não é verdade. 

Nós sempre ficamos em albergues nas nossas viagens, mesmo agora, #aos46 kkkkk e quase sempre em quartos privativos (muitas vezes com banheiros privativos também!).~

Ficamos hospedados num quarto de casal especial com banheiro privativo que eles chamam de "Quarto Patrimônio" - situado numa sala escondida no porão que descobriram quando reformaram o prédio. O quarto era bem bom, mas achei com cheiro de úmido - na próxima vez, eu escolheria um dos chalés de madeira no pátio.

Seja você um mochileiro ou um viajante econômico, experimente ficar em um hostel bem recomendado pelo menos uma vez na vida, para conhecer - os preços são sempre ótimos (no Heritage Hostel em Tehran a diária dos melhores quartos duplos privativos custa 30 euros com banheiro e café da manhã incluído) e a atmosfera é sempre bem mais animada do que a de um hotel comum - é sempre uma boa chance de conhecer outros viajantes e trocar boas dicas de viagem.

E o Tehran Heritage Hostel ainda tem recepção 24 horas, eles fazem câmbio de moeda, lavanderia, venda de refrigerantes, cozinha comum para uso dos hóspedes, wifi, eles chamam Snapp (o equivalente ao Uber iraniano) e ainda nos conseguiram todas as informações sobre como fazer testes PCR de Covid em Teerã. 

Nota 10!

onde ficar no Irã
quarto de casal especial que eles chamam de "Quarto Patrimônio"

onde ficar no Irã
banheiro privativo no nosso albergue em Teerã

onde ficar no Irã
sala comunitária no Heritage Hostel em Tehran

onde ficar no Irã
cozinha para uso dos hóspedes no Heritage Hostel

onde ficar no Irã
eles vendem refrigerantes no albergue

onde ficar no Irã
Heritage Hostel em Tehran

onde ficar no Irã
café da manhã no Heritage Hostel em Teerã

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
esses chalés de madeira no pátio são todos quartos duplos no albergue em Teerã

onde ficar no Irã

onde ficar no Irã
o Tehran Heritage Hostel tem uma excelente localização, a apenas uma quadra do metrô Baharestan

onde ficar no Irã

Outros hotéis recomendados no Irã

Acabamos escolhendo os hotéis que mostrei acima para a nossa viagem ao Irã por uma relação de melhor custo-benefício durante as nossas pesquisas, mas eu tinha várias outras indicações de lugares para ficar no Irã que vou deixar registradas aqui pra vocês darem uma olhada.

Para encontrar os sites e contatos de cada um deles, basta "dar um Google". 

Dependendo da época da sua viagem e do seu orçamento, eles podem ser boas opções de hospedagem no Irã.

Tehran

  • Hannah Boutique Hotel
  • Hi Tehran Hostel (mais barato)

Esfahan

  • Howzak House
  • Abbasi Hotel
Se eu tivesse dinheiro sobrando e quisesse esbanjar num hotel maravilhoso em Esfahan, eu escolheria o Hotel Abbasi, que encanta turistas na cidade mais linda do Irã desde os anos 1700. 

Nós fomos almoçar lá um dia - num dos seus 5 restaurantes - especialmente para conhecê-lo. 

O Abbasi é o hotel mais antigo da Avenida Chahar Bagh Abbasi, uma herança preciosa do estilo arquitetônico da gloriosa Era Safávida. 

O edifício, que hoje tem mais de 300 anos, situado no coração da cidade de Esfahan, tem 225 quartos, e era o Caravanserai da Madraseh-ye Chahar Bagh, um dos prédios históricos mais importantes de Esfahan, arquitetonicamente falando.
Caravanserais são antigos alojamentos onde os viajantes da Rota da Seda podiam parar e descansar à noite. A maioria dos caravanserais na Ásia são edificações em formato quadrangular, com grandes pátios internos no meio, a céu aberto, rodeados de aposentos onde os mercadores viajantes costumavam deixar suas mercadorias e gado em segurança. Esses prédios tinham muros em toda a volta, com um único portão de acesso, largo o suficiente para possibilitar a passagem de animais carregados de mercadorias, como camelos. 
É possível encontrar caravanserais em todos os países entre a China e a Turquia, e até no Norte da África, ou seja, ao longo da antiga rota de comércio, mas a palavra 'Caravanserai' (ou Caravançarai) originalmente vem do Persa, e significa literalmente "palácio de caravanas": uma palavra composta que combina kārvān (caravana, grupo de comerciantes, peregrinos ou outros viajantes envolvidos em viagens de longa distância) com sarāy (palácio) 😀 

O Hotel Abbasi foi construído ao redor de um enorme jardim com piscinas e cedros imponentes, com vista da incrível cúpula de azulejos azuis e dos minaretes da escola de estudos islâmicos ao lado - um lugar realmente especial para ficar hospedado em Esfahan.

onde ficar no Irã
para investir num hotel maravilhoso em Esfahan, a dica é o Hotel Abbasi, que encanta turistas na cidade mais linda do Irã desde os anos 1700

onde ficar no Irã
o Hotel Abbasi foi construído ao redor de um enorme jardim com piscinas e cedros imponentes, com vista da cúpula de azulejos azuis e dos minaretes da escola de estudos islâmicos ao lado

onde ficar no Irã
o Abbasi é o hotel mais antigo da Avenida Chahar Bagh Abbasi, herança do estilo arquitetônico da Era Safávida

onde ficar no Irã
recepção do Abbasi Hotel, um lugar realmente especial para ficar hospedado em Esfahan

onde ficar no Irã
interior do Abbasi Hotel em Esfahan

onde ficar no Irã
almoçamos num dos 5 restaurantes do Hotel Abbasi

onde ficar no Irã
um dos restaurantes do Hotel Abbasi em Esfahan

onde ficar no Irã
o Abbasi Hotel está situado num edifício com mais de 300 anos, no coração da cidade de Esfahan

onde ficar no Irã
com 225 quartos, o Abbasi Hotel em Esfahan era o caravanserai da Madraseh-ye Chahar Bagh, um dos prédios históricos mais importantes de Esfahan, arquitetonicamente falando

Shiraz

  • Homayouni House
  • Shiraz Grand Hotel
  • Hotel Zandieh
Conhecemos o Zandieh Hotel em Shiraz porque era lá que tínhamos que ir para pegar o carro que alugamos para viajar pelo Irã.


Ele é lindo e muito bem localizado - acredito que seja uma boa opção de hospedagem em Shiraz, caso você não consiga vaga no IranMehr Boutique Hotel.

onde ficar no Irã
Hotel Zandieh, uma alternativa de hospedagem em Shiraz

Yazd

  • Fahadan Museum Hotel
Esse é o hotel que eu escolheria em Yazd se pudesse esbanjar em hospedagem: Fahadan Museum Hotel

O Hotel Fahadan fica situado em uma antiga mansão, conhecida como Casa Tehraniha, da Era Qajar, no coração do centro histórico de Yazd, em frente à Prisão de Alexander e pertinho do Mausoléu dos Doze Imams.

A família Tehrani - que vivia do comércio de tapetes persas - viveu nesta casa há mais de 250 anos. O prédio belíssimo e imponente já foi Consulado de alguns países europeus, como França e Alemanha. Recentemente, foi listado como legado nacional do Irã. 

A mansão inclui 3 pátios internos, um laranjal, 3 lindos badgirs (coletores de vento), um imponente salão tradicional, um poço, e um terraço com vista espetacular para o bairro histórico de Yazd.

São 30 quartos lindos! Nós fomos almoçar lá especialmente para conhecê-lo, e fiquei en-can-ta-da!

Não perca a oportunidade de conhecer de perto um qanat - estrutura subterrânea capaz de recolher e canalizar a água das chuvas, transportando-a para as cidades. Os 'qanats' são um sistema de gestão de água usado para garantir um fornecimento estável de água em regiões de clima desértico. 
Esse sistema incrível foi desenvolvido na Pérsia ainda antes de Cristo, e hoje em dia é considerado um Patrimônio Mundial pela UNESCO - e, por incrível que pareça, o Fahadan Museum Hotel tem o seu próprio qanat!
onde ficar no Irã
se hospedar num dos edifícios históricos de Yazd é uma verdadeira imersão cultural, simplesmente imperdível!

onde ficar no Irã
se eu tivesse um orçamento maior para hospedagem, teria escolhido o Fahadan Museum Hotel para ficar em Yazd 

onde ficar no Irã
a família Tehrani - que vivia do comércio de tapetes persas - viveu nesta casa há mais de 250 anos

onde ficar no Irã
o prédio, belíssimo e imponente, já foi Consulado de alguns países europeus, como França e Alemanha, e recentemente foi listado como legado nacional do Irã 

onde ficar no Irã
fomos almoçar no Fahadan Museum Hotel especialmente para conhecê-lo, e fiquei en-can-ta-da!

onde ficar no Irã
aproveitando a brisa trazida pelos coletores de vento do Hotel Fahadan!

onde ficar no Irã
caravanserais, mansões históricas de muitos séculos passados, lugares por onde passou Marco Polo, isso tudo tem às patadas no Irã - difícil é escolher ONDE se hospedar, dentre tantas opções!

onde ficar no Irã
o Hotel Fahadan fica situado no coração do centro histórico de Yazd, em frente à Prisão de Alexander e pertinho do Mausoléu dos Doze Imams

onde ficar no Irã
a mansão inclui 3 pátios internos, um laranjal, 3 lindos badgirs (coletores de vento, como este da foto acima), um imponente salão tradicional e o seu próprio qanat!

onde ficar no Irã
terraço com vista para o bairro histórico de Yazd no Hotel Fahadan

onde ficar no Irã
uma antiga mansão da Era Qajar, conhecida como Casa Tehraniha, foi transformada no Hotel Fahadan

onde ficar no Irã
no Hotel Fahadan, você vai ter a imperdível oportunidade de conhecer de pertinho um qanat, que é uma estrutura subterrânea capaz de recolher e canalizar a água das chuvas, transportando-a para as cidades

onde ficar no Irã
com tantas opções nas quais você vai se sentir dentro de um livro de histórias, não seja bobo de escolher um hotel mais "comum" porque o banheiro é mais moderninho, ou porque não precisa subir escadas, ou porque é mais "garantido"

onde ficar no Irã
as aparentes "desvantagens" dos edifícios históricos - que, lembre-se, foram construídos há séculos, sem as modernidades que existem hoje em dia - serão plenamente compensadas

onde ficar no Irã
nada supera a sensação de estarmos revivendo a história em locais que têm recebido hóspedes com a tradicional hospitalidade persa desde os dias em que Yazd era uma parada na famosa Rota da Seda 

onde ficar no Irã
uma vez que você decidiu visitar a Pérsia, ouse, privilegie a história, nem que seja uma vez na vida

onde ficar no Irã
um dos quartos lindos do Fahadan Museum Hotel

onde ficar no Irã
detalhes da decoração do Fahadan Museum Hotel

onde ficar no Irã
Fahadan Museum Hotel

onde ficar no Irã
como expliquei acima, essas mesas em estilo sofá-cama, chamadas 'takhts', são típicas dos 'khan' de Yazd

onde ficar no Irã
na maioria dos hotéis em que ficamos hospedados no Irã, haviam "lembretes" avisando aos hóspedes que, mesmo nas áreas comuns dos hotéis, é obrigatório usar o lenço cobrindo os cabelos (ou seja, as regras islâmicas de vestimenta)

onde ficar no Irã
espia só o túnel do tempo que são os quartos do Hotel Fahadan em Yazd!

onde ficar no Irã
este é o salão principal do Hotel Fahadan, e os quartos são dispostos ao redor deste pátio interno coberto (além de outros 2 pátios internos)

onde ficar no Irã
uma das portas desativadas do Fahadan Hotel e Tea House, construído na Era Qajar e transformado em hotel em 2003

onde ficar no Irã

Ritual do Namaz

Viajando por países de maioria muçulmana, vocês sempre vão encontrar um Alcorão (o livro sagrado dos muçulmanos) nos quartos de hotéis, assim como uma indicação do lado para onde está voltada a cidade de Meca, já que os fiéis ao Islamismo sempre devem orar voltados na direção de Meca. 

Isso é tão ou mais comum quanto encontrar uma Bíblia numa gaveta de quarto de hotel no Brasil. 

Mas, no Irã, por ser um país de maioria xiita, além do Alcorão e da indicação de Meca, vocês também vão encontrar outros objetos utilizados nas orações dos muçulmanos: peças de tecido e uma espécie de pedrinha de argila oriunda do Santuário de Ali Hussein em Karbala, no Iraque - santuário que é uma das mais antigas mesquitas do mundo e um local sagrado do islamismo xiita.

A oração islâmica é chamada de Salat. Em persa, é chamada de Namaz, e é feita 5 vezes ao dia. Esse pequeno tablete de argila se chama Turbah, ou Mohr, e é usado durante o ritual do Salat para simbolizar a terra - durante as orações, os muçulmanos colocam a testa sobre a pedrinha, estando, assim, em contato com a terra sagrada. E a pedrinha nunca é colocada diretamente no chão, mas sobre o tapete.

Explico: enquanto os muçulmanos sunitas utilizam apenas um tapete e uma bússola para orar, os xiitas usam também essa espécie de selo de argila, que simboliza a cidade sagrada dos xiitas (Karbala, onde ocorreu o martírio do Imam Hussein).

Achei que valia a pena falar disso aqui - agora, quando vocês encontrarem essa pedrinha e um tecido tipo um lenço nos quartos de hotéis onde se hospedarem no Irã, já sabem do que se trata 😜

onde ficar no Irã
objetos utilizados nas orações dos muçulmanos no hotel de Shiraz

onde ficar no Irã
Alcorão do Orient Traditional Hotel em Yazd

Você já esteve no Irã? Onde se hospedou?

Por favor, deixe as suas dicas de hospedagem no Irã nos comentários abaixo aqui no blog, assim você ajuda outros viajantes!

Veja todas as fotos e dicas que publiquei na na #PVnoIra no Instagram! E mostrei tudo nos stories também, tem várias pastas de destaques do Irã lá! ❤

Leia mais sobre o Irã


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: