Menu

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco

Saiba tudo sobre a principal atividade turística das Maldivas: os passeios de barco

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco

A principal atividade turística nas Maldivas são os passeios de barco, seja para fazer mergulhos com cilindro, snorkel, visitas a bancos de areia, naufrágios, nadar com arraias ou tubarões, ver golfinhos, etc. 

Aqui eu explico tudo o que você precisa saber para aproveitar melhor os seus passeios de barco nas Maldivas 💓

Leia também:

Passeios de barco nas Maldivas

Nas Maldivas, todas as ilhas são muito pequenas, e não oferecem muitas atrações turísticas. 

As ilhas-resort internacionais são praticamente tomadas por um único hotel e o que ele oferece aos seus hóspedes. 

Mesmo Maafushi, que é uma ilha local, onde os maldívios de fato vivem, com direito a campinho de futebol, mesquita, pracinha e até um presídio (!!), é minúscula - saímos um dia com a intenção de fazer uma longa caminhada ao redor de toda a ilha e, menos de 40min depois, já tínhamos visto tudo o que havia para ver por lá, inclusive o lixão local e o cemitério!! 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Prisão de Maafushi

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Mesquita de Maafushi

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
campo de futebol de Maafushi

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Cemitério de Maafushi

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
pracinha de Maafushi

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
a caminhada que demos ao redor da ilha de Maafushi foi a atividade mais quente do meu ano de 2021 na retrospectiva do aplicativo Strava kkkk...

Assim, a grande pedida nas Maldivas são os passeios de barco, organizados para que os turistas possam praticar as mais diversas atividades, como mergulhos com cilindro, snorkel, visitas a bancos de areia, naufrágios, ver arraias, ver golfinhos, nadar com tubarões, etc. 

As possibilidades de passeios de barco nas Maldivas são infinitas, embora possam ficar meio repetitivas depois de alguns dias por lá. 

Eu tirei fotos dos folhetos de várias opções de passeios de barco partindo de Maafushi e coloquei no final deste post, para que vocês tenham uma boa ideia dos preços e das atrações incluídas em cada um deles, e possam comparar e escolher os seus favoritos. 

Como o nosso objetivo era de fato descansar e curtir a praia largados nas espreguiçadeiras do nosso Hotel Kaani Palm Beach, decidimos fazer apenas um passeio de barco, de dia inteiro, para ver como era, já que não podíamos ir às Maldivas e voltar para casa sem essa experiência, né!

Mas, como eu já esperava, o passeio teve pros e contras 😒

As atividades, que eu explico melhor abaixo, foram todas incríveis: vimos um monte de golfinhos, nadamos com muitos tubarões, chegamos pertinho das arraias (maravilhosas!), visitamos um banco de areia maravilhoso, fizemos snorkel num naufrágio incrível e, de lambuja, ainda passamos por dezenas de ilhas-resort, e achei super legal ver as famosas cabanas sobre palafitas onde se hospedam os muito ricos, mesmo que de longe. 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
cabanas sobre palafitas onde se hospedam os muito ricos

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
olhando assim, dá uma enorme vontade de se hospedar num destes resorts super luxuosos

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
mas é só olhar os valores das diárias dessas palafitas sobre o mar que a vontade passa rapidinho

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
durante nosso passeio de barco nas Maldivas, passamos por dezenas de ilhas-resort

Ou seja, a programação do passeio que nós escolhemos foi acertadíssima. 

Os problemas foram outros. 

E, como acredito que tais problemas se repetem em TODOS os passeios coletivos de barco nas Maldivas (a não ser que você frete o seu próprio barco) e, mais que isso, no mundo inteiro, vou contar a vocês o que nós NÃO gostamos no passeio, de modo a que vocês possam se preparar psicologicamente com antecedência, para evitar decepções. 

Primeiro, a música. 

Eu não entendo porque as pessoas acham que passeio de barco e música ruim em volume altíssimo são coisas indissociáveis. Das Filipinas a San Andres, de Búzios às Maldivas. A gente tenta. Sempre. Mas não melhora. Nunca.

O Peg só não afogou o capitão do barco no mar porque não sabia o caminho de volta pra Maafushi. Mas, que deu vontade de colocar uma bomba nas caixas de som do barco, isso deu!

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
foi por bem pouco que o Peg não afogou nosso capitão no mar

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
mas parecia que o resto dos passageiros estavam curtindo - acho que nós que somos um pouco intolerantes com música ruim

Segundo, a comida. 

O almoço do passeio era incluído, mas era bem ruim: um arroz com galinha semi-frio e sem gosto a nada. Um suco de caixinha. Uma banana madura demais de sobremesa. 

E o pior: foi servido em Thinadhoo, uma ilha local que visitamos, num lugar horroroso, insalubre. Acho que era um lugar de limpar peixes. 

Enfim, eu não sou chata com comida e não tenho frescura, e deu pra matar a fome, mas é inegável que foi ruim. E acredito que os almoços são ruinzinhos assim sempre, em todos os passeios de barco, pelo que outros turistas comentaram comigo, embora fosse super fácil dar uma melhorada mínima na qualidade da comida e servi-la num lugarzinho mais agradável... 

Então a dica é que você leve, se possível, alguma barrinha de cereal, ou um snack qualquer, para complementar o almoço e não ficar com fome. 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Thinadhoo foi uma das ilhas locais que visitamos no passeio de barco

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
olhando assim, Thinadhoo parece bem bonita

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
mas, de perto, é suja, e o almoço foi servido nesse local horroroso

Terceiro, o lixo.

As Maldivas enfrentam sérios problemas com o lixo, isso todo mundo já sabe - ou, pelo menos, todo mundo que se recusa a tapar o sol com a peneira e aceita ver que a realidade do paraíso não é tão paradisíaca assim. 

Maafushi, a ilha em que nós ficamos hospedados, tinha um lixão horroroso - fora da vista dos turistas, mas basta ser um pouquinho curioso (como eu), e ir dar uma caminhada na ilha, que você encontra o problema. 

Na ilha em que nós paramos para almoçar durante o passeio de barco - Thinadhoo - havia muito lixo espalhado. Uma falta de consciência ambiental básica, como garrafas plásticas jogadas na grama. Coisa que, hoje em dia, não dá mais para admitir como "cultural". E a culpa é dos turistas e dos locais também. Falta educação ambiental básica.

O problema é que, até bem pouco tempo atrás, o único lixo gerado pelos maldívios eram escamas, espinhas e vísceras de peixes, além de cascas de cocos e outros tipos de lixo orgânico. E, sendo assim, eles tinham o hábito de jogar o lixo no mar.

Todas as ilhas locais têm uma praia para banhos de mar, uma praia para pesca e uma outra praia destinado ao lixão. Ocorre que, com o crescimento desordenado do turismo de massas, começou a aumentar exponencialmente o lixo plástico e de papelão, e até hoje eles não conseguiram se organizar quanto à gestão do lixo, problema que precisam resolver de forma urgente, com muita educação ambiental. 

Se você nunca tinha ouvido falar nisso, vale a pena dar um Google no problema grave do lixo no paraíso

Olha esse artigo, por exemplo, que conta sobre um gigantesco lixão a céu aberto - a maior ilha de lixo do Oceano Índico - situada a apenas 8Km da capital Malé, e que já começa a causar inclusive problemas de saúde nos maldívios - uma verdadeira bomba tóxica no meio das paradisíacas Maldivas.

Leia também: Viagem barata para as Maldivas: um guia com tudo o que você precisa saber antes de ir

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
um país que pretende se vender como turismo de luxo precisa resolver o problema do seu lixo e não pode permitir esse tipo de cena num ponto turístico, né?!

Nadando com tubarões nas Maldivas

Simmmmm, eu nadei com tubarões 🦈

Sim, eu estava 💩 de medo, e olha que sou sempre a primeira a me jogar nessas experiências, nunca tenho medo dessas coisas, mas, quando os tubarões se aproximaram e cercaram nosso barco às dezenas, eu quase amarelei.

Sim, não são 5 ou 6 tubarões...tá mais pra 50 ou 60 e sim, eles ficam nos cercando o tempo todo e até batendo na gente!

Eu só criei coragem porque o Peg, que normalmente é bem mais "responsável" que eu nessas horas, ficou todo animado, empunhou a GoPro e se jogou do barco no meio dos tubarões. Eu não podia deixar ele enfrentar as feras sozinho, né??

Mas a verdade é que, depois que a gente cai na água, o medo - ao menos no nosso caso - evaporou totalmente! Ficou só uma fascinação enorme por aqueles bichos gigantes e tão lindos nadando calmamente ao nosso redor.

Neste passeio de barco que fizemos nas Maldivas estava prevista esta parada para snorkel com tubarões-lixa em Dhiggiri Reef, no Atol Vaavu

O tubarão-lixa (em inglês 'nurse sharks') é uma espécie de tubarões que podem medir até 4m de comprimento e pesar até 500Kg. 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
quando o barco para, eles vão aparecendo aos poucos

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
mas logo eram dezenas de tubarões-lixa cercando nosso barco

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
e a vontade de me jogar naquelas águas cristalinas logo se evaporou

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
só fui porque não podia deixar o Peg enfrentar esse perrengue com tubarões sozinho kkkk...

Se tem risco?? 

Pois é, você pode ouvir dezenas de pessoas dizendo "não tem perigo, eles têm bastante comida no mar, não querem comer humanos; seres humanos não fazem parte da cadeia alimentar deles, e blá, blá, blá"...mas o fato é que: tem risco sim!😒

Eu adoraria dizer que não, pode ir, vai funnnndo. 

Mas, infelizmente, uma coleguinha de barco do nosso passeio tomou uma dentada na perna, BEM NA MINHA FRENTE. 

Eu vi. Com meus olhinhos. 

E não, ela não tentou tocar nele, não incomodou o bicho, não agarrou a barbatana...enfim, não fez nada para "merecer" a dentada. E sangrou um monte. E tivemos que parar numa ilha para ela poder ir ver o médico e fazer curativo.

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
a colega de barco que tomou uma dentada na perna foi super valente e permaneceu bem calma - eu certamente teria feito um escândalo

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
esse resort luxuoso fica exatamente ao lado do nosso ponto de nado com tubarões - fiquei pensando que os turistas que se hospedam ali precisam AMAR MUITO tubarões, porque essas águas são infestadas dessas criaturas!

Ou seja: eu nadei com tubarões. No passado. Nadarei novamente? Jamé!

Sim, é certo que, como regra, essa espécie de tubarões não ataca seres humanos se não forem provocados de alguma forma, mas também é certo que, pelo que ouvimos por lá, todo santo dia há um turista tomando dentada em algum barco de passeio! Depois do ocorrido no nosso barco, descobrimos que isso é COMUM acontecer! Tanto que os nossos marinheiros sequer se abalaram!

Não dá para esquecer que os tubarões são animais selvagens e, como todo animal selvagem, são imprevisíveis. 

E, para quem me perguntou: tubarões não transmitem raiva - apenas mamíferos transmitem o vírus da raiva - e, nestes casos de mordidas mais superficiais, mas com sangramento, a solução é limpar bem a ferida e começar imediatamente a tomar antibióticos, pois os dentes dos tubarões são muito sujos e as bactérias presentes na boca deles podem causar sérias infecções.

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
os dentes dos tubarões são muito sujos e as bactérias presentes na boca deles podem causar sérias infecções

Uma outra coisa que me impressionou muito - até mostrei nos stories - foi a quantidade de gente que mal sabia nadar e queriam nadar com tubarões!!! No nosso barco tinha muita gente que nunca tinha sequer colocado um snorkel na boca e estavam prontinhos para fazer snorkel num mar cheio de tubarões!

Vimos uma cena patética, de um pai tentando enfiar o snorkel na boca da criança pelo lado errado, pelo lado do tubo!! Ele não tinha a menor ideia de como manusear o equipamento, não conseguia por os pés de pato nos próprios pés, e queria jogar o filhinho, que estava morto de medo, no meio dos tubarões. Foi horrível assistir aquilo. 

Ok, fazer snorkel não tem nenhum mistério. Mas você realmente acha que a melhor maneira de aprender é num mergulho em mar aberto cercado de dezenas de tubarões?!

Então a dica é: se você quer nadar e fazer snorkel com tubarões, aprenda a nadar e usar o snorkel ANTES de chegar lá. Você pode fazer isso, ou ensinar seu filho, na própria piscina do hotel! 

O guia bem que tentava ajudar. A primeira lição dele, em caso de ataque de um tubarão, foi: "não entre em pânico". Eu não sabia se ria ou se chorava. 

Ele tentou nos fazer acreditar que essa espécie de tubarões não costuma morder, e sim sugar os teus membros (braço ou perna), como se fosse um grande aspirador de pó. Não vi muita vantagem entre um e outro, e acho que ninguém ficou muito convencido disso, hehehehe...mas, em qualquer caso, não deixe braços e pernas dando sopa perto da boca de um deles!

Eu, da minha parte, bem que tentei dar aquela divada nas Maldivas, cercada daqueles animais gigantes, com mandíbulas enormes e dentes afiados, mas, com aqueles bichos se roçando na minha volta - sim, eles se roçam na gente, e parecem umas lixas - ficou 'dificiu', viu!? 

Exemplo clássico de Expectativa Vs Realidade!🤣

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
vocês testemunharam meus esforços empreendidos pra fazer pose pras fotinhos underwater...mas só consegui ficar parecendo #ALouca da gaiola dos tubarões

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
exemplo clássico de Expectativa Vs Realidade!

Alguém aí já ganhou uma beijoca de um tubarão??

Essa foi outra cena que seria assustadora se não fosse cômica: olhem a última cena desse vídeo que colei aqui abaixo! Ele tem 24 segundos, e a última cena é de matar 🦈

Se não conseguir assistir aqui, veja neste link

Dá pra imaginar o susto do Peg!? Saiu da água direto pra trocar as cuecas 💩

O "problema" de fazer essas coisas emocionantes é que a gente vai levantando a barra e já não é qualquer endorfina que resolve! 

Um dia foi o Everest Base Camp, noutro dia um mergulho com tubarões em mar aberto...se o vício em adrenalina continuar aumentando, sabe-se lá onde vamos parar!

Façam suas apostas - qual a próxima aventura pra nós??

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
depois de nadar com tubarões nas Maldivas, já não é qualquer endorfina que resolve! 

Precisamos falar sobre as arraias

Durante o nosso passeio de barco nas Maldivas, fizemos uma parada na ilha de Fulidhoo, especialmente para ver arraias. 

As arraias que conhecemos nas Maldivas, da espécie 'stingray', são um grupo de raias do mar, peixes cartilaginosos que são parentes dos tubarões. 

Existem cerca de 220 espécies conhecidas de arraias, organizadas em 10 famílias e 29 gêneros, que estão progressivamente se tornando ameaçadas ou vulneráveis ​​à extinção, especialmente em consequência da pesca não regulamentada.

Lindas, lindas as arraias!! Gigantes! Algumas delas certamente tinham mais de 1m de envergadura, ma-ra-vi-lho-sas!

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
paramos na ilha local de Fulidhoo para ver arraias

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
as arraias que conhecemos nas Maldivas são da espécie 'stingray'

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
essas arraias são parentes dos tubarões, e eles convivem bem juntos no mar

E mais, elas vem na beira da praia, nadam na volta da gente - e os tubarões junto!🤪

E isso é natural? Não. Pelo menos não nas Maldivas.

Há 20 anos atrás, quando fomos a Fernando de Noronha pela 1ª vez, víamos arraias assim, na beira da praia, na Baía do Sancho. Depois disso já voltamos 2x lá e a cena nunca mais se repetiu.

Nas Maldivas é a mesma coisa. Sinto ser eu a destruir as tuas ilusões, porque aposto que os 'influencers' que tu segue não te contam a verdade nua e crua, mas as arraias só vêm na beira da praia nadar ao redor dos pés dos turistas (ou nas cabanas de luxo sobre palafitas dos resorts internacionais) depois que os carinhas jogam uma mistura de sangue e restos de peixe para atrair elas.

Ninguém faz alarde disso, eles fazem de um jeito bem discreto e tal, mas eu tava de 👀

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
dá para ver, na mão dele, a mistura de sangue e restos de peixe que eles usam para atrair as arraias

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
as arraias estão progressivamente se tornando ameaçadas ou vulneráveis ​​à extinção

Alguém pode até tentar te convencer que não, que "no nosso passeio não é assim", "no nosso hotel elas iam por conta própria". Acredita quem quiser...conversamos com várias pessoas, que fizeram vários passeios, e todos confirmaram: todos os passeios são assim.

Nos hotéis de luxo, é pior ainda: o pessoal da cozinha dos resorts tem instruções de jogar os restos de peixes e frutos do mar usados para a alimentação dos hóspedes para atrair as arraias. Eles limpam os peixes usados nos buffets e colocam uma mistura com as vísceras em locais estratégicos para atrair as arraias para as palafitas, para deslumbrar os hóspedes. 

Pode até não ser nada de mais, é só um sanguinho/agradinho pra atrair os bichos, mas sei que, assim como eu, tem muita gente que não curte muito essas experiências "artificiais", então não se iluda com as fotos "mara" que você vê na internet...

Nem tudo é tão "vida selvagem" quanto parece...prefiro já dar a real desde logo para evitar que você se decepcione depois de pagar uma pequena fortuna pela sua viagem às Maldivas...não vou ficar postando no Instagram nossos vídeos lindos das arraias nadando ao nosso redor e mentir que elas vieram atraídas pelo meu perfume🤥

Não nego que é emocionante ver esses bichos tão pertinho, no mar junto comigo, eu achei incrível! Mas, vê-los como vimos em Noronha há 20 anos, sem 'papinha', acho que nunca mais...pelo menos certamente não nestes lugares onde há exploração de turismo em massa 😒

PS. Se o que você sonha é com essa natureza selvagem "de verdade", pense em visitar as ilhas Galápagos, por exemplo, ao invés das Maldivas. 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
as arraias não vêm nadar nos pés dos turistas na beira da praia de Fulidhoo naturalmente

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
as arraias que vimos nas Maldivas são espetaculares, e algumas delas certamente tinham mais de 1m de envergadura

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
mas elas não vieram até a praia me ver atraídas pelo meu perfume francês

Snorkel no naufrágio

Nosso passeio de barco nas Maldivas teve snorkel (e apneia!) num naufrágio também.

Acho que essa foi minha parte favorita do passeio, porque sempre tive vontade de mergulhar num naufrágio, e essa foi nossa 1ª oportunidade de fazer algo do gênero!!

Não foi mergulho, mas o snorkel já valeu! 

Até me esforcei nas apneias para tirar foto com a famosa bicicletinha que naufragou junto com o barco (a bicicletinha que aparece nos vídeos que postei nos stories no Instagram), mas as fotografias ficaram péssimas kkkk...🙈

Vê se não ficou hilária essa foto abaixo, com o Peg "encaixado" ali no cantinho!? 🤣

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Peg fazendo snorkel no naufrágio nas Maldivas

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
ao fundo, no alto do barco, dá para ver de longe a famosa bicicletinha naufragada

Olhando de longe, parecia um barquinho pequeno, pois só a pontinha da proa está pra fora d'água, mas, quando nos aproximamos, vimos que é um barco gigante, que naufragou ali há aproximadamente 10 anos, repleto de peixes coloridos e vida marinha que se formou por ali. 

Lindo, um espetáculo de vida, aquela paz do silêncio absoluto que só o mergulho/snorkel propiciam...

Essa experiência eu realmente amei, e quero reforçar que, se tiverem oportunidade, não deixem de fazer! 

Quando fiz curso de mergulho, algumas décadas atrás, lembro que, para fazer mergulhos noturnos, em cavernas, em naufrágios, etc, tinha que fazer alguns cursos extras, que acabei nunca fazendo - nos EUA, onde fiz o curso de mergulho, era cheio de regras - não sei como funciona aqui no Brasil. 

Mas, tendo oportunidade de fazer snorkel num naufrágio como esse, super tranquilo, não dá pra perder!

E um lado bom deste passeio foi que, em todas as paradas, tivemos tempo suficiente para fazer as atividades propostas. Em nenhum momento eles ficam apressando a gente para ir embora. Na parada do mergulho com tubarões, achei até tempo demais. Nesse sentido, foi bem tranquilo, nenhuma reclamação.

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
de longe, parece um barco pequeno, pois só a ponta da proa está pra fora d'água, mas, quando mergulhamos, vimos que é um barco gigante

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
o lugar onde o naufrágio ocorreu, bem perto de um banco de areia, é lindo

Para ver golfinhos nas Maldivas

Os golfinhos foram a melhor surpresa do nosso passeio de barco nas Maldivas!

Golfinhos são o único animal cuja visualização não é "garantida" nesses passeios - porque os golfinhos eles não atraem com "comidinhas". 

Eles dizem que as chances de encontrá-los são de 50%. 

No dia do nosso passeio, já saíram do porto de Maafushi dando desculpas, dizendo que seria realmente difícil avistá-los, porque estávamos na maré baixa e tal...mas, mal havíamos deixado o porto de Maafushi, e um bando enorme de golfinhos cercou nosso barco!

Foi uma alegria!!! Eram muitos, e super saltitantes!

No ano anterior, em Zanzibar, na África, pudemos nadar com eles no mar, e foi emocionante demais, mas só vê-los de dentro do barco já é uma alegria! 

As crianças no barco davam gritinhos de contentes, e eu lembrava da felicidade do Lipe bebê num passeio de barco em Fernando de Noronha...os golfinhos rotadores foram a 1ª paixão animal dele 🐬

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
demos bastante sorte com os golfinhos neste passeio de barco nas Maldivas

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
eles vieram aos montes e ficaram bastante tempo acompanhando nosso barco

Um banco de areia pra chamar de meu

Já contei sobre a nossa visita ao banco de areia (sand bank) nas Maldivas, né?

Leia mais aqui: Precisamos falar sobre férias Instagramáveis nas Maldivas

O lugar é chamado Hidden Natural Walkway, e é realmente um espetáculo, do qual poucos desfrutam, porque preocupados demais em caprichar nas fotos para as redes sociais hehehe...

O lado bom disso foi que, enquanto nossos coleguinhas de passeio se muvucavam num cantinho do banco de areia onde a equipe de filmagem estava voando o drone sobre eles, nós tivemos todo o resto do sand bank só pra nós!

Nos bancos de areia nas Maldivas - assim como deve ocorrer em qualquer outro banco de areia no mar mundo afora - a água é bem morninha, parece uma piscininha, e o banho de mar ali é maravilhoso. 

Inclusive, era previsto, no roteiro do nosso passeio de barco, que o almoço ocorresse no próprio banco de areia, mas, com a maré baixa, isso fica meio complicado, porque o barco acaba ficando ancorado muito afastado do sand bank, e eles teriam que carregar toda a nossa comida e bebida por muitos e muitos metros, até chegar ao banco de areia. 

Para facilitar a vida da tripulação, acabamos comendo no lugar insalubre que mostrei acima.

E, justamente em função da maré baixa, também vale levar nos passeios de barco nas Maldivas aquelas sapatilhas de neoprene de andar no mar, sabe? 

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
Hidden Natural Walkway nas Maldivas

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
com a maré baixa, o barco fica ancorado afastado do banco de areia, e a gente tem que caminhar um bocado por dentro da água para chegar lá

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
selfie rápida, para não perder tempo, porque esse mar é maravilhoso

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
nessa hora do dia, a gente já estava procurando sombra, blusas de manga longa, boné, óculos escuros, e não havia protetor solar que chegasse!

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
a água é bem morninha nos sand banks, parece uma piscininha, e o banho de mar ali é maravilhoso

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
banco de areia nas Maldivas

Leve sapatilhas de neoprene

Em algumas áreas, o fundo do mar das Maldivas é cheio de corais mortos se desmanchando, e dói bastante o pé para caminhar do barco até o banco de areia. 

Se a maré está baixa, como estava durante o nosso passeio, não é possível chegar de barco mais próximo ao banco de areia, ou mesmo ir nadando, pois a água fica sempre abaixo da cintura, então o jeito é caminhar uns 200m do barco até o banco de areia, sempre pisando em cima de corais mortos - se você não tiver uma proteção, vai doer bastante os pés. 

E essa recomendação das sapatilhas de neoprene vale para todas as praias das Maldivas também! 

Nós não chegamos a conhecer as bikini beach de Thinadhoo e de Fulidhoo, então não sei dizer se são boas para tomar banho de mar ou não, mas até em Maafushi tinha umas partes da bikini beach que eram repletas de corais mortos que machucavam os pés! 

Sempre é bom levar as sapatilhas de neoprene - até se você ficar hospedado em resorts! 

Alguns leitores do blog que já se hospedaram em cabanas sobre palafitas chiquérrimas dos resorts 5 estrelas me disseram que, sem sapatilhas de neoprene, não conseguiriam nem descer da sua cabana-palafita para tomar banho de mar ali, pois o fundo do mar ao redor das cabanas de luxo também é cheio de corais mortos que detonam os pés!

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
o fundo do mar nas Maldivas é cheio de restos de corais mortos se desmanchando 

Mergulhos com tubarões-baleia nas Maldivas

As Maldivas são um destino conhecido também pela possibilidade de se mergulhar com tubarões-baleia, o que é um sonho de experiência. 

Mas, quando estivemos nas Filipinas, eu li tanta coisa desaconselhando essa atividade, que acabei riscando o mergulho com tubarões-baleia da minha lista de desejos. 

Em Luzon/Donsol/Legazpi, nas Filipinas, eles fazem um turismo super exploratório, alimentando os bichos para que eles permaneçam lá o ano inteiro (são animais migratórios), o que está causando um baita problema/desequilíbrio ambiental. 

Atrair tubarões e arraias usando alimentos, iscas  ou  outros  artifícios visuais para atraí-los para um local é  altamente  controverso, pois  tem  o  potencial  de alterar  significativamente o  comportamento  animal, como o tempo de residência e a fisiologia, e pode afetar o seu habitat e a segurança humana.

Essas experiências também alteram a forma como os tubarões usam a sua energia. Como resultado disso, os tubarões e as arraias são capazes de aprender e alterar o seu comportamento.

Infelizmente, pelo que vi lá, não acredito que nas Maldivas seja muito diferente do que ocorre nas Filipinas. Acho que a alegria de mergulhar com um animal lindo daqueles não compensaria meu problema de consciência rsrsrs...mas recomendo que vocês pesquisem mais sobre esses passeios nas Maldivas, como eles ocorrem, etc, coisa que eu confesso que não fiz. 

Dentre outras coisas, é importante saber a quantidade de vezes que a atividade ocorre (quantas vezes por dia e quantas vezes ao longo do mês ou ano), além da quantidade e do tipo de alimento que é oferecido, e como ele é fornecido.

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
pelo que descobri, os tubarões-lixa, com os quais nós nadamos, passam o ano todo nessas águas e, mesmo que eventualmente alimentados artificialmente nesses passeios, isso não chega a causar um desequilíbrio ambiental - tornando o meu problema de consciência mais palatável

Outras dicas para o seu passeio de barco nas Maldivas

Quando for escolher os seus passeios de barco nas Maldivas, a 1ª regra é barganhar bastante!

Como falei antes, a oferta de passeios de barco é grande todos os dias - pelo menos saindo de Maafushi - e dá para escolher tranquilamente aquele que tiver melhor custo X benefício. 

Os passeios de barco que saem de todas as ilhas locais nas Maldivas têm praticamente os mesmos roteiros - o que muda são os preços.

Em Maafushi, por ser uma ilha bem turística e com boa infraestrutura, você encontrará a maior oferta de passeios e os melhores preços. 

Nos resorts internacionais eu já não sei como funciona - imagino que a oferta de passeios seja bem menor (porque a demanda também deve ser menor), assim como as oportunidades de pedir desconto.  

Se você decidir passar uns dias em algum resort, e outros dias em ilha local (split stay), deixe para fazer os passeios de barco quando estiver hospedado em ilhas públicas, porque, pelo que me disseram, os valores cobrados pelos resorts para os mesmíssimos passeios são bem mais altos.

Nós barganhamos e nos demos bem: pagamos U$ 120 para o passeio de dia inteiro para nós 2 (U$ 60 por pessoa). Inicialmente, esse mesmo passeio custava U$ 75 por pessoa, ou seja, poupamos U$ 30. 

The Real Break - Vaavu Explore, no Atol Vaavu
passeio de barco 'The Real Break - Vaavu Explore', no Atol Vaavu, nas Maldivas

Existem diversas opções de passeios mais baratos. 

Como estávamos decididos a fazer apenas um passeio de dia inteiro, escolhemos logo o mais completo, que era chamado The Real Break - Vaavu Explore, no Atol Vaavu, e oferecido pelo próprio Hotel Kaani Palm Beach.

Esse passeio acontece entre 7:30 e 15:30. Saímos logo depois do café da manhã para o ponto de encontro, onde assinamos uma papelada, pegamos o equipamento de snorkel e toalhas de praia (tudo incluído) e, depois de uns 30min de 'enrolation', finalmente seguimos para o barco. Retornamos ao hotel pouco antes das 16hs. 

Neste passeio também são incluídas fotos e vídeos individuais 'underwater' do mergulho com os tubarões e algumas fotos 'genéricas' de drone da parada para ver arraias em Fulidhoo (fotos do grupo, e não fotos individuais). 

Se você quiser fazer fotos individuais ou da sua família/do seu grupo de drone no banco de areia, aí tem que pagar separado - se não me engano, custava U$ 10 a mais. 

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco
esta é uma das fotos de drone do nosso passeio que eles tiraram em Fulidhoo e depois enviaram para o meu celular gratuitamente

Pelas minhas pesquisas, percebi que a maioria dos passeios de barco nas Maldivas incluem paradas para almoço em algum lugar (sempre com almoço incluído), paradas para snorkel (com equipamento e toalhas de banho incluídas) e observação de golfinhos, além de fotos e vídeos underwater e de drone. 

Os coletes salva-vidas também são sempre incluídos. 

A maioria dos passeios mais baratos não incluem snorkel no naufrágio, por isso fizemos questão de escolher este passeio específico, que, embora bem mais caro, era bem completo, inclusive com parada em um banco de areia (atividade que também não está incluída em todos os passeios). 

Resumindo: 
  1. escolha com carinho o seu passeio de barco nas Maldivas; 
  2. arrume direitinho a sua mochila com lanchinho, sapatilhas de neoprene, máquina GoPro para as fotos debaixo d'água, saída de praia decente para poder desembarcar nas ilhas locais, blusa de manga longa para se proteger do sol no pior horário do dia (entre 11 e 14hs), óculos de sol, chapéu/boné e muito protetor solar; e 
  3. prepare o seu espírito para ouvir música ruim em alto volume. 
Com o nível adequado de preparo psicológico, e um bom fone de ouvido, será um passeio incrível!

Veja abaixo fotos que eu tirei dos folhetos de várias opções de passeios de barco partindo de Maafushi. 

Dá para ter uma boa ideia dos preços e das atrações incluídas em cada um deles, e assim vocês podem comparar e escolher os seus favoritos:

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco
alguns passeios de barco nas Maldivas são bem em conta, chegando a custar U$ 35 por pessoa (sim, esse valor pode ser considerado bem em conta, bastando comparar com os preços de passeios de barco no nordeste brasileiro!)

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco
você pode escolher entre vários passeios de barco nas Maldivas, que fazem paradas em diversas ilhas locais, como Gulhi

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco
todos os hotéis nas Maldivas oferecem passeios de barco, mas nada impede que você pesquise passeios oferecidos por outros hotéis, e não deixe de barganhar!

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco
várias opções de passeios de barco nas Maldivas

O que fazer nas Maldivas: passeios de barco

o que fazer nas Maldivas passeios de barco
passeios de barco partindo de Maafushi nas Maldivas

Você já esteve nas Maldivas? Fez passeios de barco por lá? Que atrações você visitou?

Por favor, deixe as suas dicas nos comentários abaixo aqui no blog, assim você ajuda outros viajantes, inclusive para que tenham outras opiniões, além da minha!

Veja também todas as fotos e dicas que publiquei na #PVnas Maldivas no InstagramE eu mostrei tudo nos stories também, tem várias pastas de destaques das Maldivas lá! 

Leia mais


O que fazer nas Maldivas


Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: