Menu

El Nido, Filipinas: tudo o que você precisa saber antes de ir (e as fotos do Instagram não mostram)

Descubra tudo o que você precisa saber antes de ir a El Nido, nas Filipinas - e especialmente aquilo que as fotos cuidadosamente planejadas do Instagram não mostram
tudo o que você precisa saber antes de ir às Filipinas

Descubra tudo o que você precisa saber antes de ir a El Nido, nas Filipinas - e especialmente aquilo que as fotos cuidadosamente planejadas do Instagram não mostram.

Com esse texto, não quero de forma alguma desestimular vocês de irem às Filipinas.

Mas quero dar a "real" sobre El Nido, na Ilha de Palawan, destino supostamente paradisíaco que visitamos nas Filipinas.

Quero contar o que você precisa saber antes de ir às Filipinas, e também aquilo que as fotos super ensaiadas do Instagram não mostram.

Contar o que as revistas e blogs de viagem não estão mostrando. Falar sobre o que as fotografias cheias de filtros das redes sociais não falam, porque é necessário falar e alertar sobre esses problemas.

Contar que as selfies perfeitamente posadas no lugar certo e na hora perfeita do dia - sem sombra nem muvuca - não mostram o esgoto a céu aberto correndo pelas ruelas de El Nido Town.

Isso não é algo sobre o que os auto-proclamados 'influenciadores' queiram falar.

As imagens de Instagram cuidadosamente planejadas não são totalmente reais, e fazem o possível para escamotear os problemas sobre os quais eu quero conversar com vocês.

Porque esgoto, lixo no mar e corais destruídos não vendem sonhos.

Leia também:

tudo o que você precisa saber antes de ir às Filipinas
tudo o que você precisa saber antes de ir às Filipinas
Acontece que qualquer pessoa que resolva se aventurar pelas Filipinas vai ter que lidar com a difícil realidade, e saber o que realmente esperar da sua viagem de férias é muito mais útil do que ver apenas mais uma fotinho perfeita de mar azul turquesa - e vocês verão muitas dessas por aqui também, eu prometo!

Fiquei muito feliz de constatar que, na enquete que fiz lá nos stories durante nossa viagem às Filipinas, mais de 99% das pessoas que nos acompanham votaram por continuar assistindo nosso "turismo vida real"!

Sério, apenas UMA pessoa, em milhares, votou que a gente deixasse de ser estraga-prazeres 😂

Então, para sermos democráticos (só às vezes), vamos atender a maioria e continuar mostrando a realidade sem filtros dos lugares que a gente visita!

As Filipinas são muito pouco divulgadas aqui no Brasil, encontrei pouca informação online em português sobre Palawan, e pouquíssimos blogs dão aquelas informações importantes que a gente realmente precisa saber antes de viajar para El Nido.

Muita gente "vende" um lugar paradisíaco que não é exatamente o que vocês vão encontrar chegando lá, então saibam que aqui vocês vão conhecer a realidade nua e crua das 'ilhas do Felipe'!

As Filipinas não são para qualquer um

Meus sentimentos com relação à nossa viagem para as Filipinas são bem contraditórios.

Ao mesmo tempo em que sinto que esse lugar entrou no nosso top 7 de maravilhas da natureza junto com a Patagônia, Alaska, Islândia, Namíbia, parques de Utah e Nova Zelândia, e que é certamente o destino de praia mais espetacular do mundo em beleza natural, também sinto que não é um destino para qualquer um: é complicado chegar lá, fazer os passeios não é tão simples, e também é dolorido ver o que o turismo em excesso está fazendo com aquele lugar...

Chegar em El Nido, para quem não está disposto a pagar uma fortuna em passagens aéreas, não é fácil nem rápido - explicarei como chegamos lá em outro post. 

Também não é muito fácil ver o que há para ver por lá.

Explico: El Nido Town é um povoadinho sem charme nenhum, com uma praia de água mexida - El Nido Beach - onde fica o porto dos barcos de passeios, que não apetece o banho.

A única praia linda mais próxima é Marimegmeg, mais conhecida pelo nome do resort Las Cabanas que fica localizado lá - e, apesar de muito linda, não é uma praia que valha atravessar meio mundo para conhecer. O triciclo ida e volta até lá custa 300 pesos.

A outra praia, Nacpan, fica a 45min de distância de El Nido de triciclo!! 'Mó' função ir lá, como diria o Lipe!

Há também uma praia chamada Corong Corong que fica pertinho de El Nido Town, mas é só para caminhar e ver por do sol - não dá para tomar banho.

El Nido Beach
El Nido Beach é uma praia de água mexida

El Nido Beach
em El Nido Beach fica o porto dos barcos de passeios

El Nido Beach
El Nido Beach é uma praia onde não dá vontade de tomar banho, com água mexida e suja do diesel dos barcos

Praia Marimegmeg, também conhecida como 'Las Cabanas'
a Praia Marimegmeg, também conhecida como 'Las Cabanas', apesar de muito linda, não é uma praia que valha a pena atravessar meio mundo para conhecer

Praia Marimegmeg, também conhecida como 'Las Cabanas'
lindo por do sol na Praia Las Cabanas

Praia Corong Corong
a Praia Corong Corong, que fica pertinho de El Nido Town, é boa para caminhar e ver por do sol, mas não dá para tomar banho de mar

Praia Corong Corong
Praia Corong Corong

Falta charme em El Nido

El Nido é point de mochileiros e é um lugar turisticamente famoso há mais de 15 anos - é simplesmente incompreensível que eles até hoje não tenham conseguido dar um pouco de charme a esse lugar, melhorar as condições de vida e de saneamento básico da população local, abrir lojinhas e restaurantes mais bonitinhos e aconchegantes...muito despreparo, na minha opinião.

E vejam bem, não estou falando de luxo, e sim de charme rústico mesmo - conheço muitos lugares ainda mais simples que El Nido, mas charmosinhos.

Lugares que são mecas de mochileiros normalmente têm acomodações simples mas aconchegantes e simpáticas; têm restaurantes vendendo 'Nutella pancakes' e 'pineapple shakes' decorados com luzinhas de Natal e almofadas fofinhas; têm lojinhas vendendo artesanato bonito e produtinhos exclusivos.

Não estou me referindo a cidadezinhas européias, e sim a lugarzinhos charmosos na Ásia, como Yangshuo (China) ou na África, como Dahab (Egito). El Nido está a anos-luz de chegar a esse patamar de charme barato. 

Depois de passar quase uma semana lá, posso dizer com convicção que não encontramos um restaurante realmente apetitoso, daqueles onde a gente quer voltar todas as noites, ou um mercadinho super completo...

Ficamos hospedados naquela que é provavelmente uma das melhores pousadas do "centrinho" e nosso quarto não tinha janela - sorte nossa que o hotel tem gerador, pois as quedas de luz são frequentes!

Poderia passar pano alegando que o turismo ainda é recente por lá, mas na verdade não é!! Ouço falar das maravilhas de El Nido há pelo menos uns 15 anos! Então não tem desculpa, é despreparo mesmo.

E isso talvez se deva ao fato de que os turistas continuam indo para lá pela inacreditável beleza natural, independente das más condições do povoado.

Apesar da falta de charme, eles têm tudo o que o turista precisa para sobreviver: lavanderias (o quilo de roupa lavada custa 100 pesos), dezenas de agências vendendo tours, aluguel de motocas e de snorkel, money exchange e cerveja San Miguel gelada.

Precisa mais alguma coisa para ser feliz??

Veja também: Palawan, Filipinas: onde ficar em El Nido e Puerto Princesa

El Nido Town Palawan Filipinas
El Nido Town em Palawan nas Filipinas

El Nido Town Palawan Filipinas

El Nido Town Palawan Filipinas
há uma agência de viagem em cada esquina de El Nido Town

El Nido Town Palawan Filipinas
centrinho de El Nido Town em Palawan

El Nido Town Palawan Filipinas
lavanderia em El Nido - aproveitamos que era barato e mandamos lavar tudo o que tínhamos na mochila!

El Nido Town Palawan FilipinasEl Nido Town Palawan Filipinas

El Nido Town Palawan Filipinas
nem as lojinhas de El Nido são arrumadinhas...

El Nido Town Palawan Filipinas
El Nido Town: tudo muito simples e sem charme

As principais atrações de El Nido não são 'super acessíveis'

Mas...voltando ao que interessa: para ver as principais "atrações" que te fizeram ir até El Nido, você obrigatoriamente precisa fazer "tours" de barco, que eles dividiram em 4 grupos principais (A, B, C e D), sejam privados (bem caros) ou em grupo (entre 1200 e 1700 por pessoa, dependendo do tour). 

Esses tours de barco, que levam às principais atrações de El Nido, saem todos os dias (dependendo apenas das condições do mar) e não há risco de não ter vagas nos tours A e C, que são os mais procurados - é só reservar em qualquer agência na noite anterior.

O tour D, pelo que percebi, não é tão frequente, então é melhor ver com antecedência que dia vai ter e se organizar para fazer esse tour no dia que tiver com prioridade.

Não adianta muito pesquisar agência porque todas elas têm serviços muito parecidos e você acaba no mesmo barco com turistas que compraram em outras agências.

Nós mesmos fizemos praticamente todos os passeios com a mesma agência e nuns dias foram ótimos e noutros péssimos - entende? Então não tem como dizer que tal ou tal agência é melhor.

A verdade é que todas as agências vendem os mesmos tours e depois acomodam os turistas em barcos diferentes de acordo com os tours vendidos.

E o grau de conforto dos barcos é bem semelhante (e bemmm básico).

No tour A o barco estava com problema no motor, vazando óleo, a comida foi ruim, a tripulação não era muito simpática e em um dos pontos ficamos apenas 20 minutos, e as 15:30hs já estávamos de volta ao porto.

No tour C, com a mesma agência (resolvemos arriscar), foi bem melhor: barco um pouco mais confortável e sem problemas, comida muito boa (camarão, mexilhões, peixes, etc), tripulação queridona ajudando a gente a atravessar as pedras, chegamos de volta depois das 17hs...até as máscaras e snorkels fornecidos eram melhores!

Então é tudo uma questão de sorte para ver em que barco tu vais cair - comprar o tour com determinada agência não é garantia de nada.

El Nido Palawan Filipinas
num dos 3 tours de barco que fizemos em El Nido, Palawan

El Nido Palawan Filipinas
todos os barcos em El Nido têm este mesmo formato

El Nido Palawan Filipinas
este mapa dá uma ótima noção de como são os roteiros dos tours de barco em El Nido, Palawan

El Nido Palawan Filipinas
um dos barcos em que fizemos tour em El Nido, Palawan
São incluídos no valor do passeio os salva-vidas (uso obrigatório em alto-mar), o almoço (sem bebidas), máscaras e snorkels.

Eles dizem que a saída é as 8hs e o retorno às 16:30hs, mas a gente acaba saindo depois das 9hs e só Deus sabe que horas voltaremos.

Aconteceu num dia até de estarmos já acomodados num barco e termos que mudar para outro!

O negócio é entregar nas mãos do destino e ir com fé que no fim dá tudo certo e não tem como esses tours pelas praias mais bonitas do mundo não deixarem as melhores recordações, apesar do esquema levemente 'roots'.

Para chegar nos barcos, você tem que entrar na água em El Nido Beach e ir andando até o barco com água até o peito - só aí você já molha tuuuudo o que levou.

A dica é não levar nadaaaa de roupas - coloque só o que for imprescindível numa 'ocean pack' (bolsas impermeáveis que eles vendem por 250 pesos em tudo que é esquina).

No primeiro dia, inocentes, levamos canga, toalhas, roupas, etc - depois de 10min no barco, estava tudo enxarcado, só incomodando.

Desapeque e leve só óculos de sol, 500 pesos em trocados (para pagar o aluguel do caiaque não incluído durante o passeio e as bebidas e cervejas), muito protetor solar, sapatilhas de mergulho ou Crocs e uma máquina fotográfica à prova d'água com bastante memória (nossas fotos foram tiradas com a GoPro 7).

Vimos 2 turistas perdendo boné e o Peg perdeu uma bermuda que o vento levou (terminou o passeio passeando só de sunga por El Nido Town kkkk).

Já falei que é um passeio 'roots'? Desapegue dos luxos e vá com o espírito de aventura preparado, levando só o essencial.

El Nido Palawan Filipinas

El Nido Palawan Filipinas
almoço incluído em um dos tours de barco que fizemos em El Nido, Palawan

El Nido Palawan Filipinas

O clima nas Filipinas é imprevisível

Outra coisa que nunca vi ninguém alertar é sobre o tempo/clima nas Filipinas.

É possível chegar em El Nido e pegar 3, 4 dias de chuva e viração direto. Várias pessoas comentaram comigo que aconteceu isso com elas: tiveram inclusive que antecipar voos de volta para evitar tufões!

Se você programou apenas 4 dias lá, numa situação dessas, vai virar sapo e não vai ver nada, porque os barcos não saem do porto com clima assim.

A época mais indicada para evitar a estação dos tufões é de dezembro a março, mas ir na época "certa" não é garantia de pegar apenas dias de sol - então se dê tempo, para não perder a viagem.

E outra coisa importante que não vi ninguém falar é sobre as condições do mar: o tour C, por exemplo, vai para mar aberto, e juro que, em alguns momentos, fiquei apreensiva! Era cada ondão que, cada vez que o barco "caía", parecia que ia se espatifar e rachar o casco! E quem me conhece sabe que não sou uma pessoa exatamente medrosa...

Em alguns momentos, o capitão mandava irmos todos para um lado do barco para fazer peso e ele conseguir completar uma curva...mar grande mesmo! Todo mundo enxarcado da cabeça aos pés das ondas batendo, um baita vento, e isso num dia lindo de sol e céu azul!

Fica o aviso: quem tem problema de enjoar em barco, leve saquinho de vômito (embora eu não tenha visto ninguém passando mal lá). 

No mais, fomos em janeiro e pegamos temperaturas super agradáveis, em torno de 27°C (muito melhor do que o bafo que fazia em Singapura, na Tailândia e na Malásia) e água do mar na temperatura certa (só perdeu para a perfeição da temperatura do mar no Sri Lanka!).

Tivemos sorte com o clima durante toda a nossa viagem, mas isso é porque tenho um super pacto com São Pedro 😅

EL Nido Filipinas
dias lindos de sol e céu azul em El Nido, Filipinas

EL Nido Filipinas

EL Nido Filipinas
o tempo nublado não tira a beleza absurda deste lugar, mas estraga um pouco as fotos de El Nido, Palawan

El Nido é 'roots', não é Nutella

Quem sonha ir para um resort pé na areia não tem lugar em El Nido; quem quer ficar num hotel e passar o dia espichado em espreguiçadeiras na praia não deve vir para El Nido.

El Nido é para quem quer 'active vacations', na nossa definição.

É para quem quer fazer passeios, agitação, função. Não é férias-relax-na-rede.

Como falei, só tem uma praia na cidade - Marimegmeg - e não tem todaaaa essa infraestrutura: só uns barzinhos bacanas super agradáveis para passar um dia, no máximo 2.

A curtição em El Nido é acordar cedo todos os dias e pegar um dos 4 tours de barco (A, B, C e D) oferecidos nas agências de turismo. 

Sempre digo que a Tailândia, por exemplo, é para todo mundo. Tem opções pro turista mais Nutella e pro mais 'roots' também, agrada a todo tipo de viajante, do mais mochileiro ao mais VIP.

E porque eu disse que as Filipinas não são para "qualquer um"? Porque esses passeios de barco são bem 'roots', não são Nutella.

Você pode até inventar um tour privado Nutella - mas não vai custar barato.

Se você estiver num grupo de 6 pessoas ou mais, o tour privado até já começa a valer a pena (ouvi que eles cobram de 7000 pesos para cima por esses passeios fretados), mas fazer um tour privado só significa que você não vai conviver com outros turistas no mesmo barco, mas nas paradas dos tours A e C certamente haverá a mesma multidão.

No dia em que fizemos o tour B, que não é dos mais famosos (a maioria das pessoas faz apenas os tours A e C), foi uma delícia, super tranquilo e sem muita gente nas paradas - mas várias vezes aconteceu de ter um casalzinho em lua de mel fazendo "book" de fotos num tour privado e, de repente, chegava o nosso barco com 20 passageiros para atrapalhar o sossego deles, dava até vontade de rir das caras de decepção das criaturas com a nossa chegada.

El Nido é conviver, El Nido é ser social, não é para quem quer sossego sem turista chato por perto hehehe...

EL Nido Filipinas
El Nido é para quem gosta de agitação...não são férias estilo resort-piscina-espreguiçadeira-drinks

EL Nido Filipinas

El Nido com crianças

O passeio 'padrão' em El Nido é um barco para 25 passageiros, onde está incluída máscara, snorkel, colete salva-vidas e almoço, além de paradas em 5 pontos turísticos, de 30 a 45 minutos em cada ponto. 

Só que, em alguns desses lugares, o mar pode não estar muito manso: em um dos passeios, eu e o Peg nos "lanhamos" feio nas pedras dentro d'água para chegar na Secret Beach, porque tinha muitas pedras e corais e o mar estava bem agitado...para "defender" o Lipe, a gente acabava se machucando. 

E aí entra a pergunta "dá para levar crianças"?

Olha, dá...mas vai limitar um pouco os passeios. Principalmente se a criança não souber nadar. 

O Felipe nada bem, inclusive no mar, e mesmo de salva-vidas ele precisou da nossa ajuda várias vezes para chegar à atração turística que queríamos conhecer, seja por causa dos corais e pedras, seja pelo mar agitado - porque muitas vezes os barcos ancoram a distâncias de até 50m da "atração" que fomos ver, e aí é necessário ir nadando até lá, entendeu?

E o 'acesso' nem sempre é fácil. 

Coincidentemente, nos passeios que fizemos, não vimos nenhuma criança menor que o Lipe (nem maior, na verdade). Em um dos passeios (tour A), tinha um menino da idade do Lipe, mas ele passou o dia todo no barco, não "desceu" para ver nenhuma das 5 atrações...já o Felipe desembarcou conosco do barco em todos os atrativos do passeio.  

Não adianta eu ficar aqui dizendo que é tudo muito fácil e simples e vocês irem lá passar perrengue com criança pequena e não aproveitarem os passeios, a viagem...

El Nido é como Bonito, na minha opinião: não dá para ir com crianças que não sabem nadar e usar snorkel, porque eles não aproveitam minimamente o potencial do lugar, e só dão trabalho...claro que muitos vão te dizer que foram às Filipinas (e também a Bonito) com filho pequeno e aproveitaram igual, mas é óbvio que ficar com a criança o dia todo dentro do barco não é aproveitar todo o potencial do lugar, estou errada?

Em resumo, a minha opinião é que dá para ir com criança pequena para qualquer lugar, e a maior prova é que fomos para a Índia com o Lipe aos 2 anos de idade, mas acredito que, para levar crianças às Filipinas, independente da idade, existem 2 pre-requisitos essenciais: nadar bem no mar aberto e usar snorkel direitinho.

El Nido com crianças
férias em família nas Filipinas

El Nido com crianças
para chegar a algumas cavernas e praias secretas em El Nido o acesso era bem complicadinho...

El Nido com crianças
ir a El Nido e não fazer snorkel é deixar de ver a metade da beleza daquele lugar

El Nido com crianças
El Nido com crianças

Excesso de turistas e descuido com o meio ambiente em Palawan

Por último, quero falar do sentimento mais contraditório de todos: o absurdo excesso de turistas e o total descuido com o meio ambiente. 

Eu sei que nós também fazemos parte desse problema (o problema somos justamente nós), porque também contribuímos para o número desmedido de turistas nas Filipinas, e não sei qual a solução para esse problema.

Eles, além de cobrarem a "taxa de desenvolvimento ambiental", ainda tomaram uma outra medida para evitar a superlotação das principais atrações: antes, a Big Lagoon e a Small Lagoon ficavam ambas no tour A (todos os blogs que eu li davam essa informação, mas estavam desatualizados), e agora eles dividiram - a Small Lagoon está no tour D.

Com isso, eles "dividem" o número de turistas em cada tour.

Mas isso nem de perto basta para resolver o problema. Eu sou do tipo que fica feliz de qualquer jeito, só de estar lá, mas o Peg ficava enlouquecido kkkk...

É realmente decepcionante ao extremo ter que enfrentar uma fila de 50 pessoas para 'entrar' na lagoa supostamente 'secreta'! E, quando tu chega lá dentro, tem mais de 150 cabeças dentro da praia 'escondida'!

De lascar...desanima tanto que nem tirei fotos das multidões - ao contrário, a gente sempre tenta tirar as fotografias de um ângulo que 'esconda' o povaréu - mas eu devia ter tirado só para mostrar a vocês o drama!!

El Nido, Filipinas
não tem como fugir das hordas de caiaques amarelos na Big Lagoon

El Nido, Filipinas
enfrentamos uma fila de 50 pessoas para 'entrar' na lagoa supostamente 'secreta'

El Nido, Filipinas
150 cabeças na praia 'escondida'
A gente olha nas fotos do IG e parece que vai ser tu e teu amor no paraíso, né?? Pode esquecer kkkkk!

Junto com o casalzinho brasileiro em lua de mel, vai ter mais 200 asiáticos e europeus se acotovelando. Sinto muito dar a real do paraíso para vocês. Quem contar uma historinha diferente está 'enfeitando' a verdade, pode acreditar hehehe...

Talvez a solução seja fazer como Noronha: simplesmente limita o número de turistas que podem fazer cada tour por dia, e o resto que se dane...é a lei da vida.

Eles fecharam Boracay por um tempo pro turismo e reabriram recentemente com um número limitado de turistas - talvez seja esse o caminho a ser seguido em El Nido. 

O único jeito de tirar uma foto na Lagoa 'Secreta' sem outras 57 cabeças aparecendo foi assim:

El Nido, Filipinas
escondendo o povaréu na Lagoa Secreta
Algumas pessoas relataram que "driblaram" as multidões fazendo tours privados, indo de caiaque, saindo mais cedo...mas, na minha opinião, fugir das multidões não resolve o problema.

Tu até pode sair remando um caiaque enlouquecidamente as 6 da manhã para chegar lá antes de todo mundo, mas a lagoinha vai estar cheia do xixi que as centenas de turistas deixaram lá no dia anterior; a água vai estar ensebada do protetor solar que deixaram; e, um tempo depois, o povo vai chegar, irremediavelmente...e, na segunda parada do seu passeio, a ilha já vai estar cheia!

Não tem pra onde fugir!

Claro que isso não ocorre em todas as praias e ilhas: como falei, no tour B foi super tranquilo.

Então sim, é possível fugir da muvuca indo apenas em ilhas desertas - são mais de 7000 ilhas nas Filipinas, é certo que existem alguns milhares de ilhas desertas - mas todo mundo que eu conheço vai até lá sonhando conhecer a Big Lagoon, a Small Lagoon, a Hidden Beach, a Secret Beach, a Secret Lagoon...e, nesses lugares famosos, pode ter certeza que vai ter povo.

Consiga um barqueiro que te prometa sair antes das 8hs e ir direto para a Big Lagoon, e pague uma pequena fortuna pelo tour privado, mas certamente na 2ª ou 3ª parada você já terá bastante companhia.

El Nido, Filipinas
e o pior é que, nas paradas, os barcos ancoram sempre grudadinhos uns nos outros - podiam pelo menos dar uma distância maior entre eles, né!?

El Nido, Filipinas
aí tu chegas àquela caverna super secreta, de difícil acesso, crente que vai ter só morcegos lá dentro...#sqn!

El Nido, Filipinas
a gente já sabia disso, mas é sempre meio decepcionante constatar que a tal praia 'secreta' não é tão secreta assim...
E o pior não é o número absurdo de pessoas, que 'apenas' atrapalham as suas fotos e o seu relax.

O problema é o que esse número excessivo de turistas e o descuido das autoridades está causando à natureza.

Eu não estive nas Filipinas antes, e não posso dizer como era lá há tempos atrás, mas, durante a nossa viagem, assisti, com meus próprios olhos, uma coreana destroçar vários corais que levaram décadas para se formar.

Enquanto a gente se equilibrava e flutuava cuidando para não pisar nos mais lindos, essa turista pisava sem dó nem piedade.

E 99% dos turistas esmaga mesmo, simplesmente porque não tem muitas alternativas...não tem outro acesso, não tem um caminho demarcado, não tem ninguém cuidando, fiscalizando e dizendo como deve ser feito (flutuando) para diminuir o impacto.

Apenas 3% dos recifes de corais estão intactos nas Filipinas, e mais de 60% deles estão muito danificados - por favor, raciocine um pouco antes de comprar souvenirs feitos de conchas e corais!

El Nido, Filipinas
dá uma dor no coração ver os turistas esmagando essas florestas submarinas sem dó nem piedade!
Nenhuma vez ouvimos um guia de tour sequer pedir que os turistas não jogassem lixo no mar. Vimos um turco jogando uma bituca de cigarro na Big Lagoon - isso é um crime contra a humanidade, sério!!

Eu sei, eu sei, vocês vão dizer que eu tô ficando velha e chata, sempre batendo na mesma tecla, mas, embora eu não me considere uma ambientalista xiita, eu fico louca com gente que deixa seu lixo espalhado. Juntar o próprio lixo é a coisa mais básica que todo mundo precisa aprender desde a mais tenra infância, pô! 

Sim, a gente percebe que os filipinos estão tomando iniciativas para minimizar esses problemas - eles proibiram canudinhos, garrafas plásticas descartáveis e sacolas plásticas ​​em barcos de passeio (o que em novembro de 2018 AINDA não tinha acontecido em Noronha, por exemplo), mas essas medidas são muito incipientes perto do muito que ainda precisa ser feito.

El Nido, Filipinas
os filipinos instituíram uma "taxa de desenvolvimento ambiental", mas custo a crer que esse $$ realmente seja direcionado à proteção ambiental

Dando a real sobre as Filipinas

Por outro lado, já conheci 84 países, e posso afirmar que a natureza das Filipinas está no top 10 de tudo o que eu já vi até hoje.

É certamente o destino de praia mais sensacional que eu já conheci - e essa é a opinião da maioria das pessoas que vão lá - mesmo depois de passar por várias ilhas e praias paradisíacas na Tailândia, Malásia, Indonésia, Sri Lanka, Noronha ou Caribe, por exemplo.

A Big Lagoon, no tour A, é simplesmente indescritível.

Os pontos de snorkel no tour C pareciam uma floresta subaquática.

Em resumo, apesar dos perrengues, vale MUITO ir até as Filipinas - mas vá rápido, antes que eles terminem de assassinar a galinha dos ovos de ouro...

E não destrua nenhum coral, por favor!!

Mabuti naman, Filipinas!

Tu és linda, Palawan, e nós te desejamos a melhor sorte no futuro 🍀

El Nido, Filipinas
os 'pros' superam os 'contras' em El Nido, Filipinas

Vídeo da nossa viagem de volta ao mundo

Para ver os melhores momentos desta viagem de volta ao mundo, assista este vídeo:


O Lipe também escreveu um post contando o que ele achou da nossa viagem, veja aqui: 


Planejando uma viagem às Filipinas? Descubra onde ficar em El Nido e Puerto Princesa, na Ilha de Palawan.

Você já esteve nas Filipinas? Conheceu El Nido?? Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Para saber como compramos nossas passagens aéreas, contei tudo aqui: Como comprar passagens aéreas para uma volta ao mundo

Nos próximos posts, continuamos contando sobre as nossas viagens de volta ao mundo - não saia daí! 

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só procurar na # e ver todas as muitas dicas que já postamos:

#LipenasFilipinas #LipeVoltaaoMundo 

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem lá nos stories - espia lá que está tudo salvo em várias pastas de destaques das Filipinas




Você também nos encontra aqui:

Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: