24 de agosto de 2018

Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas no teto - dicas práticas

Viajando e acampando pela Namíbia numa camionete 4x4Pensa numa pessoa empolgada! Precisava ver a minha alegria quando recebemos os vouchers da Motorhome Trips com os detalhes do aluguel da nossa camper com barracas no teto na Namíbia! Finalmente tínhamos em mãos tudo o que precisávamos para desbravar a savana africana com aquela camionete linda! Simmmm, viajamos 15 dias pela Namíbia numa camionete 4x4 com 2 barracas no teto, e foi uma delícia! 

Como muita gente acompanhou a nossa aventura pelas redes sociais e me pediram para contar os detalhes sórdidos, aqui vão as nossas dicas práticas para quem quer fazer uma viagem assim


Nós já tínhamos feito várias viagens de motorhome mundo afora e até numa camper com cama atrás (lembra da nossa viagem à Islândia??), mas nunca tínhamos acampado com o Lipe mais do que 3 dias seguidos, muito menos no meio do deserto, com temperaturas até negativas, ou no meio da savana, com girafas ou hienas como vizinhas 🐆 

Foi uma super aventura! 


Viajando e acampando pela Namíbia numa camionete 4x4
viajando e acampando pela Namíbia numa camionete 4x4

Viajando e acampando pela Namíbia numa camionete 4x4
o Fish River Canyon, 2º maior do mundo, fica no sul da Namíbia


Uma introdução à África


Para começar esta conversa, quero lembrar que a África é um imenso e variado continente, que merece ser desbravado de leste a oeste e de norte a sul. Depois do Marrocos e da África do Sul, o terceiro país africano que conhecemos foi o Egito, há mais de 10 anos atrás! Vou deixar aqui os links dos 2 vídeos que gravamos na nossa longa viagem pelo país - sério, ficamos tanto tempo viajando pelos 4 cantos do Egito que acabamos ficando 'templed out' - quem conhece essa expressão? 

vídeo 1 Egito

vídeo 2 Egito  🐪🌏

E, se quiser ler mais sobre as nossas andanças pelo Egito, tem vários relatos no blog, inclusive do cruzeiro pelo Rio Nilo (único cruzeiro que fizemos até hoje)! 

Sempre que a gente fala em viajar pela África, logo todo mundo pensa em África do Sul. Mas o continente é um mundo, e é muito mais do que Cape Town e o Kruger Park! Entre o Marrocos, onde estivemos com o Lipe, e o Egito, por onde viajamos há mais de 10 anos, até a África do Sul (que visitamos há exatos 14 anos!!), existe um continente inteiro! 

Agora, tendo já visitado os 3 cantos do continente, finalmente começamos a desbravar o miolo! 

Aqui o link do post sobre nossa viagem à África do Sul. E, se quiser ler mais, tem vários relatos de viagem pela África do Sul lá no blog, inclusive de motorhome!

Um emaranhado de países relativamente desconhecidos, que mudam de nome frequentemente, e são muitas vezes palco de conflitos armados. Não é essa a primeira ideia que vem à cabeça quando pensamos no mapa da África? Aí todo mundo fica com aquela impressão equivocada de que todo o meio da imensa África é um grande caos, impossível de navegar. Você também pensa assim? Pois saiba que não está sozinho! 


Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas no teto - dicas práticas
viajando e acampando pela Namíbia numa camionete 4x4

Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas no teto - dicas práticas
quando você percebe que está realmente na África!

Quando contamos pela primeira vez que íamos viajar para a Namíbia, tenho certeza que muita gente foi olhar o mapa para ver que raio de lugar era esse que essa família de loucos tinha escolhido para as férias de julho. Levanta a mão quem aí já tinha algumas informações sobre a Namíbia antes de começar a acompanhar nossa viagem! Quem sabia qual era a capital da Namíbia??

A Namíbia é um país bem "comprido", que faz fronteira a oeste com o Oceano Atlântico, ao norte com Angola e com a Zâmbia, a leste com Botswana e, ao sul, com a África do Sul. Dá para montar um roteiro lindo combinando com uma viagem pelo oeste da África do Sul e ir até Victoria Falls, se você tiver bastante tempo! 

Não tem guerra, não tem ebola, só tem malária em alguns lugares específicos (aonde nós não fomos), e é um lugar razoavelmente bem desenvolvido. 

É um dos lugares mais exóticos e maravilhosos do mundo, e o melhor: ainda não despertou a atenção do turismo de massas, o que significa o grande prazer de viajar entre pouquíssimos outros viajantes, e ter aqueles lugares fabulosos só para nós, mesmo na altíssima temporada (julho)! 

Dizem que a Namíbia é "África para iniciantes" - e que lugar incrível para começar! Não consigo imaginar uma introdução melhor ao continente selvagem!

O  país tem desertos, dunas gigantescas, florestas petrificadas, praias, navios encalhados, safaris, canyons...um verdadeiro festival de paisagens deslumbrantes, um colírio para os olhos que promete uma overdose de fotos capaz de estourar o HD externo! 

Se você ama destinos de natureza intocada e um pouco de aventura, é o seu lugar! Vamos?

Veja neste vídeo curtinho alguns dos melhores momentos desta roadtrip. Espero que o Peg termine logo de editar o vídeo mais longo, com todos os detalhes da viagem 😙



Documentos necessários


Brasileiros não precisam de visto para ficar até 90 dias na Namíbia, somente um passaporte com validade de pelo menos mais 6 meses contados da data da passagem de volta e com uma página livre para os carimbos (os nossos estão com quase todas as páginas carimbadas e o oficial de imigração ficou procurando de cara feia uma página em branco).


Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas no teto - dicas práticas
os vistos são carimbados no passaporte pelo controle de imigração na chegada ao aeroporto

E a malária?

  
Nenhuma vacina é exigida para a Namíbia, mas se você fizer escala em Angola como nós terá que levar o certificado 'for life' de vacinação contra a febre amarela

A Namíbia não tem incidência de malária nas áreas desérticas e áridas por onde nós viajamos, então não tivemos essa preocupação, mas, se for viajar pelo Caprivi Strip, onde há bastante umidade, é recomendável se precaver muito bem contra a malária, uma doença super grave, que não tem vacinação e é transmitida por picadas de mosquitos. 

Existem antimaláricos que não são recomendados para crianças e têm efeitos colaterais fortes. O mais recomendado é usar mangas e calças longas (de tecidos leves) e repelentes com deet

Converse com seu médico para decidir o que é o mais indicado para sua família!


Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas


Cotação do dólar namibiano


R$ 1 = NAD 3,50 (Namibian dollars)

U$ 1 = NAD 12,96 (Namibian dollars)


Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas
os dinheiros e moedas da Namíbia: dólares

Organizando a viagem para a Namíbia


Passagens aéreas compradas em promoção pelo site Viajanet R$ 6.179,92 para 2 adultos e 1 criança (a partir de SP).

Aluguel da campervan através da Motorhome Trips NAD 23.969,60

Seguro de viagens do cartão VISA (grátis)


Reservas de campings (nossa hospedagem durante toda a viagem) - contei tudo em detalhes neste post:

10 campings em que ficamos na nossa viagem pela Namíbia

Guia de viagens da Lonely Planet Sul da África R$ 89,80



Como viajar pela Namíbia numa camper com barracas
guia Lonely Planet Sul da África

Como é o clima na Namíbia em julho


Julho e agosto são os meses de inverno na Namíbia, assim como no Brasil. As temperaturas médias máximas são de 21 a 25°C. As médias mínimas ficam ao redor de 7°C, mas podem cair até abaixo de zero durante as madrugadas no deserto.

Leve roupas quentinhas, porque os safáris de manhã cedo podem ser gelados, principalmente se você for nas camionetes abertas de safári. E não só os safáris: de um modo geral, todas as manhãs que passamos na Namíbia foram super frias - só lá pelas 10hs da manhã o sol começava a aquecer e, lá pelas 12hs, já estávamos de camiseta de manga curta.

Os próprios namibianos, donos de campings, sempre recomendavam que tomássemos banho à noite, lá pelas 18hs, quando chegávamos nos campings, que era bem mais quente do que pelas manhãs. 

A temperatura no inverno da Namíbia varia muito, assim como em qualquer deserto: pegamos noites com temperaturas geladas de 3, 4°C e também dias de sol escaldante e 35°C. 

O jeito é levar na mochila aquelas calças que viram bermudas e se vestir em camadas, como uma cebola, sempre com uma camiseta de manga curta por baixo, para ir "descascando" ao longo do dia, conforme as mudanças de temperatura. 

É muito importante levar hidratante, protetor solar, óculos de sol e um chapéu de abas largas. Não acho necessário levar luvas ou touca - levamos e não usamos. Também é fundamental levar um pijama bem quentinho para dormir na barraca, de preferência uma calça de abrigo e blusa térmicos, de fleece.




sol escaldante em Sossusvlei

pelas roupas das crianças, dá para perceber que o clima varia bastante!


Motorhome Trips



Aqui, um parênteses: já escrevi antes sobre a Motorhome Trips aqui no blog. Eles são uma agência brasileira especializada em aluguel de motorhomes no exterior.  

Como já tínhamos reservado um motorhome nos Estados Unidos com eles no ano passado,  e eu já conhecia bem a empresa, desta vez, logo que pensei em alugar uma camper na Namíbia, fui pedir um orçamento ao Francisco. 

Quando ele me passou o orçamento, achei bem caro, mas aí fui fazer cotações em outros sites pela internet e vi que não tem aluguel de camper barato na Namíbia em julho. É alta temporada, é caro mesmo, internalize essa informação e evite sofrimento em vão. 

Comparei daqui e dali e vi que o preço que o Francisco tinha me passado era mesmo o melhor que eu conseguiria, então fechei negócio direto com ele. Alugamos uma camper da Britz, através da agência brasileira Motorhome Trips.  

Para fazer uma cotação de aluguel de campers ou motorhomes com ele, o Whatsapp é este aqui: +554196835723. E, para saber mais sobre essa agência, veja este post aqui no blog: Motorhome Trips



Providências iniciais na chegada


Como sou uma querida, fiz um roteiro mastigadinho de todas as providências iniciais que você terá que fazer no primeiro dia de viagem, logo ao chegar em Windhoek.




chegando em Windhoek, a capital da Namíbia

- Fazer imigração: tem que preencher um formulário para cada pessoa, inclusive para crianças

- Pegar malas na esteira


Como trocar dinheiro na Namíbia


- Trocar dinheiro no saguão do aeroporto na NovaCâmbios Exchange (trocamos U$ 1 = NAD 12.95, mesmo valor que vimos depois nas casas de câmbio da Independence Avenue e no shopping).



Como usar a internet na Namíbia


- Comprar chip de celular da MTC (melhor operadora) no saguão do aeroporto - só saia da loja com a sua internet bombando no telefone! 

Pagamos NAD 175 por 2 chips com 3 giga de dados móveis em cada um, válidos por uma semana. 

Eles disseram que, se os dados móveis terminassem antes dos 7 dias, não teríamos como recarregar com mais crédito - teríamos que comprar outros chips, pois só seria possível colocar mais créditos depois de passados 7 dias. Mas não foi assim. 

Quando os nossos créditos de dados móveis terminaram, em Aus, fomos a uma agência dos Correios e colocamos mais crédito em dados móveis e a internet continuou funcionando muito bem nos nossos celulares. 






Pegando a camper na Britz


- Pegar camper na Maui/Britz Windhoek - fica no próprio aeroporto e o transfer da Thrifty, que tem loja no saguão do aeroporto, nos leva até a sede da locadora (fica aberto até 16hs para pegar e devolver o carro). 

Já tinha acertado tudo no Brasil com o Francisco da Motorhome Trips, inclusive o pagamento, o que nos livrou de mais burocracia, mas...

- Essa função de pegar a camper, fazer papelada, assistir filminho, aprender como tudo funciona, inclusive montar barraca, e ainda arrumar as tuas coisas lá dentro pode levar mais de 2hs, reserve esse tempo e não marque outras atividades no primeiro dia - o voo 'red eye', combinado com o fuso de 5hs, te deixam arrebentado. 

Aproveite para tomar um café e pegar um refil de água na sede da locadora. Eles têm tantos animais empalhados lá que mais parece um museu de taxidermia - as crianças adoram. 



sede da locadora Britz no aeroporto de Windhoek

conhecendo a barraca
aprendendo a usar o compressor


saindo da Britz com a camionete na mão inglesa

Fazendo compras de supermercado na Namíbia


- Fazer compras no super para abastecer a camper - fomos no supermercado Checkers do shopping Maerua Mall (o que comprar no super quando você aluga um motorhome - veja a lista completa neste post). 

Gastamos NAD 1150 para comprar o básico para os dias seguintes, incluindo garrafas de vinho 🍷e um pack de Windhoek Lager - a melhor cerveja local.

Não deixe para comprar bebidas alcoólicas no fim de semana, pois eles não vendem nada com álcool aos finais de semana!

O produto mais útil que nós compramos foi um troço para ajudar a fazer o fogo "pegar" - se chama Blitz firelighters e existe também de outras marcas - coloquei uma foto da caixinha abaixo - imprescindível para fazer fogueiras 😉

A Namíbia tem também outras redes boas de supermercados chamadas Spar, Pick n Pay e Woermann Brock (fotos abaixo). 

Aproveite para fazer um bom estoque de comida em Windhoek e Swakopmund (mas não exagere porque o espaço para armazenamento não é muito grande, e a geladeira é mini). Como vocês verão, no interior do país praticamente não existem cidades - apenas povoados - e a oferta de produtos nos mercadinhos é pequena. Compre carne, carvão e lenha para os muitos churrascos que virão!

Precisamos comprar umas pastilhas para a garganta do Lipe - ele teve dor de garganta, provavelmente por causa do ar seco aliado ao frio e bebidas geladas - e foi bem difícil encontrar uma farmácia aberta no final de semana entre o Etosha e Swakop - só quando chegamos em Swakopmund foi que encontramos pastilhas para garganta, num supermercado! Ou seja: leve um kit de remédios com os medicamentos básicos que você costuma usar. 

- Ir para o hotel fazer check-in e tomar banho









 Joe’s BeerHouse


- Jantar no Joe’s BeerHouse, o melhor lugar para comer em Windhoek (fica a apenas 600m do camping em que ficamos, na Nelson Mandela Avenue 160). 

O Joe's é praticamente um ponto turístico da Namíbia, um restaurante com história e com estilo. Ninguém passa por Windhoek sem ir lá. 

Coloque no roteiro, até porque, como bônus, a comida e as cervejas são muito boas! Pagamos NAD 430 e comemos muito, com cerveja. 


todo mundo ama o Joe´s, um lugar com espírito de viajante



O que vem incluído no aluguel da camper


Esse é, provavelmente, o item mais importante deste post. Você precisa saber exatamente o que vem incluído na sua camper, quais os itens de que vai poder dispor durante a sua viagem acampando e o que precisa/não precisa levar na sua mala. 

Com as campers da Britz, vem muita coisa incluída (travesseiros, cobertores, sacos de dormir, toalhas, mesa, cadeiras, talheres, loucas, panelas, fogareiro a gás, mini-geladeira, tanque de água, 2 estepes, etc), e o que você precisa levar é muito pouco. 

Você vai precisar levar (ou comprar lá) fósforos, detergente, esponja, panos de prato e de limpeza, lencinhos higiênicos...

Veja um vídeo que eles têm no YouTube mostrando alguns detalhes da camper aqui.

Além de todos os itens que vêm incluídos no aluguel da camionete 4x4, as tarifas de locação também já vêm com os impostos incluídos (15% do valor na Namíbia), seguro, quilometragem ilimitada, um tanque de água cheio, o tanque de gás do fogareiro, 2 motoristas e transfers de/para o aeroporto (até 25Km de distância). 

Vou colocar abaixo uns prints que copiei do site deles, onde está tudo bem explicadinho. Se, ainda assim, você ficar com alguma dúvida, fique à vontade para me perguntar nos comentários. Veja:


com a camper, veio incluído todo o equipamento de cama e banho, mais mesa e cadeiras


Devolvendo a camper


Arrumamos nossas mochilas e fizemos um grande faxinão interno e externo no carro para não termos que pagar pela limpeza na hora de devolver. Também enchemos o tanque de diesel.

O aeroporto fica a 30min/44Km a leste do centro da cidade de Windhoek.

Devolvemos o carro na Britz depois de 4.145Km rodados. Na hora da devolução, tivemos 2 incomodações, então é melhor alertar vocês:

1) quando recebemos o carro, verificamos o ponteiro do combustível e não estava cheiooooo respingando para fora, sabe? Até mostramos para o funcionário que nos atendeu que o ponteiro estava um pouquinho abaixo do 'full' e ele disse que era só devolvermos como estava. Só que...na hora de devolver, uma péssima funcionária que nos atendeu não entendeu da mesma forma, e fez o Peg ir até o posto de gasolina mais próximo com ela e encher o tanque de diesel até respingar para fora (sério, ela só sossegou o facho quando o diesel respingou para fora!). 

Fiquei muito braba com isso, e pedi para falar com o gerente, que entendeu nossa reclamação e nos ressarciu o valor pago por esse combustível extra. Aviso isso para que vocês verifiquem e façam constar no contrato exatamente como está o ponteiro, senão depois não dá para reclamar.

2) quando recebemos o carro, fizemos constar no contrato que tinha vários pontinhos de pedradas no para-brisa. Ocorre que, no meio da viagem, um desses 'micro-quebradinhos' rachou o vidro e correu uma fissura, sabe? Aí, na hora da devolução, a maldita funcionária queria nos cobrar pela rachadura no vidro (ela queria cobrar a franquia do seguro do para-brisa). 

De novo, mostrei a ela que constava no contrato que tinha um quebradinho exatamente ali onde o vidro rachou, mas ela insistia em nos cobrar. Então, reclamei também sobre isso com o gerente, que na mesma hora disse que não seria cobrada a rachadura. Por isso, faça constar no contrato todos os pontinhos quebrados no para-brisa!

Reserve pelo menos 1h para essa função de devolver a camper e esperar a "carona" deles até o aeroporto - é pertinho mas não dá para ir a pé, e o transfer é incluído no aluguel do veículo.


o maior cuidado que você precisa ter nas estradas: não matar um animal selvagem

as noites estreladas da Namíbia são famosas mundo afora

uma paradinha na beira da estrada para um suquinho gelado saído da nossa geladeira


E o atendimento da Motorhome Trips?



Sobre a Motorhome Trips, por outro lado, não tenho nenhuma reclamação, eles foram sempre impecáveis conosco. Desde os primeiros contatos com o Francisco, via Whatsapp, até os esforços que ele fez quando a Britz estava recusando o meu cartão de crédito para pagamento do aluguel (a Namíbia tem sérios problemas com o uso de cartões de crédito via internet, uma luta até para reservar campings!). 

Outro episódio que vale a pena comentar foi quando não conseguimos fazer funcionar o fogareiro a gás que veio incluído na nossa camper. Como não consegui ligar para a Britz, falei com o Francisco via Whats, e adivinha: ele disse que comprássemos outro fogareiro por conta da empresa e ele se acertaria com eles depois. Não é um bom atendimento?? 

Por sorte, descobrimos a tempo que o fogareiro não tinha problema algum, ele estava apenas com o queimador entupido de terra, o que é muiiiiiito comum na Namíbia hehehe...numa aldeia himba onde paramos, pedimos ajuda e eles rapidamente desentupiram o queimador para mim com uma agulha. Melhor assim, evitei a vergonha de comprar um queimador novo quando o nosso só tinha...sujeira! 

Então, ouça nosso conselho: mantenha o queimador do seu fogareiro sempre num saco plástico para não entupir, pois tuuuudo o que vai nos gavetões lá na traseira da camper fica mega empoeirado. 


se não fossem os himbas limparem nosso fogareiro, eu teria rachado a cara de vergonha kkkk

Como é dormir na camper


A pergunta que mais nos fizeram sobre a nossa camper foi sobre como dormíamos nas barracas, se o Lipe dormia sozinho na dele: a resposta é que testamos todas as configurações possíveis, nos revezamos e também dormimos os 3 na mesma barraca, compartilhando "calor humano"! 

A verdade é que as noites são bem frias no inverno da Namíbia (até temperaturas negativas!) e, mesmo com os sacos de dormir e cobertores que eles fornecem com a camper, é bem bom dormir juntinhos para se aquecer. 

Teríamos preferido uma barraca só em cima da camper - sei que existem essas mesmas barracas "tamanho família" - até porque seria só uma barraca para montar e desmontar todo dia (mais prático do que montar duas barracas!), mas não vi nenhuma barraca maior do que a nossa em toda a Namíbia: ou as campers são para 2 pessoas (cabine para 2 pessoas e 1 barraca no teto), ou são para até 5 pessoas (cabine para 5 e 2 barracas no teto). 


a nossa camper tinha cabine dupla, com espaço para até 5 passageiros


Também teríamos preferido uma camper com casinha "dura" atrás, tipo um mini motorhome, mais prático para não ter que montar barraca - eles têm vários modelos assim na própria Britz - mas o problema é que todas essas têm cabine para apenas 2 passageiros, com apenas 2 assentos e 2 cintos de segurança, então não servem para famílias com crianças. 

Aliás, vimos dezenas de gringos viajando em família por lá, 100% deles em campers com 2 barracas no teto, idênticas à nossa.

Daí eu concluo que eles ATÉ tem motorhomes para alugar (porque vi alguns modelos na própria Britz), mas, por não serem veículos 4x4, o pessoal não usa muito - na verdade, não vi por lá ninguém num motorhome alugado daqueles grandalhões que a gente costumar alugar na Europa ou nos EUA. 

Vou colocar abaixo as fotos de alguns modelos que vimos por lá, para vocês entenderem melhor:


esse é o layout da camper


este modelo parece bem prático de montar, mas a cabine é apenas para 2 pessoas



este é meu modelo favorito, mas veja que também é apenas para 2 pessoas - perfeito para casais


vi estes 2 modelos de motorhomes também, mas apenas na locadora - não vi ninguém rodando nesses veículos pelo país


E a segurança?


Muita gente tem me perguntado sobre a questão da segurança para viajar pela Namíbia como nós viajamos, por conta própria, dormindo numa barraca no teto do carro. 

Cruzamos o país de um lado a outro em mais de 2 semanas, rodando mais de 4 mil Km, e posso afirmar que, pelo menos do que nós vimos, nunca nos sentimos tão seguros antes em um país de terceiro mundo, como nas nossas viagens pela América do Sul ou pelo Sudeste Asiático, por exemplo. 

Ninguém nos importunou pedindo $ ou mesmo tentando aplicar pequenos golpes (tão comuns na América do Sul ou na Ásia), mesmo sendo escancarado nosso status de turistas, com câmeras fotográficas sempre penduradas no pescoço. 

O máximo que pedem é comida, o que é de cortar o coração, então recomendo que você tenha sempre consigo alguma coisa para dividir. Os restaurantes sempre oferecem para empacotar a comida que sobra da sua refeição (provavelmente uma boa herança alemã), e numa certa noite tudo o que um guardador de carros teve para comer foi o meu calzone 😣 

Sabemos que isso é comum no Brasil também - a grande diferença é que, no nosso país, essa miséria geralmente leva à violência, e na Namíbia aparentemente não. 

A diferença para o sentimento de (in)segurança na África do Sul, por exemplo, que é a comparação mais próxima que podemos fazer, é absurda. Em Joanesburgo, comparativamente, nos sentimos BEM inseguros rodando por algumas áreas da cidade, o que não aconteceu em nenhum momento na Namíbia. 

As estradas também são muito seguras e com pouquíssimo trânsito, mesmo sendo mais de 80% das rodovias que percorremos de chão batido - algumas dessas estradas de terra são tão boas que a velocidade máxima permitida é de 120km/hora!!

Por fim, sim, sempre existe o risco de um animal aparecer na sua vaga no camping - tivemos a visita de um avestruz na nossa barraca, por exemplo, e as latas de lixo dos campings sempre "acordavam" todas reviradas pela manhã!

visitinha de avestruz na porta da nossa barraca

não existem cercas na Namíbia - e essa é justamente a graça: animais livres!

essa placa é de 100Km/hora, mas havia várias estradas de chão cuja velocidade máxima permitida eram 120Km/hora

Como é o povo da Namíbia


Esse foi o aspecto que mais me impressionou e comoveu nesta viagem. Sim, eu já imaginava que ia voltar enlouquecida com as paisagens e com a vida selvagem, mas em nenhum momento cogitei que o que mais me emocionaria nessa viagem seria a gente da Namíbia. 

Esse jeito que os africanos têm de te olhar de um jeito que te atravessa. Não é por nada que dizem que a gente não viaja só para conhecer novos lugares. A gente viaja para nos conhecermos melhor e para sermos conhecidos também. Cada nova jornada é um grande aprendizado para a vida...vocês também se sentem assim? 

Às vezes, eu vejo turistas que não falam com os locais (apenas com seus guias), não se misturam com o povo nativo, não compartilham nada...o que essas pessoas buscam numa jornada dessas? Só fotos de pontos turísticos para postar no IG? Eu quero muito mais do que isso! E, na Namíbia, isso não é difícil: que povo simpático, alegre, curioso, ansioso por uma boa conversa! Quando contamos que somos brasileiros, eles adoram!

Essa menina das fotos abaixo (não consegui entender o nome dela, mas me soava algo como "Beauty", o que não poderia ser mais apropriado!), por exemplo, é a "cara" da Namíbia. Já faz várias semanas que a conhecemos, e esse sorriso nunca mais me saiu da cabeça. Viemos embora, e é nela que eu sempre vou pensar quando lembrar desta viagem. Foi uma viagem com muitos personagens, mas é deste rosto que vou recordar quando pensar na Namíbia.



Beauty é o nome mais apropriado que eu posso imaginar para essa menina linda que tocou meu coração

É a regra mais simples e antiga: você recebe o que dá. Ou, como diria Jorge Drexler, 
'cada uno da lo que recibe
 luego recibe lo que da 
nada es más simple no hay otra norma'.

Ou, ainda melhor, Alejandro Parra, cómo saber si cruzamos lugares, territorios, culturas y momentos o si son ellos quienes nos cruzan, nos irrigan. Hasta dónde los conocemos y hasta dónde nos conocen. Y valga decir que en cada lugar, en cada paso de la travesía, hubo una mirada, un testimonio, una risotada o una nostalgia...propia o ajena. De esas que, bien se sabe, nos recuerdan que atravesamos lugares para que nos atraviesen. 












Como é viajar de carro pela Namíbia (na mão inglesa)


A louca do Google Maps. Essa sou eu. 

Quem mais AMA traçar rotas e planejar roteiros no Google Maps?? Parece que já estou viajando!! 

Fiz todas as nossas rotas na Namíbia antes de viajar, dia a dia, incluindo diversas possibilidades - porque tenho pânico de roteiros rígidos e fechados - e a Km foi grande 😱




O mais incrível, na minha opinião, de viajar overland pela Namíbia foi que, além de ser um país super escassamente povoado, também praticamente não existem cidades! 

Tu olha no mapa "Uis" e jura que vai chegar numa bela cidade. Quando chega lá, é um amontoadinho de casinhas precárias, um posto de gasolina, uma borracharia e, se estiveres com muita sorte, um mercadinho! 


no interior, as opções de mercadinhos são bemmmm limitadas!


Furamos um pneu no Fish River Canyon, depois de 3200Km rodados, mais de 90% deles em estradas de chão até então. Mandamos consertar em Ai-Ais e custou NAD 200 - super caro, mas o borracheiro justificou o preço inflacionado mostrando que o pneu estava todo arrebentado kkkk...


viajar pela Namíbia numa camper com barracas
foram poucos trechos ruins, mas eles existem, e um veículo 4x4 ajuda bastante


dirigir por Damaraland foi uma das melhores surpresas da Namíbia!

De Keetmanshoop até Mariental, eu dirigi por bem mais de 200Km, e foi bem tranquilo dirigir na mão inglesa! Eu já tinha experimentado dirigir na mão inglesa antes, inclusive na África do Sul e, talvez por ser canhota, não acho um drama tão grande!

O Peg é bem mais experiente: já dirigiu na mão inglesa na Inglaterra, Nova Zelândia, na Índia, na África do Sul, Tailândia, Austrália, Barbados...um montão de lugares! Nunca tivemos nenhum problema de verdade, fora algumas barbeiragens. O mais complicado é entender o trânsito, para que lado fazer as conversões nos cruzamentos e tal - porque o ato de dirigir "do lado errado" em si é muito simples. 

Com as suas limitações de país de terceiro mundo, a Namíbia é sim bem preparada para o campismo (10x mais que o Brasil, por exemplo!). Por todo o país, cruzamos com centenas de veículos 4x4 iguais ao nosso - mais adiante, vou falar um pouquinho sobre a questão do free camping.



As ótimas áreas de descanso nas rodovias e os campings espalhados pelos lugares mais remotos mostram que viajar por lá com essas campers off road com barracas no teto é mesmo o melhor negócio.

Uma última coisa que precisa ser lembrada: a idade mínima para dirigir uma dessas campers de aluguel é 21 anos. Não sei se em outras locadoras eles alugam para menores de 21, mas na Britz não. 





quando a gente não sabe se dirige ou se fotografa kkkk




Preços do diesel na Namíbia


A camper que alugamos era movida a diesel, o que representa uma economia boa, se você comparar com um carro a gasolina. 

Infelizmente, esqueci de anotar nossos gastos de combustível nesta viagem, mas pelo menos anotei para vocês os lugares onde abastecemos e quanto custava o litro de diesel em cada um destes locais: 

Outjo: abastecemos o carro e compramos suprimentos no mercado em Outjo para garantir - o litro do diesel lá custa NAD 13,21. 

Em Kamanjab, uma microcidadezinha, colocamos diesel no carro novamente (NAD 13,35 por litro). 

Abastecemos diesel por NAD 12,92/litro em Uis. 

Não esquecer de abastecer combustível também em Swakopmund: custa NAD 12,76 por litro de diesel (mais barato do que em outros lugares). 

Em Sesriem, do lado de fora do parque, há um posto de gasolina onde você deve aproveitar para abastecer: custa NAD 13 por litro de diesel. 

Abastecemos também diesel em Luderitz: NAD 13,19/litro.



E, por último, colocamos diesel em Keetmanshoop no posto Puma, por NAD 13,28/litro.

Os últimos 2 abastecimentos foram em Windhoek, para completar o tanque e devolver a camper: NAD 13,20/litro.



A rede de postos de combustíveis mais famosa é esta da foto acima, Puma, que tem postos espalhados por todo o país. 

Free camping na Namíbia


Já escrevi um post super detalhado com os 10 campings onde ficamos na nossa viagem pela Namíbia

Neste post, expliquei tudo sobre os campings, como funciona a questão das reservas, etc. Está tudo detalhadinho lá e não vou repetir aqui. 

Mas vale ressaltar uma dica sobre free/wild campingse você não encontrar um camping, ou quiser muito economizar, certamente vai encontrar uma rest area ao longo das estradas onde aparentemente é bem seguro e tranquilo de pernoitar. 

Nós não chegamos a fazer free camping nenhuma noite, porque a poeira era tanta que ficava difícil dispensar o banho à noite, antes de dormir, mas, se você considera o banho uma coisa assim, meio overrated, e pode dispensá-lo, dá para considerar a hipótese de estacionar o carro em qualquer destas rest areas e pernoitar ali mesmo, completamente grátis, mas sem banho. 

A Namíbia é realmente muito preparada para este tipo de turismo. Já falei antes e repito: não sei as estatísticas, mas calculo que uns 90% dos turistas que viajam pelo país, o fazem acampando. A cada tantos quilômetros, encontrávamos essas fofas destas áreas de descanso (vide foto abaixo) à beira das estradas, ótimas para fazer uma refeição ou mesmo pernoitar de graça (sem banheiro). 

Saiba que essa possibilidade existe e que me pareceu ser bem mais fácil e seguro do que eu pensei que seria, embora não tenhamos experimentado.

essas rest areas na beira da estrada são perfeitas para um pernoite gratuito



Voando o drone na Namíbia


Como muitas pessoas já sabem que sempre levamos o drone nas nossas viagens, sempre nos procuram perguntando se em tal lugar foi tranquilo voar. 

Vocês vão perceber que, nesta viagem, postamos poucas fotos tiradas com o drone (embora aquela cena no vídeo com as zebras correndo esteja alucinante, né??). O que aconteceu não foi que na Namíbia seja difícil encontrar lugares onde voar o drone seja permitido, não é isso. 

Sim, existem muitos lugares onde é proibido voar - as malditas plaquinhas de NO DRONE ZONE já chegaram lá! E os ventos fortes também podem ser um complicador. Mas, de uma forma geral, vimos dezenas de lugares onde gostaríamos de ter voado o drone, com paisagens espetaculares, onde não era proibido e o vento estava ok. 

Nosso problema foi que, logo na primeira semana da viagem, o drone pirou. Depois de muito pesquisar na internet, o Peg descobriu que o problema foi a poeira/terra. Cada vez que decolávamos o bichinho nas estradas de chão, muita terra entrava nele, e foi isso que causou o problema. Amadorismo nosso 😒

Então a principal recomendação para voar o drone por lá é: veja bem onde decolar! Não decole em estradas de chão! 





Windhoek, a capital da Namíbia
Windhoek, a capital da Namíbia


Valeu a pena?


Quem seria a sua melhor companhia para um safári na savana africana? Quem você traria com você nesta aventura? 

Ainda estamos em dúvida qual foi a nossa viagem mais "dolorida": o frio gelado, chuva, neve e ventos cortantes da Islândia, ou o sol escaldante, poeira, areia e estradas de terra da Namíbia! E também estamos em dúvida de qual delas foi a nossa MELHOR aventura! 

De uma coisa, porém, não temos a menor dúvida: as grandes aventuras da vida NUNCA acontecem na nossa zona de conforto!

Foram exatos 4145Km rodados na nossa casinha namibiana, em pouco mais de 2 semanas. 


Etosha National Park
Etosha National Park

 
 
Eu queria viajar assim por alguns anos, como fazem alguns casais e famílias que eu sigo nas redes sociais, mas essas 2 semanas já foram uma grande experiência! Foi triste se despedir destas férias e dar tchau à África! Obrigada Motorhome Trips e @Britzcampervans pelo incentivo!

Nas nossas mochilas, trouxemos de volta para casa um monte de cartões de memória cheios de lembranças, vídeos com gravações de intermináveis conversas noturnas de animais não identificados do lado de fora das nossas barracas, quilos e mais quilos de terra, areia e pó dos 4 cantos da Namíbia, e muitas, muitas histórias para contar, de abraços de cheetahs, de kudus voadores, de himbas que nos ajudaram a desentupir nosso fogareiro a gás, de troca de pneu no meio do deserto, de negociações difíceis em várias línguas com as nativas damaras...teve floresta petrificada, teve vulcão extinto, teve barco naufragado, teve fecho de barraca dando problema, teve noites e noites sem wifi jogando conversa fora na beira da fogueira, teve muitos braais e Windhoek lagers, teve torta de maçã e Schnitzel, teve eclipse lunar, colônia de focas gritonas, gente descendo rolando de dunas de areia gigantescas, teve acácias mortas, teve babuínos, zebras, girafas, leões e muitos elefantes. Teve tudo o que esperávamos e mais um pouco. 

Férias com todos os ingredientes de uma grande viagem. Uma viagem que contaremos aos nossos netos. 

Essas são as melhores. 

Valeu, África 🌍 voltaremos!




Veja muito mais sobre esta viagem lá no nosso Instagram.


Agradecemos ao Francisco da Motorhome Trips pelo apoio na organização desta viagem. 

Já esteve na Namíbia? Como você se deslocou por lá?? Conte tudo para a gente! Deixe a sua dica nos comentários!

Você também nos encontra aqui:

Um comentário:

  1. Claudia,
    Como esperei esse post. Estou em SP visitando a familia e minha mae ja esta super empolgada. Vou pedir um orcamento para alugar um 4x4 e comecar a pesquisar hoteis. Acho mais prudente fazer um roteiro um pouco mais enxuto do que voces e ficar em hoteis, ja que eu e meu irmao nunca fizemos viagens de campervan e nao somos acostumados com a mao inglesa.Cheguei a cotar com algumas agencias online, mas eles cobram bem caro para reservar hoteis. Eu gosto de pesquisar entao vou fazer por conta o planejamento. As fotos das criancas sao de uma pureza que nao ha como nao se emocionar. Se resolver fechar mesmo a viagem venho fazer mais perguntas.
    Obrigada por dividir essas dicas tao preciosas.
    Beijos
    Tania

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...