26 de junho de 2015

resumo da Bahia - roteiro da nossa roadtrip, dicas de rotas e índice de posts

Eu comecei esta série de posts sobre a Bahia - e esse já é o 19º post! - aqui no blog falando que, quando fui organizar o nosso roteiro de viagem pelo litoral baiano, eu não tinha nem ideia de que a Praia do Forte e Trancoso ficavam quase nos extremos opostos do estado! 

Foi impossível encaixar na nossa viagem de 10 dias todos aqueles lugares famosos sobre os quais eu tinha ouvido falar e queria muito conhecer!

Leia mais aqui:

* Introdução ao litoral baiano - roteiros e dicas
Preparativos e roteiro

Como escrevi lá, estudando o litoral no Google Maps para traçar um roteiro que ficasse coerente, acabei descobrindo que a costa baiana se divide em norte e sul de Salvador, a capital do estado. 

Terminamos então optando por desbravar o litoral sul do estado, e decidimos que nossas bases seriam Santo André, na Costa do DescobrimentoIlhéus Itacaré, na Costa do Cacau, e Salvador.



Mas eu também não abria mão de conhecer Canavieiras, Arraial D`Ajuda Trancoso, e foi uma luta de foice encaixar tudo isso no nosso roteiro! 

Não custa repetir aqui o resuminho que eu fiz naquela ocasião, já que ficou bem mastigadinho - ao sul de Salvador, você pode visitar:

1. Na Costa do Dendê, Morro de São Paulo, Boipeba, Barra Grande e a Península de Maraú; 

2. Na Costa do Cacau, Itacaré, Ilhéus, Una, Comandatuba e Canavieiras; 

3. Na Costa do Descobrimento, Santo André, Santa Cruz Cabrália, Porto Seguro, Arraial d´Ajuda e Trancoso; e

4. Na Costa das Baleias, Praia do Espelho, Caraíva, Corumbau, Cumuruxatiba, Prado, Caravelas e Abrolhos. 



Como nós fizemos:

De Salvador a Santo André 

Pegamos o ferry boat em Salvador no Terminal de São Joaquim, por R$ 37,25. O carro pequeno com motorista custa R$ 33,30 e cada pessoa extra custa R$ 3,95. Crianças vão de graça. 

Nosso carro foi o último autorizado a embarcar no ferry que estava atracado quando chegamos ao terminal (o Maria Bethania)!!! #sorte

No ferry o refri custa R$ 3,00. Tem vários andares para sentar, coisas para comer, banheiros e lindas vistas de Salvador. 

A viagem entre Salvador e Itaparica demorou cerca de 1 hora (de São Joaquim a Bom Despacho). 

Os ferries estavam saindo de 30 em 30min. 

Leia mais sobre o passeio até Itaparica aqui:  10 passeios imperdíveis em Salvador da Bahia, roteiro e dicas






Atravessamos Itaparica e começamos a descer para o sul, passando por Nazaré, Valença, Camamu e Ilhéus, onde resolvemos seguir para o oeste, até Itabuna, nos afastando do litoral, para pegar a BR 101. 

Continuamos descendo então até Itagimirim e, 8km ao sul de Itagimirim, perto de Itapebi, pegamos a estrada da Veracel, a BA 275, para voltarmos ao litoral. 

Essa estrada desemboca perto de Mojiquiçaba, 20km ao sul de Belmonte e 30km ao norte de Santo André. 



Google Maps quase nos enganou: quando eu coloquei lá a rota Salvador --> Santo André, ele indicou um trajeto que ia pela BR 101 até bem mais ao sul, indo por Porto Seguro e só então subindo para Santo André mais ao norte, inclusive com a travessia pela balsa entre Cabrália e Santo André! 

Mas, pesquisa dali e daqui, acabei descobrindo essa estradinha da Veracel mais ao norte, que desemboca entre Belmonte e Santo André no litoral e não precisa de balsa para chegar. Ela só tem um pega-ratão: se você vem pela BR 101, a entrada na BA 275 é de terra - mas não se engane, é só uma pegadinha! Depois de uns 100 metros já começa uma estrada asfaltada bem boazinha, com alguns buracos aqui e ali e muitas plantações de eucaliptos. 

No fim das contas, achamos que teria sido melhor pegar a BR 101 desde Valença. Deixamos para pegar só em Itabuna e nos arrependemos, porque o trecho entre Valença até passando Camamu é muiiiito ruim, todo tempo atravessando cidades, cheio de lombadas...levamos horas a fio para andar 200km! Definitivamente não recomendo! 

Depois que pegamos a BR 101 passando Itabuna melhorou muito - estrada sem buracos, sem muito movimento e sem passar por nenhuma cidade! Pena que daí já era noite...

No total, a viagem levou 11hs! Saímos 11 da manhã e chegamos 10 da noite. 

Point das Empadas

A única vantagem de ir pela estrada litorânea até Ilhéus foi a parada no Point das Empadas, passando a entrada para Itacaré e também para a Cachoeira de Tijuípe. Nunca comi empadas tãooooo boas! 

Pedimos 6, uma de cada sabor, e nem sei qual foi a melhor. Recomendo veementemente a de bacalhau e a de camarão com dendê! 

E o suco de graviola?!? Ah...o suco de graviola...

Cada empada custa R$ 4,00 e o suco R$ 5,00 (jarra para 2 copos). 

Aliás, anote aí que ali no Point tem entrada para um dos mirantes da Serra Grande.







Mirante da Praia de Serra Grande

Aliás, pra não dizer que foi a única coisa boa, teve outra: o Mirante da Praia de Serra Grande, ali pertinho, entre o Point das Empadas e a Casa das Empadas, cujas empadinhas também já fizeram fama!

A vista do Pé de Serra lá do mirante é linda! E nós ainda tivemos a sorte grande de passar por ali bem na hora do pôr do sol - foi maravilhoso!





Leia mais sobre Santo André e região:

De Santo André a Ilhéus

Na volta, saímos as 12hs do Campo Bahia, resort onde estávamos hospedados em Santo André, e de onde fizemos nossa base para rodar mais pelo litoral sul da Bahia, para o Cana Brava, em Ilhéus, onde chegamos quase 16hs. 

Fomos pela mesma estrada da Veracel que eu mencionei acima até Itapebi, na BR 101. Seguimos então para o norte e, mais adiante, pegamos a BA 270 em direção ao litoral, passando por Santa Luzia. 

Quando chegamos na estrada litorânea, a BA 001, seguimos para o norte, passando por Comandatuba e Una até chegar em Olivença, distrito de Ilhéus onde ficava o resort Cana Brava, nosso próximo destino.



Leia mais sobre Ilhéus e região:


De Ilhéus a Itacaré

Entre o Cana Brava, em Olivença, e Itacaré, são 80Km (Olivença fica uns 20Km ao sul de Ilhéus). De Ilhéus até Itacaré são apenas 60Km. Do aeroporto de Ilhéus até Itacaré são 75km de distância. 

A viagem do Cana Brava até Itacaré foi tranquila. Saímos do resort às 10hs. 

Até passarmos Ilhéus - tem que atravessar por dentro da cidade - tinha bastante movimento. Era domingo e o povo estava na rua, indo para as praias. Mas depois que passamos Ilhéus, até Itacaré, a estrada é bem boa, e sem muito movimento. 

No caminho, paramos novamente no Mirante da Praia de Serra Grande para ver aquela vista linda do Pé de Serra, desta vez com o sol brilhando! 




Também fizemos nova parada no Point das Empadas, desta vez para provar o famoso suco de cacau. 




Cachoeira de Tijuípe

Mas o maior atrativo do trecho entre Ilhéus e Itacaré é mesmo a Cachoeira de Tijuípe, passeio que foi muito mais legal do que eu esperava! 

O lugar é super bonito e bem cuidado, a entrada custa R$ 15,00 por pessoa (crianças não pagam) e o banho de cachoeira é energizante!!!

Veja que lugar incrível nas fotografias abaixo, que ilustram como foi esse passeio muito melhor do que eu:













 








Leia mais sobre Itacaré:

Hospedagem em Itacaré - Pousada Ilha Verde


De Itacaré a Salvador

De Itacaré até o ferry boat de Salvador são 228Km. Até Camamu são 48Km (de Camamu você pega a lancha rápida para Barra Grande/Península de Maraú). 

Saímos da Pousada Ilha Verde em Itacaré às 11hs e chegamos no ferry boat em Bom Despacho às 14hs30min. 

Embarcamos no ferry "Zumbi dos Palmares" das 15hs e chegamos em Salvador às 16hs. Era um ferry vindo diretamente do Mar Egeu (Grécia) para a Bahia! 

Os preços foram iguais aos da ida e os ferries também estavam saindo em intervalos de 30 em 30min, mas as prainhas de Itaparica perto do cais do ferry me pareceram ainda mais bonitas e convidativas. 





Essa viagem de volta para Salvador nos pareceu muito mais rápida do que a de ida. 

Fizemos exatamente o mesmo caminho na volta de Ilhéus a Salvador que havíamos feito na ida, passando pelas mesmas cidadezinhas e vilarejos, mas a estrada parecia um pouco mais desatravancada.

Desde Ilhéus é só seguir as placas que indicam "Salvador via ferry boat".

Tenho que ressaltar que foi muito triste passar duas vezes por Camamu, onde se pega a lancha rápida para ir até a Península de Maraú - Barra Grande, e não ter tempo para passar uns dias lá! Teremos (muitos) motivos pra voltar!!




No total, rodamos 1878Km em 9 dias de carro alugado (foram 10 dias de viagem, mas no primeiro dia em Salvador pegamos táxi). 

O carro era um Celta flex e achamos que estava valendo mais a pena abastecer com álcool a R$ 2,50/litro do que com gasolina a R$ 3,20/litro. 

Nem sei se foi uma boa opção, porque, como viajamos o tempo todo com o ar condicionado ligado e o carrinho era 1.0, o consumo foi alto.


Leia mais sobre Salvador:


Você já esteve na Bahia? Qual o seu lugar preferido por lá? Tem um roteiro, dicas de resorts, passeios e praias imperdíveis? Conte pra gente, deixe a sua dica na nossa caixa de comentários abaixo!

Acompanhe a hashtag #LipenaBahia no nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro e veja lá muitas das nossas dicas!

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre a Bahia estão organizadas aqui.



Nós sempre usamos a Rentalcars para aluguel de carros:




Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!


Você também nos encontra aqui:


Um comentário:

  1. Queria só deixar registrado aqui uma dica.
    Fizemos o roteiro Porto Seguro/Santa Cruz Cabrália - Trancoso - Caraíva - (volta para Porto Seguro para pegar avião até Salvador) - Morro de São Paulo - Boipeba - Salvador.
    Viajamos com nossa filha de 1 ano e 10 meses.
    Se for pra Porto Seguro (fique 2 dias no maaaximo), tem que ir pra Trancoso (fique 3 dias). E se for pra Trancoso, tem que ir para Caraíva (fique 2 dias), simples assim. Que "cidadezinhas" encantadoras! (está entre parênteses pois na verdade ainda é Porto Seguro).
    Se for para Caraíva, é totalmente aconselhável ir de tarde. A estrada é de terra, e apesar de não ser do tipo esburacada, tem algumas nuances meio tensas, e comentaram também de questão de assaltos a noite. Além disso, o visual da estrada é um passeio a parte, algo que não irá apreciar a noite.
    De lá, você pode fazer um passeio de buggy para a maravilhosa praia de Corumbau. Ficamos hospedados na pousada Casa da Praia. Barganhei um preço mais razoável por ser novembro, mas a pousada é muito top.
    Morro de São Paulo (fique 3 dias) é LINDO, de beleza natural o melhor do roteiro, mas tem que ter MUUUITA disposição (física e financeira) para ir com criança de colo. E se o roteiro for grande que nem o que fizemos, o que exige mais bagagem, prepare o bolso para tomar a facada com os carregadores.
    Fazendo o passeio da volta a ilha em Morro de SP, não há necessidade de ir à Boipeba, que foi outro perrengaço que enfrentamos. O passeio de volta à ilha em Boipeba só difere de Morro de SP por 1 parada, sendo que o melhor, que é a piscina natural de Moreré, você já faz no passeio de Morro. Ademais, indo pra Boipeba o transfer para Salvador fica mais salgado e é mais gasto com carregador.
    (PS.: Mas se ainda sim quiser ir para Boipeba, que é uma ilha com um vilarejo bem bonito, sendo um casal jovem e relativamente em forma, se hospede na pousada O céu de Boipeba. QUE VISTA!!!)

    A GRANDE decepção da viagem foi Santa Cruz Cabrália. Fomos na expectativa de conhecer a famosa cruz onde foi rezada a primeira missa, e o monumento foi tomado por um entorno cheio de barracas e restaurantes amontoados, sem nenhuma preservação histórica ou cuidado paisagístico. Os índios de lá se deixar são menos índios do que eu ou você. Para completar, fizemos em Porto Seguro o passeio chamado de Coroa Alta, que é FRAQUISSIMO. Fiquei sabendo depois que o passeio bom mesmo partindo de PS é o chamado Recife de Fora. Mosquei.

    Espero ter ajudado :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...