10 de maio de 2015

Zapata flyboard - flutuando sobre a água em Jan Thiel Beach, Curaçao

Logo na nossa primeira manhã em Curaçao, tomamos café e seguimos direto para Jan Thiel Beach, uma praia "construída" onde ficam o Papagayo Beach Resort e o Livingstone Resort.

A praia Jan Thiel era a mais próxima da nossa casa alugada em Curaçao (Frangipani Apartments). 

É bem frequentada por locais e pelos muitos gringos hospedados no Papagayo Beach Resort

Tem 3 ótimos restaurantes, Zest, Zanzibar e Tinto

Custa 6 florins por pessoa para entrar e tem área grande para estacionar

As espreguiçadeiras custam 6 florins por pessoa no sol.




dá para acreditar que tinha um submarino amarelo no estacionamento de Jan Thiel Beach???

Só não precisa pagar para entrar na praia quem se hospeda no Papagayo Beach Resort, que é pé na areia e ainda tem uma piscina linda em frente ao mar. 


 piscina do Papagayo Beach Resort

Restaurante Tinto

Ficamos numa cabana maravilhosa no Restaurante Zest por 40 florins, com direito a toalhas e 1 garrafa de água. 

Almoçamos por 44 florins no Zest: vegetais grelhados, mozzarela sticks e calamares fritos + cerveja e refri.

Não pode levar sua própria comida e bebida para consumir na praia, pois, afinal, você inevitavelmente estará em um restaurante, e a fiscalização é efetiva.




cardápio

 nossa cabaninha dos sonhos





as espreguiçadeiras de 6 florins

Jan Thiel tem até Beach Kids Club


A praia tem um deck flutuante que é uma delícia. Fiquei horas lá, curtindo a paisagem (outra praia que também tem um deck flutuante bem legal é a Portomari). 

Infelizmente, embora o Peg estivesse super empolgado, não tínhamos feito reserva para o flyboard, e eles estavam com todos os horários já agendados naquele dia, porque um famoso canal de televisão alemão estava lá gravando uma matéria.

Foi bem engraçado, porque nenhum dos 2 apresentadores alemães conseguiu ter um desempenho minimamente apresentável, então eles acabaram chamando o CJ, que é um gurizinho nativo, de uns 12, 13 anos, que deu um show de flyboard para eles poderem filmar!




Nem preciso dizer que, depois do show do CJ, o Peg ficou ainda mais empolgado, né???

Claro que acabamos fazendo uma reserva e voltando no dia seguinte!

Foi até legal, porque assim curtimos a praia bem tranquilos o dia inteiro e tenho que dizer: embora seja uma praia "feita", como várias em Curaçao, aliás, ela foi muito bem feita! 

O mar é daquele azul turquesa incrível e a única coisa com a qual você tem que se preocupar lá é o protetor solar!





O flyboard custa U$ 139 por pessoa (245 florins). 

Fomos novamente direto para Jan Thiel Beach depois do café da manhã. 

Se você tem uma reserva com o Zapata Flyboard, não precisa pagar para entrar na praia, é só dizer que tem a reserva naquele horário. 

São 10 minutos de instruções fora e dentro da água e depois mais 40 minutos "brincando" com a geringonça na água! 

Com o Peg foi uns 20min fora da água e mais de 1h na água! Isso aconteceu provavelmente porque o Peg mandou muito bem (não preciso ser modesta por ele, né???), e eles não tinham mais ninguém marcado naquela manhã, então percebemos que eles dão uma espichada no seu horário e aproveitam pra fazer "propaganda" do troço para as outras pessoas que estão chegando na praia. 






Fica uma baita platéia assistindo e é assim que as pessoas vão ficando com vontade de fazer também - então quando tem um cliente que "pega" de primeira e manda bem, aquilo é a maior propaganda para os outros possíveis clientes que estão chegando e assistindo na praia. 

O instrutor é ótimo, mas não fala nada de espanhol - e você precisa entender bem as instruções para fazer direitinho - então é imprescindível falar bem inglês ou ter alguém que possa traduzir por perto. Mas depois, dentro da água, é só você e o instrutor, então só falando inglês mesmo! 

O Peg adorou. Diz que se sentiu o próprio Neil Armstrong caminhando no ar. Disse também que a sensação é muito mais legal que a de fazer snowboard

Enfim, ele achou que, mesmo sendo um programa bem caro, valeu o investimento!








E eu? Eu não fiz! Primeiro que eu sou muito, mas muiiiiiiito ruim de esportes em geral - ao contrário do Peg, que se dá bem de primeira em qualquer esporte que resolva praticar!

Em segundo lugar, era uma brincadeira muito cara, então, com essa alta do dólar bem na época da nossa viagem, combinamos que cada um escolheria seu programa preferido para "esbanjar": o Peg foi no flyboard e eu, no dia seguinte, fui nadar com os golfinhos, experiência maravilhosa que eu contei neste post aqui!


curtir essa praia foi mais do que suficiente!

A vantagem da nossa combinação foi que pudemos filmar e fotografar um ao outro - outra economia, além da certeza de que teríamos boas fotos e vídeos, sem depender de terceiros :)

Se é fácil? 

Olha, todo mundo que nós vimos tentando conseguiu pelo menos parar de pé, mas o único que realmente subiu uns 5, 6 metros, foi o Peg (de todos que eu assisti). 

Todas as outras pessoas não passavam dos 3 metros de altura. A altura máxima que a geringonça te leva é a 18 metros, teoricamente, que é o comprimento do tubo, mas ninguém realmente sobe a toda essa altura, porque seria uma queda bem perigosa, né???

É justamente por causa da possibilidade de uma queda perto dos corais (que existem no fundo do mar por ali) que é obrigatório o uso de capacete!

Mesmo o CJ, que é craque e foi lá justamente fazer uma demonstração, subiu só uns 9 metros

Em resumo: vimos até senhoras saindo da água equilibradas na prancha e se divertindo, então não é que seja muito difícil - o difícil é mandar bem, mas acho que qualquer um (até eu!) conseguiria se divertir!


olha como ele já estava até arriscando uns mergulhos!?! 
(isso é uma das manobras do flyboard)


equilibrando e fazendo selfie!






Além das muitassssss fotos, também fizemos um pequeno vídeo com a performance do Peg - não deixe de assistir para entender melhor como funciona o flyboard!

Não esqueça de selecionar a opção para assistir em 1080p HD (alta definição)!

Detalhes técnicos: todas as imagens deste vídeo foram feitas com as nossas câmeras GoPro Hero 3 Black Edition Nikon D5000.  

edição do videoclipe foi feita com o software Sony Vegas Pro 12.

Veja o videoclipe de 2 minutos aqui:



Música: ES_Dubby Steps 10 - Niklas Gustavsson.

Vocês podem ver que o instrutor fotografou filmou um pouco dentro da água com a GoPro (ele que se ofereceu, e achamos que ele mandou bem!) e o Peg outro pouco, mas ele disse que é muito difícil se equilibrar ali e ainda se preocupar em filmar!

Eu fiquei com a Nikon D5000 fora da água no tripé, mas achei que foi uma péssima ideia - teria sido muito melhor se tivéssemos usado a velha JVC de guerra, que funciona muito melhor com o zoom - com a D5000 eu não consegui aproximar mais a imagem :(

E aí, o que você achou? Queremos a sua opinião honesta sobre os nossos vídeos!

Veja também algumas fotografias (abaixo) feitas com a GoPro - é interessante para entender bem a diferença das fotos que se consegue fazer com essa máquina, dentro da água, e as outras:











Escolha outros videoclipes para assistir - já são mais de 70 (!!!) no nosso canal no YouTube! Ainda não se inscreveu lá?? Faça isso djá :)

Assista também os vários vídeos que já estão lá no nosso canal no Vimeo!




Quer saber mais sobre a GoPro Hero 3? Veja esse post e este post, onde explicamos tudinho sobre essa câmera. 

Também explicamos tudinho sobre os equipamentos de foto e vídeo que nós usamos.

Você já esteve em Curaçao? Fez flyboard? Quais as suas praias favoritas? Conte pra gente, deixe a sua dica na caixa de comentários!

Nos próximos posts, muito mais dicas das nossas operações #PVemCuraçao#PVemLima #PVemBogota

Acompanhe as hashtags acima no nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro e veja lá muitas das nossas dicas de Curaçao (e fotos lindas!) em #PVemCuraçao!



Nós nos apaixonamos pelo Sunscape Curaçao! Clique para conferir as tarifas e fazer a sua reserva!  

Se quiser se hospedar em Jan Thiel, essa praia linda do post, e ficar bem pertinho do flyboard, dê uma olhada no Papagayo Beach Resort e no Livingstone Resort.




Preparativos para a viagem a Curaçao, Lima e Bogotá

Aluguel de carro em Curaçao

Sunscape Curaçao - um resort all inclusive paradisíaco no Caribe

Frangipani Apartments - nossa casa alugada em Curaçao

Curaçao - tour por 8 praias incríveis - dicas e roteiro

Todos os nossos posts sobre Curaçao

Casa Fanning Hotel - dica de hospedagem BBB em Lima, Peru

Todos os nossos posts sobre Lima e o Peru

Hotel Casa Deco - dica de hospedagem no centro histórico de Bogotá

Dicas da nossa viagem pela Colômbia com o Lipe bebê

Todos os nossos posts sobre Bogotá e a Colômbia

Todos os nossos posts sobre San Andrés, na Colômbia

Todos os nossos posts sobre Barbados


Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebooke os vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!


Você também nos encontra aqui:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...