3 de abril de 2015

transporte público X aluguel de carro em Curaçao - Blue Skies Car Rental

Como eu comentei no post sobre a organização da nossa viagem a Curaçao, após pesquisar um pouco na internet, uma coisa era dada como certa: é imprescindível alugar um carro para transitar pela ilha

Curaçao tem 444km2, mais ou menos o mesmo tamanho de Florianópolis, e as praias e pontos turísticos são distantes entre si, pois ilha tem 61Km de comprimento, e chega a ter 14Km de largura. 

Nós ficamos lá uma semana e rodamos exatos 450Km. Quando pegamos o carro, ele estava com 1093Km e o devolvemos com 1543Km.


Imagina rodar tudo isso de táxi (que fortuna!?!) ou usando transporte público coletivo (que perrengue!!!)...

 O transporte público da ilha é feito pela companhia Autobus Bedrijf Curaçao, que utiliza ônibus supostamente amarelos ou azuis chamados de convoy, que somente param nas paradas regulares - digo supostamente porque li sobre eles, mas, na prática, não vimos NENHUM rodando pela ilha na semana que passamos lá!

Além disso, parece que existem vans, chamadas de bus, que param onde você quiser. Na cidade, passam de hora em hora, e fora da cidade têm menos frequência. Aos domingos, o serviço é ainda mais limitado. 

O preço das vans varia de acordo com o trajeto que a pessoa percorre - em média, custam 2,50 florins. Tudo isso na teoria, segundo informa o centro de informações turísticas, porque, de novo, na vida real, realmente não vimos muitas vans circulando por lá não...

O que nós vimos lá foram somente ônibus turísticos, desses abertos, que você paga para fazer o tour durante um dia inteiro, sabe?


Enfim, tudo isso pra reforçar que acho beeem mais indicado alugar um carro lá, pela nossa experiência. 

Não dá para contar com o transporte público em Curaçao sem contratempos - diferente de Lima e Bogotá, por exemplo, onde usamos apenas transporte público sem nenhum contratempo, e onde definitivamente não é recomendável alugar um carro!

Nas nossas pesquisas, acabamos descobrindo a empresa Blue Skies Car Rental, que tinha ótimas tarifas e um atendimento por email tão amistoso que logo fechamos com eles. 

Tornaram-se nossos parceiros, nos prestaram um ótimo serviço e, por isso, quero indicar eles para vocês. Sem falar que a Jennifer é uma simpatia! 


Para começar, uma informação importante, que todo mundo vai ter interesse em saber: o preço da gasolina, que custa 1,59 florins por litro. Considerando que o dólar vale 1,75 florins, faça as contas!

Outra informação importante: dirigir em Curaçao não é nada difícil (eu tirei de letra!). 

Em Barbados, por exemplo, o trânsito era mão inglesa, o que tornava tudo mais complicado, mas em Curaçao é tudo exatamente como aqui no Brasil, e as pessoas não têm pressa no trânsito, dirigem devagar e tranquilamente. 


O limite de velocidade nas áreas habitadas é 45Km/h, e entre 60 e 80Km/h em outros lugares. O único cuidado que você deve ter é justamente o fato de que o trânsito é como o de uma cidade pequena - as pessoas fazem curvas, giram em U ou param repentinamente, o que significa que é prudente manter certa distância. Além disso, em uma intersecção em T, o tráfego em curso tem prioridade na via.

Quanto à questão do estacionamento, nas praias e hoteis não há qualquer problema - os estacionamentos são enormes, com muitas vagas. 


Os únicos lugares que podem ser mais complicadinhos de achar vagas são Punda e Otrobanda, e mesmo assim nós não tivemos nenhum problema. 

Em Punda, estacionamos nas vagas do governo perto do Parlamento, pois depois das 16h30min, elas ficam liberadas. Em outra oportunidade, também não foi difícil encontrar uma vaga por ali onde pudemos estacionar de graça - vimos parquímetros, mas não precisamos usá-los. 


Nos disseram que perto da Wilhelminaplein existem 2 estacionamentos supervisionados, que cobram 0,50 florins.

Em Otrobanda também foi fácil encontrar vaga para estacionar na rua principal, em frente ao restaurante do Hotel Estoril, onde paramos para jantar. Durante o dia, tem que pagar o parquímetro para estacionar por ali, veja nas fotos. 




Segundo nos informaram, no grande estacionamento gratuito Waaigat sempre tem espaço disponível. 

Lembre de sempre trancar as portas do carro e não deixar coisas de valor dentro dele - os mesmos cuidados que você tomaria em qualquer cidade brasileira!

Se você tiver um GPS, baixe o mapa de Curaçao nele - encontramos o mapa (gratuito) para baixar aqui

Foi o que nós fizemos, e não tivemos trabalho nenhum - o GPS funcionou perfeitamente e nos levou a todos os lugares, embora, às vezes, tivéssemos alguma dificuldade em encontrar os nomes holandeses para colocar no aparelho kkkkk...

A sinalização de trânsito também é muito boa e existem placas espalhadas por toda a ilha sinalizando as direções dos pontos turísticos


As corridas de táxi, pelo que eu entendi, são caras, e os taxistas não gostam muito de negociar valores. Essa é uma opção de transporte para usar poucas vezes, porque o custo não costuma ser interessante. 

Nós usamos táxi apenas 2 vezes, mas o preço das nossas corridas já estavam incluídos no aluguel do carro: foram os transfers do aeroporto até a sede da Blue Skies Car Rental em Otrobanda e, novamente, na volta do escritório para o aeroporto, depois que entregamos o carro. 


Esses transfers foram organizados para nós pela própria Jennifer da Blue Skies, e achamos que compensou muito - nem ficamos sabendo dos valores, pois pagamos tudo junto com o aluguel do carro. 


O voo de Bogotá para Curaçao com a Avianca durou 2hs e Curaçao tem 1h a mais de fuso horário. Mas havia um mega congestionamento de aviões aguardando para decolar em Bogotá, o que acabou atrasando nosso voo em mais de 1 hora! Saímos da Colômbia as 15hs e chegamos às 19hs em Curaçao.

Depois de fazer a imigração e pegar as mochilas, saímos do saguão do aeroporto e logo vi o motorista do táxi do nosso transfer aguardando pela gente com uma placa com nossos nomes. Ele buscou o táxi e cruzamos a ilha até a Blue Skies Car Rental


A sede da locadora, como eu disse, fica em Otrobanda, praticamente embaixo da Ponte Rainha Juliana. Bem na frente do escritório, fica atracado o navio daquela igreja da Cientologia, que o Tom Cruise visita sempre que vai a Curaçao, como nos contou a Jennifer


Na noite que chegamos lá, a galera estava tendo uma festinha a bordo do navio - foi divertido ver os locais chegando todo "embecados" para a festa. 

Pagamos o valor acertado, assinamos o contrato e aproveitamos para comprar uma placa de carro de Curaçao por 8 dólares (eles vendem na locadora) - foi o melhor souvenir que conseguimos de Curaçao!



A Jennifer nos deu um mapa da ilha e algumas informações que pedimos e nos acompanhou até o nosso carro que estava no estacionamento ao lado do pequeno escritório. Em menos de 10 minutos estava tudo resolvido. 


Acho muito bom quando a gente consegue privilegiar os negócios locais, como nesse caso. Ao invés de alugar de uma grande locadora internacional, é legal quando a gente consegue fazer um bom negócio com uma pequena empresa local. 

E, pelo jeito, a Blue Skies é grande em Curaçao: vimos dezenas de carros deles zanzando pela ilha - só no estacionamento do nosso flat - Frangipani Apartments - haviam 3 outros carros da mesma locadora!


Era fácil de disntinguir os carros da Blue Skies pela pintura. 

Nós adoramos o nosso - pequeno mas super confortável, automático, com ar condicionado, direção hidráulica, fechamento automático das 4 portas, vidros elétricos...

Eles têm 2 opções de carros disponíveis: o nosso, Hyundai Getz, ou Tucson

Em casa, eu tenho uma Tucson, mas para os nossos passeios em Curaçao nós ficamos com o pequeno Getz, que foi mais do que suficiente!





Quanto aos seguros, ele oferecem 3 opções diferentes: own risk, basic (com franquia de U$ 300) ou all cover (sem franquia para usar). 

Nós escolhemos o all cover para ficarmos bem tranquilos, porque a diferença entre o seguro total e o own risk era de U$ 50, então achamos que valia a pena pagar esses 50 dólares para ficarmos 100% tranquilos e assegurados.

As opções de pagamento são dinheiro (dólares ou florins) ou cartão de crédito, sempre no primeiro dia do aluguel. 

A gente recebe o carro com o tanque cheio de combustível e tem que devolver também com o tanque cheio. 

Ah, e se você quiser arrematar a sua viagem a Curaçao com um dos melhores passeios da sua vida, veja os voos de helicóptero que eles também oferecem sobre a ilha! Nós voamos de helicóptero em New York e na Ilha Sul da Nova Zelândia, e essas foram algumas das experiências mais incríveis das nossas vidas!



Para reservar, mande um email com as datas da sua locação e negocie com a Jennifer: drive@blueskiescarrental.com

Diga que você viu a indicação aqui no blog e peça um desconto especial para leitores do pequeno viajante - quem sabe não rola um descontinho??? Não custa tentar, né?

Você já esteve em Curaçao? Alugou carro? Que meio de transporte você usou? Conte pra gente!

Nos próximos posts, muito mais dicas das nossas operações #PVemCuraçao#PVemLima #PVemBogota

Acompanhe as hashtags acima no nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro.



Preparativos para a viagem a Curaçao, Lima e Bogotá

Todos os nossos posts sobre Curaçao

Todos os nossos posts sobre Lima e o Peru

Todos os nossos posts sobre Bogotá e a Colômbia

Todos os nossos posts sobre San Andrés, na Colômbia

Todos os nossos posts sobre Barbados



Mais fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebooke os vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!


Você também nos encontra aqui:


2 comentários:

  1. Eu estive em Curaçao em Novembro do ano passado e com certeza alugar carro é a melhor opção. Também não vi ônibus circulando pela cidade e por vezes me perguntei como as pessoas faziam para ir e voltar do trabalho se não tivessem carro (rs............).

    Eu me hospedei no Renaissence e uma boa dica de estacionamento é lá. Ao lado do hotel tem um edifício estacionamento. Não se paga nada e a localização é excelente. Vc deixa o carro ali com segurança e vai andando para os principais pontos turísticos da região. A entrada para o estacionamento é pela lateral do hotel. Vc passa por uma cancela (fica um guarda ali abrindo e fechando a cancela, mas ele não pergunta absolutamente nada. Vc chega com o carro e ele abre a cancela).

    Saudades deste lugar. Amei muito !!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Maitê, que bom que tu lembrou disso! Eu ia colocar essa info no post e esqueci! Nós deixamos o carro lá também, numa noite em que fomos jantar no Rif Fort! Só ficamos em dúvida se era sempre de graça ou só à noite, porque não nos cobraram nada, mas tinha uma plaquinha com os preços!
      Obrigada pela dica!
      Bjos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...