Sobre

Sobre

Recentes

Menu

Zaanse Schans, Holanda: o melhor bate e volta de Amsterdam

Planejando um bate e volta de Amsterdam até Zaanse Schans, na Holanda? Aqui você vai encontrar tudo o que precisa para aproveitar a sua visita ao lindo vilarejo holandês de Zaanse Schans.
Zaanse Schans, Holanda: o melhor bate e volta de Amsterdam

Em setembro/2019 embarcamos (eu, minha mãe e irmã) para uma #girlstrip pela Europa, que incluiu Holanda, França, Inglaterra e Gales. 

Na nossa passagem pela Holanda, ficamos em Amsterdam, e decidimos fazer uma 'daytrip' até a fofura de Zaanse Schans.

Se você está planejando também um bate e volta de Amsterdam até Zaanse Schans, na Holanda, veio ao lugar certo. Aqui você vai encontrar tudo o que precisa saber para aproveitar a sua visita ao lindo vilarejo holandês de Zaanse Schans: como chegar, quanto custa, o que fazer, onde ficar e também o que comprar na típica vila dos moinhos da Holanda.  

Vambora?

Veja também:

Tudo sobre a Holanda
Quando estava pesquisando como ir de Amsterdam até Zaanse Schans, li em algum lugar na internet que dá para ir até lá com o ônibus expresso 891 saindo da parada da estação central de Amsterdam (dizia inclusive que o ônibus 891 é bem + rápido que o ônibus 391). 

Esse bus supostamente parte da estação central de Amsterdam a cada 30min, entre 9:30am e 4pm. 

Mas, a todos que perguntei em Amsterdam, do funcionário da estação à recepcionista do nosso hotel, todos recomendaram o trem, que é mais rápido e mais barato que o ônibus. 

Acho que a diferença é que, indo de trem, tem que caminhar 1,3Km da estação de trens até o local onde ficam os moinhos, mas o caminho é bem legal, por ruazinhas cheias de girassois🌻, e a gente atravessa a ponte levadiça e tem chance de ver casas-barco passando ali, então foi bem tranquilo e não nos importamos com a caminhadinha. 

Não sei dizer quanto teria que caminhar da parada do ônibus até o vilarejo dos moinhos - imagino que seja mais perto, por isso a maioria dos turistas opta pelo ônibus, mas eu recomendo o trem, porque qualquer economia de $$ e de tempo é sempre bem-vinda em uma viagem pela Europa, não é? 

Em resumo: fomos de Amsterdam até Zaanse Schans num bate e volta de trem, que pegamos na estação central de Amsterdam, depois de deixar as nossas malas no guarda-volumes da estação. 

Compramos bilhetes de trem ida e volta para Zaanse Schans na bilheteria da estação. É bem fácil comprar as passagens - todo mundo fala inglês perfeito na Holanda e, se o seu inglês não for grande coisa, basta entregar ao funcionário um papelzinho escrito 'Zaanse Schans' - não tem erro! 😏

Você deve pegar o trem que segue em direção a Uitgeest e descer na estação Zaandijk - Zaanse Schans (compre o bilhete de trem até esta estação). 

Os bilhetes de ida e volta de trem de Amsterdam até Zaanse Schans custaram 7,60 euros por pessoa, e a viagem de trem até lá leva menos de 20min

Barbada, né??

Alguém conhece um jeito + conveniente/barato de fazer este passeio bate e volta de Amsterdam até Zaanse Schans?? 

na estação central de Amsterdam, pegue o trem em direção a Uitgeest e desça na estação Zaandijk - Zaanse Schans

caminhe por esta ruazinha tomada de girassois até a vila de Zaanse Schans (pouco mais de 1Km)

Zaanse Schans, Holanda
Zaandam, Holanda

bilhetes de trem de Amsterdam até Zaanse Schans, na Holanda


atravesse a ponte levadiça sobre o rio para chegar ao vilarejo de Zaanse Schans, Holanda

atravessando a ponte levadiça para chegar a Zaanse Schans, Holanda 

ponte levadiça sobre o Rio Zaan

a ponte levadiça sobre o Rio Zaan levanta com frequência para deixar passar casas-barco que descem o rio

Quanto custa visitar Zaanse Schans 💰

Como a entrada em Zaanse Schans é gratuita e não podíamos fazer compras que não cabiam nas nossas bagagens de mão, nosso gasto foi de exatos € 7,60 por pessoa - apenas as passagens ida e volta de trem! 

E eu vi uns turistas pagando até 60 euros por um tour de ônibus até lá 😱

Se você é do tipo que morre de medo de fazer qualquer passeio sozinho, de forma independente, esta pode ser uma solução...mas eu acho tãoooo caro! 

Existem tours de ônibus de dia inteiro que partem de Amsterdam e visitam vários vilarejos nos arredores, como Marken e Volendam, por exemplo, incluindo Zaanse Schans no roteiro. 

O lado positivo destes passeios guiados é que você não precisa se preocupar com meios de transporte, comprar bilhetes, encontrar seu caminho...eles praticamente te levam pela mão. 

Os pontos negativos destes tours são o custo alto (mais do que o triplo que você gastaria fazendo tudo por conta própria) e a pressa: você tem a sensação de que está sempre correndo, tem 5min aqui, 10min ali...eu sempre tenho vontade de abandonar estes passeios na metade para poder ficar mais tempo em algum lugar que gostei. Para quem curte fotografar, é um Deus-nos-acuda!

A Barbara fez um destes tours guiados saindo de Amsterdam que incluiu Zaanse Schans, Volendam e Marken. Ela contou todos os detalhes aqui: 4 dias em Amsterdam com criança

Ah, e ela foi ao Keukenhof também! Se você tem interesse, não deixe de ler o post dela! 

Mas saiba que é perfeitamente possível fazer tudo isso de forma independente, por sua própria conta, no seu tempo, de ônibus, trem e balsa. Eu mesma já fui a Marken e Volendam também por conta própria, e foi super tranquilo e barato! 

Voltando a Zaanse Schans, veja preços de alguns itens lá:
  • garrafinha de água - € 2
  • aquarela pequena - € 4
  • souvenir de tamanquinho - € 1
  • ímãs de geladeira - € 2,50
  • ingressos nos moinhos cujas visitas são pagas - € 4,50 (adultos) e € 2 (crianças)
Achei os preços dos produtos à venda em Zaanse Schans, de um modo geral, até bem acessíveis, considerando que é um local mega turístico! Provavelmente isso se deve ao fato de que existem bastante lojinhas = bastante concorrência, então os preços acabam sendo justos (lembrando que são preços justos PARA EUROPEUS, que ganham em euros)!

Os banheiros públicos são pagos.

Em alguns dos moinhos de vento, você pode entrar gratuitamente para conhecer, e só vai gastar se comprar na lojinha. Nesse caso, comprar é legal, pois os €€€ arrecadados ajudam na manutenção desses incríveis prédios históricos.

Zaanse Schans é uma perdição para quem gosta de comprar lembrancinhas de viagem

Zaanse Schans, Holanda


Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
em alguns dos moinhos de vento, você pode entrar gratuitamente para conhecer, e só vai gastar se comprar nas lojinhas

Onde dormir em Zaanse Schans

Neste post eu recomendo um passeio bate e volta de Amsterdam até Zaanse Schans porque foi a forma que nós encontramos de visitar a vila, já que nossa passagem pela Holanda foi rápida. 

Mas, para quem tem mais tempo, é óbvio que a melhor opção é ir passar pelo menos 1 noite no vilarejo - deve ser demais estar lá depois que toda a turistada já foi embora, e assistir ao por do sol com Zaanse Schans inteira só pra você!

Deve ser como uma viagem no tempo!

Há um hotel localizado no vilarejo - Heerlijck Slaapen op de Zaanse Schans: é um bed & breakfast super bem avaliado no Booking, e eu adoraria passar uma noite lá!


Zaanse Schans, Holanda
dica de hospedagem em Zaanse Schans, na Holanda

Como é a vila de Zaanse Schans

Zaanse Schans é um bairro de Zaandam, na Holanda, bem pertinho de Amsterdam, conhecido por seus moinhos e casas históricas super bem preservadas dos séculos 17 a 19. 

Embora a Holanda tenha inúmeros moinhos espalhados por todo o país, são raros os lugares como Zaanse Schans e Kinderdijk, onde é possível ver vários deles num só local, conhecê-los por dentro e aprender sobre a história e utilidade dos moinhos de vento.


O vilarejo surgiu em 1574 às margens do Rio Zaan, que atravessa todo o parque, e hoje Zaanse Schans é reconhecida como Patrimônio Mundial da UNESCO.

O lugar era uma pequena vila, até que, entre 1961 a 1974, eles tiveram a preocupação em preservar os edifícios antigos de toda a região do Zaanstreek e levaram todos para a vizinhança de Zaanse Schans, onde foi tudo perfeitamente restaurado e hoje o vilarejo se tornou um museu ao ar livre, que atrai turistas do mundo inteiro em passeios bate e volta desde Amsterdam. 

Todos os moinhos históricos espalhados pela região e que já não eram mais utilizados nos lugares onde estavam foram desmontados e remontados em Zaanse Schans, ao longo do rio.

O bairro tem muitos moinhos em funcionamento (alguns deles transformados em museus e lojinhas de produtos típicos), tamancos, vaquinhas, ovelhas, cabras e galinhas pastando, as pessoas que trabalham nas lojas usam roupas típicas, e você ainda verá stroopwafels, bicicletas e queijos holandeses! 

É como se fosse um pequeno 'resumo' da Holanda num só lugar, uma 'mini-cidade', onde você vai passeando e aprendendo sobre a cultura e as tradições holandesas, a história do país, as construções típicas e os moinhos centenários.

Ainda existem ali algumas poucas casas habitadas, cujos moradores devem ter dificuldades em levar uma vida normal com milhares de visitantes todos os dias circulando pela vila.

No total são 35 edificações históricas, sendo que a casa mais antiga - Het Jagershuis - que hoje é uma loja de antiguidades, foi construída em 1623 e levada para Zaanse Schans em 1962. 

Os moinhos de Zaanse Schans eram utilizados para funções bem diferentes, como moer grãos ou extração de óleos. Cada um deles tem um nome, e eles são de épocas desde os 1700 até os 1900. 

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans se tornou um museu ao ar livre

Zaanse Schans, Holanda
um Patrimônio Mundial da UNESCO cheio de cantinhos fotogênicos 

os pequenos viajantes vão gostar de ver os animais soltos por ali

Zaanse Schans, Holanda
muitas ovelhas do tipo 'fofinhas' pastando

cabras em Zaanse Schans

Zaanse Schans, Holanda
as pessoas que trabalham nas lojas de Zaanse Schans usam roupas típicas

Zaanse Schans, Holanda

interior de um moinho que visitamos em Zaanse Schans, na Holanda

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

O que fazer em Zaanse Schans

Para quem chega em Zaanse Schans vindo de Amsterdam de trem como nós, a dica é 1º ir pela beira da água até o final da trilha dos moinhos. 

Os moinhos, que ficam na beira da água, podem ser visitados - alguns gratuitamente - mas outros são pagos, pergunte antes de ir entrando porta adentro! Eles funcionam como museus e lojas.

Ingressos para os moinhos cujas visitas são pagas custam € 4,50 para adultos e € 2 para crianças.

Depois, volte pelo mesmo caminho e entre no 'bairrinho', onde ficam algumas pontes de pedestres sobre os canais, casinhas típicas holandesas, lojas de tamancos e de queijos, restaurantes e uma mini fazendinha com animais.

O mapa abaixo dá uma boa ideia de como é Zaanse Schans: o vilarejo é a área que fica na parte verde de cima do mapa; na parte amarela, do lado de baixo do rio, está a cidade de Zaandam. 

Na parte verde, à direita, onde o terreno é recortado por canais, é onde estão localizadas as construções que fazem parte do museu ao ar livre. Ao longo do rio, um ao lado do outro, estão situados os moinhos históricos.

Zaanse Schans, Holanda
mapa de Zaanse Schans, na Holanda

Os pequenos viajantes vão adorar ver as ovelhas, cabras e galinhas passeando tranquilamente por ali, sem falar que há bastante espaço para as crianças correrem e gastarem as energias, mas tome cuidado, quando estiver perto da água e dos canais, pro seu pequeno não resolver 'tomar um banho' - não existem cercas de proteção, então fique de olho!

Nas lojas também, cuide pro seu pequeno não quebrar nada - a regra é a velha "quebrou, pagou!"

E mais uma dica para que viaja com malinhas como nós: se seu filhote tiver até 6 anos, leve carrinho nesta viagem! Nós levamos carrinho em todas as viagens até o Lipe fazer 6 anos e começar a se 'recusar' a andar de carrinho porque 'não era mais bebê'! 😝

Pensando bem, acho que em quase todas as nossas fotos de Amsterdam com o Lipe, ele está sentadinho bem faceiro no carrinho dele!

Zaanse Schans é plana e asfaltada, e se o pequeno cansar de caminhar, o carrinho salva!  

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
moinhos e construções históricas foram removidos de várias regiões da Holanda para Zaanse Schans

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans é uma 'mini-Holanda'


Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
ovelhas pastando livremente em Zaanse Schans, Holanda
Recomendo que você reserve pelo menos 3:30hs para esse passeio, saindo da Amsterdam Central Station e voltando para lá. Ah, e quanto mais perto das 9hs você chegar, melhor!

Explico: a vila de Zaanse Schans 'abre' as 9hs e, lá pelas 11hs, o lugar fica lotado, e aí é um embolamento só - hora de voltar para um passeio tranquilo de barco pelos canais de Amsterdam!

Nós chegamos lá bem cedo e ainda não haviam grupos de turistas (daqueles que chegam de ônibus em hordas, como expliquei antes). Estava uma maravilha para passear e fotografar! 

Depois de quase 3hs explorando tranquilamente o vilarejo Zaanse Schans, o lugar começou a ficar superlotado de turistas em bandos, e aí percebemos que era hora de ir embora de volta para Amsterdam, antes que a gente acabasse se decepcionando com o vilarejo maravilhoso e super tranquilo que havíamos acabado de conhecer!

Ah, e mais uma dica:

Tem muitos restaurantes e quiosques para quem quiser fazer uma refeição no bairro de Zaanse Schans, tudo muito bem sinalizado e fácil de transitar. 

Eu não saberia dizer sobre os preços, nem se vale a pena almoçar lá, porque não comemos em Zaanse Schans e não cheguei a espiar os cardápios. 

Dá para alugar bicicleta também, informe-se!

Zaanse Schans, Holanda
chegue bem cedo, pois, na metade do dia, Zaanse Schans começa a ficar lotada - hora de ir embora!

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
3hs é tempo suficiente para explorar tranquilamente o vilarejo Zaanse Schans e fazer muitas selfies!

Museu dos Tamancos e outros museus em Zaanse Schans

Essa dica eu sei que não é para todo mundo - afinal, nem todo mundo se interessa por tamancos (em holandês, 'klompen') - mas eu gostei tanto que quero deixar a recomendação aqui: a loja de tamancos De Vrede tem um mini museu lindo na entrada sobre a história destes calçados tipicamente holandeses - não deixe de espiar! 

Achei super interessante! 

Nunca imaginei que um mini museu dedicado exclusivamente aos famosos tamancos holandeses pudesse ser tão legalzinho! Estou frisando isso porque percebi que a maioria dos turistas passa reto por ali ao entrar na loja, sem sequer olhar para os lados, e nem imaginam que tem tanta história ali naqueles pares de sapatos!

Tem tamancos de séculos passados - antiquíssimos - verdadeiras obras de arte esculpidas em madeira, em exibição lá!

Ah, e tem também uma demonstração super legal do marceneiro sobre a produção de tamancos!

Funciona assim: depois de passar pelo longo corredor onde estão expostos diversos tipos de tamancos (tamancos de trabalho, tamancos de 'fim de semana', tamancos de cada região do país) e a história da evolução destes calçados, a gente chega na parte onde acontecem os diversos workshops durante o dia. 

Ali, um marceneiro especialista em tamancos explica ao vivo como os tamancos são feitos, como são usados, etc. 

Vale a pena, é tudo grátis, dentro da loja De Vrede!

Além do Museu dos Tamancos, Zaanse Schans possui vários outros museus nas construções históricas: 
  • Museu do Relógio
  • Museu das Especiarias Albert Hejin (localizado numa réplica da 1ª loja de Albert Heijn, a partir da qual surgiu a famosa cadeia de supermercados holandesa) 
  • Museu Het Noorderhuis (numa moradia típica do século 19, com móveis e itens decorativos da região)
  • Museu Zaans (sobre a história do local)
  • Museu do Pão, que fica situado numa padaria do século 18
Zaanse Schans, Holanda

Museu dos Tamancos em Zaanse Schans, Holanda



Zaanse Schans, Holanda
tamancos de uma noiva de Marken de 1907

oficina com marceneiro especialista sobre a produção de tamancos

Zaanse Schans, Holanda
tamancos de todas as cores e tamanhos à venda em Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans ou Kinderdijk?

O lugar - Zaanse Schans - é tão lindo que parece uma pintura - e na verdade é um pouco 'cenário' e um pouco 'fake' sim, mas, se você estiver de passagem por Amsterdam e não tiver muito tempo para passear pelo interior do país e ver moinhos de vento mais autênticos (amei os de Kinderdijk!), acho que vale muito a pena ir até Zaanse Schans, para ver um pouquinho dos costumes e tradições do interior da Holanda a apenas 17min do Red Light District de Amsterdam!

A maioria dos turistas que vão à Holanda querem ver de perto os ícones do país, os moinhos de vento. 

Se você tiver mais tempo, recomendo demais que vá até Kinderdijk, onde os moinhos são mais originais e, como a localização é bem mais remota (mais distante do burburinho de Amsterdam), não tem metade dos turistas que você vai encontrar em Zaanse Schans. 

Escrevi um post completo sobre a nossa visita a Kinderdijk, na Holanda:


E saiba também que é possível encontrar moinhos em praticamente qualquer vilarejo ou cidade holandesa, é só saber procurar - normalmente eles ficam nos arredores, fora do centrinho histórico. 

Em Utrecht, por exemplo, conhecemos um moinho de 1913 que fica no meio da cidade, uma visão incrível. Como não é tão perto do centro histórico, para chegar lá recomendo usar algum meio de transporte - uma bike é uma grande ideia! Nós fomos de motorhome! 

Estacionamos o motorhome a menos de 300m do imenso moinho na Adelaarstraat pagando € 3,50 por 1h no parquímetro. O nome do local é Molen Rijn en Zon. 

Veja aqui nosso post completo sobre Utrecht:


Zaanse Schans, Holanda


Zaanse Schans, Holanda
eu só queria saber porque a minha irmã, ao invés de fazer pose, resolve tirar os sapatos bem na hora da foto...

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
o paisagismo em Zaanse Schans é lindo, com um aspecto 'selvagem'

Zaanse Schans, Holanda
achei incrível aquele prédio histórico todo revestido de telhas, vocês perceberam??

Zaanse Schans, Holanda
casinhas históricas remontadas em Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
Zaanse Schans, Holanda

O que comprar em Zaanse Schans

Para quem não resiste a um souvenir ou lembrancinhas de viagem, um bate e volta de Amsterdam até Zaanse Schans é uma verdadeira perdição!

O lugar é praticamente um 'shopping center do passado', já que quase TODOS os moinhos e construções do vilarejo abrigam algum tipo de lojinha - mesmo aqueles que são museus sempre têm alguns produtos à venda!

Aproveite também para experimentar alguns produtos típicos holandeses nas degustações - várias lojas oferecem degustações dos produtos à venda, coisas deliciosas! Se não tem espaço na mala, existem várias comidinhas que são legais de comprar para fazer lanchinhos no hotel à noite!

Vou colocar abaixo fotos de alguns produtos que fiquei louca para comprar lá! Hoje em dia, quando eu sinto muita vontade de comprar alguma coisa que não cabe na minha mala, tiro fotografias daquilo que eu gostaria de comprar, e isso tem o efeito de saciar a minha fome consumista. Depois de fotografar, parece que aquilo já é meu...

Coisa de gente louca? Pra mim é uma super evolução e economia hahahahaha...

Se você tiver mais espaço na mala do que nós (viajamos apenas com bagagem de mão), aproveite e se delicie! Só não vá escorregar na maionese e inventar de comprar um tamanco de madeira tamanho 42 como este que a minha irmã estava cogitando levar kkkk...eles definitivamente não cabem na bagagem de mão!

Zaanse Schans, Holanda
não, Anália, acho que não cabe na tua bagagem de mão hehehehe...

produtos regionais à venda em Zaanse Schans, Holanda

  
Zaanse Schans, Holanda
esses bonequinhos com roupas típicas holandesas se beijando são uma febre entre os souvenirs à venda em Zaanse Schans
  
Zaanse Schans, Holanda
porcelanas holandesas à venda em Zaanse Schans

Fábrica de queijos em Zaanse Schans

Além da loja e fábrica de tamancos sobre a qual já comentei acima, não deixe de entrar também na fábrica de queijos, a mais disputada de Zaanse Schans, sempre lotada de gente!

A queijaria vende produtos maravilhosos e, como expliquei antes, dá para degustar gratuitamente todos os queijos da região!

Eles também oferecem oficinas grátis explicando como o queijo ainda é feito, de maneira tradicional.

A entrada é grátis e os queijos, hummmm...

Zaanse Schans, Holanda
mulher com roupas típicas na queijaria em Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda

Zaanse Schans, Holanda
degustações dos produtos típicos holandeses à venda em Zaanse Schans

Chip de celular para usar na Holanda

Durante a nossa viagem pela Holanda, Inglaterra, País de Gales e França, usamos o chip de celular da EasySim4U no plano 4G Europa o tempo todo, e funcionou super bem - vocês viram a quantidade de stories que eu fiz, né!!

Recebi o chip em casa pelo correio (levou uns 4 dias para chegar), coloquei no celular dentro do avião, ativei os dados móveis e já chegamos na Europa conectadíssimas, usando o Google Maps desde o aeroporto de Amsterdam!

Nós não vendemos chips de celular através do blog - nem nenhum outro produto ou serviço, pois o pequeno viajante é um blog que não visa lucro, é apenas um passatempo nosso mesmo - então dê uma olhada direto lá no site deles - EasySim4U - para ver como comprar esses simcards e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar. 

No site tu encontras os preços dos planos que eles oferecem de acordo com o destino e com os planos de dados e voz que forem mais apropriados para a tua viagem.

Chip de celular para usar na Holanda
Chip de celular para usar na Holanda

Conheceu Zaanse Schans? Num bate e volta de Amsterdam?

Nós adoraríamos ter as suas contribuições aqui no blog! Deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários, por favor!

Durante as nossas viagens pela Holanda, usamos as hashtags #PVnaEuropa e #LipenaEuropa nas nossas redes sociais 😊 

Fiz várias pastas de "destaques" desta viagem lá nos stories do Instagram - espia lá que tem muitas dicas úteis!


Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá! 

Você também nos encontra aqui:

Share

Claudia Rodrigues Pegoraro

Comente este Post:

0 comentários: