27 de julho de 2016

Buenos Aires bairro a bairro - 20+ atrações que você não pode perder no centro da capital argentina

casa rosadaBuenos Aires é uma cidade imensa, dividida em vários bairros com nomes conhecidos como La BocaPalermoAbasto, Recoleta, San Telmo, Puerto Madero e assim por diante. 

Além de todos esses bairros turísticos, há uma zona, no centro da cidade, que, para mim, é a primeira que qualquer visitante deve conhecer - é lá que ficam os ícones da cidade, aqueles pontos turísticos que a gente precisa conhecer para dizer que conheceu Buenos Aires - não dá pra dizer que esteve na capital porteña sem uma selfie na Casa Rosada, não é??? Seria como ir a Paris e não ver a Torre Eiffel :)


Posso até voltar a Buenos Aires e não ir à Boca ou a San Telmo, mas seria inviável ir lá e não dar uma voltinha pela Plaza de Mayo


Então esse post vai ser sobre essa área central da cidade, entre Monserrat, o Congresso, San Nicolás e o Retiro, onde você vai encontrar os passeios básicos, aqueles onde o turista de 1ª ou de 10ª viagem sempre quer ir para ver os cartões postais da cidade! 


casa rosada
a obrigatória selfie na frente da Casa Rosada :)

É um passeio bem variado, com dicas que vão de um café famoso a um show de tango BBB, de praças a museus, de monumentos a dicas de compras, tem teatro, igreja, palácio, lindas vistas e até uma farmácia - enfim, é um pouco de tudo o que Buenos Aires tem de melhor a oferecer!

Veja também os outros posts já publicados da nossa série Buenos Aires bairro a bairro:

* Buenos Aires com crianças

Observação: vocês vão perceber, ao longo do post, que tenho muito mais fotos de alguns lugares do que de outros - isso se deve ao fato de que já estivemos em Buenos Aires muitas vezes, mas, nas visitas anteriores, eu não tinha o blog, então nem lembrava de tirar muitas fotos...

Quase todas as fotos que vocês verão abaixo são da nossa última viagem, mas, como não voltei a todos esses lugares em abril de 2016, tive que usar também algumas fotos mais antiguinhas, que desencavamos das nossas viagens pré-Lipe!

O importante é que são todos lugares testados e aprovados por nós pessoalmente, com ou sem fotos bonitas :)


buenos_aires_argentina

Praça de Maio 

Esta plaza é o centro da vida política argentina há quase 300 anos, palco de incontáveis manifestações populares, culturais, panelaços, passeatas e protestos em geral, como o das famosas Mães da Praça de Maio, que, há mais de 30 anos, com lenços brancos na cabeça, reclamam os filhos desaparecidos nos porões durante a ditadura militar argentina e o dos veteranos da Guerra das Malvinas.

A praça está cercada por alguns dos principais edifícios da cidade, sobre os quais falaremos mais adiante, como a Casa Rosada, a Catedral, o Museu do Bicentenário, o Banco da Nação e o Cabildo, mas ela não só está cercada de pontos turísticos - ela É um deles, talvez um dos mais importantes, historicamente falando. 


Cuidado com os pombos :)


buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina


buenos_aires_argentina
o Cabildo também fica na Praça de Maio

manifestações na Praça de Maio

buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina
metrô na Praça de Maio - lá eles chamam de "subte"

buenos_aires_argentina
o Banco da Nação também fica numa das esquinas da Praça de Maio

Casa Rosada

A Casa Rosada é uma parada obrigatória em Buenos Aires, o grande cartão postal da cidade. 

Localizada na Praça de Maio, rodeada por outros prédios históricos, a Casa Rosada foi inaugurada em 1898 para servir de sede ao governo da Argentina, função que mantém até hoje. 


Há uma troca de guarda que acontece em determinados momentos do dia, mas, como os horários variam muito, nem vou colocar essa informação aqui, que logo estará ultrapassada - na última vez que estivemos em BsAs, nós acabamos assistindo a uma das solenidades sem querer - informe-se com um dos guardas que ficam fazendo a ronda por ali. 



buenos_aires_argentina


Existem 2 versões completamente diferentes para a cor do prédio da Casa de Gobierno - escolha a sua preferida:

1) é uma referência à conciliação política, já que as cores dos partidos rivais no século 19 eram branca e vermelha; 

2) é uma mistura de cal e sangue de boi, usada para impermeabilizar as paredes.



buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina

Os jardins são cheios de palmeiras imperiais, e vale a pena fazer a volta completa no quarteirão (imenso), para ver a parte de trás do prédio - coisa que quase ninguém faz! 

Existem visitas guiadas grátis, nos finais de semana e feriados, mas a única maneira de participar de uma delas é fazendo uma reserva prévia pela internet - tentei fazer lá, na hora, e não consegui :(


Faça a sua reserva aqui


Entre os moradores mais ilustres, Juan Domingo Perón e Evita Perón - você deve ter assistido o filme Evita, de 1996, protagonizado por Madonna e Antonio Banderas, em que, segundo dizem, a Casa Rosada serviu como set de filmagem.



buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina

buenos_aires_argentina
a Casa Rosada vista pelo lado de trás

buenos_aires_argentina

Museo do Bicentenário

Exatamente ao lado da Casa Rosada, na Praça de Maio, fica o lindo Museo del Bicentenario, também conhecido como Museo de la Casa Rosada, inaugurado em 2011 no local que já foi sede do Forte de Buenos Aires, no século 18, e da Aduana Taylor

Se você está de frente para a Casa Rosada, caminhe para o lado direito e você logo estará na frente do museu, que funciona de quartas a domingos, das 10 às 18hs, e a entrada é grátis!


O museu é muito bonito e bem organizado, super moderno, e conta a história da independência argentina, que já ultrapassou os 200 anos (período de 1810 a 2010). É, de fato, uma viagem de 200 anos pela história argentina. 


Recomendo muito a visita - reserve pelo menos uma hora para ver tudo com calma. 



museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

museo_del_bicentenario_buenos_aires

Catedral Metropolitana e o mausoléu

Ainda ao redor da Praça de Mayo, você vai encontrar a imponente fachada neoclássica da Catedral Metropolitana de Buenos Aires, pertinho da Casa Rosada, que nem parece uma igreja.

A obra foi inaugurada em 1791 e, na parte interna, preste atenção no piso de mosaico veneziano e no púlpito talhado em prata.



catedral_de_buenos_aires


A Catedral é sede da Arquidiocese de Buenos Aires, e já esteve sob a chefia do Papa Francisco.

Os restos mortais do líder da independência - o General San Martín - estão em um mausoléu lá dentro. 

El Libertador, como é mais conhecido esse que é um dos maiores heróis da América do Sul, ficou famoso por liderar as lutas pela independência do Chile, Peru e Argentina - o túmulo é super suntuoso e, por si só, já vale a visita. 


catedral_de_buenos_aires

Endereço: em frente à Praça de Maio, na esquina das ruas San Martín e Rivadavia.

Horário de funcionamento: de segundas a sextas, das 9 às 21hs, e sábados e domingos, 12 às 19hs. 

A entrada é gratuita




catedral_de_buenos_aires

catedral_de_buenos_aires

catedral_de_buenos_aires

catedral_de_buenos_aires

Manzana de Las Luces

A Manzana de Las Luces (Quarteirão das Luzes), compreendida entre as ruas Alsina, Moreno, Bolívar e Peru, recebeu este nome por causa da filosofia iluminista das escolas que ocupavam o conjunto de construções históricas.

A grande atração do lugar são uma rede de túneis subterrâneos com 5 metros de profundidade que conectam igrejas e edifícios públicos, construídos ao longo dos séculos 17 e 18.


Existem visitas guiadas de segundas a sextas, às 15hs, e aos sábados e domingos, às 15hs, 16h30min e 18hs. 


O preço é simbólico, bem baratinho, e o tour é grátis nas segundas-feiras.

Farmácia de La Estrella

Farmácia de La Estrella é a mais antiga da cidade, totalmente preservada, e ainda guarda o mobiliário original, pinturas do século 19, piso veneziano e cristais de murano.

Eu sei que parece estranho recomendar uma visita a uma farmácia, mas olha...vale a pena dar uma esticadinha da Praça de Maio até ali só para vê-la - é só uma quadra! - meu pai aproveitou e tomou até a vacina da gripe lá kkkkk... 


Ela também fica a apenas uma quadra da Manzana de Las Luces, na esquina das calles Defensa com Alsina. 


Horários: de segundas a sextas, das 8 às 20hs, e sábados, das 8 às 13hs. 

Do outro lado na rua, a bonita Igreja e Convento de San Francisco rende ótimas fotos :)



buenos_aires

buenos_aires

Igreja e Convento de San Francisco

Centro Cultural Kirchner

Vocês lembram da recente visita do presidente americano Obama a Buenos Aires, quando ele e a primeira-dama dos EUA dançaram tango com um casal de bailarinos argentinos num salão espetacular? Pois é, foi lá no novo Centro Cultural Kirchner

O prédio é antiquíssimo - era sede do antigo Palácio do Correio Central - mas foi lindamente restaurado e hoje é um centro cultural fabuloso - vale a visita! 


Se você estiver de frente para a Casa Rosada, pegue para a sua esquerda, e logo chegará lá - fica bem pertinho! 


Endereço: Rua Sarmiento, 151.





Café Tortoni

Nenhum turista de primeira viagem pode ir a Buenos Aires sem dar uma passadinha nesse famoso café. 

Café Tortoni, inaugurado em 1858, é considerado o mais antigo da cidade, e já foi ponto de encontro de políticos e artistas como Gardel, Jorge Luis Borges e García Lorca. 


Note que a Casa Rosada foi construída em 1898, ou seja, 40 anos depois!

Todo o mobiliário é original, com vitrais, lustres e espelhos. 




Pode entrar só para conhecer (às vezes tem fila) mas, se eu fosse você, pediria um churros - são famosérrimos! Os garçons até entendem português :) 


Abre todos os dias das 8h30min até a 1h. 


O endereço é Av. de Mayo, 825. Para chegar lá, vá caminhando pela Avenida de Maio em direção ao Congresso Nacional - o café fica entre as calles Suipacha e Esmeralda.

Eles têm shows de tango baratos - nós fomos uma vez e, para ser honesta, eu achei meio chatinho. Compre os ingressos com antecedência. 


show de tango no Café Tortoni
show de tango no Café Tortoni

Palácio Barolo

O Palácio Barolo foi inaugurado em 1923 e, por 12 anos, foi o edifício mais alto de Buenos Aires, com a sua conhecida mistura arquitetônica de estilos neogótico e neoromântico.

O projeto do arquiteto italiano Mario Palanti é cheio de referências à Divina Comédia, de Dante Alighieri, dividida em Inferno, Purgatório e Paraíso. 


Em Montevidéu, no centro, há um edifício no mesmo estilo, o Palácio Salvo, que foi criado pelo mesmíssimo arquiteto.  

Endereço: Avenida de Maio, 1370. 

Eles oferecem visitas guiadas.

Hoje, o prédio tem salas comerciais, mas, além da visita guiada, há uma outra maneira de conhecê-lo: visitando o seu mirante, para observar as vistas lindas da cidade do alto dos seus 100 metros de altura. 

O preço do ingresso depende do horário da visita (mais caro à noite, quando o farol está acesso), e eles têm até pacotes completos com tour e degustação de vinhos.

Horários de funcionamento: de segundas a sábados, das 12 às 20hs. 



Congresso e a Plaza del Congreso

O Congresso Nacional argentino lembra o congresso americano em Washington. Fica num prédio imponente, com uma enorme cúpula de cobre, no final da Avenida de Maio, a 4 quadras do Edifício Barolo

Assim como nos EUA, o congresso argentino também possui uma biblioteca imensa, com mais de 3 milhões de livros, segundo dizem. 

Eles oferecem visitas guiadas grátis - informe-se com antecedência sobre os dias e horários. Nós participamos de uma destas visitas há muitos anos e eu achei super interessante!

Na frente do Congresso há uma praça - a Plaza del Congreso - que não é tão famosa quanto a Plaza de Mayo, mas é mais bonita, na minha opinião.  




visita guiada no Congresso

Rua Florida 

A calle Florida é um calçadão exclusivo para pedestres no centro da cidade, que é o seu centro de compras, onde fica o comércio mais tradicional de Buenos Aires - o que garante que você verá mais brasileiros do que argentinos por lá hehehe...

O calçadão começa na quadra seguinte à Catedral Metropolitana e se estende até a Avenida Córdoba.

Lá você vai encontrar - além das hordas de brasileiros cheios de sacolas - lojas que vendem de cosméticos a móveis, de sapatos a eletrônicos, e marcas como Zara, Adidas, Puma, Nike, Prada, Lacoste, Christian Dior, Brooksfield, Reebok, Armani, Louis Vuitton e muitas outras. 



tango na esquina da Florida com Lavalle

Também vai encontrar muitos artistas de rua se desdobrando por umas moedas, dançarinos de tango nas esquinas (na esquina da Lavalle sempre tem!), cafeterias, bares, restaurantes, galerias, sorveterias, bancos, casas de câmbio, cinemas, hotéis e lojas de departamentos, como a famosa (chilena) Falabella, a maior loja de departamentos da Argentina, que tem mais de uma sede na mesma calle Florida

As minhas preferidas, claro, são a Falabella, que fica bem pertinho da Zara, nos nºs 665 e 651, respectivamente, e a Farmacity, no nº 474, entre Corrientes e Lavalle.

Um detalhe importante: fique ligado na sua bolsa, celular e tal, e muita atenção na hora de trocar dinheiro - a Florida é um antro de malandros! Depois não vai dizer que eu não avisei...

Ainda na Florida, você vai encontrar a Galeria Güemes e as Galerias Pacífico - mas essas são pontos turísticos por si sós, e por isso falarei delas mais detalhadamente a seguir.




uma das 'Farmacities' de BsAs

Mirador Galeria Güemes

Este mirador fica na calle Florida 165, dentro da lindíssima Galeria Güemes

Quando começou a ser construído, em 1913, esse era o edifício mais importante da época, com 14 pisos e 87 metros de altura, construído no estilo galeria, conectando as duas ruas (Florida e San Martín) com os seus 116 metros de comprimento. 


Ainda hoje, a galeria, que já abrigou teatro, cabaret, restaurante, lojas, lancherias e escritórios, é considerada um dos ícones do art noveau argentino. 


No terraço do 14º andar, você vai encontrar o mirador, que oferece vistas lindas da cidade ao seu redor. 


O mirante abre de segundas a sextas, das 9 às 12hs e das 15 às 18hs. 


O ingresso adulto custou 40 pesos, e o Lipe não pagou :)



Galeria Güemes





Galerías Pacífico e show de tango

Galerías Pacífico é, sem dúvidas, um dos shoppings mais bonitos que eu conheço, sou apaixonada! O lugar é tão lindo que foi declarado Monumento Histórico Nacional

Os murais de afrescos no teto parecem ter sido pintados ontem - o trabalho de restauração que eles fizeram lá foi maravilhoso. 

Esse shopping, construído no final do século 19, que tem muitas lojas bacanas e uma boa praça de alimentação, fica lá já quase no final da calle Florida, na esquina com a Avenida Córdoba. 

Abre de segundas a sábados, das 10 às 21hs, e domingos das 12 às 21hs. 






selfie com afrescos :)



No último andar, fica o Centro Cultural Borges, que apresenta um espetáculo de tango maravilhoso e super barato, nas sextas-feiras e sábados, o Bien de Tango

Nós fomos e adoramos, recomendo muito!!! 

O show vai de Astor Piazzolla a Por una Cabeza, de milongas a candombes, 'El día que me quieras', 'La cumparsita' e 'Adiós Nonino' - animado do início ao fim! 

São 14 artistas no palco (4 músicos, 2 cantores e 8 bailarinos), e o espetáculo dura das 8 às 9:15 da noite. 

Compramos ingressos na noite anterior, mas acho que nem precisa comprar com antecedência, pois não deve lotar muito - só se faça um favor e não perca essa barbada!

Atenção: não é permitido fotografar durante o show





Plaza San Martín - Retiro

A Plaza San Martín é o ponto principal do Bairro Retiro e, se você vier caminhando pela calle Florida, ela estará 2 quadras depois das Galerías Pacífico (a Florida termina na própria praça). 

Nesta plaza bonita e arborizada você vai encontrar um dos monumentos mais importantes da cidade, a estátua do General San Martín, o herói da independência argentina, sobre o qual já falamos - lembra, aquele que está enterrado lá no mausoléu da Catedral Metropolitana?

Aos sábados e domingos, o local fica lotado de argentinos, que adoram fazer piquenique nos gramados da praça. 

Atenção: não é um lugar muito seguro à noite. 

De lá, também dá para ver a Torre dos Ingleses, que foi um presente dos britânicos e é bem diferentona. Fica na Praça da Força Aérea Argentina, ao lado da Praça San Martín.  

Na frente, fica a Estación Retiro, antiga estação de trens da cidade, que eu acho muito linda.



Teatro Colón

Teatro Colón é um marco de Buenos Aires, assim como o São Pedro em Porto Alegre e o Solís em Montevidéu. 

Construído em 1908, ele foi restaurado durante vários anos e reabriu em 2010. Está tinindo de novo, deslumbrante, com capacidade para mais de 3 mil espectadores - você pode assistir a óperas, concertos de orquestras, filarmônicas e balé - ou não assistir nada, mas fazer uma visita guiada para conhecê-lo por dentro. 

É lindo, vale muito a pena! A acústica dele é mundialmente reconhecida. 

No tour você vai ver a impressionante escadaria de mármore, o candelabro central estilo "aranha" (imenso), muito dourado, poltronas vermelhas, esculturas, móveis e até os figurinos usados em alguns balés famosos, como 'O Lago dos Cisnes'.  

As visitas acontecem todos os dias - verifique horários antes de ir (normalmente é entre as 10 e 17hs). 

Endereço: Libertad, 621 (a 4 quadras do Obelisco). 




Obelisco

O Obelisco, erguido em 1936, é outro dos imponentes símbolos da cidade, e você tem que tirar uma foto dele!

Como já mencionei, o monumento fica a 4 quadras do Teatro Colón, no cruzamento das importantes Avenidas 9 de Julio e Corrientes. 

Ele é um ponto de referência da cidade, como se fosse um marco-zero, do alto dos seus 67m de altura - 3 das mais importantes linhas de metrô se cruzam lá.  


cartão postal que ilustra o mapa da cidade



Há muitos lugares para comer e beber bem por ali - gosto de vários na Corrientes, em especial - e é um bom local para almoçar ou jantar, tomando uma Quilmes.  

Já nos hospedamos nessa região muitas vezes - veja as nossas dicas de hospedagem abaixo - e gostamos muito de ficar por ali, pois existem várias opções BBB!


Obelisco visto da janela do King´s Hotel

Obelisco visto da janela do Liberty Hotel

para comer pizza boa na Corrientes

Aviso aos navegantes

O ideal é ir visitando essas atrações nesta ordem em que elas estão no post - é um bom roteiro para o seu primeiro dia na cidade. Mas atenção: não dá pra fazer tudo isso em um dia só, não tem como! 

Você pode escolher apenas os passeios que te interessam e excluir os outros; pode ver alguns deles só "por fora", sem fazer as visitas guiadas, por exemplo; ou ainda, pode dividir esse roteiro lindo e fazer em 2 dias maravilhosos na capital argentina!

Outra coisa: mesmo com a moeda um pouco mais estabilizada, os preços ainda variam bastante na Argentina, assim como os dias e horários de funcionamento das atrações podem mudar de uma estação do ano para outra, ou durante as férias de inverno e de verão argentinas. 

Os valores e horários informados neste post são os de abril de 2016, quando estivemos lá pela última vez - não deixe de conferir as informações nos sites oficiais antes da sua visita!

Você já esteve em Buenos Aires? Fez outros passeios no centro? Então deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários :) 

Veja mais fotografias da nossa viagem a Buenos Aires na hashtag #LipeemBA no 
Instagram.



plaza de mayo
manifestações culturais na Praça de Maio



Se você quiser reservar um hotel e ter a garantia do menor preço, nós indicamos o Booking, que é o site de reservas de hospedagem que nós usamos a vida inteira :)

Leia o post sobre o hotel que ficamos na última viagem: Infinito Hotel Buenos Aires em Palermo

Outros hotéis e albergues baratos que já experimentamos em outras viagens e indicamos em Buenos Aires:

King´s Hotel (muito simples, muito bem localizado no centro e muito barato)
Liberty Hotel (melhorzinho e muito bem localizado no centro, na frente do King´s)
Milhouse Hostel Hipo (albergue badalado com quartos de casal no centro, 5min a pé do Obelisco)
Hostel Suites Obelisco (albergue com quartos de casal no centro, pertinho do Obelisco)
Hotel Infinito (leia o post completo sobre ele clicando aqui, fica localizado em Palermo)


#LipeemBA
#‎LipenoUruguai
#LipenaArgentina

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!


Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Nosso snapchat é @pequenoviajante.

Você também nos encontra aqui:


2 comentários:

  1. Oi Claudia tudo bem? Meu nome é Luciana, sou advogada e moro aqui na serra gaúcha- Farroupilha. Já conversamos em outro post teu sobre o Alasca. Eu adoro o teu blog e o visito diariamente, pois eu e meu marido somos apaixonados por viagens.

    Inclusive estamos embarcando no próximo dia 01/10 e vamos conhecer o Atacama e depois Santiago. Os teus posts sobre o Atacama são lindos demais....
    Deixa eu te perguntar uma coisa: você ainda vai complementar os posts sobre o Alasca? É que eu vi que vocês fizeram outros passeios depois e eles já chegaram no blog... Só pergunto, porque as tuas informações e fotos são legais demais e ajudam muito.... o Alasca é um futuro sonho....

    E que legal será a próxima aventura, Islândia? Não se se você viu, mas tem um programa no canal globo sat- MUNDO VISTO DE CIMA e eles já mostraram a Islândia.... sempre repete..
    Muito obrigada por tudo e continuamos te acompanhando....

    Abraço

    Luciana

    ResponderExcluir
  2. Estou montando um roteiro para o Uruguai e estou adorando as dicas, pensei até em dar um pulo na Argentina mas achei muito caro as passagens do ferry-boat! Vai ficar para a próxima! E vcs quando foram levaram o carro? Como foi?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...