21 de abril de 2017

Sevilha, Espanha - roteiro para 2 dias com muitas dicas

Plaza de España, Sevilha
Durante a nossa viagem de motorhome pela Espanha em fevereiro de 2017, estivemos, dentre outras várias cidades do sul do país, em Sevilha, na região da Andaluzia, viagem que era um antigo sonho meu, e neste post vou contar a vocês o que fizemos por lá e algumas dicas nossas para aproveitarem melhor a estadia no berço do flamenco

O post tem dicas de onde estacionar e pernoitar gratuitamente no motorhome, segurança, como se deslocar pela cidade, os shows de flamenco que assistimos, os nossos passeios - que incluíram todos os principais pontos turísticos da cidade, e ainda algumas dicas para economizar com alimentação e combustível viajando de carro ou motorhome pela Espanha.  


Vamos lá?

Veja também:


* Sobre Ronda
* Sobre a Alhambra
* Sobre Granada
* Sobre Segóvia

uma ótima compra em Sevilha, Espanha: chás e temperos produzidos na região

Por que Sevilha

Começo com um parênteses para contar que eu já havia estado na Espanha 2x antes desta última viagem, em 2000 e em 2001, mochilando pela Europa #aos20anos, uma vez sozinha e outra vez com a minha mãe. 

Na época, mochilando, eu viajava da maneira mais barata possível: com um passe de ônibus da Eurolines. Esse passe só me permitia viajar, na Espanha, entre Madrid e Barcelona, e foi nestas 2 cidades que estive 2x em 2000 e 2001, além de ToledoVale dos Caídos, El Escorial...que eram pertinho de Madrid e me permitiam pagar pelas passagens de trem - ficou apenas o gostinho de 'quero mais'. 

Sevilha, que eu queria tanto conhecer, ficava fora dos limites do meu passe de ônibus baratex Eurolines, e mais longe ainda daquilo que meu bolso de mochileira poderia pagar por uma passagem de trem! 

Desta vez, viajando com o nosso próprio meio de transporte, a única certeza que eu tinha sobre o nosso roteiro pela Espanha era que iria a Sevilha! 

De qualquer jeito!

Há anos que o Alcázar e um show de flamenco estavam no topo da minha wishlist

Agora, 17 anos depois, finalmente voltei à Espanha para completar o sonho: conhecer a Andaluzia

Veja aqui: 25 melhores atrações turísticas do mundo


Da lista acima (melhores atrações turísticas do mundo), estavam na minha wishlist Mesquita-Catedral de Córdoba, o Alcázar de Sevilha e a Alhambra de Granada

Estivemos nos 3 locais em fevereiro de 2017, ou seja, essa viagem de motorhome pela Espanha foi a realização de 3 sonhos em 1: um baita negócio!

por incrível que pareça, o que há de mais comum nas vitrines de Sevilha: vestidos para bailar o flamenco



Onde pernoitar 

Chegamos em Sevilha vindos da rota dos pueblos blancos da Andaluzia (mais especificamente de Arcos de la Frontera), por volta das 17hs e fomos direto a um local que nos haviam indicado para estacionar e pernoitar, tipo camping, chamado Areas Autocaravanas

Esse lugar custa € 12 pelo pernoite e fica a alguns quilômetros do centro histórico - tem que pegar um ônibus para ir até o centro. 

Além disso, a energia elétrica, esgotamento sanitário e água são pagos à parte. Acho que eles têm banheiros com chuveiros, mas não tenho certeza. 

Haviam vários motorhomes lá, mas não nos agradamos do lugar e resolvemos procurar um local melhor e gratuito. 

Acabamos - como sempre, aliás - encontrando um lugar maravilhoso, dentro do parque da cidade (Parque de María Luisa), exatamente na Plaza de España (pelo lado de fora da incrível construção semicircular decorada com azulejos). 

Estacionamos neste local assim que chegamos na cidade e lá nos acomodamos para não mais sair! 

Ou melhor: só saímos daquela vaga 2 dias depois, na hora de nos despedirmos de Sevilha! 

Porque pagaríamos € 12 por uma vaga de estacionamento num semi-camping a léguas do centro se podíamos estacionar de graça no lugar mais bonito do centro histórico de Sevilha??


nossa vaga de estacionamento e pernoite em Sevilha, Espanha

na parte exterior da Plaza de España

chegamos, estacionamos, e só saímos na hora de ir embora de Sevilha

local perfeito para free camping em Sevilha, na Espanha

Nem os hóspedes do maravilhoso Hotel Meliá Sevilla estavam tão bem situados quanto nós - eu honestamente me sinto privilegiada quando viajamos de motorhome e damos esses "furos" de encontrar um free camping simplesmente espetacular

Por isso que eu sempre digo: com o tempo, vamos melhorando cada vez mais o nosso "faro" para descobrir essas incríveis vagas de estacionamento gratuito, e cada vez menos eu me preocupo em pesquisar antes das nossas viajar para saber, com antecipação, onde pernoitar em cada cidade. 

Quando chegamos em cada novo lugar, dou uma "estudada" no mapa local pelo Google Maps e começamos a rodar pelos arredores de parques e praças - de um modo geral, olhando no Google Maps a gente consegue ter um bom feeling de onde dá para estacionar. Parques e praças são sempre boas pedidas. 

Em Sevilha eu tinha uma longa lista de estacionamentos pagos para motorhomes (vou colocar os prints aqui embaixo) - e decidimos simplesmente ignorar aquela lista e procurar um lugar gratuito. 

Não poderíamos ter sido mais felizes. Por isso eu digo e repito: vá com paciência e sem medo que tudo dá certo. 

E, claro, leia sempre o #pequenoviajante antes de ir, porque, se nós já fomos lá antes, com certeza vai ter dica de free camping bom aqui no blog - modéstia à parte, estamos ficando especialistas (mais de 20 famílias já me escreveram contando que aproveitaram a nossa "descoberta" de free camping em São Francisco hehehe). 




E os furtos e arrombamentos de veículos?

Havíamos ouvido muitas histórias de terror sobre furtos e arrombamentos de carros na Espanha e, pela primeira vez, depois de passarmos por bem mais de 20 países, em 7 viagens de motorhome mundo afora, estávamos com medo de sermos furtados, de termos o nosso motorhome alugado arrombado. 

Na verdade, deixamos inclusive um notebook e uma mochila com coisas que não íamos usar na viagem no guarda-volumes do nosso hotel em Madrid (Madrid Centre Apartments), por esta razão. 

Mas, de qualquer jeito, ainda tínhamos o drone com o seu tablet, um notebook e as lentes da Nikon que nem sempre nós carregamos conosco quando saímos do motorhome (dinheiro, cartões e passaportes estão SEMPRE junto conosco). 

Então, durante toda a viagem pela Espanha, fomos razoavelmente cuidadosos com os lugares onde estacionávamos. 

Em Sevilha estávamos tão tranquilos quanto ao estacionamento neste local - que, embora seja um parque vazio e escuro à noite, o que favoreceria arrombamentos, parece ser um local bem policiado - que até cometemos uma 'temeridade': além de deixarmos o motorhome estacionado lá durante todo o dia enquanto passeávamos, ainda fomos a um show de flamenco à noite, só voltando para a nossa 'casinha' depois das 22hs, e estava tudo lá, graças a São Pedro que cuidou de nós durante toda a viagem 😏

Ou seja: recomendo este lugar de olhos fechados para estacionar grátis e pernoitar em Sevilha! Só não recomendo deixar um drone ou outras coisas de valor lá dentro - afinal, nem todo mundo tem as costas quentes com São Pedro quanto nós! 




É claro que você pode ter o carro arrombado em qualquer lugar do mundo - de New York a São Francisco, de Londres a Sevilha, isso infelizmente não é exclusividade de nenhuma cidade, mas realmente não senti que haja um grande problema quanto a isso na Espanha: sempre perguntávamos sobre furtos e arrombamentos para os locais e eles afirmavam não saber de nada disso por ali. 

Portanto, tome suas precauções, mas não se deixe intimidar por relatos terroristas que se vê por aí, tem gente que é azarada e apavorada mesmo...e, de qualquer modo, as chances de ter o veículo arrombado são estatisticamente beeeeeem maiores em Orlando ou na Serra Gaúcha do que na Andaluzia!


o local é super bem policiado

polícia montada na Plaza de España, em Sevilha

El Palacio Andaluz - show de flamenco

Logo que chegamos em Sevilha, saí para passear pela cidade e, já na Plaza de España, onde estacionamos, reservei um espetáculo de flamenco no El Palacio Andaluz

Nunca vi nada parecido - os bailarinos têm uma fúria, uma energia palpável, parece que vão explodir no palco - não sei nem como descrever. 

Fiquei arrepiada por muito tempo ainda depois do último sapateado, depois que a última castanhola se fechou. 

Foi uma noite que eu sei que nunca mais vou esquecer, daquelas que eu gostaria que todas as pessoas que eu amo pudessem viver igual. 

Contei tudo sobre os shows de flamenco que assistimos em Sevilha neste post:

Flamenco em Sevilha, Espanha - como escolher o seu espetáculo


Como se deslocar dentro da cidade

Fui e voltei do teatro El Palacio Andaluz até a região da Plaza de España de ônibus - cada bilhete custa € 1,40. 

Estando em um grupo de 4 pessoas o táxi sai até mais barato! 

Aliás, pegamos táxi 2 vezes para rodar pelo centro histórico de Sevilha. 

Nos trechos compreendidos entre a Plaza de España e o Metropol Parasol, o táxi custou € 4 de dia e € 6 à noite, para vocês terem uma idéia - estando em 3 pessoas já sai mais barato rodar de táxi do que de busão nestes trechos curtos. 

No mais, o que posso dizer é que Sevilha, diferentemente dos 'pueblos blancos' que visitamos na Andaluzia, é uma cidade plana, feita para se gastar caminhando

Cansei minhas 'perninhas de nitrinho' (coisas do Lipe) rodando pelas 'callejuelas' do Barrio de Santa Cruz (onde me perdi umas 12 vezes!). 

Aliás, vale dizer que não é muito fácil se orientar pelas ruas estreitas ali do centrinho histórico - até porque o Google Maps se desorienta ali também e nos deixa na mão - mas, com um mapinha da cidade e um pouco de senso de direção, a gente logo acaba se encontrando...mesmo porque se perder em Sevilha é uma delícia! 

E também dá para contar com a simpatia dos sevilhanos, que várias vezes saíram do caminho deles para me mostrar por onde eu devia seguir - ô povo simpático! 

Ah, ainda sobre deslocamentos na cidade, 3 coisas: 


ticket de ônibus em Sevilha, Espanha

caminhando por Sevilha, sempre há uma pracinha no caminho

* Passeios de carruagem

Existem saídas de vários pontos da cidade, como na Plaza de España e na Catedral

O Lipe chorou para ir, mas achei muito caro pagar os € 35 (foi o mínimo que o cara ofereceu fazer - tinha começado pedindo € 45) pelo passeio de 40min. 

Se você (ou a sua princesa) curte uma carruagem, prepare o bolso!








* Ônibus turísticos tipo hop on, hop off

Sou super fã destes ônibus, em geral, mas em Sevilha dei uma estudada no trajeto que eles fazem e concluí que não compensava, porque dava perfeitamente para ir em todos os pontos turísticos que nós queríamos ir caminhando, e os ônibus não passam bem pertinho desses pontos - que ficam no miolo do centro histórico - onde de fato só se chega caminhando


Sevilha é uma cidade para caminhar

* Bicicletas públicas

Vi bicicletas públicas para aluguel em vários pontos da cidade, um deles ali pela Plaza de España

Aliás, vale dizer que esse tipo de aluguel de bicicletas se espalhou como febre pela Europa - são raras as cidades européias com apelo turístico que não tenham, hoje em dia, algumas magrelas à disposição dos turistas, por preços variados. 



Plaza de España

Voltando à Plaza de España, local onde pernoitamos e por onde passamos várias vezes nas nossas idas e vindas por Sevilha: que lugar lindo! 

Foi de longe nossa atração preferida na cidade, simplesmente imperdível! 

Muita gente alugando barquinhos para remar no canal, passeando de carruagem, correndo atrás de bolhas de sabão, fazendo comprinhas nos quiosques de souvenir, tirando (muitas) fotografias, tomando um solzinho ou apenas curtindo a beleza dessa praça incrível! 

Note os detalhes dos azulejos












Passeio noturno

Quando voltamos ao centro histórico, na nossa primeira noite em Sevilha, depois do show de flamenco, fomos dar uma volta, pois a noite estava lindíssima, com uma lua cheia espetacular e os prédios famosos todos lindamente iluminados. 

Vale a pena dar um passeio noturno para ver Sevilha iluminada

No geral, eu sempre acho que cada cidade merece pelo menos uma noite das nossas vidas - embora algumas não sejam tão lindamente iluminadas quanto esta - e Sevilha não foge à regra. 

Acabamos ficando 2 noites lá, porque a cidade realmente merece isso, no mínimo! 

Assista espetáculos de flamenco, experimente uns tapas, passe pelo Alcázar, na Catedral e também na Torre La Giralda à noite. 

Podendo, estique a sua caminhada até a Torre del Oro e o Metropol Parasol - ficam lindíssimos à noite também! 

O Bairro Judería também estava bem animado - cheio de bares lotados de gente 'tapeando' e aproveitando a vida - pelo que percebemos, essa gente do sul da Espanha é craque nisso! 

La Giralda, a torre muçulmana tão espetacular que os cristãos não tiveram coragem de destruir, estava um arraso à noite, iluminada pela lua cheia! 









O que ver e fazer em Sevilha 

No dia seguinte, passamos todo o dia passeando por Sevilha (foram mais de 12hs ininterruptas de passeios!). 

É uma cidade deliciosa para passear, com aquele cheirinho vindo das laranjeiras (naranjos), um céu muito azul e um sol que dá uma luz especial que só o sul da Espanha (e a Grécia) tem! 



10 principais pontos turísticos

Dentre outros lugares por onde andamos, estes são os 10 principais pontos turísticos a visitar:



1 Plaza de España

Já falei sobre ela acima. 

Nosso local preferido na cidade. 





2 Torre del Oro

Tem um museu náutico, com algumas armas, bem pequeno. 

Custa € 3. 




3 Plaza de Toros de la Maestranza 

Fizemos o tour guiado em espanhol e inglês de 40min - custou € 8 por pessoa - o Lipe foi grátis - vale a pena. 

O único jeito de visitar a plaza é com o tour, não pode entrar lá sem ser com um tour. 





aprendendo um pouco mais sobre as touradas espanholas - porque a gente só pode fazer juízo crítico sobre aquilo que conhecemos


trajes dos toureiros





4 Bairro El Arenal

Bom para comer frutos do mar e peixes fritos, típicos de Sevilha. 



5 Torre La Giralda

Não entramos no seu interior e nem subimos - me contentei em vê-la por fora, em todo o seu esplendor, e de todos os ângulos - mas acho que vale a pena. 

Alguém aí já subiu na torre?? Pode nos contar como é?





6 Catedral

É uma das 3 maiores catedrais da Europa! Linda, linda!

Fiquei na dúvida: será mesmo o túmulo do Cristóvão Colombo lá dentro?






7 Bairro Judería

Vá passeando meio sem rumo até a Plaza de Santa Cruz: ruazinhas estreitas boas para se perder, muitas lojinhas de souvenirs e bons lugares para comer. 




8 Real Alcázar de Sevilha

Como falei lá no início do post, há muitos anos o Alcázar estava no topo da minha wishlist

Finalmente conhecê-lo, então, foi a realização de um sonho antigo, e ele não me decepcionou. 

Mesmo que você já esteja um pouco saturado de atrações deste tipo - principalmente se for a Sevilha depois de visitar Granada e a Alhambra - não deixe de ir ao Alcázar, especialmente para conhecer o Palácio de Dom Pedro!

A visita custou € 16,50 por pessoa = € 9,50 da entrada + € 7 do guia em espanhol (tour guiado de 1h).

Normalmente não pego serviços de guias turísticos nesses lugares, mas excepcionalmente resolvi entrar num grupo e achei que valeu muito a pena os € 7 pagos, não só por tudo o que aprendi de história, mas sobretudo por poder passear tranquila e ser 'guiada', sem ter que olhar no mapa nenhuma vez (o que é raro para mim, que sempre sou a "guia turística da família"). 

O guia estava oferecendo seus serviços na fila de compra dos ingressos e, ao entrarmos no grupo dele, automaticamente pulamos para a frente da fila (é um ótimo fura-filas!). 


entrada e fila para compra de ingressos no Alcázar de Sevilha





Recomendo muito visitar o Alcázar mais pro fim do dia. Nesta época do ano, o local fecha às 17hs, mas eles não ficam te expulsando de lá - tanto que só saí às 17:30hs e ainda havia muita gente lá dentro! 

Acho que a maioria das pessoas faz deste o seu primeiro passeio do dia, então depois das 16hs ele começa a ficar bem vazio. 

Entrei às 15:30hs e saí às 17:30hs - 2hs foi justamente o tempo mínimo necessário para ver o principal lá dentro, sem atropelos nem enrolação. 

Quando chegou perto das 17hs, os principais pátios, salões e pontos de interesse estavam vazios, desertos, e foi uma glória poder passear (e fotografar!) naqueles lugares sem mais ninguém para atrapalhar! 

Programe-se para passar no mínimo 2hs lá dentro: 1h fazendo o tour com o guia e mais uma hora para ver o 'resto', que você não viu no tour, especialmente os jardins

A minha conclusão é a seguinte: o Alcázar é uma Alhambra mais fácil de turistar, sem tantas armadilhas e caminhadas. É tudo em menor escala, mais perto, sem hora marcada para ver os palácios...

Enfim, tendo que optar por apenas um deles (e é muito difícil dizer isso, porque a Alhambra é a ALHAMBRA...), eu ficaria com o Alcázar de Sevilha, especialmente viajando com crianças. É tão lindo quanto a Alhambra e mais fácil e barato! 

Só o que o Alcázar não tem são as vistas incríveis de Granada kkkkk...

E você, que já conhece os dois - por qual deles você optaria???


Para ler mais:

* Sobre a Alhambra
* Sobre Granada

























9 Plaza de la Encarnación - Metropol Parasol

Mais conhecido como Cogumelo de Sevilha - não deixe de subir no mirante do 2° andar, a entrada da bilheteria/elevador é descendo uma escadaria ao lado da escada rolante que sobre ao 1° piso. 

O ingresso custa € 3 com direito a uma bebida - é o mirante pago mais barato que já vi!

As vistas são lindas, achei esse um lugar incrível. 

Recomendo muito ir lá no fim da tarde, para assistir ao fantástico pôr do sol e depois ainda ver o local iluminado à noite. Foi o que fizemos. 

Veja que lugar fotogênico:


Cogumelo de Sevilha

as lindas passarelas da parte superior do Metropol Parasol


Plaza de la Encarnación, onde se situa o Metropol Parasol

mini-pracinha embaixo do Parasol












Metropol Parasol à noite

10 Arquivo das Índias

Outro lugar onde estivemos mas, infelizmente, por pura falta de tempo, não visitamos por dentro, foi o Arquivo das Índias, que dizem ser super interessante! 

Acho que o Felipe teria adorado aprender um pouco sobre as histórias dos navegadores espanhóis!

Como sempre digo, temos que deixar alguma "desculpa" para voltar a Sevilha! Ficou para a próxima! 


dá para voltar muitas vezes a Sevilha, e se perder nestas ruelas lindas!

Museo del Baile Flamenco - show de flamenco

À noite, fomos a outro show de flamenco, nesta segunda noite no Museo del Baile Flamenco

Esse espetáculo não tem nada a ver com o que vi na noite anterior, a não ser pela beleza e fúria dos bailarinos. 

Enquanto o primeiro foi mais "show", esse foi "a coisa real", mais autêntica, como deve ser quando os ciganos se reúnem para flamencar

É difícil escolher apenas um deles - depende do tipo de coisa que você quer ver. 

Leia tudo sobre os espetáculos de flamenco que assistimos em Sevilha neste post:

Supermercado e combustível

A Espanha não é um país onde comer em restaurantes seja proibitivo - pelo contrário: comparando com outros países europeus por onde passamos nesta mesma viagem (FinlândiaLiechtentstein, Suíça, Luxemburgo), a oferta de restaurantes na Espanha é enorme, e os preços, bem convidativos. 


não faltou comida boa em Sevilha






Mas, como estávamos viajando de motorhome, comemos fora apenas algumas poucas vezes. Comprávamos produtos locais nos mercados e comíamos quase sempre no motorhome. 

Na Espanha, recomendamos, além dos mercados Lidl, que são uma rede alemã que eu adoro e tem filiais lá, também os hipermercados Alcampo, uma rede espanhola de mercados imensos que vendem de tudo. 

Para abastecer, indico as 'gasolineras' desse mesmo hipermercado Alcampo

Em Sevilha, encontramos o diesel mais barato da Europa lá no posto  de comustíveis do Alcampo, a € 1,07!!!

Normalmente, os postos deles também têm água para abastecer os reservatórios do motorhome e, às vezes, eles ainda oferecem um cupom de desconto para abastecimento de combustível quando você faz compras no mercado. 


cada vez que colocávamos diesel no motorhome, já abastecíamos os reservatórios de água

frutos do mar à venda nos hipermercados Alcampo

comemos muito bem no nosso motorhome na Espanha!

toda a simpatia dos sevilhanos no mercado

viajando de motorhome, a gente gasta pouco e passa bem 😏 

Clima 

Mais uma coisa importante: na época em que estivemos lá, fevereiro, pegamos entre 5°C (à noite) e 18°C (ao meio-dia). 

Então, vista-se em camadas e vá colocando/tirando as camadas durante o dia, conforme a temperatura varia. 

E aí, gostou das nossas dicas? Já esteve em Sevilha? Deixe o seu comentário então! 



Chip de celular

Na Espanha - e em todo o resto da nossa viagem de volta ao mundo, com exceção do Marrocos - usamos um chip de celular da Easysim4u, que apoiou a nossa viagem. 

Recebemos o chip em casa, antes de sair do Brasil, colocamos ele no celular ainda no avião e já chegamos na Europa com internet funcionando no telefone! 

Para quem vai viajar por vários países, a facilidade e comodidade que esses chips da T-Mobile (revendidos no Brasil pela Easysim4u) oferecem são imbatíveis :)

Nós não vendemos esses chips através do blog (nem nenhum outro produto, pois o pequeno viajante não visa lucro, é um passatempo mesmo) - então dê uma olhada direto lá no site deles - Easysim4u - para ver como comprar esses chips e recebê-los em casa no Brasil antes de viajar.






No próximo post, continuamos contando sobre a nossa viagem de volta ao mundo - não saia daí! 

Durante esta viagem, nós usamos as seguintes hashtags nas redes sociais Facebook / Twitter / Instagram - é só ir na # e ver todas as muitas dicas que já postamos: 

#LipenaEuropa
#LipeVoltaaoMundo

Acompanhe o nosso Instagram @claudiarodriguespegoraro - tem muitas dicas desta viagem por lá!


E, ainda, veja nossas imagens pelo interior da Espanha:




* Sobre a Espanha
* Sobre o Marrocos
* Sobre a Finlândia
* Sobre a Alemanha
* Sobre Liechtentstein
* Sobre a Bélgica 
* Sobre a França
* Sobre a Suíça
* Sobre Luxemburgo
* Sobre a Holanda
* Sobre a Áustria
* Todos os posts sobre a nossa viagem de volta ao mundo
* Todos os posts sobre as nossas viagens de motorhome


Precisa reservar um hotel para a sua viagem à Espanha?

Em Madrid, nós ficamos várias noites no Madrid Centre Apartments e recomendamos muito!

Clique abaixo para conferir os preços na data da sua viagem e fazer a sua reserva:



Veja fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro, na hashtag #Felipeopequenoviajante.

Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 


Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!


Você também nos encontra aqui:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...