12 de fevereiro de 2016

relato de viagem de carro pela Itália em família, com o roteiro de 2 semanas da Michelle Kirihara e do bebê Lipe de 3 meses

Nós fizemos uma viagem de quase 4 semanas de carro pela Itália em 2008, passando por inúmeros vilarejos da Toscana, e há alguns anos eu escrevi um post lindo com o nosso roteiro completinho e, na hora de apertar no botão "publicar", o post simplesmente sumiu, se evaporou no ar! Fiquei com tanta, mas tannnta raiva, que nunca mais tive ânimo de reescrever aquele roteiro maravilhoso. 

Daí, quando a Michelle me contou que levaria o bebê Lipe para a Itália na sua primeira viagem, aos 3 mesinhos, eu logo me assanhei e insisti para que ela nos contasse tudo em detalhes aqui no blog

Conversamos muito antes da viagem da família - lembro como a Mi estava nervosa de levar um bebê tão pequenino na viagem, acompanhei o roteiro todo pelas postagens no Facebook e, agora, finalmente ficou pronto o post completo, com tudo o que você precisa saber para fazer uma viagem linda de 2 semanas pela Itália com um bebê!


Com a palavra, Michelle Kirihara:

Hoje vim relatar nossa viagem para Itália com nosso bebê de 3 meses Felipe! 

A Itália sempre foi um sonho antigo, desde a primeira vez que assisti (o filme) Sob o Sol da Toscana

Em 2010 chegamos a comprar passagens, mas precisamos pedir reembolso...graças a Deus isso nunca mais aconteceu (risos) - pedir reembolso de passagem para mim é a morte! Enfim, passaram os anos e sempre um destino entrando na frente da coitada da Itália, até o dia que decidimos ir, só que essa viagem vinha acompanhada de mais uma turma: meus pais, que queriam muito conhecer a Itália por serem Católicos; meus sogros também entraram na dança; só que a mais nova e a melhor companhia de todas era o Felipe, nosso bebê de apenas 3 meses! Fechou o pacote com um bando de baby sitters para cuidar do mais novo viajante, não pensamos duas vezes em emitir a promoção de milhas que a Tam lançou - Foz do Iguaçu - Milão :)


Felipe nasceu muito bem, confirmamos tudo com pediatra e o final foi...passagens emitidas para o outono, a estação do ano mais linda para visitar a Itália, com clima ameno para um bebê de 3 meses. A cozinha nessa época do ano na Itália é uma loucura por conta das trufas, colheita de uvas, as oliveiras...e eu não conseguia conter minha alegria, já me imaginando na Itália que sempre sonhei e meu sonho se tornou realidade no dia 06/10/15, quando embarcamos para a tão desejada viagem!

Agora vou relatar um pouco do nosso roteiro com algumas fotos:

Nossa viagem foi uma roadtrip pelo fato do bebê Lipe!!! 

Foram 2 semanas pela Itália. 

Moramos em Foz do Iguaçu e fizemos um vôo até Guarulhos e depois Milão. Tentamos reduzir ao máximo o número de conexões por conta do Lipe, era tudo muito novo pra nós e para ele, e estávamos inseguros. 

Reservamos o berço por U$ 120 o trecho, já que era um vôo longo de 12 horas, e a questão não era carregarmos ele, mas ele estar confortável - isso era o que eu mais queria, meu bebê confortável, bem e feliz, e foi assim que ele passou essas duas semanas ao nosso lado na Itália: muito bem e feliz :) 

Durante o vôo nacional ele foi acordado, não teve problemas com a diferença de pressão, mas durante a decolagem e pouso eu dei mamadeira e chupeta

Já no vôo internacional, Felipe dormiu praticamente todo tempo no bercinho!

Felipe no bercinho da Tam que custou 120 dólares o trecho

No final do vôo, os passageiros deram parabéns para ele e disseram que parecia nem ter um bebê no voô...ficamos felizes :D 

A dica que deixo para todas as mamães de primeira viagem que vão fazer um vôo internacional é nunca deixar de levar uma touca e luva para seus bebês, porque o frio dentro desses aviões é uma loucura...

Embalei as roupinhas do Lipe dentro de saquinhos individuais, e fiz pequenos kits para ficar mais fácil caso precisasse trocar. 

No nosso caso, o Felipe já fazia uso de leite Nan, e não levamos a lata no avião - levamos somente as doses consumidas e ele mamou mais do que o normal, então mamães que usam fórmulas, levem leite a mais porque pode acontecer um acidente e você perder o leite e pense que seus bebês podem mamar muito mais que o normal como aconteceu com o Lipe! Quanto às outras latas, distribuí em todas as malas da família, caso houvesse extravio de bagagem.

Dia 1 - Lucca

Chegamos em Milão depois de um vôo tranquilo e fizemos a imigração - estávamos na fila comum, até que um agente de imigração me viu com Felipe no colo e nos chamou para uma outra fila, nos passou na frente de todos, e ali mesmo já tive a certeza do quanto é bom viajar com bebês :D 

olha o tamanho da fila que não precisamos pegar

Pegamos nossas malas e seguimos felizes por ganhar pelo menos 1 hora na imigração. Retiramos o carro na Europcar, onde já o tínhamos alugado no Brasil, e seguimos rumo à Lucca

Para não dizer que tudo estava 100%, quando saímos da confusão do trânsito de Milão e tínhamos rodado 60km, me dei conta do pior - cadê o carrinho do Felipe? Sim, nós esquecemos do carrinho do Lipe na esteira...afinal de contas, nunca viajamos com bebê e com carrinho, hahahahaha...

Resolvemos voltar e buscar o carrinho, e isso nos desgastou um pouco, porque tínhamos feito um voô internacional com um bebê...mas enfim chegamos ao aeroporto, retiramos o carrinho e seguimos novamente, chegando em Lucca mega cansados e tarde, mas felizes, porque afinal de contas estávamos na Toscana!

Ficamos no Hotel Eurostars Toscana, uma graça de lugar, com um café da manhã delicioso! Preço justo e uma acomodação confortável, vale a dica :)

Foto: Divulgação
Dia 2 - Siena

Acordamos descansados e animados. A idéia era passar a manhã por Lucca, início da tarde em Pisa para ver a Torre e, no máximo no meio da tarde, seguir para Siena, que foi nossa base na Toscana.

Lucca é adorável e merece mais tempo, esperamos um dia voltar, fizemos uma longa caminhada pelas muralhas e pelo centro histórico.


muralha em Lucca já com o outono dando as caras

De Lucca a Pisa foi muito rapidinho e estacionamos o carro em um estacionamento particular pertinho da Torre. 

Pagamos 5 euros por 1h30min. Sempre procurávamos parar o carro o mais próximo possível das atrações por conta do Lipe, e claro que isso deixava mais cara a nossa continha de estacionamentos!

selfie na Torre de Pisa

Seguimos viagem rumo a Siena e foi bem tranquilo o trajeto. 

Pelo caminho, percebemos que o GPS não funcionava nas estradinhas da Toscana, conclusão? Estávamos perdidos naquele lindo lugar e, por um acaso, encontramos nosso Agriturismo que se chamava Rinidia Bio. Fizemos a entrada no hotel já de noite e então foi jantar, banho e cama.

 placas na Toscana

 estradas da Toscana

muitos wine tasting pelas estradas - se beber não dirija :)

Dia 3 - Toscana

Acordamos e fomos conhecer o nosso Agriturismo lindo, Rinidia Bio

Essa era nossa casa para 4 adultos e o Felipe. 

Tinha 2 quartos de casal, sendo uma suíte, mais um banheiro, uma cozinha linda e sala. 

Sabe quanto custou essa casa para 6 noites e todos nós? 575 euros inacreditáveis!! 


 área da piscina 


 jardins de lavandas

área da piscina, agora imagina no verão!!!

Todos os dias recebíamos cestas com frutas, verduras e legumes orgânicos! Nossa casa tinha uma hortinha de ervas, quando abria a porta da casa entrava aquele cheirinho delicioso dos temperinhos italianos...

Lembrando que eles não têm serviço de arrumação das casas, nem café da manhã. Precisa ir ao mercado e nós somos responsáveis pela limpeza nos dias que ali estamos.

No mesmo dia, seguimos para fazer um passeio em Cortona e Arezzo e um grande sonho iria se realizar: conhecer a Villa de Bramasole...para quem não conhece, é a casa onde se passa o filme Sob o Sol da Toscana, da Frances Mayes.

Cortona é linda, doce, pequenininha...agora entendo o porquê da Frances ter decidido comprar uma casa na região. 

Pertinho de Siena, as estradinhas são pequenas e estreitas, precisa dirigir com cuidado, mas para quê pressa ali, não é mesmo?! 

 comércio em Cortona com igrejinha ao fundo

Lipe com visual da Cortona

Almoçamos em Cortona e, por fim, fomos conhecer Bramasole, deixamos o carro estacionado no centro, já que você não pode ir de carro até lá...atravessamos os lindos jardins em uma caminhada de 30 minutos. É bem tranquilo, nossa caminhada foi calma e levamos o Lipe no carrinho.

 jardins no caminho para a Villa de Bramasole

 Villa de Bramasole - Sob o Sol da Toscana

 Villa de Bramasole

Santinha que todo dia o Senhorzinho ia colocar flores, e o Lipe no cantinho!

Saindo de Cortona, resolvemos dar um pulinho em Arezzo, onde foi gravado (o filme) A Vida é Bela, e que cidade ADORÁVEL!! 

Eu quero voltar e pelo menos dedicar uns 3 dias ali...adoramos a cidade, ela não é um vilarejo igual Cortona, mas é linda. 

Retornamos para nossa casa de campo Rinidia Bio em Siena, onde comemos uma pasta deliciosa, com muito Chianti, azeitonas e queijos...

pelas ruas de Arezzo

Dia 4 - Toscana

Amanheceu com muita chuva! 

A idéia era fazer Montalcino, Montepulciano e Pienza...mas chovia muito mesmo!

Fomos até Montalcino para fazer uma degustação de Brunello e resolvemos voltar para Siena, porque infelizmente não conseguíamos fazer nada com tamanha chuva. 

Passeamos um pouquinho por Siena, que é linda de viver. A praça onde fica a arena em que acontecem os Palios é uma loucura, impressionante! 

 pequeno com capa de chuva

 Montalcino com muita chuva

 arena onde acontecem os Palios em Siena 

Duomo de Siena - foto feita à noite e com chuva

Dia 5 - Toscana

Abriu um lindo dia de sol!

Aproveitamos para conhecer a famosa San Gimignano e Monterrigione, também super pertinho de Siena. 

em uma das ruelas de San Gimignano

 cenas típicas dos almoços italianos - San Gimignano

 visual típico da Toscana - San Gimignano

Monterrigioni é minúscula, linda, e fica ao lado de San Gimignano, vale a visita

Monterrigioni

Dia 6 - Toscana

Acordamos cedinho e seguimos para Firenze, onde combinamos de encontrar uma prima e passar o dia com ela, que nos levou para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. 

Ela mora ali faz muitos anos e foi uma oportunidade de reencontrá-la. Foi um dia super agradável mas corrido! Como nosso objetivo era mais a área rural da Toscana, ficamos felizes em pelo menos ter passado pelo Duomo, Piazzale Michelangelo, Ponte Vecchio...

Duomo de Firenze

Dia 7 - Toscana

Chegou o dia de nos despedirmos da Toscana, com gostinho de quero mais, e com certeza um dia voltaremos. 

Ficamos 6 noites, adoraria ter ficado 10 noites...acredito que seria perfeito. 

Resumindo: fazíamos as refeições do café da manhã e jantar na nossa casa na Toscana, almoçamos na rua, não tinha arrumadeira para a casa, mas não vi isso como problema em momento algum. 

O agriturismo Rinidia Bio é na zonal rural, o que te proporciona tranquilidade e um lindo visual. O pessoal foi muito gentil e nós indicamos muito o Rinidia Bio. Imagino que no verão e na primavera deve ser maravilhoso pela piscina!

Assim eu, Lipe e minha família nos despedimos desse canto tão doce do mundo chamado Toscana!

Seguimos viagem para Roma, fomos cedo e de carro e não queríamos pegar o horário impossível do trânsito de Roma. Achamos que fosse ser um horror e vamos confessar que foi mais fácil do que imaginávamos.

Antes fizemos uma parada em Orvieto, uma cidade medieval linda que o amigo viajante Marco Brotto nos indicou, já que precisávamos fazer uma parada para dar leite pro Lipe, trocar fralda...porque não em Orvieto? Muito tranquila a chegada, o estacionamento e muito fofa a cidade - adoramos a dica!

Orvieto

Mas, voltando a Roma, fomos de carro, porque nos sentimos mais seguros por conta do Lipe, e não usamos o carro em Roma - chegamos e deixamos direto num estacionamento pertinho do nosso hotel. 

Pegamos um táxi que nos levou ao nosso B&B La Maison Del Corso, que era dentro do centro histórico, e lá fizemos tudo a pé, com o Lipe no carrinho e funcionou tudo muito bem! 

Porque optamos em não devolver o carro em Roma, já que ele ficou parado 4 noites dentro de um estacionamento? Porque nosso objetivo era fazer uma roadtrip, porque amamos viagens de carro pela flexibilidade e também porque ficaria mais caro devolver o carro e pegar outro novamente para seguir depois para Veneza

Opção nossa, que funcionou muito bem para o que queríamos com Felipe, para o que a gente gosta e para nosso bolso!

Divimos Roma em 3 partes: um dia para o tour espiritual (Vaticano), um dia para um tour arquitetônico (Fontana de Trevi, Piazza Navona, Piazza di Spagna), e outro dia para um tour histórico (Colosseo, Fórum Romano e Palatino).

Nosso B&B lá se chamava La Maison Del Corso, localização excelente, preço justo, com café. Fica em um prédio residencial de Roma, nos últimos andares fizeram o B&B. 

Adriano, o proprietário, é de uma gentileza sem igual. Eu digo e repito: Deus é amigo das mães...nosso quarto era um apartamento completo - não era apenas um quarto, tinha uma cozinha montada, e uma máquina de lavar roupas, varal...imagina se já não dei um jeito em um monte de roupinhas do Lipe!?

Para completar, uma sacadinha deliciosa com vista para a cidade...adoramos e recomendamos!

Dia 8 - Roma

Era uma quarta-feira, dia da audiência do Papa, e solicitamos nossos convites via correios 3 meses antes da data

Acordamos cedo e seguimos caminhando para o Vaticano com o Lipe no carrinho. 

Estávamos na Via Del Corso e, de lá até o Vaticano, gastamos em torno de 40 minutos

Chegamos e logicamente que estava lotado! Pegamos nossos ingressos e nos dirigimos para a área das cadeiras, onde ficamos sentados. 

Antes de iniciar a audiência, o Papa fica passando com o Papa-móvel entre as pessoas, numa espécie de corredores que eles formam. 

Em resumo: nos dirigimos para perto de um desses corredores, onde o Papa passa, e lá vinha o Papa todo doce acenando e abençoando as pessoas. Ele estava muito perto de nós, e isso que não estávamos encostados na cerca e, quando menos esperávamos, o Papa estava na nossa frente, pedindo pelo Felipe!

Eu já não tive mais reação a partir desse momento, então meu marido entregou ele para o segurança, que levou nosso pequeno viajante até o Papa e, assim, meu pequeno Felipe começou sua trajetória pelo mundo - abençoado pelo Papa Francisco!

 o encontro do Papa Francisco e Felipinho

Felipinho voltando para os braços do papai...hahaha...adorei essa foto!

Terminada a audiência papal, seguimos para o Museu do Vaticano, onde compramos um daqueles tours de 1h30min. Depois entramos na Capela Sistina e na Basílica de San Pedro.

No final de tudo, fomos comprar a foto do Lipe em um escritório do Vaticano - custou 2 euros cada. 

Ficamos muito gratos e emocionados pela benção do Papa ao nosso pequeno Felipe, e voltamos para o hotel acabados e felizes. 

Dia 9 - Roma

Tour histórico

Acordamos, tomamos nosso café e saímos sem pressa. Fomos caminhando sentido Colosseo, paramos no Monumento Vittorio Emmanuelle e pagamos para subir no terraço (não me lembro o valor exato, mas em torno de 7 euros por pessoa) - gostamos muito da visão que deu da cidade. 

Colosseo visto do Monumento Vittorio Emmanuelle

De lá fomos para o Colosseo sem Roma Pass, somente com nossos ingressos comprados pela internet

Pegamos uma pequena fila e, aproximadamente 10 minutos depois, já estávamos dentro do Colosseo, sem prioridade. Nem procurei saber se tinha prioridade para bebês, já que a fila estava pequena. 

Fizemos uma visita rápida, porque o sol estava de matar, apesar do friozinho, e ficamos preocupados com o Lipe pela exposição, afinal ele era um bebê de apenas 3 meses...

Lipe e o papai no Colosseo

Seguimos para o Palatino e novamente uma pequena fila. Tudo isso com carrinho de bebê e é claro que visitar os monumentos históricos em Roma com carrinho faz com que você em grande parte do tempo precise carregar o carrinho no braço! Então meu marido, meu pai e meu sogro fizeram uma boa musculação! Mas isso não nos incomodou, pelo fato de estarmos todos muito felizes por estar ali. 

Adoramos a vista que o Palatino dá para o Fórum Romano.

passagem do Colosseo para o Palatino

Fórum Romano visto do Palatino

Dia 10 - Roma

Tour arquitetônico.

Esse dia foi uma delícia. Caminhamos muito, mas foi ótimo conhecer Roma caminhando! 

Saímos após o café e seguimos para Piazza Navona, Pantheon, Fontana de Trevi, Escadaria de Spagna, Piazza del Popollo, Castelo e Ponte Sant'Angelo...tudo com muita calma...

E assim se encerrava nossa última noite em Roma, pois no dia seguinte pegaríamos o carro e seguiríamos para Veneza!

 pelas ruas de Roma

Lipe com a Ponte Sant'Angelo e o Vaticano ao fundo

Dia 11 - Roma

Acordamos cedo, pegamos o carro e seguimos para Veneza, numa viagem longa mas feita com calma. 

Chegamos em Veneza eram 15hs e deixamos o carro em um estacionamento em Mestre, na porta da estação ferroviária, e ali pegamos o trem com destino a Santa Luzia e desembarcamos na ilha...ENCANTADORA! 

Ali mesmo você já descobre o que todo mundo te fala a vida toda - que nada é igual a Veneza e realmente tudo é muito diferente! Veneza é romântica e sedutora...

Pegamos um táxi, pois nosso hotel ficava na Piazza San Marco, se chamava Casa Fenice e nos serviu bem.

O táxi nos deixou praticamente na porta do hotel. Adoramos o passeio - porque andar de táxi em Veneza é um lindo passeio! Jantamos e descansamos naquela noite.

chegando em Veneza

Dia 12 - Veneza

Acordamos cedo e fomos bater perna e adoramos as ruelas, as pontes, a Piazza San Marco e seus pombos...achamos Veneza um charme!

Fizemos um passeio de gôndola e a dica foi que pegássemos atrás da Piazza San Marco, que ali é onde ficam os melhores gondoleiros...e realmente foi muito bom o passeio!

Mais uma noite em Veneza, jantamos e, no dia seguinte, nos despedimos rumo a Milão. 

 mamãe e papai próximos à Ponte dos Suspiros

 Lipe em uma das milhares de pontes de Veneza

 vista da Ponte dell'Accademia...linda demais

Lipe com vovô feliz da vida junto aos pombos da Piazza San Marco

Dia 13 - Milão

Pegamos nosso carro no estacionamento em Mestre e seguimos para Milão numa viagem tranquila. 

Chegamos no aeroporto, devolvemos nosso carro sem qualquer problema (além das multinhas que chegaram esse mês rsrs...mas já tinham me alertado), fizemos nosso check-in na Tam, novamente o Lipe voltou no bercinho e ganhou parabéns dos passageiros ao nosso redor pelo seu comportamento! 

Chegamos em SP e pouco tempo depois embarcamos para Foz. 

O Felipe não apresentou nenhuma intercorrência, não sofreu com o fuso horário, dormiu super bem na Itália e, chegando em Foz, 4 dias depois já não estava mais no fuso da Itália, voltou a dormir na rotina dele aqui do Brasil. 

Espero que vocês tenham gostado do nosso roteiro e o que eu quis mostrar aqui foi mais uma mãe de primeira viagem que não vai deixar de viajar porque seu bebê chegou! 

Descomplique e seus filhos descomplicados serão...se adapte e seus filhos também se adaptarão!

O Felipe hoje está com 7 meses, e já viajou depois da Itália para os Estados Unidos de motorhome, pelos estados do Arizona e Utah, e seus próximos destinos serão Barbados em abril e Yellowstone em junho!
_________________________________________

Mi, querida, muito obrigada pelo teu relato, adorei! Esse pequeno viajante já é um sucesso na estrada :)

Pena que eu esqueci de te alertar sobre o carrinho! Nós fizemos a mesma coisa na nossa primeira viagem com ele: esquecemos do maldito carrinho na esteira de bagagem do aeroporto JFK em New York, acredita?!? Uma luta para conseguir entrar lá dentro de novo e resgatar o carrinho!

E esse encontro com o Papa?? Nossa, eu certamente ficaria sem reação também, kkkkk...já fiquei emocionada de ver o Papa de longe numa das nossas visitas ao Vaticano

Para ler todos os nossos posts sobre a Itália, clique aqui

Sabia que nós já estivemos em Barbados? Vocês vão adorar! Nossos posts sobre a ilha estão aqui: Barbados

Também já estive em Yellowstone, há décadas atrás, um dos lugares mais impressionantes que já conheci! 

Você também fez uma viagem de carro pela Itália? Deixe as suas dicas nos comentários!


Não esqueça de curtir a fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os nossos minifilmes neste link do Facebook, e os vídeos você assiste no YouTube ou no Vimeo - aproveite e já se inscreva lá nos nossos canais!

Você também nos encontra aqui:


Um comentário:

  1. Amei o post!! Que delícia!! Já estou me sentindo lá... Ah, se eu me emocionei com a foto do Lipe com o Papa, imagino vocês! <3 <3 <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...