6 de janeiro de 2015

Montenegro: nossos passeios por Budva, Sveti Stefan, Petrovac, o Lago Skadar, Murici e Sukobin

Já contei por aqui como foram as nossas viagens de Dubrovnik, na Croácia, até a Baía de Kotor, em Montenegro, conhecendo Herceg Novi, Perast, Tivat, Stoliv, Prcanj e Muo no caminho, e também de Kotor até Budva, no litoral, cruzando o Mt Lovcen e conhecendo no caminho Njegusi e a antiga capital do país, Cetinje

Agora, nesse último post sobre Montenegro, vou contar como foi o terceiro trecho da roadtrip que fizemos pelo país, de motorhome: os passeios que fizemos na litorânea Budva, o cartão postal que é Sveti Stefan, a praia de Petrovac, as belezas naturais do Lago Skadar e Murici, e o trajeto até a fronteira albanesa em Sukobin

Vamos lá?
  
Budva

Como contei no último post, a estrada que chega em Budva, vindo de Cetinje, é de tirar o fôlego, com vistas fantásticas da Cidade Velha de Budva que, de longe, parece uma mini-Dubrovnik, toda cheia de muralhas ao redor. 

Descemos as montanhas imensas e, minutos depois, já estávamos na beira da praia, em Budva, que fica espremida entre o mar e as montanhas - as vistas da cidade e do mar Adriático, por isso, são incríveis!

Chegando em Budva, no final da tarde, fomos direto para a cidade murada - Old Town, é claro!

Estacionamos num parking bem pertinho da Cidade Velha, pagando € 1 por hora












Onde comer

Jantamos num buraquinho na parede, uma pizza deliciosa - o lugar se chama "Pizzeria 10 Maradona"

Cada fatia, imensa, custa € 2

Endereço: Petra I Petrovica 10. 



Primeiras impressões

O que mais nos marcou em Budva foram os iates imensos na Marina, de milionários russos, e a quantidade de viajantes russos e ucranianos de pacote por metro quadrado - eram hordas!

A cidade é o balneário dos Bálcãs por excelência, com uma Old Town super charmosa, mas excessivamente turística, sem casas - apenas lojas e restaurantes, com muitas placas comerciais poluindo um pouco o ambiente. 

A impressão que deu foi que Budva está "na moda" para russos e ucranianos - ou talvez seja simplesmente a proximidade e conveniência daqueles países.

Dizem que, no verão, o litoral de Montenegro, que é banhado pelo Mar Adriático e tem algo em torno de 100Km, fica tomado pelos sérvios também!

Descobrimos uma pracinha na beira da praia, do lado de fora das muralhas, e ali o Lipe se divertiu um tempão!

Em Montenegro não é tão fácil conseguir internet wifi. Não tem disponível nos centrinhos das cidades como na Eslovênia e na Croácia :( 




Pernoite de motorhome

Dormimos bem no centro de Budva, num estacionamento pago, porque estávamos com preguiça de rodar atrás de um bom lugar para fazer free camping

Ficamos 12 horas e pagamos € 12.

No dia seguinte, voltamos ao mesmo estacionamento, bem pertinho da Old Town, e deixamos o motorhome ali para ir ver as atrações da cidade sob a luz do dia. 

A cidade murada é toda para pedestres! 


Passeios em Budva

Fomos à Cidadela, de onde se tem ótimas vistas da cidade murada. 

Custa € 2,50 por pessoa para entrar, e o Felipe não pagou. 

Passeamos bastante pela Stari Grad (centro histórico) e as nossas primeiras impressões da noite anterior se confirmaram: o lugar é charmosinho, mas um pouco turístico demais - não é um local onde as pessoas VIVAM, não existem residências por ali, apenas lojas e restaurantes. Achei que Budva passa longe de ser uma mini-Dubrovnik.

Almoçamos na ruazinha dos restaurantes, na beira da praia, que leva à Old Town.



















Depois, satisfeitos com a nossa visita à cidade, rodamos os 5km que separam Budva de Sveti Stefan, pela costa, uma estrada linda! 


Sveti Stefan

Como o Lonely Planet já havia nos alertado, trata-se de uma ilhota privada, ligada ao continente por um istmo, onde o público em geral não tem acesso. 

Reles mortais, como nós, se contentam com uma fotografia do mirante que fica na estrada, onde ficamos muiiiiito tempo apreciando aquela paisagem incrível. 

Para ser honesta, a minha conclusão é que é muito mais interessante ver o lugar do nosso mirante na estrada do que ESTAR lá, já que quem está lá não tem a vista maravilhosa que eu tinha da minha campervan :)

A ilhota, cujos lindos prédios datam do século 15, é hoje um resort de luxo. 


 estrada costeira entre Budva e Sveti Stefan







Petrovac 

Petrovac é outra das praias lindas no litoral de Montenegro, bem pertinho de Sveti Stefan e de Budva.

A grande mudança é que, diferentemente de Budva, Petrovac estava semi-deserta - quer dizer, até que tinha bastante gente na praia, considerando que estávamos na baixa temporada, mas sem hordas de excursões.  

Estacionamos na beira da praia de graça e tomamos um baita banho de mar - água cristalina e não tão gelada quanto em Dubrovnik













Lago Skadar e Murici

Seguimos então país adentro novamente, deixando o litoral para trás, até Virpazar (20 minutos), onde pegamos outra estradinha sensacional contornando o Lago Skadar até Murici.

O Lago Skadar é um parque nacional lindo, envolto pelas montanhas, cheio de ilhas com monastérios. É o maior lago dos Bálcãs.

Murici é o fim do mundo em forma de lugar. 

Eu havia lido que era o melhor local para um mergulho no lago e para pernoitar, mas nunca imaginei que fosse um lugar sem NENHUMA infraestrutura. 

Só depois que havíamos nos "encontrado", já na beira do lago, foi que descobrimos que é apenas um "assentamento", e não uma cidade em si. 

Não tem um "centro", mercados ou qualquer comércio - apenas algumas casinhas espalhadas ao redor das montanhas!!!











Hospedagem

Dormimos no Murici Vacation Resort, depois de dar um bom mergulho no Lago Skadar, que também tem águas cristalinas.

O "resort" tem um banheiro com chuveiro ok, máquina de lavar roupas e água. 

Eles também servem refeições e têm cabanas para alugar. Não sei se tem esgoto. 

O melhor de lá foi a hospitalidade do proprietário e do funcionário sérvio que fala inglês perfeito. Conversamos muito sobre as relações entre os países da região, lugares turísticos na Sérvia, futebol...foi uma das melhores oportunidades que tivemos durante a viagem inteira para conversar com os locais - é o tipo de coisa que um lugar como Murici proporciona, já que não há muito o que fazer além de conversar.

Pagamos € 15 porque pedimos desconto - o preço inicial era € 20.

Veja outros hotéis na região do Lago Skadar aqui






















Fronteira albanesa em Sukobin

De Murici, no dia seguinte, seguimos em direção à fronteira albanesa em Sukobin

A estrada continuou muito linda, contornando as montanhas e o Lago Skadar. Passamos por muitos ciclistas!

Foi a primeira vez que encontramos fila para cruzar uma fronteira!

Cruzamos a fronteira de Montenegro para a Albânia em Sukobin (cidade montenegrina) - Muriqan (lado albanês). 

Acho que havia fila porque lá as imigrações estão concentradas no mesmo lugar - nos outros países, passávamos primeiro na imigração de um país e depois andávamos mais 200 ou 300 metros até chegar no prédio da imigração do outro país. Em Sukobin, é tudo no mesmo lugar, a saída de Montenegro e a entrada na Albânia num conjunto só. 








O litro de diesel, em Montenegro, custa € 1,27. A moeda usada no país é o Euro


No próximo post, a nossa viagem continua pela Albânia

videoclipe de Montenegro já ficou pronto! Não deixe de assistir, para ver as imagens de todos esses lugares lindos por onde passamos! 

Você já esteve em Montenegro? Fez este mesmo trajeto que nós?? Sério??? Então deixe as suas dicas na nossa caixa de comentários!



Pesquise seu hotel em Montenegro com o Booking.com



Videoclipes desta viagem

Já estão no ar diversos videoclipes de lugares por onde passamos nesta mesma viagem:

Outros países desta viagem

Leia ainda as nossas dicas sobre os outros países que visitamos nesta mesma viagem:


Leia também



Redes sociais

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante.

Assista todos os minifilmes desta viagem de motorhome pelos Bálcãs neste link do Facebook.

Os nossos vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal para receber os novos vídeos que postarmos por e-mail! É grátis!

Você também nos encontra aqui:


Um comentário:

  1. Cláudia, tô lendo tudooo!!!! E anotando tudo que posso! Estou pensando em subir a partir de atenas, passar pela albania, montenegro e depois costa da croácia. Está difícil de montar a logística, mas toda informação que acho é válida! Obrigada!!! :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...