25 de agosto de 2014

Bled: nosso roteiro, dicas práticas, passeios e os cartões postais

Imagine um laguinho de águas verdes transparentes cercado de bosques muito verdes e rodeado por montanhas enormes com os cumes cheios de neve. 

Agora acrescente, numa das margens deste lago, um Castelinho de contos de fadas construído sobre um penhasco rochoso. 

E, como se tudo isso não fosse suficiente, tempere com uma ilhota no meio do lago, encimada por uma igrejinha, para tornar tudo ainda mais romântico! 

Essa é a receita de Bled, o lugar que a maioria dos eslovenos considera o mais lindo do seu país cheio de lugares gloriosos, e não só isso: este é considerado um dos lugares mais bonitos da Europa inteira!

Sério, se você perguntar para um esloveno qual o lugar mais bonito da Eslovênia, ou qual o lugar que eles gostariam de mostrar para um turista no país, a resposta certamente será Bled. E não é por pouco.





Uma das expressões mais usadas para definir Bled é "conto de fadas" - é difícil ver alguém se referir à cidade sem usar, em algum momento, esta expressão - é um cliché, claro, mas nunca ouvi um cliché tão acertado!    




ah, claro! não podiam faltar os patinhos nadando no lago...

Como chegar

Nós chegamos em Bled, vindos de Ljubljana, 54Km ao sul (40min), ao anoitecer e o tal Castelo parecia um troço saído de uma história infantil. 

Para entender como chegar lá e ainda ler sobre as cidadezinhas que conhecemos no caminho entre Ljubljana e Bled, clique aqui



Bled à noite

Já escrevi aqui, e vou repetir, que muita gente vai até Bled numa daytrip de Ljubljana, bate e volta, às vezes numa excursão com um grupo organizado, e poucos passam a noite em Bled, perdendo de ver o lugar à noite, iluminado, como num conto de fadas!

Assim que surgiu um acostamento na estradinha linda que margeia a parte sul do lago, estacionamos e descemos de tripé em punho para muitas fotos noturnas!

Bled vale uma noite da sua vida!




Hospedagem

De lá, seguimos direto para a nossa hospedagem 5 estrelas no Bled Camping, a oeste do lago, como eu contei em detalhes aqui. Se você tem vontade de experimentar um pouco de glamping, não deixe de ler aquele post!

Depois de começar o dia batendo perna em Ljubljana, e ainda passear por Skofja Loca e Radovljica no caminho, estávamos exaustos!





A volta no lago

No dia seguinte, depois de conhecermos melhor os arredores do nosso fabuloso Camping, saímos para uma caminhada em volta do lago, de 6Km

O Peg já tinha feito uma volta no lago de Bled correndo, na sua corridinha matinal, e ficou descansando, enquanto saímos eu, Lipe, Manu, Lalá e Fê, nossos companheiros nesta viagem.




Saímos com o firme propósito de fazer a volta no lago, afinal, eram apenas 6Km, e levamos os nossos 2 pequenos viajantes nos seus respectivos carrinhos. 

O lago tem 2Km de comprimento por 1380m de largura e, de junho a agosto, as águas têm uma temperatura média de 26 graus

Ocorre que, na verdade, os tais 6Km acabaram virando muito mais, e descobrimos que a tal "caminhadinha" pode durar o dia inteiro, num verdadeiro tour fotográfico, se o dia estiver bonito e você gostar de fotografias como nós. 

A gente ficava subindo e descendo, ia um pouco pela estradinha, outro pouco pelas trilhas na margem do lago, parávamos em todos os "campinhos" para as crianças brincarem, corríamos com eles prá lá e prá cá e, quando vimos, já haviam se passado umas 3 horas e nós não estávamos nem na metade da volta ao lago!





Sério! Inacreditável que andamos umas 3hs e não vencemos nem 3Km, kkkkkkkk...

Mas a nossa desculpa é boa: o dia estava lindo demais! 

O lago parecia um espelho, refletindo toda a beleza natural ao redor dele e, a cada passo, tínhamos que parar para mais um clique.

Bled é uma daquelas cidades charmosinhas espalhadas pelo mundo que são motivos suficientes para você querer conhecer um país - Bourton-on-the-Water (Inglaterra), Toledo (Espanha), Brugges (Bélgica), Saint Paul de Vence (França), Cinque Terre (Itália)...a grande diferença é que, em Bled, a beleza não foi "construída" pelo homem - ela é natural!





Queríamos encontrar um barco para alugar e remar um pouquinho no lago, mas acredito que era muito no começo da temporada ainda (começo de maio), e os barcos até estavam por lá, mas não tinha nenhum barqueiro por perto para nos fornecer os remos :(




Quando percebemos, estávamos exaustos e loucos de fome, e então, já com os olhos cansados de ver tanta beleza, resolvemos voltar ao camping e pegar o Peg para irmos almoçar.  

Passeio de "pletna" até a igreja na ilha

Fomos então de carro/motorhome até o centrinho da cidade, onde não resistimos a mais um pequeno passeio na beira do lago para mais algumas fotos.

Ali era possível embarcar num pletna (barco a remo local, que parece uma gôndola) para ir até a igrejinha que fica na ilha no meio do lago, chamada "Blejski Otok". 

Esta é igrejinha não tem nada de mais, e o maior motivo para as pessoas irem até lá é tocar o sino da torre, tradição que garantem trazer sorte. 





O passeio de ida e volta até a ilha custa 12 euros por pessoa - bem razoável, considerando que o barco é a remo, para não poluir as águas transparentes do lago. 

A duração total do passeio é de 1h15min, e você terá uns 30min para visitar a igreja e explorar a ilhota. 

Ocorre que o barco só zarpa quando lotar com pelo menos 8 pessoas, e nós éramos 4 e a nossa fome não nos permitia esperar por outros turistas!!!






Almoço

Como não tinha sido fácil encontrar um lugar para estacionar por ali, resolvemos já almoçar ali mesmo, e encontramos o Okarina, um restaurantezinho super gostoso, recomendado (vejam só!!!) pelo "Beatle" Paul McCartney, com um menu do dia de salada verde + carbonara + água. 

Tudo estava delicioso e o Lipe e a Lalá ainda ganharam lápis de cor e folhas para desenhar :)

Pagamos € 30 por casal








Castelo de Bled

De barriga cheia ooops, satisfeitos, seguimos para a grande atração de Bled, a visita ao castelo medieval da cidade, que fica encarapitado no alto de um penhasco de mais de 100 metros de altura

Contei em detalhes o nosso passeio por lá neste post aqui - clique para saber como chegar, estacionar, o que tem para ver lá, informações úteis...

Só vou adiantar aqui que as vistas de cima do castelo de Bled são top, top, top!!!





Passeio de carruagem


Para os turistões messsssssmo, existe também a possibilidade de um passeio de carruagem ao redor do lago, que custa 40 euros - eu dispensei, mas posso afirmar que, se existe um lugar no mundo onde um passeio deste tipo faz sentido, este lugar é Bled. 

Então, se você está com um espírito romântico, e um passeio de carruagem faz parte da sua listinha de desejos, pode ter certeza de que Bled é "O" lugar para riscar esse sonho da  sua lista!





A despedida


Quando descemos do Castelo, a nossa ideia era ir até o Vintgar Gorge (Soteska Vintgar). 

Depois de rodar um  tempinho perdidos procurando o caminho, resolvemos entrar no centro de informações turísticas, e foi a nossa sorte: ali que nos informaram que, infelizmente, devido a um deslizamento de terra, o desfiladeiro havia sido fechado (há já alguns meses) para reformas, sem previsão de reabertura!

Se você tem vontade de visitar este lugar que supostamente é lindo, informe-se antes para saber se já reabriu, para não perder a viagem (são 4Km de distância do centro da cidade, a noroeste). 

Bled tem muitas outras atrações para os mais esportistas, além das que eu já mencionei, que são os passeios considerados "imperdíveis" para o turista comum. Há possibilidades de hiking, biking e canyoning, dentre muitas outras.  

Pelo que eles comentam, o lugar fica superlotado no verão - como estivemos lá no início de maio, e a temporada recém estava começando, pegamos a cidade vazia, e adoramos! 




Como era metade da tarde, resolvemos então seguir viagem, já que ainda queríamos conhecer Bohinj, ali pertinho. 

No próximo post, eu conto tudo sobre Bohinj, ok?


Mais tarde, naquele mesmo dia, ainda voltamos a Bled, antes de seguir viagem para o norte - Bohinj fica encravada no meio das montanhas, e não dá para seguir viagem direto de lá, é praticamente num beco sem saída. 

Em Bled, fomos até a frente do Camping novamente, no lado oeste do lago, tirar mais fotos. Na nossa opinião, a vista que se tem da frente do camping é das mais bonitas de Bled, com as montanhas ao fundo, o Castelo à esquerda e a igrejinha na ilha logo à frente - e foi com essa imagem maravilhosa gravada na retina que nos despedimos de Bled, prometendo a nós mesmos que voltaremos um dia, para repetir essa cena que me emocionou:


Imagina eu e o Peg, daqui uns 30 anos??? #queromuito



Antes que escurecesse, seguimos nosso caminho para Kranjska Gora, 40km a noroeste de Bled. 

Você já esteve em Bled? Mande uma foto para publicarmos nas nossas redes sociais!!

No próximo post, Bohinj - fique por aí!!





Leia mais

videoclipe da nossa viagem pela Eslovênia você assiste aqui

Ficou com vontade de saber mais sobre a Eslovênia? É só clicar aqui.  

Nosso roteiro de 34 dias pelos Bálcãs: aqui.  

Para saber como é e quanto custa viajar de motorhome pelo Leste Europeu, clique aqui.

Nosso "manual" de perguntas e respostas sobre aluguel de motorhome na Eslovênia/Croácia está aqui

Dicas para planejar uma viagem pelos Bálcãsaqui

Todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome estão organizadas aqui

As postagens sobre os Bálcãs estão aqui.





Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui.

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta viagem de motorhome pelos Bálcãs no Facebook. Os nossos vídeos você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal! 

Você também nos encontra aqui:

4 comentários:

  1. Oi, Cláudia. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Boia – Natalie

    ResponderExcluir
  2. Oi Cláudia! As pessoas tomam banho no lago? Ou é muito frio? Em que mês vc foi? Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, que bom te ver por aqui! Sim, acho que tomam banho no lago sim, mas não vimos ninguém na água porque ainda estava friozinho quando estivemos lá, entre abril/maio! É um lago de descongelamento de neves, então a água deve ser sempre gelada, mas num dia quente de verão acho que vira praia sim :)
      Beijão

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...