12 de maio de 2013

ah, minha mãe...

(Por incrível que pareça, o papai, homem dos videoclipes, fotografias e caricaturas da família, hoje sentou e escreveu um post! Olha que mimoso o meu presente de dia das mães:)


ah, minha mãe...

Valente, carinhosa, compreensiva, generosa, lutadora, trabalhadora, incansável, inteligente e apaixonada...

Ufa!  Tentei "reduzir" o que tu representas para mim. 

Sempre fazes tudo que está ao teu alcance para que eu possa ser, nessa vida, acima de tudo, um homem bom e feliz.

Ainda não sabemos se, futuramente, eu serei tão apaixonado assim por viagens como tu e o papai, mas sabemos que a probabilidade é gigantesca, afinal, de tal palo, tal astilla, né?!

No entanto, sei que sempre é feito o melhor para que eu possa crescer ampliando meus horizontes, à medida que me ensinas, por exemplo, 


 que o transporte mais legal da Indonésia é esse triciclo chamado becak...


 ou então, que Sydney, na Austrália, é onde fica a casinha do peixinho Nemo...



 que em Christchurch, na Nova Zelândia, conseguimos alimentar girafas com arbustos...



 que dentro do Red Fort, em Delhi, na Índia, eu "toquei o terror", sob tua supervisão!



que os 7 mil Km da ferrovia transiberiana não são tão rudes assim, 
e que unidos vencemos mais essa longa e divertida aventura...



 que, para conhecer o Vulcão Bromo, na Ilha de Java, 
tivemos que acordar às 4 da matina, mas eu me comportei direitinho...



que me levaste para um dos palcos mais conhecidos do socialismo mundial, 
a Praça Vermelha, em Moscou, na Rússia



Isso não tem preço mamãe!
Não tem nem o que tanto explicar.
Amor não se explica, se sente.
Tenho simplesmente, que, como fizemos hoje pela manhã, 
sem muita musicalidade, é verdade,
fazer o nosso jogral:

FELIZ DIA DAS MÃES!!!

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...