6 de outubro de 2012

Foz do Iguaçu: todo brasileiro tem "obrigação" de conhecer!

As Cataratas do Iguaçu são Patrimônio da Humanidade, segundo a UNESCO, e foram eleitas, recentemente, como uma das 7 Maravilhas da Natureza no mundo.

A cidade de Foz, além das Cataratas, tem a Usina Hidrelétrica de Itaipú, o Marco das 3 Fronteiras, o Parque das Aves e, do lado, cidades vizinhas na Argentina e no Paraguai

Então, não é por nada que é o segundo destino mais procurado por turistas no Brasil, entre brasileiros e estrangeiros, atrás apenas do Rio de Janeiro. 

Viajando pelo mundo, a gente sempre fica impressionado com a quantidade de gringos que nos contam que conheceram o Brasil - foram ao Rio e às Cataratas.

Claro, a gente sabe que os gringos gostam do nordeste, do Pantanal e da Amazônia, mas nada se compara com as Cataratas, que são conhecidas no mundo inteiro.

Essa é a razão do título deste post: os brasileiros têm, sim, "obrigação" de conhecer Foz do Iguaçu! Mais ainda, porque vir a Foz é muito fácil, e pouco caro, para dizer a verdade.

Já contei que conheci as Cataratas ainda criança, com a minha avó. O Lipe também, veio a Foz pela primeira vez quando era bebê, com 5 meses (eu ainda estava em licença-aternidade!). Leia o post aqui

Agora, resolvemos repetir a dose, aproveitando uma viagem a trabalho para passar o final de semana na Terra das Águas.

Em primeiro lugar, tenho que dizer que viajamos pela primeira vez pela WebJet, e a companhia aérea não nos decepcionou, apesar da turbulência no vôo.

As passagens aéreas foram bem baratas - com certeza gastamos menos desta vez do que na outra viagem, em 2009, quando viemos de carro!

Uma passagem de adulto mais uma de criança, ida e volta, com taxas de embarque incluídas, compradas com uma razoável antecedência, custaram em torno de R$ 600,00, na WebJet




Só uma ressalva: o embarque dos vôos da WebJet (e nos da Azul também!), em Porto Alegre, é no terminal antigo do Aeroporto Salgado Filho, o que nós não sabíamos, e poderia ter nos causado problemas se não fosse o motorista do nosso táxi saber!

Foi bem legal porque, na decolagem, deu para ver, lá de cima, a Arena do Grêmio, novo estádio do time de futebol que está sendo construído, do qual o Peg e o Lipe são torcedores.
  
Outra coisa engraçadíssima, que eu não sei se ocorre em todos os vôos ou só aconteceu no nosso, é que o comissário de bordo era uma figura raríssima, dizia coisas cômicas, e matava a todos de rir - achei ótimo. Companhias aéreas são sempre muito formais, achei legal o jeito leve da WebJet.



já sei colocar o cinto de segurança sozinho, mamãe!!!


  
Em segundo lugar, quero falar do hotel em que estamos ficando. É o Recanto Cataratas Resort.
  
Achei muito bom para quem viaja com crianças - porque é cheio delas! É um hotel grande, bacana, com piscinas enormes, 2 pracinhas, kids club, sala de ginástica com jogos tipo ping-pong e pimbolim, etc.

Já cansei de falar que nós somos adeptos de hotéis baratos, mas às vezes também acho que vale a pena dar uma esbanjada, ainda mais quando a viagem é curta e a hospedagem não pesa tanto no orçamento.

Neste caso, acho que, pelo preço, o hotel poderia ser ainda melhor - não gostei nem um pouco do fato de que a internet, por exemplo, é paga - acho um absurdo, hoje em dia, qualquer hotel que seja cobrar pelo uso da internet wifi, ainda mais um hotel do nível deste, que cobra diárias de R$ 280,00.

Outra coisa meio chatinha é que não existe nada por perto (lugares para comer, principalmente), e nos restaurantes do hotel nada é realmente "barato" - os preços do frigobar, por exemplo, são absurdos... 






em pouco tempo na piscina, muitos amigos! 

Como falei acima, não é grande coisa a localização do hotel, pois, sem um veículo, não dá nem pra pensar em sair do quarto (nós acabamos alugando um carro, porque os preços dos taxis são abusivos), mas, de qualquer forma, no final, a conclusão foi a de que acertamos na escolha do hotel, já que, para o pequeno viajante, foi perfeito: ele fez um monte de amigos, o kids club funciona das 8 da manhã às 11 da noite, tem um "tio" no kids club, o "Quati", que é MUITO legal, muitos banhos de piscina (bem rasinha para crianças) - o Lipe adorou!!! 

Sabe aquele tipo de hotel em que você está tomando o café da manhã e aparece lá, do nada, um palhaço dando balões para as crianças? 

É bem assim. Aprovado. 



enquanto a mamãe trabalha, na Sala de Justiça...




  brincando com o tio Quati



Por último, é bom lembrar: faz muito calor em Foz do Iguaçu - é bom pegar um carro e reservar um quarto de hotel com ar-condicionado; para quem nunca veio aqui, são necessários, no mínimo, uns 3 dias para conhecer a região; e não esqueça de trazer a sua carteira de identidade (a verde) para não ter problemas ao cruzar as fronteiras paraguaia e argentina - documentos de identidade funcionais ou carteira de motorista não servem!  

Logo, logo farei outro post contando do nosso passeio ao Paraguai (se é que Ciudad del Este pode ser considerado "Paraguai"), do nosso carro alugado e das visitas às Cataratas, Parque das Aves e Macuco Safari - aguarde!

ô vida boa (outra da série "enquanto a mamãe trabalha")


Indo para Foz do Iguaçu?





Leia mais aqui:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...