17 de fevereiro de 2012

polêmica: viajar com as crianças ou não???

Sabemos que o assunto é polêmico. 

Cada vez que a gente anuncia que estamos partindo para uma nova viagem mundo afora com o Lipe, até a família nos chama de loucos. Claro que eles já se acostumaram (e as vezes até embarcam conosco - EUA, Canadá, Noronha), mas sempre tem uns e outros que continuam achando que somos loucos ou, pior, egoístas. 

Eu respeito a opinião de todo mundo (discordo de cada palavra, mas defendo até a morte o direito deles de pensarem assim, hehehe...), e já confessei várias vezes que isso tem muito de egoísmo sim. Inúmeras vezes, na estrada, já nos sentimos péssimos pais, cada vez que a gente tinha que tirar o pequeno viajante de uma caminha quentinha às 4 da manhã de uma madrugada siberiana para ir pegar um trem, por exemplo. 

Criamos o blog apenas para incentivar as pessoas que têm medo de viajar com as crianças, mostrando que isso é totalmente possível e até mais divertido (além de o blog ser uma recordação para o Lipe!).  

Olha o que já disseram de nós por aí (engraçado que, no blog, ninguém faz esses comentários, só escrevem coisas positivas e elogiosas, mas em outros sites onde nós fomos mencionados os nossos "detratores" já disseram "coisas horríveis" de nós, hahahaha):

Eu discordo totalmente quanto a levar crianças menores de 7 anos para destinos longínquos, primeiro, pelos riscos que correm essas crianças, em termos de alimentação, cuidados médicos, etc, outro fator é pelo cansaço que proporciona não só aos pais como aos pequenos também, e por último, uma criança muito pequena, não terá lembrança de nada do que viveu, pois a gente se esquece muito facilmente quando pequenos. Portanto, como bagagem cultural, para a criança em especial, para mim é zero.

Concordo com a Kity, o risco de acontecer algo grave é muito grande, pois até uns 3 anos todo o sistema de resistência da criança ainda está em formação e corre-se o risco de ela ficar doente. Já imaginou pegar uma infecção na Índia? Acho que não compensa o risco não e posso estar enganado mas acho isso um pouco de egoísmo, pois quem curte esse tipo de viagem são os pais e não as crianças!!! 

Ainda bem que sempre tem quem diga que, depois de ler o blog, criou coragem para aquela viagem muito sonhada com os pimpolhos - os e-mails e comentários desses leitores é que nos estimulam a continuar escrevendo:

Admiro muito os pais que não fogem dos filhos para viajar. Porque fácil é deixar em casa, mas quem ama e quer ficar perto do seu pimpolho leva junto!!!

Amei a ideia. Eu e o meu marido também somos doidos por viajar. Sempre que regressamos de uma já estamos pensando na próxima, eu principalmente. Claro que quando chegarem os filhotes vai dificultar um pouquinho, mas ao contrário do que todos os outros dizem a solução é simples, basta levá-lo comigo. Adorei! Parabéns. 

Claudia,
Amei demais o seu post!!!!! Será uma verdadeira inspiração pra mim! Eu e o meu marido amamos viajar e viajamos sempre, mesmo que seja por perto ou para lugares que já conhecemos. Nós também queremos conhecer o mundo inteiro!!! :) Mas começamos com as viagens internacionais só em 2008, então ainda falta muito, muito mesmo pra conhecer. Por isso, a gente vive adiando os planos de ter filhos com medo de ter que parar de viajar por muito tempo. Mas vendo o exemplo de vocês viajando juntos e felizes, me sinto mais confiante que vai dar certo realizar tudo ao mesmo tempo! Boa volta ao mundo pra vocês. Rachel, parabéns também!

 eu só queria tomar o meu leitinho em paz, mas a mamãe tinha que escalar a muralha da China!


 na subida da muralha, de teleférico, o único bico que restava caiu no precipício: e agora?!? quem sabe o pequeno viajante não chupa o bico da mamadeira???


 em Cingapura, fomos aos Estúdios da Universal especialmente para o Felipe brincar nos brinquedos do Madagascar, que era então o filminho favorito: ele de-tes-tou! vai entender...


 me inventaram mais um hop on hop off, e eu só queria tirar um soninho...


no aeroporto de Cingapura: é, meu filho, vida de mochileiro pode ser insalubre...

E você, o que pensa do assunto???

6 comentários:

  1. Considero esta teoria de q crianças q têm rotina são + saudáveis e seguras uma balela! As crianças q vivem uma rotina estreita c/ hora p/ brincar, comer, dormir.....quando tem qualquer aspecto de seu cotidiano alterado sofrem emocionalmente e até fisicamente, ao passo q o pequeno viajante se sente em casa em qualquer lugar, dorme em qualquer cama, faz amizades c/ grande facilidade..... Quanto à segurança a estória se repete, crianças c/ cotidiano controlado não tem um repertório de respostas que as possibilite reagir bem a situações novas; ao passo que o Felipe tem um repertório tão grande de vivências e respostas, que quando uma situação nova se coloca a sua frente, ele inconscientemente busca em tudo que já viveu uma atitude q sirva como resposta aquele desafio e........pimba! Sucesso!!!
    Digo e repito, como nossas crianças seriam mais saudáveis se pudessem passar tanto tempo grudadinhas nos pais, sendo estimuladas e educadas por eles e não por babás, tias das escolinhas......
    O Lipe não precisa lembrar da Muralha da China, basta crescer sem medo de altura, respeitando as pessoas de olhos puxados....
    Anália Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Nossa, amei conhecer o blog de vcs e as aventuras da família (aliás, vou ter que voltar muitas vezes para conhecer tudo!)
    Lindas viagens!

    Também sou total adepta de carregar minha filha pra todo canto. E as crianças maiores guardam muito sim e institivamente. Para ter uma ideia, a festinha de 6 anos da minha filha teve como tema a ILha de Páscoa, escolhido por ela, após nossa incrível viagem por lá!

    É isso aí, ele pode não se lembrar da Muralha da China, mas o sentimento da convivência familiar, o afeto, ninguém tira!

    Parabéns!!!!
    Cinthia
    @chilecriancas

    ResponderExcluir
  3. Acho que as vezes vocês são bem radicais, mas verificamos pelo fotos do Felipe que se adaptou bem a essa "falta de rotina".

    Ao mesmo tempo verificamos que tem muito amor envolvido,e onde tem amor só tem como dar certo.

    Claudia vc já vieram para Amazônia? Região Norte do Brasil? Manaus-AM?

    Bjs Desirée Tapajós
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não fomos não, Desirée! tenho até um tio que está morando no Pará, e estou devendo uma visita...morro de vontade de conhecer Belém e Manaus, mas ainda não surgiu a oportunidade...ainda chegamos lá! bjos

      Excluir
  4. Cláudia, tenho um menino de 1 ano e 10 meses. Eu e meu marido gostamos muito de viajar. Fico impressionada com os destinos que vocês já foram com o Felipe, ainda tão novinho. O meu menino só tem três viagens na bagagem: duas de Brasília para Belo Horizonte e outra de Brasília para Ilhéus. A próxima será para Maceió, de avião, para um resort bbb.
    Viajar com criança pequena é um trampo, muito diferente do casal colocar os pés na estrada e ir curtir a aventura. Mas eu gosto, acho que o Vinícius também se diverte. São tantas informações, tantas novidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual resort vcs foram em Maceió, Luciana? Estamos loucos para voltar lá!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...