11 de fevereiro de 2015

Studio do Carmo - nosso hotel boutique no Pelourinho, em Salvador

Já comentei com vocês (aqui) que, em Salvador, eu fazia questão de ficar hospedada NO Pelô – na outra vez em que fui à Bahia, fiquei num hotel 5 estrelas no Rio Vermelho, mas morri de inveja daqueles gringos que eu via nas pousadinhas charmosas do Pelourinho!

Desta vez, uma italiana simpaticíssima que é a proprietária de um hotel boutique por lá, a Francesca, nos convidou para passar 2 noites no seu Studio do Carmo, localizado num daqueles sobrados lindos do século 18 no Pelourinho, em plena Ladeira do Carmo, e eu tinha certeza que ia adorar ficar lá!

No Booking, as avaliações eram boas, todo mundo elogiando a limpeza, os funcionários, a localização (óbvio!) e o tamanho dos quartos. 

Fomos, ficamos lá 2 noites, no início e no final da nossa viagem à Bahia, e também voltamos cheios de elogios, sem ne-nhu-ma reclamação!


Localização

O maior apelo do Studio do Carmo é justamente a sua localização, na Ladeira do Carmo, nº 17, ou seja, a uma quadra do Largo do Pelourinho.

Já mencionei em outras ocasiões que eu não entendo alguém ir a Salvador a turismo e ficar longe do Pelô. É como ir a Fez, no Marrocos, e ficar do lado de fora da Medina - incompreensível pra mim. 

Se todos os principais pontos turísticos da cidade estão justamente lá, e você vai até lá para vê-los, qual a vantagem de se hospedar longe de tudo o que realmente importa???

Ora, se o local não fosse charmoso ou seguro, ou se os preços fossem abusivos, ainda vá lá, mas o Pelourinho tem (pelo menos atualmente) uma rara combinação de ótimo policiamento, charme de sobra e bons preços de hospedagem!




Mas, mais do que a localização em pleno "Pelô", a Pousada Studio do Carmo ainda tem outras duas vantagens: 

Vantagem nº 1 - 

Ela fica exatamente na frente da Escadaria do Paço, importante ponto turístico da cidade! Todos os quartos de frente têm vista para ela, e os de fundo têm vistas para os telhados, igrejas e casario da cidade alta. 

Quem lembra desta famosa escadaria e da igreja lá em cima?? 

É a Igreja de Santa Bárbara e Santíssimo Sacramento, onde foi filmado "O Pagador de Promessas". A igreja está fechada há muito tempo para visitação de turistas, e (espera-se) será restaurada pelo IPHAN em breve. 


Vantagem nº 2 - 

Existem outras pousadas e hotéis no Pelourinho, mas na hora de fazer a sua reserva, preste atenção se você conseguirá chegar até a sua hospedagem de carro ou táxi

O Pelô é quase todo fechado para o trânsito de veículos e, por mais que os policiais tenham boa vontade para, excepcionalmente, deixar passar turistas em táxis, se houver bastante movimento nas ruas eles fecham tudo mesmo - dava até pena de ver os turistas arrastando malas pesadas ladeiras acima para chegar aos seus hotéis!

Já a Ladeira do Carmo é uma das poucas ruas que raramente é fechada para o trânsito de veículos - nas 2 vezes em que estivemos lá, estava sempre aberta! Tanto que viemos de táxi do aeroporto e o motorista nos deixou exatamente na porta do hotel e, depois, quando alugamos um carro, ele dormiu estacionado na porta do Studio do Carmo, de graça! 

Eles não prometem estacionamento no hotel, pois não há garagem privativa, mas foi uma bela surpresa positiva para nós o fato de que havia sempre uma vaga de estacionamento reservada para nós bem na frente da pousada - o pessoal do hotel sempre reserva uma ou 2 vagas com cavaletes para os hóspedes e, como não haviam muitos hóspedes motorizados, tivemos essa sorte!

Em resumo, é bem como eu escrevi nas nossas redes sociais durante a viagem (Facebook / Twitter / Instagram):

"Localização perfeita do Hotel Boutique Studio do Carmo! A uma quadra do Largo do Pelourinho e uma quadra do Convento do Carmo! Num prédio histórico lindo, com quartos enormes - tem graça vir a Salvador e ficar fora do Pelô? Os gringos é que sabem das coisas! Cheio deles aqui!"


Como chegar 

Como nós chegamos a Salvador à noite e os escritórios das locadoras de carros no aeroporto já estariam todos fechados, e só poderíamos alugar um carro no dia seguinte, resolvemos contratar um transfer do aeroporto para o Studio do Carmo, serviço oferecido pelo próprio hotel, e que custava R$ 100,00.

Me disseram que esse seria mais ou menos o preço do táxi, e achamos que seria uma boa ter alguém de confiança lá nos esperando com uma plaquinha com o nosso nome, que soubesse bem direitinho a localização do hotel.

Nosso vôo chegou atrasado e o motorista estava lá nos esperando no aeroporto, com a tal plaquinha com o nosso nome, num Fiat Doblo bem confortável e com espaço para muitas malas. Era noite e não havia engarrafamento, então chegamos bem rápido ao hotel.

O pagamento por este serviço não é feito ao motorista, e sim diretamente na recepção do hotel. 


No aeroporto, um outro motorista, provavelmente ilegal, chegou a me oferecer transporte para o hotel de van - junto com outros passageiros - a R$ 30,00 por pessoa, e o Lipe iria de graça. Assim, pagaríamos R$ 60,00 - mais barato do que os R$ 100,00 que pagamos pelo transfer particular - mas aí é uma questão de segurança, de privilegiar quem trabalha legalmente e de rapidez, pois a tal van provavelmente demoraria horas para chegar ao nosso hotel, largando outros passageiros no caminho...


Se você estiver sozinho, existe também a possibilidade de você pegar no aeroporto o ônibus executivo que leva aos hotéis - só teria que confirmar se ele está parando perto do Pelourinho antes! Custa R$ 30,00, e o balcão para a compra do bilhete fica junto às esteiras de bagagem. Não sei se cobram por crianças, porque não havia ninguém atendendo no balcão quando fui ali tirar a dúvida. 

Saiba mais sobre esse serviço de ônibus neste post do Viaje na Viagem

Quarto

Outro dos pontos positivos do Studio do Carmo é o tamanho dos quartos, que são beeem grandes. Claro, trata-se, afinal, de um casarão colonial do século 18, e aquele pessoalzinho das antigas passava bem, né? Nada dos quartinhos apertados de hoje em dia, hehehehe...

Na nossa primeira estadia lá, ficamos num quarto de fundos, no piso térreo, super silencioso, com vista para os telhados de Salvador. Era um quarto bem grande, com grandes janelões, decoração bem baiana e colorida :)

Esse quarto tinha uma cama de casal e uma cama de solteiro com travesseiros confortáveis e lençóis e toalhas brancos.

Tinha também frigobar, cafeteira, tv grande de plasma, mesa com 4 cadeiras, ar condicionado split, telefone, mesinhas e luzes de cabeceira. 

O banheiro também era de bom tamanho, mas não era antigo - como se poderia imaginar num prédio do século 18 - mas sim totalmente reformado e bem moderninho! Chuveiro ótimo, com shampoo e sabonete. 

As crianças até 5 anos são acomodadas gratuitamente :) 










vista da janela do nosso primeiro quarto no Studio do Carmo

Na nossa segunda estadia, tivemos a sorte de pegar um quarto de frente, no terceiro andar, com uma vista linda para a igreja em frente! 

Também era um quarto bem grandinho, com banheiro igualmente reformado. 

Se você estiver com crianças pequenas, ou tiver muita tralha (=bagagem), recomendo que peça um quarto no térreo ou nos pisos inferiores, porque, como é óbvio, os casarões coloniais do Pelourinho não possuem elevadores! 
  


Nós pedimos para ver outros quartos e são todos bemmmm grandes e confortáveis - vários deles têm até cozinha equipada

Para as famílias maiores, eles têm quartos para 4 que acomodam até 5 pessoas (uma criança menor) tranquilamente! 

Vejam as fotos:








Atendimento

A recepção funciona 24hs. Os 2 funcionários que nos atenderam na recepção, tanto o rapaz do turno da noite, quanto a gerente Joanice, de manhã, foram super atenciosos e nos deram muitas informações. 

O check-in foi bem rápido. 

No café da manhã, a moça também foi super querida, inclusive lavou os copos do Felipe para mim na cozinha :)

A internet wifi é gratuita e funciona super bem por todo o hotel. 

O hotel oferece serviço de massagem e lavanderia, mediante agendamento e pagamento à parte. 

Além disso, o Studio do Carmo funciona também como galeria de arte, e todos os objetos que decoram o hotel estão à venda - ótima oportunidade para comprar arte legitimamente baiana! 






No dia do check-out, deixamos as nossas malas na sala de bagagens do hotel, depois de liberar o quarto, e saímos para passear por Salvador. 

Quando voltamos para buscar as malas, é claro que estávamos encharcados de suor, e eles nos ofereceram o banheiro da recepção para que pudéssemos tomar banho, e ainda nos forneceram 3 toalhas - achei isso muito simpático! 






Café da manhã

O café da manhã é servido das 7:45 às 10AM, numa área com bastante verde nos fundos do casarão, que eu gostei muito! 

Tinha sucos de acerola, maracujá e melancia, café, iogurte, bolo de cenoura com cobertura de chocolate, panquecas com recheio doce, coxinha de galinha, pão, presunto, queijo, manteiga, geléias, cuscuz de tapioca, melancia, goiaba, mamão, manga e banana da terra. 

Para mim, não faltou nada! E estava tudo uma delícia!!









Aluguel de carro


Antes de viajar, eu contei neste post que alugamos um carro para a nossa roadtrip baiana (o mais barato que nós encontramos com ar condicionado!), e o fizemos pela Rentalcars. Deveríamos pegar o nosso Celtinha com a Locarx no centro de Salvador e o devolveríamos no aeroporto. 

Já no hotel, em Salvador, resolvemos telefonar para a locadora para ver se havia a possibilidade de nos entregarem o carro no próprio hotel e, comentando isso com a simpática Joanice, na recepção, ela disse que o hotel trabalhava com essa mesma locadora, e se ofereceu para fazer a ligação para nós e, mais do que isso, ainda deu uma "choradinha" para eles nos dispensarem do pagamento da taxa de R$ 40,00 que queriam nos cobrar para fazer a entrega do veículo no Pelô! #querida

Então, recomendo que você faça sua cotação de aluguel de carro com a Locarx através do hotel, porque o Studio do Carmo trabalha com essa locadora e eles entregam o carro lá sem cobrança de taxas. 

Nós, que fizemos a reserva pela internet porque era o mais barato no site Rentalcarstivemos que pagar a tal taxa de R$ 40,00 para entregarem o carro no hotel. Se fizéssemos o aluguel pelo hotel, a entrega seria de graça. 

Como não sei o valor da locação através do hotel - pode ser que seja bem mais caro - vale a pena pedir um orçamento e comparar com as tarifas da internet! Para ter direito ao segundo motorista, custa R$ 5,00 por dia.

A Rentalcars é parceira aqui do blog e nós indicamos a empresa porque sempre a usamos e gostamos muito, há anos, e nunca nos aconteceu de pagarmos mais caro alugando através dela do que na tarifa de balcão - ao contrário, através da Rentalcars sempre conseguimos tarifas muito melhores - só faço o alerta porque não custa nada pedir o orçamento, né??? Queremos que vocês consigam o melhor preço/serviço sempre! 

Demorou um tempão pro carro chegar, mas o funcionário se desculpou dizendo que o trânsito estava ruim. Preenchemos o contrato na frente da pousada e logo estávamos passeando por Salvador com o nosso Celta, bem novinho (1182km rodados), limpinho, ar condicionado e direção hidráulica.


Você conhece Salvador? Tem alguma outra dica de hospedagem por lá? Então deixe as suas dicas para a gente!

No próximo post, mais sobre a operação #LipenaBahia!! Vem conosco!

Agradecemos o convite da Francesca para conhecer o Studio do Carmo.

Visite a página do hotel no Facebook e o site para saber mais. O telefone é (71) 3326-2426.



Procurando hotel no Pelourinho?

Reserve aqui suas noites no Studio do Carmo Boutique Hotel:


Leia também 

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre a Bahia estão organizadas aqui.

Preparativos e roteiro

Introdução ao litoral baiano - roteiros e dicas

* Hospedagem em Itacaré - Pousada Ilha Verde

Veja mais fotografias desta viagem na hashtag #LipenaBahia no Instagram, ou em #felipeopequenoviajante.

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Você também nos encontra aqui:

8 comentários:

  1. Lipe está crescendo cada vez mais rápido!!

    Estou aguardando ansiosamente os comentários sobre Belmonte!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Claudia
    Que pousada charmosa!
    Acabamos de voltar da Tailândia faz alguns dias! Lembro que você disse que a região do mundo que mais gostava é o sudeste asiático... Agora entendo! Ficamos morrendo de vontade de ir ao Laos, Mianmmar, Vietnã, etc
    Bjs
    Úrsula Lisbôa Fernandes Ribeiro

    ResponderExcluir
  3. Não querendo ser indiscreta,mas já sendo (rsrsr),qual a base da diária $$ do Studio do Carmo? Sei, que depende da época... Mas para ter uma ideia.... Adoro seu blog !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marilia, em torno de R$150, mas clica no link e confere lá no Booking o preço cerrtinho ;)

      Excluir
  4. Claudia, que surpresa feliz! Sempre imaginei que essas pousadas no pelourinho seriam super caras. Fora isso tb achava que seria muito barulhento e sujo essa área...amei a decoração e depois de tudo que vc relatou bateu vontade de conhecer. =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...