26 de fevereiro de 2015

Cana Brava All Inclusive Resort em Ilhéus - um resort BBB na Bahia

Nós nunca tínhamos levado o Lipe a um resort (e muito menos a um all inclusive!), como eu contei aqui – o que era uma baita falha no nosso "currículo" de viajantes, e soava até estranho para as pessoas, já que, pelo que eu escuto por aí, e pude comprovar in loco recentemente, resorts são os destinos preferidos de famílias com crianças – por isso, ficamos felicíssimos com o convite do Cana Brava, em Ilhéus, para nos hospedarmos lá!

Rumamos para a terra de Gabriela com a certeza de que seria um lugar que o Lipe amaria conhecer e que eu gostaria muito de avaliar para vocês aqui no blog, já que o Cana Brava está numa faixa de preço super razoável para um all inclusive e tudo o que ele oferece - o único medo era que a gente se viciasse em resorts, kkkkkk...

Avaliações de outros viajantes

Eu já havia lido posts sobre o resort no blog Viaje na Viagem, do Ricardo Freire, que eu confio muito, e ele mencionava que o Cana Brava está na faixa mais econômica entre os resorts all inclusive brasileiros, entregando tudo o que você espera de um resort, sem grandes luxos, mas com competência e bom serviço. 

Diz o Riq que é um resort para quem não quer pagar uma fortuna por uma semana de férias com as crianças. 

Também já tinha lido as impressões do pessoal do Jeguiando sobre o hotel - "voltado principalmente para o público familiar e com tarifas competitivas, o empreendimento é uma opção econômica para quem está buscando um resort que caiba no bolso para curtir as férias no sul da Bahia". 





No Booking, as avaliações eram boas, e as reclamações que eu li achei bem inconsistentes...

Puxa vida, brasileiro é muito chato, né? Fala sério! 

Um reclama que não ganhou "cupom de desconto pra massagem" enquanto o amigo ganhou; outro reclama que poderia ter mais opções de sorvete para crianças (mas sempre tinha sorvete de sobremesa em todas as refeições!), outro que havia pouca variedade de sucos (mas tinha sempre no mínimo 3 sucos diferentes em cada refeição, além das outras bebidas/refrigerantes!)...ah, vai catar coquinho! 

Sei lá, eu não sou tão cricri assim...



Ora, é um resort 4 estrelas com um preço ótimo se comparado com outros similares, e as pessoas querem serviço de 6 estrelas, com garçom black tie servindo champagne na beira da praia!

Puxa, o espumante (ótimo, por sinal!) é servido no almoço e no jantar, não na beira da praia, e era isso! 

Procure se informar sobre esses detalhes quando fizer a sua reserva - por exemplo: se a marca de cerveja servida é essencial para a sua decisão, informe-se por e-mail ou telefone com o hotel sobre isso antes de fechar a sua reserva!  

• Telefone: (73) 3269-8000

• Whatsapp: (73) 9951 3191

Para saber mais detalhes, conferir tarifas na época da sua viagem e fazer reservas pelo melhor preço, clique aqui



Localização/como chegar - Ilhéus

Cana Brava fica localizado no km 24 da rodovia Ilhéus - Canavieiras, 24Km ao sul do aeroporto de Ilhéus (30 minutos de carro do centro da cidade), e bem pertinho da vila de Olivença

Nós alugamos carro em Salvador, com a Locarx, mas se você não tiver seu próprio meio de transporte, poderá pegar um táxi do aeroporto de Ilhéus até o resort, que custa por volta de R$ 70,00.  

E, por último, ainda existe a possibilidade de você agendar com o próprio hotel, com antecedência mínima de 48 horas, um serviço de transfer, por R$ 95,00 por adulto e R$ 47,50 para crianças de 6 a 12 anos (transfer grátis para crianças de 0 a 5 anos).



Alguns dos passeios mais próximos são:

 centro histórico de Ilhéus, terra de Gabriela Cravo e Canela, para conhecer os locais retratados nos romances de Jorge Amado

 praias dos Milionários, Batuba e Backdoor; 

 Ecoparque de Una; 

 fazenda de cacau Yrerê; 

 passeio de voadeira pelo Delta do Rio Jequitinhonha, com visitas ao centros históricos de Canavieiras e Belmonte; 

 Itacaré, com paradas no Point das Empadas, Mirante da Serra Grande e Cachoeira de Tijuípe, etc.

Nós preferimos fazer os passeios por conta própria, já que tínhamos alugado carro, no nosso ritmo, mas o hotel tem uma agência de turismo, a Ertour, com a qual você pode se informar e agendar quase todos os passeios citados acima, além de muitos outros. 

Eles têm um quiosque específico, dentro do hotel, para a contratação de passeios.   

Quartos

Nós ficamos acomodados nas novas suítes family do resort, que recém foram inauguradas e estão estalando de novinhas, além de serem enormes! Tudo lindo! 



Tínhamos uma sala de estar com bancada, cadeiras, sofá-cama e televisão, integrada com uma minicozinha (com microondas e um frigobar vermelho vintage muito fofo), que tornava tudo muito cômodo pra nós.  







Havia também uma varandinha no quarto. Como nós ficamos no piso térreo - prático com crianças, não tínhamos vista da sacada para o mar, mas li no post do Jeguiando que os quartos dos andares superiores têm vista privilegiada da praia ligada ao resort, o que deve ser bem bacana.  




O banheiro (vaso e chuveiro) é separado da pia, o que eu adoro, e vinha com sabonete, shampoo e condicionador.  





internet wifi funcionava super bem no quarto. 

Recomendo veementemente essas suítes novas, nós adoramos!

Além de serem novíssimas, com decoração moderninha, essas suítes são super bem localizadas dentro do resort, com estacionamento (gratuito) bem na frente, ao lado da recepção e bem pertinho da nossa piscina preferida (a "dos grandes", segundo o Lipe!). 

Dá bem para uma família de 4: a cama de casal é imensa (dá tranquilo para 3) e na sala o sofá vira cama (chegamos depois do jantar e a cama na sala já estava montadinha para o nosso pequeno viajante!).  

No quarto também havia um cofre e um telefone.



Outra coisa importantíssima no verão baiano é o ar condicionado split, não esqueça disso - chegava a dar um ânimo extra cada vez que chegávamos no nosso quarto bem geladinho! #gauchoscalorentos

Adorei que tínhamos 2 televisões de plasma com tv a cabo (uma na sala e outra no quarto) - finalmente pudemos assistir um jornal na tv, porque normalmente só assistimos cartoon, hehehe... 



No total, são 24 suítes deste tipo no hotel, neste prédio novinho em folha que você vê nas fotos abaixo:




Outras acomodações

Como eu já disse, recomendo muito as suítes family, onde ficamos, mas o hotel também oferece diversas outras opções:

 Apartamentos luxo: são 92 e comportam até 02 adultos + 02 crianças ou 03 adultos + 01 criança, com tv a cabo, varanda com rede, internet, cofre, ar condicionado, secador de cabelo e frigobar. Ficam em prédios de 3 andares, sem elevador. Ficam perto da nova piscina, da quadra de tênis e do fitness center





 Chalés standard: são 54 e comportam até 02 adultos + 01 criança ou 03 adultos, com tv a cabo, varanda com rede, internet, cofre, ar condicionado e frigobar.

 Chalés master: são 24 e comportam até 02 adultos + 02 crianças ou 03 adultos + 01 criança, com tv a cabo, varanda com rede, internet, cofre, ar condicionado, secador de cabelo e frigobar.

Os chalés são distribuídos pelo coqueiral e foram renovados recentemente. Ficam próximos aos restaurantes, à piscina central e ao salão de jogos. São acomodações individuais, tipo "casinhas". 



 Suítes presidenciais: são 4 acomodações amplas que possuem mini bar, sala de estar, quarto aconchegante, banheiro com hidromassagem, além de uma excelente localização, em frente à nova piscina, ao lado da recepção e bem próximas à quadra de tênis, academia e sauna, cercadas por um lindo jardim.



Sistema all inclusive

O resort funciona no sistema all inclusive, ou seja, todas as principais refeições estão incluídas no valor da sua diária (café da manhã, almoço e jantar), além das bebidas (alcoólicas e não alcoólicas), café da tarde, buffet de petiscos, acarajé, tapioca, crepes, pizzas...

Em resumo, você come o dia inteiro, non stop

Não havia um único momento do dia em que não estivesse rolando alguma comilança em algum lugar do resort - foi uma verdadeira desgraça para a minha dieta!















Do que eu lembro, estavam incluídos:

• Frigobar com água e refrigerante abastecido diariamente (não há bebidas alcoólicas nos quartos);

• Café da manhã (das 7 às 10hs);

• Almoço (das 12 às 15hs);

• Chá da tarde (das 16 às 18hs);

• Jantar (das 19 às 22hs);

Buffet de petiscos (das 10 às 17hs);

• Estação de pizzas, massas e crepes (entre 11 e 22h30min);

• Cantinho da baiana com acarajé e tapioca (das 12 às 17hs);

• Bebidas alcoólicas e não alcoólicas: cerveja, refrigerante, água mineral, suco, água de coco, coquetel, whisky 8 anos, vinho branco e tinto nacional, vodka, Campari, Martini, Baccardi, licor, cachaça, drinks, caipiroskas e espumante. 


tinha até o meu suco verde!


O espumante, vinhos brancos e tintos nacionais também estão inclusos no valor da diária, mas só podem ser consumidos no Restaurante Encontro das Águas nas refeições principais (almoço e jantar). 

A Copa Baby funciona 24 horas e conta com estrutura e insumos à disposição para o preparo de alimentos para bebês. Eu não usei, embora tenha visitado de curiosa, então não sei dizer exatamente o que existe à disposição. 



São 2 restaurantes:

• Encontro das Águas: restaurante do tipo buffet, onde são servidas as refeições principais – café da manhã, almoço e jantar; e 










• Restaurante da Praia: uma estação de crepes, pizzas e massas, onde são servidos um buffet de petiscos e o café da tarde.










E ainda:

Quiosque, onde são preparados e servidos acarajés e tapiocas;


Bar molhado e bares de piscina, onde são servidos drinks, cervejas, refrigerantes, água e caipirinhas.

Além de toda essa fartura de gordices, ainda são realizados jantares temáticos, dependendo da programação do resort, que vão desde as noites "afro", com a presença de uma baiana servindo acarajés e cardápio baiano até dizer chega (com direito a vatapá, caruru, xinxim de galinha, farofa de dendê e por aí vai) até as feijoadas aos sábados, que vêm acompanhadas por um grupo de chorinho.



Eu adorei experimentar a culinária baiana desse jeito tão "intenso" - provei de tudo: novas frutas, como jambo, que eu nunca tinha experimentado, sobremesas que eu não conhecia, o tal caruru, muita tapioca e acarajé, carne seca...e voltei com vários quilinhos extras!!!







Já o Felipe não deu tanto prejuízo assim ao Cana Bravasó queria saber de feijão com arroz! Ainda bem que tinha sempre no buffet, e ele adorou! 

O feijão lá é diferente do nosso aqui no sul, que é bem mais preto, mas ele logo se acostumou com aquele feijão "diferente" e não queria mais nada. 

Mas, de um modo geral, achei o buffet muito bom para crianças: sempre tinha, além de feijão e arroz, um purê de batata, uma batata frita, filezinho de frango, peixinho à milanesa...tudo o que as crianças gostam! 




O que nós não gostamos

Assim como a maioria das reclamações do hotel que eu li no Booking, a minha única reclamação também é meio inconsistente, porque todo mundo está careca de saber que não se deve usar telefone de hotel para telefonemas...mas, entre usar meu celular gaúcho em roaming e o telefone do hotel, achei que a segunda opção ainda seria mais econômica, considerando que eu queria apenas fazer uma ligação local. 

Ledo engano: o resultado foi que pagamos R$ 25,00 por 2 ligações rapidinhas - o único serviço que nos foi cobrado fora do sistema all inclusive no check-out.

Assim que a minha única recomendação é que você não use o telefone do hotel para ligações - acho que até uma ligação internacional teria saído mais em conta se eu tivesse chamado com o meu celular.

Estrutura e atividades

O Cana Brava foi fundado em 1989, então são muitos anos de melhorias numa área de 70.000 m² até chegar ao que é hoje.

Como eu já mencionei, são 2 piscinas, ambas lindas.

A mais nova, perto da recepção, tem um ambiente mais adulto, com um bar molhado e um clima mais tranquilo. 











Já a piscina central, imensa, que na verdade são várias piscinas interligadas, é a piscina infantil, ou "família", por excelência, com direito a um mega tobogã num castelinho que foi o sonho de consumo do Lipe!








salva-vidas no alto do castelinho


Além das 2 piscinas, há também um grande lago de águas ferruginosas, com uma queda d`água, que dizem ser medicinais - eles juram que um banho ali vai dar um super upgrade no seu bronzeado! 

Não custa experimentar, né?









Existem também no resort 5 salões para convenções, para eventos sociais e corporativos, que eu não conheci. 

Entre as atividades esportivas, existem 2 quadras de tênis, campo de futebol, quadra de vôlei de praia e academia de ginástica, com vista para o mar





Na programação do hotel para os adultos, caminhadas na praiaaulas de hidroginástica na piscina principal, alongamento e oficinas de dança (axé, lambada, forró e afro).



Para relaxar, sauna (não consigo imaginar alguém querer fazer sauna com aquele calorão!!!), salão de jogos para os adolescentes e pracinha


Eu simplesmente amei a pracinha do hotel! 

Por mais pracinhas assim no mundo, por favor, com redes para as mamães e papais se esticarem depois do jantar, embaixo do coqueiral, enquanto os pequenos viajantes gastam as últimas energias, na beira do mar, com uma brisa soprando, internet wifi bombando...tudo de bom! 






Aliás, neste aspecto, tenho que admitir que o Cana Brava é suuuuuper kids friendly:

• O resort não cobra a diária de até 2 crianças até 12 anos!!! Pensa que é um hotel all inclusive, e 2 crianças de até 12 anos, acompanhadas dos pais, vão consumir tudo absolutamente de graça!  

• Além da pracinha e da Copa Baby que eu já mencionei, existem monitores para animar a criançada quase que 24hs por dia! 

O dia já começava com atividades na praia, piscina ou aulas de capoeira para as crianças, e o Lipe, que nunca tinha ouvido falar em capoeira, adorou! 

A única reclamação foi que o "menino" que lutou com ele era muito grande (era o professor!!!): "Ah, mamãe, mas eu queria jogar com um garoto do meu tamanho!" Justo, né?





Nosso pequeno viajante ficou realmente enlouquecido, alucinado, com o hotel! Fez 1000 amigos - nunca vi tanta criança, andavam em "bandos", de um lado para o outro - quando a gente via, passava uma "revoada" de crianças, correndo prá lá e prá cá com os monitores, atrás de algum "tesouro escondido". 

Ele só queria ir da pracinha para a piscina com tobogã, e de lá para a praia do resort pular ondas e depois para a sala de jogos. Tava se achando "o cara" e só queria andar sozinho com os novos amigos de um lado para o outro - a programação infantil é intensa da manhã à noite - teve até "noite das bruxas"!



No tal dia da "caça ao tesouro", os monitores só nos "devolveram" o Lipe (exausto) às 21hs! 

Teve até jantar especial para os pequenos hóspedes na sala de jogos! 


Além disso, eles estão terminando de construir a Casa da Criança, que vai ser muiiiiiito legal!

É um prédio inteiro só para as crianças, com brinquedão, sala de cinema, piso acolchoado...as crianças vão poder passar todo o dia ali! 

Quando estivemos lá, as brincadeiras eram mais voltadas para os maiorzinhos, tipo 5 anos em diante, mas quando a Casa da Criança for inaugurada, em breve, a programação para os menorzinhos será bem melhor, eu acho! 

Fui lá conhecer o local, que ainda estava em obras, e adorei - já fiquei com muita vontade de voltar depois da inauguração!





Não posso deixar de mencionar a praia do hotel. 

Não é uma praia exclusiva - até porque, no Brasil, todas as praias são públicas (embora o acesso às vezes não seja muito fácil!) - mas é praticamente como se fosse, porque não existem construções por perto e ninguém que não esteja hospedado no próprio resort vai se dar ao trabalho de ir fazer praia ali! 

Se você caminha 5 minutos para um lado ou para outro, parece que está numa praia deserta, linda!

O mar não é azulzão - na região de Ilhéus o mar, em geral, não é azulzão - mas é muito limpo, e a praia também. 

Além disso, a areia é bem durinha, ótima para caminhadas ou, no caso do Peg, corridas no fim da tarde!

O hotel oferece mesas, cadeiras e quiosques de palha na praia, e você pode consumir a bebida e comida do sistema all inclusive lá, sem nenhum problema! 









Só que, pelamordeDeus, não deixe sujeira na beira da praia, ou na piscina!!! 

Me arrepiava ver como algumas pessoas, supostamente chiques e bem-educadas, pagando uma boa grana para ficarem hospedadas com a família num lugar tão bacana, podiam ser tão mal-educadas! 

Os funcionários do hotel ficam constantemente recolhendo pratos, copos e restos de comida que os hóspedes deixam espalhados pela propriedade, mas olha, é difícil dar conta, porque algumas pessoas realmente não têm a menor noção de educação, parece que vivem em outro planeta! Deixam lixo espalhado em qualquer lugar, não se dão ao trabalho de colocar um copo plástico que seja na lixeira! #prontofalei

Aliás, provavelmente é por esta razão que as piscinas fecham por volta das 17hs - para que seja realizada a limpeza da água. 


E também é por esse motivo que os copos em que são servidas as bebidas durante o dia, fora do restaurante, nas piscinas, são de plástico - imagina o que não ia dar de copo quebrado e cacos de vidro espalhados se não fosse assim?!? Mas no restaurante, durante as refeições, os copos são de vidro.


Ah, o hotel também oferece toalhas de praia

Quando você faz o seu check-in, na recepção, recebe uma pulseirinha para ter acesso às dependências e aos serviços do resort, além de cartões que você troca pelas toalhas de praia, num quiosque localizado perto da piscina central e do palco. 

o Felipe adorou a pulseirinha dele!

no check-in, todas as informações



Ao lado da recepção, há ainda uma sala de internet, com computadores que podem ser usados pelos hóspedes. 


Se você precisar comprar uma lembrancinha para alguém, há também uma loja de conveniência que vende ótimos presentinhos, como camisetas garrafinhas de cachaças produzidas na região! 


A programação noturna do resort também é ótima! 

Todas as noites em que estivemos lá rolou alguma atividade - desde shows ao vivo no restaurante, passando por bingos, gincanas ou luaus africanos - este, em especial, eu adorei! Se você estiver lá em noite de luau, não perca as apresentações de maculelê e dança afro no palco coberto junto à piscina e no lago!

As únicas atividades que são pagas à parte, não incluídas no sistema all inclusive, são o SUP (stand up paddle), que é realizado no lago e é terceirizado, e os serviços estéticos (terapia de peras quentes, ayurvédica, shiatsu, drenagem modeladora, reflexologia, limpeza de pele, depilação, banhos aromáticos, esfoliação corporal e banho de lua), que você pode agendar na recepção ou direto no quiosque da massagem, das 8 às 19hs. 




Para você ficar por dentro de tudo o que acontece dentro do complexo, baixe no seu celular o aplicativo do Cana Brava Resort, que tem como intuito manter os hóspedes informados sobre toda a programação, através de notificações diárias.

Além disso, perto da capelinha que fica no centro do resort, há um mural com toda a programação!




E, finalmente, a resposta à pergunta que não quer calar (muiiiiiitos leitores já me perguntaram!): se ficamos "viciados" em resorts??

Realmente, preciso confessar que esse esquema de resort é uma delícia para as crianças, que ficam praticamente numa colônia de férias, e também para os pais, que podem curtir os filhos e relaxar longe deles um pouco também! 

entardecer lá é uma delícia, o pôr do sol belíssimo...não sei se para mim foi tão especial porque eu sou do sul e aqui não temos coqueiros, mas eu fiquei en-can-ta-da com o paisagismo do Cana Brava, com aqueles coqueirais refletindo no lago...que lugar lindo!

Estar lá, desfrutar daquelas paisagens tomando um drink delicioso na beira da piscina, foi um imenso prazer, e nós realmente nos sentimos privilegiados por termos a oportunidade de passar as férias lá!

Se você quer descansar e curtir a sua família, sem gastar mundos e fundos, o Cana Brava é perfeito para você! 

Nós certamente vamos querer repetir a experiência logo, logo!!!










Você já conhece Ilhéus? Esteve no Cana Brava?? Deixe aqui a sua opinião!

No próximo post, mais sobre a operação #LipenaBahia!! Vem conosco!

Visite a página do hotel nFacebook e o site para saber mais. 

A nossa hospedagem foi uma cortesia do Cana Brava All Inclusive Resort - agradecemos muito a gentileza, e principalmente a recepção da Lívia e do Alison!





Confira tarifas reserve aqui sua estadia no Cana Brava pelo melhor preço!








Leia também 

Veja mais fotografias desta viagem na hashtag #LipenaBahia no Instagram, ou em #felipeopequenoviajante.

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Você também nos encontra aqui:




7 comentários:

  1. Deu vontade, viu?! Adorei o relato!!! Super completo! Que hotel lindo!!! E estrutura super interessante. Vai pra lista!

    ResponderExcluir
  2. Poxa, Claudia, você não me responde. Não vou entrar mais aqui e falar mal do seu blog, então, hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehehe criatura, viu que finalmente consegui colocar as datas nos posts??? Em sua homenagem!

      Excluir
  3. Fui na carnaval de 2005 e amamos. Na época não tínhamos filho. Lendo seu post fiquei com muita vontade de voltar logo e agora com o Be, ele vai amar. O que era bom, parece maravilhoso. Valeu.

    ResponderExcluir
  4. Estou marcando minha viagem para a Bahia e estava super na duvida entre o Cana Brava e outro resort. Adorei o post!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. E a praia? Procuro uma com águas tranquilas, pela foto me pareceu que a praia é tranquila.... confere?

    ResponderExcluir
  6. Excelente relato.... estou indo na próxima semana com toda a família (11 adultos e 03 crianças)... tive dúvidas também ao ler alguns reclamações, mas é o que você disse no começo, brasileiro é "muito chato"...kkkk, eu sou muito... após essa maravilhosa experiência descrita acima, vou deixar a chatice de lado e relaxar...Parabéns pela matéria.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...