9 de outubro de 2014

como é trabalhar na Disney, por Samantha Langer

Há alguns dias eu indiquei na nossa fan page no Facebook um post da Luciana Misura, do ótimo blog Colagem, sobre o dia de princesa na Bibbidi Bobbidi Boutique, na Disney, e a Samantha Langer comentou que havia trabalhado lá. 

Na mesma hora eu pedi a ela que nos contasse, aqui no blog, como foi que ela conseguiu um trabalho na Disney e como foi a experiência

Fiquei faceiríssima quando ela topou, porque eu morro de curiosidade pra saber como é trabalhar lá, e morro de arrependimento de não ter tentado essa experiência quando estava na faculdade! 

Então, com vocês, "como é trabalhar na Disney", por Samantha Langer:

Em 2011 reencontrei dois grandes amigos que conheci no meu primeiro intercâmbio para os Estados Unidos em 2007. Os dois tinham ido trabalhar na Disney World por um programa chamado ICP (International College Program). Esse programa é mundial e quase todos os países possuem representantes.


Então, quando reencontrei esses dois amigos, e eles me falaram que tinham ido trabalhar na Disney, eu adorei a ideia e resolvi que também iria.

Para participar do programa, é necessário estar cursando uma faculdade de duração mínima de 4 anos e que, na data de saída, o candidato já tenha cursado 2 semestres ou ainda tenha 1 semestre para terminar quando voltar, tenha no mínimo 18 anos na data de saída do Brasil e inglês fluente.

Quem coordena a seleção no Brasil é o STB - saiba mais neste link

São duas entrevistas, ambas em inglês. A primeira é feita por um brasileiro(a) que trabalha pro STB e ele(a) só checa se o candidato de fato fala inglês. 

Uma vez aprovado, tem a segunda entrevista, que acontece no mês de agosto (perto do dia dos pais) e essa entrevista é realizada pelos próprios recrutadores da Disney que viajam o mundo entrevistando e recrutando os jovens.

Na segunda entrevista o candidato pode escolher em qual área gostaria de trabalhar – limpeza, vendas, comida, personagens, atendente dos personagens, entre outros – e, se aprovado, receberá um e-mail informando a data de viagem e a área de trabalho (o local do trabalho só se descobre na Disney).

Os aprovados são divididos em 3 grupos. O primeiro sai no começo de novembro, e o último começo de dezembro. 

 todos prontos para embarcar para 3 meses de trabalho na Disney


A Disney oferece acomodação (são 3 complexos) - é claro que o aluguel é descontado do pagamento (que é semanal), e também existem ônibus que passam em todos os complexos e vão para os parques, shoppings e supermercados.

Chegando na Disney, os aprovados são encaminhados aos complexos em que morarão (são quartos para 4 ou 6 pessoas). 

Os próximos dias são cheios de palestras e explicações de como a empresa funciona, as regras e o treinamento do aprovado.






nos crachás, além do seu nome e cidade/país de origem, também as línguas que você fala - mas para acrescentar "línguas extras", fora o português, tem que passar num teste!

Trabalhar na Disney foi sensacional. 

Por trás de toda a magia existe uma empresa muito bem organizada por uma filosofia diferente, e é por isso que a Disney é o que é. São os pequenos detalhes que fazem toda a diferença. 




A Disney tem um programa chamado Hub, e lá o Cast Member (funcionários da Disney) tem acesso aos horários que foram selecionados para ele trabalhar naquela semana e também é possível fazer troca de horários e pegar horas extras

Todos tem 2 folgas semanais, mas dá para pegar hora extra naqueles dias. O pessoal que organiza tem que aprovar para ter certeza de que eles não estão levando prejuízo (double shift ou muitas horas extras).

A vida de um Cast Member se divide entre trabalho e festas. Quase todos os dias haviam os party buses, que passam nos complexos para pegar o pessoal e levam para as festas, e depois voltam. Eu, particularmente, não aproveitei muito as festas, pois acordava muito cedo para trabalhar na maioria dos dias (às 6hs tinha que estar batendo ponto).




Eu trabalhei em Downtown Disney, na Bibbidi Bobbidi Boutique. Um salão onde meninas de 3 a 13 anos podem se transformar em princesas. 

É de fato muito mágico. São várias as histórias que contamos às meninas e todas saem de lá maravilhadas.

Na minha segunda entrevista pedi para trabalhar na BBB e o santo entrevistador concedeu – é claro que só fiquei sabendo quando cheguei lá!

Minha work location era muito mágica, como eu disse, e acho que foi uma escolha muito boa. Minhas horas de trabalho eram ótimas - entrava às 6hs e saia às 14hs, então eu conseguia aproveitar o resto do dia. 





Se você é universitário e pensa em trabalhar na Disney, vá! São 3 meses muito bons, morando com outros jovens e conhecendo muita gente, aprendendo com uma das maiores empresas do mundo e, nos dias de folga, dá pra aproveitar os parques de graça

Quer coisa melhor pra fazer das suas férias?
_________________________________________________________________

Obrigada, Samantha! 

Esse post matou a minha curiosidade, e tenho certeza que a de muita gente também! Fica o convite para voltar e contar outras histórias bacanas como esta aqui pra gente :)


Vai para os States?







Você também nos encontra aqui:





2 comentários:

  1. Adorei saber!!! Deve ser realmente mágico! Vale a experiência e ainda mais aproveitar os parques nos dias de folga!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Samantha Amei saber desses bastidores....pena q minha Faculdade já acabou faz tempo!!! hehehe...bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...