12 de agosto de 2014

a caminho do Leste Europeu, um voo conturbado com a TAP, o Aeroporto de Lisboa, o VIP Grand Hotel e uma lição para a vida

Durante toda a nossa viagem pelos Bálcãs, consegui manter um diário mais ou menos detalhado do nosso dia a dia. Ainda bem, foi a nossa sorte, porque não fosse assim eu nunca conseguiria lembrar de tantos detalhes da viagem para contar tudo a vocês agora. 

Então, finalmente, mais de 2 meses depois de voltarmos daquela viagem, vou começar agora a contar tudo sobre ela, deixando registradas aqui todas as nossas dicas para quem sonha com uma viagem pelo Leste Europeu

E como começar? Ora, pelo começo! Neste post, vocês lerão um relato detalhado da saga que foi chegarmos até Zagreb, numa viagem que envolveu uma morte muito triste no nosso avião, com direito a voltar a Natal - RN, quando já estávamos no meio do Oceano Atlântico, uma perda de conexão em Lisboa, uma hospedagem 5 estrelas na capital portuguesa às custas da companhia aérea e até uma "passadinha" inesperada pela minha amada Alemanha!

Tudo para mostrar que, como eu sempre digo, ter flexibilidade é fundamental quando você viaja! No final, tudo sempre dá certo - se ainda não deu, é porque ainda não terminou!

Vamos viajar conosco? Vem junto que esta jornada vai ser das mais divertidas ;) 

um voo conturbado com a TAP

Como eu comentei quando escrevi sobre o planejamento da nossa viagem de motorhome pelo Leste Europeu, escolhemos um voo da TAP para chegar até Zagreb, com stopover em Lisboa e  conexão em Zurique. Mas nunca imaginamos que o tal voo teria tantas reviravoltas :P

O voo era assim:

Ida: 

Porto Alegre 20:40 - 11:25 Lisboa
Lisboa 14:30 - 18:10 Zurique - pena que não podia fazer stopover :-(
Zurique 20:05 - 21:25 Zagreb

Volta: 

Zagreb 11:30 - 13:55 Lisboa
Lisboa 10:30 - 17:45 Porto Alegre

A nossa primeira dica é: faça web check-in!!! 

A TAP estava com uma fila caracol imensa e nós fomos atendidos na fila de check-in da Executiva, porque éramos os ÚNICOS da fila com check-in online na mão.

Olhem só a cara de "nem sei o que eu tô fazendo aqui" do Peg na fila "Executiva" da TAP! kkkkkkk


o "saco de lixo" na foto é o booster do Lipe, que nós levamos para não ter que alugar

Ainda estávamos em Porto Alegre, e os portugueses já estavam distribuindo guias de compras para os brasileiros em Portugal

A fama de consumistas dos brasileiros já se espalhou :( mas esse é um bom exemplo de como um país deve investir no turismo como um negócio que gera riqueza...coisa que não se vê no Brasil!


A segunda dica é: na TAP, se você entregar o carrinho na porta do avião, isso não significa que ele estará esperando por você lá na chegada. 

Se você quiser que lhe entreguem o carrinho na porta da aeronave no destino (muito recomendado, para o caso de a criança estar dormindo na chegada), tem que pedir esta etiqueta da fotografia abaixo no momento do check-in; caso contrário, o carrinho, mesmo entregue na porta do avião, vai para a esteira ;)



Como já falei, nosso voo era POA - Lisboa - Zurique - Zagreb. 

POA - Lisboa são 10h25min de voo direto. 

O Lipe ganhou um kit para pequenos viajantes com bolsinha, estojo, lápis de cor, apontador, máscara, pasta e escova de dentes, livro de atividades, certificado e joguinhos! Incrível!!! 

Com um kit tão simples, que deve custar apenas uns poucos euros, eles fidelizam os pais viajantes e ganham a simpatia dos outros viajantes, que não terão uma criança perturbando durante o voo, e sim uma criança totalmente absorvida pelas novidades! :) 





Outra coisa legal é que tem internet wifi no voo POA - Lisboa!

Infelizmente, como eu estava quase sem bateria no celular, não testei, mas queremos saber de alguém que já usou como foi! 

Como é a conexão? Muito caro? Só sei que o pagamento é feito com cartão de crédito.



A única coisa que faltou no avião foi uma tomada ou entrada USB para carregarmos baterias dos celulares e tablet :(

Com essa novidade de que os passageiros não poderão mais viajar com esses aparelhos descarregados, eu suponho que todas as aeronaves terão que se adaptar para fornecer entradas USB para os passageiros. 

Além disso, eu adoro aproveitar esses voos longos para assistir muitos filmes novos, e o Lipe também, hehehe (coisa de quem mora no interior, onde não tem cinema!)... 

Como sempre, na TAP os filmes são muito bons, com telas individuais - eu assisti os lançamentos Dallas Buyers Club, Mandela e A Menina que Roubava Livros



Serviram janta muito boa, com direito a vinho, que ajuda a relaxar :)

O avião é daqueles xx - xxxx - xx (distribuição das poltronas), e nós fomos nos assentos do meio. 

Sempre gosto de voar TAP, nunca peguei um avião desconfortável com eles e sempre têm presentinho pro Lipe!

O fuso em Lisboa são 4hs a + que em POA, e a nossa chegada em Portugal estava prevista para antes do meio-dia. Mas...só chegamos em Lisboa as 16hs horas!!!

É, logo depois da janta, começou a confusão. 

Tudo começou com um pequeno alvoroço e nós não sabíamos o que estava acontecendo, só víamos os comissários passando nervosos para lá e para cá, e logo vieram chamar um passageiro que estava sentado ao nosso lado, que depois soubemos ser um médico que viajava no nosso voo. 

Um passageiro teve um ataque do coração e, quando já estávamos perto da Ilha do Sal, tivemos que voltar à Natal - RN

O clima no avião ficou bem agitado depois do anúncio que voltaríamos a Natal e ninguém mais conseguiu dormir (só o Felipe, que roncava!). 

Claro que todos os passageiros ficaram preocupados porque perderiam conexões e tal, mas algumas pessoas meio sem noção se excederam nas reclamações, já que, obviamente, ninguém tinha culpa do ocorrido e o Comandante não tinha outra escolha senão voltar!

Só depois que retiraram o passageiro de maca, em Natal, e de muito tempo sentados no avião, esperando reabastecer, é que as coisas se acalmaram e dormimos um pouco. 


De dentro do avião, durante o tempo em que estivemos pousados no Rio Grande do Norte para desembarque do paciente, consegui mandar e-mails para a Adria Holidays, empresa de aluguel do motorhome, que também faria nosso transfer da Croácia (Zagreb) para a Eslovênia (Novo Mesto), e para o Brit Hostel, nosso albergue reservado em Zagreb para aquela noite, avisando do imprevisto e que chegaríamos atrasados. 

Antes disso eu estava meio ansiosa, porque detesto dar bolo e ser impontual - imagina o cara ficar nos esperando no aeroporto de Zagreb para o transfer e não aparecermos nunca?!? Mas, depois que mandei os e-mails, relaxamos - afinal, estávamos de férias e não éramos responsáveis pelo atraso. Ia demorar mais um pouquinho, mas logo a nossa aventura pelos Bálcãs começaria :)

Por outro lado, ficamos muito chateados com a história que ouvimos: o passageiro que teve o ataque era um senhor de 76 anos que estava a caminho de Paris para comemorar bodas de ouro com a esposa :(

Fiquei mais triste ainda depois, quando ficamos sabendo pelos jornais que ele não conseguiu sobreviver! Triste, né??? Por isso que eu sempre digo que não dá pra deixar pra aproveitar a vida depois... 

Decolamos novamente e muitas horas depois serviram café da manhã, bem bom, com iogurte e vários frios. 

Então, com todo esse incidente, ao invés de chegarmos às 11h25min em Lisboa, como era previsto, chegamos as 16hs e, com isso, perdemos as conexões para Zurique e Zagreb, que eram as 14h30min :(



Chegando lá, havia um balcão da TAP na área de desembarque só para reorganizar as conexões perdidas - o que eles não perceberam é que haviam dezenas e dezenas de passageiros que precisavam reorganizar seus voos com urgência, e eles colocaram míseros 3 atendentes que obviamente não deram conta do recado a contento. 

Felizmente nós fomos dos primeiros a ser atendidos e logo descobrimos que não haviam outros voos para Zagreb naquele dia e teríamos que passar a noite em Lisboa. Além disso, no dia seguinte, teríamos que seguir viagem não por Zurique, mas sim por Frankfurt, com a Lufthansa

Foi uma grande função recolher as nossas malas no aeroporto. A maioria dos passageiros deixou as malas no aeroporto, mas, como a nossa nova conexão no dia seguinte seria com a Lufthansa, e não com a TAP, depois de muitas informações desencontradas, acabaram nos aconselhando a pegar as nossas malas que seria mais seguro. 

Não podíamos nos dar ao luxo de chegar em Zagreb sem as mochilas, porque seguiríamos viagem de motorhome imediatamente e não poderíamos ficar esperando pelas bagagens!!!

Quando a conexão é com a mesma companhia aérea, essa transferência das malas de uma aeronave para outra é mais tranquila; mas se a conexão é com outra companhia, é mais seguro pegar as malas e despachar de novo, com as etiquetas certas, foi o que nos informaram.

Tinha 30min de wifi grátis no aeroporto. Fizemos um lanche enquanto esperávamos as nossas malas aparecerem.  



A TAP só foi ruim nesse momento da nossa chegada no aeroporto. Muitas informações desencontradas! Fila enorme e desorganizada para pegarmos os cartões de embarque para os próximos voos que eles conseguiram para nós, que seriam só no dia seguinte. Não havia funcionários suficientes para atender um voo inteiro, cheio de gente exausta e com pressa. 

Depois de muito andar pra lá e pra cá no aeroporto - queriam que a gente pegasse um ônibus da TAP que nos levaria até o hotel em que a companhia aérea nos hospedaria, mas como demoramos na função das malas o tal ônibus já havia sumido e ficavam nos mandando para lá e para cá, até que eu abri um bocão bem grande e consegui que me colocassem num táxi para o hotel (pago por eles, claro!). 

No dia seguinte, o tempo estava ótimo em Lisboa, uns 25 graus, tanto quando chegamos, no dia anterior, e era recém começo de maio!

Aeroporto de Lisboa

Fomos para o aeroporto com o tal ônibus da TAP, que nos buscou no hotel. 

No Aeroporto de Lisboa, crianças têm prioridade na fila para inspeção de segurança - fique ligado e não deixe de aproveitar dessas pequenas grandes vantagens de viajar com crianças! 



Também vimos carrinhos para usar emprestado no aeroporto! É só pegar e usar à vontade - gratuitamente. Na hora que você for embarcar, deixa o carrinho no portão de embarque que os funcionários do aeroporto recolocam no lugar - maravilha, né?



Eu sou fã do Aeroporto de Lisboa, que é mesmo muito bom - a área kids é excelente, e tem até microondas para aquecer um lanchinho ou mamadeira :)




A única coisa que eu definitivamente não curto por lá é o preço do depósito de bagagens: já é a terceira vez que nós precisamos deixar algumas coisas depositadas lá, e eu acho a tabela de preços meio cara - para deixar uma mala grande é até bem razoável, mas se você quer deixar uma sacolinha plástica com uma jaqueta dentro, ou um documento (uma folha de papel), o preço é o mesmo, e aí se você tem vários pequenos volumes e não tem um malão para colocar tudo dentro, vai pagar uma pequena fortuna :(

Nessas horas, nada melhor do que ter um saco de lixo grande e um rolo de fita adesiva na mochila, kkkkkk...(um viajante prevenido não passa perrengue!)



Leia aqui as nossas dicas de como enjambrar uma mala e um tubo para posters no meio da viagem, e aqui sobre as 1001 utilidades da fita crepe



uma passadinha na Alemanha

Mas, voltando ao nosso voo para a Croácia, a conexão para Zagreb seria em Frankfurt, Alemanha, com a Lufthansa - e, como a Lufthansa faz parte da Star Alliance, dá para acumular milhas com o cartão Victória da TAP também - não esqueça de pedir! 

Na hora do despacho das malas, o funcionário já começou a chiar e queria nos cobrar excesso de bagagem, porque uma mochila nossa tinha 28kg - aí eu "lembrei" ele que esse voo era uma conexão do voo iniciado no Brasil, no dia anterior, e por isso tínhamos direito a 32kg de bagagem - saiba sempre dos seus direitos pra não ter prejuízo ;)

Os vôos com a Lufthansa ficaram assim: 

Lisboa - Frankfurt 7:15 11:20
Frankfurt - Zagreb 11:50 1:45



No voo Lisboa - Frankfurt, um ótimo café da manhã, com direito a omelete, tomate assado e champignons com molho, uma delícia. 

Na Alemanha, o fuso horário é 1h a + que em Portugal. 

No caminho, vimos toda Lisboa e sobrevoamos Pamplona, Toulouse, Lyon e Stuttgart, na rota para Frankfurt. 

Chegamos em Frankfurt as 11h35min e nosso embarque no voo de conexão para Zagreb era as 11h50min. 

Aqueles momentos em que você quer se matar porque não despachou o carrinho junto com as malas: tivemos que esperar um tempão até o carrinho chegar no finger, e daí foi uma correria horrível para chegarmos no portão que ficava em outro terminal a tempo de embarcar. O aeroporto de Frankfurt é imenso!!!

Ainda bem que, nessas horas de sufoco, baixa um santo no Lipe e ele colabora, correndo junto!

Ufaaaa...depois de muitos percalços e correrias - quase perdemos a conexão de novo - finalmente estávamos a caminho de Zagreb! \o/



Agora, restava torcer para que o pessoal da Adria Holidays tivesse recebido o meu e-mail e conseguido rearranjar nosso transfer do aeroporto de Zagreb para Novo Mesto as 13h45min. 

O tempo na Alemanha também estava bem calor em maio, mas feio, cinza, nublado...

O voo era de pouco mais de uma hora, mas a Lufthansa serviu até cerveja (em garrafa!)...para quem está acostumado com as nossas companhias aéreas que mal servem uma bala e um copo d'água, foi um luxo!



Chegamos em Zagreb as 13h45min, exatamente como previsto.


Como já comentei lá em cima, a TAP pagou o táxi e a nossa hospedagem no Hotel Vip Grand Lisboa ☆☆☆☆☆




O VIP Grand fica razoavelmente perto do aeroporto, entre o centro histórico e a zona financeira de Lisboa, e provavelmente por esta razão é o hotel utilizado pela TAP na cidade.

O hotel é incrível, chique, com decoração moderna. 




O quarto era maravilhoso, imenso, com uma área de estar separada por um painel, com sofá, tv de tela plana, frigobar e mesa de trabalho. 






Tinha de tudo: secador de cabelo, cafeteira, muitas "amenities", roupão, tv a cabo, telefone, cofre, ar condicionado...





internet do hotel é ótima, as camas e travesseiros também e o banho nem se fala! O Lipe adorou a banheira "estilo aquário", que ele pensou que fosse uma piscina!!! 





Jantamos no restaurante que fica na recepção do hotel: buffet livre, também pago pela TAP, muito bom. Aspargos, palmitos, alcachofra e pastéis de Belém de sobremesa, tudo o que eu amo! 






Além deste, existem outros 2 restaurantes no hotel, e o bar. 

Pena que não deu tempo de aproveitar piscina, sauna, academia e o spa!




Eles também têm recepção 24 horas, depósito de bagagens, lavanderia, business center, salão de beleza...

De manhã, nos despertaram as 4h15min e, antes das 5, já estávamos na recepção e havia um ônibus da TAP nos esperando para nos levar ao aeroporto.

Também nos deram um "box" de café da manhã com suco, água, iogurte, sanduíche de croissant, bolo e laranja! Perfeito! 

Nota 10 para a TAP e para o hotel!

Para ver os preços (salgados!) e fazer sua reserva pelo Booking, clique aqui

Achei interessante que o estacionamento no hotel e a internet wifi são grátis, o que não é tão comum em hotéis de luxo, que costumam cobrar por essas coisas à parte!



Claro que nós só ficamos num hotel chique assim em Lisboa porque foi tudo às custas da TAP. 

O albergue que escolhemos para ficar quando voltamos à capital portuguesa, depois de rodar um mês de motorhome pelos Bálcãs, foi este aqui. E, em Zagreb, na Croácia, ficamos neste aqui

Lição para a vida

Eu espero, sinceramente, que este casal que viajava para celebrar bodas de ouro em Paris tenha feito muitas viagens durante o tempo que tiveram juntos

O falecimento do passageiro já foi triste o suficiente, mas eu não pude deixar de pensar em tantas pessoas que todos nós conhecemos que passam a vida toda poupando para comprar uma casa, trocar um carro, fazer uma plástica, pagar a faculdade dos filhos...sempre arranjando desculpas para adiar os sonhos de viagens, sempre achando que dá pra deixar pra viajar depois da aposentadoria, que dá pra deixar pra viver depois... 

Será que dá pra tirar uma lição para a vida do episódio que nós presenciamos naquele avião?

Você já voou com a TAP?? Tem uma boa dica de hospedagem em Lisboa?? Conte pra gente! 

No próximo post, a belíssima capital da Eslovênia, Ljubljana! Vem com a gente! 



Leia mais 

Todas as nossas dicas de hospedagem estão aqui.

Os posts onde mencionamos Portugal estão todos aqui e os da Croácia aqui.


Para saber como é e quanto custa viajar de motorhome pelo Leste Europeu, clique aqui.



Todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome estão organizadas aqui

As postagens sobre os Bálcãs estão organizadas aqui.

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #LipeemLisboa ou #Felipeopequenoviajante

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui.


Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta nossa viagem no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal! 

Você também nos encontra aqui:

6 comentários:

  1. Que triste pelo casal das bodas. Faz a gente repensar a vida né?

    Que bom que deu para aproveitar um pouco de descanso em Lisboa e vocês conseguiram resolver tudo rápido. E A dica do carrinho e microondas no aeroporto de lá é super válida para quem viaja com crianças.

    ResponderExcluir
  2. Triste mesmo.... Como você bem falou, tomara que eles tenham aproveitado bem a vida.

    Já voei de TAP algumas vezes e gosto do serviço da empresa, apesar de achar que tenha caído a qualidade (mas isso é uma tendência mundial - com exceção das aéreas de luxo). Muito bacana o post! Abraços

    ResponderExcluir
  3. Muito jóia o post! Já voei de TAP, sim, e adorei!! Mas o Kit que o Léo ganhou não foi tão chique quanto o do Felipe (rsrs). Tive que pernoitar em Lisboa e fiquei em um hotel perto do aeroporto, mas não me lembro do nome. Vou procurar, pois era bom e por um ótimo preço!
    Também achei muito triste o falecimento do passageiro! Felizmente nunca passamos por isso...

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que triste! Realmente, temos que aproveitar porque a vida é curta! Fiquei feliz em saber que a TAP evoluiu no quesito acomodação para os passageiros que perdem conexões. Eu já perdi duas vezes com eles e nas duas fiquei em um hotel que mais parecia o stand deles no aeroporto: bagunçado, barulhento, enorme e cheio de brasileiros! E era um hotel também no centro financeiro, mas era um que devia ser no máximo 3 estrelas, com o quarto bem pequeno. Em outra oportunidade, também perdi conexão e fiquei esperando o dia inteiro no aeroporto de Lisboa e pelo menos eles tiveram a dignidade de nos alimentar, mas como nem tudo é perfeito, era em um restaurante deles, localizado no próprio aeroporto e para esses casos de pessoas que perdem a conexão. E a comida nem era lá essas coisas... bjos Maria

    ResponderExcluir
  5. Muito triste o falecimento a bordo. Tratava-se de um médico conceituado de Porto Alegre. Que descanse em paz...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...