2 de julho de 2014

Pacific Coast Highway, de Santa Barbara até San Luis Obispo e Big Sur: roteiro, dicas e passeios

No último post que eu fiz sobre a nossa viagem aos EUA em janeiro/2014, contei sobre os passeios que fizemos em Los Angeles (leia aqui). Se você quiser acompanhar toda a nossa viagem pela Califórnia, é só clicar aqui.  

Agora, chegou a hora de começar a contar como é viajar pela lendária Highway 1 americana, a Pacific Coast Highway, no seu trecho mais famoso, entre Los Angeles e São Francisco (veja aqui o videoclipe de SFo).


Roteiro

Neste post, vou explicar direitinho como é a viagem de Santa Barbara até Big Sur, passando por San Luis Obispo. 


No próximo (aqui), eu continuo contando do trajeto entre Monterey até Carmel pela 17 Mile Drive.

Veja aqui o mapa do nosso roteiro no Roadtrippers: link

Para entender melhor, nosso roteiro foi Los Angeles - Santa Monica - Malibu Beach - Oxnard - Ventura Beach - Santa Barbara (1º dia) - Montecito - Santa Ynez - Solvang - Guadalupe - Pismo Beach - San Luis Obispo (2º dia) - Morro Bay - Cambria - Hearst Castle (San Simeon) - Point Piedras Blancas - Big Sur - Monterey (3º dia) - Carmel - São Francisco (4º dia). 



Quantos dias?

Foram 4 dias inteiros entre Los Angeles e São Francisco, só na estrada, mais 2 dias inteiros em Los Angeles e 3 dias inteirinhos em São Francisco - e isso porque eu já tinha estado 2 vezes em Los Angeles e 1 vez em São Francisco e já conhecia muitos dos lugares no nosso caminho, senão eu teria ficado ainda mais tempo nessa região. 

Se você quer saber o que eu acho, eu digo: o ideal para fazer essa viagem, incluindo LA e SFo, é no mínimo 10 dias :)

Descer ou subir?

Em todos os trechos de estrada que pegamos pelo litoral existem muitos mirantes/acostamentos onde é possível parar na beira da estrada para apreciar as vistas/fotografar.





Eu estava em dúvida sobre o nosso roteiro, porque em todos os blogs que eu lia as pessoas tinham feito o trajeto contrário, descendo de São Francisco (ao norte) para Los Angeles (ao sul), e não subindo, como nós.

Claro que faz mais sentido descer, porque quem desce vem pela pista de fora, mais perto do mar, e é mais fácil aproveitar as vistas e parar nos mirantes que estão na beira d'água.

No nosso caso, que vamos pela pista de dentro, ou temos que estacionar no acostamento e atravessar as pistas da estrada a pé, ou temos que dar um jeito de cruzar com o motorhome para estacionar no mirante (que fica sempre por fora, na beira d'água!), e depois cruzar de volta para a nossa pista.

Mas depois que li no Lonely Planet a descrição desse trajeto, e vi que eles descrevem de Los Angeles a São Francisco (sul > norte), como nós queríamos fazer, fiquei mais tranquila.

E, efetivamente, foi bem tranquilo fazer assim – não tivemos nenhuma dificuldade de parar sempre que quisemos...as pistas são, na maioria das vezes, simples, e é muito fácil dar sinal e entrar à esquerda em qualquer mirante do caminho! E isso que nós estávamos com um enorme motorhome...de carro então, é fichinha! 


Quer ver como é para entender o que eu estou tentando explicar? Dá uma espiadinha neste videozinho que eu fiz aqui!









Santa Barbara

Santa Barbara fica 92 milhas ao norte de Los Angeles, 96 milhas ao sul de San Luis Obispo e 332 ao sul de São Francisco. Ainda, fica a 43 milhas de Santa Ynez e de Solvang. É parada obrigatória para quem viaja por esse trecho central da Califórnia.


Aqui moram a Oprah Winfrey, o Kirk Douglas e o Kevin Costner, dentre tantos outros ricos e famosos.

A rua principal, onde nós fomos passear assim que chegamos, de noite, é a State Street, que estava linda e iluminada. Cheia de lojinhas e restaurantes, além de galerias lindas. Bem movimentada para uma noite de inverno. Foi até bem fácil estacionar, tanto nas proximidades da Igreja Our Lady of Sorrows quanto na frente da Courthouse, onde acabamos passando a noite!





É uma cidade de tamanho médio, com ar de cidade pequena, espalhada pelos morros, com arquitetura mediterrânea, casas branquinhas, nomes de rua em espanhol...life is sweet over here.

Assim que abriu a Courthouse, cedo da manhã,  nós já estávamos lá, aproveitando a free wifi. Fica na 1100 Anacapa Street. 

Subimos na torre de observação para ver as lindas vistas da cidade e depois passeamos pelo prédio e pelos jardins, tudo de graça. 

Em resumo, não conheço um tribunal mais bonito. Aliás, é um lugar bonito até demais para alguém ser julgado lá! O Felipe jurava que estava num castelo medieval, viu até fantasmas lá!







Depois fomos até a Missão de Santa Barbara, onde existe um estacionamento gratuito e a entrada na Missão custa U$ 6. É conhecida como a "Rainha das Missões" da Califórnia, e fica na 2201 Laguna Street.

Pena que a igreja está sendo restaurada e por isso está cheia de andaimes na frente :-(



De lá, voltamos até a Stearns Wharf, que fica no final da State Street, o pier de madeira mais antigo da costa oeste dos EUA, onde fica um aquário supostamente bem legal para crianças, que nós não visitamos (Ty Warner Sea Center) e a praia.

É uma cidade fácil de estacionar, embora as placas que dizem especificamente NO RV PARKING em várias quadras! 

Como vimos muitos motorhomes estacionados pelas ruas da cidade, inclusive durante a noite, chegamos à conclusão que eles colocam essas placas em algumas ruas justamente porque o pessoal deve exagerar estacionando os motorhomes para passar a noite pela cidade inteira kkkkkk - para ir até Stearns Wharf nós estacionamos a umas 3 quadras de distância.

Também preste atenção nas placas que dizem que não pode estacionar em uma quadra específica em determinados horários (horários em que as ruas são varridas!). 

É possível estacionar no próprio pier, se você estiver de carro - motorhomes não são permitidos porque o espaço é estreito :(

É um lugar lindo, bem movimentado, com muitos restaurantes, lojinhas, um caminhódromo fantástico e vistas maravilhosas do mar e da cidade!














Depois fomos a Montecito - deu para ver que é uma zona rica, mas não tem muito o que ver por lá, além das cercas vivas das casas dos ricos e famosos :-(



Santa Ynez - Solvang - Guadalupe

Seguimos pela estrada #154 em direção ao Vale de Santa Ynez, por uma estrada serrana super bonita que atravessa a região dos vinhedos, retratada no filme Sideways, que conta as desventuras do Miles e do Jack, lembra?


Demos uma volta em Santa Ynez, uma cidadezinha que parece ter parado no tempo, toda bonitinha, com um clima genuíno de "old west" e "saloons" de verdade. 





Depois, seguimos até Solvang, bem ao lado, um pedacinho da Dinamarca no meio da Califórnia!!! 

Colocamos gasolina a U$ 3,75 e gás pelo mesmo preço em Solvang. 










Almoçamos uns tacos meia boca, passeamos pela cidade inteira, que é uma mistura de "cute" com cafona, fomos na Missão de Santa Ynez e partimos às 15hs para Guadalupe, impressionados com a quantidade de turistas japoneses por todos os cantos!!!


Para ir a Guadalupe tem que subir pela US101 até Santa Maria e então pegar a estrada #166 até lá. Resolvemos ir até lá porque o Lonely Planet dizia que valia a pena o desvio, para ver as maiores dunas de areia do continente americano.

Ocorre que, lá chegando, depois de descobrir como chegar até as tais dunas costeiras, no Rancho Guadalupe Dunes Preserve (é só pegar a Main Street direção oeste que você chega na portaria do parque), foi que descobrimos que é proibida a entrada de RVs na estradinha que vai da portaria até o estacionamento do parque, porque ela é muito estreita.

Tinha um RV abandonado lá - se vê que alguém deixou ele ali e foi caminhando até as dunas, mas, como eram 3 milhas até lá, não quisemos encarar a caminhada com o Lipe, e voltamos até Guadalupe para levar o Lipe para brincar na pracinha.

No caminho, cruzamos a marca das 2.000 milhas percorridas (desde o início da viagem)!!!


De Guadalupe, seguimos para Pismo Beach pela estrada #1. 

Fomos ver o sol se pôr na praia, bem simples e aparentemente fora da rota turística, com bastante surfistas na água, e seguimos pela Hwy 101 até San Luis Obispo.

O pôr do sol no Oceano Pacífico é sempre tão lindo...





San Luis Obispo

Em San Luis Obispo passeamos pela rua principal, a Higuera Street, toda iluminada, vimos a Bubblegum Alley (entre os números 733 e 737 da Higuera Street), que é justamente o que diz o nome - uma ruela tapada de chiclete - e fomos fazer umas comprinhas na Best Buy e na Sports Authority

Dá para imaginar uma ruela tapada de chiclete de cima abaixo, como se fosse um quadro de Pollock? Essa é a Bubblegum Alley, o ponto turístico mais nojento que eu já vi!


Dormimos em San Luis Obispo no centro da cidade - foi bem fácil encontrar lugar para estacionar e passar a noite - isso depois de "sugar" o wifi do McDonald's.

No dia seguinte, voltamos à Bubblegum Alley para tirar umas fotos (que nojo!), fomos conhecer a Missão de San Luis Obispo de Tolosa, tomamos um café da manhã entope-tripa (bacon, ovos, panquecas, mapple syrup...) e pegamos a estrada em direção a Morro Bay e Cambria.

Bem pertinho da Missão de San Luis Obispo de Tolosa ficam o History Center e o San Luis Obispo Museum of Art





Finalmente hoje reencontramos a famosa PCH (Pacific Coast Highway), pela beira do mar. Já estava achando que a Hwy 1 era uma fraude! 

É verdade. A gente ouve falar tanto da famosa estrada que ficamos pensando que vamos pegar uma única via entre LA - SFo, a tal Highway 1, não é? Pois essa estrada única, chamada Hwy 1, que supostamente seria toda pelo litoral, na verdade não existe! 

São inúmeras estradas, que vão se emendando, com diversos nomes (números), e formando o famoso caminho, que eventualmente passará pela costa da Califórnia. Não existe um único trajeto - são várias possibilidades, invente a sua ;)

Em Morro Bay vimos a Morro Rock, um pico vulcânico que deu nome à cidade. Depois passamos por Cambria e San Simeon. Entre Cambria e Monterey são 100 milhas.



A nossa próxima parada seria no legendário Hearst Castle e logo que passamos San Simeon já podíamos avistá-lo da estrada lá no topo da montanha - uma cena surreal!

Tenho tanta coisa para contar, e tantas fotos incríveis daquele lugar, que não vai caber aqui neste post - fica para o próximo! 

Resumindo, ficamos lá das 11h30min às 15hs, e poderíamos ter ficado muito mais tempo, porque é um lugar incrível - brega, para alguns, mas uma história inegavelmente fascinante!

Custou U$ 25 o tour guiado que fizemos, que eu vou contar em detalhes em outro post :)

Não deixe de assistir o filme "Building the Dream", sobre a vida do Hearst e da arquiteta Julia Morgan e a construção do castelo, em tela gigante, de 40min, vale muito a pena! Lindo e emocionante!!!


5 milhas depois (ao norte de Hearst Castle), nos deparamos com uma colônia enorme de elefantes-marinhos, em Point Piedras Blancas - não é difícil encontrar, porque sempre tem dezenas de turistas lá, atormentando  avistando os grandalhões ;) 

É a maior colônia de elefantes-marinhos da Califórnia, e eles passam o ano todo lá - nós tivemos a sorte de ir em janeiro, quando os filhotinhos estão nascendo (entre dezembro e março)!

Lá perto também fica o Farol Piedras Blancas, em Ragged Point.




Big Sur

Essa parte da estrada, mais perto de Big Sur, é extraordinária! 

É a parte que aparece em todos os cartões postais da região, com aquelas estradinhas estreitas penduradas nos penhascos, contornando as montanhas, uma paisagem fantástica. Paramos tantas e tantas vezes no caminho para fotografias que, quando vimos, já era quase noite!  






Nesse trecho da estrada existem 3 parques estaduais: Julia Pfeiffer Burns, Pfeiffer Big Sur e Andrew Molera. 

Nossa última parada, já depois do pôr do sol, foi no Julia Pfeiffer Burns State Park - onde fizemos uma trilha de 1/4 de milha até a famosa cachoeira de 80 pés de altura, chamada McWay Falls - imperdível!





A maior parte do Município de Big Sur fica espalhada ao longo de 6 milhas de estrada, na "Village", onde ficam os motéis, restaurantes, mercados e postos de gasolina. 

Pena que logo anoiteceu e nós tivemos que terminar a viagem até Monterey, onde passamos o ano novo, de noite - essa definitivamente é uma estrada para se passear num dia ensolarado! Vamos ter que voltar para ver a Bixby Bridge à luz do dia ;)



Próximas paradas: Hearst Castle, Monterey Bay Aquarium e Carmel   - fique por aí!!



Leia também

Post sobre o parque Disneyland - roteiro e melhores atrações

Para ler todos os nossos posts sobre a Disney, veja aqui

Todas as postagens sobre a Califórnia estão aqui

Os posts sobre a nossa viagem de motorhome pelo Sudoeste Americano (Nevada, Utah e Arizona), com muitos parques nacionais no caminho, estão aqui

As nossas postagens sobre viagens de motorhome estão organizadas aqui.

Você já viajou pela Pacific Coast Highway? Tem alguma dica especial para os nossos leitores? Deixe aqui a sua recomendação! 


Assista todos os minifilmes desta nossa aventura de motorhome pelos EUA no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #Lipenamotorhometrip ou #felipeopequenoviajante.

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Você também nos encontra aqui:



7 comentários:

  1. Gente, esse post caiu do céu! Eu resolvi dar um passada pra ver se achava alguma dica sobre algum hotel em conta em São Francisco e Los Angeles. Eu tô com dificuldades de achar um hotel em conta tipo apart sabe? Com micro, essas coisas. Você sabe de algum? Obrigado, Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Maria, que pena...dessa vez não vou poder te ajudar, pq a nossa viagem foi de motorhome - só tenho dicas de free camping :)
      Na outra vez que estivemos em LA ficamos no Venice Hostel, um muquifo bem baratinho na melhor localização de Venice. Nem recomendo pq era muquifento mesmo kkkk...
      Bjo

      Excluir
  2. Tem problema não Claudia. Já valeram as dicas! Eu e meu marido até pensamos em alugar um motorhome, mas como somos só dois, fizemos as continhas e achamos que não compensa. Se eu descobrir um lugar bbb (se forem só 2 bbs já tá valendo né? 3 já é pedir demais) pra ficar por aquelas bandas volto dps pra contar, bjo! Maria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volta mesmo, Maria, pra nos deixar todas as tuas dicas ;)
      Bjo e boa viagem!

      Excluir
  3. Claudia, vou fazer em novembro LA, San Diego, Pacific Coast, Nappa Valley, mais aquela região ao norte com lagos (Mono Lake, Shasta Lake e Lake Tahoe), Yosemite a ao final, ficar em San Francisco. Tenho 21 dias para isso, será que dá?? Bjs Joana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza dá, Joana, mas claro que depende do estilo de viajante que tu és...tem gente que acharia uma loucura fazer tanta coisa em 21 dias, outros pensariam que, com 21 dias, dá pra fazer bem mais...
      Já colocasse o roteiro no papel, dia a dia, mais ou menos?

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...