4 de julho de 2014

você também coleciona objetos trazidos de viagens?


Você costuma trazer "lembranças" das suas viagens? Tem alguma coleção de objetos trazidos de viagens?

Nós não somos muito consumistas (a não ser diante de um hipermercado com coisas absurdamente baratas nos EUA), e nunca fazemos grandes compras nas nossas viagens, como roupas e produtos de beleza, por exemplo. 

Acabamos de voltar de uma viagem pela Europa de mais de um mês e trouxemos apenas pequenas recordações, como souvenirs, ímãs de geladeira, moedas dos países andamos, etc. 

Mas, já tendo passado por 66 países, quando fui arrumar as "lembrancinhas" da última viagem, acabei percebendo que, somadas, as recordações das nossas viagens estão tomando conta da casa, e daqui a pouco teremos que arranjar mais espaço ou fundar um museu etnográfico!

É tanta coisa que a nossa casa já está parecendo uma "lojinha" kkkkkkk...embora realmente não me ache uma pessoa muito consumista, eu não resisto a um artesanato :p

Mas você não concorda comigo que é uma delícia "passear" pela sua casa olhando para as paredes e recordando momentos maravilhosos experimentados mundo afora?




Na nossa casa, absolutamente TODOS os enfeites vieram conosco das viagens. 


Muitas vezes já vi, em lojas de decoração em Porto Alegre, objetos iguaizinhos aos que nós trouxemos de Bali, por exemplo - teria sido bem mais fácil comprar aquilo no shopping em PoA, ou até na loja da minha mãe ;) e não recrimino, de jeito nenhum, quem o faça (muito pelo contrário!), mas EU realmente não vejo nenhum sentido em comprar uma imagem de Buda em Porto Alegre! Tenho que trazer a minha na mochila todo o caminho da Indonésia, ou da China, até Jaguarão, vai entender... 

Para MIM, os objetos que enfeitam a casa da gente têm que contar a nossa história, têm que ter vida...acho uma maluquice (isso sim) as pessoas que contratam decoradores para comprar objetos de decoração para as suas casas...como assim?!?







Quando eu fui tirar as fotografias que ilustram este post, aqui em casa, fiquei olhando para cada peça de artesanato, cada quadro, cada pequena coleção, canecas, fósforos, bolachas de chopp, mapas, cartões postais, rótulos e tampinhas de cerveja, bandeirinhas, camisetas, enfeites de Natal, livros, fotografias...e cada um destes objetos me lembrou um lugar, um momento da nossa vida...fiquei até emocionada de ver como nós já VIVEMOS!

Até coleção de AREIA a gente tem, acredita? Um vidrinho de cada deserto por onde passamos! Água do Rio Ganges, água benta de Medugorje...as coisas mais improváveis que vocês puderem imaginar...a gente coleciona!

Claro que nem sempre foi fácil CARREGAR os "pequenos" artesanatos que a gente compra, como uma imensa almofada tailandesa que até hoje eu não entendo como conseguimos fazer com que a Thai Airways nos deixasse carregar como hand lugagge (depois de muito chororô), ou os tapetes trazidos da Caxemira e do Egito :P mas isso já é assunto para outro post!








Há alguns dias atrás, pensando nisso, postei uma fotografia nas nossas redes sociais (Facebook / Instagram) da nossa coleção de ímãs de geladeira, e a repercussão foi muito maior do que eu imaginava! Rolou uma certa "identificação", eu acho...não dizem que louco se reconhece de longe? Pois é...o pessoal começou a mandar fotografias das próprias coleções, MUITAS fotografias!

Eu estava achando que nós éramos doidos, que eu sofria de alguma perturbação mental - sabe aquelas pessoas que juntam tanta porcaria que, quando vê, não cabem mais dentro do próprio cafofo?!?! - porque a nossa casa realmente já não tem mais uma única parede "em branco", um único espacinho nas prateleiras (e haja prateleira para tanta tralha!), mas foi fantástico (e um super alívio kkkkk) ver que tem muita gente maluca como nós!












posters de propaganda comunista, trazidos de 3 países diferentes, adivinha quais???

Uma das amigas que mandou foto, a Helena Gil, que inclusive já está incentivando a filhota Laura a fazer a sua própria coleção de "globos de neve", resumiu muito bem o meu sentimento: nas palavras da Helena, são pequenas "bobagens" que nos trazem tantas lembranças e cada objeto uma memória singular

Não é exatamente isso? É impressionante como uma rolha ou um copo podem nos trazer recordações incríveis, nos fazer voltar no tempo...a gente fecha os olhos e lembra até o cheiro do incenso na Durbar Square de Patan, onde eu comprei aquelas rodas de orações!!!

Eu também pretendo, assim como a Helena, incentivar o Lipe a criar suas próprias "coleções de viajante". 

Até já comecei, para ele, uma coleção que eu gostaria de ter tido a minha própria: guardo numa malinha de tesouros todos os cartões de embarque dele, assim como tickets de entrada de atrações famosas, como a Muralha da China ou Stonehenge, por exemplo, como eu contei em detalhes neste post aqui



Entradas do Taj Mahal, da London Eye, de Borobudur e Prambanan, da Heineken, de Warwick Castle, dos zoos de Sydney e de Cingapura, do Kremlin, do Hermitage, notas de dinheiro, moedas, cartões de embarque da AirBagan, Air India, SpiceJet, Yeti Airlines, JetAirways, LaoAirlines, tickets de metrô de Moscou e de New York, passagens de trens tailandeses, russos, holandeses, indianos…uma vidinha curtinha mas muito bem vivida!!!





Arrumar essa tralha toda em casa também pode virar um problema, né? 

Eu tinha caixas e caixas com folhetos, panfletos, livretos e aqueles impressos em geral que a gente trás de viagem e fica com pena de jogar fora depois, sabe? Vai que alguém precise...

Já estavam quase me expulsando de casa...no melhor estilo "ou eu ou as caixas", sabe? 

Daí consegui resolver um pouco do problema colocando tudo em envelopes num arquivo - não ficou grande coisa, mas pelo menos agora está tudo devidamente organizado e ocupando menos espaço!


Então eu fiquei curiosa para saber mais sobre as coleções que os outros viajantes fazem - uma forma de consolo para a minha insanidade - e pedi que mandassem mais fotografias...até para ver (e ter idéias) de como o pessoal costuma ARRUMAR as malditas coleções, e o resultado foi fenomenal! Recebi dezenas de fotografias (não vou conseguir publicar todas), cada uma com uma história, ou MUITAS histórias de viagens inesquecíveis :)

Não tenho palavras para agradecer a cada amiga virtual que mandou fotografias dos seus "tesouros" para participar desta "coletânea" - gracias, merci, thanks gurias!!!

A Cynara Vianna coleciona souvenirs, pequenos objetos, placas e copos dos lugares por onde anda:





A Helena Becker Gil coleciona copos de todos os Hard Rock Cafes por onde já passou e, como eu falei, já está levando a filhota Laura pelo mesmo vício:




Outra que também coleciona "bolas de neve" é a Maria Lucia Botta - eu tenho algumas também, Maria Lucia, mas esqueci como isso se chama:



E uma que também coleciona copos do Hard Rock é a Nathalia Albuquerque:


A Fernanda Diniz, a Adriana Pecanha e a Juliana Trindade têm coleções lindas (e tri bem arrumadas!) de objetos que trouxeram de muitas viagens:

Fernanda Diniz

Adriana Pecanha

Juliana Trindade


E a Ju ainda coleciona ímãs de geladeira (a casa dela também é do tipo "lojinha"):


As coleções "campeãs" são as de pequenos objetos e as de ímãs de geladeira - essas também são as coleções da Thylre Guerra e da Denise Souza:

Thylre Guerra



Denise Souza

Uma das coleções impressionantes que chegou aqui é a de casinhas da Cristiane Marrey Moncau:




E outra coleção bem diferente é a da Ana Eliza Zanetti Choueri, de pins:



Mas a rainha de todas as coleções é realmente a de ímãs de geladeira, que foi como esse post começou:

Nathalia Albuquerque

 Vania Garcia

 Luciana Azevedo

Marcela Cardoso

Ana Cintia Cassab Heilborn

 Ana Paula Serpa

 Carla Moreira

Família Müller Aventura

Karine Firnkes Belló Dalagnol

Vera Leitão

Leia também:

Há algum tempo atrás eu já tinha escrito outros posts sobre as "lembranças" de viagens que a gente coleciona - para ler, é só clicar:


Você também tem coleções de lembranças de viagens? Conte pra gente! Mande uma fotografia da sua coleção para publicarmos lá na nossa fan page no Facebook!


 coleção de pinturas em miniatura indianas: 
são tão incríveis que a gente não consegue comprar uma só!



Os desenhos do Molina Campos são um caso de amor à parte: a gente compra tudo o que encontramos dele - cada vez que voltamos à Argentina é um novo lote!



Assista todos os minifilmes das nossas aventuras neste link do Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Veja fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro. 

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Você também nos encontra aqui:



16 comentários:

  1. Eu também coleciono casinhas!! Tenho umas 300 (parei de contar). Tem até oca indígena, trazida de Roraima :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! Viajei nas fotos. Muito legal.

    ResponderExcluir
  3. Eu coleciono cangas de praia!!:)

    ResponderExcluir
  4. Tenho também as minhas coleções de viagem que não diferem muito das que foram retratadas no post. Adoro 'juntar' cartões de embarque, tickets de entradas em parques, museus, teatros, além dos cartões de metrô. Mas o que nunca pode faltar nas aquisições de viagem são os copinhos - os pequenos, para tomar uma cachacinha no inverno, e as garrafas, pequenas, de cerveja, que o marido e o filho não dispensam!
    Adorei a postagem.

    ResponderExcluir
  5. E eu que pensava que tinha porcarias de viagens em casa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu só? Falei que esse post ia servir de consolo pra muita gente! ;)

      Excluir
  6. Pergunta: qual a loja da tua mãe? Fiquei curiosa! Adorei o post, tb! Bjos, gi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi! É a Distribuidora Jaguarense, lembra? Uma bem grande, ali na rua 15 de novembro... :)

      Excluir
  7. Mas cadê a foto da almofada gigante??? Fiquei mega curiosa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha Luciana, essa eu estou guardando para um próximo post, sobre os absurdos que a gente comete em viagens heheheh

      Excluir
  8. Que bacana o post, adorei as coleções! A gente coleciona rotulos de cerveja de diversos lugares e muitas marcas. Quando voltamos da viagem fazemos quadrinhos e colocamos na parede da churrasqueira!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós também, Pati! Tem até foto de um deles no post, tu viu? Adoro rótulos de cerveja :)

      Excluir
  9. Olá Claúdia,

    Sou uma vossa fã de Portugal. Tal a maior parte das pessoas tenho o frigorifico cheio de imâns de viagens. Gostaria de vos propôr um desafio, adorei a parede cheia de fotografias das vossas viagens, será que conseguem dizer as 10 fotografias de viagens que mais adoram? beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehe, é impossível, Alf!

      Temos umas 30 mil fotos de viagens, e eu poderia no máximo escolher umas 10 de CADA viagem, mas 10 da vida inteira não dá! :)

      Excluir
  10. Eu me senti acolhida...e vi que nunca fiz um post sobre isso no blog, falo das viagens mas nunca falei das quinquilharias que gosto de trazer, rsrsrs. Sou a louca dos chaveiros e imãs, temos bastante aqui. Outro dia um que trouxe da Itália quebrou eu chorei tanto, fui catar todos os pedaços e colei (colei o dedo tb, rsrsrs).

    Eu me senti normal agora, obrigada Claudia!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...