22 de junho de 2014

como é e quanto custa viajar de motorhome pelo Leste Europeu? (nossas conclusões, em números)

Como já contei em outros posts, acabamos de voltar de uma longa viagem de motorhome pelo Leste Europeu (Sérvia, Kosovo, Macedônia, Albânia, Montenegro, Bósnia & Herzegovina, Eslovênia, Croácia, Itália e Grécia). 

Foram 5.380Km em 30 dias de uma viagem inesquecível. 

Para ler sobre o planejamento desta viagem, clique aqui; para ver o roteiro que planejamos fazer, clique aqui

Neste post aqui, você encontra todos os detalhes do nosso roteiro de 34 dias, inclusive com as coordenadas para GPS de vários bons locais que encontramos para free camping pelo caminho. Se você quer saber como é viajar pela Europa de motorhome, leia este postAdria Holidays: alugando um motorhome na Europa - perguntas e respostas.

Mas a primeira pergunta que muita gente faz sobre as nossas viagens é "quanto custa"? Ou então não fazem, por pura vergonha/educação, mas a gente sente que é o que muitos querem saber. 

Quando voltamos da nossa viagem de motorhome pelos Estados Unidos, escrevi um post justamente explicando "quanto custa viajar de motorhome pelos EUA", e até hoje é um dos "campeões de bilheteria" no blog :)

A gente não gosta de falar de custos, porque cada pessoa/família é completamente diferente, e o que serve para uns não serve para outros. Dá pra passar uma semana em Paris tranquilamente com 35o euros, mas existem aqueles que precisam de 1500 euros para passar a mesma semana em Paris - então é realmente difícil falar nesse assunto. 

Com a viagem de motorhome, fica um pouco mais "acessível" falar em preços, porque os custos são mais objetivos: aluguel do motorhome, estacionamento, pedágio e gasolina, são os gastos principais. 


Como eu já expliquei no post sobre a viagem de motorhome pelos EUA, matematicamente (isto é, sem considerar todas as outras vantagens de você viajar com a "casinha" nas costas), a conta que você tem que fazer, para ver se financeiramente compensa, é: some os seus custos de hospedagem + aluguel de carro = quanto deu? (note que não estão incluídos os gastos com campings, que você só vai ter se quiser - falo mais sobre isso mais adiante!).

É muito importante lembrar que a época do ano em que você viaja faz TODA a diferença, tanto nos EUA quanto na Europa. Nos Estados Unidos, conseguimos uma promoção excelente no aluguel do motorhome porque viajamos em pleno inverno. 


Nos Bálcãs, viajamos entre maio e junho, quando ainda é baixa temporada - se você planeja viajar entre julho e agosto, gastará, provavelmente, o dobro do que nós gastamos :(  

Então vamos aos nossos números:


Passagem aérea

Nem vale a pena falarmos de preços de passagens aéreas, porque isso varia muito, inclusive dependendo de qual é o seu ponto de partida. Se você tem curiosidade, pesquise aí no Decolar ou no Skyscanner quanto custa uma passagem aérea de ida e volta para Zagreb, na Croácia. Nós voamos TAP e tivemos direito a um stopover gratuito em Lisboa, como eu expliquei aqui -  recomendo muito! 


Seguro saúde

Como também já mencionei aqui, a gente raramente contrata seguro de saúde - usamos o que é oferecido gratuitamente pelo nosso cartão de crédito VISA. 


Aluguel do motorhome 

Nós alugamos o nosso motorhome com a Adria Holidays, como eu expliquei aqui. Tivemos um desconto, em razão do blog, mas eu vou dar o preço real aqui, sem o nosso desconto, é claro!

1. Aluguel por 30 dias com imposto incluído e 400Km/dia: 2.025 euros total (67,50 euros por dia)
2. Transfer Zagreb - Novo Mesto - Zagreb: 100 euros ida e volta
3. Taxa de reserva: 15 euros
4. Limpeza final, produtos químicos e selo dos pedágios na Eslovênia: 100 euros 

Total: 2.240 euros



Outros gastos

Quando eu falo em "outros gastos", estou me referindo a TODAS as despesas que a gente tem durante uma viagem, seja com passeios, alimentação, compras de souvenirs ou seja lá o que for. 

A nossa média, por dia, nesta viagem, foi de 70 euros, para nós 3 (2 adultos e 1 criança de 5 anos). 

Isso, como eu já referi, engloba TUDO, inclusive o diesel, gastos com estacionamento e pedágio, MENOS o aluguel do motorhome e as passagens aéreas. 

Se descontarmos o gasto com diesel, que foi o mais expressivo, numa média de 22 euros/dia, podemos dizer que uma família como a nossa pode tranquilamente fazer essa viagem com 50 euros por dia, em média


Não gastamos nada no cartão de crédito - a gente sempre leva, para alguma emergência.




Pedágios: muitas vezes nós escolhemos estradas sem pedágio, embora fossem mais lentas e as vezes mais longas, não só pela economia no pedágio (que às vezes nem compensa o gasto extra de diesel), mas, principalmente, para ir conhecendo o país, as pequenas cidadezinhas do interior. Essa é, no meu entender, justamente a graça de uma roadtrip: quando a gente roda por auto estradas, não vê nada do lugar, a não ser a boa ou má qualidade do asfalto de cada país hehehe... 

Ocorre que, nessa de selecionar no GPS a opção "evitar pedágios", às vezes entrávamos em algumas frias, então é bom ter um mapa impresso para ir acompanhando o trajeto.

Os pedágios mais "salgados" dos quais nos recordamos são os da Croácia, onde a gente rodava um trechinho e o pedágio já somava 6 euros, e da Grécia, onde, depois de um susto num pedágio de 20 euros, acabamos optando por pegar apenas estradas não pedagiadas, antes de ir à falência!

Na Sérvia, por exemplo, rodamos mais de 300Km e o pedágio somou apenas 9 euros. 




Em alguns países, o sistema é bem justo (embora caro), como já tínhamos aprendido numa longa viagem anterior de carro pela Itália: você pega um ticket quando entra na rodovia e paga ao sair, pela quilometragem que rodou. Nos outros, é como aqui no Brasil: bastou entrar na rodovia que tá pagando um valor fixo de pedágio, mesmo que rode apenas 10Km naquela estrada. 



Na Eslovênia, é obrigatório o uso da "vignett", que é um selo no automóvel de pedágio pré-pago - como já vinha incluído no aluguel do motorhome, nem sentimos no bolso. 

Obviamente que não vou detalhar os custos de pedágio em cada um dos 10 países que percorremos de motorhome, senão este texto ficaria enfadonho, mas se você quiser saber mais especificamente sobre algum dos países por onde andamos, é só perguntar na caixa de comentários! 

Em resumo, talvez pela nossa escolha de andar preferencialmente por estradas não pedagiadas, a passeio, acabei concluindo que o nosso gasto total com pedágios foi bem inferior ao que eu imaginava :) 



Estacionamento: os gastos com estacionamentos, diferentemente dos EUA, foram idênticos aos que teríamos tido se tivéssemos viajado de carro. Nos Estados Unidos, em lugares em que a vaga era pequena, tínhamos que "alimentar" 2 parquímetros, para que o motorhome pudesse ocupar o espaço destinado a 2 carros (2 vagas). Nos Bálcãs, isso não aconteceu nunca, seja porque o motorhome era bem menor do que o que alugamos nos EUA, seja porque no leste europeu as vagas não são tão demarcadas. 



Isso foi uma boa surpresa, porque o meu maior "medo", quanto aos custos e stress desta viagem, era justamente a questão do estacionamento. 

Nós já tínhamos feito uma longa viagem de carro pela Itália em 2008, e a questão de estacionar lá, especialmente na Toscana e na Costa Amalfitana, tinha sido um mega stress - eu tinha medo que o litoral da Croácia e de Montenegro, principalmente, fossem bem semelhantes e se tornassem um stress também. 

Pois isso nunca aconteceu! Essa foi outra das gratas surpresas que tivemos durante a viagem: estacionar nunca foi um problema. Claro que, às vezes, não era tão fácil, mas, talvez por pura sorte, sempre achávamos lugares incríveis, pertinho dos centros históricos, coisa de Deus, mesmo. hahahahaha... 





Além de "achar" uma vaga para estacionar, há a questão de "pagar" pela vaga. Quanto ao fator "custo", em resumo, garanto que estacionar, no leste europeu, custa mais barato do que em Porto Alegre, por exemplo. 

Exemplos: para estacionar ao lado da Arena de Pula, na Croácia, pagamos no parquímetro 4 kunas por 1 hora, ou seja, menos de 50 centavos de euro; em Trogir, ao lado do principal portão de entrada na cidade (que é toda para pedestres), pagamos 20 kunas por hora (2,60 euros); em Dubrovnik, cidade carérrima, pagamos 40 kunas (5,2 euros) por 8hs.


Arena de Pula, na Croácia

O único lugar que eu achei o estacionamento absurdamente caro e, mais do que caro, injustificada a cobrança, foi no Parque Nacional Plitvice, na Croácia. Além de pagarmos os ingressos para o parque nacional, que já são bem caros (220 kunas = 30 euros), ainda tivemos que pagar uma grana de estacionamento: 70 kunas (9,5 euros)! 

Fora isso, nunca houve um lugar em que pensássemos "bah, que assalto"; pelo contrário, sempre comentávamos "em Porto Alegre, estacionar num lugar disputado assim, seria bem mais caro".


cartões de estacionamento na Sérvia


Kits de cozinha e roupa de cama: nos Estados Unidos, estávamos decididos a não alugar os kits de cozinha e de roupas de cama da Cruise America, porque fizemos as contas e percebemos que sairia mais em conta comprar tudo o que precisávamos novo no Target do que pagar pelo aluguel. Acabou que compramos um monte de coisas (cobertas, travesseiros e até panelas!) e, quando fomos pegar o motorhome, mesmo sem termos alugado os kits, estava tudo lá, dentro do motorhome, de graça. Foi uma gentileza da Cruise America.

Desta vez, igualmente concluímos que o valor do aluguel dos kits de cozinha e roupa de cama estava muito alto e, mesmo na Europa as coisas sendo mais caras do que nos EUA, compensaria comprarmos tudo lá mais do que pagarmos o aluguel.

No final, fizemos uma negociação com a Adria Holidays e eles acabaram cedendo os kits como cortesia para o pequeno viajante - então eu recomendo que você negocie os kits com eles por um preço melhor do que o "de tabela" ou então leve seus próprios lençóis e toalhas e deixe para comprar lá o material de cozinha, travesseiros e cobertores.

Detalhe: as toalhas não estão incluídas no kit. 




Campings: assim como eu fiz na viagem para os Estados Unidos, pretendo fazer um post explicando melhor como funciona a questão dos campings no leste europeu, se vale ou não a pena ficar em campings, se dá para ficar vários dias seguidos fazendo free camping (= estacionar em qualquer lugar que não seja proibido e ali pernoitar). 

Enquanto não faço um post específico sobre free camping nos Bálcãs, leia a postagem que escrevemos sobre free overnight camping nos Estados Unidos, até mesmo porque funciona de forma muito parecida em ambos lugares! 

Aqui, vou me limitar a dizer que nós gastamos bem pouco com campings, pois, das 30 noites da nossa viagem de motorhome, ficamos em campgrounds apenas 7 noites. Nas outras 23 noites, fizemos free camping :)

Os preços dos campings variaram, no nosso caso, entre 15 euros (Grécia e Macedônia) e 22/29 euros (Eslovênia e Croácia). 

Neste post aqui, coloquei as coordenadas para GPS e todos os locais específicos onde pernoitamos durante a viagem :) confira!

camping em Bled, Eslovênia

Multas: ainda não apareceu nenhuma :)




Conclusões


A viagem durou 35 dias, no total, sendo 30 dias de motorhome4 noites em albergues e 1 noite no avião

No motorhome, rodamos 5.380Km em 30 dias, o que deu uma média de 180Km/dia. Isso mostra que a quilometragem incluída no aluguel, que é de 400Km/dia, é mais do que suficiente numa viagem pela Europa. 


Nós rodamos MUITO. Não dormimos nem uma única noite na mesma cidade, ou seja, não passamos 2 noites no mesmo lugar, pagávamos a estrada todos os dias, e várias vezes passamos por mais de um país no mesmo dia, mas a quilometragem média não passou de 180Km/dia - as distâncias, na Europa, são curtas, mesmo quando as estradas não são muito boas, ou são demoradas, montanhosas. Muitas vezes passávamos o dia inteiro viajando, e acredito que nunca rodamos mais do que 400Km (num dia). 

O total de horas rodadas foi de 129! E é claro que eu só tenho esta estatística porque tínhamos um computador de bordo no motorhome que me deu esses dados, hehehehe...isso dá uma média de 4,3hs/dia (com o motor ligado, seja andando ou parados, dentro de cidades ou na estrada). 

Para comparar, nos Estados Unidos, em 25 dias de motorhome, rodamos 5427Km, ou seja, foram 217Km/dia, em média (e isso que lá nós ficamos vários dias "imobilizados" em San Diego, e mais vários dias em San Francisco, sem pegar a estrada) - é que, nos EUA, as distâncias são muito maiores. 

Na Nova Zelândia, foram 4784Km em 23 dias, o que dá uma média de 208Km/diaAbro esse parêntese porque isso é um fator importante para se ter em mente. 

Uma vantagem desta vez foi que o motorhome que alugamos vinha com 2 tanques grandes de gás e não precisávamos entregar o gás cheio, então gastamos e não precisamos pagar pelo uso do gás. De qualquer modo, o consumo não foi muito grande pois, embora o aquecimento do motorhome fosse todo a gás, não precisamos usar muito, porque não fez muito frio durante a viagem. 

Infelizmente, o motorhome não tinha microondas (e nem gerador), então não houve consumo de gerador também. 

O gasto mais importante, como eu já mencionei, foi o de DIESEL: exatos 650 euros (=U$ 833), o que dá uma média de aproximadamente 22 euros/dia.  




O modelo do nosso motorhome era o Van Adria Twin SHX - o mais barato e mais compacto de todos os disponíveis na Adria Holidays. E o consumo foi justamente a nossa melhor surpresa na viagem: depois do beberrão que havíamos alugado nos EUA, a nossa "casinha" européia fazia 10,6Km/l de diesel! Nem a minha Tucson é tão econômica :) 

Novamente a título de comparação, nos Estados Unidos nós gastamos em combustível U$ 1334,58 para rodar 5427Km. O consumo era terrível: 3,73Km/l de gasolina!

No Leste Europeu, gastamos em diesel 650 euros (=U$ 833) para rodar 5.380Km, praticamente a mesma distância!!!



Em resumo, foi MAIS BARATO viajar de motorhome pela Europa do que pelos EUA, por incrível que pareça! 

Nos EUA, a média ficou em U$ 142/dia (somando gás, gasolina, aluguel, milhas extras, gerador e impostos). Nunca fiz a conta para saber quanto custaram os "outros gastos" na viagem aos Estados Unidos, como alimentação, passeios, etc.  

Nos Bálcãs, como não teve quilômetros extras, gerador e gás, a média ficou em 93 euros/dia (=U$ 119) (somando diesel, impostos e aluguel do motorhome). 

Se acrescentar os 50 euros dos "outros gastos" (estacionamento, pedágio, alimentação, passeios, etc), podemos concluir que, PARA NÓS 3, no TOTAL, custou em média 140 euros por dia viajar de motorhome pelo leste europeu (somar + a passagem aérea e o seguro saúde). 

E aí, pronto para alugar o seu motorhome???

Você já teve alguma experiência viajando de motorhome pelo mundo? Conte pra gente!




Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro, nas hashtags #FelipenosBalcas ou #Felipeopequenoviajante


No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui.

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras! 

Assista todos os minifilmes desta nossa viagem de motorhome pelos Bálcãs no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal! 

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome estão organizadas aqui


As postagens sobre os Bálcãs estão organizadas aqui.


Você também nos encontra aqui:

Facebook / Twitter / Instagram / Pinterest / YouTube / Google+


33 comentários:

  1. Difícil alguém ser tão objetivo e dar tão "mastigadinho" todas as dicas, principalmente as questões financeiras. Parabéns pelas viagens e pela generosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rosane, que querida! ;)
      Até coordenadas para GPS, hein? Objetiva mesmo, kkkkkkkk

      Excluir
    2. Opa, as coordenadas para GPS estão no próximo post! #perdida

      Excluir
  2. Super show !!!!
    Agora, além de estar na nossa whishlist a viagem de motorhome nos EUA, inclui os Balcãs !!
    Que contagiante !!!!!
    Muito obrigada, e Forte Abraço !!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela postagem e pela viajem. Contagiante. Me diga uma coisa, vc acha que com a mesma média da para viajar pelos EUA??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz um post com os detalhes dos custos para a mesma viagem pelos EUA, Shermam, clica no link que tá no post e dá uma olhada ;)

      Excluir
  4. Claudinha
    Você está achando esses estacionamentos caros? Então segura essa: A gente precisou estacionar no Centro Histórico de Florença para retirar a minha sobrinha de cadeira de rodas. O dono do AP que alugamos disse que só poderíamos fazer isso se pagássemos o per noite no estacionamento do Prédio, topamos e o preço da brincadeira 30 euros por dia x 3 dias....

    Bjs
    Dani Bispo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós nem entramos em Firenze de carro quando viajamos pela Itália, Dani! Deixamos o carro na Piazzale Michelangelo e fomos à pé!

      Excluir
  5. Adorei o post, Claudia! Obrigada por compartilhar todas estas preciosas informações! Acompanhei a maravilhosa viagem de vocês e estava curiosa pra saber destes detalhes de ordem prática! :) Me deu mai um incentivo pra começar a organizar a primeira viagem de motorhome de minha vida. :)
    Claudia, você poderia me dizer como é toda a "questã" de abastecimento de água, descarga de banheiro... Não tenho idéia de como funciona e isto me dá certa preocupação (não po nojinho nem nada assim, apenas pq não sei como é!:) ) Obrigada! bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, ainda não escrevi sobre esse motorhome que alugamos na Europa, mas eles são todos meio parecidos, dá uma olhada neste post que escrevemos sobre o que alugamos nos EUA, onde a gente explica todos esses detalhes "sórdidos": http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2014/02/viajar-de-motorhome-pelos-estados.html

      Excluir
  6. Dá trabalho a manutenção do mothorhome? Especificamente quanto ao esgoto, como é lidar com isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente explica tudo neste post aqui, dá uma olhada:
      http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2014/02/viajar-de-motorhome-pelos-estados.html

      Dá um certo trabalho sim, mas vale muito a pena! Quanto ao esgoto, é bem tranquilo, eles explicam tudo antes de nos "liberar" com o RV ;)

      Excluir
  7. Que post detalhado, parabéns pela paciencia! Eu gostaria de saber quanto tempo antes de preparação para viagem vcs gastam, pra juntar o dindin, analisar as rotas e etc... A proposito, vcs trabalham fixo em alguma empresa? Sou nova por aqui e tive a impressão que vcs imendam uma viagem na outra, então haja férias! kkkk E o Lipe, como fazem com escola?

    Bjs!

    Adorando todas as dicas!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, somos funcionários públicos, só emendamos uma viagem na outra aqui no blog, mesmo!! hehehehe no momento estou fazendo os posts sobre a viagem aos EUA, e já voltamos dos Bálcãs, agora fico mais uns 4 meses para conseguir terminar os posts sobre os Bálcãs :(

      A gente passa a vida inteira planejando viagens! Sempre tem alguma na cachola, mas a viagem de motorhome pelos EUA, por exemplo, nós planejamos em menos de 1 semana, tudo de última hora!

      O dindim a gente está sempre economizando, pq nunca se sabe quando vai rolar uma oportunidade, né???

      O Lipe está no pré, então por enquanto a escola não foi problema...ano que vem ele vai para o primeiro ano, aí vai acabar com a nossa alegria!

      Bjokas

      Excluir
  8. Olá,
    Sou nova aqui e estou amando o blog!
    Vamos fazer uma viagem de carro pela Croácia e Eslovênia e queria saber se com o carro o uso do selo pre-pago do pedágio tb é obrigatório.
    Obrigada desde já!!
    Louise

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Louise, é obrigatório sim, mas apenas na Eslovênia. A Croácia é como o Brasil, vai usando e pagando :)

      Excluir
  9. Nossa, sua página é uma biblioteca para viajantes, muito bacana. Vou viajar em maio/junho com minha mãe e estamos em dúvida de qual roteiro é mais bonito: Alemanha romântica (Sul) + Eslovênia e Croácia ou Croácia, Macedônia, Albania e Montenegro. Qual roteiro vc acha mais incrível? Obrigada. Yara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yara, impossível responder! São todos lugares apaixonantes! E resposta atrasada a estas alturas nem te adianta, né? :(
      Para onde foram, no final? Fiquei curiosa!
      Desculpe não ter respondido antes, mas acho que não ia conseguir te ajudar hehehehe...

      Excluir
  10. Show de Bola... voltamos em abril de uma road trip no oeste europeu, 4700 km em 28 dias.. e tivemos um acertividade impressionante nos orçamentos.. inclusive menor do previsto.. e em turismo neste formato de essencia.. graças a blog como o vosso e de outros apaixonados...gostaria de saber se é possivel enviar planilha de custeio de vossa viagem.. tambem posso enviar a nossa .. abraços igor.schwingel@outlook.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Igor, eu não teria qualquer problema em te passar o custeio da nossa viagem, se eu tivesse os dados/cálculos...mas não tenho! Não costumamos fazer esse tipo de planilha, morro de medo! Todas as informações que guardei sobre os custos da nossa viagem eu pus nos respectivos posts :)

      Excluir
  11. Olá, bom dia! Que viagem hein! Muito obrigado por colocarem tantas informações à nossa disposição. Gostaria de perguntar como foi o processo de fechamento de negócio com a empresa locatária. Vocês fizeram alguma transferência de dinheiro para eles antes de chegar ao local? Essa, por enquanto, é a minha única preocupação, quanto a Adria Holidays.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudá,
      Puxa, não lembro direito para te dizer...acho que não fiz transferência não, fechei tudo por email e dei o meu cartão de crédito como garantia, daí eles cobraram uma porcentagem do valor total X dias antes de chegarmos lá. Mas pode fazer tranquilo, eles são muito sérios!
      Abraço

      Excluir
    2. Claudia, muito obrigado pela atenção e dedicação conosco!!!
      Acabei ficando com outra dúvida também: Como vocês fizeram para carregar seus aparelhos eletrônicos? Precisa de inversor de voltagem ou um carregador de 12v daqueles que liga no cinzeiro já é suficiente? Vamos em três e já consigo imaginar a guerra por uma tomada rs
      Outra duvida que tenho é como vocês se direcionaram. Vocês trouxeram seu próprio GPS ou alugaram com a companhia?
      Mais uma vez obrigado, tchau tchau :)

      Excluir
  12. Oi,
    Levamos sempre os adaptadores USB para cinzeiros - temos um com 6 entradas USB, e aí carregamos os eletrônicos ali durante o dia. Quando estiverem em campings dá para usar as tomadas normais à noite.
    Quanto ao GPS, sempre levamos o nosso com os mapas atualizados do lugar onde vamos. No meu post sobre a organização desta viagem tem o link do site onde se consegue os mapas dos Bálcãs gratuitamente.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Claudia, tudo bem? Vou incomodar você só mais um pouquinho hehe Estamos quase fechando a camper mas querendo ou não estamos um pouco receosos com a empresa. Eles estão exigindo que paguemos 100% do valor do aluguel antes que cheguemos lá. Eu sei que você já disse que eles são sérios, mas foi assim com vocês também? Além disso pedem um depósito que deve ser pago quando chegarmos lá, um calção, de 1000 euros. Vocês deixaram um depósito também? Obrigado pelo cuidado, está ajudando demais!! Abraços!

      Excluir
    2. Oi Rudá,
      Sim, qualquer empresa que vocês usassem para o aluguel pediria, no mínimo, os dados do teu cartão de crédito como garantia, e poderia cobrar o valor total no cartão, então não vejo muita diferença, sabe? Não lembro exatamente se pagamos o valor total antes de chegar lá ou antes de pegar o RV, mas com certeza dei meu cartão de crédito para eles como garantia - pelo que lembro, a caução foi no cartão, e não em cash!

      Excluir
    3. Beleza, Claudia. Realmente como você disse achei eles bem sérios. E até flexíveis, algo que europeus não costumam ser. Eu moro na Rússia e aqui são completamente irredutíveis com qualquer coisa kkkk Fechamos a reserva ontem e estamos super excitados :P
      Vamos fazer a Itália por 18 dias até Nápoles. Depois venho aqui te contar como foi! Mais uma vez obrigadão!! Tchau ;)

      Excluir
    4. Aliás se por acaso vierem à Rússia qualquer dia pode me escrever, ficarei super feliz em ajudar

      Excluir
    5. Ah que delícia! Em 2008 fizemos um roteiro de carro de uns 25 dias pela Itália, foi demais! Depois escreve um post sobre a viagem para publicarmos aqui no blog, com o roteiro de vcs e a experiência de viajar de RV pela Itália! :)
      Viajamos pela ferrovia transiberiana em 2011 com o Lipe, foram também uns 25 dias atravessando a Rússia, adorei! Tu moras onde?

      Excluir
    6. Opa, com certeza, seria uma honra! Quando voltarmos escrevo sim :)
      Moro em São Petersburgo, já veio? Aqui é maravilhoso, como nenhuma outra cidade no mundo. Fica o convite! :D

      Excluir
    7. Oi! Fomos a St Pete sim! Cidade linda, linda mesmo! Cruzamos da Estônia de ônibus e fomos direto para SP, antes de seguir pra Moscou :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...