19 de março de 2014

Bonito, Mato Grosso do Sul, aí vamos nós!!! #PVemBonito

Quando chegamos dos Estados Unidos, em janeiro, eu percebi que, pela primeira vez em anos, havíamos chegado de uma viagem sem ter outra planejada, uma barbaridade!

Ao mesmo tempo, coincidentemente, o Peg me informa que tínhamos milhas vencendo :-)

Bléin, bléin, bléin, sininho tocando, luzinhas se acendendo, trocamos um daqueles olhares meio de lado, vamos???


Há muito, muito tempo que nós queríamos ir para Bonito, e havia, finalmente, chegado a hora! 

Nem precisamos pensar muito, o Peg foi correndo lá no (in) Fidelidade da TAM e trocou nossas milhas a vencer por 2 belas passagens aéreas!


Sobre a decisão de levar ou não o Lipe:

Mas, antes de emitir as passagens, aqueles parêntese ( ) dificílimo: e aí, levamos ou não o Lipe???

E a nossa decisão, depois de muito sopesar pros e contras, foi de deixar o pequeno viajante desta vez :-(

Já escrevi, há um tempo atrás, outro post em que explicava o nosso processo mental na hora de decidir se levávamos ou não o Lipe numa determinada viagem, leia aqui. Mas, desta vez, o que realmente pesou foi a escolinha do Lipe, e a vidinha dele, mesmo. 

Nós viajamos em dezembro/janeiro, em fevereiro fomos para a praia, em abril viajaremos no feriado de Páscoa para o aniversário de 1 aninho do primo do Lipe (meu afilhado mimosão Manuelito!) e em maio/junho faremos outra big trip de motorhome, a operação #FelipenosBalcas

É demais, né? É demais até para nós, o que dirá para ele. As aulas na escolinha mal começaram, e não seria justo com ninguém roubá-lo de novo da escola para ir correr mundo conosco. 

A viagem de maio é diferente, porque será uma viagem de mais de 1 mês, em que não temos outra escolha, é levá-lo ou levá-lo (e será nossa última chance de fazer uma grande viagem antes dele começar a escola regular, no ano que vem!). 

Então, decisão tomada, com muita dor no coração e saudades antecipadas, desta vez o Lipe fica. Claro que já sabemos que morreremos de saudades e sentiremos falta dele a cada programa, mas também não será ruim ter uma vigésima nona lua de mel!!!

#porqueagentemerece


Estância Mimosa

Voos: 

Como já comentei lá em cima, as passagens foram compradas com milhas da TAM. Pagamos apenas as taxas de embarque :-)

Os voos ficaram assim:

Ida:

Porto Alegre 11:50 - 13:30 Guarulhos SP
Guarulhos SP 14:55 - 15:40 Campo Grande 

Volta:

Campo Grande 8:30 - 11:10 Guarulhos SP
Guarulhos SP 13:05 - 14:33 Porto Alegre

Existem voos direto até Bonito (há um aeroporto lá!), mas são super caros e só saem de uma ou duas cidades - pelo que eu entendi, é uma coisa só para os ricos e famosos mesmo. Plebeus como nós voam para Campo Grande, de regra, e pegam algum tipo de transfer para Bonito, seja ônibus de linha, serviço de van ou carro alugado.

Aquário Natural


Transporte terrestre:

Em todos os lugares que eu já li sobre Bonito, sempre aparecia o nome de uma empresa, uma tal de Vanzella, que faz o serviço de transfers de Campo Grande para Bonito e vice versa em vans. Todo mundo sempre falando bem deles, dizendo que são pontuais e que as vans são confortáveis, além de os preços serem ok

Por outro lado, li também que os ônibus de linha que fazem essa rota são bem ruinzinhos, e que existem poucos horários por dia, que não se "conjuminam" com os horários de chegada/partida dos voos. 

Eu não vi sentido algum em alugar um carro desde Campo Grande, afinal, chegaremos lá meio cansados e não tem porquê ainda ir dirigindo até Bonito, né? Então nem pensamos 2 vezes, acertamos o nosso transfer de ida e volta Campo Grande - Bonito com a Vanzella.  

Já em Bonito, a coisa muda de figura. Os valores dos passeios lá incluem serviço de guia, seguros e equipamentos, mas não incluem transporte até o local da atração, então precisávamos de algum tipo de transporte. 

Poderíamos ter optado por um serviço de transfer em van também, mas a gente adora poder fazer as coisas sozinhos, de forma independente, por conta própria, e não ficar dependendo dos outros, então, para o transporte lá em Bonito, eu achei que seria mais legal termos um veículo próprio. 

Decididos a alugar um carro, vi que precisaríamos de uma agência local de Bonito para resolver isso para nós, e foi aí que, pesquisa daqui e dali, acabei chegando à H2O, por indicação do Thiago Cesar Busarello, do blog Vida de Turista, que havia estado lá há pouco tempo e usado os serviços da agência. 

Entrei em contato com a H2O através do e-mail reservas@h2oecoturismo.com.br e eles logo responderam, e foi super fácil acertar a locação de um carro 1.0, com ar condicionado, quilometragem livre. 

Também dá para entrar em contato com a H2O pelos telefones (67) 3255-3535 ou (67) 9297-5794. Veja aqui os outros serviços de transporte que eles oferecem. 

Como tanto o transfer de van quanto a locação de veículo em Bonito serão cortesias das citadas empresas para o blog do pequeno viajante, na volta eu contarei a vocês direitinho como é o serviço deles!



Roteiro de 8 dias:

Passagens compradas, precisávamos decidir o que queríamos fazer nos 8 dias que teríamos disponíveis em Bonito. Lendo aqui e ali, acabei descobrindo que, em Bonito, não existe a opção de fazer as coisas por conta própria! 

Por muitas razões, a principal delas sendo o controle do turismo na região, a Prefeitura lá tem um sistema de voucher digital - uma coisa de primeiríssimo mundo que inclusive rendeu a Bonito, recentemente, um importante prêmio de melhor destino de turismo sustentável no MUNDO!

Por conta desses tais vouchers digitais, as empresas proprietárias das atrações turísticas de Bonito não vendem os passeios por conta própria. Se você chegar lá na Gruta Azul, por exemplo, sem uma reserva, querendo fazer o passeio, vai dar com a cara na porta!

Em Bonito, todos os passeios possuem uma capacidade de carga autorizada de acordo com a licença ambiental do atrativo, tudo visando o menor impacto possível, e essa capacidade informa quantas pessoas podem fazer o passeio por dia e por horário. Aliás, se você chegar lá sem reservas antecipadas, corre o sério risco de não conseguir vaga nos passeios, porque o número máximo de visitantes/dia é levado muito a sério. 

A reserva antecipada e a emissão do voucher permitem o controle da capacidade e o agendamento dos guias, uma vez que o guia, em Bonito, é um profissional liberal, que recebe por pessoa guiada, e é agendado de acordo com as reservas. 

A única maneira de fazer os passeios, em Bonito, então, é através de uma agência de viagens, pois a emissão do voucher é feita online e só pode ser feita pelas agências de Bonito.

O lado bom disso, além da proteção ao meio ambiente, é que os preços dos atrativos são todos tabelados, e você não precisa ficar indo de agência em agência indagando por quanto cada uma faz o passeio. O que difere uma da outra, então, é a competência e organização na condução do negócio. 

Como quem lê o blog sabe, a gente procura fazer sempre as coisas por conta própria, para baratear os custos, mas, nesse caso, tive que me render à H2O. 

A Kassilene, que tratou conosco desde o início, é uma querida e, logo que eu escrevi, ela me respondeu com uma sugestão de um roteiro de 8 dias perfeito para nós!

No roteiro que ela sugeriu estavam todos os passeios mais legais de Bonito, justamente os que nós queríamos fazer - ela acertou em cheio! E, depois, ainda foi incansável acrescentando outros passeios que pedimos, fazendo alterações, enfim...claro que eu não posso recomendar a agência por antecipação, já que ainda nem chegamos lá, mas, no pré-viagem, nos ajudando a organizar tudo, eles foram ótimos!


Projeto Jiboia


Nosso roteiro ficou assim:

Dia 1 - Chegada em Campo Grande as 15h40, van Vanzella para Bonito as 16hs. 

Dia 2 - Check-in na H2O as 9hs, retirada do carro locado e do material dos passeios. Flutuação no Aquário Natural as 10 hs + Balneário Municipal as 15hs + Projeto Jiboia as 19hs. 

Dia 3Gruta do Lago Azul as 7h40min + Estância Mimosa com almoço (passeio de trilha com cachoeiras) as 13hs. 

Dia 4 - Flutuação no Abismo Anhumas.

Dia 5 - Combo Porto da Ilha.

Dia 6Buraco das Araras as 8h30min + Flutuação no Rio da Prata com almoço as 11hs.

Dia 7 - Parque Ecológico do Rio Formoso - Passeio Cavalo as 8hs + Boia Cross as 10hs + Lobo Guará Bike Adventure as 14hs. Retorno para Campo Grande as 18h30min de van Vanzella. 

Dia 8 - Embarque no voo de volta as 8h30min.

A H2O foi tão legal conosco que acabamos fazendo uma parceria inédita: todos os passeios que estão com os links acima serão uma cortesia dos próprios atrativos e da H2O para o blog, e nós contaremos em detalhes como é cada um deles quando voltarmos! 

Isso significa que vocês verão muito a hashtag #ap nas fotografias desta viagem no Instagram, no Twitter e na nossa fan page no Facebook - quer dizer que a nossa viagem foi "apoiada" pela H2O! 

Chique, hein, hein?!?!


Gruta do Lago Azul

Hotéis:

Resolvido o roteiro, era necessário escolher onde nos hospedaríamos. Nessa viagem, vamos ficar em 3 hospedagens bem diferentes, com as quais fizemos parceria. 

A primeira é um albergue (ah, que saudade de me hospedar em albergue!), o Bonito HI Hostel, filiado à Hostelling International, o que, por si só, já garante um bom padrão de qualidade, como temos comprovado nas nossas andanças mundo afora. Além disso, os comentários sobre ele no Booking são ótimos. Ficaremos lá as primeiras 3 noites em Bonito

Depois, nos mudaremos para o Hotel Paraíso das Águas, que também tem ótimas indicações no Booking, e que parece ser um luxo só, pelas fotos que nós vimos! Ficaremos lá as últimas 3 noites em Bonito. O café da manhã parece ser uma delícia, e eu já estou louca para chegar lá só para comer aquelas gostosuras (coisa triste esse espírito de gordinha que eu tenho - em vez de pensar no tanto de exercícios físicos que vamos fazer lá, eu fico pensando na comida, ô tristeza!). 

E, por último, como o nosso voo sai de Campo Grande de manhã cedo, na volta, precisávamos de um hotel para dormir lá na última noite da viagem, e o escolhido foi o Brumado Hotel, que parece ser bem bacana, com piscina e tudo, para a gente dar uma última relaxadinha antes de voltar à vida real :-(

Na volta eu conto para vocês o que achamos de cada um deles!


Buraco das Araras

O que levar:

Como embarcamos amanhã, estou terminando de escrever este post ao mesmo tempo em que termino de arrumar as mochilas, então voltei no site da H2O porque eu lembrava de ter visto lá algumas dicas do que levar numa viagem a Bonito (para garantir que não estou esquecendo de nada), e encontrei esse gráfico aí abaixo, que estou compartilhando aqui porque achei bem legal, pois ele explica o que você deve levar em cada tipo de passeio.




O que você não pode esquecer? Biquines, toalhas, repelente, protetor solar, equipamento para tirar fotografias subaquáticas, havaianas, boné e tênis. 

dart bag e floaty backdoor para GoPro


Parcerias:
Gruta Azul

Aquário Natural

Balneário Municipal
















Em Bonito, MS:




Você já esteve em Bonito? Tem alguma dica especial para nós? Deixe aqui a sua recomendação, ainda dá tempo!

Todas as fotografias que ilustram este post são de propriedade da H2O. Veja as nossas fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro em #PVemBonito ou em #felipeopequenoviajante.

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook. Os videoclipes você assiste no YouTube - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

No Twitter, procure por @pequenoviajanteNo Google+, você nos adiciona aquiNão esqueça também de curtir a nossa fan page no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre Bonito estarão organizadas aqui

Você também nos encontra aqui:

8 comentários:

  1. Ebaa!!! Vou matar saudade de Bonito através de seus relatos e fotos!
    Boa viagem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu adorei teus posts, Cris! Adoro o jeito que vocês colocam as fotos, tens que me explicar como é que tu faz aquilo, fica tri bonito!

      Excluir
  2. Oba!!! Vou adorar acompanhar mais uma aventura!
    E vocês estão chiques mesmo, hein?!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Essa decisão de não levar o Lipe é bem pesada, né? Eu não teria coragem, mas sinceramente eu entendo vocês, e já estou pronta pra acompanhar mais uma viagem dessa família da qual sou fã
    Acredita que vejo poucos relatos sobre Bonito? Vamos falar mais dessa cidade aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe que, no final, achamos ótimo que ele não foi, porque, pelo que vimos lá, Bonito não é para menores de 7/8 anos! algumas pessoas até insistem e levam os pequenos para lá, mas não dá certo e ficam todos frustrados :-(

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...