26 de janeiro de 2014

Monument Valley e Goosenecks State Park, inesquecíveis

Às 11h30min saímos de Page em direção a Kayenta, ainda no Arizona, mais a oeste, pelas estradas #98 e depois #564. Paisagens lindas, com neve, pelo caminho, que é todo dentro da reserva indígena Navajo.

Em Kayenta, pegamos a estrada #163 para o norte, até Monument Valley Navajo Tribal Park

Como já era meio tarde para fazer o tour e o dia estava meio nublado (foram os 2 dias mais nublados de todo mês que estivemos lá :-), resolvemos deixar o passeio para a manhã seguinte, e voltamos até Goulding, que fica do outro lado da estrada, na frente da entrada para o Monument Valley, mas já em Utah (o parque fica exatamente na fronteira entre os 2 estados, Utah e Arizona).

Eu sempre sonhei conhecer esse lugar...e nunca pensei que seria tão fácil chegar aqui! 

A gente pensa que Monument Valley é um lugar isolado, inacessível, mas, na realidade, é bem simples chegar aqui! Fica bem perto do Grand Canyon, sabia?















Vimos Goulding e continuamos em direção a Mexican Hat, cidadezinha minúscula que tem esse nome por causa de uma pedra com formato de...adivinhe!?!



No caminho até Mexican Hat, o Peg olhou pelo espelho retrovisor e finalmente vimos a cena que viemos ver aqui: aquela paisagem da estrada com os monolitos ao fundo, sabe? Quem já viu o filme Forest Gump sabe do que eu estou falando - lembram daquela cena dele correndo numa estrada linda, com os cocorutos ao fundo? Essa mesma!

Não é que a paisagem não estivesse maravilhosa desde Kayenta. Estava. Já havíamos parado dezenas de vezes na beira da estrada para centenas de fotos, mesmo com o céu nublado. Já havíamos visto os monolitos famosos dos filmes de faroeste e de ETs, e parecia que estávamos dentro de um comercial do cigarro Marlboro (quem lembra???). Mas eu ainda não tinha visto aquela paisagem clássica que a gente vem até aqui para ver, até que o Peg olhou pelo retrovisor...foram mais algumas dezenas de fotos, bem no fim da tarde, com o pôr do sol por trás e um buraco nas nuvens bem em cima dos pedregulhos!!!! De outro mundo...






Esse lugar definitivamente não parece ser parte dos EUA. É tudo reserva indígena, e dá pra ver bem direitinho a diferença para o resto do país (inclusive o lixo na beira da estrada, muitas garrafas e latas de bebida alcoólica, infelizmente!). Em Mexican Hat parece até que estávamos no México kkkk...

De lá, continuamos pela #316 para Goosenecks State Park, só para dar uma olhada no que se tratava: é um lugar incrível, do mesmo estilo de Horseshoe Bend, que nós vimos no dia anterior, só que, ao invés do Rio Colorado, é o Rio San Juan, em Utah.






E o mais incrível foi chegar lá e ver que pode acampar, tem até um livro de registros de quem acampou por lá, uma churrasqueira para a gente usar e banheiros limpos COM papel higiênico!!!! Inacreditável...



O Peg, que nem estava muito a fim de ir até lá, ficou impressionadíssimo com a paisagem sensacional do Goosenecks!

Mas resolvemos voltar e passar a noite naquele acostamento incrível na beira da estrada, bem onde começa a descida da highway em direção a Monument Valley

Parecia até piada: vimos o sol se pôr e nascer de novo no mirante mais sensacional de Monument Valley, totalmente de graça, no melhor alojamento do mundo, o nosso motorhome! 

Jantamos na nossa sala de jantar, posicionada estrategicamente de frente para as formações rochosas mais incríveis da América!










No dia seguinte, acordamos com o nascer do sol às 7hs, tiramos muitas fotografias daquelas paisagens fantásticas e seguimos para o Monument Valley Navajo Tribal Park de novo.










Desta vez pagamos para entrar (U$ 5 por adulto, criança não paga), e fomos conhecer o restaurante, hotel, museu e loja do Visitor Center. Mas, principalmente, fomos olhar as vistas de arrepiar dos mirantes! 

Como a paisagem é indescritivelmente linda, vou deixar vocês com as fotos - que, infelizmente, não fazem justiça à grandiosidade desse lugar :-( devido ao dia nublado:







Existe também o Valley Drive - um circuito de 17 milhas ao redor do parque, por estrada de terra meia boca. Ele é mão única na maior parte do caminho e pode ser feito de carro (não precisa ser 4x4), mas de motorhome não pode, infelizmente.

Tem a opção de contratar um tour de camionete, que faz todo o circuito em 2,5hs ou em 3,5hs se incluir o backcountry, uma zona offroad onde só os guias têm autorização para circular. Mas os índios têm a cara de pau de cobrar U$ 75 por adulto para fazer esse tour, ou seja, para nós custaria U$ 150!

Achamos que não valia a pena, primeiro pelo custo, segundo porque o Lipe ia se aborrecer, terceiro que não gostamos de guias, de ficar dependendo dos outros e de não podermos parar sempre que quiséssemos, e quarto que estávamos super satisfeitos com as vistas dos mirantes localizados na sede do parque, e preferimos aproveitar nosso tempo lá, desfrutando das vistas maravilhosas e fazendo dezenas de fotos e filminhos no nosso ritmo, sem ninguém para nos chatear (até o Lipe, quando se cansou, foi ver filminhos no motorhome no estacionamento).












Acho que, além de mais nublado, foi também um dos dias mais frios da viagem - a gente congelava as mãos tão logo tirávamos as luvas para tirar fotos!

Conversando com um dos índios-guias, aprendi umas palavrinhas na língua da tribo Navajo, que podem ajudar na sua barganha com eles:

Oi = Ya ateeh
Tchau = Hagoonee
Obrigada = Ahehee

Ainda existem as opções de se fazer uma trilha a pé (mais ou menos 2hs) ou a cavalo, mas nós nos contentamos mesmo com os nossos mirantes ;-)

Nos despedimos de Monument Valley (com muita tristeza e vontade de ficar mais um pouco!) e voltamos até Kayenta pela estrada #163, onde paramos num McDonald's para o Lipe brincar um pouco no playground e nós usarmos o wifi ;-).



Você conhece o Monument Valley? Lugar sensacional, não é? Pois então deixe aqui as suas dicas para os nossos leitores visitarem o parque!!

Já leu nossos posts "modo de usar" sobre o Antelope Canyon e o Zion National Park?

Próxima parada: Grand Canyon - continue viajando conosco!

Veja mais fotografias desta viagem no Instagram @claudiarodriguespegoraro em #Lipenamotorhometrip ou em #felipeopequenoviajante.

No Twitter, procure por @pequenoviajante. Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Assista todos os minifilmes desta nossa aventura de motorhome pelos EUA no Facebook (aqui). Os filminhos maiores você assiste no YouTube (aqui).

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre viagens de motorhome estão organizadas aqui

Você também nos encontra aqui:



14 comentários:

  1. As fotos ficaram incríveis, mesmo o dia estando nublado!!! Muito legal o roteiro que vocês fizeram. É uma viagem diferente aos Estados Unidos. Vocês passaram por algum perrengue em algum momento?
    beijos, Cristina
    http://www.mylittleriojournal.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris, é verdade! Diferente dos roteiros tradicionais, e incrível!
      O único perrengue foi uma noite que não conseguimos ligar o gás para o aquecimento e estava a -10 graus, mas dormimos bem abraçadinhos e no dia seguinte aprendemos a fazer o gás funcionar kkkkk
      Bjokas

      Excluir
  2. Muito show! Adorando esta viagem. E as fotos estão cada vez melhores. Parabéns! Vocês me inspiraram a comprar a Go Pro. E , é claro, a seguir meu sonho de ir pra Califórnia com a família. Só não sei quando.
    Beijos grandes
    Alexandra
    @cafeviagem
    @destemperadinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandra, tu comprou a Go Pro???? Que legal! Agora sim que a gente vai babar naquelas tuas fotos de comida! kkkkkk
      Dá uma olhadinha no post do Grand Canyon, tenho certeza que vocês iam amar! http://felipeopequenoviajante.blogspot.com/2014/02/grand-canyon-lado-sul-modo-de-usar.html
      Os posts da Califórnia vão sair logo, logo!
      Bjokas

      Excluir
  3. Sensacional Cláudia!
    Lugar lindo e fotos maravilhosas!
    Tb quero comprar a GoPro e até deixei uma mensagem p vcs no post da GoPro.
    Bjs,
    Roberta Vianna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta! Nesse post tem 3 fotos com a Go Pro, dá pra ver direitinho quais são, né? Já respondemos tua mensagem lá, tu viu?
      Bjinho

      Excluir
  4. Olá. Gostaria de um esclarecimento.
    Vc mencionou o Valley Drive - circuito de 17 milhas ao redor do parque que pode ser feito de carro.
    Eu e família estaremos no MV daqui a 2 semanas, provavelmente ficaremos no The View Hotel. Pois bem, poderemos ir naquela estradinha, no meu próprio carro, sem pagar nada, ou terei que deixar U$ 75.00 por cabeça?
    A propósito, se quiserem ver um filme com várias paisagens do MV, assistam Era Uma Vez No Oeste. Um clássico! Inclusive mostra essa estradinha.
    Muito obrigado
    Cássio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássio, o Valley Drive pode ser feito de carro particular sim, sem qquer cobrança! Nós só não fizemos pq de motorhome não podia, como eu coloquei no post. Só precisa pagar U$ 75 quem quiser fazer tour com uma empresa que oferece o passeio!

      Excluir
  5. Oi Claudia,

    Que blog fantastico! Parabens!

    Como voces, eu e meu marido constumamos viajar de MH e por coinsidencia faremos um trajeto parecido com este que voces fizeram. A diferenca que ao inves de irmos mais para o norte como voces, iremos mais para o sul. Alem disso o periodo e' bem parecido entre 15/12 e 13/01.

    Aproveitei varias de suas dicas e gostaria de saber se voce tem as coordenadas do "acostamento incrível na beira da estrada, bem onde começa a descida da highway em direção a Monument Valley" que voce mencionou acima.

    Desde ja agradeco,
    --
    Monica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monica, desculpe, não tenho! Nesta época eu ainda não atinava pegar as coordenadas :( foi só na viagem pelos Bálcãs que eu lembrei de fazer isso! Mas qdo vcs chegarem lá verão direitinho o lugar que eu mencionei, pela paisagem das fotografias! Foi qdo voltamos de Goosenecks!
      Puxaaaaa, só agora vi que teu comentário é de novembro! Desculpe não ter respondido antes! Como estou atrasada!
      Bjos

      Excluir
  6. Olá! Gostaria de uma opinião... Agora em julho visitarei o Death Valley, o Red Rock, o Valley of Fire, Grand Canyon South Rim, Antelope Canyon, Oak Creek Canyon, Sedona, chegando até Phoenix. Incluir o Monument Valley está apertando meu tempo e meu orçamento também, pelo custo dos hotéis. Diante de tudo que verei, será que ele é imprescindível? Agradeço!!! Parabéns pelo lindo blog. Janice.

    ResponderExcluir
  7. Cláudia querida. Eu de novo do post aí de cima.... :) Na verdade, estou pensando em excluir o Red Rock Canyon perto de Las Vegas e ir só nas Red Rocks de Sedona, e manter o Monument Valley. Que tal? Obrigada pelo seu tempo. Janice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janice,
      Eu certamente priorizaria Monument Valley! É simplesmente incrível! Se precisar, tira o Red Rock Canyon e as Red Rocks de Sedona! O Monument Valley dá de 10 a zero!

      Excluir
  8. Olá pessoal! estou morando nos EUA por um ano e estou querendo fazer uma viagem de RV parecida com a de vocês no período do meu winter break (entre 20/12 e 05/01), mais ou menos! Estou lendo sobre RVs e estou preocupada com a neve e o risco da água do RV congelar... mesmo o site da Cruise America fala sobre a possibilidade de ter que preparar o RV para o inverno, não poder usar a água, etc... como vocês fizeram? Estou tentada a querer acreditar que como a viagem pega apenas o comecinho do inverno, não terei problema, mas queria conversar com alguém com experiência!! Obrigada e abraços, acompanho sempre os videos de vocês!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...