16 de janeiro de 2014

a "política" de publicidade do blog e os nossos agradecimentos especiais às empresas que nos apoiaram!

Há um tempo atrás (outubro de 2012), escrevi um post em que comentava como seria legal se alguma empresa/hotel/cia. aérea resolvesse patrocinar alguma aventura nossa. 

Olha o tal post aqui.

Viajar de graça não foi o nosso objetivo quando criamos esse blog

Nossa motivação, desde o início, foi incentivar o povo a viajar com os filhos e ter um lugar para guardar os "recuerdos" das nossas viagens, para o Felipe poder ver tudo quando crescer - às vezes até um pensamento nefasto me passa pela cabeça: se eu morrer, ele vai poder conhecer melhor a mãe que teve só pela leitura do blog e das nossas aventuras! É uma herança e tanto que estamos deixando para o nosso filho, alguém discorda?

Mas, ao que parece, os deuses das viagens e os santos que protegem os viajantes ouviram as nossas preces e, do ano passado para cá, algumas empresas muito bacanas parece que notaram a nossa existência e começaram, ainda que timidamente, a colaborar nas nossas aventuras mundo afora lol

Claro que ainda não encontramos a fada madrinha que vai bancar nossas passagens aéreas ou patrocinar nossas viagens, mas, nesta nossa última aventura, assim como na viagem que fizemos à Disney de Orlando em outubro, diversas empresas nos ofereceram produtos/serviços como cortesia, gratuitamente, para que conhecêssemos os lugares/serviços e depois contássemos aqui no blog como tinha sido a nossa experiência. 

Então, por dever de honestidade com o nosso leitor, e me lembrando do post que fiz há mais de um ano atrás, acima mencionado, quis fazer este novo post, para contar que, hoje em dia, algumas das experiências que contamos aqui foram experimentadas de graça.

E qual a importância disso? Nenhuma. 

Sério, o fato de termos ganhado o ingresso para conhecer o Sea World de graça não me impediu de contar que tinha um brinquedo lá bem chato, onde perdemos o Felipe e passamos por momentos de desespero. O fato de ganharmos o ingresso da Disneyland como cortesia não me impede de contar que as filas para a atração dos Carros, que é o supra sumo do parque, estavam em 3hs, e achamos isso um absurdo, e então não pudemos conhecer esse brinquedo que certamente teria sido um sonho para o Lipe (ficar 3hs na fila com uma criança?!?).

E o que as empresas que nos dão ingressos ou diárias de hotel de graça ganham com isso, se depois podemos acabar falando mal delas? 

Ora, a verdade é que só o que as empresas "ganham" é a certeza de que falaremos delas no blog - porque quando ganhamos ingressos ou uma diária de graça nos comprometemos a fazer uma resenha no blog depois, comentando como foi a experiência - mas não damos, e nunca daremos, a qualquer empresa que nos "patrocine", a garantia de que falaremos "bem" dela no pequeno viajante. 

A nossa única obrigação, com as empresas e com o leitor, é contar a verdade daquilo que nós experimentamos. Foi maravilhoso? Fazemos uma ótima divulgação, porque nós queremos mais é que os nossos leitores tenham experiências maravilhosas nas suas viagens familiares. Foi meia boca? Daremos todos os detalhes. Foi ruim pra dedéu? A gente se compromete a escrachinar com a empresa. 

E porque resolvi falar disso agora? Porque nessa nossa última viagem várias empresas foram super bacanas e apostaram no pequeno viajante, colaborando com a nossa viagem. Portanto, achei que seria legal também da nossa parte agradecer publicamente a essas empresas pelo apoio - não só porque nos apoiaram, mas também, e principalmente, porque acreditam na influência que os blogs de viagens têm sobre o público viajante, e merecem ser louvadas! 

São elas:


 


















Isso posto, que fique claro o seguinte: a nossa filosofia segue exatamente a mesma de sempre - não divulgamos no blog o que a gente não conhece/não experimentou. 

Se recomendamos qualquer serviço no blog é porque experimentamos e gostamos, e isso sempre estará claro no post. Se ganhamos uma diária de hotel, isso estará escrito no post sobre tal hotel, com todas as letras; se ganhamos um ingresso para conhecer a Legoland, haverá um agradecimento à Legoland no respectivo post pelos ingressos cortesia, e assim por diante. NUNCA faremos "propaganda" de algo no blog (ou nas nossas redes sociais) sem informar ao leitor que recebemos algo em troca, seja um ingresso, uma passagem, uma diária ou uma refeição.

Para conhecimento do leitor, nas redes sociais funciona assim: por orientação da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem), da qual fazemos parte, sempre que publicamos uma foto no Instagram, Fan Page no Facebook ou Twitter, por exemplo, comentando uma experiência que tivemos como "cortesia", colocamos a hashtag #ap, que significa que tal experiência foi "apoiada". 

Na fila do Sea World de San Diego, um japonês viu que eu estava com um papel impresso que falava em "ingressos cortesia", e veio me perguntar como eu tinha conseguido aqueles ingressos, se tinha como ele conseguir também. Eu expliquei para ele que as empresas têm essa política de conceder ingressos cortesia para blogueiros em troca de resenhas, e ele ficou com cara de espanto, e me disse que ia fazer um blog então, kkkkkk...pois eu aviso aos navegantes: não inveje o blogueiro! 

Ter um blog é um trabalho que nos consome todas as horas de lazer e pior: desde que inventei o tal blog, nunca mais tirei férias, pois as viagens viraram trabalho. Não pense que uma diária de hotel de R$ 200,00 paga a trabalheira que dá fazer um post depois. Se alguém me oferecesse R$ 200,00 para escrever um post eu nunca aceitaria. A gente aceita o negócio porque, blogueiros que somos, faríamos o post sem receber nada em troca, então ganhar o ingresso do aquário para escrever sobre ele depois é lucro (porque escreveríamos sem ganhar nada mesmo, entende?)!

Espero que a nossa "política" tenha ficado bem clara. Em resumo, o que eu quis esclarecer é o seguinte: às vezes, ganhamos alguma coisa de graça nas viagens em função do blog, mas vocês podem ter a certeza de que essas cortesias jamais afetarão o nosso julgamento. Sempre viajamos pagando todas as contas com o nosso suado dinheirinho, e nunca nos "venderíamos" por tão pouco, entendido?

E muiiiiiito obrigada a todas as empresas bacanérrimas que acreditaram e apostaram no pequeno viajante até agora! Esperamos que a parceria continue firme e forte, baseada na honestidade sempre!

Quer ver todas as empresas que nos apoiaram até hoje? Estão todas aqui (bem no final).

Assista todos os minifilmes das nossas aventuras no Facebook (aqui). Os filminhos maiores você assiste no YouTube (aqui) - aproveite e já se inscreva lá no nosso canal!

Veja fotografias das nossas viagens no Instagram @claudiarodriguespegoraro. 

No Twitter, procure por @pequenoviajante. No Google+, você nos adiciona aqui

Não esqueça também de curtir a fan page do Felipe, o pequeno viajante no Facebook para acompanhar as nossas aventuras!

Você também nos encontra aqui:



4 comentários:

  1. Concordo com você, Claudia!! É uma bela recordação que você está deixando e ela é totalmente válida!!
    Sempre acompanhei todas as suas viagens por aqui e adoro cada relato. No meu blog eu tenho a mesma política que o seu e acho que estamos fazendo certo, rs
    beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...