16 de novembro de 2013

roteiro por Caye Caulker, em Belize e pela Península de Yucatán, no México, do pequeno viajante Pedro e seus papais mergulhadores


A Marisa Bertoldo e o Pedrinho, 4 anos, já são "parceiros" aqui do blog desde outras viagens. Quando fomos para o Estado do Rio, este ano, ela me deu dicas perfeitas de Trindade, Paraty, Angra, Ilha Grande, Arraial do Cabo e Búzios - tá tudo neste post aqui

Desta vez, foi só eu postar esta foto abaixo, perguntando quem adivinhava quais serão os 5 países da nossa próxima viagem, que a Marisa, tri querida, já se habilitou para dar dicas de Belize e da Península de Yucatán, de onde eles chegaram com o Pedrinho há pouco tempo - dicas fresquíssimas!!! Falou de point de mergulho, falou com a Marisa!

Eu adorei as dicas, e vou usar todas, já que México e Belize são 2 dos nossos próximos 5 destinos - quem adivinha os outros 3???

Com a palavra, a Marisa e o mergulhador Pedro, de 4 anos:

Roteiro: 

1 noite Cancún 
3 Isla Mujeres
4 Cozumel
1 Chetumal
4 Caye Caulker
7 Akumal





Período: 11/08/2013 a 01/09/2013

Gastos:

* Passagens aéreas: R$ 6.212,46 - Vôo Copa PoA - Panamá - Cancún - Panamá - PoA
* Hospedagem: R$ 2.951,00

Fomos eu, meu marido Paulo e nosso filho Pedro, com 4 anos. Escolhemos esta data por ser época do tubarão baleia (junho a setembro) e da desova e abertura dos ninhos das tartarugas marinhas (abril a outubro). Foi uma viagem voltada para mergulho de snorkel, embora tenhamos feito outros passeios.

Vou fazer um relato diário:

1° dia - Pegamos um táxi lotação do aeroporto (US$ 25) até o Hostel Mundo Joven Cancun, reservado pelo Booking, ótimo custo - benefício. Chegamos as 23h. Literalmente fomos à Cancún e "não fomos à Cancún", só passamos pela cidade entre um destino e outro. Não conhecemos NADA de Cancún porque resort não é a nossa praia...

2° dia - Fomos ao Banco Norte, próximo ao hostel, cambiar dólares por pesos mexicanos, sem dúvida é a melhor cotação. Pegamos o ferry em Puerto Juarez até Isla Mujeres, super tranquilo, chegamos antes das 12h e seguimos até o Hostel Pocna, aqui ficamos em um quarto casal com banheiro privativo e a recepção nos arrumou um colchão para o Pedro sem custo adicional. À tarde fomos à Playa Norte.

3° dia - Volta na ilha com um carrinho de golf, o Pedro adorou. Fomos na Punta Sur e no Parque Garrafon de Castilla (vizinho do Garrafon, mas muiiiito mais barato e com poucos turistas, mais pessoal local) muito bom para crianças e para snorkel. Fomos também na Tortugranja, para quem já foi em qualquer local do projeto Tamar não vale a pena, é decepcionante.




4° dia - Finalmente o mar deu uma pequena trégua e fomos fazer o passeio do tubarão baleia. Vale muito a pena sair de Isla para este passeio (US$ 65 p/p) ao invés de Cancún ou Playa del Carmen (US$ 150 p/p) além da diferença de preço a distância é bem menor, mesmo saindo de Isla são em torno de 2h para ir e 2h para voltar, variando porque não se sabe a localização exata dos cardumes. Para nós este passeio foi inesquecível: fazer snorkel ao lado desses gigantes e de um cardume de raias manta foi maravilhoso. Bom, o Pedro foi na parceria, o mar não estava uma "piscina", então ele ficou no barco, e nós nos revezávamos, já que descem 5 pessoas por vez.

5° dia - Saída de Isla Mujeres, ferry até Puerto Juarez, táxi até terminal ADO, ônibus até Playa del Carmen, ferry até Cozumel. Chegamos às 14h, locamos um fusca conversível e saímos à procura de hospedagem, ficamos um ap. de 01 quarto no La Casona Real, bem localizado e funcional.

6° dia - Muita chuva, só passeamos de carro, fomos ao King Burger para o Pedro brincar. Muita gente, inclusive dos cruzeiros, reserva apenas 1 dia para Cozumel, mas, se não der sorte e estiver chovendo, vai acabar vendo uma ilha bem diferente das imagens da internet.

7° dia - Sol maravilhoso, fomos ao Parque Punta Sur, recomendo iniciar os passeios por este parque porque ele é federal e fecha cedo, passeamos de catamarã pela lagoa Colombia procurando os crocodilos, vimos somente 1, a cor da água era avermelhada, depois ficamos na praia, snorkel na barreira que é um pouco longe, nadadeiras são fundamentais, vimos uma floresta de gorgônias e muitos peixes, o Paulo viu em tubarão lixa e várias lagostas. A praia tem areia branca, sombra, é ótima para crianças, passamos no farol e no museu e saímos do parque quase na hora dele fechar (16h). Ainda fizemos snorkel na Playa Corona, único lugar onde vimos o famoso peixe sapo. Aproveitamos o dia até o último raio de sol. Depois que o Pedro nasceu acabamos não saindo à noite, por isso sempre gostamos de ter uma cozinha à disposição para preparar uma jantinha e descansar.


8° dia - Domingo, na temporada dos cruzeiros este é o único dia que não atraca navio na ilha, então são em torno de 5.000 pessoas a menos...Ótimo para ir no Parque Chankanaab porque fica mais vazio, lindo, excelente para crianças, snorkel direto da costa com peixes enormes, 3 esculturas, cardumes de atum. Também fizemos snorkel em frente ao Money Beach Club, super recomendado, parecia um aquário! Aqui testei nossa Dartbag e as fotos ficaram muito boas. O Pedro adorou este dia - areia, sombra, água baixinha e morninha, não queria mais nada!!!

9° dia - Deixamos Cozumel com vontade de ficar...mas, pegamos o ferry até Playa del Carmen, fomos ao terminal ADO e compramos as passagens até Chetumal, viagem longa, em torno de 5h. Chegamos às 18h e saímos à procura de um Hostel para passar a noite, já que nosso barco para Caye Caulker só saía às 15h do dia seguinte. Nesta noite fomos num shopping que tinha McDonald´s e Supermercado. Recomendo levar o que puder de Chetumal, porque nas ilhas é tudo mais caro. 




10° dia - Stress: pela manhã, enquanto o Pedro e o Paulo ficaram se divertindo na piscina, fui até o porto comprar os tickets do barco e quando passei pela imigração para verificar a documentação o funcionário me informou que não tínhamos visto terrestre, somente aéreo, então se saíssemos do México só poderíamos retornar por via aérea. Fiquei doida, como assim??????? Então eles não sabem que agora brasileiros não precisam mais de visto para Belize, nem para o México????? Não adiantou argumentar, chorar, o funcionário só me dizia: se forem não poderão voltar por aqui. Voltei ao hostel e lá me falaram que há poucos dias aconteceu a mesma coisa com um casal de brasileiros e eles retornaram a Cancún sem ir para Belize. Teríamos que mudar os planos, fiquei inconformada e resolvemos passar novamente na imigração antes de ir até o terminal ADO, quando o funcionário me viu, sorriu e disse que entrou em contato com seus superiores e então teve a informação atualizada sobre o visto e nós podíamos ir. Fica o alerta!!! Acho uma boa ideia levar a lei impressa. Foi uma correria, mas às 17h chegamos em Caye Caulker. O barco atraca em San Pedro, aí todos descem para carimbar a entrada em Belize, na volta é o mesmo procedimento para a saída.

11° dia - Caye Caulker não é um destino muito conhecido dos brasileiros, encontrei poucos relatos, então não sabíamos como seria. Amamos!!!! Fora o lixo, que nos incomoda em qualquer lugar, a ilha é a nossa cara: ruas de areia, nativos muito simpáticos, tudo muito simples e bucólico. Ficamos em um chalé de madeira na beira da praia, lá só se anda de havaianas, não vi resorts, ainda... A rotina era acordar, fazer um passeio de barco e relaxar... Claro que todo dia íamos na única pracinha da ilha com o Pedro. Neste dia fizemos o passeio Barrier Reef Tour, Shark Ray Alley e Coral Gardens, mar piscina em virtude da barreira de corais, tubarões lixa, raias, vida marinha exuberante, visibilidade incrível.



12° dia - Passeio Hol-Chan tour com 3 paradas, é tudo muito tranquilo, o barco te pega no pier da pousada em torno de 9h e volta as 15h, eles levam água geladinha, frutas e sanduíches. Na volta descobrimos um senhor que faz lagosta grelhada (US$ 10) e espetinhos de camarão ou frango na frente da pracinha, uma delícia...

13° dia - Muita chuva, hoje tínhamos pensado em fazer o passeio para o Blue Hole, mas achamos que não era para nós: US$ 124 p/p, sai às 6h e retorna às 16h, e de snorkel não se vê nada. O tempo decidiu, todos passeios foram cancelados neste dia.

14° dia - Saímos de Caye Caulker às 7h (único horário do water táxi) e chegamos em Chetumal às 11h, tudo certo na imigração, pegamos o ônibus da ADO para Tulum às 14h, lá fomos na AVIS e locamos um Chevy por 7 dias (US$ 229), sem seguro porque nosso cartão de crédito tem essa cobertura. Passamos no Chedraui, mega supermercado, quase em frente à locadora e seguimos para Akumal. Lá nos esperava um apartamento no Playa Caribe Condominius que tínhamos locado aqui no Brasil pela Loco Gringo. Chegamos tarde, cansados mas felizes por termos conseguido ir para Belize!


15° dia - Adoramos o condomínio, tem muitos ninhos de tartaruga na "nossa" praia e, como vamos ficar aqui 1 semana, veremos a abertura de algum ninho e alguma desova. As tartaruguinhas só saem dos ninhos em direção ao mar à noite e as tartarugas também só sobem na praia para desovar neste horário. O Pedro ganhou uma lanterna com a lente vermelha para a gente procurar as tartarugas, foi muiiiiito legal, ele adorou, cada noite era uma novidade: vimos a desova de uma tartaruga enorme e várias tartaruguinhas, ele até ajudou o pessoal do projeto de preservação de lá na soltura das bichinhas... Queremos passar para o Pedro o nosso amor e respeito pela natureza...

16° dia - Fomos na Laguna Yal-Ku, não achei bom para crianças: água gelada, pedras escorregadias, profunda, mosquitos...eles não têm o que fazer enquanto esperam os pais mergulharem, snorkel para iniciantes. A "nossa" praia, Akumal, tem muitas pedras, então não é boa para banho com crianças, mas é ótima para snorkel, já Akumal Bay é totalmente para crianças: sombra, água parada e morninha, areia fininha e branquinha e vimos várias tartarugas no mergulho de snorkel. Desistimos de ir até Punta Allen em função da precariedade da estrada que vai até lá.

17° dia - Visita ao sítio arqueológico de Tulum, tem que ir... o Pedro aguentou bem, íamos parando e andando no ritmo dele, não fomos na praia ali porque achamos o mar agitado, a praia com muitas pedras grandes, então fomos na Praia Paraíso, em Tulum, perfeita para crianças.

18° dia - Saímos cedo em direção à Chichén Itzá, chegamos antes dos ônibus e aproveitamos o sítio só para nós...é mágico, sem dúvida: tem que ir! É muito grande e no fim o Pedro ganhou uma "garupa" do pai...Retornando, passamos no cenote Il-Kil, vale a pena, a água é gelada mas até o Pedro mergulhou. Depois chegamos em Valladolid, uma cidade que merece uma visita, aqui achamos uma pracinha ótima e deixamos o guri aproveitar afinal ele tinha sido um ótimo companheiro...Nossos planos eram de chegar em Cobá na volta, mas o cansaço venceu e fomos direto para "casa".


19° dia - Fomos a Puerto Morelos, praia ótima para snorkel e para crianças, na volta passamos no Cenote Jardim do Éden, o mais barato deles, os outros é um abuso o preço dos ingressos, mas na minha opinião cenotes e crianças não combinam: a água é gelada, são profundos, têm muitos mosquitos.




20° dia - Nosso último dia de praia...resolvemos aproveitar e passamos o dia em Xcacel, uma praia virgem, com vários ninhos de tartarugas, linda e para completar snorkel muito bom no canto E além de um cenote público acessível através de uma pequena trilha do lado D da praia. Só não tem nada lá - nós sempre levamos nossa bolsa térmica lotada, então isso não é problema. Não tem sombra.




21° dia - Deixamos Akumal e seguimos para o aeroporto, acertamos de devolver o carro na AVIS de lá. Passamos no Walmart de Playa del Carmen e, na volta do supermercado, encontramos nosso carro arrombado dentro do estacionamento. Levaram 2 mochilas, chamamos a polícia, mas lá eles não registram ocorrência, teríamos que ir no Ministério Público, como nosso voo era daí há poucas horas, não seria possível. Nossos passaportes e documentos estavam conosco, então seguimos para o aeroporto e viemos para casa "bem mais leves"...Sabemos que não se deve deixar NADA dentro do carro, demos bobeira, então fica o alerta!


Ótimo alerta, Marisa!


Muito obrigada pelo post e pelas dicas, ficou lindo com tantas fotos de babar...se eu estava em dúvida ainda sobre aonde ir, agora não estou mais!!! Vou colocar as minhas dúvidas nos comentários, que daí a Marisa responde para mim e já serve para todo mundo, ok? 


E você, conhece Belize ou a Península de Yucatán??? Mande as suas dicas também! Ou deixe seu link aí nos comentários!


Você também nos encontra aqui: 



11 comentários:

  1. Marisa, como vocês alugaram esse fusca conversível em Cozumel??? Eu quero também!
    Outra dúvida: de Caye Caulker tem vários barcos por dia para Chetumal? Ou não? Como é isso? Eu nem sabia dessa possibilidade de ir direto, tava pensando que tinha que ir até Belize City e subir por terra! De barco vai ser muiiiiito melhor! (são 2hs de barco ou 4? fiquei na dúvida...)
    Qual foi o hostel de Chetumal? E o nome do chalé de Caye Caulker???
    Vcs alugaram o carro em Tulum na hora ou já tinham reservado pela internet? Achei o preço ótimo!
    Bjos e obrigada de novo!
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudia, o fusca foi locado na Rentadora Aguilar Cozumel, estava em péssimo estado, mas não nos deixou na mão e o Pedro adorou, não fizemos reserva antecipada o funcionário fica no pier e aborda o pessoal que chega de ferry.
      De Caye Caulker para Chetumal só tem 1 barco por dia, às 7h, demora 1h até San Pedro ( não ficamos nesta ilha, ela é maior e mais urbanizada que Caulker, é a " ilha da Madona" ) onde todos descem, a bagagem também, é feita a imigração, isto demora em torno de 1h aí são mais 2h até Chetumal, 4h no total, viagem de barco tranquila porque não tem ondas em função da barreira de corais, então o mar é uma piscina! Belize tem 1h de diferença no fuso horário em relação ao México e 3h em relação ao BR. De Chetumal para Caye Caulker também só tem 1 horário diário: 15h. Mas entre Caye Caulker e Belize City tem mais horários diários.
      Em Caye Caulker ficamos no Tropical Paradise Hotel, chalé n° 14 - de frente para o mar e com 2 camas de casal e banheira, lua cheia nascendo na nossa frente...não tem preço! mas custou US$ 65 a diária sem café da manhã ( tinha cafeteira, frigobar, AC e tv a cabo). Super Recomendado! Não tínhamos feito reserva.
      Em Chetumal ficamos no Paakal's Hostel, bom e barato, também não tínhamos reserva.
      Em Tulum alugamos o carro na hora, saiu barato porque não incluímos nenhum seguro, nem GPS e levamos o assento do Pedro, era 1.0 básico com a.c.
      Estou à disposiçao para mais dúvidas.
      Bjs.
      Marisa



      Excluir
    2. Hummmm, legal, Marisa!
      Vou tentar fazer reserva nesse hotel em Caye Caulker então! E tb vou levar o assento do Lipe!
      Bjokas e obrigada de novo!

      Excluir
  2. Oi, pessoal. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia

    ResponderExcluir
  3. Marisa, gostei muito do seu post. Estou progamando uma viagem para comemorar 15 anos de casamento e gostei do seu roteiro foi o único que concilio México e Belize, até agora isso parecia impossível. Você fez tudo sozinha ou pegou agência de turismo? Vai ser primeira viagem para fora do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana! A Marisa fez tudo por conta própria, pela internet! Além do México e Belize, querendo, e tendo mais tempo, tb dá para conciliar a Guatemala e Copán, em Honduras! Quando é a tua viagem? Bjo

      Excluir
    2. Oi Claudia, obrigada por ter respondido. O aniversário é 17 de julho, mas se a diferença de preço for muito grande vamos em agosto. A intenção é de se hospedar em hoteis simples e deixar 2 dias da viagem para um resort. Queremos fazer mergulho e já estou vendo para fazaer o bastimos antes de viajar. Bjos

      Excluir
    3. Oi Luana, claro que, se vocês puderem fazer um curso antes de viajar, seria ótimo, mas não precisas te preocupar, porque lá os batismos são super em conta, provavelmente mais do que aqui no Brasil, e vcs podem deixar para fazer lá sem medo - Belize é um dos grandes centros de mergulho do mundo! Quantos dias vcs planejam ficar por lá?

      Excluir
  4. Oi Claudia, pretendemos ficar uns 10 dias, é suficiente!? Gostamos de levantar cedo para aproveitar bem a vaigem. Se puder responder por email, agradeço. senalua99@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, adorei seu relato, mais me tira uma dúvida que estou com dificuldade de encontrar, achei passagens direto para belize, para ir a Caye Caulker, apenas de barco?
    Obrigada

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...