24 de novembro de 2013

Epcot Center: roteiro detalhado com crianças

Este post poderia se chamar "o que fazer no Epcot Center em apenas 3 horas", ou "odeio atrasos injustificados de companhias aéreas", mas preferi manter a série "roteiro detalhado com crianças" porque, ao fim e ao cabo, foi o roteiro que nós efetivamente conseguimos fazer em apenas 3 horas no parque e pasmem: acho que, mesmo em tão pouco tempo, conseguimos fazer o fundamental, e pode ajudar você! Fato é: o nosso voo da United Airlines, que deveria chegar em Orlando às 10h30min, só chegou mais de 16hs, sem que ninguém nos desse uma droga de uma justificativa para tanto atraso ou mesmo um pedido de desculpas a bordo - a velha "simpatia" das aeromoças de empresas aéreas americanas, é incrível! 

Então, depois de toda a função até conseguir passar pela imigração no aeroporto, pegar malas, pegar o carro alugado (tinha uma baita fila na Dollar, e as outras empresas completamente vazias, o que me sugere que acertamos na escolha...), e finalmente chegar no hotel para largar as nossas malas, já eram quase 18hs!!!

Como já estávamos com o ingresso, e eu doente para conhecer o Soarin` e mostrar a bola prateada ao Lipe, saímos correndo para o Epcot!

Ocorre que era o nosso primeiro dia, então ainda precisávamos ir até o guest relations do parque para trocar o voucher pelos cartõezinhos dos ingressos e pegar nossos first visit buttons...mas esse procedimento é super rápido e indolor, e logo já estávamos fazendo poses na frente da famosa bola prateada, símbolo do parque, que é, na verdade, a Spaceship Earth. 

Decidimos ir ao Epcot Center no nosso primeiro dia em Orlando porque já sabíamos que chegaríamos meio tarde na cidade, e este era o parque com menos atrações "infantis" para o Lipe, e também o que fechava mais tarde. 

Fomos numa segunda-feira, 14/10, feriado de Columbus Day nos EUA - embora fosse feriado, o parque supostamente estaria "verde", ou seja, não estaria tão cheio - acho que todo o povo quis aproveitar as liquidações de Columbus Day nas lojas, hehehe...

Para ter uma ideia de como estará a "lotação" de cada parque, veja neste link aquiNeste post aqui eu explico um pouco sobre cada parque de Orlando, para ajudar os iniciantes a planejarem seus roteiros na cidade. 

Naquele dia, o parque abria das 9 da manhã às 9 da noite, e estava acontecendo o International Food and Wine Festival, que eu estava empolgadíssima para ver! Às 9 da noite, acontece o IllumiNations, o incrível show de encerramento do Epcot Center (não perca!). A minha prioridade máxima era conhecer o Soarin`, como já contei lá em cima. Esse era o resumo da situação. 

Ocorre que, ao invés de chegarmos lá por volta das 13hs, como imaginávamos, acabamos chegando depois das 18hs, e vocês já estão imaginando a raiva que eu estava, né? Poxa, o parque fechava às 21hs - teríamos menos de 3 horas para aproveitar! 

Como não dava pra ficar me lamentando, fomos logo ao que interessava: 

Primeiro você entra no Walt Disney World Resort, e depois começa a seguir as placas que indicam o Epcot Center - basta digitar o nome do parque que você quer ir no GPS que ele leva você direto ao estacionamento do respectivo parque, sem erro!


Nos estacionamentos você é direcionado pelos cast members para a sua vaga (não pode escolher onde quer estacionar!), deixa o carro lá e pega um destes trenzinhos para ir até a entrada do parque - se o trenzinho não estiver lá, espere um pouquinho na primeira fila do dia que ele logo chega! 

Aproveite para fotografar ou anotar em algum lugar a área e o número da fila do seu estacionamento, porque é um mar de carros (os estacionamentos são imensos), e no final do dia é impossível lembrar onde você deixou o carro - isso pode ser um mega perrengue!!! 

O Epcot é um parque imenso: são 123 hectares - para efeito de comparação, o Magic Kingdom tem apenas 57 hectares!!! 

Então, é bom você já chegar lá conhecendo o mapa do parque e com uma "listinha" das atrações que você faz questão de conhecer, daí você "prioriza as suas prioridades" (perdão pela redundância!) e não sai do parque frustrado! 

O parque é voltado para as mais importantes descobertas da ciência e da tecnologia, e foi inaugurado em 1982. Ele se divide em 2 grandes áreas: 


1) Future World (áreas temáticas que se concentram em descobertas e realizações científicas):

Innoventions
Spaceship Earth
Universe of Energy
Imagination!
The Land
The Seas with Nemo & Friends
Test Track
Mission: Space
Epcot Character Spot


2) World Showcase (réplicas de prédios famosos de 11 países ao redor de uma lagoa): 

Canadá
Reino Unido 
França 
Marrocos 
Japão
EUA 
Itália
Alemanha
China
Noruega
México


Não se engane: não tem jeito de fazer tudo numa só visita (mesmo chegando cedo!) - priorize o que mais interessa à sua turma!




Na minha listinha, eu tinha as seguintes prioridades (graças à United, não conseguimos fazer tudo...mas quase, em menos de 3 horas!):

Ficha Técnica do Epcot :

Atrações imperdíveis:


Future World Oeste - 

Soarin`(tem fastpass, altura mínima 1,02m)
The Seas with Nemo & Friends
Character Spot

Future World Leste - 

Test Track (tem fastpass e single rider, altura mínima 1,02m)
Mission: Space (tem fastpass, altura mínima 1,12cm)

World Showcase - 

Noruega: Maelstrom (tem fastpass)
México: Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros


Show imperdível: 

IllumiNations (21hs)



Extras: (caso desse tempo)


Turtle Talk with Crush
Advanced Training Lab
International Food & Wine Festival


Logo que você entra no parque, existem banquinhas que trazem informações importantes, como avisos sobre os brinquedos que estão fechados para manutenção, horários de abertura e fechamento do parque e também de todos os shows, eventos especiais, etc...pegue um folheto chamado Times Guide, que tem todas as informações que você precisa! 

Nessas banquinhas, existem mapas do parque em várias línguas: estes mapas são imprescindíveis, pegue um em português, mas não deixe de pegar também um em inglês, porque os mapas em inglês têm muitas informações que não vêm no mapa em português, que é mais "básico" - e também é bom ter um mapa "extra" caso você perca o outro (na saída, você guarda um de recordação e devolve o excedente, em prol do meio ambiente!). 









Depois de tirar muitas fotografias na frente do símbolo do parque, chamado de Spaceship Earth, que fica logo na entrada, contornamos a famosa boa prateada pelo lado direito e seguimos para a ala oeste do parque, Future World West, onde fizemos a nossa primeira parada: Epcot Character Spot, onde encontramos o Mickey, a Minnie e o Pateta!

a primeira providência, sempre que se chega à qualquer atração, é estacionar o carrinho

Em todos os parques da Disney existem atrações como esta, em que você entra num lugar feito especificamente para encontrar os personagens, dar abraços, tirar fotografias e pegar autógrafos. 

Existem também outras maneiras de encontrar personagens e de buscar autógrafos (ainda vou fazer um post só sobre isso!), mas nenhuma é melhor que esses lugares, pois você faz uma fila só e encontra, no mínimo, 3 deles! 

No Animal Kingdom, vale a pena ir até os Greeting Trails; no Hollywood Studios, como já contei neste post aqui, você pode encontrar vários personagens ao mesmo tempo no The Magic of Disney Animation; e no Magic Kingdom, parque com o maior número de personagens per capita, você encontra vários deles de uma vez só no Town Square Theater ou ainda no Tinker Bell´s Magical Nook ou no Pete´s Silly Sideshow, dentre outros lugares.  





de braços abertos...
para o grande abraço!!!














E, de todos esses character spots (lugares de personagens), pelo que li e experimentei, nenhum é melhor do que este do Epcot Center, porque simplesmente não havia fila nenhuma

um autógrafo inesquecível...

Acho que isso decorre do fato de que o Epcot Center é um parque que não atrai tantas crianças como os outros parques da Walt Disney World (Magic Kingdom, Animal Kingdom e Hollywood Studios), então as atrações voltadas ao público infantil não são tão lotadas - veja a descrição de cada parque aqui

Chegamos lá e passamos direto, primeiro para ver o Mickey, depois o Pateta e, por último, a Minnie, em pessoa, de carne e osso!

As pessoas têm dúvidas se as crianças vão acreditar que eles são os personagens de verdade ou não - pelo que eu vi lá, crianças de até 7 anos podem, sim, acreditar na magia da Disney. Para dizer a verdade, crianças de 36, 37 anos também acreditam!!! Ora, se não era o Mickey Mouse quem estava lá piscando os olhinhos para mim, quem era então???
























Algumas dicas para esses encontros renderem mais - como eles são super stars, têm assistentes que ficam apressando a gente, ou melhor, organizando a correria, tentando fazer com que as pessoas já cheguem no personagem com a máquina fotográfica pronta, o caderno de autógrafos e a canetinha na mão...enfim, agilizando a fila! 


Então, para aproveitar melhor o encontro, as nossas dicas

1) não esqueça, em nenhuma hipótese, de levar a máquina fotográfica (e/ou filmadora);

2) leve o fatídico caderninho de autógrafos - nunca imaginei que o Lipe fosse se interessar pelos tais autógrafos, mas ele vibrava! E o pior: se ele não tivesse o tal caderninho, seria um stress, uma choradeira, porque quando a gente chega ali os cast members já perguntam se a gente tem o autograph book - se a pessoa não tem eles a olham como se fosse um ET (sim, o que está fazendo numa fila de autógrafos sem o livro???);

3) agilize-se: enquanto o pai filma, a mãe tira fotos, ou vice-versa, e depois tirem fotos vocês também com o filhote e os personagens, não percam! As fotos "família" ficam bem legais!!! 

E nisso o livro de autógrafos também ajuda: enquanto a criança fica ali, naquela função toda de entregar o livro para o personagem, e ele assinar, fazer gracinhas e tal, você ganha um bom tempinho com o super star, para mais fotografias!

os primeiros autógrafos, muita emoção!

O cenário é bem bonito, tipo desenho animado mesmo, e a iluminação para as fotografias é ok

Daí o seu filhote vai lá, dá um abraço apertado no personagem, posa para a foto (quem tem photopass pode dar o cartão para o fotógrafo oficial da Disney passar), você alcança para ele o livro de autógrafos e a canetinha (é importante que a caneta seja daquelas mais grossas, porque como os personagens usam luvas, eles têm dificuldade de segurar canetas normais!), ele entrega pro personagem, que faz a assinatura no livro do seu filho, daí vocês podem ir ali tirar fotos também...

Enfim, é uma coreografia bem apressada, hehehehe, mas muito emocionante! Nesse primeiro dia, eu e o Peg ficamos super emocionados de encontrar Mickey, Pateta e Minnie de uma vez só...fala sério, foi demais pro meu coração!!!

na nossa frente, as princesas tiravam fotos com a Minnie Mouse

Sobre os autógrafos, uma curiosidade: se você pegar a assinatura do Mickey, por exemplo, nos 4 parques da Disney, ela será quase igual, porque os personagens são super treinados para aprender a fazer o tal autógrafo bem igualzinho, sabia? 

Dizem que o "curso para Mickey" é dificílimo, pior que muito concurso público!!!

e a Minnie autografa o caderno do pequeno viajante!

Outra coisa - cheguei à conclusão de que foi muito bom o que fizemos: como vocês viram, o Epcot foi o nosso primeiro parque e a primeira atração em que entramos foi justamente a Character Spot - isso fez com que o Lipe saciasse logo a vontade de ver os personagens principais, todos de uma vez só, e o melhor - sem filas!

viu como as fotos "em família" também ficam legais? 
não fique com vergonha de pedir para um cast member tirar da sua família se você não tiver photopass (eu não tinha!)

Saímos de lá felizes da vida (achando que, só por aqueles encontros, a nossa visita ao Epcot Center naquela noite já teria valido a pena!), e fomos direto para o Soarin`, que era a minha prioridade number1

O Soarin` também fica na Future World West, mesma área e bem perto do Character Spot e do The Seas with Nemo & Friends e Turtle Talk with Crush, para onde fomos a seguir. 

A diferença é que ele fica dentro de um grande pavilhão, chamado The Land, onde também existem outras atrações, além de restaurantes. Mas o show mesmo fica por conta do Soarin`, que é um simulador incrível, onde parece (mesmo!) que a gente está voando de asa-delta sobre as paisagens lindíssimas da Califórnia - eu fiquei realmente encantada. Em uma cena na qual passamos perto do mar, parece que a gente vai encostar com o pé na água!!! Dá para sentir até o cheiro das paisagens...só vendo para entender!

pavilhão The Land

Já tinha lido que os fastpasses para esta atração terminam logo cedo, antes do meio dia - se você chegar cedo ao parque, vá direto lá! - então não tinha mesmo muita esperança de conseguir um, mas também não esperava chegar lá quase 19hs e ter que enfrentar uma fila que estava em 70 minutos!!! 

Como não tínhamos outra escolha, fomos ao banheiro, compramos uns lanchinhos e nos acomodamos para enfrentar a tal fila, com tablets, telefones, internet wifi...mas não é que a tal fila não demorou nem 40 minutos?!?

Neste post aqui eu conto tudo sobre as filas da Disney, e uma das coisas fundamentais que você precisa saber é que nem sempre as informações sobre os tempos de espera em filas são confiáveis - às vezes, elas andam bem mais rápido do que o informado, ainda bem!!!

Sobre esta atração, que tem altura mínima 1,02m, eu estava um pouquinho apreensiva, pois seria a primeira do Lipe, e eu não queria que ele ficasse assustado e depois não quisesse experimentar as outras - e o que eu posso dizer é que ele não sentiu medo nenhum! Ele adorou, e queria ir de novo e de novo...

Aliás, o Felipe não se assustou com nenhum brinquedo que nós andamos em Orlando, e foi em todos em que a altura dele (1,06m) permitia, menos a Torre do Terror dos Hollywood Studios, como já contei aqui

Então, ele não é muito parâmetro, porque é super corajoso, mas realmente acho que, se o seu filho tem a altura mínima necessária, vale a pena levá-lo nesta atração, pois não é assustadora mesmo, e é maravilhosa!




prontos para voar de asa-delta pela Califórnia no Soarin´

Dica: tente sentar nos assentos que ficam na parte de cima do brinquedo, que são melhores do que os que ficam embaixo!

Para ver como é o Soarin´ (e a reação do Lipe), espie este mini videoclipe aqui.  

Como já mencionei, saímos do Soarin` correndo para ir até o pavilhão em frente, bem pertinho, denominado The Seas, onde estão as 2 melhores atrações infantis do Epcot Center

* The Seas with Nemo & Friends 

* Turtle Talk with Crush


antes de entrar no pavilhão o Lipe já estava encantado com o Nemo & flia!

O interessante é que, diferente do que aparece no mapa, neste pavilhão não existem apenas essas 2 atrações e um restaurante! 

Tem muito mais no The Seas: um playground super bacaninha com tema de tubarões, e vários aquários, com diversos tipos de criaturas do mar diferentes, que as crianças adoram ficar olhando, enquanto a gente espera a próxima sessão do Turtle Talk with Crush, um show de perguntas e respostas sobre tartarugas incrível, que eu até agora não consegui entender como é feito, coisa de alta tecnologia...mas é mais legal para quem entende inglês - quem não fala inglês pode se chatear!
Turtle Talk with Crush




playground dos tubarões: os pequenos adoram!!!

aquários no The Seas




A atração principal do The Seas, é claro, é o The Seas with Nemo & Friends, uma atração linda e fofinha que conta, resumidamente, toda a historinha do filme Procurando Nemo. Perfeito para os pequenos! 

Aliás, como eu já disse lá em cima, esse pavilhão é o mais legal para crianças no Epcot Center. 


Saímos de lá contra a vontade do pequeno viajante e fomos correndo para o outro lado do parque, o Future World East, onde ficam 2 atrações que queríamos muito ver:

* Test Track 

* Mission: Space 

Escolhemos ir primeiro na Mission: Space, que o Lipe não podia ir, porque tem altura mínima de 1,12m, e surpresa: chegando lá, perguntei como funcionava o child swap e o cast member olhou para o meu first visit button (eu estava usando) e me perguntou se era a nossa primeira vez lá - eu disse que sim e ele me deu um fastpass para usar imediatamente! Nem acreditei, tinha uma boa fila ali (e nós passamos na frente de todo mundo!)!!! E nem precisava esperar que chegasse o horário do fastpass - bingo!


Claro que eles não devem dar fastpasses esgotados para todo mundo que está usando o button, afinal, é muita gente! 

Mas, pelo que entendi, os cast members têm uns fastpasses que eles podem distribuir aleatoriamente, conforme a "cara do cliente", e acho que esse foi bem o caso: ele viu que estávamos com uma criança pequena, que era a nossa primeira visita, que já eram mais de 20hs e ainda teríamos que fazer o child swap e resolveu ser simpático!

Esse simulador também é fantástico, mas não recomendamos para estômagos sensíveis ou logo depois de comer - o Peg estava cansado, sem comer, e saiu de lá tonto! 

Você tem que escolher se quer ir na versão mais punk do simulador (uma "jornada mais intensa"), a Equipe Laranja, ou então na versão mais light (uma "missão mais leve"), o Time Verde, e daí já entra na respectiva fila. Recomendo veementemente o treinamento mais radical, é muito legal!!! 

É como se fosse um treinamento de astronauta da NASA, com uma simulação de um lançamento de nave espacial para o espaço. Li em algum lugar que os verdadeiros astronautas da NASA experimentaram o brinquedo e disseram que a atração reproduz fielmente a sensação de ser ejetado para o espaço!

Nesta atração não tem problema nenhum de fazer child swap (leia aqui tudo sobre revezamento de crianças), já que, na saída do brinquedo, ainda antes de chegar na lojinha, fica o Advanced Training Lab, um playground interativo com tema de astronautas que os meninos, principalmente, adoram!




Advanced Training Lab: o Lipe, é claro, adorou o treinamento de astronauta!


Enquanto um adulto anda no Mission: Space, o outro espera ali com a criança, bem na saída da atração. O adulto que andou primeiro pega um cartão de child swap com um cast member na saída do brinquedo, se encontram ali no Advanced Training Lab e se revezam com a criança: aquele que estava esperando com o filho no playground vai lá e anda no brinquedo também, sem esperar na fila! 

É tudo muito simples e organizado mas, se você não fala inglês, é bom já ir sabendo destes detalhes, que daí fica mais simples de entender o funcionamento da coisa toda, do que na correria lá na hora! 

E na saída, como sempre, um pequeno stress na lojinha da atração...nessas horas, é bom lembrar ao seu pequeno viajante que ele tem um orçamento fixo para presentinhos e, se gastar o seu orçamento nessa loja, depois não vai ter mais!!! 
Infelizmente, quando finalmente conseguimos arrastar o Felipe dali, e chegamos na frente do Test Track, já eram quase 21hs e a atração já estava fechada e os cast members já estavam inclusive evacuando aquela área do parque - só era permitido ir em direção à enorme lagoa, ao redor da qual ficam os 11 países da World Showcase (vitrine do mundo), onde já iria começar o show de encerramento do Epcot Center, o IllumiNations: Reflections of Earth, que inicia, pontualmente, às 21hs. 

Fiquei chateada, porque estava louca para conhecer o Test Track, atração que tem fastpass e também single rider, com altura mínima de 1,02m - ou seja, até o Lipe poderia ir! Foi recentemente reformado e reinaugurado e, supostamente, você se sente como um piloto de testes de um carro de corrida, com muitas freadas, acelerações... :-(

Mas fechado é fechado, então fomos logo em direção à World Showcase, uma parte lindíssima do parque, que fica ao redor de uma lagoa, onde ficam réplicas de prédios famosos de 11 países do mundo (dos quais eu só não conheço Japão e Noruega - o México é o nosso próximo destino!). Eu conheci detalhadamente esta parte do Epcot há séculos atrás, quando visitei a Disney pela primeira vez, mas ainda lembro super bem de detalhes de vários países que estão representados lá, os quais eu sonhava conhecer - quem diria que eu voltaria tantos anos depois, já conhecendo pessoalmente tantos deles?!? 
réplica perfeita do Templo do Céu, que originalmente fica em Beijing, na China

Para quem ainda não conheceu a Europa (e para quem já conhece também!), é um passeio muito recomendado - você tem a chance de ver pontos turísticos famosos de vários países do mundo em um passeio de 3 ou 4hs ao redor da lagoa, com paisagens fantásticas e a oportunidade de tirar fotos lindas - super bacana!!! Detalhe: esse passeio não substitui a visita aos originais, hein?!?

Quando chegamos lá, já havia começado o IllumiNations: Reflections of Earthshow de encerramento do Epcot, com muitas luzes, músicas e fogos - um show bonito e emocionante, que vale a pena assistir. Nós ainda conseguimos ver uma boa parte dele, mas recomendo que você chegue com, pelo menos, uns 20 minutos de antecedência, para guardar um bom lugar!!!

Infelizmente, o parque fecha logo após este show, então não deu para vermos muita coisa da World Showcase

Enquanto esperávamos o parque esvaziar um pouco, para sairmos com mais tranquilidade com o carrinho do Lipe (era um povaréu!!!), ainda fomos, pelo lado esquerdo da lagoa, caminhando até a China, passando pelo México e pela Noruega, justamente os 2 países que eu gostaria muito de ter visitado, já que são os 2 que têm as atrações mais legais de todo o lago: 

* Maelstrom (tem fastpass, na Noruega)

* Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros (no México)

Por isso é que eu recomendo que você comece o seu passeio pela World Showcase pelo lado esquerdo da lagoa!

México


Na parte mexicana da vitrine do mundo, existem 3 restaurantes, 1 bar de tequilas e margaritas e várias lojinhas de artesanato e produtos típicos, além da atração principal, que é um passeio de barco por lugares famosos do México, com a participação especial do Zé Carioca

Se tivéssemos tido mais tempo, eu gostaria de ter jantado no La Cantina de San Angel, que é um restaurante com preço bom e de onde, supostamente, a gente consegue assistir super bem o show de encerramento. A comida servida é a típica mexicana: nachos, tacos, quesadillas e margaritas


A essas alturas, o Lipe já dormia a sono alto - nessas horas, o carrinho é ainda mais imprescindível, como já contei neste post aqui, e nós estávamos exaustos - imaginem que a noite anterior havia sido passada dentro do avião!?!

Assim que o parque esvaziou um pouco e nós conseguimos nos deslocar com o carrinho, corremos para o hotel, para finalmente tomar um banho e apagar na cama, não sem antes, porém, tirar uma última fotografia desta linda bola prateada!!! 

Para quem tinha menos de 3hs para aproveitar o parque, acho que conseguimos fazer muito, hehehe...


* Agradecemos a Walt Disney World pelos ingressos cortesia. 

Não esqueça que nos parques da Disney tem wifi grátis - use e abuse, e aproveite para mandar uma fotografia sua de lá, para a gente publicar na nossa Fan Page no Facebook, junto com as suas dicas!!!

Também não esqueça de baixar o app gratuito My Disney Experience antes de viajar, para ter todos os tempos de fila em tempo real e mapas com GPS!

Nos próximos posts, mais roteiros detalhados dos parques de Orlando e dicas da nossa viagem à Disney -  fique ligado! 

Veja mais fotografias desta viagem nas nossas redes sociais, em #LipenaDisney em #felipeopequenoviajante. 

Assista todos os minifilmes da nossa aventura na Disney no Facebook (aqui) ou os filminhos maiores no YouTube (aqui).

Para ler mais, todas as nossas postagens sobre a Disney estão organizadas aqui

Você também nos encontra aqui:

10 comentários:

  1. Oi, pessoal. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia

    ResponderExcluir
  2. boa tarde, estou adorando teu comentários, bastantes objetivos, pelo que li vocês foram na mega promoção da United. Comprei passagens nesta promoção e talvez vocês podem ter pego o mesmo tipo de pacote. Meu vôo será pela TAM Porto Alegre-Congonhas 16:15h-18:02h e após United Guarulhos-Chicago 21:10h-05:35h, estou com duvidas em relação a este intervalo de tempo entre Congonhas-Guarulhos, 3hs para transporte entre os aeroportos e checkin,.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa!! Nossos bilhetes foram pela United sim, mas com conexão no Galeão na ida (aliás, 6 horas de parada) e em Guarulhos na volta, de 2h. Mas com 3 horas de conexão entre Congonhas e Guarulhos deve ter ficado muito apertado não é? Mas e aí? Deu tudo certo??

      Excluir
  3. Estou adorando os posts! Super detalhados! Amooooo a Disney e não vejo a hora de ir com meu filho! Ele tem 1 ano e 7 meses.. Lá pelos 5 levaremos... Rssss
    Esse parque tem muita coisa para ver, pena que o avião atrasou! Mas logo vcs retornam! O da NASA nós fomos mas não passamos bem.... Fomos no radical e haja estômago! O test track fomos 3 vezes... Huaahhauahah... Bom demais! Só de lembrar quero voltar logo aos parques!!!! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marta.
      Sim, poderíamos ter aproveitado um pouquinho mais do Epcot, mas tudo bem.
      Aliás, com 5 anos, ao meu ver, teu guri vai aproveitar muito mais, e vcs também. ;)

      Excluir
  4. Muito legal, ótimas dicas !!! Estamos lendo todas, iremos agora em Maio.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sedano!
    Depois volta para nos contar como foi a tua viagem! E aproveita! Dá um beijo no Mickey por nós!

    ResponderExcluir
  6. sempre fico na duvida na questao da altura minima, mesmo estando com o pai/mae a crianca e barrada quando nao tem a altura minima exigida? estou indo agora com meu filho de 1 aninho, e fiquei com esta duvida.

    karol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Karol! Se não tem altura mínima para o brinquedo eles não deixam nem a criança entrar na fila! Eles levam isso muito a sério!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...